You are on page 1of 11

Brasília, 29 de janeiro de 2002

Aos
Coordenadores do Ministério da Criança
Das Uniões Brasileiras da IASD

Estimados Amigos:

Seguem algumas orientações que servirão de reforço aos Professores de Escola Sabatina
das Divisões Infantis sobre o Novo Currículo Elo da Graça.

Lembramos que este material deverá ser enviado às Associações/Missões, que trará
maiores esclarecimentos sobre a utilização dos novos Manuais Infantis.

Que Deus abençoe ricamente a sua vida.

Fraternalmente,

Miriam Berg
Diretora Ministério da Criança
Divisão Sul-Americana
ROL DE BERÇO
EMBALADO PELA GRAÇA

Amizade eterna e dinâmica com Jesus

Audrey Andersson

Você consegue imaginar o vice-presidente da Associação Geral, o


diretor do Departamento da Escola Sabatina e os editores e escritores
da lição da Escola Sabatina pulando como crianças? Impossível?
Não! Duas semanas antes da Assembléia da Associação Geral, em
Toronto, eles estavam pulando como crianças de 5 anos ao som do
hino do “canguru”. Esse comportamento contagiante retrata o espírito
alegre que influencia o novo currículo da Escola Sabatina – Elo da
Graça.

Nessa ocasião estava sendo escrita a última parte do currículo do


Elo da Graça – as 24 lições para os menores.

O projeto Elo da Graça iniciou em 1997 na Universidade Andrews.


Nessa ocasião, 60 escritores de todas as partes do mundo se
reuniram para dar início ao projeto. As pequenas sessões de redação
intensiva, durante a Assembléia da Associação Geral tocaram o
projeto para frente. Em cada grupo de escritores estava incluída uma mistura de nacionalidades e
culturas. O resultado foi um produto mais rico e abrangente – verdadeiramente um currículo
mundial.

A atribuição de preparar as 24 lições em duas semanas e meia pareceu relativamente


fácil. Seis lições para cada quatro grupos. Na primeira manhã a maioria estava perguntando: “O
que faremos com todo esse tempo?” A tarefa era ilusoriamente fácil. O material para o Rol do
Berço tornou-se um dos maiores desafios. Como pode um bebê experimentar as histórias
bíblicas? Dar início a uma amizade eterna com Jesus? Saber que Jesus cuidará dele? Como
poderá partilhar o que aprendeu?

PRIMEIROS PASSOS PARA A GRAÇA

O material Elo da Graça substitui o currículo atual do Rol do Berço e estará disponível a
partir de 2002. Ele emprega as mesas histórias do Jardim da Infância, mas em linguagem
apropriada a essa faixa etária. As lições destinam-se a um ciclo de dois anos, e são voltadas
para crianças desde o nascimento até os dois anos. Em vez de semanal, a lição será mensal.
Isso permite a repetição e ao mesmo tempo provê suficiente variação e diversidade para prender
o interesse das crianças. Ela destina-se a captar a atenção de bebês de 2 a 22 meses.

O currículo Elo da Graça está estabelecido ao redor de quatro dinâmicas fundamentais:

Graça – Jesus me ama.


Culto – Eu amo a Jesus.
Comunidade – Amamo-nos uns aos outros (nossa comunidade de crentes).
Serviço – Jesus ama também a você (a todos, em todas as partes).
A cada mês a lição enfoca uma das dinâmicas fundamentais. Empregando a dinâmica do
culto e da história de Noé e seu grande barco, encontramos a lição firmada nos objetivos do mês.
Elas são estruturadas de tal forma que as crianças:

Saibam que Deus Se importa com a criação.

Sintam gratidão pelo cuidado de Deus.

Respondam ao falar do Deus que as ama.

Esse é um resumo simplificado. A mensagem é regularmente repetida durante cada lição.


No caso da história de Noé, a mensagem é: Agradeço a Deus por Seu cuidado.

HORAS TOTAIS DE ENSINO

Atividades Preparatórias

Cada lição foi preparada para uma hora de ensino. Ela introduz o tema e a história com
atividades preparatórias que fazem a pergunta Por quê?

