Diretrizes para apresentação de dissertações e tese _________________________________________

Serviço de Biblioteca e Informação Biomédica
Instituto de Ciências Biomédicas
Universidade de São Paulo

Diretrizes para Apresentação de Dissertações e
Teses do Instituto de Ciências Biomédicas da
Universidade de São Paulo:
documento impresso e eletrônico
2ª edição

Elaborado por:
Maria José de Jesus Carvalho
Maria do Socorro Bezerra Rocha

São Paulo
2007

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO
Reitor: Profa. Dra. Suely Vilela
Vice-Reitor: Prof. Dr. Hélio Nogueira da Cruz
INSTITUTO DE CIÊNCIAS BIOMÉDICAS
Diretor: Prof. Dr. Luiz Roberto Giorgetti de Britto
Vice Diretor: Prof. Dr. Carlos Frederico Martins Menck
COMISSÃO DE ASSESSORIA CIENTIFICA À BIBLIOTECA
Prof. Dr. Jackson Cioni Bittencourt (Presidente Interino)
Membros Prof(a) Dr(a): Edson Aparecido Liberti, Lisete Compagno Michelini, Cristóforo Scavone, Ciro Ferreira da
Silva, Ises de Almeida Abrahamsohn, Marilis do Valle Marques, Carlos Eduardo Winter e Maria do Socorro Bezerra
Rocha (Bibliotecária)
COMISSÃO DE PÓS GRADUAÇÃO
Prof. Dr. José Cipolla Neto (Presidente)
Membros Prof(a) Dr(a): Edson Aparecido Liberti, Clarice Gorenstein, Dânia Emi Hamassaki Britto, Maria Regina
D’Império Lima, Benedito Corrêa, Marta Maria G. Teixeira
SERVIÇO DE BIBLIOTECA E INFORMAÇÃO BIOMÉDICA
Diretora Técnica: Maria do Socorro Bezerra Rocha
Colaboração:
Marily Antonelli Graeber – CRB 8/136
Amanda Celestin Mendonça
Yoshiyuki Nakatsubo

CATALOGAÇÃO NA PUBLICAÇÃO
Preparada pelo Serviço de Biblioteca e Informação Biomédica do
Instituto de Ciências Biomédicas da Universidade de São Paulo

Universidade de São Paulo. Instituto de Ciências Biomédicas. Serviço
de Biblioteca e Informação Biomédica.
Diretrizes para apresentação de dissertações e teses do Instituto de
Ciências Biomédicas da Universidade de São Paulo: documento
impresso e eletrônico / Maria José de Jesus Carvalho, Maria do
Socorro Bezerra Rocha. -- 2. ed. atual. -- São Paulo: A Biblioteca,
2006.
71 f.: il.
Bibliografia.
1. Diretrizes – elaboração de documentos 2. Teses/Dissertações Normas Técnicas I. Carvalho, Maria José de Jesus II. Rocha, Maria do
Socorro Bezerra III. Título.

Diretrizes para apresentação de dissertações e teses

Jackson Cioni Bittencourt pelo reconhecimento dos trabalhos realizados pela Biblioteca. Dr. Ao Prof. na revisão textual e no apoio e suporte de informática destas diretrizes. . que permitiram a continuidade deste trabalho. cujo início data de sua gestão enquanto Diretora Técnica deste Serviço de Biblioteca e Informação Biomédica. Ao Prof.Diretrizes para apresentação de dissertações e teses AGRADECIMENTOS À Marily Antonelli Graeber pela amizade e pelo estímulo. Aos funcionários da Biblioteca que contribuíram na elaboração. José Cipolla Neto pelo apoio na realização deste trabalho e respeito pela equipe da Biblioteca. Dr.

mas presume que possa ser lida e consultada.. por razões ocasionais. Digamos então que uma tese é um trabalho que.. se dirige ao examinador. . ou como uma comunicação erudita a uma academia científica? [.]. de fato. mesmo estudiosos não versados naquela disciplina.Diretrizes para apresentação de dissertações e teses A quem nos dirigimos ao escrever uma tese? Ao examinador? A todos os estudantes ou estudiosos que terão oportunidade de consultá-los depois? Ao vasto público dos não especializados? Devemos imaginá-la como um livro. por muitos outros. a andar nas mãos de milhares de leitores.

............................................................................................................3................. 26 1.......................................................................2 Material e métodos.........2............................................................................. 16 1.............2 ELEMENTOS TEXTUAIS .......................1 TÍTULO E SUBTÍTULO DO TRABALHO ..........................1 Capa .......................................................2 Falsa folha de rosto .....................Diretrizes para apresentação de dissertações e teses SUMÁRIO 1 ESTRUTURA E FORMATO DO DOCUMENTO...............................................................................................1......................................... 35 2..................1........... 27 1..................................9 Agradecimento(s) ................................................... 09 1..................3..............3........................................................................................12 Lista(s)........................... 32 1............................................................................................. 20 1...........................3....... 16 1.1......................................... 35 2..........................................3 NUMERAÇÃO PROGRESSIVA DAS SEÇÕES .......................3 Edição...........................5 Índice(s).....................................................3...................3 Resultados e discussão ...........2.......................................................................................3..................................1..........................................................................................1.......................................................................................................1................................. 21 1............................. 35 2...............................................3........................................................... 32 1.....1 ELEMENTOS PRÉ-TEXTUAIS...........1..........................................................................................................................................................1............1............................ 28 1......................4...............................................1......................4 Verso da folha de rosto ....... 35 2..................................... 30 Sobrenomes ligados por hífen ....................1.........................1.......... 33 1... 29 Sobrenomes que indicam parentesco............... 23 1.................................................................................. 32 1.3..........................................................1 Introdução e revisão de literatura...... 27 1..1.............................................. 31 1.....................................4........1..........................1..............6 Folha de aprovação ..4 SIGLA(S)............................................................... 31 1..................................................3........................................................................................ 21 1..........................1 Dados de catalogação na publicação (ficha catalográfica)....................................... 09 1.. 30 1......3............... 28 1............................................1....5 Errata..1..........................................1..................................................................3..3 Folha de rosto......2........1 Inclusão de artigos de periódicos no trabalho.........3....1 Referências ............................................................................1 Autoria .......................................................................10 Epígrafe........................... 34 2 INSTRUÇÕES ESSENCIAIS PARA O TEXTO ...........2 Título e subtítulo ...................3................................................................................ 12 1................... 32 1........................................ 28 1.........3.....................3 Apêndice(s)...4 Local................2 Autorização para reprodução do trabalho............ 26 1................7 Folha de Reprodução do Certificado/Parecer da Comissão de Ética .......................................................................4 Anexo(s) ..... 36 ................................. 19 1............................1.......... 09 1.............. 35 2........1........................................................1............9 Informações complementares ...1....2 REDAÇÃO DO TRABALHO ..........................................................8 Séries e coleções .............................................................................3 ELEMENTOS PÓS-TEXTUAIS............. 31 1........................................................................................................1...........................................11 Resumos ......................................................................................4...........................................................5 EQUAÇÕES E FÓRMULAS ..................................5 Editora .......................................................2.......3..................................................... 33 1.......... 19 1....................................................................................................................................... 15 1............. 30 Sobrenomes com prefixos (artigos e preposições)...........................................................................1....8 Dedicatória(s) ...................................... 17 1........................................................ 32 1..........4 Conclusões....2 Glossário ..........................13 Sumário ...........................7 Descrição física........... 15 1.................................................................. 26 1................................................................. 31 1.............................................. 09 1.................................................................6 Data ..................................... 30 1....

........................................ 47 Com três autores ......................................................................................................................................................... 39 2................................................................................................. 45 Diversos documentos de um mesmo autor (em um mesmo ano)..................... 41 3...............2 Espacejamento ................................ 43 3..................................... 44 3...........................1 CITAÇÃO DIRETA.............................. 41 3....................................6 MARCAS COMERCIAIS.................................. 45 Citações com mais de três autores ................................................................................................................... 48 Autor Entidade..........4............................................................................... 45 Diversos documentos de um mesmo autor (em anos diferentes)................. 42 3.........................................................................................................................2............................................................................. 48 Com responsabilidade intelectual........................................1 Formato...........1 Quadros.... 39 2.............................7 CITAÇÕES DE AUTORES NO TEXTO .............................9.....................................4 Reprodução e encadernação.................................................................................................. 47 Com um autor ....... 48 Com indicação de série....................................................................................................................... 50 .................................. 40 2..............9................... 40 2...... 38 2.................................5 NOTAS DE RODAPÉ ................................................................ 37 2......................................................................................................................................................................................................................................................................... 46 Entidades coletivas ............................................. 46 Eventos..................................................... 45 Diversos documentos de vários autores .... 49 Exemplar com mais de um volume....... 45 Autores diferentes com coincidência de sobrenome e ano .............................................. 40 2..............1 Sistema autor-data ............................................................... 42 3.......................................................................................9..............................................................................1 Comunicação pessoal e informação verbal... 48 Entidade com denominação genérica ..............................................................................................................................................................................8 TABELAS ...............................................................................9 APRESENTAÇÃO GRÁFICA DO TRABALHO.........................................................................4 CITAÇÃO DE FONTES INFORMAIS .................................................................................. 47 4.........................................................9............2 CITAÇÃO INDIRETA.... 44 Citação com um autor ................................................................ 42 3.................................................3 Trabalhos submetidos para publicação......................... 46 Citação pelo título ...................................................................................... 40 3 FORMAS DE CITAÇÃO............................................................................................................. 45 Citações com três autores ......................................... 42 3...........................................7.......................... 46 3............................ 47 Com mais de três autores .................1 Monografia no todo...................................5...........................................................................................................................................................................3 Paginação ........................................................................................7.........3 CITAÇÃO DE CITAÇÃO. 49 Com autoria desconhecida ..............Diretrizes para apresentação de dissertações e teses 2................................................... 41 3................................7................................................................................................. 43 3...........................................................9............. 45 Diversos documentos de vários autores ............................................................................................... 47 Com dois autores........................................................................................ 44 Citações com dois autores ........................................................................................................................... 46 Citações posteriores................................................................................................................2 Sistema numérico ........................................................ 36 2.....................4....................... 43 3..4................................................................1 Expressões latinas....................................................................... 47 4............................................................................1...............................................................................................................................................................................................1 Disposição gráfica ..............................................1 MONOGRAFIAS................ 36 2....................................6 DESTAQUES E SUPRESSÕES NO TEXTO .......................................................2 Trabalhos em fase de elaboração ........ 49 Volume com título próprio......................................... 41 3............................................................... 46 4 FORMATOS E MODELOS DE REFERÊNCIAS ...........................7 MATERIAL ILUSTRATIVO.......................................................................................

.....Folha de Parecer da Comissão de Ética em Pesquisas Envolvendo Seres Humanos (CEPSH)................................................................................................... apêndices etc....... 56 4............1 Publicação seriada no todo.............. 64 ANEXO 2 ......................................................................................................................... 59 4.. 54 4............................. 51 4...............................................7 DOCUMENTO ICONOGRÁFICO ......8........................... 69 ............ 56 Com mais de três autores .....................................................................................................................2 SISTEMA INTERNACIONAL DE UNIDADES (SI).......................................................................................... Coordenador etc............... 61 5...................................................................................... 59 4........................................... 61 5..................................8....................................................................................................4 Arquivos em disquete................................................................... 54 4...5 BASES DE DADOS E CATÁLOGOS ON LINE ......................................................................................................... 61 5.............. 67 ANEXO 3C ..... 53 4....................................5....................... 56 Artigo contendo retratação.... 51 Com a mesma autoria da obra no todo............. 66 ANEXO 3B ......3 Banco e bases de dados........8.................... lista de discussão e websites ........................................................................................ 58 4............... 58 4.................................................................................................. 53 4..........................4............... 62 ANEXOS ...................2 Parte de monografia...........3 VOCABULÁRIO CONTROLADO DO SIBI/USP .............................................................. 50 Com autoria distinta da obra no todo.......................... 61 5.... 55 Com dois autores............ 61 5..................................................................................................................... 60 4..........................2 Trabalho apresentado em evento ......6 Mensagem eletrônica (e-mail) ..................................................5 PUBLICAÇÃO SERIADA..................................................................................................................1.......5 CD-ROM.......................................................................... 60 5 SITES RECOMENDADOS .............................................................................) .................................................................................................... 63 ANEXO 1 ..... 55 Artigo com publicação de errata .................................................4 EVENTO ............................................................................................................................ 55 Artigo não publicado (prelo) ............................................................................... 56 Autoria desconhecida .................1 Monografias ........................................................................................................5...Certificado de isenção da Comissão de Ética em Pesquisa .8................3 MEMORIAL..............................Estrutura e formato do documento................................ 56 Editorial .....................................................2 Artigo ou matéria de periódico ........................................................................... 61 5......................4 BIBLIOTECA DIGITAL DE TESES E DISSERTAÇÕES......................................... 50 Com responsabilidade intelectual (Editor........ 52 4.....................................8.................... 58 4....Folha de Certificado da Comissão de Ética em Experimentação Animal (CEEA) .....................Diretrizes para apresentação de dissertações e teses 4......................................................................................................... 57 4...... 68 ÍNDICE REMISSIVO............................................... 59 4.......4......................................................................................8 DOCUMENTOS DISPONÍVEIS EM MEIO ELETRÔNICO.6 IMAGEM EM MOVIMENTO ..........................................................................................................................................2 Publicação seriada..................................................................................8.......................................................................................................................1 Evento considerado no todo................................................Dados cadastrais para ficha catalográfica ............................................3 Trabalho de evento publicado em periódico ...1 ABREVIATURAS ...............................................................................................................).2 TESE E DISSERTAÇÃO................................................................................... 61 REFERÊNCIAS ....... 53 4..........................3 Artigo de jornal...................1...................5..................................1 Títulos de periódicos ...................................................................................................................................................... 50 Com indicação de tradutor ..... 57 4...................................................................................4...................................................................... 54 4...................................... 54 4................... 51 Partes específicas da obra (figuras................... 55 Com um autor .................................................................................................................................................... 65 ANEXO 3A .......................................................................................

.grau pretendido (mestre ou doutor). .nome completo do autor. Para dissertação de mestrado. São entregues 02 capas a mais para uso do aluno. sendo 12 para depósito.Diretrizes para apresentação de dissertações e teses________________________________________ 9 ESTRUTURA E FORMATO DO DOCUMENTO A estrutura para dissertação e tese compreende três elementos fundamentais: pré-textuais. .1. . sendo 08 para depósito na Secretaria de Pós Graduação e doutorado 14 capas. . Exemplo: NOME DO AUTOR TÍTULO E SUBTÍTULO 1. As capas são retiradas na Biblioteca do ICB.título e subtítulo (se houver). (ANEXO 1) 1.instituição à qual é submetido. pode haver uma folha com uma ilustração significativa.local (cidade).2 Falsa folha de rosto Elemento obrigatório que complementa os dados da capa.natureza acadêmica do trabalho (dissertação ou tese). textuais e pós-textuais (NBR 14724). Deve conter: .1 Capa Elemento obrigatório para proteção externa do trabalho.1. O modelo anexo foi determinado e aprovado pela Comissão de Pós-Graduação do ICB.1 ELEMENTOS PRÉ-TEXTUAIS 1. Após esta folha. .ano do depósito (entrega). são retiradas 10 capas. .

para obtenção do Título de Mestre em Biotecnologia.Dissertação de Mestrado em Biotecnologia Estudos bioquímicos e moleculares sobre As lisozimas de Xylella fastidiosa MILENA APETITO AKAMATSU Dissertação apresentada ao Programa de PósGraduação Interunidades em Biotecnologia USP/Instituto Butantan/IPT.Dissertação de Mestrado MÔNICA RODRIGUES DE SOUZA EFEITOS DOS LASERS CO2 ND:YAG E DIODO SOBRE O ESMALTE E DENTINA DE DENTES DECÍDUOS HUMANOS: ESTUDO AO MICROSCÓPIO ELETRÔNICO DE VARREDURA Dissertação apresentada ao Programa de Pós-Graduação em Ciências Morfofuncionais do Instituto de Ciências Biomédicas da Universidade de São Paulo. São Paulo 2005 . para obtenção do Título de Mestre em Ciências Biológicas. São Paulo 2006 Falsa folha de rosto .Diretrizes para apresentação de dissertações e teses________________________________________ 10 Exemplos: Falsa folha de rosto .

