O EXPERIMENTALISTA

Moçambique 26 de Maio 2010 A Revista de Ciência e Tecnologia Volume 1 No 5

Tecnologia: Turbinas de vento e Geradores - 2 Construção: O galvanómetro Comunidade: Armadilha para mosquitos Tecnologia do Mundo: O Grande Colisionador de Hadrões
Editorial Menos que cinco por cento das famílias em Moçambique têm energia eléctrica fornecida à casa. Fornecer a todas seria impossível; imagine a quantidade de postos, cabos e transformadores que seriam

As fotos mostram membros do Grupo Faísca desenvolvendo o seu gerador éolico e um gerador eólico ao lado de uma casa na América.

necessárias! Mas hoje em dia, energia é uma necessidade para quem quer uma vida pelo menos um pouco moderna. Tudo o mundo quer luz eléctrica em casa - uma vela ou uma lata de querosene com uma torcida nela não dá. Como os teus filhos podem estudar a noite?

Aqui apresentamos a nossa primeira turbina. e carregar um celular. descrevemos um destes. olhando para as fotos a seguir.Segunda parte Uma turbina feita a partir de um balde plástico. O Grupo Faísca da KaTembe já tem desenvolvido turbinas de vento que custam quase nada. usam-se turbinas de vento para gerir energia eléctrica. esperamos que ia produzir energia suficiente para abastecer uma televisão pequena. (digamos dois metros de diâmetro). São capazes de ser feitos por um carpinteiro numa aldeia ou mesmo um rapaz de nível Secundário que tem ferramentas simples. Estas não são completas e perfeitas instruções. A última foto mostra as metades do balde . mas há possibilidades de produzir versões muito mais baratas. o disco (A) tem sido pintado.1 Ou talvez tu tens dinheiro para comprar um celular. mais tarde. (Descrevemos como ligar o gerador a uma bateria no fim deste artigo. Estes também custam muito nas lojas. (C) é um parafuso que foi inserido para equilibrar o conjunto. Não são potentes. tudo deve ser simétrico.fixadas ao disco por meio de parafusos Seja cuidadoso. (A haste será um tubo de alumínio . Na foto.. Portanto. 55 cm de diâmetro. Um painel solar custa demais. Pode ver como fizemo o. Vocês leitores devem ser experimentalistas. Corte um disco de Unitex (A). o gerador deve carregar uma bateria para quando não haja vento.) Como fazer a turbina Corte um balde no meio. Ainda estamos a experimentar para obter a melhor turbina.. . fornecer luz a noite. Nesta edição do Experimentalista. mas como carregar a bateria? Pilhas para o rádio custam cada vez mais no mercado. Turbinas de Vento e Geradores . deve considerar esta turbina como uma experiência. E. se você fizer uma turbina maior. não são capazes de operar um fogão nem um aquecedor de água mas são adequados para operar um rádio. No centro. Os resultados serão de grande valor.as “pás” da turbina . corte um furo (B) um pouco maior que a haste. e a fazer uma pesquisa prática.ver abaixo). Naturalmente. Como obter energia? Em vários países.