Por que estamos aprendendo? Isso cria experiência comum ou gancho para apresentar a
história. Os bebês têm experiências limitadas e memória curta! As atividades de prontidão para
essa faixa etária podem ser um cesto com livros com uma seleção de livros e quebra-cabeças
simples a respeito da arca de Noé ou animais. Os bebês maiores podem apreciar a oportunidade
de prepararem seu próprio barco de papel. Outros podem apreciar brincar com alguns animais de
pelúcia e imitar seus sons e forma de caminhar. As atividades com essa faixa etária requerem a
participação e orientação de adultos.

Lição Bíblica

As atividades de prontidão levam à história. Essa parte faz a pergunta: O quê?

Do que trata a lição? Ela provê os fatos básicos e o trampolim para a aplicação da lição.
As crianças podem experimentar a história ao vestirem trajes dos tempos bíblicos ou
simplesmente ao colocarem um turbante. “Ajudar” a construir a arca com brinquedos simples.
Juntar os “alimentos” que se encontram em um canto da sala e trazê-los para os animais na arca.
Levar os animais até a arca. Fechar a porta. Sentir a “chuva” ao espirrar, gentilmente, água de
um recipiente.

Aplicação da Lição

As crianças experimentaram e compreenderam que Deus cuidou de Noé. Agora é o


momento de avançar para a próxima pergunta: Como?

Como isso se relaciona comigo? O mundo do bebê pode estar limitado à sua família,
escola e igreja. Por meio de encenações, jogos e hinos as crianças pequenas podem
compreender que Deus enviou Seus anjos para cuidar delas: quando estão brincando, com a
mamãe, andando de carro, etc.
Compartilhando a Lição

Isso leva a partilhar a lição e a nossa última pergunta: No que?

Este é o momento quando pais e filhos podem participar juntos nas atividades
artesanais. Podem fazer um imã de geladeira no formato de arco-íris, ou nuvem chuvosa, ou
um coelhinho com a impressão digital. Ao levar sua obra artística para casa, a criança pode
partilhar ao contar aos demais membros da família o que aprendeu.

ELO DA GRAÇA NO LAR

A nova lição do Rol do Berço trará mais ilustrações e sugestões. Estas incluem
atividades diárias simples que os pais fazem com os filhos em casa, com vistas a reforçar a
lição aprendida na Escola Sabatina. Por exemplo, fazer um anjo de papel pode lembrar a
criança que Deus envia anjos para cuidar dela. Permitir que a criança cuide de algum
animalzinho de estimação ou levá-la ao zoológico. Colocar alguns objetos que flutuem em
uma bacia com água. Ou simular a chuva ao fazer furos no fundo duma garrafa plástica e
enchê-la com água.

GRAÇA CONTAGIANTE

O currículo Elo da Graça é contagiante. Ele cerca as crianças com a graça desde
quando chegam na igreja. Torna a Bíblia viva. Permite às crianças viajarem com Noé na
arca, atravessar o Mar Vermelho com Moisés, e comer os cinco pães e dois peixinhos com
Jesus no Mar da Galiléia.

Encoraja amizade dinâmica e eterna com Jesus. Equipa as crianças a partilharem


Jesus com seus familiares e amigos. Amplia o círculo da graça.

Audrey Anderson, graduada em Teologia no Newbold College, trabalha como consultora de


comunicação e editora na Suécia e no Reino Unido. Envolvida com a redação do currículo
Elo da Graça, desde 1996, vive com o marido na fazenda que possui 400 vacas e dois gatos.

[Extraído de Kids' Ministry Ideas, outubro-dezembro de 2001, págs. 8-10.]


JARDIM DA INFÂNCIA
MOLDADO PELA GRAÇA

Audrey Anderson

Ezequiel, o profeta, disse: “fui ... aos exilados ... e passei a


morar onde eles habitam”. Esse é o pensamento que inspira o
currículo Elo da Graça, cujo propósito é alcançar as crianças em
seu mundo.