Tese . para obtenção do Título de Doutor em Biotecnologia. para obtenção do Título de Doutor em Ciências (Imunologia). NESTED PCR PGMY/GP+ E PCR TIPO-ESPECÍFICO NA INFECÇÃO POR PAPILOMAVÍRUS HUMANO Tese apresentada ao Instituto de Ciências Biomédicas da Universidade de São Paulo.Doutorado em Biotecnologia DESENVOLVIMENTO DE UMA VACINA CONTRA RAIVA EM CÉLULAS VERO CULTIVADAS EM MEIO LIVRE DE SORO. CAPTURA HÍBRIDA.Tese . ESTUDO DA IMUNIDADE HUMORAL E CELULAR INDUZIDA POR ESSA VACINA NEUZA MARIA FRAZATTI GALLINA Tese (Doutorado) apresentada ao Programa de Pós-Graduação Interunidades em Biotecnologia USP/Instituto Butantan / IPT. São Paulo 2006 Falsa folha de rosto .Doutorado INÊS APARECIDA TOZETTI CORRELAÇÃO ENTRE OS RESULTADOS DA CITOLOGIA. São Paulo 2005 .Diretrizes para apresentação de dissertações e teses________________________________________ 11 Falsa Folha de rosto .

ano do depósito (entrega). Exemplos: Folha de rosto .instituição à qual é submetido. li-Sei Watanabe São Paulo 2006 . . .natureza acadêmica do trabalho (dissertação ou tese). .nome completo do orientador e co-orientador (se houver).nome completo do autor. . Área de Concentração: Anatomia Orientador: Prof. .Dissertação de Mestrado MÔNICA RODRIGUES DE SOUZA EFEITOS DOS LASERS CO2 ND:YAG E DIODO SOBRE O ESMALTE E DENTINA DE DENTES DECÍDUOS HUMANOS: ESTUDO AO MICROSCÓPIO ELETRÔNICO DE VARREDURA Dissertação apresentada ao Programa de Pós-Graduação em Ciências Morfofuncionais do Instituto de Ciências Biomédicas da Universidade de São Paulo. constituído pelas informações que completam a identificação do trabalho. para obtenção do Título de Mestre em Ciências Biológicas.Diretrizes para apresentação de dissertações e teses________________________________________ 12 1.1. .título e subtítulo (se houver).local (cidade). Deve conter: .grau pretendido (mestre ou doutor). .área de concentração.3 Folha de rosto Elemento obrigatório. . Dr.

Antonio Walter Ferreira Co-orientador: Dr. Área de concentração: Imunologia Orientador: Prof. José Eduardo Levi São Paulo 2006 . CAPTURA HÍBRIDA.Tese de Doutorado INÊS APARECIDA TOZETTI CORRELAÇÃO ENTRE OS RESULTADOS DA CITOLOGIA. Dr. para obtenção do Título de Mestre em Biotecnologia. Ricardo Harakava São Paulo 2005 Folha de rosto . Dr.Dissertação de Mestrado em Biotecnologia Estudos bioquímicos e moleculares sobre As lisozimas de Xylella fastidiosa MILENA APETITO AKAMATSU Dissertação apresentada ao Programa de PósGraduação Interunidades em Biotecnologia USP/Instituto Butantan/IPT. para obtenção do Título de Doutor em Ciências. NESTED PCR PGMY/GP+ E PCR TIPO-ESPECÍFICO NA INFECÇÃO POR PAPILOMAVÍRUS HUMANO Tese apresentada ao Instituto de Ciências Biomédicas da Universidade de São Paulo.Diretrizes para apresentação de dissertações e teses________________________________________ 13 Folha de rosto . Área de concentração: Biotecnologia Orientador: Prof.

para obtenção do Título de Doutor em Biotecnologia.Doutorado em Biotecnologia DESENVOLVIMENTO DE UMA VACINA CONTRA RAIVA EM CÉLULAS VERO CULTIVADAS EM MEIO LIVRE DE SORO.Tese Livre-Docência MARIA TERESA NUNES HORMÔNIO TIROIDEANO E REGULAÇÃO DA EXPRESSÃO GÊNICA TRANSPORTADOR DE GLICOSE GLUT4 Tese apresentada ao Instituto de Ciências Biomédicas da Universidade de São Paulo.Tese . Osvaldo Augusto Sant’Anna São Paulo 2005 Folha de rosto . São Paulo 2000 . para obtenção do Título de Livre-Docente junto ao Departamento de Fisiologia e Biofísica. ESTUDO DA IMUNIDADE HUMORAL E CELULAR INDUZIDA POR ESSA VACINA NEUZA MARIA FRAZATTI GALLINA Tese (Doutorado) apresentada ao Programa de Pós-Graduação Interunidades Biotecnologia USP/Instituto Butantan/ IPT. Área de concentração: Biotecnologia Orientador: Dr.Diretrizes para apresentação de dissertações e teses________________________________________ 14 Folha de rosto .

Exemplo: Akamatsu. Milena Apetito Estudos bioquímicos e moleculares sobre as lisozimas de Xylella fastidiosa / Milena Apetito Akamatsu. ICB/SBIB130/2005 .1. Versão do título para o ingles: Biochemical and molecular studies of lysozymes from Xylella fastidiosa.4. É elaborada. Expressão gênica 4. Universidade de São Paulo. Instituto de Ciências Biomédicas. 1.Memorial RUY GASTALDONI JAEGER MEMORIAL Apresentado ao Instituto de Ciências Biomédicas da Universidade de São Paulo.4 Verso da folha de rosto 1.Instituto de Ciências Biomédicas da Universidade de São Paulo. Harakava. Título. Xylella fastidiosa 3.São Paulo.1.Diretrizes para apresentação de dissertações e teses________________________________________ 15 Folha de rosto . São Paulo 2005 1. Reúne a descrição técnica do documento de acordo com o Código de Catalogação Anglo-Americano. Orientador: Ricardo Harakava Dissertação (Mestrado) . Ricardo II. obrigatoriamente. para o Concurso de Professor – Titular. Área de concentração: Biotecnologia. pelo Serviço de Biblioteca e Informação Biomédica do Instituto de Ciências Biomédicas.1 Dados de catalogação na publicação (ficha catalográfica) Elemento obrigatório. Programa de Pós Graduação em Biotecnologia III. -. Linha de Pesquisa: Biologia molecular aplicada à fitopatologia. Programa de Pós Graduação Interunidades em Biotecnologia USP/Instituto Butantan/IPT. Bacteriófago I. 2003. Lisozima 2.

com ciência do orientador. Depois de efetuadas as correções. A não autorização por parte do autor. excluirá a frase: “reprodução autorizada pelo autor” na ficha catalográfica. é permitido ao Autor realizar as eventuais correções.4. Informação do autor. 2001. . 1 CD-ROM. 71 f.a(s) palavra(s) errada(s).usp. Exemplo: Errata UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO. 1. NOTA . que autoriza ou não a reprodução total ou parcial do trabalho. preferencialmente. Diretrizes para apresentação de dissertações e teses do Instituto de Ciências Biomédicas da USP. (ANEXO 2) 1.bvs. Vocabulário controlado da USP: base de dados de descritores em língua portuguesa para indexação e recuperação da informação.br. São Paulo: SIBi/USP. São Paulo: ICB. Esta autorização consta no formulário “Dados Cadastrais para Ficha Catalográfica”. com as devidas correções.5 Errata Elemento opcional que consiste em uma lista de erros. é retirado na biblioteca ou solicitado via e-mail <bibteses@icb.número da página e linha(s) em que aparece(m) o(s) erro(s).1. Instituto de Ciências Biomédicas. no exemplar a ser depositado na Biblioteca. Deve ser inserida após a página de rosto. detectados após a impressão.2 Autorização para reprodução do trabalho Elemento obrigatório. Serviço de Biblioteca e Informação Biomédica. ECA/USP. ERRATA Folha 16 1 2 Linha 13 Onde se lê defeza Leia-se defesa http://decs. a errata será descartada do exemplar da Biblioteca.1.Após a defesa. inclusive as propostas pela Banca Examinadora. Deve conter a referência do trabalho.a(s) correção(ões) correspondente(s). Disposição das informações: . de qualquer natureza. . 2006.br>. de acordo com os Descritores da BIREME1 e/ou Vocabulário Controlado da USP2.Diretrizes para apresentação de dissertações e teses________________________________________ 16 Os descritores ou palavras-chave devem ser definidos pelo autor. UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO. para facilitar a sua identificação. .

A lista da banca julgadora deve incluir: a assinatura. o modelo é aprovado pela Comissão de Pós-Graduação do ICB.. ../../..nome da Instituição a que é submetido o trabalho.dados da defesa. ..... . Deve conter: ..nome completo do autor. Esta folha é fornecida pelo Serviço de Biblioteca e Informação Biomédica..título e subtítulo (se houver)...Diretrizes para apresentação de dissertações e teses________________________________________ 17 1. o nome completo dos componentes e a identificação da Instituição de origem... em sessão pública realizada a ....... Exemplos: Folha de aprovação ..6 Folha de aprovação Elemento obrigatório. considerou o(a) ( ) Aprovado(a) Examinador(a) Assinatura Nome Instituição Examinador(a) Assinatura Nome Instituição Presidente Assinatura Nome Instituição ( ) Reprovado(a) ... quando do cadastramento dos dados catalográficos......Dissertação de Mestrado UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO Instituto de Ciências Biomédicas Candidato(a): Dissertação: Orientador(a): A Comissão Julgadora dos Trabalhos de Defesa da Dissertação de Mestrado.1.

.......................................................... Nome..................................... Examinador(a) Assinatura.................................................................................................. Instituição....................... Nome............................................................................................... Nome....................................................................................................... Folha de aprovação ..........................................Tese de Doutorado UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO INSTITUTO DE CIÊNCIAS BIOMÉDICAS Candidato(a): Tese: Orientador(a): A Comissão Julgadora dos Trabalhos de Defesa da Tese de Doutorado. considerou o(a) ( ) Aprovado(a) ( ) Reprovado(a) Examinador(a) Assinatura.................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................... Nome............................................/................. Instituição...................................... em sessão pública realizada a ................. Nome............../....................................................................................................................................................... .......Diretrizes para apresentação de dissertações e teses________________________________________ 18 Folha de aprovação ................................................................................../............................................... Examinador(a) Assinatura............................................. Nome.............................................................................................................. Nome............................ Presidente Assinatura....... Presidente Assinatura......... considerou o(a) ( ) Aprovado(a) ( ) Reprovado(a) Examinador(a) Assinatura............................................................................................................................................ Instituição................................................................................................../......................... Instituição.............................................................................................................................................................................................................. em sessão pública realizada a ........... Nome.Dissertação de Mestrado em Biotecnologia UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO Programa de Pós-Graduação Interunidades em Biotecnologia USP/Instituto Butantan/IPT Candidato(a): Dissertação: Orientador(a): A Comissão Julgadora dos Trabalhos de Defesa da Dissertação de Mestrado..................................... Examinador(a) Assinatura.................. Examinador(a) Assinatura............ Instituição................................. Instituição.........................................

.......................... ............................................................................................. Nome......... Instituição............................................................................................ Examinador(a) Assinatura................................../..................... deverão ser submetidos ou à Comissão de Ética em Pesquisa Envolvendo Seres Humanos (CEPSH) ou à Comissão de Ética em Experimentação Animal (CEEA) do ICB ou apresentar o Certificado de Isenção.... utilizado pelo autor para homenagem ou dedicação à(s) pessoa(s)..................../......7 Folha de Reprodução do Certificado/Parecer da Comissão de Ética Elemento obrigatório............................................................................................................................. Todos os projetos de pesquisa que incluam seres humanos ou uso de animais para experimentação...................... Instituição............................... Não inclui fotos..................Diretrizes para apresentação de dissertações e teses________________________________________ 19 Folha de aprovação ......................................................................................... cada linha não deve ocupar mais que 50% da largura da folha....8 Dedicatória(s) Elemento opcional..................................................................1. Instituição................................. Instituição............Tese de Doutorado em Biotecnologia UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO Programa de Pós-Graduação Interunidades em Biotecnologia USP/Instituto Butantan/IPT Candidato(a): Tese: Orientador(a): A Comissão Julgadora dos Trabalhos de Defesa da Tese de Doutorado...............................................1............................................ 1..................................................................................... Nome... Graficamente.... Nome....................... (ANEXOS 3A ............................................................. Examinador(a) Assinatura.......................................... Nome................................ Presidente Assinatura........ considerou o(a) ( ) Aprovado(a) ( ) Reprovado(a) Examinador(a) Assinatura......... em sessão pública realizada a ................................. emitido por estas Comissões...........................................3C) 1............................... Examinador(a) Assinatura............ Nome....................................................................................................................................................................................................................................

no qual o autor agradece aqueles que contribuíram de maneira relevante.9 Agradecimento(s) Elemento opcional. Exemplo: Agradecimentos AGRADECIMENTOS Ao Laboratório de Bioquímica do Instituto Biológico pelo inestimável auxílio e convivência.1.Diretrizes para apresentação de dissertações e teses________________________________________ 20 Exemplo: Dedicatória DEDICATÓRIA Aos meus pais e familiares pelo incentivo e apoio constante para a minha formação. Aos amigos e professores pela dedicação e incentivo. convívio e amizade. quando da elaboração do trabalho. Obrigada! 1. Agradecimentos à(s) Instituição(ões) responsável(eis) pelo apoio financeiro. Enfim a todos que contribuíram para a realização deste trabalho. À Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP) pelo apoio financeiro. Obrigada por tudo! . poderá ser em folha a parte.

1.Para inclusão no DEDALUS (Banco de Dados Bibliográficos da USP). (ABNT) O resumo. novas técnicas. Deve ser redigido em parágrafo único e conter. precedido da referência do documento. Dela flui a cortesia serena da conduta exterior. em meio eletrônico. Normalização. NOTA .10 Epígrafe Elemento opcional. As palavras-chave ou descritores do trabalho devem figurar logo abaixo do resumo. métodos empregados.1. para fins de divulgação. na versão inglesa (Abstract). separadas e finalizadas por ponto. no máximo. obrigatoriamente. O resumo deve ser informativo e conter a apresentação concisa dos pontos relevantes do trabalho. Exemplo: Epígrafe “Existe uma cortesia do coração. os resumos não devem ultrapassar 1.” Goethe 1. resultados significativos e em seqüência lógica. incluídos as pontuações e os espaços. . 500 palavras.11 Resumos Elementos obrigatórios.080 caracteres. no qual o autor inclui um pensamento. Exemplo: Palavras-chave: Diretrizes. quando da elaboração da ficha catalográfica.Diretrizes para apresentação de dissertações e teses________________________________________ 21 1. frase ou citação relacionada ao tema abordado. A cópia deverá ser entregue. no Serviço de Biblioteca e Informação Biomédica. É seguida de indicação de autoria. ressaltando objetivo. conforme o Regimento da Pós-Graduação da USP (Artigo 99) deve ser elaborado com as mesmas características do resumo em língua portuguesa. que ao amor se irmana.

and ultimately. evaluation of the role of each deletion after transfection into Leishmania cells. São Paulo. através de obtenção de deleções dos insertos. Insert DNA mapping.3 que conferem resistência à TBF (Tbf2. Drug resistance.** Inibidores da via do ergosterol (Terbinafina e Itraconazol) são potentes alvos quimioterápicos para o tratamento das leishmanioses. From these data. 2000. A. Identificação de loci relacionados com a resistência aos inibidores da biossíntese do Ergosterol em Leishmania major. Starting from a new method that allows isolation of TBF and ITZ resistant lines. Super expressão de proteínas Resumo em Inglês ABSTRACT De acordo com Normas Vancouver* Rodegheri FA. através da transfecção gênica de genotecas construídas no cosmídio de super-expressão (cLHYG). 13B Resumo em Inglês Palavras-chave: Leishmania. two inhibitors of the Ergosterol metabolism are potent chemotherapeutic agents for the treatment of leishmaniasis.* Ou de acordo com Normas ABNT** RODEGHERI. Identificação de loci relacionados com a resistência aos inibidores da biossíntese do Ergosterol em Leishmania major [Dissertação].* Ou de acordo com Normas ABNT** RODEGHERI. Terbinafine. São Paulo: Instituto de Ciências Biomédicas da Universidade de São Paulo. Resistência às drogas. testes pós transfecção em células do parasito e análise prévia do seqüenciamento de dois destes loci foram realizados. A partir de um novo método que permite o isolamento de linhagens resistentes a drogas. 62 f. caracterizou-se 5 destes cosmídios resistentes . and partial analysis of the nucleotide sequencing of two of these loci. Itraconazole. São Paulo. efetuamos a identificação de loci relacionados com a resistência à TBF e ITZ. We expect these studies to lead to a better understanding of mechanisms of drug action and resistance. F. Tbf3 e Tbf4) e mais 2 que conferem resistência ao ITZ (Itz2 e Itz4). F. 2000. identificação de cada um dos locus relacionados com a resistência.3 that render resistance to TBF and 2 that render resistance to ITZ. Novas hipóteses sobre os mecanismos de ação destes inibidores poderão se formulados. Itraconazol. identification of the resistance related locus.Instituto de Ciências Biomédicas. Master thesis (Parasithology) . Terbinafina. 62 f.Diretrizes para apresentação de dissertações e teses________________________________________ 22 Exemplos: Resumo em Português RESUMO De acordo com Normas Vancouver* Rodegheri FA. Universidade de São Paulo. Key words: Leishmania. São Paulo: Instituto de Ciências Biomédicas da Universidade de São Paulo. Transfecção gênica.** Terbinafine and Itraconazole. Identification of loci related with the resistance to inhibitors of biosynthesis of the Ergosterol in Leishmania major. anti-Leishmania chemotherapy. was accomplished. uma parasitose endêmica em 88 países. A. 2000. 2000. hypotheses about the biochemical mode of action of these inhibitors can be formulated.Instituto de Ciências Biomédicas. Universidade de São Paulo. Assim. Transfection of genomic libraries. we were able to identified loci related with the resistance to both inhibitors after transfection of genomic libraries constructed in the multicopy episomal cosmid vector (cLHYG). . O mapeamento dos insertos. 2000. Identification of loci related with the resistance to inhibitors of biosynthesis of the Ergosterol in Leishmania major [Master thesis]. through obtaining of insert deletion from 5 of these resistant cosmídios . Dissertação (Mestrado em Parasitologia) . assim como um melhor direcionamento e entendimento dos mecanismos de resistência e quimioterapia da leishmaniose. 2000.

