ACUPUNTURA E BASES DA MEDICINA TRADICIONAL CHINESA RAUL ALVES SANTANA JUNIOR

JUNHO DE 1999

TEORIAS DE BASE DA MTC.

Yin Yang:

Chama-se Yin Yang, a reunião de 2 partes opostas que existem em todos os fenômenos e objetos em relação recíproca no meio natural. Os mecanismos de reunião e de oposição podem se produzir tanto entre dois fenômenos que se deparam como no âmago de 2 aspectos antiéticos coexistindo no mesmo fenômeno. Não pode haver Yin sem Yang, nem Yang sem Yin. Tudo o que é animado, em movimento, exterior, ascendente, quente, luminoso, funcional é Yang. Tudo o que está em repouso, tranqüilo, interior, descendente, frio, sóbrio, material é Yin. O céu é Yang, a terra é Yin. O céu está no alto, assim é Yang, a terra está embaixo, assim é Yin. A água é Yin, o fogo é Yang. Não se mover é Yin, mover-se é Yang. No universo, qualquer fenômeno manifestado pode ser reconduzido às duas categorias Yin e Yang, podendo ainda cada um se separar em Yin ou Yang, e isso até o infinito. Por exemplo, o dia é Yang, a noite é Yin, mas a manhã é Yang dentro do Yang, a tarde é Yin dentro do Yang, o antes da meia-noite é Yin dentro de Yin, e após meia-noite é Yang dentro do Yin. A antítese entre o Yin e o Yang encontra-se em qualquer manifestação, e se expressa principalmente por um condicionamento e uma oposição mútuos. Por exemplo, o verão significa que o calor do Yang está no auge, mas após o solstício de verão o Qi do Yin nasce gradualmente e assim condiciona o Yang dos calores caniculares. O inverno

significa o frio do Yin está no máximo, mas após o solstício do inverno, o Qi do Yang renasce e assim condiciona o Yin dos grandes frios. Nesse confronto, deve haver uma vitória e uma derrota, porém, a superioridade de um sobre o outro, sua desordem, vai acarretar a doença. Todos os aspectos do Yin e do Yang são assim, o Yin existe pelo Yang, o Yang existe pelo Yin. Cada um dos dois tem o outro como condição de existência. Para que uma atividade fisiológica Yang se produza, é necessário consumir matéria nutritiva Yin em um processo de descrecimento do Yin e do crescimento do Yang. Inversamente o metabolismo da matéria nutritiva Yin requer, para ser realizado, a contribuição de uma certa quantidade de energia Yang, segundo um mecanismo em que o Yin cresce e o Yang decresce. A parte alta do corpo humano pertence ao Yang e a parte baixa ao Yin, a superfície do corpo ao Yang, o interior ao Yin, a parte dorsal pertence ao Yang, a parte ventral ao Yin, o lado externo pertence ao Yang o interno ao Yin. As seis vísceras Fu são Yang, os cinco órgãos Zang são Yin. A causa fundamental do aparecimento e do desenvolvimento das doenças sendo um desequilíbrio Yin Yang, qualquer sintoma simples ou complicado, estável ou móvel, poderá ser referido a um sintoma Yin ou um sintoma Yang. Para uma doença Yang tratase o Yin, para uma doença Yin trata-se o Yang. Os 5 elementos

A teoria dos 5 elementos considera que o universo é formado pelo movimento e a transformação dos 5 princípios representados por: Madeira, Fogo, Terra, Metal e Água. A teoria dos 5 elementos é utilizada na MTC. para explicar a fisiologia e a patologia, assim como as relações entre o organismo e o meio circunvizinho. Assim, as propriedades da madeira são: a produção, a flexibilidade. Tudo o que tiver essas particularidades será disposto sob o vocábulo Madeira. Do mesmo modo, será colocado na categoria fogo, tudo o que tiver as características do fogo; calor Yang, inflamação para o alto. Tudo o que tiver as propriedades da Terra: desenvolvimento, transformação, participará dessa categoria. Tudo o que tiver os atributos do metal; pureza, obuses, entrará na categoria metal. Tudo que seja como a água, frio, úmido, será agrupado com a água. O Qi, o Sangue e os Líquidos Orgânicos São os materiais básicos do organismo. Sua origem, desenvolvimento, circulação e sua distribuição, só podem efetuar-se graças à atividade funcional das vísceras. Mas inversamente, a atividade funcional das vísceras não se pode manifestar sem o que o Qi,

Os Líquidos Orgânicos (Jin Ye) abrangem as diferentes secreções. Qing Qi Þ Existe na natureza. lágrimas. Yuan Qi Þ Ou Zhen Qi. controlar a abertura das glândulas sudoríparas. da assimilação dos alimentos. energia de defesa. das Articulações. aquecer os órgãos. controlado pelo Baço. a pele e as articulações. Yin Qi Þ São as duas partes antagônicas da energia de base. Ying Qi Þ Energia nutriente proveniente do Jing Qi da alimentação elaborada pelo baço e o estômago formado pelas matérias mais nutritivas da do Qi da alimentação. suor. Tem atuação múltipla: proteger a superfície do corpo contra agressões externas. dar brilho à pele e lustro aos pêlos. líquidos do Estômago. a quinta essência: Jing Qi inato. Ele é governado pelo Coração. determina-se a saúde. as carnes. armazenado pelo Fígado. Zong Qi Þ Esse Qi é formado pela reunião do Qi puro (Qing Qi) inalado pelos pulmões e do Qi da alimentação produzido e posto em circulação pelo baço e estômago. circula nos vasos que são uma de suas moradias. Os meridianos se dividem em 3 categorias: Comuns ou regulares (Jing Mai). distintos ou separados (Jing Bie). curiosos. é o Qi mais importante de todos os Qi do corpo humano. • • • • • • • O sangue é a mãe do Qi O Sangue (Xue) é o fruto da transformação da essência dos alimentos (Jing Qi) pelo Baço e o Estômago. os vasos. estranhos) (Qi Jing Mai). São os dois armazenados nos rins. é produzido primeiramente pela transformação do Jing Qi inato e após o nascimento ele ainda precisa ser alimentado e completado pelo Jing Qi adquirido da nutrição.o sangue e os líquidos orgânicos lhes sirvam de base material: O Qi é o comandante do sangue Yang Qi. Sua função é nutrir o conjunto do organismo. É inalado e penetra no corpo pelos pulmões. Sua função é lubrificar e alimentar os órgãos. particulares (extraordinários. manter o equilíbrio de Yin e Yang. do Intestino. urinas. Jing Qi Þ É o princípio essencial. Jing Qi adquirido. Combinado com o Jing Qi dos alimentos dará o Zong Qi. trata-se as doenças. regular a temperatura do corpo. dando impulso à respiração pulmonar e à circulação do sangue do coração. Zheng Qi Þ Energia correta. regulariza-se o vazio e o cheio. de boa saúde. Meridianos e Ramificações -Jing Luo Graças aos Meridianos. remela. duas formas de saliva (Baço e Rim). recebido no momento da concepção. Wei Qi Þ É a energia protetora. no ar que respiramos. tais como. .

Yin Qiao Mai e Yin Wei Mai.Os Jing Jin . Sua função é de ligar o esqueleto. Os 12 meridianos regulares e seus demais sinais patológicos: 1. 1. ascite. astenia física. Dores na cavidade subclavicular. convulsões de pavor. vômitos pós-prandiais. . numerosas eructações. inchaço doloroso nos globos oculares. vertigens. Meridiano do Baço . 3 Yang da perna. Dai Mai. epistaxe. icterícia. hemiplegia. hemorróides. rinorréia. perturbações cardíacas (o . dores e embaraço da motricidade na linha anterior dos extensores do braço e da espádua. lacrimejamentos. 1.Meridianos Tendino-musculares representam exatamente os músculos distribuídos ao logo dos meridianos. intumescimento doloroso ou sensação de frio na parte interna do membro inferior e dores ao mover o artelho grosso. garganta inchada e dolorosa. tosse. pescoço inchado. Meridiano da Bexiga . rinorréia fluida. malária. pescoço inchado. epigástrio inchado e dolorido. ofuscação da vista. boca seca. polipnéia. 1. 1.São 08 os meridianos particulares: 04 Yang: Du Mai. borborigmos.. circulam na parte internas dos membros. dores nas espáduas e nas costas. coriza com micções pouco abundantes mas freqüentes. torcicolo. de manter a coesão do conjunto do corpo e de comandar o movimento das articulações. Os meridianos Yin correspondem aos órgãos Zang.Yang Ming da perna: Hipertemia e transpiração. dificuldades para engolir. Meridiano dos Rins Shao Yin da perna: Respiração curta. garganta inchada e dolorida. conjuntivas amarelas. diarréia. Meridiano do Coração . dores ou dificuldades em mover a cavidade poplítea. região epigástrica intumescida. . 1. cefaléia. dores no coração. Meridiano do Pulmão . loucura agitada. manias. palmas das mãos quentes. o músculo gastrocnêmico e o 5º artelho. 3 Yin da perna. calor nas palmas das mãos ou mãos e pés frios. Yang Wei Mai.Shao Yin do braço: Dores torácicas. borbulhas nos lábios. Chong Mai. garganta seca. conjuntivas amarelas. epistaxe. tosse com escarro de sangue. 3 Yang do braço. Meridiano do Intestino Delgado . dores que seguem o trajeto do meridiano no braço. polipnéia. circulam nas zonas externa dos membros. conjuntivas amarelas.Tai Yin da perna: Língua rígida. Meridiano do Intestino Grosso . 1. epistaxe. Yang Qiao Mai. Os meridianos Yang correspondem às vísceras Fu. boca entortada.Yang Ming do braço: Odontalgias do maxilar inferior. loucura agitada. garganta inchada e dolorida. dores ou dificuldades nos movimentos na virilha e na parte ântero-externa da perna. são chamados particulares porque não tem comunicação especiais com as vísceras. sensação de corpo pesado. . dores e dificuldades na movimentação dos lombos e da coluna vertebral. dores na linha interna da face palmar do braço. loucura calma depressiva.Tai Yin do braço: Sensação de tumefação e de opressão torácica. Meridiano do Estômago .As 12 zonas cutâneas ou correspondentes são as partes reativas da pele destinadas aos meridianos. conjuntivas amarelas. sede. arquejar ruidoso. 04 Yin: Ren Mai. dores na linha interna da face dorsal do braço e da espátula.Tai Yang do braço: Surdez. do dorso do pé e do 3º artelho. garganta dolorida.Tai Yang da perna: Nuca rígida e dolorida. intumescimento doloroso na região submaxilar e no pescoço.São 12 os meridianos regulares(Jing Mai) compostos de: 3 Yin do braço. tosse asmatiforme. 1.