As girafas têm pescoço comprido. A avestruz enterra sua


cabeça na areia. O leopardo corre a uma velocidade incrível. As
crianças de três a cinco anos podem alcançar feitos extraordinários
quando forem adultas, mas agora são crianças e necessitam
conhecer a Jesus e experimentarem a graça de forma apropriada a
sua faixa etária. O Elo da Graça destina-se a alcançá-las onde se
encontram e ajudá-las a formar o fundamento para toda uma vida
de amizade com Jesus.

O currículo Elo da Graça destina-se a se assegurar de que as


crianças ao virem à igreja sejam devidamente alimentadas. Elas aprendem de acordo com
seu estilo de aprendizagem. Para elas a Bíblia ganha vida. Experimentam o que foi
atravessar o Mar Vermelho, caminhar ao redor dos muros de Jericó ou comer o maná.

GRAÇA APROPRIADA À FAIXA ETÁRIA

O Elo da Graça é apropriado à faixa etária. O currículo do Jardim da Infância, lançado


em 2002, tem o ciclo de dois anos, voltado para crianças de 3 a 5 anos de idade. Ele é
diferente do material atual, cujo ciclo é de três anos para crianças de 4 a 6 anos.

Na prática, significa que as crianças de 5 anos irão repetir o material que viram quando
tinham 3 anos. A diferença entre a capacidade de aprendizagem de uma criança de 5 anos e
de 3 anos é que ela irá captar algo novo na segunda vez. Assim sendo, a repetição auxilia a
assimilação.

SÉRIE DA GRAÇA

O currículo do Jardim foi estabelecido em torno de quatro dinâmicas fundamentais:

1. Graça – Jesus me ama.


2. Culto – Eu amo a Jesus.
3. Comunidade – Amamo-nos uns aos outros (nossa comunidade de crentes)
4. Serviço – Jesus também ama você (todos, em todas as partes).

Essas dinâmicas fundamentais são componentes para a vida cristã vibrante. Cedo
podemos transmiti-las às crianças de forma apropriada à sua faixa etária.
Em vez de um ciclo de três anos, que leva as crianças da criação à Nova Terra, o
currículo Elo da Graça trabalha com temas de quatro semanas. Esses temas se alternam
entre o Antigo e o Novo Testamentos.

A fim de auxiliar e orientar o professor, o material de ensino apresenta a dinâmica


mensal e o aspecto no qual estará concentrada. Por exemplo: Graça como o dom da vida.

Mesmo em tenra idade as crianças podem lembrar-se e compreender a dinâmica


mensal por meio de ilustrações ou setas indicadoras.

ALVOS ESPECIAIS DA LIÇÃO

A dinâmica é então secionada em objetivos específicos da lição. Isso ajuda o professor


a saber o que as crianças devem Saber, Sentir e Responder no final da hora de
aprendizagem.

Por exemplo, na história de José seu desejo é que elas:

• Saibam que Deus está sempre com elas.


• Sintam-se seguras porque Deus as protege.
• Respondam ao reconhecerem alguma experiência quando Deus cuidou delas de
forma especial.

A lição então oferece uma mensagem que será repetida ao vocês realizarem as
atividades e experimentarem a aprendizagem juntos. Isso resume o que você deseja que as
crianças interiorizem da lição deste dia. Por exemplo: Deus está comigo em todas as partes.
Ele nunca me abandona.

CIRCUNDADO PELA GRAÇA

A história será introduzida de forma totalmente nova para a criança. O currículo foi
preparado em torno do conceito de uma hora de aprendizagem. Isso seciona a hora em
quatro partes que fazem as perguntas básicas: Por quê? O quê? Como? e No que?

Na seção inicial, são criadas experiências comuns por meio das atividades
preparatórias. Isso irá ajudar as crianças a compreenderem porque necessitam ouvir a
história. Elas atuam como pontes para o tema. Na história de José, as crianças podem fazer
um manto colorido ao colar fitas em sacos de lixo. As atividades destinam-se a alcançar as
crianças em mais de um nível. As perguntas do tópico “Analisando” são importantes.
Perguntas a respeito de como se sentem quando alguém recebe um presente e elas não.
Perguntas que tornam uma atividade em experiência educativa em vez de simples
entretenimento.