........................ 74 Figura 8...................... 76 Figura 9A... ........ recomenda-se elaboração de lista própria para cada tipo... Quantificação da adesão da amostra 18 em células HEp-2 (3 h).... gráficos.....Diretrizes para apresentação de dissertações e teses________________________________________ 23 1..... fotografias.. 70 Figura 7. As listas de tabelas e ilustrações são elaboradas de acordo com a seqüência com que se apresentam no texto............ 68 Figura 5...................lista de abreviaturas e siglas......... 62 Figura 3... coli.................. plantas... Exemplos: Lista de Ilustrações LISTA DE ILUSTRAÇÕES Figura 1....... fluxogramas.......................... 65 Figura 4. As listas de abreviaturas e de siglas compõem-se de palavras ou símbolos com seus significados grafados por extenso e relacionados em ordem alfabética....................lista de tabelas.................. Análise da extração parcialmente purificada de fímbrias ........... 84 .............. Perfil plasmidial de algumas amostras ........... Capacidade de formação de biofilme em placas de poliestireno .............................................................. quadros e outros)............................lista de símbolos ou fórmulas. 79 Figura 9B................. Tipos de listas: . acompanhadas do respectivo número da página...................... 70 Figura 6............................... ........ organogramas.. 19 Figura 2.................. mapas..... Inibição da adesão em células HEp-2 pela Temperatura.........1............................................ Operon de fímbria tipo 1 de E..... Teste de adesão em células HEp-2................. Perfil de proteínas de membrana externa ..................... ....................12 Lista(s) Elemento(s) opcional(is)........ Reação de immunobloting com o soro anti-18 da membrana ......... Inibição da adesão em células HEp-2 utilizando anti-soros ................. Quando em número considerável.............................. Perfis de proteínas de membrana externa (OMP) .............. 79 Figura 10.................lista de ilustrações (desenhos..

...............67 Tabela 11 ...........58 Tabela 7 .....Pesquisa de genes plasmidiais ...............56 Tabela 6 ...Títulos de hemaglutinação manose sensível das amostras....................20 Tabela 2 ............Primers utilizados para amplificação do fragmentos..................................Seqüências dos primers.Variações no teste de adesão em células HEp-2 para a amostra 18 61 Tabela 9 ..Testes de inibição de adesão a células HEp-2 da amostra 18....44 Tabela 4 ............Inibição da adesão da amostra 18 em células HEp-2........................................64 Tabela 10 .......61 Tabela 8 . tamanhos dos fragmentos......Amostras bacterianas e plasmídios recombinantes...............46 Tabela 5 .........27 Tabela 3 ...................Diretrizes para apresentação de dissertações e teses________________________________________ 24 Lista de Tabelas LISTA DE TABELAS Tabela 1 ....Genes do operon de fímbria tipo 1.....Perfil de resistência das amostras ...81 Lista de Abreviaturas e Siglas LISTA DE ABREVIATURAS E SIGLAS Abs – absorvância Abz – ácido orto-aminobenzóico ACN – acetonitrila CBS – “Center for Biological Sequence Analysis” CBZ – carobenziloxi DTT – ditiotreitol Ero – espécies relativas de oxigênio ExPASy – “Expert Protein Analysis System” FA – ácido fórmico NCBI – “National Center for Biotechnology Information” NIH – “National Institute of Health” NUP – “Nested Universal Primer” ..............Padrão de adesão em células HEp-2 das amostras..................................

............................37 5-Amino-N-butil-2-(3-metil-2buteniloxi) benzamida ACHE’5 C18H26N203 / 318...........................Diretrizes para apresentação de dissertações e teses________________________________________ 25 Lista de Símbolos LISTA DE SÍMBOLOS AMINOÁCIDO Ácido aspártico...........A Citosina .........................................................................................34 5-Acetamida-N-butil-2(2-propiniloxi) benzamida ACHE’3C15H20N202 / 324.....................................T Lista de Fórmulas LISTA DE FÓRMULAS FÓRMULA MOLECULAR NOME QUÍMICO ACHE’1 C14H18N202/246......................................E Arginina .....................D Ácido glutâmico...........................................................30 5-Amino-N-butil-2-Parsalmide) (2-propiniloxi) benxamida ACHE’2 C16H20N203 / 288...............Q Histidina ........................................N Glutamina ...........................................................................................................................46 5-Metanosulfonamida-Nbutil-2(metil-2-buteniloxi) benzamida ACHE’7 C17H26N202 / 326...........................................................................................86 Cloridrato de 5-Amino-N-butil-2ciclohexiloxi benzamida .............................S Tirosina .................................T BASES NITROGENADAS DOS NUCLEOTÍDEOS Adenina .........................................................................R Asparagina...................................H Lisina ............................................................................................................................................................................G Timina ......................................................................................................................k Serina ....................39 5-Metanosulfonamida-N-butil-2(2-propiniloxi) benzamida ACHE’4 C16H24N202 / 276.................C Guanina ............................................................................41 5-Acetanida-N-butil-2-(3-metil-2buteniloxi) benzamida ACHE’6 C17H26N204S / 354............................................................................................................Y Treonina .................................................................................................

53 3... na mesma ordem e grafia em que a matéria nele se sucede.......... constituídas por: introdução com justificativa e objetivo.................................................... 92 APÊNDICE..13 Sumário Elemento obrigatório... a definição e justificativa do tema........................... 35 3 MATERIAL E MÉTODOS ...................................Diretrizes para apresentação de dissertações e teses________________________________________ 26 1...1 Introdução e revisão de literatura “Por que decidi testar esta hipótese e o “o que li”“....1..................1 Plano geral da experimentação .. Resultados......... É a enumeração das principais divisões................... Os objetivos e suas finalidades também podem ser apresentados em capítulos separados.2 ELEMENTOS TEXTUAIS Elementos textuais são as partes fundamentais do trabalho................................................................................... em cada um deve constar o sumário completo do trabalho (NBR 6027)............... com o respectivo número da página.. 91 REFERÊNCIAS........... Havendo mais de um volume...... Discussão e Conclusão..............................................2..................................1 Determinação quantitativa de Malondialdeído (MDA) ............ A revisão de literatura é a parte em que o autor demonstra seu conhecimento sobre a literatura........1 Expressão de moléculas de adesão ................................................................................................... 07 2 REVISÃO DA LITERATURA.............. 15 2... Exemplo: Sumário SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO .................................................................................................. 53 3................. 74 5 DISCUSSÃO ......................................1 O papel das citoquinas na resposta inflamatória ................... 69 4.................. 84 6 CONCLUSÃO..... hipóteses e propósitos do trabalho............ 101 ANEXOS................................. 122 ANEXO 16A 1............. 115 ÍNDICE REMISSIVO .................................. A introdução e revisão de literatura podem ser apresentadas em um único capítulo......................... 80 5............................2 Técnica anestésica................................ A introdução é a parte inicial do texto em que o autor deve incluir o objetivo................. seções e outras partes do trabalho...........2 Estudo histológico................ ... 55 4 RESULTADOS ...... 69 4........................................................................... 1............ desenvolvimento: Metodologia ou Materiais e Métodos ou Procedimentos Metodológicos.....................

interpretados. podem ser apresentados em capítulos separados. preferindo-se nomes genéricos ou científicos. A especificação e origem do material. plantas ou microorganismos utilizados devem ser identificados acuradamente. Na discussão. os detalhes destes resultados serão localizados. utilizar tabelas para apresentar os dados. . os aspectos novos e importantes devem ser enfatizados e fornecer os elementos para as conclusões. A partir da experiência adquirida. os resultados e valor da pesquisa são analisados. em que o detalhamento dos métodos será localizado. Quando for necessária uma análise estatística. poderão ser feitas no próprio texto ou em nota de rodapé.2. Questionários e entrevistas podem ser apresentados em anexo. 1. o autor deve discutir os dados. para que o experimento científico possa ser repetido por outros pesquisadores. os métodos. também. Deve-se ter especial cuidado para não antecipar os resultados. criticados e comparados com os já existentes na literatura citada. materiais e equipamentos utilizados no desenvolvimento do trabalho. 1. Uma boa discussão deve analisar os dados e não recapitular os resultados. em ordem lógica e não necessariamente na seqüência cronológica dos experimentos. NOTA . Animais.2 Material e métodos ”O que fiz e como fiz” Parte principal do texto que deve demonstrar e descrever. é permitida a inclusão de novas perspectivas e sugestões de novas pesquisas. A revisão de literatura não deve restringir-se apenas à transcrição de pequenos textos. Evitar o uso de nomes comerciais. as razões e significados para concordância ou não com outros autores. e não o método estatístico. sem interpretações pessoais. mas apresentar comentários e críticas dos trabalhos.3 Resultados e discussão “O que descobri” e o “o que significam os dados” Os resultados obtidos devem ser apresentados sistematicamente de forma clara. Os resultados e a discussão. NOTA . no mínimo. A discussão é o mais livre dos itens e o que mais evidencia a vivência do pesquisador. uma página.Diretrizes para apresentação de dissertações e teses________________________________________ 27 O histórico da evolução científica do tema deve ser apresentado através de citação ou comentários sobre a literatura considerados relevante e que serviu de base à investigação. com clareza e precisão. contradições devem ser elucidadas.Para dissertações e teses com inclusão de artigos publicados. marcas comerciais etc. os Materiais e Métodos devem ser uma súmula dos métodos utilizados e torna-se necessário à indicação do anexo e a página. É necessário indicar em qual Anexo e página. os Resultados e Discussões devem ser uma súmula de. Se necessário.2. São discutidas as implicações teóricas e possíveis aplicações práticas.Para dissertações e teses com inclusão de artigos publicados.

1999). H. O segundo modo de ativação endotelial passa a ganhar importância. 1.. 83. evidencia se as metas propostas foram atingidas e devem ser fundamentadas nos resultados e na discussão. p. 277-284. p. JOHNSON. 444-455. Os mais utilizados são: .. em número igual ou superior aos objetivos desejados.2) pelo sistema numérico de chamada (NBR 10550). 1989) de pacientes em choque séptico a dosagem de IL1beta e TNF α mostrou valores elevados no conjunto de dados (duas vezes maiores em relação ao grupo controle). v.4 Conclusões Parte final do documento constitui-se em um resumo das descobertas e sua significância. de maneira que permita a identificação precisa e minuciosa do documento no todo ou em parte.. Apêndice(s). R. . P.1).Sistema Autor-Data SISTEMA AUTOR-DATA NO TEXTO Em um estudo clínico (ZHANG et al. São constituídos pelas Referências.3. IL-8 e TNF α) e dos lipopolissacárides.7. Glossário. Universidade de São Paulo... Interleukin 1 and tumor necrosis factor stimulate human vascular endothelial cells to promote transendothelial neutrophil passage.. C. E. os quais possuem receptores específicos na superfície endotelial e estimulam o endotélio a passar do estado de repouso para o estado ativado (BOYLE et al..7. J. H. ZHANG. São Paulo. contendo deduções lógicas e correspondentes. Este é dependente principalmente das citoquinas (IL-1. S. FEHR. SCHLEIFFENBAUM. Ann. POHLMAN. Relação das obras consultadas e citadas no texto.ordem numérica crescente (seção 3. Endothelial cell injury in cardiovascular surgery: the systemic inflammatory response.1 Referências Elemento obrigatório. 1997. caso a citação no texto obedeça ao sistema autor-data (seção 3. VARRIER. 1989. v. D. T.. Tese (Doutorado) . M.. As referências são ordenadas de acordo com os sistemas utilizados para as citações no texto.. As lesões macroscópicas e microscópicas observadas na lesão pulmonar induzida pela ventilação mecânica são inespecíficas e semelhantes àquelas encontradas em outras formas de lesão pulmonar aguda experimental que se traduzem por uma reação inflamatória aguda (MORI. Surg. S.. B.Faculdade Medicina. 1997). MORI.ordem alfabética. SISTEMA AUTOR-DATA NAS REFERÊNCIAS BOYLE JR. Thorac. . Anexo(s) e Índice. Invest. E. MOSER. GROSCURTH. J. 1.2.Diretrizes para apresentação de dissertações e teses________________________________________ 28 1. M. Correlação da relação pressão – volume semi-estática do sistema respiratório e morfometria em ratos com lesão pulmonar induzida pela ventilação mecânica. 1999. 191 f.3 ELEMENTOS PÓS-TEXTUAIS Elementos pós-textuais são os que complementam o trabalho. IL-6. 63. Clin. Exemplos: Referência .

conforme AACR23 são: Autor pessoal . 1983-1985. Alguns princípios são comuns à maioria das formas de lesão celular. J. Surg. após a seção “Referências”. L. (ABNT) Rodrigues LC.. p. C. editor.1 (1997). CHERAPANOV. A resposta celular a estresses e estímulos nocivos depende do tipo de estímulo. J. Os nomes dos autores devem ser separados por ponto-e-vírgula. KIRWAN.. v. p.Sistema Numérico SISTEMA NUMÉRICO NO TEXTO Observou-se uma menor porcentagem de polimorfonucleares (PMNs) em apoptose no lavado bronco-alveolar (LBA) de indivíduos com síndrome da angústia respiratória do adulto Jimenez et al. Regulation of neutrophil activation in acute lung injury.2 (1999). n. STEINBERG.. 1999. L. ed. W. p. Suppl.1. Downey et al. EVANS. p.. D. M. de sua duração e sua intensidade e as conseqüências para a célula dependerão do tipo. 3 Código de Catalogação Anglo-Americano – AACR2. R.. (Vancouver) NOTA . Chest. 116. v. Se necessário. ed. Os formatos e modelos de referências estão exemplificados na seção 4. 3 FANNING. seguido de espaço (ABNT) ou por vírgula (Vancouver). KRUGER. 2. 1. F. seguido(s) do(s) prenome(s). 1. 1-26: Patologia celular I: lesão e morte da célula.). 527-534. W. 6. Inhibiton of neutrophil apoptosis after elective surgery. G. acrescentar a participação (organizador. catálogos e bibliografia.indica(m)-se o(s) autor(es) pelo último sobrenome. Patologia estrutural e funcional. v. D.. coordenador etc... O. F.. 1999.. Os elementos que compõem as referências aplicam-se a todos os documentos.. M. em coletâneas de vários autores.Diretrizes para apresentação de dissertações e teses________________________________________ 29 Referência .Quando houver indicação de responsabilidade pelo conjunto da obra. do estado e da adaptabilidade da célula lesada4.1. determinando sua localização em índices.1263. 132.3 (1999) e no plasma de indivíduos com síndrome da resposta inflamatória sistêmica (FANNING et al. S. 1999). PARODO.. PORTER. S.. G. . DEDHAR. Q. 126. 1997. 2 DOWNEY.1 Autoria As “entradas” ou “cabeçalhos” são expressões ou palavras que encabeçam uma informação bibliográfica. e Fanning et al. N. Arch. entre parênteses (ABNT) ou por extenso (Vancouver). D. Exemplo: RODRIGUES. Rio de Janeiro: Guanabara. BOUCHIER-HAYES. 2000.. V. Cap. 1999) e que a IL-6 tem efeito inibidor da apoptose de neutrófilos após 24 horas de pós-operatório em cirurgias eletivas (FANNING et al.. São Paulo: FEBAB. Dysregulated expression of neutrophil apoptosis in the systemic inflammatory response syndrome. P. . SISTEMA NUMÉRICO NAS REFERÊNCIAS 1 JIMENEZ. compilador. 4 ROBBINS. em maiúsculas (ABNT) ou caixa alta e baixa (Vancouver). J. D. DONG. WATSON. 46S-54S. Surgery. SHORTEN. incluir a seção “Bibliografia Consultada”. FOSTER. abreviada.3.