Os 5 órgãos Zang: Coração. medo convulsivos em crianças.Shao Yang da perna: Frio e calor alternados. tem como . doenças da garganta. lumbago. dores cardíacas. calores ou embaraços na mobilidade da coxa. Meridiano do pericárdio . garganta inchada e dolorida. transpiração. Meridiano do Fígado . anúria. Como governa os meridianos Yang é chamado "O mar dos meridianos Yang". vômitos. Baço. dores e inchaço dos testículos e do escroto. membros inferiores sem força. doenças genitais.Shao Yang do braço: Surdez.Jue Yin da perna: Flancos inchados e dolorosos. hérnias. boca amarga. icterícia. 1. de opressão torácica. suspiros freqüentes. do crânio e do cóccix.1. Meridiano do Triplo Aquecedor . diarréia. boca e língua secas. dores nas maçãs do rosto e retroauriculares. garganta seca. Sintomas: Hérnia. oprimido e dolorido. Meridiano da Vesícula Biliar . coração está como suspenso ou como se tivesse uma cavidade no estômago). Como ele se encarrega dos meridianos Yin. dores do bacinete na mulher. sensação de plenitude no peito. rosto vermelho. diarréia. enfermidades da raque. 1. inchaço doloroso do escroto ou dos testículos. calor na sola dos pés ou pés frios. regras irregulares. Sinais patológicos dos dois meridianos extraordinários mais usados: • Du Mai (Vaso Governador): Circula seguindo o meio da coluna vertebral. sensação de excesso de calor. leucorréias. inchada e dolorosa. axilas inchadas. palmas das mãos quentes. esterilidade. doenças genitais. da face externa da panturrilha do 4º artelho. embaraço na mobilidade do anular. é chamado de "O mar dos meridianos Yin". Pericárdio. facilmente amedrontado. • Ren Mai (Vaso da Concepção): Circula o meio do ventre e da parte anterior do tórax. arqueando-se para diante o resto do corpo). retenção urinária. intumescimento doloroso do peito. Rim. sensações de peito acalorado. opisótonos (forma de espasmo tetânico em que se recurvam para trás a cabeça e os calcanhares. malária. Fígado. dores nos flancos. doenças febris. costas e lombos dolorosos. partos prematuros. enfermidades ginecológicas. dispnéia. espasmos nos membros superiores. perturbações mentais. Zang Fu Órgãos e Vísceras: . dores importantes no bacinete com obstipação.Jue Yin do braço: Palpitações. dores hemicranianas. Pulmão. dores cardíacas. conjuntivas amarelas. dores na espádua e na face externa do braço. do joelho. 1. Sintomas: coluna vertebral rígida. desregramento mental.

a emanação renal é abundante. Aos 5 x 7 = 35 anos. o Chong Mai atrofiado. o rosto todo torna-se seco e os cabelos embranquecem. o Vaso Chong Mai desenvolveu-se plenamente. a dentição muda. distribuição. Bexiga. ossos. o espírito (Shen).função produzir. governar a água. 1. orelha e igualmente com os órgãos sexuais e ânus. a vida sexual (menstruação) aparece. carne. 1. os três vasos Yang definham na parte superior do corpo. os cabelos alongam-se. regula a circulação na via das águas. as menstruações trazem regulamente um estado propício à fecundidade. a emanação renal está parada com o desenvolvimento dos últimos dentes. dos pulmões. Pulmão . . receber a energia (Qi). Coração . o Tian Gui esgotado. porém. nariz. pele. 1. o vaso Yang Ming (Intestino Grosso) definha. O rim recebe a essência (Jing) dos 5 órgãos e das 6 vísceras e os guarda como depósito.Shen: Sua função é armazenar a essência (Jing). propagação. o rosto começa a murchar e os cabelos a cair.As vísceras de comportamentos especiais: Cérebro. controlar a descida e a eliminação. olho. Intestino Grosso. Abre-se no nariz e manifesta-se no olfato. o Vaso da Concepção está flácido. dos alimentos e de conter o sangue nos vasos. Governa o sangue e os vasos. o sistema engloba também a relação das Zang Fu com os tecidos.Xin: Sua função é a de comandar aos vasos e encerrar o Shen (Espírito vital). Aos 7 x 7 = 49 anos. transformá-los e excretar os resíduos. tem como função receber.Xin. Abre-se na boca e manifesta-se nos lábios. Triplo Aquecedor. as vias subterrâneas (menstruações) cortadas . transformar e armazenar a energia essência inata (Jing). O Vaso da Concepção permeabiliza-se. Ossos. Baço . vasos.Xin Bao: Sua função é a de proteger o coração . a cabeleira atingiu seu maior comprimento e o corpo seu pleno vigor. da respiração. Aos 3 x 7 = 21 anos . 1. Emanação renal: • "Na menina de 7 anos. Aos 4 x 7 = 28 anos. Os Rins . boca. tendões. assim como com os órgãos e sentidos. os músculos e os ossos estão consolidados. governa a difusão. Os 5 Órgãos Zang: 1. Pericárdio . Aos 6 x 7 = 42 anos. Regem o crescimento e a reprodução.Pi: Sua função é a de transformar e transportar as essências . . em função da umidade orgânica do corpo humano. Estômago. É ele protegido dos ataques nocivos pelo pericárdio (Xin Bao Luo).Jing Qi. Vesícula Biliar. A teoria dos Zang Fu estuda a atividade fisiológica das vísceras. Medula. sua abertura está na língua. suas modificações patológicas e suas relações recíprocas.As 6 vísceras Fu: Intestino Delgado. língua. Aos 2 x 7 = 14 anos. Vasos e o Útero.Fei: Sua função é a de dirigir a energia (Qi). digerir os alimentos.

Se estiverem enfraquecidas. os músculos tornam-se impotentes. o Tian Gui está esgotado. separando a essência dos resíduos. Emoções). a respiração do rim enfraquece. Aos 7 x 8 = 56 anos. Triplo Aquecedor . a essência transborda e se escoa (esperma). observa-se quer obstipação. o rosto se resseca e as têmporas tornam-se grisalhas. de comandar os tendões. 1. Se esta função estiver desregulada. a emanação renal afirma.Da Chang: Sua função é a de receber os resíduos alimentares.San Jiao: Sua função é a de dirigir a atividade orgânica do conjunto do corpo humano. Se abre nos olhos e sua manifestação está nas unhas. Aos 8 x 8 = 6 4 anos. a forma física atinge seu termo. distribuição e expulsão da água e dos alimentos. Intestino Grosso . Regulação da digestão/assimilação dos alimentos. O Fígado (Gan) : Sua função é a de aplainar e assegurar a regulação sangüínea. Aos 4 x 8 = 32 anos. quer disenteria. Regulação dos sentimentos (Espírito. governa os ossos. Intestino Delgado . os músculos são potentes. 1. o Tian Gui finda. a procriação impossível. . Aos 5 x 8 = 40 anos. não há mais nem dentes. e após ter absorvido a água excedente.Xiao Chang: Sua função é receber e encerrar a digestão dos alimentos. de encerrar e conservar o sangue. 1. As relações sexuais podem ser fecundadas. nem cabelos. recebe e conserva as essências das 5 vísceras e dos 6 órgãos.e a infecundidade resulta desse esgotamento do corpo. separando o claro e o turvo. os músculos estão salientes. a respiração do fígado (Gan Qi) enfraquece. Aos 3 x 8 = 24 anos. as carnes viscosas e vigorosas. a emanação renal está parada. o esperma se rarefica. O rim domina a água. e os últimos dentes atingem seu pleno desenvolvimento. não pode ele emitir. Estômago . Os rins produzem a medula. • No menino de 8 anos. provenientes do Intestino Delgado. os cabelos caem. a emanação renal é abundante. os ossos vigorosos. o corpo torna-se pesado. a dentição muda. Se as vísceras nãos estiverem em plenitude.Wei: Sua função é a de receber os alimentos e iniciar o processo de digestão decompondo-os associado ao Baço recolhendo a essência dos alimentos para alimentar o corpo com o Jing Qi adquirido. as têmporas embranquecem. o andar incerto. de expulsá-los. Aos 2 x 8 = 16 anos. os rins falham. Executa uma nova digestão das matérias provenientes do Estômago. As 06 Vísceras Fu 1. os dentes se estragam. aparece a vida sexual. os músculos e os ossos se desunem (o tamanho se reduz). a cabeleira se alonga. o Yang está esgotado na parte superior do corpo. tem sua abertura nas orelhas. sua manifestação está nos cabelos. 1. Aos 6 x 8 = 48 anos. na regulação do processo de assimilação.