A seguinte seção faz a pergunta: O quê? Esta é a história. Porém, mesmo aqui ela é
interativa. Talvez ficando sob a mesa ou em um espaço pequeno e fechado para
experimentar como José se sentiu quando foi jogado no poço e ficou sozinho. Perguntas
apropriadas irão reforçar a idéia de que Deus estava com José e está conosco também. Não
necessito temer – Deus está comigo em todos os lugares. Ele nunca me abandona.
A terceira seção pergunta como? Como posso aplicar isso à minha vida? As
experiências são adequadas à faixa etária. Vivemos em uma era de rápidas transformações,
onde a mudança é a única constante no ambiente da criança. Desejamos apresentar a Deus
como uma constante: Alguém em quem podemos confiar em todas as circunstâncias. Com
muita freqüência consideramos as crianças dessa faixa etária como incapazes de
compreender conceitos mais amplos. Em um nível isso é verdade. Elas não podem apreciar
a dádiva da graça na mesma extensão que o adulto, porém têm a capacidade de apreciar a
dádiva dada por Jesus. Por meio do Elo da Graça seremos capazes de levá-las à
compreensão mais ampla à medida do desenvolvimento de sua compreensão. Isso se
assemelha a observar o desabrochar da flor à luz do sol.

A última seção faz a pergunta: No que? Mesmo as crianças do Jardim têm amigos,
familiares e outras pessoas com quem entram em contato. Testemunhar e partilhar não são
atividades destinadas apenas às crianças mais velhas e aos adultos. Crianças pequenas
também podem testemunhar. Há um ditado que diz: “Dêem-me uma criança de 7 anos e lhes
mostrarei o homem”. Hábitos formados nessa idade estabelecerão o padrão na vida adulta.
Deus, a igreja e os seres humanos necessitam o verdadeiro testemunho.

GRAÇA QUE SALVA

Por que Jesus encoraja as criancinhas a irem a Ele? Será apenas porque Ele as ama?
Sim, porém muito mais – elas são modelos de salvação. Jesus disse a Seus discípulos que
eles necessitavam tornar-se como crianças se desejassem entrar no reino do céu. A fé
simples da criança do Jardim da Infância é o que todos necessitamos se desejamos entrar
no reino do Céu.

O Elo da Graça apresenta às crianças verdades maravilhosas da Bíblia de forma tal


que lhes seja possível compreender. O Elo da Graça ajuda as crianças a se sentirem
protegidas e seguras. Trata-se de material da Escola Sabatina destinado a ajudar a igreja
toda a salvar nossas crianças, não para a igreja, mas para a eternidade e para o reino de
Deus.

Audrey Anderson, graduada em Teologia no Newbold College, trabalha como consultora de


comunicação e editora na Suécia e no Reino Unido. Envolvida com a redação do currículo
Elo da Graça, desde 1996, vive com o marido na fazenda que possui 400 vacas e dois gatos.

[Extraído de Kids' Ministry Ideas, julho – setembro de 2001, págs. 8-10.]


PRIMÁRIOS
O QUE OS LÍDERES NECESSITAM SABER

Noelene Johnsson

Por fim o material da Escola Sabatina Elo da Graça,


para os Primários, ficou pronto. Os líderes de todas as
partes estão se perguntando: Como será o novo
material? Alguns até mesmo podem perguntar: Onde
estão os materiais? O que terei de fazer?

COMO SÃO OS MATERIAIS?

O Elo da Graça para os Primários e Juvenis não é


apenas um conjunto de lições; é todo um programa
unificado, publicado em duas partes: (a) o guia para
líder/professor, com mais de cem páginas, combina o
que anteriormente era chamado de Auxiliar do Diretor e
Auxiliar do Professor e (b) a lição do aluno.

Abordagem unificada. O Auxiliar do Diretor/Professor


provê a introdução para o Elo da Graça e sugestões
detalhadas para cada parte dos programas para os 13 sábados. Nunca antes houve um
auxiliar tão completo. A lição é o ponto central da Escola Sabatina, do início ao fim. Quando
o programa é seguido na íntegra, todos saem sabendo o que aprenderam. Se alguém
pergunta: “O que você aprendeu hoje?” as crianças irão mencionar a mensagem central da
lição.

