You are on page 1of 6

BALANCED SCORECARD – Ferramenta de gestão estratégica

Reika Camilla ¹
Adenilson Tomé ²

RESUMO

O planejamento estratégico é um processo que visa a tomada de decisão
com objetivos pré-definidos, tendo como um aliado o Balanced Scorecard
que é um sistema importante na área administrativa . Baseado na
pesquisa a bibliografia, defini-se o principal usuário desta ferramenta, o
gestor. O BSC é uma ferramenta de gestão estratégica para transformar a
estratégia da empresa em objetivos e metas .

PALAVRAS CHAVE: Balanced Scorecard. BSC. Planejamento. Estratégia. Ferramenta
administrativa.

Mossoró - RN
2010

______________________
¹Graduando em Ciências Contábeis, pela Faculdade de Ciências e Tecnologia
Mater Christi - RN.
²Graduando em Ciências Contábeis, pela Faculdade de Ciências e Tecnologia
Mater Christi - RN.

Robert Kaplan e David Norton propunham o Balanced Scorecard. antes que se requeira uma ação. a execução da estratégia. De acordo com KOTLER (1975.” Isto é. como um modelo de avaliação da performance empresarial. pag. estabelece o propósito de direção que a organização deverá seguir para aproveitar as oportunidades e reduzir riscos. pag. 78). do estabelecimento de uma diretriz organizacional e da formulação da estratégia organizacional. Observando FISHMANN & ALMEIDA (1991). . conceituava e verificava as suas etapas proporcionando o desenvolvimento da metodologia de gestão estratégica da organização. e como fazê-lo. INTRODUÇÃO Observa-se que inicio da década de 1990. Nesse contexto tem-se como problema de pesquisa: Qual a finalidade do Balanced Scorecard ? Para isso será preciso conceituar planejamento estratégico e o BSC. A metodologia usada foi: a pesquisa bibliográfica (textos científicos e publicações da área) e eletrônica. é um processo de decidir o que fazer. através da análise do ambiente de uma organização. PLANEJAMENTO ESTRATEGICO Para ACKOFF (1978. tomada antecipada de decisão. as organizações ficam impossibilitadas de conseguir os benefícios da realização de uma análise organizacional. entende-se que planejamento estratégico é uma técnica administrativa que.1.” Então. dos seus pontos fortes e fracos para o cumprimento da sua missão e. uma ferramenta no Planejamento Estratégico. 87). 2. cria a consciência das suas oportunidades e ameaças. que além de considerar os indicadores financeiros. “o Planejamento Estratégico é uma metodologia gerencial que permite estabelecer a direção a ser seguida pela Organização. “planejamento é algo que fazemos antes de agir. através desta consciência. visando maior grau de interação com o ambiente. 2 . verificar suas etapas e aplicações e verificar os usuários do BSC.

Comunicar e Associar Objetivos e Medidas Estratégicas. de inovação.1 BALANCED SCORECARD (BSC) Rocha (2000) define o Balanced Scorecard como: “o Balanced Scorecard é mais do que um sistema de medidas. Os principais objetivos do BSC estão vinculados ao alinhamento do planejamento estratégico com as ações operacionais da empresa através de: Esclarecer e traduzir a visão e a estratégia. implementação e execução. Perspectiva do Aprendizado e Crescimento: Identifica a infra-estrutura necessária para gerar crescimento e melhorias em longo prazo. De acordo com seus criadores. Melhorar o Feedback e o Aprendizado Estratégico. 2. 23). ele oferecerá um mecanismo valioso para a tradução dessa estratégia em objetivos. Rocha (2000. Perspectiva dos processos internos: Definir o que a organização deve fazer para atender as expectativas dos clientes. como a demanda do cliente por esse valor deve ser satisfeita e o motivo pelo qual o cliente vai querer pagar por ele. devendo também traduzir a visão e a estratégia de uma unidade de negócios em objetivos e medidas tangíveis. e medidas internas dos processos críticos. não para sua formulação”. aprendizado e crescimento”. dos processos de negócios internos e de aprendizagem e crescimento). do cliente. medidas e metas específicas. “o Balanced Scorecard é basicamente um mecanismo para a implementação da estratégia. no qual concede um diagnóstico do desempenho operacional de uma organização e estabelece quais medidas irão impulsionar o seu futuro: Perspectiva financeira: Indica se a estratégia da organização. 3 . que representam o equilíbrio entre indicadores externos voltados para acionistas e clientes. Estabelecer Metas e Alinhar Iniciativas Estratégicas. pag. 42) Sendo assim. Planejar. pag. estão contribuindo para a melhoria financeira. Consistindo em quatro perspectivas (financeira. entende-se que o BSC é uma ferramenta para a tomada de decisão. Kaplan e Norton (1997. sendo assim. Perspectiva do cliente: Descreve as formas nas quais o valor deve ser criado para os clientes.