a alimentação (dieta e exercícios). As vísceras de comportamento particular: Cérebro (Mar da medula). A força ou a fraqueza do Correto dar-se-á: a constituição física (hereditariedade). sublinhando a importância da Vesícula Biliar para o espírito de decisão e a coragem. o meio circunvizinho (desvaidade). os Vasos sangüíneos (morada do sangue).Pang Guang: Sua função é a de subalterna e local de reter os líquidos e expulsá-los. Quando o correto está no interior o perverso não pode atingi-lo. Os seis excessos (Liu Yin): Vento. tratando a Vesícula Biliar. a resistência adquirida pelo treinamento.1. 1. podem ser tratados. Fogo. abundância de sonhos. Umidade. Seca. Canícula São modificações climáticas normais. o estado emocional. então. sob a ação do seu Qi. a expulsa.Dan: Sua função é a de evacuar a bile nos intestinos a fim de ajudar a digestão. O aparecimento e o desenvolvimento de uma doença será o reflexo da luta entre o Correto (Zheng Qi) e o Perverso (Xie Qi). A Vesícula Biliar tem atuação de decisão. Após ter sido espalhada no corpo e ter sido utilizada. variações climáticas brutais ou anormais ou então a diminuição da capacidade de resistência no organismo. são chamadas as 6 energias (Qi). Um desequilíbrio entre Yin e Yang acarretará o aparecimento de uma doença. Bexiga . . os Ossos (medula óssea). O perverso penetra onde há vazio de correto. os homens são capazes de se adaptar às suas mudanças. agridem os corpos e produzem doenças. hão são então patogênicas. podem tornar nocivas estas 6 energias que. tornam-se patogênicas. Frio. mental (harmonia). pusilanimidade (fraqueza de ânimo). Etiopatogenia: causas. perda de sono. O Yin e o Yang estão em harmonia então a saúde está garantida. É por isso que os pavores. Vesícula Biliar . a água atinge a Bexiga que a armazena e que. formação e evolução das doenças O estado de saúde é caracterizado pelo equilíbrio entre Yin e Yang. Porém. o Útero (Palácio do Feto).

A do Baço é o Pensamento. a Tristeza. Preocupações. brutais. amargor na boca. Na teoria dos cinco movimentos. hemoptise (expectoração sangüínea). A do Rim é o medo. O excesso de Raiva prejudica o Fígado. podem provocar uma desordem funcional do Qi ou no sangue dos Zang Fu e serem a origem do aparecimento de uma doença. Um excesso de emoção fere o órgão ao qual corresponde. violentos. o excesso de Alegria prejudica o Coração. Um mau funcionamento de órgão pode ser revelado por um distúrbio do sentimento correspondente. prolongados ou iterativos. Um excesso descontrolado das cinco emoções pode transformar-se em fogo: irritabilidade. o excesso de Pensamento prejudica o Baço. agentes patogênicos. Medo. Fazem parte da esfera de atividade normal da mente e não são em si próprios. • • • • • A emoção do Coração é a Alegria. As mucosidades (Tan) e os humores viscosos (Yin): São os produtos da interrupção parcial do metabolismo dos líquidos orgânicos. A do Fígado é a Raiva. o excesso de Tristeza prejudica o Pulmão. Mas seguida do estresse mentais. A do Pulmão é a Tristeza. Pensamentos. o Pensamento e o Medo. Pavor Representam as modificações do espírito em reação à percepção de mensagens transmitidas pelo ambiente. os 7 sentimentos se referem aos cinco elementos e têm o nome de 5 emoções (Wu Zhi): Alegria. Pensamento. . extremos. Raiva. Raiva. insônias. Tristeza e Medo. E as cinco emoções em excesso prejudicam a circulação do Qi. dores torácicas. O homem tem cinco órgãos que elaboram cinco sopros (Qi) que geram a Alegria. a Raiva. o excesso de Medo prejudica o Rim. Tristeza. provocando uma condensação dos humores. tosse. Há 3 causas possíveis à formação dos humores e das mocosidades: • A propensão por álcool e alimentos condimentados (açucarados e gordos) acumula a umidade que se condensará humores e mucosidades sob a influência do calor.Os 7 sentimentos (Qi Qing) ou 5 Emoções (Wu Zhi): Alegria.

1. O Frio penetra nos vasos. a água e o Qi estagnam e se juntam. Se o Yang Qi estiver diminuído. pode ficar embaraçada. O Calor penetrando no sangue. Se o Triplo Aquecedor não mantiver mais sua atividade de passagem. seja do Qi geral. produzir- . e a circulação sangüínea é retardada. Ataque por Frio nocivo ou por Calor perverso. perde sua capacidade de pôr o sangue em movimento. acúmulos de sangue. a água e a umidade não mais circulam e se acumulam. provoca uma aglomeração do mesmo. os líquidos orgânicos não podem ser distribuídos e se acumulam. 1. Baço. mas também efusões internas de sangue. seja da atividade de um órgão. A atividade funcional dos órgãos Pulmão. Se o Baço não efetuar mais sua atividade de transporte-transformação. 1. ou então. Formação dos acúmulos de sangue: Causas externas: Quando o organismo é atacado por um fator patogênico como golpes. Esta estagnação poderá se transforma em fogo. esta não mais poderá ser transformada e vai se acumular. entorses. Qi vazio ou estagnante. transformando-os em mucosidades e humores. Se houver um mau funcionamento da atividade de um dos três órgãos Coração. estes se contraem e acarretam um retardamento da circulação sangüínea. Acúmulos de Sangue (Yu Xue) Os acúmulos de sangue são produzidos por um retardamento da circulação sangüínea. por um extravasamento de sangue. o qual diminuirá e concentrará os líquidos orgânicos. a circulação pela Via da água do Triplo Aquecedor pode ser estorvada.• • Um ferimento interno causado pelas emoções pode acarretar a estagnação do Qi do Fígado. O Qi é o general do sangue e o sangue circula se o Qi circula. o que afetará a distribuição e a drenagem dos líquidos orgânicos: 1. portanto. Fígado. Se o pulmão não efetuar mais sua função de difusão-descida. Se os Rins não cumprirem mais sua ação no controle da água. feridas que vão suscitar corrimentos externos. Baço e Rins. Causas internas: São elas a expressão de um funcionamento defeituoso.

infecciosas ou tóxicas. etc. Alimentação Quantitativa: A superalimentação fere o Intestino e o Estômago acarretando a insuficiência do Qi do Baço e diminuição da atividade funcional do Qi mediano com sintomas de abdômen inchado e dolorido. geralmente. difteria. dor agravada pela pressão. A alimentação: O Baço e o Estômago têm como função receber os alimentos. Qi envenenado: Cólera. em ondas sucessivas. Do mesmo modo. pode ser causa de doenças. varíola. transformá-los e deles extrair a essência para trazer o Jing Qi ao organismo. Uma alimentação cura e fria produzirá Frio e Umidade interna e enfraquecerá o Yang do Baço. Outras causas de doenças: Doenças epidêmicas: São diversas doenças caracterizadas por um início brutal. escarlatina. uma alimentação imprópria ao consumo pode gerar doenças parasitárias. Alimentação Qualitativa: O alimento deve ser equilibrado qualitativamente. até a faringe. Umidade e Mucosidade. eructações. Qi inabitual. ou abuso de álcool origina: Calor. sarampo. um caráter contagioso e em suas diferentes descrições Qi impuro. A fadiga: . pestes. Uma alimentação gordurosa demais e muito condimentada. seja uma extravasão interna. espírito mau. um estado grave.se-á seja um retardamento da circulação sangüínea. seja hemorragias. disenteria tóxica. estando acompanhada de eructação ácida e de aumento de salivação) e diarréia nauseosa. Porém. pirose (sensação de queimação que se inicia em situação retrosternal e se propaga. nojo pelo odor da comida. qualitativa ou quantitativamente. acarretando estase (estagnação) do Qi e do sangue. uma alimentação defeituosa.

Na inspeção geral observa-se a expressão do rosto (Shen). respiração curta. luxações. na mulher. sem vontade de falar. Fisiologia: a energia vital abate a energia perversa. Equilíbrio relativo do Yin-Yang. o terapeuta estuda as alterações gerais ou localizadas da fisionomia do paciente e de sua morfologia. Prática do Exame: Os 4 períodos: • A inspeção. aparecimento de modificações patológicas com perda de equilíbrio de Yin e Yang e aparecimento do estado de plenitude e de vazio. Uma atividade sexual demasiada esgota o Jing dos Rins. mente cansada. A inspeção da língua é o elemento importante da inspeção. assim como uma atividade mental razoável. ou sãos a porta de entrada de elementos patogênicos. São eles a causa de doenças por espoliação sangüínea. a cor da pele. A fadiga física esgota o Qi acarretando: falta de força. debilidade) muscular.Um trabalho ou um treino físico normal. leucorréia (corrimento branco da vagina ou do útero). astenia mental e no homem. zumbidos de ouvidos. Patogenia: É o estudo do mecanismo segundo o qual as causas mórbidas atuam no organismo para produzir uma doença. astenia (fraqueza orgânica. Patologia: a energia vital não pode vencer a energia nociva. "Olha-se o reflexo externo para conhecer o órgão interno e analisa-se assim a doença". assim como as chagas. regras irregulares. movimentos). ofuscações da vista e vertigens. postura. são benéficos à saúde. dispnéia agravada pelos movimentos. primeira . Os ataques externos: Podem ser causados por ferimentos por insetos ou animais. ejaculação precoce. o aspecto geral do corpo (forma. fraturas. provocando fadiga e fraqueza dos lombos e dos joelhos. espermatorréia (derramamento involuntário de esperma). O excesso é que é nocivo. As reações são fisiológicas.

