Código de Ética Considerando que a BrasilUP é uma entidade apartidária e não sectária, que deve trabalhar na educação e no esclarecimento

da sociedade, e que no exercício de sua missão deve estabelecer padrões de excelência, seus integrantes adotam o seguinte CÓDIGO DE ÉTICA: Declaração de visão Ser agente transformador da sociedade com excelência crescente na conscientização pública e autoconscientização da cidadania. Declaração da missão Colaborar altruisticamente na elaboração viável de meios Éticos vistas a promover os direitos e garantias fundamentais visando qualidade de vida para todos. Valores básicos
• • • • • • • •

Apartidarismo Coragem Ética Imparcialidade Independência Justiça Responsabilidade social Transparência

Princípios

1. Como formadores de opiniões e coalizões, trabalharemos em
cooperação com todas as pessoas e grupos, organizações sem fins lucrativos, empresas, governos e órgãos internacionais engajados na promoção dos direitos e garantias fundamentais, sujeitos apenas às políticas e prioridades estabelecidas pelos órgãos diretivos da Brasil UP. Comprometemo-nos a ser abertos, honestos e responsáveis em nosso relacionamento com nossos colegas e com todas as pessoas com quem trabalharmos. Seremos democráticos e não sectários em nosso trabalho. As posições que tomarmos serão baseadas em análises profundas, objetivas e profissionais, derivadas de pesquisas com metodologia cientificamente reconhecida. Os posicionamentos de representantes da entidade e seus processos deliberativos e administrativos serão conduzidos de forma a propiciar ampla oportunidade de debate e crítica.

2. 3. 4. 5.

6. Somente aceitaremos ajuda financeira que não comprometa nossa capacidade de lidar com todos os assuntos de forma livre, completa e objetiva. 7. Divulgaremos regularmente relatórios precisos de nossas atividades 8. Encorajaremos o respeito à liberdade, e às atitudes de inconformismo com relação à violação dos direitos e das garantias fundamentais. 9. Estimularemos o equilíbrio e a diversidade, em especial de raça e gênero, na composição de nossos órgãos diretivos. Regras de conduta

1. Somente serão admitidos como integrantes da entidade aqueles que

não tenham sido condenados judicialmente por razões relacionadas à violação dos direitos e garantias fundamentais, devendo eles declarar a inexistência de tais condenações. 2. Os integrantes conduzirão os negócios e contratações da entidade de forma a evitar favorecimentos. 3. Os integrantes não se utilizarão de suas posições nos órgãos dirigentes da Brasil UP em benefício próprio, de suas entidades ou empresas. Mecanismos

1. A entidade contará com uma Comissão de Ética, composta por 3
(três) membros, sendo 2 (dois) deles eleitos pela Convenção e 1 (um) indicado pelo Conselho Deliberativo, para mandato de 2 (dois) anos. Em ocasião a ser determinada pelo Conselho Deliberativo, a Comissão passará a incluir um represente do Secretariado. A Comissão de Ética terá a atribuição de responder a consultas formuladas por qualquer pessoa acerca da interpretação e aplicação prática deste Código. A Comissão conduzirá suas atividades de forma a garantir ampla oportunidade de argumentação por parte de tantos quantos forem envolvidos em casos levados a sua apreciação. Após exame dos casos que lhe forem encaminhados, a Comissão de Ética formulará recomendação ao Conselho Deliberativo, ao qual caberá tomar as medidas que julgar necessárias. As decisões do Conselho Deliberativo em matéria ética serão passíveis de recurso à Convenção.

2. 3. 4. 5.

Das sanções 1. A Comissão de Ética poderá aplicar as seguintes sanções por descumprimento deste Código: o Advertência o Suspensão por até 6 (seis) meses o Exclusão do quadro de associados

No caso de aplicação da pena de Exclusão, o fato será acompanhado de publicação no sítio de Internet da Brasil UP. Disposições gerais e transitórias

1. As normas para associação à Brasil UP incorporarão declaração de
ciência do interessado quanto a este Código e de que obedecerá a ele. 2. A primeira Comissão de Ética será eleita pelo Conselho Deliberativo para mandato provisório até a próxima Convenção da Brasil UP. 3. Caberá à primeira Comissão encaminhar à aprovação do Conselho Deliberativo proposta de Regimento para as suas atividades. 4. Enquanto o Secretariado não dispuser de Código de Ética próprio, será subsumido a este.