O tampão tem um pequeno furo no qual o parafuso é inserido. Para fazer isso.o tipo que é usa-se para suportar as antenas de TV. Quando a peça seja fixa. fizemos novos furos e fixamos novamente os parafusos e porcas. O tubo de alumínio tem um tampão de madeira A no topo. É bom introduzir um pouco de Vaselina no furo para lubrificá-lo. B . Fixamo-lo com “Bostik Blu-Tack"e movemo-lo temporariamente até que ele estava na posição correcta e.Nível de bolha na bancada.Parafuso e porcas suficientes para equilibrar o conjunto. Somente o disco e as pás giram). (Neste turbina. vai achar que é mais pesado num lado. fixe a haste numa posição vertical e baixe o conjunto na haste. Deve tirar os parafusos fora do pedaço de Unitex e movê-lo até o conjunto girar simetricamente. Há anilhas B (e vaselina) na parte superior do tampão de modo que não há quase nenhum atrito entre o tampão e a parte superior das peças do balde. Você encontrará quase certamente que o conjunto não gira simetricamente. . A . Agora gire o conjunto. Em seguida. em seguida. Ou pode ser de bambu. de modo que o disco pode mover-se livremente. Não gira. O desenho mostra a ideia. A fim de equilibrá-lo. coloque um parafuso com porcas (como uma massa extra) até equilibrada. este furo deve ser exactamente na vertical acima do furo do disco. tem que colocar o mastro numa mesa horizontal. O diâmetro é de cerca de 25 cm. 2 Isto é difícil de fazer. Para colocar o conjunto sobre a haste. A haste da turbina é um tubo de alumínio . Este tubo é um pouco solto no furo do disco. faça um furo F no meio onde vamos colocar um parafuso. coloque os parafusos na nova posição. O parafuso no meio do pedaço de Unitex vai para o pequeno furo no tampão na haste. Quando você gira o conjunto. Ou seja. Gire o parafuso um pouco para que ele seja temporariamente fixo. Antes de fixar o pequeno pedaço de Unitex.Turbinas de Vento e Geradores As metades superioras do balde são unidas com um pequeno pedaço de Unitex fixado com parafusos e porcas. o tubo de alumínio (a haste) é fixo para o chão. não é equilibrada.

Turbinas de Vento e Geradores 3 Agora temos que pôr um gerador em contacto com o disco.. Senão. A última foto mostra um gerador maior C o motor de um berbequim avariado a bateria eléctrica . B e B são grampeados em torno da haste. . Na foto. Tem um elástico A colado para garantir um bom contacto com o disco. os dois blocos de madeira. Vai abaixo do disco. Tente obter um motor já com uma roldana. D é a roldana no eixo do gerador. Vistas em baixo do braco com o motor. Eles são apertados à haste com os parafusos A e E. A roldana grande B é a tampa de uma garrafa colada ao eixo com Super Glue. G é um dos dois grampos para fixar as lâminas aos blocos de madeira. O gerador é um motor de um carro brinquedo eléctrico. Devem ser curvadas para que eles mantenham o gerador firmemente em contacto com o disco. e é mantido no lugar com duas molas. fixado com Super Glue. São pedaços de Unitex fixados com parafusos. As molas são as lâminas de serra de aço. C e C são as lâminas de serra.que funciona como um gerador e dá mais poder.É muito difícil segurar uma roda ou roldana directamente sobre o eixo fino de um motor. Corte um pedaço do tubo no interior de uma caneta esferográfica Em cima do tubo fixe um pedaço de tubo cortado da ligação entre uma bomba de bicicleta e válvula do pneu. As fotos mostram uma das nossas tentativas. Depois. Você deve experimentar segurar uma roldana apropriada.. você pode colar uma roda maior na roldana.

4 Volts. Condensador Díodo Símbolo do díodo . melhor. descarregando-a.6 ou 7 Volts. 4 A foto mostra uma braçadeira para prender ao mastro abaixo do gerador. Agora pode ligar ao rádio ou iluminar a mesa a noite. Não se esqueça de ligar um condensador entre os fios.Turbinas de Vento e Geradores Finalmente. é necessário armazenar a energia numa pilha recarregável.) Quando não haja vento. (Ou. Sem um díodo. Aqui está um desenho de uma maneira fácil de elevar e montar o mastro. um dispositivo que permite a corrente correr numa só direcção. Por isso. receberá um ruído no rádio em vez de musica. Como ligar o gerador para carregar uma bateria O vento não sopra sempre. Caso contrário. Uma pilha recarregável dá 1. É necessário introduzir um díodo.5. 4 ou 5 pilhas servem . Cordas vão sair dos furos “A” para estacas no chão. as pilhas devem ser desligadas do gerador. o número de pilhas apropriado para a voltagem que deseja. Por isso. a corrente voltará à pilha. Ou pode carregar o seu celular. Pesquisa prática leva um longo tempo. (A lâmpada deve ser um díodo emissor de luz (LED)). deve colocar a turbina num mastro para apanhar um bom vento. Deve tentar muitas experiências para obter um resultado óptimo.