as bordas o Fígado e a Vesícula Biliar. Tomar o pulso é perceber o estado do pulso e ter a sensação da pulsação sob os dedos. a amplitude. A inspeção inclui ainda. Profundo (Shen). resistente (Lao). Vazio (Xu). os membros. A força do som da voz. da cabeça e cabelos. A abertura do coração. lento (Huan). agitado (Dong). O exame da língua engloba a forma. barreira = baço-Estômago. "O interrogatório é o ponto essencial do exame. a bacia. o ritmo. chama-se elevar. • • • A Palpação. as ondas. A raiz da mente. É a tomada completa. das excreções: escarros. revestimento. as orelhas. O hálito. a transpiração. as mãos e os pés. as cores. Pé = rim (Ming Men). O ápice representa o Coração e o Pulmão. urinas e matérias fecais. chamada de tomada parcial. Direito Þ Polegar = pulmão . É sobre a língua que está situada a manifestação externa do Baço. força. tomada do pulso. apetite. urina e fezes. permite conhecer as circunstâncias de aparecimento e a evolução da doença. Uma pressão forte. A língua é o broto do coração. escondido (Fu). morfologia. assim como os outros fatos a ela relacionados. dispersado (San). até os músculos. corresponde à tomada média. As 10 perguntas principais: febre e calafrios. apressado (JI). Deslizante (Hua). pode-se determinar a localização e a natureza da doença e o estado de deficiência do Qi correto e do Qi nocivo. notar a freqüência. o que vem a ser. o nível. cefaléia e dores. Retardado (Chi). os dentes. Sua correspondência mais correta é: Esquerdo Þ Polegar = coração.etapa para o diagnóstico. a fluidez. • A Audição-Olfação. Áspero . São no total 28 tipos de pulsos que se reconhecem pela posição. observação. • O interrogatório. os lábios. chama-se procurar. as lágrimas. Cheio (Shi). Uma pressão média. corresponde à tomada profunda. pé. chamase apoiar. audição e olfação. permite ouvir o som da voz e os diversos ruídos emitidos pelo doente e sentir os odores do corpo. o nariz. sede. sono e sonhos. Existem 3 tipos de pressão superficial. pode-se pressionar com um só dedo. Se quiser perceber um pulso mais particularmente. as dores localizadas. a respiração fraca e a desigual. falta de respiração e gemidos. a intensidade. a pele. fluidez. Este método consiste em tomar o pulso com os três dedos. que são: Superficial (Fu). Graças à observação da alteração nos pulsos. Interrogatório sobre o Frio e o Calor. mucosidades. transpiração. freqüência. as excreções e secreções: fezes. a vista e as vertigens. a garganta. tosse. urinas. ritmo. a primeira tarefa clínica". a raiz os rins. as leucorréias se tem odores. O exame do pulso ou tomada do pulso permite analisar o estado e as modificações da doença. o terapeuta toma o pulso do doente e palpa o tórax. O Qi do coração passa graças a língua. situação. apetite e sabores bucais. soluços e eructações. o meio o Baço e o Estômago. o pus. os olhos. Rápido (Shuo). Uma leve pressão sobre a pele corresponde a uma tomada superficial. ouvidos e os zumbidos. e aos ossos. barreira. média e forte para as três partes polegar. as partes onde o pulso se manifesta. menstruações e leucorréias. o movimento. pé = rim. urina. até os tendões. fezes. sensações no peito. barreira = fígado. vista.

O Diagnóstico pelos 8 princípios (Ba Gang) São: Yin-Yang. atado (Jie).Interior (Li) Calor (Re). nariz tapado. A palpação do invólucro muscular consiste examinar a temperatura da pele. tênue (Wei). Plenitude (Shi). a Plenitude pertencem ao Yang. SÍNDROME BIAO: A doença está localizada na parte externa do corpo. as dores sob a pressão. procura de pus.Frio (Han). Plenitude-Vazio. Fino (Xi). as bolas (Pi) e as outras modificações anormais. o apogeu da energia perversa chama-se Plenitude e o perigeu do Qi correto chama-se Vazio.Vazio (Shu). Periódico (Dai). Calor-Frio. o ventre e as outras partes do doente para avaliar localmente a temperatura. grande ( Da). e assim obter informações sobre a localização e a natureza da doença. O tipo da doença só pode ser Yin ou Yang. A palpação das mãos e dos pés. o Interior. Vasto (Hong). o Vazio ao Yin. A palpação do corpo Consiste em tocar e pressionar os músculos e a pele. a natureza da doença pode ser calor ou Frio. uma evolução rápida.Yin.(Se). o Calor. o que reconduz os oito princípios a quatro duplas: • • • • Superfície (Biao) . Yang . Sintomas: Febre com temor do frio que não melhora pelo calor (ou temor ao vento). tosse. Cervicalgias. inchaços. fraco (Ruo). acelerado (Cu). Em Corda (Xian). uma eclosão brutal. as mãos e os pés. mole (Ru). pele de tambor (Ge). cefaléia. A superfície. secura e umidade da pele. o Frio. A síndrome Biao representa uma doença aguda caracterizada por uma incubação curta. a causa é geralmente um dos 6 excessos (Liu Yin) de origem externa (exógenos). lassidão (cansaço. Superfície-Interior. a dureza ou a moleza. calor ou frio. fadiga). do ventre e do epigástrio e dos pontos de acupuntura. a pele da face interna do antebraço. a localização superficial (Biao) ou interior (Li). tenso (Jin). A doença é .

ou cru e contaminado. obstipação. Frio e Calor amaranhados. oligúria.Uma doença dos sentimentos recalcados. perda de apetite. Frio se transformando em Calor. .brutal. deslizante (Hua). sede. B60. Prescrição: libertar a superfície usando. ou de sabor picante e quente. boca pálida. pois o campo de aplicação do Interior é vasto. sangue. o revestimento lingual não se pode modificar: a doença está em superfície. Síndrome de Calor Interno do Estômago e do Intestino. revestimento lingual amarelo e seco. A síndrome frio expressa quer uma insuficiência do Yang Qi do organismo quer um ataque do frio perverso. um esgotamento por excessos sexuais. A doença e multiforme e pode apresentar-se sob numerosos aspectos: Síndrome de Frio ou de Calor. obstipação seca. língua pálida. o pulso é superficial. rosto vermelho. B11. BP3. Qi. um alimento impróprio. mãos e pés frios. sede. emagrecimento progressivo formam a síndrome de Vazio-Interno. B62. branco. A descrição será feita de acordo com VazioPlenitude. Em acupuntura: P7. osso. brilhante e úmido. pulso profundo (Chen) e retardado (Chi). . SÍNDROME LI: A doença está localizada na parte interna (endógenas) do organismo (órgão. Terapêutica: Harmonizar o interior. vômitos. pulso rápido (Shuo). oligúria (diminuição do volume da urina). Calor positivo dando a aparência de Frio. Frio-Calor. podem enfraquecer a atividade funcional dos órgãos e vísceras e acarretar o aparecimento de uma doença. com sintomas de temor da quentura aliviado pelo frescor. Sintomas: dores abdominais. ausência de sede. fezes secas. Mas o nome Li deve ser posto em relação com o termo Biao: qualquer sintoma que não seja Biao é Li. VB20. SÍNDROME FRIO-CALOR: Frio e Calor são alterações do Yin e Yang. poliúria (secreção excessiva de urina). Formas enganadoras: Frio positivo se manifestando como Calor. irritação. com sintomas de temor do frio aliviado pelo calor. revestimento lingual. língua vermelha. mãos e pés quentes. desejo de bebidas frescas. podem criar uma lesão por Frio-Umidade que pode agredir Baço-Estômago. A síndrome Calor representa que um excesso do Yang Qi do organismo quer um ataque do calor perverso. medula). . VG14. úmida.Uma energia perversa de origem externa pode atacar diretamente as vísceras e os órgãos. Formas evolutivas: calor se transformando em Frio. ID3. conforme o caso. desejo de beber. As três causas possíveis: Um agente patogênico externo ataca a superfície do corpo penetrando na profundidade e agride as vísceras causando: Hipertemia. agitação. delírio verbal. TA5. diarréia formando a síndrome de Frio Interno. Por exemplo: um Qi de Baço vazio e fraco não pode garantir a função de transporte transformação cujos sintomas: dilatações abdominais. víscera. medicações de sabor picante e frio. fezes líquidas ou pastosas. Sintomas: são extremamentes diversas. revestimento lingual amarelo e seco. rosto branco ou azulado.