(Vancouver) 1. Bartolomé de las DE Andrea DeAndrea D`Arienzo De Boor De la Gardie Della Pietra DE Villiers Di Fiore Du Méril Du Toit La Fontaine Las Heras Le Fort Lo Savio Lw Rouge MacCarthy McDonald McLellan O'Connor Van Buren Van der Post Ver Bover Von Braun Von Wielligh Zur linde Autor entidade (órgãos governamentais. a primeira palavra deve figurar em letras maiúsculas (ABNT) ou sem destaque (Vancouver). C. separados por dois pontos. Exemplo: Elementos da referência: transcrição. seminários etc. (ABNT) Rodrigues LC.Diretrizes para apresentação de dissertações e teses________________________________________ 30 Exemplo: RODRIGUES. Instituto de Ciências Biomédicas.3. (ABNT) Universidade de São Paulo. (Vancouver) Sobrenomes que indicam parentesco Ferreira Neto Pereira Filho Pereira Junior Sobrenomes ligados por hífen Day-Lewis Fon-Lampe Sobrenomes com prefixos (artigos e preposições) Am Thym Aus´m Weerth Casas. congressos.2 Título e subtítulo Estes elementos devem ser reproduzidos conforme figuram no documento. conforme a ABNT ou sem destaque. editor (editor para um autor e editors para vários). L. Apenas o título fica em destaque de negrito. . conforme a Vancouver.) tem entrada pelo seu próprio nome. (ABNT) Elementos da referência: transcrição. (Ed. Exemplos: UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO. por extenso.Se o título for o primeiro elemento da referência. associações.1. Instituto de Ciências Biomédicas.). (Vancouver) NOTA . empresas.

2ª ed. Okt. ed.. (português e espanhol). May. set. para algumas línguas.. utilizam-se ambas as expressões..3. mayo. July. jul. com a numeração em arábico. Exemplo: [1980] data certa.enero.n. n. [19-] século certo. avril.l.. [198-] década certa. rev. dez. jun.3. nov. jul.. abr.. sept. utiliza-se a expressão “Sini nomine”. Juni. marzo. June. abreviadas e entre colchetes [S. fev.. abr. ou 2..: s... [198-?] década provável. maio.Diretrizes para apresentação de dissertações e teses________________________________________ 31 1. Sept.. [190 ou 1991] um ano ou outro (ABNT) Os meses são indicados abreviados e em letras minúsculas. (em francês).).. 2nd ed. entre colchetes [S. Dec. (alemão). abreviado.. nov.. Espanhol: . aum. Feb. Português: . abreviada....janv.. mars.1. jun. entre colchetes.. utiliza-se a expressão “Sine loco”. févr.jan.. Nov. Dez.]. Havendo mais de um local.. Juli. Exemplo: 2. Feb. Aug. Oct. ed.l. Marz.3. Aug. sept. juin. agosto...3 Edição Indicar o número da edição quando mencionado na obra..5 Editora O editor deve ser indicado como aparece no documento.3. (inglês). Inglês: .. dec.. 2. não sendo possível determinar o local. (italiano). nov. indica-se o primeiro ou o mais destacado.. . dic. oct.Jan.1.. [ca. Quando local e editor não puderem ser identificados. Sept. [1980?] data provável.Jan.4 Local A cidade da publicação é indicada como aparece no documento. 1. Apr.. août. Registra-se uma data aproximada.]. 1. out. Mar. 2e ed.1..6 Data A data deve ser indicada por algarismos arábicos. se não puder ser determinada.. 1980] data aproximada. Apr. na língua do texto. oct. mas não indicada. Francês: .. Indicam-se emendas e acréscimos à edição. Quando não é identificado. ago. mar. Alemão: .. mai. seguido de ponto e da abreviatura da palavra edição. se houver. Inc.. a partir da segunda.. Nov. juil.. Mai.. feb. 1. entre colchetes [S.1...]. Aufl. suprimindo-se a natureza jurídica ou comercial (Ltda.

xv p. separados por vírgula de sua numeração. ou Não paginado. p. no final da referência: Exemplo: Paginação irregular. (Vancouver) Quando a paginação for irregular ou a publicação não for paginada. cap.... indicam-se estas características. 4). inclusive. 1. indica-se f. sem destaque tipográfico. Exemplo: (Handbook of Physiology. ou p. 2. indica-se a quantidade de volume.1. podem constituir volume à parte. Exemplo: No prelo. (ABNT) NOTA . Exemplo: APÊNDICE A – Título do Apêndice . de caráter informativo. precedidos da abreviatura f. 24-30. 6. Em geral. il.A folha é composta de duas páginas: anverso e verso.” para ilustrações coloridas. Quando o trabalho for impresso apenas no anverso.8 Séries e Coleções São indicadas entre parênteses. 2. Os apêndices são constituídos de suportes elucidativos não essenciais à compreensão do trabalho. Se muito longos. (ABNT) 1. ter cabeçalho próprio. xv.3. podem ser eliminados sem prejuízo ao entendimento.1. organizados alfabeticamente e acompanhados dos respectivos significados. 6.3. Para partes de publicações.7 Descrição física Quando o documento for publicado em mais de uma unidade física. (ABNT) e No prelo 2004. (Vancouver) 1.3. 1. (ABNT) vol.. não são elaborados pelo autor da publicação. cap. folha ou coluna. de uso restrito ou sentido obscuro.3. deve-se identificá-los por letras maiúsculas ou números arábicos podendo. Exemplo: v. menciona-se o número das folhas ou páginas inicial e final. 24-30. p. Pode-se também indicar as ilustrações pelas abreviaturas “il.Diretrizes para apresentação de dissertações e teses________________________________________ 32 1. com seus títulos de séries ou coleções.” ou “il. 132 pp.3. 132 p. color. il.3 Apêndice(s) Elemento opcional.9 Informações complementares Notas com informações complementares devem ser incluídas ao final da referência. 120. 120. algarismos arábicos e romanos).1. Quando houver mais de um apêndice. Pode-se registrar o número da última página. respeitando-se a forma encontrada (letras.2 Glossário Elemento opcional inclui expressão ou termo citado no texto.

Allergol.. A partir destes anexos. 360. NORMAS VANCOUVER Artigo 1 Feizi T. Artigo 3 CANTERAS. S. M. 3. R. Immunol. Clin. Library fungi at University of Sao Paulo and their relationship with respiratory allergy. N. J.1 Inclusão de artigos de periódicos no trabalho Elemento opcional. J Invest Allergol Clin Immunol. 1999. W. CROCE. Galustian C. p. vinculados ao tema central do trabalho e indispensáveis à sua compreensão. podendo inclusive. 1993. sendo elaborados ou não pelo autor da obra. trabalhos submetidos para publicação (no prelo). Novel oligosaccharide ligands and ligand-processing pathways for the selectins. Trends Biochem. 213-225. a seqüência de numeração das páginas será mantida até o final do trabalho. Exemplo: ANEXO A – Título do Anexo 1. Comp. Invest. CROCE. mas não numeradas. Artigo 2 GAMBALE. Novel oligosaccharide ligands and ligand-processing pathways for the selectins. devem ser designados por letras maiúsculas. 1995.. C. Published erratum appears in Trends Biochem Sci.. ter cabeçalho próprio. GALUSTIAN. v.. v. Croce M. SIMERLY. ou trabalhos a serem submetidos (em fase de elaboração).4 Anexo(s) Elemento opcional constitui-se de suportes elucidativos.. devem ser inseridos também no item ANEXOS.. SALES. É obrigatório que o Autor da tese participe como primeiro autor em pelo menos um dos trabalhos incluídos. de caráter complementar.. J. Os anexos. Croce J. Swanson LW. as folhas são contadas.4. 1993.3. Sci. 45-50. Neurol. p. Artigo 2 Gambale W. 1999.. Exemplo: Inclusão de Artigos de Periódicos ARTIGOS DE PERIÓDICOS NORMAS ABNT Artigo 1 FEIZI.24:427. 24:369-72. 1995. COSTA-MANSO.360:213-25.Diretrizes para apresentação de dissertações e teses________________________________________ 33 1. B. 369-372. v. Library fungi at University of São Paulo and their relationship with respiratory allergy. Artigo 3 Canteras NS. Para estes trabalhos com paginação própria. Organization of projections from the medial nucleus of the amygdala: a PHAL study in the rat. J Comp Neurol. M. L. SWANSON.. Trends Biochem Sci 1999. quando mais de um. Costa-Manso E. Simerly RB. J. As inclusões de trabalhos nas teses e dissertações podem ser: trabalhos publicados. T. 24. p.3.3:45-50. W. Sales M. E. Organization of projections from the medial nucleus of the amygdala: a PHAL study in the rat. . A paginação deve ser contínua até o final do trabalho.

.....................................................fontes informais..........15 Citação...28 ........5............. ordem cronológica etc................26 Capa..............................3...2....2................. 3.9.........1..formatos de referências e modelos.2..................... . 4..............................................................3................ 2....24 Referência....................... 4................ 1............. 3..........4..........citação de citação...............................................................autores no texto. 3............tese e dissertação........29 .................. 1...........................................inclusão de artigos de periódicos no trabalho...........................................Diretrizes para apresentação de dissertações e teses________________________________________ 34 1................1.... 1.....39 ........................................................................................................ 1..............citação................3...............8...18 Notas de rodapé...23 Apresentação gráfica......... assunto..................1 .................................................................... que consiste em lista de termos ou palavras ordenadas alfabeticamente ou sistematicamente a partir da qual se localiza um termo ou palavra contida no texto............................. 3.........41 ............................................................... título.... O índice pode ser ordenado por autor... Exemplo: Modelo de Índice Remissivo ÍNDICE REMISSIVO Agradecimento(s).......... 3.......4.4..........................43 ..................................................memorial..........40 .........38 .........3 .........3...29 Material e métodos............ formas.2 ............................................17 Anexos.............26 ..........................artigo ou matéria de periódico.................3..........................30 Numeração progressiva das seções.........28 ...... 3..........1.................23 Apêndices..5...........citação indireta...........citação direta.........................................................7 ...................34 ...................3..................2 ............23 ........................4......................................28 ..........................................1..3................5........3 ...............espacejamento..30 ........... 4.............................4....30 ..................5 Índice(s) Elemento opcional... 3 ....28 ..... 3.........43 ..................................................... 2.............................comunicação pessoal e informação verbal............................... 1....................................trabalho apresentado em evento..... 4.........................................................................................1 ............... 1........8............................................... 2............. 4.... classe.............................................................2.2 ....artigo de jornal. 4.....

indica que deve ser correta. em uma pequena frase. Devem-se evitar termos como: contribuição. cada tempo verbal deve ser escolhido para que signifique exatamente o que o autor pretende.1. muitas vezes. e que cada termo. expor os resultados das observações e experiências no passado e usar o presente para as generalidades ou para as referências as condições estáveis. cada expressão. deve-se evitar palavras com duplo sentido.) de um documento devem ser enumeradas. merecendo cuidadosa análise para verificar se convém o uso da primeira pessoa do singular. estudo. 2. O extremo de o documento ser escrito de forma extremamente compacta também pode prejudicar sua compreensão. definindo e limitando com exatidão o assunto principal e/ou o conteúdo do trabalho. ser informativo. c1993). conciso e objetivo. A redação deve ser coerente quanto aos tempos de verbo adotados. pode ser complementado por um subtítulo. 5).2 REDAÇÃO DO TRABALHO Para um conjunto de autores. verificando em cada frase se a idéia não pode ser exposta com menor número de palavras.3 NUMERAÇÃO PROGRESSIVA DAS SEÇÕES Elemento obrigatório.). Sobre a linguagem. o que é mais raro (REY. O indicativo numérico é precedido do título. Se necessário.Diretrizes para apresentação de dissertações e teses________________________________________ 35 2 INSTRUÇÕES ESSENCIAIS PARA O TEXTO 2. 4. construções perifrásticas e rodeios inúteis. no nível internacional. sem adjetivos supérfluos. caixa alta ou versal (NBR 6024). caracterizadas por um dígito (1. de forma clara e objetiva. Após a primeira redação do texto. em muitas áreas. inicia-se em folha distinta destacadas das outras seções (secundárias. permitindo clareza e economia de tempo. o autor deve analisá-lo com a preocupação de torná-lo conciso. alinhado à esquerda e separado por um espaço. são as divisões principais do documento. abreviaturas e fórmulas químicas. A nomenclatura científica. a linguagem científica deve ser concisa. deve conter a essência do trabalho. Exemplo: 3 MATERIAIS E MÉTODOS 3.1 Reação de Polimerização em Cadeia 3. claro. Os títulos das seções primárias. Recomendamse. secundárias etc. utilizando-se dos recursos: negrito. 3. Quanto ao vocabulário. terciárias etc. 2. utilizando-se algarismos arábicos em uma seqüência lógica.1 Nested PCR PGMY/GP . O uso da voz passiva pode. itálico.1 TÍTULO E SUBTÍTULO DO TRABALHO O título é a primeira informação que é transmitida para o leitor. As seções e as subseções (primárias. 2. está codificada e padronizada. tirar a clareza do texto. sublinhado.