Somente assim as empresas serão capazes de não apenas criar estratégia. você deve possuir indicadores que cubram as diferentes áreas da uma organização. esses objetivos estão relacionados às principais limitações do modelo de planejamento estratégico. 2.1: Perspectivas do Balanced Scorecard Fonte: Wikipédia. que garantiriam o contínuo crescimento da organização. Kaplan e Norton (1997) afirmam que.2 Múltiplos indicadores e o monitoramento contínuo. 4 . que tem como principal fator o de comunicar a estratégia e testar as suposições estabelecidas no momento do planejamento estratégico. Fig. 2007 Sendo assim. Em analise. Critérios de avaliação e controle de resultados com décadas de aplicação e com resultados comprovados passaram a não apresentar resultados significativos na hora de sugerir ações de longo prazo. os indicadores devem traduzir a estratégia da empresa e devem ser utilizados para auxiliar qualquer um na organização a atingir as prioridades estratégicas. dentro de uma organização. mas implementá-las.

podem-se definir atividades específicas de controle como: estabelecer padrões de desempenho que indiquem o progresso rumo aos objetivos de longo prazo. de seus objetivos. REFERENCIAS BIBLIOGRAFICAS ACKOFF. executar ações para corrigir problemas. Segundo MAXIMIANO (2006. 5 . Planejamento empresarial. Percebe-se então que o Balanced Scorecard deixa de ser considerado um simples sistema de medidas operacionais e se torna num influente sistema de gestão estratégica. o monitoramento deve ser realizado com base nos mesmos indicadores utilizados na hora de se elaborar o planejamento estratégico. sobre seu progresso e desempenho. L.1978. 3. O Balanced Scorecard tem como a finalidade ser uma ferramenta administrativa para transformar a estratégia da empresa em objetivos e metas. e. ou seja. de seus processos de produção. Observando Bateman (2000). por último. Ou seja. 1. sendo assim deve ser utilizado por executivos que precisam tomar uma série de decisões a respeito de suas operações. CONSIDERAÇÕES FINAIS Ao definir o Planejamento Estratégico. o que se quer ser no futuro. Rio de Janeiro: Livros Técnicos e Científicos. produtos e clientes. qual a possibilidade de se estabelecer iniciativas estratégicas e o que é preciso ser feito para que se alcancem os objetivos almejados. identificar problemas através da comparação entre dados de desempenho e os padrões estabelecidos. monitorar o desempenho de pessoas e unidades pela coleta de dados de seu desempenho. visando atingir o Planejamento Estratégico da organização. fornecer feedback às pessoas. o monitoramento “consiste em acompanhar e avaliar a execução da estratégia“. 89). R. como o esforço de realizar tudo o que à organização acredita. pag.

2000. 2ª Edição. A estratégia em ação: Balanced Scorecard. Disponível em: http://pt. C. Antonio. Philip. Administração: construindo vantagem competitiva. 2006. Robert S. A. ROCHA. Balanced Scorecard. M. 6 . ALMEIDA.wikipedia. Rio de Janeiro: Elsevier. Disponível em: http://pt.org/wiki/Balanced_Scorecard. Snell. São Paulo : Atlas. T. São Paulo: Atlas. Administração de marketing. D. 1997. WIKIPEDIA.org/wiki/Estrat%C3%A9gias_competitivas_gen%C3%A9ricas. Teoria Geral da Administração: da revolução urbana à revolução digital. J. e NORTON.wikipedia. 6ª Edição. I. 2000. 1975. Florianópolis. Dissertação (Mestrado em Engenharia da Produção) – Universidade Federal de Santa Catarina. Desenvolvimento do Balanced Scorecard para instituição de ensino superior privada – estudo de caso da unidade de negócios 4 da Universidade Gama. WIKIPEDIA. KOTLER. R. 1991. FISHMANN. KAPLAN. Acesso em: 24/10/2010. S. São Paulo: Atlas. 7ª Edição. Estratégias Competitivas Genéricas. Acesso em: 24/10/2010. Planejamento estratégico na prática. A. David P.. São Paulo: Atlas. BATEMAN. A. Florianópolis. MAXIMIANO. A.