YANG Um bom acupunturista observando as cores e tomando os pulsos distingue primeiro o que é Yin daquilo que é Yang. B23. Pulso acelerado (Shuo). agitação. como se fosse parar. mãos e pés quentes. língua vermelha seca. responde dificilmente às solicitações. Existem também síndromes próprias ao Yin e ao Yang. B24. VG14. B18. são: Yin-Vazio . boca e lábios pálidos. B26. pulso tênue (Wei) sem força. respiração fraca. corpo frio. temor do calor. E39. sede e desejo de bebidas frescas. língua pálida. Sintomas: Yin vazio: sinais de insuficiência dos líquidos (emagrecimento. VC12. rápido (Shuo). . Língua vermelha. alimentar o Sangue. B20. pulso tênue (wei). oligúria (diminuição do volume da urina). pulso fino.SÍNDROME VAZIO-PLENITUDE: São os princípios que permitem determinar o estado da Energia correta (Zheng) do organismo e o da Energia Perversa (Xie). apressado (ji). pulso fino (Xi). insônia. melhorado pelo calor. O vazio se manifesta em seguida à insuficiência do Qi correto. dar um excedente ao Qi. rosto descorado. faces vermelhas. Vazio positivo manifestando-se como Plenitude aparente. boca e garganta secas.Yang-Vazio. sem força. temor de frio. a Plenitude se manifesta em seguida ao Excesso de Qi perverso. Terapêutica: Tonificar o Vazio. língua pálida. vertigens. Sinais do Yin que não controla o Yang: transpiração durante o sono. febre cíclica mais intensa à tarde. mente abatida. emaranhamento de Vazio e de Plenitude. VC4. fezes secas (obstipação)). língua pálida e molhada. Desaparecimento do Yin: transpiração quentes e pegajosas. diminuição da vista. deitado com as pernas dobradas. Formas enganadoras: Plenitude positiva manifestando-se como Vazio aparente. calor na palma das mãos. Desaparecimento do Yang: transpiração fria como pérolas. dificuldade para falar (por causa da energia).Desaparecimento do Yang. desenvolver o Yin). Yang vazio com sinais de Qi vazio: astenia psicossomática. membros frios. sola dos pés. formas evolutivas: Plenitude evoluindo em Vazio. A doença também é multiforme e pode apresentar sob numerosos aspectos: Sindromes de Vazio ou de Plenitude. raivas irracionais. língua sem revestimento. polipnéia. sustentar o correto (aquecer o Yang. Desaparecimento do Yin . O Yin e o Yang são os princípios gerais dos Ba Gang e nessa acepção abrangem os seis outros aspectos e permitem discenir e resumir o aspecto de uma doença utilizando as síndromes em relação com os outros princípios. VC12. às vezes interrompido. desejo de bebidas quentes. B13. urinas claras e fezes pastosas ou então oligúria e edemas. agitação ansiosa. B28. Vazio evoluindo em Plenitude. ausência de sede. P7. Acupuntura: R6. Sinais do Yang que não controla o Yin: temor do frio melhorado pelo calor. ou então rosto púrpuro por momentos. região precordial (região do coração). VG4. respiração superficial. YIN . BP6. pulso tênue (Wei) sem força.

Sintomas: vertigens. síncope (perda temporária de consciência . particularmente marcado ao nível dos órgãos Pulmão e Fígado e da Víscera Estômago. agentes patogênicos de origem externa. criando ptose de órgãos e prolapso.Qi abatido (Qi Xian): Representa uma variedade do Qi vazio na qual o Qi perde a capacidade de se elevar.Qi vazio (Qi Xu): Expressa uma diminuição da atividade fisiológica das vísceras (Zang Fu). VC4. ptose de órgãos. Qi do fígado insubmisso: cefaléias. sensação de dilatação abdominal. E36. . VC12. astenia. Orientação: Aumentar o Qi. Síndromes da Energia (Qi): . Sintomas: vertigens. VC4. Sintomas: Sensação reprimida e congestionada. desordem alimentar. as doenças graves de longa duração. o Sangue e os Líquidos orgânicos são ao mesmo tempo a base necessária ao funcionamento das vísceras (Zang Fu) e o resultado de sua atividade. pulso vazio (Xu) sem força. ofuscações da vista. desregramento alimentar. Etiopatogenia: o Qi se enterra e arrasta todos os órgãos para baixo. B20. ferimento após um esforço. ofuscações da vista. transpiração espontânea. vertigens.Qi insubmisso (Qi Ni) Revolta de energia: É um desregramento da subida-descida do Qi. ofuscações da vista. do Sangue e dos Líquidos Orgânicos podem ser a causa de perturbações no funcionamento das vísceras.Qi estagnante (Qi Zhi): A parada da circulação do Qi ou o bloqueio da atividade funcional de um órgão ou de uma parte do corpo são as causas da síndrome de estagnação do Qi. BP6. F3. do Sangue (Xue) e dos Líquidos Orgânicos (Jin Ye): A Energia. dispnéia. contusão. respiração curta embaraçando a conversa. . língua pálida. prolapso anal ou uterino. Orientação: Tonificar o Qi: R3. . Etiopatogenia: a senilidade (fraqueza intelectual resultante da velhice). BP6. B35. esgotamento. VC4. Sintomas: Qi do pulmão insubmisso: tosse. respiração curta. VG4.O diagnóstico das síndromes da Energia (Qi). revestimento branco. B23. agravados pelo esforço. VC6. As enfermidades da Energia. pulso fraco (Ruo). Orientação: fazer circular o Qi: VC12. fazê-lo elevar-se: VC12. Língua pálida.

Patogenia: o Qi não tem força para fazer circular o sangue. reprimir a insubmissão: P2. VC12. espasmomenorréia (dores com contrações na menstruação). transpiração espontânea. BP10. R3. E36.Sangue Vazio: O sangue deficiente está incapacitado para encher os meridianos e alimentar os órgãos. refrescar o calor. E40. febre ou perdas de sangue ou tumefação. VB38. Orientação: tonificar o Qi. o Baço e o Estômago vazios e fracos não podem cumprir a função de Produção-Transformação. fazê-lo circular: B20. TA3. Acúmulo de sangue com vazio de Qi: esgotamento. a estagnação de um acúmulo de sangue. B43. F3. febre. as êxtases sangüíneas se transformam em acúmulos. náuseas. tumefação (inchaço) dolorosa. F2. Sangue frio (Sangue alojado nos vasos sangüíneos) (Xue Mai): dores aliviadas pelo calor. retardado (Chi). vivificar o sangue: P9. B13. 3º caso: Calor resseca e queima o Sangue: refrescar o calor. Sintomas: agitação ansiosa podendo se transformar em demência agitada. corpo e membros frios. fazer circular o sangue: B20. oligomenorréia (pouca menstruação). VC4. Língua purpúrea ou com pontos roxos. pulso rápido. língua pálida. BP6. ofego (respiração difícil). pôr o sangue em movimento: BP6. E36. equimose (manchas de coágulos de sangue na pele). VC6. Nas mulheres. E36. Etiopatogenia: uma energia perversa de origem externa. lábios esbranquiçados. Orientação: Fortificar o sangue: B17. epistaxe <sangue no nariz>. . amenorréia (ausência de menstruação). áspero (Se). língua vermelho escuro. B43. F13. produzir sangue novo: VC4. Causas: perdas de sangue abundantes. F3. que bloqueiam a circulação e suscitam dores fixas. . F2. vertigens e ofuscações da vista. Orientação: fazer descer o Qi. ofuscações da vista. língua pálida e baça. BP9. Etiopatogenia: Acúmulo de sangue bloqueando a produção de sangue novo. Etiopatogenia: o frio que é de natureza Yin tem como função coagular e lesar o Yang Qi. desfazer os agregados. dores aliviadas pelo frio. B43. VB34. B20. 2º caso: Calor penetra na câmara do sangue: conciliar e fazer difusar. Qi do estômago insubmisso: soluço. reabsorver as tumefações: E25. formigamentos nas mãos e nos pés. insônia. BP6. vômitos de sangue. Orientação: aquecer os vasos. palpitações. E36. pulso fino (Xi) sem força. B14. palpitações. Sangue e Calor se agregam: representa a agregação do Calor e dos Acúmulos de Sangue. Sintomas: cor do rosto macilena ou amarelo desbotado. Orientação: 1º caso: Calor e Sangue se agregam nos Intestinos e no Estômago: dispersar o calor. o ferimento de uma sensação. VC4. BP6. agravamento dos sintomas à noite. vômito. B17. hematúria <urina com sangue>. eliminar os coágulos. despedaçar os acúmulos. Observarse-á todos os tipos de espoliações sangüíneas (hematêmese <vômito de sangue>. BP10. B21. a disfunção de uma víscera. boca seca mas sem o desejo de bebida. BP10. Acúmulo de sangue com vazio de sangue: vertigens. .Sangue Quente: são as afecções nas quais o Calor penetra ou se encontra na cama do sangue. F3. IG4. insônia. dores localizadas não melhoradas pela pressão. B54. Orientação: alimentar o sangue. pulso profundo (Chen). ID3. BP10. Etiopatogenia: ataque de um agente patogênico Calor de . regurgitações. E36. F13. BP6. pulso fino (Xi) e áspero (Se). E36. não melhoradas pela pressão. língua pálida apresentando pontos roxos.Sangue em acúmulo: É proveniente de sangue extravasado que não é reabsorvido e da estagnação de sangue nos vasos ou em um órgão.devido a má perfusão sangüínea).