As legendas e/ou títulos devem ser breves e claros. separados por vírgula. sem necessidade de numeração. 2. Sendo muitos extensas.) ou marcas comerciais. quadros. microfotografias. são centralizadas. Se necessário. Exemplo: x2 + y2 = z2 (1) Na seqüência normal do texto. esta deve ser precedida de seu nome por extenso. subtração. . cidade. Brasil) A partir da segunda vez. referem-se a uma variedade de materiais. designadas sempre como figuras.4 SIGLA(S) São letras iniciais dos vocábulos de um título. Exemplo: Merck (Merck S. equações. citar somente a marca comercial. divisão. estado e país em que foi fabricado. Quando várias equações ou fórmulas são citadas. No parágrafo. na extrema direita da linha. são colocados abaixo da ilustração fora da moldura.. podese atribuir numeração própria para um determinado tipo de material. entre parênteses. mapas ou outras formas pictográficas necessárias à melhor visualização e compreensão do texto.. dispensando consulta do texto e da fonte. Exemplo: Instituto de Ciências Biomédicas (ICB) Citada a partir da segunda vez: De acordo com as Diretrizes do ICB 2. fórmulas e símbolos devem aparecer em destaque no texto. São enumeradas em algarismos arábicos na ordem em que se apresentam no texto. multiplicação. Rio de Janeiro. citar o produto ou marca comercial.J. do sinal de igualdade. Fórmulas simples devem aparecer no próprio texto. fotografias. desenhos. Devem ser inseridas tão perto quanto possíveis do trecho em que são mencionadas.5 EQUAÇÕES E FÓRMULAS Para facilitar a leitura. Exemplo: HO2 + CS2N3 → HO2 + CS2N3 (1) Se necessária sua divisão em mais de uma linha. tais como: gráficos.A.7 MATERIAL ILUSTRATIVO As ilustrações. seguido. Na primeira ocorrência de uma sigla. devem ser citadas pela numeração. R.Diretrizes para apresentação de dissertações e teses________________________________________ 36 2. devem ser interrompidas depois dos sinais de adição. podem continuar no verso da folha anterior (página oposta). alinhadas na direção da ilustração. do nome do fabricante. devem ser identificadas por números consecutivos. entre parênteses.6 MARCAS COMERCIAIS Na primeira ocorrência da citação de produtos (drogas etc. Exemplo: Merck) 2. ou antes.

et al. et al. 1992. Pedro L. Exemplo: Quadro 15 .Diretrizes para apresentação de dissertações e teses________________________________________ 37 Os títulos e as explanações detalhadas pertencem às legendas. Méd. P. reconheça a fonte original (autoria).97 PARENTERAL 8 <1 DIGESTIVA + RESPIRATÓRIA 6 <1 DIGESTIVA + PARENTERAL 2 <1 IGNORADO 9 <1 FONTE: TAUIL. v. O autor citado no trabalho deve ser incluído na lista de referências.Taxas de dependência de crianças (0-14 anos) e idosos (65 anos e mais) .Brasil. Exemplo: TAUIL. L. A permissão da reprodução do material deve ser requerida do autor ou editor. Brás.00 PELE E MUCOSA + RESPIRATÓRIA 18 1.1 Quadros São ilustrações com informações qualitativas que contém dados sem tratamento estatístico. e WONG. 1992.1992 VIA DE EXPOSIÇÃO NÚMERO DE CASOS % DIGESTIVA 660 72.Principais vias de intoxicação nos casos do CIT/DF . Rev. 2. 1920 – 2100. 1995. 43-47. J. diferem da Tabela pela colocação de traços verticais na lateral. Características epidemiológicas da demanda do centro de informações toxicológicas do Distrito Federal. Se uma figura for publicada.A. As legendas dos Quadros devem ser colocadas na parte superior. Exemplo: Figura 6 . A seta indica o valor mínimo da taxa de dependência total.37 PELE E MUCOSA 137 15.. 31. Deve-se mencionar a fonte bibliográfica na parte inferior do Quadro. com permissão. L18.. 1-2. FONTE: Modificado de CARVALHO. n.7. . p.M. exceto os originais de domínio público (ver Proteção do Direito da Privacidade/Proteção dos Direitos do Autor).

As fontes e notas são colocadas após o traço horizontal inferior. Quando o título ocupar mais de uma linha. 1989 NOTA: Abreviaturas (em inglês): HDRS: Escala de Avaliação de Depressão de Hamilton MADRS: Escala de Avaliação de Depressão de Montgomery-Asberg Bech: Escala de Avaliação de Melancolia de Bech-Rafaelsen BDI : Inventário de Depressão de Beck Zung : Escala de Auto-Avaliação da Depressão de Zung Carrol : Escala de Avaliação da Depressão de Carrol . colocar também o nome do adaptador. são delimitadas por traços horizontais na parte superior e inferior. não são delimitadas por traços verticais. seu número deve ser precedido do número do capítulo. para a primeira folha. Se a numeração for feita por capítulo. Quando intercaladas no texto. com traços mais fortes. continuação para as seguintes e conclusão. seguida de seu número de ordem em algarismos arábicos. No texto corrido. expressam as variações qualitativas de um fenômeno. para o alinhamento à esquerda. se adaptada. dispostos em determinada ordem de classificação. para a última folha da tabela. As tabelas também podem ser colocadas em anexo ao texto. citar apenas o número da tabela. deve-se considerar.8 TABELAS Conjunto de dados estatísticos. O título deve ser centralizado ou alinhado à esquerda e ser precedido pela palavra Tabela e sua identificação aparece na parte superior. cuja finalidade básica é resumir ou sintetizar dados. Critérios estabelecidos pelo IBGE (1993). utilizar espaços simples.Diretrizes para apresentação de dissertações e teses________________________________________ 38 2. Exemplo: Tabela 1. Se a tabela ocupar mais de uma página.5 24 8 Motores 11 0 17 0 5 0 Sociais 7 0 8 5 0 0 Cognitivos 26 28 27 50 33 26 Ansiedade 15 9 8 0 4 13 Irritabilidade 0 0 0 0 7 0 FONTE: Adaptada de Thompsom. Exemplo: Tabela 1 – Porcentagem de contribuição das várias categorias de sintomas ao escore máximo de cada escala de avaliação de depressão Categoria HDRS MADRS Bech BDI Zung Carrol Humor 7 28 16 7. a primeira letra da primeira palavra do título. não deve ser delimitada na parte inferior e o cabeçalho será repetido na folha seguinte. Deve conter as indicações de: continua. devem estar o mais próximo possível do trecho em que são mencionadas.

.......................................... 1...........................Superior: 3..............1............................................................................2.............................. 1............ 17 Anexos.. 29 Material e métodos...8.................4...................... 4....... 28 citação direta................. 30 autores no texto......................3....0 cm e Inferior: 2............3...................... 2...................................... observar ainda o recuo de 4 cm da margem esquerda....................................4................ 30 citação de citação........................................7.........................0 cm ÍNDICE REMISSIVO Agradecimento(s)......0 cm............... formas...................... 3...0 cm e Direita: 2.............................1 ....................... 3....3 .......................1 Formato Recomenda-se papel branco................................... 3.............. 1.......................................1... Exemplo: Margens Sugeridas 3....1 ...... 43 Área das margens : formato A4 (210 x 297mm) Área para impressão 2.................0 cm....................0 cm Capa.................2...1 ....................3..... Para que as margens permitam a encadernação adequada.................. ............. 26 espacejamento..2 ... 1.................. 28 artigo de jornal. 29 fontes informais...................... paginação e legendas das ilustrações e tabelas..............0 cm ..... digitados na cor preta..................... Para citações de mais de três linhas.................................................................................................5...................... 18 Notas de rodapé.......4................. 26 3................................ 30 Numeração progressiva das seções. fonte 12 para o texto...............5 .................. 3...................8........ 15 Citação.. 23 inclusão de artigos de periódicos no trabalho. 1.3....1......................................... notas de rodapé....... 28 citação.... 23 Apêndices...............................9.......... 24 Referência.....3 ..................Esquerda: 3..9..................................................2 .............. e tamanho menor para citações de mais linhas..9 APRESENTAÇÃO GRÁFICA DO TRABALHO 2......................3.......................... 3......... 28 comunicação pessoal e informação verbal....................................... 3.......... 2. 1.......................... 28 citação indireta............................ formato A4 (210 x 297 mm)..... 3............. 2.........4............. sugere-se as medidas: ............................ 23 Apresentação gráfica........................... 3.....................................Diretrizes para apresentação de dissertações e teses________________________________________ 39 2.............

DEDICATÓRIA. Na folha de rosto. destacam-se das outras seções. assim como as páginas capitulares (divisórias das unidades maiores do texto: partes ou capítulos) e os anexos com paginação própria. AGRADECIMENTOS. alinhamento à esquerda.3 Paginação A partir da falsa folha de rosto. a paginação deve ser contínua. As referências devem ser digitadas em espaço simples e separadas entre si por espaço duplo (dois espaços simples). a segunda e as linhas seguintes do texto são alinhadas sob a primeira letra do texto da alínea. Para os exemplares depositados no ICB. RESUMO.9.2 .9. notas de rodapé. exceto a última que termina em ponto. A numeração é feita em algarismos arábicos e é colocada a partir das folhas textuais. recebem o mesmo procedimento que as seções primárias. como inclusões de trabalhos científicos. são centralizados e inicia-se em folha distinta. legendas das ilustrações. devem ser digitadas em espaço simples. ABSTRACT. antes da alínea. SUMÁRIO.Diretrizes para apresentação de dissertações e teses________________________________________ 40 2.2.1 Disposição gráfica O título das seções deve ser colocado após sua numeração. A disposição gráfica para as alíneas obedece às seguintes regras: a) o trecho final do texto correspondente. separado por um espaço. deve ser mantida uma única seqüência de numeração até o último volume. tabelas e ficha catalográfica. Devem ser separados do texto que o precede assim como os que o sucede por espaços. Se os trabalhos forem divididos em volumes. GLOSSÁRIO. LISTAS.9. utilizando-se dos recursos de negrito. ver 2.1. o nome da instituição a qual é submetido o trabalho e a área de concentração. Os assuntos de uma seção que não possua título devem ser subdivididos em alíneas. mas não numeradas. 2. Os indicativos de seções devem ser citados no texto de acordo com os seguintes exemplos: na seção 2. Para trabalhos constituídos de mais de um volume. REFERÊNCIAS.4 Reprodução e encadernação O preparo para a encadernação e reprodução fica a critério do autor. todas as folhas do trabalho devem ser contadas seqüencialmente. c) o texto da alínea começa com letra minúscula e termina em ponto e vírgula.5. APÊNDICES. devem ser digitados em espaço simples e alinhados do meio da parte impressa da página para a margem direita da folha. 2. incluindo o verso da página de rosto. caixa alta ou versal.2. que vai da introdução até o final do trabalho. § 3 ou 3° parágrafo de 1. As citações de mais de três linhas.2 Espacejamento O texto deve ser digitado em espaço 1. ANEXOS e ÍNDICES).2. em 1. o grau pretendido. finaliza com dois pontos. As folhas pré-textuais são contadas. manter a capa do trabalho aprovada pela Comissão de Pós-Graduação deste Instituto. itálico.2. b) as letras indicativas das alíneas são reentradas em relação à margem esquerda e são ordenadas alfabeticamente. 2.9. os dados que correspondem à natureza do trabalho. Os títulos das seções que não recebem numeração (ERRATA. .1.

As trabéculas da substância esponjosa do osso estão altamente adaptadas às forças mecânicas demonstrando uma estrutura trajetorial. as substâncias esponjosas e compactas do osso. p. 3.o sobrenome do(s) autor(es) e o ano da obra consultada. A transcrição de um texto. no texto. de acordo com o sistema de chamada escolhido. 3. Exemplo: Segundo Rohen.] a leptina ‘regula o metabolismo’ do adipócito e sua responsividade à insulina”. J. de informações extraídas de uma fonte bibliográfica que serviu de base para a pesquisa. As transcrições com mais de três linhas devem figurar abaixo do texto. devem ser indicados: . com espaço simples e letra menor que a do texto utilizado e sem aspas. (2002). Exemplo: Bennet (1981) estudou as alterações das células [. deve ser incorporada ao parágrafo entre aspas duplas. Os autores citados no texto. 2000. Pode ser de uma citação direta ou indireta.] 3.Diretrizes para apresentação de dissertações e teses________________________________________ 41 3 FORMAS DE CITAÇÃO Citação é a menção. até três linhas. inclusive os sem autoria expressa.106)..o sobrenome do(s) autor(es) e o ano do trabalho não consultado. No texto.3 CITAÇÃO DE CITAÇÃO “Apud” = Citado por: É a menção de um documento ao qual não se teve acesso.. A citação indireta dispensa o uso de aspas duplas.2 CITAÇÃO INDIRETA Corresponde a transcrição não literal das palavras de um autor. conservando-se grafia. As aspas simples são utilizadas para indicar citação no interior da citação.. os ossos do sistema esquelético consistem de duas partes diferentes. mas mantendo-se a idéia do documento original.. et al. pontuação. .1 CITAÇÃO DIRETA Corresponde à transcrição na íntegra. idioma etc. com recuo de 4 cm da margem esquerda. de palavras ou trechos de outro autor..a expressão latina "apud" (citado por) em itálico. deverão constar das referências. Exemplo: Segundo Ceddia (2003) “[. Manter o mesmo espacejamento do texto. W. Exemplo: “As citações são os elementos retirados dos documentos pesquisados durante a leitura da documentação e que se revelaram úteis para corroborar as idéias desenvolvidas pelo autor no decorrer de seu raciocínio” (SEVERINO. . .

(ABNT) Pearson. Exemplos: . 2001.4 CITAÇÃO DE FONTES INFORMAIS 3. […]. 1980. identificar. 3. correspondências pessoais. 1909.. 1980).Diretrizes para apresentação de dissertações e teses________________________________________ 42 Exemplos: . 2001 (comunicação pessoal).. não devem fazer parte da lista de referências.Lista de Referências CARPENTER. Mencionar em nota de rodapé a referência do trabalho não consultado. 1909. 2003 (em fase de elaboração). NOTAS .3 Trabalhos submetidos para publicação Em fase de impressão (no prelo). 2003 (prelo). (ABNT) Carpenter. (Vancouver) .4. entre parênteses. . Exemplos: Segundo Junqueira. 3 4 JUNQUEIRA. […]. São Paulo.. (ABNT) VANCOUVER: Não regulamenta Sugestão: (Pearson.4. devem ser inseridos na lista de referências.início do texto: Segundo Pearson (1909) apud Carpenter (1980) (ABNT e Vancouver) .1 Comunicação pessoal e informação verbal Podem ser feitas por meio de documentos de divulgação restrita. devem ser mencionados apenas em nota de rodapé. 2003 (em fase de elaboração)4. Exemplo: [. a forma de acesso à informação. 1980).2 Trabalhos em fase de elaboração São aqueles que ainda não foram submetidos para publicação. 1909 apud CARPENTER. L.. São Paulo.Nota de Rodapé PEARSON.] Curi.meio ou final do texto: (PEARSON. […]. (Vancouver) 3. 1909 apud Carpenter. [. R. […]. Exemplo: Conforme Curi.Incluir a citação da obra consultada na lista de referência.4. com autorização dos responsáveis pela informação. C.] (comunicação pessoal)3. apresentações orais em eventos não disponíveis em formato publicado. 3. CURI. mas os dados devem ser disponíveis em nota de rodapé. U. Após a citação. 1980.

da mesma página. cit.Supressões: [. Smith [. 50. _________________ * Expressões latinas: 1 Universidade de São Paulo. 50..Op. (Ibidem = mesma obra) – substitui os dados da citação anterior (mesma obra).notas explicativas: constitui-se em observações. 2003. supressões e comentários no texto são indicados do seguinte modo: . Separada do corpo do texto por um traço horizontal contínuo.Loc.6 DESTAQUES E SUPRESSÕES NO TEXTO Os destaques.. substitui o título e demais elementos.]. 2Smith. a obra deve apresentar sua referência completa. sobrescrita e seqüencial. designa a mesma página de uma obra já citada anteriormente.Id.Acréscimos ou comentários: [ ]. no texto. inicia-se na margem esquerda sem pontuação. Na primeira citação. Não usar destaque tipográfico nas expressões latinas. . exceto a página. no final do trabalho.1 Expressões latinas As expressões latinas são usadas para evitar repetições constantes de fontes citadas anteriormente. utilizam-se caracteres menores que os usados no texto e entrelinhas com espaço simples.Ibid. quebrariam a seqüência lógica. 2003. p. 3 Smith. 2 . 3. de obra já citada em nota de rodapé. (Idem = mesmo autor) – substitui o nome do autor.. Podem ser: . 2003.5. A presença da referência em nota de rodapé não dispensa sua inclusão na lista de referências. as subseqüentes devem aparecer de forma abreviada. cit. 3. exceto apud (em 3. op. 2003.5 NOTAS DE RODAPÉ Notas de rodapé são esclarecimentos que complementam informações do texto.notas de referência: indicam documentos consultados ou remetem para outras partes do texto em que o assunto foi abordado. 82-85. cit.. (Locus citatum = no lugar citado) – colocada após o nome do autor.. Exemplos*: 1. 75.3). 2Ibid. 2004. p. p. Devem ser usadas apenas em nota de rodapé. 4. loc. cit. 3. 50. Id. p.Ênfase ou destaque: grifo ou negrito ou itálico. dentro do capítulo ou da parte. . 2005. complementações ou esclarecimentos que. quando citamos obras diferentes de um mesmo autor.].Diretrizes para apresentação de dissertações e teses________________________________________ 43 3. variando apenas a página. 4 Smith.. 2. p. . 2Smith. Devem ser indicadas por numeração arábica.. (Opus citatum – na obra citada) – colocada após o nome do autor.