basicamente: 200 ml de água. Colocar a parte do funil. podemos utilizar esse método muito útil em escolas. dentro da outra metade da garrafa. . creches. virada para baixo. Ela criará dióxido de carbono.5 Armadilha para mosquitos Como matar mosquitos Para ajudar com a luta contínua contra os mosquitos. Acrescentar a levedura. 3. locais de reprodução do mosquito. e colocar em algum canto de sua casa. 4. (‘Step’ = ‘passo’) 2.5 litros 1. O que nós precisamos é. Guardar a parte do gargalo . 5. Enrolar a garrafa com algo preto. uma ideia é trazê-los para uma armadilha que pode matar muitos deles. Além da limpeza de suas casas. Não há necessidade de misturar. Misture o açúcar mascavado com água quente.este vai servir de funil no Step 4. e uma garrafa plástica de 1. Deixar esfriar depois e despejar na metade de baixo da garrafa. 50 gramas de açúcar mascavado (mascavo) 1 grama de levedura. Em duas semanas você vai ver a quantidade de mosquitos que morreu lá dentro da garrafa. menos a parte de cima. Corte uma garrafa de plástico no meio. hospitais e residências.

A coluna. M . C .o “zero”. Estes fios são as conexões para a corrente. G1 e G2 -A bobina é suportada por esses dois fios. rachado no meio. A . F -A bobina de fio fino enrolado numa caixa de fósforos. a bobina volta para onde estava . No lado da garrafa há linhas de caneta de feltro para notar o movimento do ponteiro.Como Fazer um Galvanómetro Um “galvanómetro" é um dispositivo para detectar uma corrente eléctrica. Cada um é uma continuação das extremidades da bobina.O galvanómetro é protegido por uma garrafa grande de plástico. Tem um furo que deve ser exactamente acima do centro da base da garrafa. A cola Araldite é boa porque solidifica-se rapidamente. a bobina gira. cerca de 15 cm de altura. Os fios são finos para permitir a bobina girar facilmente. 6 O fio passa por uma cunha circular K. Quando a corrente eléctrica passa pela bobina. B .parafusos e porcas.Os terminais . Marque o centro e coloque um gancho ou prego H.Ponteiro para que possa ver o quanto a bobina se move. L1 e L2 . que prende o fio e permite ajustá-lo. . Uma corrente e um campo magnético interagem e criam uma força. Foto pequena em cima da foto principal .Pedaços de arame de cobre rígido colados nos furos na caixa de fósforos. pára. E1 e E2 .Pequenos blocos de madeira para segurar a garrafa no lugar certo. (Na realidade. dobrado para segurar o fio inferior que vem da bobina. T . P . É feito de folha de alumínio. mas gradualmente.Braço de suporte.) A desligar a pilha.Círculo na base onde a garrafa vai ficar. com o fundo cortado. oscila durante uns segundos. superior e inferior. Vão aos terminais T.ímanes presos ao pedaço de ferro (D) na forma de um “U”.

Pode arranjar isso de um transformador velho. dobre o suporte até que seja correcto. pedaços de arame e cole-os. mas serve. << Uma foto do corte do íman de um altifalante. A parte inferior do fio será fixada aqui. esmaltado (pintado com verniz). Coloque um prego pequeno dobrado (H na foto na página 6) na base no centro do círculo na placa de madeira. obviamente. Então bobine 30 voltas em cada metade da caixa Puxe as extremidades livres dos fios através dos laços dos pequenos arames duas vezes para segurá-las. O suporte para os ímanes Tentei com um pedaço de uma lata de leite condensado mas foi fino demais. Fixei-a à coluna com pequenos parafusos. Coloque os ímanes com cola. tão fino quanto um cabelo. Deve ser muito fino. Muito perto. Introduza nestes furos. Faça pequenos laços nesses arames. mas não a tocar. Eu usei ímãs de altifalantes velhos pela primeira versão do galvanómetro. > Então arranjei uma tira de ferro mais forte. . Os ímanes devem ser nas posições correctos. mas mais tarde arranjei ímanes rectangulares. A bobina deve ser orientada com se vê na foto. É um pouco feio. Enrole um pouco em torno do fio rígido para fixá-lo.Como Fazer um Galvanómetro 7 Como fazer a bobina Marque o centro das extremidades de uma caixa de fósforos e fure-o com um alfinete. Deixe cerca de 20 centímetros do fio fora antes de começar bobinar. O pólo Norte de um íman deve enfrentar o Sul do outro. Se não esteja certo. Agora é preciso de dois ímãs. É preciso de cerca de 12 metros. Agora a bobina está pronta. Agora é preciso de fio muito fino. se possível. Veja a foto de um transformador avariado de um carregador de um celular em baixo.