Programa “tamanho único”. Os materiais do aluno podem parecer ilusoriamente


simples no início para as crianças da quarta série do ensino fundamental. Mas as perguntas
e atividades ainda serão um desafio. Por outro lado, as crianças das primeiras séries
poderão ter certa dificuldade com algumas perguntas. Assim sendo, permita às crianças da
primeira e da segunda séries pularem as perguntas mais difíceis; elas foram incluídas para
as crianças com mais idade.

O estudo é feito primeiro na igreja. Você se lembra como era difícil ensinar a lição a
uma criança que a sabia de cor e salteado juntamente com outras tantas que não a
estudaram sequer uma vez? Bem, o Elo da Graça resolveu o problema. Sua solução é
simples: As lições passam a ser introduzidas no sábado e então as crianças recapitulam em
casa o que aprenderam na Escola Sabatina.

Portanto, agora contamos a história na igreja. Descobrimos o que Deus está tentando
nos dizer por meio dessa história, explicamos o verso áureo, e buscamos responder que
diferença ela operará em nossa vida. Então enviamos as crianças para casa a fim de que
estudem a lição por si mesmas, com sua família. Agora elas podem confiar o papel de
ensino a seus pais.
“Será que as crianças irão desejar estudar a lição em casa após havê-la estudado na
igreja?”, perguntam alguns cépticos. “Elas irão”, afirma Kathy Begles do Departamento de
Escola Sabatina da Associação Geral, “se forem seguidos dois pontos-chave”. Kathy,
juntamente com a diretora do projeto, Pat Habada, estiveram profundamente envolvidas no
desenvolvimento dos materiais Elo da Graça.
“Sejamos honestos”, a Kathy diz, “as crianças não estavam estudando como deveriam,
por muitos anos. Nosso desejo foi mudar essa situação”. Porém, para que as crianças
estudem, ela salienta, devemos:

1. Tornar a história diferente na Escola Sabatina. Por exemplo, fazer com que as crianças
encenem a história enquanto você a conta, seguindo o roteiro apresentado no Auxiliar.
Atente para o fato de que a lição não é contada como aparece na Lição do Aluno.
Deixe que as crianças descubram isso.

2. A cada sábado de manhã, ao cumprimentar as crianças quando chegam para a Escola


Sabatina, pergunte-lhes o que descobriram por si mesmas na lição. E siga perguntando
quantos dias elas estudaram.

3. Explique aos pais que as novas lições provêem grande oportunidade de eles
conversarem com seus filhos a respeito de Deus. Os pais ajudam as crianças a
meditarem na história e a agirem de acordo com o que aprenderam. As perguntas do
estudo diário provêem possibilidade de discussão que pode ser desfrutada por todos
na família.

Não há custos adicionais. Visto que todo o programa da Escola Sabatina, a cada
sábado, gira em torno de uma lição, todo o necessário é empregar os programas do Elo da
Graça, não havendo necessidade de buscar temas e fontes não relacionados. O Auxiliar
para o Diretor/Professor provê quase que todo o necessário. Os demais materiais podem ser
apenas: Quadro de avisos, figuras de feltro (opcional) para decorar a sala, e suprimentos
básicos, como cartolina, canetas hidrográficas, cola, tesouras, linhas, etc., como também
alguns materiais domésticos comuns como sabão, alvejante, etc.

O apelo da graça. A parte mais emocionante do Elo da Graça não é o colorir e as


atividades, e creiam-me há muitas, mas sim a graça. A maioria de nós não tem
conhecimento da energia e poder por trás dessa palavra. Ao você buscar conhecer a graça
em cada lição da Bíblia, irá ver a Deus de forma totalmente nova. E igualmente emocionante,
Deus irá Se revelar a você sob nova luz. O que você verá não será desanimador – devido à
graça.

Noelene Johnson é diretora do Ministério da Criança da Divisão Norte-Americana da Igreja


Adventista do Sétimo Dia.

[Extraído de Kids' Ministry Ideas, janeiro – março de 2001, págs. 8-9.]