]. da Norma Vancouver. interrompe o fluxo de leitura do texto.] (YAKSL. adotar o mesmo procedimento para as citações. está diretamente vinculada à lista de referências. NOTA – A expressão latina “et al.]. 1990) Normas Vancouver VANCOUVER: Não regulamenta Sugestão: Os exemplos dos autores..]. Ferreira Neto. no texto. Segundo Ferreira Neto (1990). As chamadas no texto pelo sobrenome do autor.7. Evitando.] (Camargo. (FERREIRA NETO. 1997).] (CAMARGO. 1997).. Exemplo: Pearson e Carpenter. 1997) isolou bactérias [. [... desta forma. .] Camargo (1990).identificação imediata do autor e ano da citação.7 CITAÇÕES DE AUTORES NO TEXTO A citação de autores.” (e outros). devem ser em letras maiúsculas... a seguir. [. VANCOUVER: Não regulamenta Sugestões: [.  Desvantagem: . 1980)..1 Sistema autor-data Citação no texto com sobrenome do autor e ano da publicação.uma seqüência grande de citações. (Ferreira Neto.. 3. pela instituição responsável ou pelo título incluído na sentença devem obedecer à forma adotada na referência (NBR 10520).] (Yaksl. Exemplo: Pearson e Carpenter.  Vantagem: . Sugere-se para a Norma Vancouver. .. Normas ABNT Os autores devem ser indicados em letras maiúsculas e minúsculas e..... que obedecerá à forma adotada nas referências. 1980.meio de parágrafo e final do parágrafo (ABNT) [. Citação com um autor Exemplos: . 1990 (PEARSON e CARPENTER.] [.. 1980. 1990). devem obedecer à forma adotada na referência.início do parágrafo: (ABNT) Allan (1979) verificou que as vacinas [.. o uso nas citações da expressão “e colaboradores”.. quando estiverem entre parênteses... pode ser usada nas citações no texto e nas referências. 1997) isolou bactérias [.Diretrizes para apresentação de dissertações e teses________________________________________ 44 3... isolou [.

1998a. 2001) (ABNT) (Barreto. CURI. 1978. 1979) (Vancouver) Citações com mais de três autores Indicar o primeiro autor. (1978) (ABNT e Vancouver) (BESSE et al. Lopes e Machado (1978) (Vancouver) Diversos documentos de vários autores Os autores. MACHADO. 1983) (ABNT) (Lopes. Lopes. 1983) (Vancouver) Citações com três autores Exemplos: (BESSE. LOPES. 1990) (ABNT) Diversos documentos de um mesmo autor Se publicados em um mesmo ano. MACHADO. 2001) (Vancouver) . inseridas sem espacejamento após a data e devem ser listados em ordem alfabética. Devem ser separados por ponto-e-vírgula e listados em ordem alfabética. 1978. (e outros). 1991. 1999.b) (ABNT) ou (Curi. 1998a. são distinguidos pelo acréscimo de letras minúsculas. Exemplos: Curi (1998. 1978) (ABNT) Besse. MACEDO. LOPES. Exemplos: Curi (1998a ). 1978. devem ser separados por ponto-e-vírgula e listados em ordem alfabética. Curi.. Curi (1998b) (ABNT e Vancouver) (CURI. 1978. 1983) ou (LOPES e MACEDO. Macedo. 1991. têm suas datas separadas por vírgula.b) (Vancouver) Diversos documentos de um mesmo autor Se publicados em anos diferentes e mencionados simultaneamente. Exemplos: (BARRETO. quando mencionados simultaneamente. seguido da abreviatura da expressão latina et al. Exemplos: (BESSE. 1983) ou (Lopes e Macedo. Exemplos: Machado et al. 1979) (ABNT) (Besse. Machado. conforme a lista de referências.Diretrizes para apresentação de dissertações e teses________________________________________ 45 Citações com dois autores Exemplos: Lopes e Macedo (1983) (ABNT e Vancouver) (LOPES. 2001) (ABNT e Vancouver) Diversos documentos de vários autores São mencionados simultaneamente.

o nome da entidade responsável.ocupa menos espaço. mencionar apenas a sigla e o ano. Exemplo: (BARRETO. (ABNT) Encyclopedia. a indicação da fonte é feita por uma numeração única. .. 1995.7. S. consecutiva e em algarismos arábicos. colocam-se os prenomes por extenso.Diretrizes para apresentação de dissertações e teses________________________________________ 46 Autores diferentes com coincidência de sobrenome e ano Acrescentar iniciais dos prenomes para estabelecer as diferenças.. CELSO. citar a primeira palavra do título seguida de reticências e da data do documento. 1991b) (ABNT) Entidades coletivas Citar.só toma conhecimento do autor da citação. nas demais citações.. (Vancouver) 3. CARLOS... Exemplo: Segundo a World Health Organization (WHO): “[…] 2 (ABNT e Vancouver) . 1984) (ABNT) World Health Organization (1984) (Vancouver) Citações posteriores Exemplo: WHO (1984) (ABNT e Vancouver) Eventos Mencionar o nome completo do evento e o ano de realização. 1991).  Desvantagem: . Exemplos: (BARRETO. 1991a). (Barreto. consultando a lista de referências. (BARRETO. 1991) (Vancouver) Se ainda existir coincidência.2 Sistema numérico Neste sistema. 1995. Exemplos: (WORLD HEALTH ORGANIZATION. C... Exemplo: Simpósio de Cronobiologia (1996) (ABNT e Vancouver) Citação pelo título Em casos de obras sem indicação de responsabilidade. 1991) (ABNT) (Barreto. 1991). Exemplo: ENCYCLOPEDIA. S. C. apenas na primeira vez. (BARRETO.  Vantagem: . seguido da data da publicação do documento.quase não interrompe a leitura do texto. Na lista de referências. por extenso. deve-se obedecer à mesma ordem em que aparece no texto.

1 Monografia no todo Com um autor ABNT . Glutamina: metabolismo e aplicações clínicas e no esporte. (Série. T.). data de publicação.) e trabalhos acadêmicos (teses. Papaléo Netto M. PAPALÉO NETTO.estrutura básica Carvalho Filho ET. enciclopédia.Em caso de dúvidas. Título da publicação: subtítulo (se houver). 4. J. Neto. número da série). NOTA . dicionário.)). Paginação. R.1. memoriais. Rio de Janeiro: Sprint. ed. número da série). (Série. M. dissertações.. KELLEY. data de publicação. Com três autores ABNT JUNQUEIRA. 1994. 488 p. Glutamina: metabolismo e aplicações clínicas e no esporte. 2000. entre outros). Geriatria: fundamentos. Prenome(s) (iniciais ou por extenso). 1994. NOTA . Rio de Janeiro: Sprint.International Committee of Medical Journal Editors (ICMJE) . São Paulo: Atheneu. guia. 2000. . Geriatria: fundamentos. a biblioteca do ICB orienta para essa normalização. 260 p. Curi R. Título da publicação: subtítulo (se houver). catálogo. Local (Cidade. Norwalk: Appleton and Lange. Estado ou País abreviado): Editora. clínica e terapêutica. 8. O. C. folhetos (manual. .Observar. Basic histology.estrutura básica SOBRENOME DO(S) AUTOR(ES). Local (Cidade. 4. clínica e terapêutica.estrutura básica Sobrenome do(s) autor(es) Prenome(s) (último Sobrenome e iniciais do Prenome). nos dois últimos exemplos. os nomes com sufixos (Júnior. CURI. Edição (usa-se iniciais (Ed. São Paulo: Atheneu. se necessário.Diretrizes para apresentação de dissertações e teses________________________________________ 47 4 FORMATOS E MODELOS DE REFERÊNCIAS Os formatos de referências sugeridos são de acordo com as Normas: .Vancouver Style. Vancouver .NBR6023. Paginação. Com dois autores ABNT CARVALHO FILHO. verbete etc. Edição (usa-se iniciais (ed. R. L.. 1995.. Vancouver . E. estado ou país abreviado): Editora.Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) .1 MONOGRAFIAS Inclui livros. Filho). CARNEIRO. 260 p. se necessário.

Mendling W. Chronobiotechnology and chronobiological engineering. EHRET. FUNDAÇÃO OSWALDO CRUZ. Basic histology. L. Chronobiotechnology and chronobiological engineering. EHRET. HALBERG. Halberg F. .Diretrizes para apresentação de dissertações e teses________________________________________ 48 Vancouver Junqueira LC. (NATO ASI Series E: Applied Sciences.. editors. data da publicação. 720 p. Chronobiotechnology and chronobiological engineering. 1987. L. VANCOUVER: Não regulamenta Sugestão: Vancouver Scheving LE. Presber W.). Andrade MP. F. Compiladores como autores) ABNT SCHEVING.. 120).. Centenário do Instituto Oswaldo Cruz:1900-2000. particular) ABNT – estrutura básica AUTOR ENTIDADE POR EXTENSO. C. pública. Com mais de três autores ABNT . 1987. Autor Entidade (coletiva. (Ed. (ou citar todos os autores). Vancouver . Rio de Janeiro: Fundação Oswaldo Cruz. Norwalk: Appleton and Lange. Título da publicação: subtítulo. Kelley RO. Paginação. (ou citar todos os autores). Com responsabilidade intelectual (Editor. (Ed. Edição. governamental.). Coordenador. E. Dordrecht: Martinus Nijhoff. editors. MENDLING. Halberg F. seguidos da expressão et al. Vancouver Scheving LE. 8. Dordrecht: Martinus Nijhoff. Dordrecht: Martinus Nijhoff. F. Carneiro J. C. Local de Publicação (Cidade): Editora. 1987. seguido da expressão et al. (NATO ASI Series E: Applied Sciences. F. 120). et al.estrutura básica Citar o primeiro autor. Schonian G et al. Dordrecht: Martinus Nijhoff.. HALBERG. Gutschmidt J. 1995. ed. 1987. Com indicação de série ABNT SCHEVING. 2000. 488 p. Ehret CF. E. Gantenberg R. W. F. Chronobiotechnology and chronobiological engineering.estrutura básica Citar os seis primeiros autores. Ehret CF.

Diretrizes para apresentação de dissertações e teses________________________________________ 49

Vancouver – estrutura básica
Entidade por extenso. Título da publicação: subtítulo. Edição. Local de Publicação (Cidade):
Editora; data da publicação. Paginação.
Fundação Oswaldo Cruz. Centenário do Instituto Oswaldo Cruz:1900-2000. Rio de Janeiro:
Fundação Oswaldo Cruz; 2000. 720 p.
Entidade com denominação genérica
ABNT
SÃO PAULO (Estado). Secretaria do Meio Ambiente. Diretrizes para a política ambiental do
Estado de São Paulo. São Paulo, 1993. 35 p.
Vancouver
São Paulo (Estado). Secretaria do Meio Ambiente. Diretrizes para a política ambiental do Estado
de São Paulo. São Paulo; 1993. 35 p.
NOTA - Autor entidade tem entrada pelo seu próprio nome, por extenso. Quando tem denominação
genérica, seu nome é precedido do órgão superior, ou pelo nome da jurisdição geográfica a qual pertence.

Com autoria desconhecida
ABNT - estrutura básica
TÍTULO (primeira palavra do título em maiúsculas): subtítulo. Edição. Local de publicação
(Cidade): Editora, data de publicação. Paginação.
ZOONOSES and communicable diseases common to man and animals. 2. ed. Washington: PAHO,
1987. p.105-111. (Scientific Publication, 503).
Vancouver - estrutura básica
Título da publicação: subtítulo (se houver). Edição. Local (Cidade): Editora; data de publicação.
Paginação.
Zoonoses and communicable diseases common to man and animals. 2. ed. Washington: PAHO;
1987. p.105-111. (Scientific Publication; 503).
Exemplar com mais de um volume
ABNT
BRENNER, B. M. (Ed.). Brenner & Rector’s The Kidney. 5th ed. Philadelphia: Saunders, 1995.
2 v.
Vancouver
Brenner BM, editor. Brenner & Rector’s The Kidney. 5th ed. Philadelphia: Saunders; 1995. 2 vol.

Diretrizes para apresentação de dissertações e teses________________________________________ 50

Volume com título próprio
ABNT
ROMBEAU, J. L.; CALDWELL, M. D. (Ed.). Parenteral nutrition. Philadelphia: Saunders,
1986. v. 2. Clinical nutrition.
Vancouver
Rombeau JL, Caldwell MD, editors. Parenteral nutrition. vol. 2. Clinical nutrition. Philadelphia:
Saunders; 1986.
4.1.2 Parte de monografia
Inclui capítulo, volume, fragmentos e outras partes de uma obra.
ABNT - estrutura básica
SOBRENOME DO(S) AUTOR(ES) da parte referenciada, Prenome(s) (iniciais ou por extenso). Título da
parte referenciada. In: SOBRENOME(S) DO(S) AUTOR(ES) OU EDITOR(ES) da publicação, Prenome
(iniciais ou por extenso). Título da publicação: subtítulo (se houver). Edição. Local (Cidade): Editora,
data de publicação. Cap., página inicial e final do capítulo.

Com autoria distinta da obra no todo
KRIEGER, E. M.; SALGADO, H. C.; MICHELINI, L. C. Resetting of the baroreceptors. In:
GUYTON, A. C.; HALL, J. E. Cardiovascular physiology. 4. ed. Baltimore: Park Press, 1994. p.
119-146.
Vancouver - estrutura básica
Sobrenome do(s) autor(es) Prenome(s) (iniciais). Título da parte referenciada: subtítulo (se houver). In:
Sobrenome do(s) autor(es) ou editor(es) da publicação Prenome(s) (iniciais). Título da publicação:
subtítulo (se houver). Edição. Local (Cidade): Editora; data de publicação. Paginação do capítulo.

Krieger EM, Salgado HC, Michelini LC. Resetting of the baroreceptors. In: Guyton AC, Hall JE.
Cardiovascular physiology. 4th ed. Baltimore: Park Press; 1994. p. 119-46.

Com responsabilidade intelectual
(Editor, Coordenador etc.)
ABNT
GIEBISCH, G.; MALNIC, G.; BERLINER, R. W. Control of renal potassium excretion. In:
BRENNER, B. M. (Ed.). Brenner & Rector’s The Kidney. 5. ed. Philadelphia: Saunders, 1995.
v. 1, p. 371-407.
Vancouver
Giebisch G, Malnic G, Berliner RW. Control of renal potassium excretion. In: Brenner BM, editor.
Brenner & Rector’s The Kidney. 5th ed. Philadelphia: Saunders; 1995. vol. 1, p. 371-407.

Diretrizes para apresentação de dissertações e teses________________________________________ 51

Com indicação de tradutor
ABNT - estrutura básica
SOBRENOME(S) DOS AUTOR(ES), Prenome(s) (iniciais ou por extenso). Título da publicação:
subtítulo. Indicação do tradutor, conforme aparece no documento. Edição. Local (Cidade): Editora, data de
publicação. Paginação.

KANDEL, E. R.; SCHWARTZ, J. H.; JESSEL, T. M. (Ed.). Princípios da neurociência.
Tradução de Ana Carolina G. Pereira. 4. ed. São Paulo: Manole, 2003. 1412 p.
VANCOUVER: Não regulamenta
Sugestão:
Vancouver - estrutura básica
Sobrenome(s) dos auto(es) Prenome(s) (iniciais). Título da publicação: subtítulo. Trad. Prenome (iniciais)
Sobrenome. Edição. Local (Cidade): Editora; data de publicação. Paginação.

Kandel ER, Schwartz JH, Jessel TM, editors. Princípios da neurociência. Trad. ACG Pereira. 4th
ed. São Paulo: Manole; 2003. 1412 p.
Com a mesma autoria da obra no todo
ABNT
HEBEL, R.; STROMBERG, M. W. Digestive system. In: ___. Anatomy of the laboratory rat.
Baltimore: Williams & Wilkins, 1976. Part C, p. 43-54.
VANCOUVER: Não regulamenta
Sugestão:
Vancouver
Hebel R, Stromberg MW. Anatomy of the laboratory rat. Baltimore: Williams & Wilkins; 1976.
Part C, p. 43-54: Digestive system.
Partes específicas da obra (Figuras, Apêndices etc.)
ABNT
JUNQUEIRA, L. C.; CARNEIRO, J. Histologia básica. 9. ed. Rio de Janeiro: Guanabara
Koogan, 1999. Fig. 23.4. Corte de retina com as suas camadas constituintes contendo células em
três alturas.
Vancouver
Junqueira LC, Carneiro J. Histologia básica. 9th ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan; 1999.
Fig. 23.4. Corte de retina com as suas camadas constituintes contendo células em três alturas.