Com uma caneta de feltro. Diminui a corrente com uma resistência de 100 Ohms em série com o galvo. . Vire a cunha que prende o fio superior até que os lados da bobina estejam em frente do centro dos ímanes. Assim. vai-e-vem). mas aos poucos acalma-se. Verifique se a bobina pode girar sem tocar nos ímanes. Esta é a posição zero quando nenhuma corrente flui através do galvanómetro. Fixe-a ao topo da bobina. Coloque a tampa (a garrafa) sobre o galvanómetro. a corrente é limitada e o galvo funciona com 1. Raspe (tire) o verniz do fio para contactar bem os terminais. Os terminais devem ter anilhas. ou 3 pilhas. a resistência não é necessário.Como Fazer um Galvanómetro Pendurando a bobina 8 Suspende a bobina do seu fio superior. a bobina move (oscila. Seis centímetros de um lápis tipo HB tem uma resistência de mais ou menos 100 Ohms. Recorte uma tira fina de folha de alumínio com um ponto na final. 2. A foto mostra um tal resistência com um conector feito de um pregador. Quando uma corrente passa. Esta é a posição “zero” do ponteiro. O fio é apertado entre as duas partes da cunha rasgada. marque na garrafa a posição onde o ponteiro indica. Ligeiramente puxe o fio inferior e fixe-o no gancho e levá-la para o outro terminal. Um diagrama do galvo com uma resistência em série é: > Para detectar correntes pequenas. Conectando a uma pilha Não é aconselhável ligar directamente a uma pilha porque o galvo ia mover muito violentamente. pode fazer um com metade de um lápis. Se não tiver uma resistência normal. Este é o ponteiro.

9 Uma pequena demonstração é: Inserir a grafite de um lápis e um pedaço de zinco num limão e ligue-os ao galvo. A bobina move se na direcção oposta. Uma extremidade da bobina liga a um fio fino longo que pendura de um suporte e um terminal. O galvo mostra um movimento. O interior de um galvo semi-moderno. > A definição de um galvanómetro no dicionário é: Um dispositivo para detectar correntes pequenas. Um galvanómetro moderno. Assim. Quando uma fonte da voltagem é ligada aos terminais. mas a suspensão consiste de chumaceiras finas (agulhas) e molas espirais. Com duas pilhas. o galvanómetro detecta a corrente eléctrica. Um espelho pequeno colado a caixa pode reflectir um raio de luz que aja como um ponteiro e faça o galvanómetro mais sensível. digital (‘micro-amperímetro’). poderia usá-lo para medir a corrente. a bobina (o ponteiro) move-se mais. Uma bobina do fio envernizado fino em torno de uma caixa de fósforos é suspensa entre dois ímanes. O galvanómetro assim é muito sensível e detectará correntes menos de 1 milliAmpere. Se seja calibrado. electrónico. A primeira foto mostra um galvanómetro antigo. . Funciona nos mesmos princípios. A outra extremidade da bobina vai a um outro fio fino longo que vai a um terminal na base.Como Fazer um Galvanómetro Conecte uma pilha no sentido oposto. A segunda foto mostra um galvo semimoderno. a bobina gira e move um ponteiro.