JUVENIS
ELO DA GRAÇA: NOVO PROGRAMA DA ESCOLA SABATINA

Kathy Beagles

O novo material da Escola Sabatina dos Departamentos Infantis chama-se Elo da


Graça.

O currículo do novo programa destina a um ciclo de quatro anos. Se sua classe possui
alunos de 10 a 14 anos deve ser seguido o programa completo. Se a classe for composta
por alunos de 10 a 12 anos, deverão ser apenas utilizados os dois primeiros anos desse
currículo. O mesmo para as classes com alunos de 12 a 14 anos, que utilizarão apenas os
dois últimos anos.

Cada lição baseia-se em uma história bíblica que reforça o ponto que está sendo
estudado na semana e o tema enfatizado no mês. Há leituras diárias e sugestões de
atividades para o estudo pessoal do estudante, como também atividades escritas visando
captar o interesse do aluno por meio de diferentes formas de aprendizagem. Os estudantes
são também estimulados a preparem um diário de seu estudo da Bíblia.

AUXILIARES DE ENSINO

Um aspecto especial desse programa é o Auxiliar do Líder/Professor que provê oito


páginas para cada lição, assim desenvolvidas:

• Introdução da lição no sábado inspirando os alunos a estudarem por si mesmos a


lição durante a semana seguinte.
• Enfoque na lição, durante todo o período da escola sabatina.
• Experiências ativas de aprendizagem a fim de que os alunos internalizem as
verdades que estão sendo apresentadas.
• O aluno é alcançado de acordo com sua melhor forma de aprendizado. Cada área
focaliza estilos diferentes de aprendizado. Por exemplo:
• As atividades preparatórias dão ao estudante um motivo para desejar aprender a
lição. Essa seção apela aos aprendizes imaginativos, que perguntam: “Por que eu
deveria aprender isso?”
• A lição da Bíblia envolve os estudantes no conteúdo. Essa seção apela os
aprendizes analíticos, que perguntam: “O que eu preciso aprender?”
• A aplicação da lição ajuda os estudantes a explorarem como a lição pode ser
empregada de determinada forma em seu viver diário. Essa seção apela aos
aprendizes do senso comum, que perguntam: “Como isso funciona em minha
vida?”
• O partilhar a lição ajuda os estudantes a elaborarem ou partilharem novas idéias
com outras pessoas. Isso apela aos aprendizes dinâmicos que perguntam: “No
que isso pode se tornar?”

O primeiro trimestre abordará a Graça – O amor de Deus em ação revelado a pessoas


que não o merecem. Ele inclui pontos como:
• Graça é o amor de Deus provendo Jesus Cristo como sacrifício por nossos
pecados.
• Graça é o amor de Deus nos encorajando a aceitar esse sacrifício.
• Graça é o amor de Deus nos inspirando a responder mediante o louvor e o
culto.
• Graça é o amor de Deus nos dando sabedoria e força para tratarmos uns aos
outros com amor e respeito, da mesma forma como Ele nos trata.

Esses conceitos estão divididos em quatro dinâmicas repetidas no currículo: graça,


culto, comunidade e serviço.

1. Os meses que enfatizam a graça dizem respeito à graça salvadora,


surpreendente e incondicional, de Deus.

2. Os meses que enfatizam o culto tratam da resposta humana à graça.

3. Os meses que enfatizam a comunidade falam de como funcionamos como


comunidade de crentes – salvos e capacitados pela graça.

4. Os meses que enfatizam o serviço apresentam como os cristãos salvos e


capacitados pela graça alcançam outras pessoas.

Cada lição ensina pontos de ênfase como A graça de Deus é poder. Sem dúvida,
ela é ilimitada e eterna; um poder que nos alcança e satisfaz provendo todo o necessário
para vivermos vida plena e maravilhosa nEle.

Kathy Beagles, editora associada do Departamento de Ministérios Pessoais/Escola


Sabatina da Associação Geral, escreve de Silver Spring, Maryland.

[Extraído de Kids' Ministry Ideas, outubro – dezembro de 1999, págs. 28-29.]