You are on page 1of 30

COMPRESSORES

ALTERNATIVOS
AULA 5

Professor: Paulo Jorge


COMPRESSORES
• São utilizados para proporcionar a
elevação da pressão de um gás ou
escoamento gasoso.
• Nos processos industriais, a elevação
de pressão requerida pode variar desde
cerca de 1,0 atm até centenas ou
milhares de atmosferas.
COMPRESSORES
• Há quem utilize ainda a denominação
"sopradores" para designar as máquinas que
operam com elevação de pressão muito
pequena porém superior aos limites usuais
dos ventiladores.
• Tais máquinas possuem características de
funcionamento típicas dos compressores,
mas incorporam simplificações de projeto
compatíveis com a sua utilização.
EMENTA
• Compressores: tipos, características
• Relações termodinâmicas básicas
• Características de operação e
performance: mapa de desempenho
• Aplicação na industria de óleo e gás
COMPRESSORES
• CLASSIFICAÇÃO QUANTO ÀS APLICAÇÕES
• As características físicas dos compressores
podem variar profundamente em função dos
tipos de aplicações a que se destinam.
a) Compressores de ar para serviços
ordinários;
b) Compressores de ar para serviços
industriais;
c) Compressores de gás ou de processo;
d) Compressores de refrigeração;
e) Compressores para serviços de vácuo.
COMPRESSORES
• CLASSIFICACAO QUANTO AO PRINCIPIO
DE CONCEPÇÃO
– ALTERNATIVOS: A pistão e a diafragma, são
aqueles nos quais o gás é movimentado pelo
movimento linear de um pistão num espaço
confinado, cilíndrico ou não.
– DINÂMICOS ou turbomáquinas: são aqueles em
que energia cinética é conferida ao gás mediante
palhetas rotativas confinadas numa carcaça. A
energia cinética é transformada depois em
energia de pressão.
ALTERNATIVOS
PALHETAS
VOLUMÉTRICOS

ROTATIVOS PARAFUSOS

LOBULOS
COMPRESSORES

CENTRIFUGOS

DINÂMICOS

AXIAL
COMPRESSORES
COMPRESSORES
COMPRESSORES
• Diafragma: pressões até 300 MPa,
vazões até uns 200 Nm3/h.
• Pistão: pressões até 400 MPa e vazões
até 5.000 Nm3/h.
• Centrífugos: pressões até 70 MPa e
vazões até uns 350.000 Nm3/h.
• Axiais: pressões de até 10 bares e
vazões até 1.000.000 Nm3/h
Compressores alternativos
• Esse tipo se utiliza de um sistema biela-
manivela para converter o movimento
rotativo de um eixo no movimento
translacional de um pistão ou embolo, como
mostra a figura abaixo.
• Dessa maneira, a cada rotação do acionador,
o pistão efetua um percurso de ida e outro
de vinda na direção do cabeçote,
estabelecendo um ciclo de operação
COMPRESSOR ALTERNATIVO
COMPRESSOR ALTERNATIVO
• Elementos básicos de um compressor
alternativo:
– O virabrequim: que transforma o movimento
rotativo de um eixo de um motor elétrico num
movimento linear.
– A cruzeta: que guia o movimento do eixo do
pistão.
– O pistão, normalmente com anéis de vedação.
– Cilindro, onde a compressão acontece.
– Uma ou mais válvulas de sucção e uma ou mais
válvulas de descarga. Estas válvulas regulam o
fluxo de gás que entra e sai do cilindro.
COMPRESSOR ALTERNATIVO
COMPRESSOR DE DIAFRAGMA
COMPRESSOR DE DIAFRAGMA
COMPRESSOR DIAFRAGMA
• Trabalha na base da mudança de posição de
um diafragma metálico.
• O compressor de diafragma é
particularmente útil para trabalhar com
gases perigosos ou corrosivos, devido à sua
estanqueidade,
• O gás comprimido é completamente isolado,
não há chance dele se misturar a
lubrificantes.
• Existem compressores híbridos, com seus
primeiros estágios a pistão e o último de
diafragma
COMPRESSORES A PISTÃO
COMPRESSORES A PISTÃO
• Para conseguir uma compressão mais
alta se combinam vários cilindros em
série, ou estágios de compressão.
• Estes cilindros podem ser dispostos
em diferentes formas (ESTÁGIOS).
• Os compressores de pistão possuem
de um ou mais cilindros
• O resfriamento é feito através de
aletas, por convecção natural.
COMPRESSORES A PISTÃO
COMPRESSORES A PISTÃO
COMPRESSORES A PISTÃO
COMPRESSORES A PISTÃO
COMPRESSORES A PISTÃO
COMPRESSORES A PISTÃO
COMPRESSOR A PISTÃO
COMPRESSOR A PISTÃO
COMPRESSOR A PISTÃO
• Os compressores Corken trabalham
com todo tipo de gases:
– Gás natural, ar,amônia, argônio, diversos
hidrocarbonetos, bióxido e monóxido de
carbono, etc.
• Modelos especiais, do tipo vertical,
trabalham sem lubrificação a óleo, para
evitar a contaminação do gás com óleo
lubrificante.
COMPRESSORES CORKEN
• Os de tipo vertical trabalham na faixa de 6,8 a 102
m3/hora.
• Modelos especiais atingem 171 m3/hora, estes
utilizam óleo lubrificante.
• Os verticais podem ser de um ou dois estágios.
• O de um estágio trabalha com uma razão de
compressão de 5:1,
• o de dois estágios é utilizado para mais
altacompressão, até 9:1.
• O de dois estágios é oferecido também com
resfriamento a água no cilindro e no cabeçote deste.
COMPRESSORES CORKEN
• O compressor horizontal pode ser de 1 a 4 estágios,
com razão de compressão de 5:1 e 9:1,
• Dependendo do modelo, pode chegar a prover uma
pressão de 114,8 bar e prover uma vazão de até 380
m3/hora.
• É fabricado com diferentes tamanhos de cilindros,
de 2 pol. a 8 pol. em arranjos de diferentes
combinações.
• Possui uma bomba de óleo lubrificante e um filtro
de óleo.
• É oferecido também com cilindros resfriados a
água.