sensação de bolas (Pi) ou de massas no peito. VC12. Sintomas: Garganta seca. P7.Vento-Mucosidades: as mucosidades são abundantes e provocam um Vento interno. pulso fino (Xi). Etiopatogenia: quando o Yin está fraco. Orientação: umidificar a secura. náuseas. dissolver as mucosidades: VC9. calor. ID9. dissolver as mucosidades: VG26. Orientação: refrescar o calor. F3. umidade. sede. transpirações profusas. VC12. frio. . abundância de mucosidades. É causada por excesso alimentares (bebidas e comidas açucaradas demais ou gordurosas demais). de Humores Viscosos (Yin). poliúria (secreção excessiva de urina). incoercíveis. pulso mole (Rui). P9. Orientação: Expulsar o vento. Orientação: secar a umidade. fezes secas. cíbalos (prisão de ventre). não podem mais executar corretamente sua ação de irrigação e de contribuição de alimento. estertor (respiração rouca e crepitante). VC4. pele seca e desidratada.Síndromes Mucosidades (Tan): representam a associação de mucosidades com sinais de energias perversas: vento. E40. F3. deslizante (Hua). afasia (perda do poder de expressão pela fala. retardado (Chi). E40. pulso deslizante (Hua) e rápido (Shuo). Orientação: aumentar os líquidos orgânicos: B21. Etiopatogenia: O Yang Qi do organismo está potente demais. F14. revestimento lingual espesso e gorduroso. VG20. P1. expectoração de mucosidades brancas e fluídas. Etiopatogenia: ataque por energia perversa. o Yang torna-se demais potente e o Vento interno se agita. VC12. VB41. . Síndromes dos Líquidos Orgânicos (Jin Ye): Deficiência dos líquidos orgânicos = Quando os líquidos orgânicos estão deficientes. . Sintomas: vertigens.origem externa.Umidade-Mucosidades: anorexia (inapetência). não se pode mexer os membros. desvio da boca e dos olhos. R8. secura. B40. assim uma doença de secura interna se desenvolve. E40. Estagnação dos líquidos orgânicos: provocada por um desregramento funcional das vísceras. .Frio-Mucosidade: temor do frio melhorado pelo Calor. e o Baço em estado de vazio não pode assegurar a sua função de transporte. língua seca. E40. garganta seca e dolorida. tosse com mucosidades amarelas e espessas. dissolver as mucosidades: B13. IG4. pouca saliva. pulso fino (Xi). . R2. Etiopatogenia: a umidade fria de origem externa embaraça o pulmão e o Baço. rápido (Shuo). deslizante (Hua). BP9. P5. VC17. às vezes acesso de demência. TA5. Etiopatogenia: frio perverso de origem externa. . R6. falta de contribuição hídrica.Secura-Umidade: expectoração difícil de mucosidades espessas e pegajosas. perda brutal dos sentidos. vômitos abundantes. fadiga. BP6. pela escrita ou pela sinalização.Calor Mucosidades: febre com agitação e irritabilidade. PC6. língua seca. VG14. calor interno que queima e condensa os líquidos orgânicos. língua rígida. . dissolver as mucosidades: IG11. ofuscações da vista. hão agressão por Calor perverso. de edemas (Shui Qi). B23. B40. VG15. pouca ou nenhuma saliva. o fígado congestionado produz Fogo. Orientação: dissolver as mucosidades pelo Calor: VC4. pulso profundo (Chen). por lesão cerebral. vais se manifestar sob forma de mucosidades (Tan). R3. PC8. fezes duras. BP10. oligúria (diminuição do volume da urina). lábios queimados. vivificar o sangue: BP6. garganta dolorida. secura de origem externa. às vezes presença de sangue nas mucosidades. VB34. VG4. inspiração limitada e difícil. o Yin torna-se potente demais. B60. rápido (Shuo). Etiologia: a insuficiência dos líquidos orgânicos é muitas vezes provocada por: abundância de calor. VB28. VC22. sensações de peso. perdas de sangue. boca e nariz secos. VC6. hemiplegia. vômitos. ou da capacidade de compreensão da palavra escrita ou falada. e sem alteração dos órgãos vocais). B20. Orientação: Dispersar o calor. resfriamento brutal do corpo. o Yang declina. dores tenebrantes nos ossos. ID15.

circular a água: B20. às vezes febre com temor do frio.Sídromes Humores Viscosos (Yin): . VG12. ou então não deseja beber. permanecer em lugar úmido. Tratamento: liberar a função de difusão do Pulmão. Humores abundantes. (Pleurite <inflamação da pleura>). VG14.Calor e umidade próspera e estagna: edema generalizado. . B13. BP9. revestimento lingual gorduroso. oligúria (diminuição do volume da urina). um excesso de fadiga. E40. vermelha. B21. B42. pulso em corda (Xian) e tenso (Jin). VC6. em corda (Xian). VG9. P5. Tratamento: refrescar o calor. . palpitações. E36. BP9. deslizante (Hua). revestimento lingual branco. B23. B11. humores espumosos claros. Por causas internas: um desregramento qualitativo ou quantitativo na alimentação. Inibição por água-umidade: edemas generalizados. VC6. opressão no peito. oligúria (diminuição do volume da urina). VC3. brilhante. VC2. E28. iniciando-se nas pálpebras. . dispnéia. fazer circular a umidade: VC9. enfisema. língua pálida.Xuan Yin = os líquidos ficam nos flancos: dores nos flancos agravadas pela tosse e as expectorações. revestimento lingual branco e deslizante. P3. VG26. B47. movimento de líquido no Estômago. fezes secas ou pastosas. ID15. bradipnéia (respiração lenta. IG4. espumosos. fraca). E36. Zhi Yin = os humores ficam no tórax ao nível dos brônquios (Zhi): tosse asmática podendo suscitar vômitos. Excessos sexuais ou fadigas mentais causam uma diminuição do Qi dos Rins. pulso profundo (Chen). tosse asmática.. B45. sob cada hipocôndrio) inchados. vertigens.Yi Yin = Quando os humores viscosos se transbordam e vão estagnar nos membros. ausência de transpiração.Edemas (Shui Qi): por causas externas: ataque externo do vento perverso. deslizante (Hua). . enfraquecem progressivamente o Baço. febre com temor do vento. R5. fatigada. mole (Ru). edema no rosto. B20. em altura. expulsar o Yin: VC17. sensação de intumescimento e de opressão toracoabdominal. Tratamento: fazer circular o Yang e fazer fluir a água: VC9. revestimento lingual branco e gorduroso. B12. B43. VC22. B43. vômito de humores fluidos e claros. Tratamento: perseguir o Shui Yin: B11. que se situam. BP6. doença cardiopulmonar. Tratamento: fortalecer o Baço. dores articulares. luminosa. IG4. revestimento lingual branco e deslizante. revestimento lingual amarela. anorexia (inapetência). VC6. P2. ofuscações da vista e vertigens. pulso mole (Ru). Bronquites agudas ou crônicas. F13. B44. sensação de dilatação do tórax.Tan Yin = acúmulos de humores viscosos no Estômago: peito e flancos (cada uma de duas regiões abdominais laterais. dispnéia (respiração difícil). BP2. . VB41. estendendo-se a seguir ao rosto. VG4. polipnéia (excesso de respiração). a rotação do tronco e as respirações profundas suscitam dores. pesados.Edemas vazios = O Yang do Baço não circula: rosto murcho. atravessar extensões de água. sensação de frio. oligúria (diminuição do volume da urina). criando edemas semelhantes àqueles causados pelas doenças da água (Shui Qi): membros doloridos. ausência de sede. oligúria. E36. fadiga com sensação de peso e lentidão do corpo. direita e esquerda. B45. febre com irritação e agitação ansiosa. Tratamento: dispersar o pulmão. TA6. fezes não aglomeradas. pulso em corda (Xian) e tenso (Jin). fazer circular a água: VC5/VC3. garganta inchada. Tratamento: aquecer e dissolver o Tan Yin: VC12. cefaléias. fazer circular a água: B13. E36. aos membros e ao corpo todo. pele úmida. edematosos. R7. o corpo e os membros frios. favorecem a penetração e acumulação da umidade no corpo: edema de aparecimento rápido. vontade de vomitar. B42. pulso profundo (Chen) e lento (Huan). E40. mente entorpecida. pulso superficial (Fu). P7. tosse. B13. brancos. . Tratamento: dissolver pelo calor. BP6. F14.Yang dos Rins vazio e fraco: rosto . B13. alargamento dos espaços intercostais. dolorosa. IG4. gorduroso. estar submetido à chuva. B20. pulso em corda (Xian).

ID5. Raramente encontramos uma pessoa que não tenha experimentado este sintoma em algum momento de sua vida. vento-calor aliviar o exterior. IG4. atividade/descanso. De acordo com a melhora e a piora: fora do dia. Pulso: TA4. TAIYANG. Occipital. puxão (aperto. vento do fígado. facada perfurante. cor branca e brilhante. Vento-Mucosidades turva. vitalidade fraca. retenção de alimento estase de sangue. expelir o vento e remover a obstrução dos meridianos: IG4. ID3. R3. clarear o Calor. ID11. Occipital: B10. Lombalgias. ou profundo (Chen) e retardado (Chi). Deficiência de Sangue. etc. acompanhada de rigidez. Ombro: ID9. Jianneiling. deslizante. De acordo com o tipo da dor: Surda. E8. atividade sexual. estagnação do Qi do fígado. TAIYANG). sensação de peso. TA5. IG14. TA5. ID8. BP6. ID12. calor do estômago. B11. Umidade. F8. tendões e juntas devido a invasão externa do Vento. pulso profundo (Chen) e fino (Xi). VB21. TA14. Têmporas. fogo do fígado. ID10. ID15.inchado. Frontal. VG14. anorexia. vento-calor. Deficiência do Rim. Atrás dos olhos. VC4. PC7.Síndrome da Obstrução Dolorosa (Bi): Dor. Vértice: VG20. Cotovelo: IG11. com tremor ao frio. B10 sedando. B23. VC8 (moxa). C5. Cefaléias de origem interna dores de cabeça por excesso: Ascensão do Yang do Fígado esta é provavelmente a mais comum de todas as cefaléias internas: Pacificar o fígado. VG14. BP5. ID14. Frio. VB20. Ombro: IG15. BP6. Temporal: VB8. etc. língua pálida. Cefaléia de origem externa: vento-frio aliviar o exterior. tensão). B60. menstruação. compressão. expelir o vento. sensação de vazio. F5. Tratamento: aquecer o Rim Yang. umidade. VG19. E36. formigamento dos músculos. expelir o vento. clima. Níveis de Cefaléia É um dos sintomas mais freqüente encontrado na prática clínica. vento-umidade. Pontos adjacentes: Pescoço: VB21. Interior: Tipo Excesso: Yang do fígado. eliminar a umidade e remover a obstrução dos meridianos: P7. mucosidade turva. BP6. vento-umidade aliviar o exterior. TA15. Diferenciação de tratamento: Exterior: vento-frio. PC6. gosta de calor. Cabeça inteira. E40. Lados da cabeça. VB14. VG16. VB41. Tipo Deficiência: Deficiência de Qi. TA5 sedando. IG14. Os principais pontos distais para esta Síndrome de acordo com os meridianos são: P7. De acordo com as áreas: Topo da cabeça. alimentação. VB20. sensibilidade. Fito: Tian Ma Tou Feng Ling. . joelhos pesados. grossa. conter o Yang rebelde. emoções. IG10. IG6. ID13. TA10. IG5. Tratamento: trata-se a origem e a manifestação. VG23 sedando. VB20. estagnação do frio do Meridiano do fígado. Cotovelo: ID13. nutrir o sangue do fígado ou o Yin do fígado e/ou o Yin do Rim: F3. revestimento lingual branco. dor em distensão. fazer diluir a água: B20. R4. dispersar o frio e remover a obstrução dos meridianos: P7. ID4. Pontos locais: Frontal: VG23. Pontos locais: Pescoço: B10. escroto úmido e frio. Noções gerais da Acupuntura . VB20. TA13. e pontos Ah Shi). VG21.

