You are on page 1of 3

A cu ltu ra Afr o no Br asil

CULTURA AFRO NO BRASIL

Juntamente com os escravos que chegaram ao Brasil no


período da colonização, vieram muitos de seus costumes,
alimentação e crenças.

Desde os seus Santos até a sua alimentação daquela época,


somos influenciados até os dias de hoje.

A alimentação dos escravos consistia em arroz, em farinha


adquirida através do batimento do pilão e de restos de carne de
porco (partes deste animal que seus senhores dispensavam). A
tradicional feijoada é feita com estes “ restos “ suínos e até
hoje é muito consumido em todo o Brasil.

Eles sabiam fazer o uso das ervas para se tratarem de doenças


diversas. Ervas como a camomila, hortelã, sálvia, quebra-pedra
e poejo eram muito utilizadas. No Brasil de hoje a Fitoterapia
(TRATAMENTO COM AS ERVAS) é uma constante como
tratamento auxiliar de doenças.

Herdamos a dança Capoeira (ou luta, se preferir) dos escravos


que se utilizavam dela como defesa. O senhores não permitiam
estas manifestações de felicidade e festa, de dança. A Capoeira
era praticada na senzala e com cuidado para que os brancos
não percebessem.

No folclore brasileiro, encontramos a figura do Saci-Pererê que


na verdade é um Exu-mirim que vive nas matas. Também temos
Iara, a sereia de águas doces. Este lindo ser trata-se de uma
das seguidoras da amada Orixá Oxum.

Da batida dos atabaques (tambores) africanos, originou-se o


samba. Ah o samba !!! Até hoje um dos cartões de visita do
Brasil. Saiba que o nome “ samba “ provém de um dos cargos
exercidos pelas mulheres, em início de aprendizado nos
terreiros de Candomblé.

Também os escravos trouxeram da África seus Orixás. Mas


quem são os Orixás Africanos? Vou explicar:

- Na África existiam muitas nações (tribos). Cada tribo


reverenciava à um Santo. Um era das pedreiras ( Xangô), outra
era do rio Oxum, outra era do rio Ewá e assim por diante. Depois
de serem capturados em sua terra natal e da vida sofrida que
levavam no Brasil, para os escravos só restava a fé. Como seus
senhores não deixavam que cultuassem os Orixás, eles
sincretizaram (compararam) estes Santos com os Santos
Católicos (que era permitido). Santa Bárbara era Iansã, São
João Batista era Xangô, Ibeji era Cosme e Damião, etc.

As religiões que se estabeleceram no Brasil de origem escrava


foram:

1. Candomblé (à partir de 1830)


2. Umbanda ( há cerca de 100 anos)
3. Vodu
4. Quimbanda
5. Catimbó

Saudações : Pai Adriano de Exu

CONTATOS:

adrianoexu@gmail.com

VISITE:

adrianoexu.blogspot.com

Related Interests