Ken Wallis é Inglês. está em operação. Tem noventa e quatro anos. Os cientistas consideraram o experimento como o princípio de uma nova era para a física moderna. Como funciona o LHC Átomos e electrões Basicamente. Pesquisadores da Organização Europeia de Pesquisa Nuclear (CERN. É um tipo chamado ‘autogiro’. Os electrões. O Grande Colisionador de Hadrões (LHC) O LHC. mas se o condutor tiver uma temperatura alta (por exemplo o filamento de uma lâmpada) os electrões saem um pouco e voltam. Os protões são carregados positivamente e os neutrões não têm carga. . estudar o comportamento das partículas atómicas a uma velocidade bem próxima à da luz. como gotinhas dançandas em cima de uma panela de água a ferver. na sigla em francês) provocaram a colisão de dois feixes de protões a uma energia de 7 teraeléctron volts.10 O Autogiro A foto mostra o Sr ‘Wing Commander’ Ken Wallis a voar no avião que construiu. O núcleo consiste de protões e neutrões. O resultado obtido equivale a uma espécie Big Bang em miniatura. principalmente. próximo a Genebra na Suiça. algo jamais observado em laboratório. Uma corrente de electricidade consiste de electrões que fluem num condutor. A temperaturas normais. os electrões ficam dentro do condutor. protões e neutrões. um átomo consiste de electrões. carregados negativamente. orbitam o núcleo. o maior acelerador de partículas já construído. O LHC visa.

substituíram um isótopo radioactivo.O Grande Colisionador de Hadrões 11 Uma placa positiva pode atrair estes electrões (num vácuo: ar impede electrões. Protões são um de uma gama de partículas chamadas ‘hadrões’. É negativo relativo ao ânodo. São partículas de luz (fotões). Na realidade. . Por isso. assim expulsando mais fotões quando batem no vidro. mas a luz é muito fraca. etc).Ânodo positivo. e inventaram um dispositivo como vê-se no diagrama. Um dispositivo destes chama-se um díodo. E foi também necessário atingir velocidades muito mais altas. o cátodo não é um mero arame mas uma pequena placa aquecida por uma corrente eléctrica. cria um campo magnético que concentra os electrões num raio mais estreito e intenso. há uma pequena explosão onde os electrões expulsam pequenas partículas do vidro. mas colisões bastante fortes para desintegrar átomos e. A bater no vidro. Os tubos eram curtos demais para acelerar os hadrões suficientemente. em lugar de um cátodo. que emite electrões. Decidiram usar protões (partículas do núcleo).) Chama-se esta placa o ânodo.Electrões.Eléctrodos com uma voltagem de um milhão de volts entre eles. Colisões mais potentes Os cientistas começaram a pensar. G . assim. Hadrões são emitidos por várias substâncias (isótopos radioactivos de certos elementos. e chama-se o cátodo.Tubo evacuado. Construíram tubos compridos e voltagens muito altas. E . uns electrões pasam através do furo e chegam no vidro. D . Se o ânodo tiver um furo no centro. 205Pb). que que emite hadrões (protões.” Queriam criar colisões mais energéticas (não só electrões batendo vidro). Este tipo de máquina chama-se um ‘acelerador de partículas’. F .) A e B . através do que passa uma corrente eléctrica. tais como o isótopo de chumbo. Vamos batê-lo com muita força para ver se podermos explodi-lo e ver se seja composto de partículas mesmo mais pequenos. não conseguiram velocidades bastante altas. E . C .Átomos a serem batidos (o alvo).Fonte de hadrões.Filamento rodeado de um nuvem de electrões. foi preciso usar partículas mais pesadas (mais massivas) que electrões. Mas mesmo assim. descobrir as partículas que compõem o núcleo de um átomo. “Talvez o núcleo de um átomo (protões e neutrões) é composto de outras partículas. Uma bobina. (É necessário centenas de metros. Para atingir energias mais altas.