Existem possibilidades de que alguns acidentes ocorram na aplicação da Acupuntura. A tonificação e a dispersão da Acupuntura constituem dois métodos terapêuticos diferentes. o método de dispersão para as síndromes de tipo Shi (plenitude). retenção de categute na pele. após haver chegado a reação da agulha. o terapeuta deve estar tranqüilo para poder tratá-los adequadamente. embora seja um método terapêutico seguro e apresente poucas reações secundárias. a fim de reforçar a sensação da agulha e manter o efeito da mesma. Pi utilizada para extrair o pus. com a finalidade de reduzir a dor que pode produzir-se durante a inserção. Semelhante a fio. Acidentes comuns: Desmaios retira-se todas as agulhas e deita-se o paciente em decúbito ventral com a cabeça virada de lado. A inserção da agulha geralmente segura-se a agulha com a mão direita. Horizontal ou subcutânea = inserir de 15 a 25º. PC6. O Acupunturista deve sentir uma força de resistência contra a agulha quando aparece as sensações que é denominada "Chegada do Qi". Precisa-se observar corretamente o ângulo e a profundidade da agulha. Por falta de destreza da técnica. Para casos gerais. Por não conhecer perfeitamente as contra-indicações. VC4. A mão esquerda é conhecida como a mão da pressão que serve principalmente para imobilizar a agulha e localizar o lugar do ponto. Após a introdução da agulha. injeções nos pontos de acupuntura. VC6. sangria com as agulhas. Por equívoco das localizações anatômicas. E36. São os seguintes: Acupuntura com agulhas filiformes (delgada como um fio. Hao que é a mais usada entre todas. raios laser. agulhas cutâneas. As antigas nove agulhas são: Chan utilizada para as punções superficiais.Existem vários métodos de Acupuntura e de moxa. Feng cujo uso era para a sangria. ou seja. a fim de manter o estímulo da punção. ou moxa nos pontos VG20. Desta maneira serão evitadas conseqüências graves. Nos primórdios da Acupuntura utilizavam-se agulhas de pedra afiadas no tratamento das doenças. Yuan que servia para as massagens. deve-se pressionar os pontos VG26. Arranhar o cabo da agulha. efetuam-se determinadas manipulações para que o cliente sinta alguma reação. deve-se retê-la por algum tempo. estabelecidos de acordo com a teoria de aplicar o método de tonificação para as síndromes de tipo Xu (deficiência) e. agulhas magnéticas. indicador e o médio pega-se o cabo da agulha. Chang para as punções mais profundas e Da que serve para tratar as doenças articulares. Diante dos possíveis acidentes. A acupuntura chinesa é uma ciência criada e desenvolvida pelos nossos antepassados na sua luta contra as doenças. Manipulações básicas: Movimento de puxar e introduzir a agulha. agulhas auriculares. Estas agulhas de pedra chamavam-se Bianshi que eram as mais primitivas agulhas na história da Acupuntura. pode0-se deixá-la conforme o caso de 10 a 20 minutos. moxa. As causas dos acidentes são as seguintes: Por negligência na aplicação. com a finalidade de aumentar a eficácia e evitar acidentes. Após introduzir a agulha. imobilizando a zona próxima ao ponto com os dedos polegar e indicador da mão esquerda e com a mão direita manter a agulha praticando movimentos suaves de rotações horária e anti-horária até que a agulha esteja na região subcutânea e neste momento retira-se a agulha rapidamente. Os métodos de tonificação e dispersão são aplicados após a chegada do Qi. a qual é conhecida como a mão de inserção: com os dedos polegar. agulhas quentes. fraca. Agulha . Localização dos pontos e o estado do Cliente. fina). Aspecto físico. agulhas intradérmicas. Oblíquo = inserir em direção oblíqua de 45º . Di com a qual fazia-se a pressão. casos de cólicas. pode-se retirar a agulha após a chegada do Qi ou. com a unha do dedo ou acupuntura. Geralmente a agulha pode ser inserida de três formas: Perpendicular = inserir em ângulo reto. quase paralela a pele. A agulha deve ser retirada suavemente. deve-se reter a agulha por mais tempo e neste caso deve-se manipular a agulha durante sua retenção. Dar pancadas leves na agulha e Vibrar a agulha. Nas doenças dolorosas crônicas e. Método da rotação da agulha. A profundidade varia de acordo com as Condições físicas do cliente. o que se chama manipular a agulha. Yuanli para as punções rápidas. eletroacupuntura. Deve-se inserir a ponta da agulha pela força dos dedos e com movimentos rápidos. crânio-acupuntura e anestesia por acupuntura.

defumar e cobrir o ponto o área afetada. segundo a M. se ainda visível. Tais medicamentos. nos pontos localizados na parte inferior do abdome em mulheres com menos de 3 meses de gravidez e os pontos IG4. em forma de pistocagem sobre a pele). Pneumotórax Traumático Þ Um acidente que pode ocorrer na prática clínica pela lesões dos pulmões provocada por perfurações das agulhas. As matérias-primas usadas na moxa. Agulha quebrada Pela mudança de posição do paciente e por não haver tratado convenientemente os casos das agulhas retidas e dobradas. VB21. vertigens. prolapso uterino. tanto para beber como para uso externo. Prestar atenção para não afetar os órgãos vitais ao aplicar a Acupuntura. com os dedos ou com uma pinça. atuam eliminando o Vento e a Umidade. B67. Na clínica utilizase vários métodos de moxa: moxa com cones (direta e indireta). moxa com agulhas aquecidas (um fragmento de 1 a 2 cm. anemia. cujas folhas servem para a fabricação de medicamentos tradicionais. BP6. A artemísia é uma planta composta. deve-se rodá-la para o lado contrário esperar algum tempo e depois retirá-la. ulceradas e zonas de tumores e cicatrizes. deve-se localizá-lo com raios X e realizar uma extração cirúrgica. B60. moxa em forma de bastão (com calor moderado. Indicações da moxa: ativar a circulação da energia e do sangue e eliminar a umidade e o frio. Precauções: Não aplicar Acupuntura em pacientes com fome. Se o corpo da agulha introduziu-se por completo na pele. diarréia e disenteria crônicas. fazendo com que o ar entre na cavidade torácica. cuja técnica consiste em utilizar determinadas substâncias para queimar. fatigados e nervosos. metrorragia (hemorragia do útero).C. Aconselha-se ao paciente relaxar. nos lados da 11ª vértebra dorsal e os pontos acima do 8º espaço intercostal e da região anterior do tórax. galhos de árvores e ervas. prolapso anal. Agulha dobrada porque o paciente mudo de posição. Não puncionar nas partes infectadas. enurese (incontinência da urina). Evitar os vasos sangüíneos para prevenir a hemorragia.retida deve-se ao fato do paciente estar muito nervoso com a acupuntura e que produz fortes contrações musculares. amenorréia (ausência de menstruação) e lactação insuficiente causadas por deficiência e fraqueza de energia e de sangue. para que o calor penetre o corpo do paciente através do corpo da agulha). eram no princípio. Não puncionar os pontos na parte parietal dos bebês enquanto a fontanela não estiver fechada. escrófula (tuberculose ganglionar e . Retirar a agulha em direção da dobra da agulha. Para evitá-lo é bom prestar bastante a atenção no ângulo e à profundidade da agulha quando se punciona os pontos na cavidade supraclavicular. aquecendo os Canais de Energia e provocando a hemostasia (ação ou efeito de estancar uma hemorragia). Começaram a usar folhas de artemísia como matéria principal para a moxa no período dos Estados Combatentes da Primavera e Outono.T. etc. mastite (inflamação da mama). Moxaterapia A moxa constitui uma parte importante da ciência da Acupuntura e é um método terapêutico externo. de bastão de moxa no cabo da agulha e acendêlo. Retirar o pedaço quebrado. acima do 6º espaço intercostal. Em pacientes femininos não realizar acupuntura durante os dias de menstruação. Por pequena hemorragia e o aparecimento de pontos arroxeados deve-se comunicar ao paciente que os mesmos desaparecerão espontaneamente. Hematoma por lesão dos vasos sangüíneos durante o processo da punctura. A queima da moxa produz estímulos de calor que regula o equilíbrio das funções fisiológicas do corpo agindo sobre os Canais de Energia e os colaterais.