Thesis (Physics) FOM Institute for Atomic. University of Utrecht. São Paulo: Instituto de Ciências Biomédicas da Universidade de São Paulo. Tese (Doutorado em Fisiologia Humana) . Tese brasileira Garcia Júnior JR. Estudo da expressão gênica da mioglobina em músculo cardíaco de ratos: papel dos hormônios tireoideanos. G. Transferência lipídica de macrófagos e linfócitos para ilhotas pancreáticas co-cultivadas. Silicon photonic crystals and spontaneous emission. . Tese brasileira GARCIA JÚNIOR.tese)]. Long Beach: California State University at Long Beach. data (ano da defesa). 1989.estrutura básica Sobrenome do autor Prenome (iniciais). Dissertação brasileira GIANNOCCO. Dissertação estrangeira HERBRICK. J. R. Thesis].California State University at Long Beach.estrutura básica SOBRENOME DO AUTOR. São Paulo. Tese estrangeira Herbrick RT.Instituto de Ciências Biomédicas. Tese estrangeira DOOD. 183 f. The identification of criteria essential for analyzing cardiac rehabilitation programs [Ph. A. Localidade (País): Unidade onde foi apresentada. 2000. D. Sugere-se [PhD thesis] para Tese de doutorado em inglês e [Tesis de doctorado] para Teses de doutorado em espanhol. D. 2000. Vancouver . Utrecht. Data (ano de depósito). Universidade de São Paulo. 109 f.and Molecular Physics. São Paulo (Brasil): Instituto de Ciências Biomédicas da Universidade de São Paulo. 2000. Dissertação brasileira Giannocco G. Folhas. The identification of criteria essential for analysing cardiac rehabilitation programs. Estudo da expressão gênica da mioglobina em músculo cardíaco de ratos: papel dos hormônios tireoideanos [dissertação (Mestrado em Fisiologia Humana)]. Prenome (iniciais ou por extenso).Unidade onde foi defendida.2 TESE E DISSERTAÇÃO ABNT . Ph. São Paulo. Tipo de documento (grau de dissertação ou tese) . 2002. Título da tese: subtítulo (se houver).Diretrizes para apresentação de dissertações e teses________________________________________ 52 4. 188 f. ano. J. R. Título da tese: subtítulo (se houver) [grau (mestrado – dissertação . M. Long Beach. Local. Transferência lipídica de macrófagos e linfócitos para ilhotas pancreáticas cocultivadas [tese (Doutorado em Fisiologia Humana)]. (Masters thesis) . 1999. Dissertação (Mestrado em Fisiologia Humana) Instituto de Ciências Biomédicas. Universidade de São Paulo. 1989. T. 2000.

. Vancouver .). The role of natural killer activity in resistance to herpesvirus-induced disease [Dissertation]. Memorial [concurso para Professor Titular]. Caxambu. CURI. Local de publicação (Cidade): Editora. Vancouver . R. sessões..estrutura básica Sobrenome do Autor Prenome (iniciais). Paginação.estrutura básica Título do evento: ano e data da realização. 1 CD-ROM.estrutura básica NOME DO EVENTO.4. REUNIÃO ANUAL DA FEDERAÇÃO DE SOCIEDADES DE BIOLOGIA EXPERIMENTAL. Caxambu. (Anais. Ano.3 MEMORIAL ABNT . 1 CD-ROM. proceedings. Ano. data de publicação.. ano. 1998. Local de publicação (Cidade): Editora. mas pelo nome oficial da realização do evento (atas. 4. papers. 1997. Memorial [grau do concurso]. Cidade. numeração em arábico (se houver). 1998. anais.Diretrizes para apresentação de dissertações e teses________________________________________ 53 Dissertação estrangeira Bertram KA. São Paulo: Departamento de Fisiologia e Biofísica do Instituto de Ciências Biomédicas da Universidade de São Paulo. Paginação.4 EVENTO Inclui documentos reunidos num produto final do evento. local de realização. Instituição onde foi apresentada. São Paulo. 1997. Concurso para Professor Titular . 4. Resumos). Sugere-se [Masters thesis] para Dissertação de Mestrado estrangeira.. Curi R. assembléias. reuniões. 13. 134 f. Concurso para Docência – Unidade. f.1981. workshops. Atas.1997. .. Título do documento. Instituto de Ciências Biomédicas da Universidade de São Paulo.Departamento de Fisiologia e Biofísica. Paginação. (São Paulo): FESBE. ano. Reunião Anual da Federação de Sociedades de Biologia Experimental: 1998. pelo fato da entrada não ser feita pelo título. meetings etc. Memorial. Resumos. Instituição onde foi defendido. Local. Prenome (iniciais ou por extenso). Memorial. Local: Unidade.estrutura básica SOBRENOME DO AUTOR. Difere basicamente das demais publicações seriadas. mesas redondas. 4. ano de publicação. São Paulo: FESBE.1 Evento considerado no todo ABNT . Rochester : University of Minnesota. 1998. simpósios.

numeração em arábico (se houver). Rev.estrutura básica SOBRENOME DO(S) AUTOR(ES). 97.4. M. ano. Título do documento. Soc.. Vancouver .5 PUBLICAÇÃO SERIADA Inclui periódicos. res. v.5. 23. Amarante JMB. 284. TIMENETSKY. In: Título do evento. Apresentado no Congresso da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical. Vancouver . 20.3 Trabalho de evento publicado em periódico ABNT . Timenetsky J. Título do trabalho: subtítulo (se houver). 1987. Paginação (inicial-final) do trabalho.. Bras. Curitiba]. anuários. Rods and cocci adherence on mycoplasma colonies. G-31.4.estrutura básica SOBRENOME DO(S) AUTOR(ES). Resumos). J.Diretrizes para apresentação de dissertações e teses________________________________________ 54 4. volume (número):paginação. Título do periódico (abreviado) ano. In: General Meeting of the American Society for Microbiology. (Anais. Título do Periódico. [Congresso da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical. Marcadores sorológicos do vírus b da hepatite em pacientes com aids. 1997.. Cidade Notas]. Miami Beach. Rev Soc Bras Méd. Suplemento. ano. In: TÍTULO DO EVENTO. Local de publicação (Cidade): Editora. ano data mês. Título do trabalho.). séries monográficas etc. res. 284. local. 1987. Local de publicação (Cidade): Editora. Título do trabalho. ano de publicação. p.1 Publicação seriada no todo Inclui toda a coleção de um título da publicação.. Notas. publicações anuais (relatórios. Marcadores sorológicos do vírus b da hepatite em pacientes com aids. Prenome(s) (iniciais ou por extenso). Med.20(Suppl):41. 4. local de realização.estrutura básica Sobrenome do(s) autor(es) Prenome(s) (iniciais). Rods and cocci adherence on mycoplasma colonies. 1987. Paginação (inicial-final) do trabalho. Curitiba. 4. v. . Suplemento.estrutura básica Sobrenome do(s) autor(es) Prenome(s) (iniciais). J. Título do trabalho apresentado. 41. 1997. editorial.. AMARANTE. jornais.. Abstracts… Washington: American Society for Microbiology. n. p. In: GENERAL MEETING OF THE AMERICAN SOCIETY FOR MICROBIOLOGY. Atas.2 Trabalho apresentado em evento ABNT . data de publicação. Miami Beach. 1987. 4.. 1997. 1997.. data e local de realização. Washington: American Society for Microbiology. G-31. Prenome(s) (iniciais ou por extenso). [Nome do Congresso. p. B. paginação.

Mensal.. Volume com Suplemento Volume em Partes Número em Partes 1994. Vancouver . v. 32(Pt 3):303-6. Título da publicação (Local de publicação) data.5. Local (Cidade). 47. In press.. 547-552. 2/3. Artigo não publicado (prelo) Leshner AI. n.: Washington The Association. S. . Vancouver . Med. A.Diretrizes para apresentação de dissertações e teses________________________________________ 55 ABNT . I. ano (inicial-encerramento) de publicação. Washington. Molecular mechanisms of cocaine addiction. 22.47(2/3 Spec. números especiais e suplementos. issue):230-236. 2000. período e data de publicação.volume(fascículo):páginas (inicial-final) do artigo. 2000. Engl. G. p. v. 1995. Estudos Avançados. 1994. Prenome(s) (iniciais ou por extenso). DC): Washington The Association. M. ISSN. issue.C. CARNEIRO-SAMPAIO.). volume. C. 102 Suppl 1:275-82. 230-236. N. Periodicidade. 1994. (Ed. Título da publicação. A. ABNT . Spec. Artigo não publicado (prelo) LESHNER. ano (inicial-encerramento) de publicação. 107(986 Pt 1):377-8.estrutura básica Título da publicação (Cidade): Editora. Science (Washington.estrutura básica Sobrenome do(s) Autor(es) Prenome(s) (iniciais). fascículos. D. J. 1883-. 1996.estrutura básica TÍTULO DA PUBLICAÇÃO.estrutura básica SOBRENOME DO(S) AUTOR(ES).2 Artigo ou matéria de periódico Inclui partes de volume. Immunopharmacology. Título do artigo: subtítulo (se houver). Suplemento. Local (Cidade): Editora. fascículo. paginação (inicialfinal) do artigo. Título do artigo: subtítulo (se houver). n. Molecular mechanisms of cocaine addiction. p. In press. Com dois autores ABNT MALNIC. O Ensino de ciências básicas na área da saúde. Com um autor Allison AC. 8. ed. drugs. ISSN 0036-8075. N Engl J Med. Com um autor ALLISON. M. SCIENCE. A collection of reviews on immunosuppressive drugs. 18834. A collection of reviews on immunosuppressive Immunopharmacology.

43. Retraction of GAREY. SCHWARZMAN. Com mais de três autores ABNT . Local (Cidade). Seyfried TN. v. In: Nat.. p.estrutura básica TÍTULO (primeira palavra em maiúsculas).349:77-83. v. KAHN. Machado-Santelli GM. Mycoses. Editorial. SEYFRIED. Kahn AM.6:426-31.162:28-31. n.. Título da publicação. N. Retraction of: Garey CE. p. T. Artigo com publicação de errata ABNT HAMLIN. RISE.. Med. E. Genet. 336. volume.1996.162:278. Published erratum appears in West. J. período e data de publicação. Vancouver Hamlin JÁ. Erratum in: West J Med. volume. West J Med. A. 1995. 1995. 1990. 426-431.E. v. N. M. Artigo contendo retratação ABNT GAREY. 387-392. .. Nat Genet.. J. SEYFRIED. fascículo. Genet. Vancouver Garey CE.. p. INDOOR air pollution in developing countries. L. Editorial TÍTULO Título do periódico. 278... MENDLING. RISE. Schwarzman AL. 104. p. 162. Rise ML. Med. Ceruloplasmin gene defect associated with epilepsy in El mice. 6. Nat. M. L.. seguido da expressão et al. 1995. p. M.Diretrizes para apresentação de dissertações e teses________________________________________ 56 Vancouver Lofti CFP.11:104. 1548. 11. et al.. 28-31. Editorial. Strain specificity of yeasts isolated from different locations of women suffering from vaginal candidosis. SCHWARZMAN. Herniography in symptomatic patients following inguinal hernia repair. 162. West. p. paginação (inicial-final) do artigo. 1994. página. Schwarzman AL. Nat Genet. 1995. Lancet. v. Autoria desconhecida ABNT . W. 1994. v. T. L. A. 1995. ano. Comparative analysis of colchicine induced micronuclei in different cell types in vitro. Á. and their partners. C. C. J. número. 2000. Ceruloplasmin gene defect associated with epilepsy in El mice. Seyfried TN. v. (ou citar todos os autores). 1995. A. Mutat Res.estrutura básica Citar o primeiro autor. Herniography in symptomatic patients following inguinal hernia repair. Rise ML. 11-12.

O Estado de São Paulo. F. ARRUDA]. [Entrevista a R. [S. Nº):paginação (inicial-final). 23 jul. David G. data da publicação. 1990. gravação de vídeo e som. Local: Produtora. 1 video-laser.336:1548. p. 4. 08 maio 1975. [Entrevista a R.5.l. Whitlock. Gacek. Data da publicação (ano mês dia). Dieta variada favorece velhice sem doenças. 1. VISIBLE human male: complete. n. Spitzer. produtora.Supl. O período fértil. 1 video-laser. 3. DVD etc. 1994 jul 23. Título do Jornal. Whitlock. ano.Seção ou Caderno ou Suplemento abreviado (col. Arruda]. v. R. color. Indoor air pollution in developing countries [editorial]. O período fértil. DE ANGELIS. Diretor. data. David G.3 Artigo de jornal ABNT . Título do Jornal. C. Especificação do suporte em unidades físicas. Produção. 10-11. Vancouver . Anatomical Visualization. Visible human male: complete [video-laser]. Suplemento Cultural. especificação do suporte em unidades físicas. local.Estrutura básica SOBRENOME DO(S) AUTOR(ES).volume(número):páginas.estrutura básica Sobrenome(s) do(s) Autor(es) Prenome(s) (iniciais).]: Anatomical Visualization. F.estrutura básica Título [tipo de suporte]. 1975 maio 08. p.estrutura básica TÍTULO (primeira palavra em maiúsculo). Ano. Título do periódico. Produção: Anatomical Visulization. Direção: Victor M. O Estado de São Paulo. Dieta variada favorece velhice sem doenças. De Angelis RC. ABNT .6 IMAGEM EM MOVIMENTO Inclui filme. 4.P. GACEK.]. Direção. 1994.Diretrizes para apresentação de dissertações e teses________________________________________ 57 Editorial Título do artigo ou matéria [editorial]. O Estado de São Paulo. O Estado de São Paulo. Vancouver . [S. 1994. Direção: Victor M. videocassete. Seção. Lancet. Título do artigo: subtítulo. Composição de imagem: Helen Pelster. paginação (inicial-final) do artigo ou matéria. 1994. . Spitzer. Cultural 1:10-1.l. A15. produtor. caderno ou parte do jornal. Produção: Anatomical Visulization. color. Título do artigo: subtítulo. A-15. Prenome(s) (iniciais ou por extenso).

CAMPBELL. cor. Título. color. 1995. Local: Editora.Diretrizes para apresentação de dissertações e teses________________________________________ 58 4. ano. 27.).estrutura básica Autor/Editor (último Sobrenome Prenome). 2001. com acesso direto (leitura por equipamentos periféricos ligados ao computador) ou acesso remoto (redes locais ou externas: banco. 1995. 27. entre colchetes). editors. Edição. FOLEY K. Fortt Worth: Saunders College Publishing. Disponível em: endereço eletrônico [data (ano mês dia)]. GELBAND.5 cm. transparência. Edição (usa-se Ed.. Washington: National Academy Press. M.). K. Foley KM. The Energetics of conversion of pyruvate to CO2.nap.C.5 cm x 21. dimensões). Acesso em: 26 mar. Título (quando não existir. Available from: http://www. Local (Cidade): Editora. D. websites etc. ABNT . Disponível em: <endereço eletrônico>. Campbell MK. color.estrutura básica SOBRENOME DO(S) AUTOR(ES). Notas complementares. Características físicas (especificação do suporte. 4. Acesso em: data (dia mês ano). desenho.estrutura básica SOBRENOME DO(S) AUTOR(ES).5 cm x 21.7 DOCUMENTO ICONOGRÁFICO Inclui pintura. Data. H. ilustração.. Gelband H. 1 transparência.estrutura básica Sobrenome do(s) Autor(es) Prenome(s) (iniciais). Vancouver . Prenome(s) (iniciais ou por extenso). Improving palliative care for cancer. etc.1 Monografias ABNT . deve-se atribuir uma denominação ou a indicação sem título. 4. codificado por computador. Prenome(s) (iniciais ou por extenso). Notas complementares. 2001 [cited 2002 Jul 9]. . 2004.edu/books/030907429/html [2004 Mar 26]. fotografia. Especificação do suporte.edu/books/030907429/html/>. Improving palliative care for cancer [monografia on the Internet]. Título: subtítulo. (Ed. gravura. Título da publicação [tipo do documento e suporte (monografia on line)]. M. Produtor. Washington. Data.8. data.nap.5 cm.8 DOCUMENTOS DISPONÍVEIS EM MEIO ELETRÔNICO Documento em formato eletrônico. 1 transparência. Disponível em: <http://www. Vancouver .: National Academy Press. bases.). The Energetics of conversion of pyruvate to CO2 [Transparência].