2 graus acima de zero absoluto que é -273. quarenta e sete mil. A colisão expulsa um borrifo de partículas que são fotografadas com várias máquinas fotográficas. As máquinas fotográficas são câmaras digitais muito especiais e rápidas porque as partículas emitidas da colisão têm vidas de uns milionésimos de um segundo. Na realidade é menos que o diâmetro dum cabelo humano. As câmaras tiram mil fotos para cada colisão. O sincrotrão Inventaram uma máquina nova em que os hadrões giravam centenas de vezes no tubo antes de bater o alvo (átomo.O Grande Colisionador de Hadrões 12 Colisões mais energéticos Por isso.3 graus C. É como uma colisão de locomotivas. A zona das colisões é muito pequenina.296 ímanes no LHC. Colisões de frente Para criar uma colisão mesmo mais energética. usavam dois tubos com hadrões viajando em sentidos opostos em cada tubo. podem acelerar os hadrões durante muitas voltas. < Uma foto mais realista tirada por uma das câmaras. decidiram forçar os hadrões ir em círculos. de frente. No último momento. não em linhas rectas. (Sim.) > Há dezenas de câmaras no LHC focadas nas colisões. Há 1. um hadrão foi desviado do seu tubo e entrou noutro tubo. São forçados num circulo por ímanes espaçados ao longo do tubo. e os hadrões batem um com o outro. A colisão dos hadrões é assim (diagrama simplificado.) Operam numa temperatura de menos 300 graus C. É uma máquina grande: Um íman pesa 34 toneladas ou mais. ou hadrão). . Então as fotos são analisadas e as características das partículas determinadas. O peso total dos ímanes é 47. protão.000 toneladas. como um rapaz acelera uma pedra com uma atiradeira. (Pode ver as partículas a sair no desenho?) Os tubos são evacuados e rodeados com ímanes electromagnéticos imensos para dirigir os hadrões no seu caminho circular. Assim.

A organização responsável é a Organização Europeia para a Pesquisa Nuclear. De acordo com as melhores medições disponíveis em 2010.* É a máquina científica mais complexa e grande do mundo. enterrados num distrito na fronteira entre França e Suíça. O esquema gráfico é um conceito artístico que ilustra a expansão de uma parte do Universo. Vinte países são envolvidos na operação e financiamento do CERN. Foi a mesma organização que inventou a Internet. mostrando os ímanes electromagnéticos. desde então tem-se resfriado pela expansão ao estado diluído actual e continúa em expansão actualmente. Uma analogia comum explica que o espaço está se expandindo. como se vê na foto. (Em francês: Organisation Européenne pour la Recherche Nucléaire. o universo se expandiu a partir de um estado extremamente denso e quente e continua a se expandir actualmente. De acordo com o modelo do Big Bang. . CERN).3 a 13. cruzam com hadrões no outro tubo e colidem de frente. Os cosmólogos usam o termo "Big Bang" para se referir à ideia de que o universo estava originalmente muito quente e denso em algum tempo finito no passado e. *O Big Bang (a Explosão Grande) é a teoria cosmológico dominante do desenvolvimento inicial do universo. O homem é visível em baixo. levando galáxias com ele. como passas em um naco de pão a aumentar.9 bilhões de anos atrás. vê-se um lugar (“Atlas”) onde os hadrões viajando num sentido num dos tubos.O Grande Colisionador de Hadrões 13 Tudo isto acontece dentro de dois tubos dentro de túneís grandes circulares com uma circunferência de 27 quilómetros. Na foto. As experiências são previstas durar dez anos ou mais. É assim que os cientistas esperam entender a situação ao início do universo nos primeiros segundos. as condições iniciais ocorreram por volta de 13. Uma foto do interior dum dos tubos. > < A foto mostra uma vista durante a montagem do colisionador.

Mas claro. o LHC tem gastado mais que 350.. enquanto a pobre Maria em Moçambique cultiva a sua machamba com a enxada e há tantas escolas sem materiais escolares e distritos sem clínicas. O Colisionador de Hadrões é mais um exemplo. não parece justo. Triliões e triliões de dólares. não sabem nada do assunto. É uma experiência gigantesca para descobrir se certas particulares subatómicas existem ou não.000. Até hoje. Os gastos na exploração do espaço pelos países desenvolvidos é um exemplo. . É justo ou não? Há muita polémica sobre o assunto.000.O Grande Colisionador de Hadroes 14 Projectos extravagantes e gastadores No mundo de hoje. durante mais que 20 anos.. Todavia. o Primeiro Mundo gasta tantos triliões de Meticais em projectos que parecem extravagantes e gastadores.000 Meticais . Os cientistas são felizes mas os camponeses aqui em Moçambique deviam ser zangados.quase 10 bilhões de USD.