por exemplo. esta deve ser imobilizada com um pedaço de esparadrapo. ciática.. estica-se a pele vizinha ao ponto com os dedos polegar e indicador da outra mão. porque serve para eliminar a estagnação. pois estas agulhas são utilizadas para tirar pouco sangue. . VC6. IG1. Para desintoxicar e para tranqüilizar a depressão e distúrbios mentais maníacos. Pode estimular o coração. de síndrome do tipo calor e nos pacientes com febre produzida por deficiência de Yin. VC4. mas curtas (26 e 28) para os 12 pontos Ting (poço) e os 10 pontos Shixuan (extras). Indicações: neurastenia. não usar moxa nos casos de síndrome do tipo Shi (excesso). para tratar edema e dor de laringe. ativar a circulação do Qi e do Sangue e unir os canais de energia e colaterais. na insônia e convulsões. A sangria tem efeitos para eliminar as coceiras. deixa-se por meia hora.5 de comprimento e a aplicação é feita com pinças hemostáticas. sangrando os pontos P11.linfático nos moços) de furúnculos não purulentos. Indicações: Abaixar a febre. e em seguida puxa-se a pele até a ponta da agulha. em seguida. convulsões dos músculos faciais e tremores nas mãos ao escrever. ou seja. Contra-indicações: aplicar a moxa com muito cuidado para não queimar o paciente. pois pode-se observar a quantidade de sangue retirada. Acalmar a asma. introduz-se a agulha lentamente de forma horizontal até que alcance a uma profundidade de 3 a 8 mm. Acalmar a dor desobstruindo um Canal de Energia nos casos de estagnação de Qi (energia) e na estase de sangue. com o propósito de equilibrar o Yin e o Yang. Para abaixar a pressão arterial. A técnica das agulhas permanentes. para que fique retida no corpo durante algum tempo com o objetivo de tratar de determinadas doenças crônicas ou rebeldes. os vômitos e a epistaxe. E como instrumentos auxiliares da sangria são utilizadas as ventosas de tamanhos diferentes e a ideais são as de vidro. dor de estômago. cefaléia. nevralgias de trigêmeo. Agulhas intradérmicas São punções superficiais com agulhas finas de aço inoxidável com o cabo igual um grãozinho e tem de 1 a 1. Como antiinflamatório. E36 a moxa pode ativar o fator de resistência e fortalecer a resistência do organismo. etc. Utiliza-se agulhas filiformes grossas. Sangria É um método terapêutico externo que consiste em perfurar os capilares dos vasos sangüíneos ou as veias superficiais com agulhas de três faces para tratar as doenças. é muito eficaz. para abaixar o calor do Pulmão sangrando o ponto P11 e IG11. doenças ginecológicas e distúrbios climatérios. enurese. Aplicando a moxa nos pontos VG14. Após a esterilização cutânea pega-se o cabo da agulha com uma pinça e. após a introdução da agulha. disfalgia (dificuldade de engolir) sangra-se o ponto R2.

promover o parto. prolapso anal. bronquite. traumas. enurese. por exemplo desmaio ocorrido pela acupuntura e convulsões. Indicações: para tratar paralisias. por exemplo. Indicações: Anestesia por acupuntura. etc. prolapso uterino. cefaléia. gastralgia. ciática. Pois dispensa o uso de qualquer objeto. a eletroacupuntura é aplicada na clínica para tratar as doenças.Eletroacupuntura É utilizado como método terapêutico pelo efeito geral que é produzido ao estimular. assim como para a anestesia por acupuntura. histeria.C. dores do pós parto. para tratar as doenças. A energia dos rins sobe ao ouvido. Auriculoacupuntura Consiste em perfurar com agulhas os pontos auriculares ou estimulá-los com outros métodos e seu efeito terapêutico é obtido com rapidez. além de provocar a indução ao penetrar os pontos. esquizofrenia. assim a função do ouvido é boa quando a Energia dos Rins estiver em harmonia e pela deficiência de energia dos rins ocorre a surdez. produz também os estímulos elétricos que substituem as manipulações manuais. com a corrente elétrica. dura . diarréia. etc. paralisia facial. os pontos dos Canais de Energia. hemiplegia. embora apresente melhores resultados no tratamento da nevralgia e de paralisia dos nervos. Qualquer aparelho de eletroacupuntura pode ser usado na clínica. A M. obstrução. Lombalgias. Cada punção com o dedo usando a ponta da unha. dores pós operatórios. Digitopuntura É um dos métodos terapêuticos chinês que consiste em pressionar com a ponta dos dedos polegar e médio determinados pontos ou partes do corpo. vertigens.T. ataques piléticos. etc. herpers-zosters. seqüelas de poliomielite. refere-se que o ouvido tem relações estreitas tanto com os Canais de Energia quanto com os órgãos internos (Zang-Fu). dor de dente. A corrente elétrica que passa ao corpo através da agulha. o intumescimento e a afasia de origem cerebral. no diagnóstico das doenças e prevenção e tratamento das mesmas. contando que se possa controlar a voltagem de saída e a intensidade necessária. É largamente usado em crianças e recurso no tratamento de urgência. Crânio-Acupuntura Consiste em puncionar determinadas áreas específicas do couro cabeludo para tratar as doenças de origem cerebral. asma. Por isso. Indicações: são as mesmas que a da acupuntura tradicional. dor de estômago. hipertensão.

YINTANG. B52. osteoporose constatada por exame e controle de reposição . epilepsia. Estevam de Toledo. sucesso no cateterismo. revestimento lingual branco. • Sr.. E36. ventosa com sangria. asma.cerca de 1 a 3 minutos a aplicação. Aurículo: shen-men. VC17. fraco. Apresentando tensão. insônia. com vazio do Qi do coração. 2 x semana. diarréia. Ventosas É um método terapêutico que consiste em utilizar as ventosas com a finalidade de tratar as doenças. • Sra. angústia e claustrofobia. supra-renais. enjôos. bambu. VG20. Indicações: resfriado. YINTANG. profundo. rosto descorado. rim. depressão. Ana da Costa Mendes. com angústia. Velhice. 04 CASOS CLÍNICOS: • Sr. vômito. etc. Melhora de 95%. C3. picadas de serpentes venenosas. João Câncio. s. Princípio terapêutico: Alimentar o sangue e estabilizar a mente: Tui-Na nos meridianos yin e Yang dos braços e pernas e toda cabeça. língua pálida. amnésia.n.n. Indicações: reumatismo. resfriado. 67: Cliente apresentou queixa de dores lombares crônica e na perna esquerda. neurastenia. tosse.v. Tipos de ventosas: argila. tosse. s. Pulso fino. supra-renais. BP6. Durante 02 meses. Fito: Liu Wei Di Huang Wan. 20 sessões. asma. B23. Tratamento: fortificado o Qi do Coração e Yin dos Rins: B14. rancor. VC12. vidro. coração. PC5. cérebro. R7. dor de estômago. PC6. Técnicas de aplicação: ao calor do fogo. etc. neurastenia. 53: Cliente com crise emocional pós operatória de angina pectoris e troca da válvula aórtica. rim. enfarte há 6 meses. 61: Cliente apresentou queixa de dores no ombro direito e joelho direito. também: Acupuntura: C3. torções. Vazio de sangue do coração e vazio de yin do coração: palpitações. ventosa móvel. lábios e língua de cor pálida. 2 x semana. ventosa com acupuntura.. coração. dor abdominal. dor abdominal. fígado. Tui-Na nas costas e na cabeça. Fito: Sumalium. 30 sessões. a vapor. Melhora de 90%. mau humor. B17. R3. R3. Aurículo: shen-men. paralisia facial. após. ventosa rápida. insônias. VG4. Vazio do Yin dos rins. VC6. paralisia facial. pulso fino e fraco. tirando o ar com seringa. Aplicando-as na pele produz uma pressão negativa que tem o objetivo de drenar o sangue. disenteria. B15.v. depressor.

Tui-Na no ombro e perna. gastrite. baço. BP6. ombro. Melhora de 90%. s. cérebro. irritação. Tratamento: expulsar agente patogênico das articulações: moxas nos pontos: IG4. IG4. VB21. joelho. YINTANG.. E36. s.v. IG11. urina amarelo escuro. coração. BP9. Tratamento: refrescar e espalhar o fogo do fígado: VG20. SISHENCONG. insônia. boca amarga. dismenorréia. coração. secreção glandular. supra-renais. Hercília. Sra. F3. 30 sessões. VB34. nervosismo. IG11. angústia. depressão. IG14. 2 x semana. 30 sessões. BP9. SISHENCONG. E35. pulso em corda e rápido. Tui-Na em toda a cabeça. língua vermelha.n. DUBI. E36. revestimento lingual amarelo e grosso. Fito: Lung Dan Xie Gan Pills. Melhora 100% . IG15. Pulso fino. IG20. bruxismo. C7.v. PC6. EXTRAS DO OMBRO. fígado. VG23.• hormonal (Climene). Aurículo: Shen-men. B2. TA14. E40. VB41. BP10.n. fígado. Aurículo: Shen-men. rim. YINTANG. E34. Síndrome Bi congelando os ombro e joelho esquerdos.. VG20. supra-renais. VB34. VB20. ID9. Fito: Eight. 2 x semana. profundo. rim. Sistêmica: VB20. 32: Cliente apresentou queixa de dores de cabeça crônica. VB14. pesadelos. enurese noturna.