Úlceras.bu. 2004. mês e ano). São Paulo. Windows 98. Vancouver .estrutura básica AUTORIA (Pessoal ou Institucional). 2002. Manual do usuário de bases de dados referenciais. Manual do usuário de bases de dados referenciais [homepage on the Internet]. Título da publicação.].estrutura básica Título.bu. S. Título do artigo: subtítulo. Am J Nurs [periódico on line].4 Arquivos em disquete ABNT ZYNGIER. S. (dados do serviço/produto). [2004 Mar 16]. Abood S. Indicações de responsabilidade [página na Internet]. 102. Vancouver Zyngier S. Úlceras [disquete]. Quality improvement initiative in nursing homes: the ANA acts in na advisory role.htm [2004 Mar 26].nursingworld. jun.org/AJN/2002/june/Wawatch.8.8. versão e descrição física do meio eletrônico. Disponível em: incluir o endereço eletrônico [data de acesso (ano mês dia)]. volume. 3 ½ pol.102(6):[about 3 p. 4. Available from: http://www. Título do serviço/produto. 4. Local: Editor.nursingworld. ano. J. período e data de publicação. Disponível em: <incluir o endereço eletrônico>. 6. Título do artigo: subtítulo (se houver).Diretrizes para apresentação de dissertações e teses________________________________________ 59 4.2 Publicação seriada ABNT . 3 ½ pol. .ufsc.estrutura básica SOBRENOME DO(S) AUTOR(ES). 2002 Jun [cited 2002 Aug 12].volume(fascículo):paginação (inicial-final) do artigo.org/AJN/2002/june/Wawatch. Disponível em: endereço eletrônico [acesso (ano mês dia)].ufsc. ABOOD. 1 disquete. 1997. Quality improvement initiative in nursing homes: the ANA acts in na advisory role. Nurs. Windows 98. Acesso em: 16 mar. Acesso em: incluir a data de acesso (dia. 2004. lista de discussão e websites ABNT .br>. São Paulo. fascículo. Local (Cidade). paginação (inicialfinal) do artigo. Disponível em: http://www. Acesso em: 26 mar.br.8. 1 disquete. Título do periódico abreviado [tipo do documento e suporte] (Local de publicação) ano. Disponível em: <http://www. Suplemento. n. v. Vancouver . UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA.. Disponível em: http://www.3 Banco e bases de dados.estrutura básica Autor(es). Universidade Federal de Santa Catarina. 1997.htm. Santa Catarina: UFSC. Prenome(s) (iniciais ou por extenso). Am.

2004. Bases de dados em Ciência e Tecnologia [CD-ROM].8.br . Brasília: IBCT.Diretrizes para apresentação de dissertações e teses________________________________________ 60 4. São Paulo [2004 fev 03]. 1996. 1 CD-ROM. Mensagem recebida por mariasoc@icb. J. 1 CD-ROM.br.6 Mensagem eletrônica (e-mail) ABNT CARVALHO.usp. J. Vancouver Carvalho MJJ. Brasília: IBICT. Bibliotecas do mundo: publicação eletrônica [e-mail]. Vancouver Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia.5 CD-ROM ABNT INSTITUTO BRASILEIRO DE INFORMAÇÃO EM CIÊNCIA E TECNOLOGIA . São Paulo. Bibliotecas do mundo: publicação eletrônica.8.usp. 03 fev. M.IBICT. Bases de dados em Ciência e Tecnologia. Mensagem recebida por mariasoc@icb. 4. 1996. .

nlm.br/sibi/>. consulta ao Catálogo Coletivo Nacional para localização de material bibliográfico.1.Diretrizes para apresentação de dissertações e teses________________________________________ 61 5 SITES RECOMENDADOS 5.usp. • Acesso regulamentado BIREME para localização de material bibliográfico e bases de dados.ncbi.5 BASES DE DADOS E CATÁLOGOS ON LINE • Acesso regulamentado as bibliotecas virtuais de periódicos eletrônicos e base de dados Web of Science.asp 5.1 Títulos de periódicos Adotar a abreviação de acordo com as Normas ABNT ou Vancouver.br/consumidor/unidlegaismed.ibict. (ABNT) N Engl J Med. a partir de equipamentos existentes nos campi da USP.br/ 5.73. através do site: <http://www.3 VOCABULÁRIO CONTROLADO DO SIBI/USP http://143.4 BIBLIOTECA DIGITAL DE TESES E DISSERTAÇÕES http://www.1 ABREVIATURAS 5. Engl.br/>.html 5.gov. Site para consulta: http://www.inmetro.nlm. J. (Vancouver) Sites para consulta de abreviaturas de títulos de periódicos: http://www.nih.gov/tsd/serials/lji. através do site: <http://www.2 SISTEMA INTERNACIONAL DE UNIDADES (SI) As Unidades Legais de Medida são de acordo com as Normas do Instituto Nacional de Metrologia (INMETRO).dll/Index2 5. Med.99/Vocab/SIBIX652.gov/entrez/ http://www.usp.bireme. UNESP e UNICAMP. .107. • Acesso regulamento IBICT.br/>.teses. através do site: <http://www.nih. Exemplos: N.

Rio de Janeiro. São Paulo: SBD/FMUSP. Rio de Janeiro. Diretrizes para apresentação de dissertação e teses da USP: documentos eletrônicos e impressos. Rio de Janeiro. NBR 6028: resumos: procedimentos. REY. _____. 2002. 2. 318 p. _____.html [2004 May 06]. c1993. _____. 2003. Sistema Integrado de Bibliotecas. _____. Rio de Janeiro. Serviço de Biblioteca e Documentação. ed. INTERNATIONAL COMMITTEE OF MEDICAL JOURNAL EDITORS. teses e monografias. INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA. Available from: http://www. * De acordo com: ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. Guia de apresentação de dissertações. Rio de Janeiro. . 1993. 112 p. Normas de apresentação tabular. 2004. NBR 14724: informação e documentação: trabalhos acadêmicos: apresentação. Faculdade de Medicina. São Paulo: Edgard Blucher. 3. _____. 2004. Grupo DiTeses.gov/bsd/uniform_requirements. Uniform requirements for manuscripts submitted to biomedical journals. NBR 6023: informação e documentação: referências: elaboração. NBR 6027: informação e documentação: sumário: apresentação. Rio de Janeiro. UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO. Rio de Janeiro. 1990. NBR 6023: informação e documentação: referências: elaboração. 2003. 2002. NBR 6024: informação e documentação: numeração progressiva das seções de um documento escrito: apresentação.nlm. LUIS.nih. UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO. Rio de Janeiro. 2002.Diretrizes para apresentação de dissertações e teses________________________________________ 62 REFERÊNCIAS* ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. Planejar e redigir trabalhos científicos. 2002. São Paulo: SIBI-USP. ed. NBR 10520: informação e documentação: citações em documentos: apresentação.

Diretrizes para apresentação de dissertações e teses________________________________________ 63 ANEXOS .

Diretrizes para apresentação de dissertações e teses________________________________________ 64 ANEXO 1 Estrutura e formato do documento ÍNDICE(S) ANEXO(S) Elementos Pós-textuais APÊNDICES GLOSSÁRIO FOLHAS NUMERADAS REFERÊNCIAS 5 CONCLUSÕES 4 RESULTADOS Elementos Textuais 3 MATERIAL E MÉTODOS 2 REVISÃO FOLHAS NUMERADAS DE LITERATURA 1 INTRODUÇÃO SUMÁRIO Elementos Pré-textuais LISTA(S) RESUMOS (português e inglês) FOLHAS CONTADAS EPÍGRAFE MAS NÃO NUMERADAS AGRADECIMENTO(S) DEDICATÓRIA CERTIFICADO DA COMISSÃO DE ÉTICA FOLHA DE APROVAÇÃO ERRATA PÁGINA DE ROSTO FALSA FOLHA DE ROSTO CAPA .

...................... Descritores de acordo com o Vocabulário Controlado USP:http://143.................... ............................................................................ .......................................................................................................................... ....................................................... ........................... e-mail:....................... Inglês .................... nome) Tel.............................. 4................... 2 Identificação Autor: . 4 ........................................./..................................................................................... 3 Classificação Grau:  Departamento: Mestrado BMA BMB  Doutorado BMC BMF BMI  BMM BMP Livre-Docência Biotecnologia Outros Área de concentração:............................................................................................................ Título em inglês: ........................... nome) Título em Português: ...................................................................................................... 4 Resumos (em português e inglês) •não ultrapassar 1........... (sobrenome.........................................99/Vocab/SIBIX652....................../..................dll/Index2 Português 1 ........................................................................................................……...............Diretrizes para apresentação de dissertações e teses________________________________________ 65 ANEXO 2 Dados cadastrais para Ficha Catalográfica Dados Cadastrais para Ficha Catalográfica 1 Dados da biblioteca (não preencher) Cadastro SBiB nº:........................ 5 ................................. •entregar em disquete junto com este formulário ou enviar por e-mail. ............................................................................... Data: ...................................)../ramal:.................... considerando letras. ( ) reprodução não autorizada pelo autor Assinatura do Autor:....………..etc. Orientador: ...............................................107............................................ Linha de pesquisa:................................................................................ ............................ (sobrenome... pontuação e espaços....................................................................................…..1 Autorização para disponibilização do resumo no DEDALUS: I mediata após defesa 6 meses após defesa 5 Autorização do autor para reprodução do trabalho ( ) reprodução total ( ) reprodução parcial (discriminar paginação...080 caracteres).......... 2 ....................... 6 ............................................ .............. ilustração.................................................................................................................................................................. 3 ............................................................................................................................................ ..........................................73............................. Ciência do Orientador:.........080 caracteres.......... •identificar o resumo com o nome do autor e título (não incluir na contagem dos 1............................................................ algarismos...........

Diretrizes para apresentação de dissertações e teses________________________________________ 66 ANEXO 3A Folha de Certificado da Comissão de Ética em Experimentação Animal (CEEA) .

Diretrizes para apresentação de dissertações e teses________________________________________ 67 ANEXO 3B Folha de Parecer da Comissão de Ética em Pesquisas Envolvendo Seres Humanos (CEPSH) .

Diretrizes para apresentação de dissertações e teses________________________________________ 68 ANEXO 3C Certificado de Isenção da Comissão de Ética em Pesquisa .

41 citação direta. 56 artigo contendo retratação. 43 Disposição gráfica. 55 artigo com publicação de errata. 45 citações posteriores. 28. 32 Apresentação gráfica. 39 margens. 58 Documentos disponíveis meio eletrônico. 63 apêndices. 39 paginação. 22 . 33 índices. 56 artigo não publicado (prelo). 44 sistema numérico. 62 Elementos pré-textuais. 41 autores diferentes com coincidência de sobrenome e ano. 46. 61 Documento iconográfico. 19. 63-68 Apêndices. 28 Dedicatória. 40 reprodução. 55 editorial. 59 Artigo de jornal. 40 Documento iconográfico. 20 capa. 46 autores no texto. 46 trabalhos em fase de elaboração. 42 Comunicação pessoal. 56 com dois autores. 41 citação pelo título. 9 dedicatória. 21. 32 glossário. 9 agradecimentos. 42 sistema autor-data. 55 com mais de três autores. 32 inclusão de artigos. 58 Elementos pós-textuais. 45. 46 comunicação pessoal. encadernação 40 Arquivos em disquete. 9 CD-ROM. 12-15 listas. 16. 19 epígrafe. 58 Capa. 40 formato. 21 errata. 46 citações com dois autores. 65 folha de aprovação. 66-9 folha de rosto. 45 diversos documentos. 9 ficha catalográfica. 29 Conclusões. 42 informação verbal. 61 Agradecimentos. citações com três autores. 23-25 resumos. 40 Anexos. 60 Citações. 34 referências. 41 citação indireta. 55 autoria desconhecida. 16 falsa folha de rosto. 45 citações com mais de três autores. 42 diversos documentos.Diretrizes para apresentação de dissertações e teses________________________________________ 69 ÍNDICE REMISSIVO Abreviaturas títulos de periódicos. 15. 44 citação com um autor. 61 Biblioteca digital de teses e dissertações. 17-19 folha de reprodução do Certificado/ Parecer da Comissão de Ética. 56 Autorização para reprodução do trabalho. 48 Citações. mesmo autor. 33. 28 anexos. vários autores. 53 fontes informais. cont. 42 trabalhos para publicação. 57 Artigo ou matéria de periódico. 20 Destaques e supressões no texto. 45 entidades coletivas. 19. 44 citação de citação. 33. 65 Bases de dados e catálogos on-line. 56 com um autor. 39 espacejamento. 46 eventos. 20 Alínea.

26 Elementos textuais conclusões. 28. 36 Material e métodos. 66-9 Parte de Monografia. 27 Material ilustrativo. 31 descrição física. 48 com responsabilidade intelectual. 60 Glossário. 48 com autoria desconhecida. 47 Espacejamento. 40 alínea. 19. 46. 49 com dois autores. 32 documento em meio eletrônico. 35 Formato. 29 Imagem em movimento. 26 material e métodos. 51 com responsabilidade intelectual. 57 Introdução. 48 pessoal. 58 autor entidade. Numeração progressiva das seções. 29 entidade. 54 Quadros. 15 Figuras. 47 entidade com denominação genérica. 21 Equações e fórmulas. 37 Ilustrações. 48 com mais de três autores. 50 mesma autoria da obra no todo. 53 Mensagem eletrônica (e-mail). 51 partes específicas da obra. 48 com três autores. revisão da literatura. objetivos. revisão da literatura. 40 Monografias. 39 Referências. 60 Monografia no todo. artigo contendo retratação artigo de jornal. 49 volume com título próprio. 60 Epígrafe. 16 Expressões latinas. 59. 31 e-mail. 51 Prelo. 47 com um autor. 27 resultados e discussão 27 Memorial. 60 data. 50 com autoria distinta da obra no todo. 55 autoria. 34 Informação verbal.Diretrizes para apresentação de dissertações e teses________________________________________ 70 sumário. 64 Errata. 23-25 Marcas comerciais. 59 artigo com publicação de errata. 54 Publicação seriada no todo. 54 Paginação. 62 arquivos em disquetes. 47 com indicação de série. 49 exemplar com mais de um volume. 36 Índices. 32. 55 Publicação seriada. 53 publicado em periódico. 9-11 Ficha catalográfica. 61 CD-ROM. 50 Estrutura e formato do documento. 47. 40 E-mail. 29 banco e base de dados. 45 Listas. 54 trabalho apresentado. 37 Folha de rosto. 36 Estrutura e formato do documento. 37 Folha de aprovação. 28 introdução. 36. 17-19 Folha de reprodução do Certificado/ Parecer da Comissão de Ética. 36 Evento considerado no todo. 31 editora. 30. 26 Lista de discussão e website. 32 Gráficos. 58 documento iconográfico. 36 . 43 Falsa folha de rosto. 50 com indicação de tradutor. 58 edição. 12-15 Redação do trabalho. 57 artigo ou matéria de periódicos.

61 . 31 memorial. 19. 28 Sistema numérico. 61 Sites recomendados títulos de periódicos. 37 prelo. 35 Sistema autor-data. 27 Resumos. 35 Verso da folha de rosto. 47 monografias. 53 monografia no todo. 32. 59 Resultados e discussão. 30. 45 local. 48 sobrenomes com prefixos. 55 publicação seriada no todo. 22 Rodapé. 30. 52 Título e subtítulo. 47. 30 sobrenomes. 30 sobrenomes ligados por hífen. 30. 30 tese e dissertação. 33 parte de Monografia. 47 Referências. parentesco. 38 Tese e dissertação. 61 Sumário. 43 Siglas. 29 Sistema Internacional de Unidades. 58 ordenação das referências. 26 Tabelas. 42. 15 Vocabulário controlado do SIBI/ USP. 54.Diretrizes para apresentação de dissertações e teses________________________________________ 71 entidade. cont. 32. 32 lista de discussão. 54 publicação seriada. imagem em movimento. 48 formatos de referências. 59 séries e coleções. 52 título e subtítulo. 35 website. 21. 57 informações complementares. 30.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful