uma publicação semanal da cliquelivros.com Ano.1 n.

1 02/08/2008

"Aos 80 anos ainda não estou pronto para falar de sucessão, mas sempre estou pronto para falar de sucesso. Meu entusiasmo pelo trabalho não tem fim. Sou movido pela paixão de vencer: ainda quer oser o número um." (Sumner Redstone) "Eu sou a Viacom." Por essa afirmativa já é possível ter uma idéia da personalidade de seu CEO, Sumner Redstone - titã da mídia moderna, líder de um dos maiores impérios da mídia mundial, homem mais rico do mundo no ramo do entretenimento e dono de uma história de vida fascinante. (transcrição do fragmento da apresentação da obra orelhas do livro) Paixão de Vencer – Sumner Redstone.

Grandes sucessos de Nana Caymmi acompanhada somente por belos arranjos de piano. Vale pela beleza e raridade. Tem preciosidades tais como “Você não sabe amar”, “Vitoriosa”, “Acontece” e “Faltando um pedaço”. Curiosamente as faixas apresentam sempre as músicas em pares. O CD foi lançado no início dos anos 90, pela Columbia, e foi parte integrante da Coleção Brasil MPB da Academia Brasileira de Música. Raríssimo. Esgotado no Mercado.

Homem Aranha, com roteiro criado a quatro mãos por Bill Jemas e Brian Michael Bendis. É a primeira edição da série lançada em janeiro de 2002. Traz o episódio “Lições de Vida” e ainda tem uma eletrizante participação de X Men no episódio “O povo do amanhã que tem como roteirista o engenhoso Mark Millar. Edição que compõe a coleção Marvel Millennium da Editora Panini Comics. Impressão colorida, com 50 páginas. Imperdível!

Blade - A lâmina do Imortal 24 - Janeiro/2005 Epísódio: Cristal Límpido - Autor: Hiroaki Samura - Tradutor: Drik Sada - Letras: Lilian Mitsunaga - Revisão: Alexandre Boide Capa: Marcelo Ramos Rodrigues Páginas: 114

Ensinou o grande crítico e ensaísta novaiorquino Lionel Trilling: "Toda prosa de ficção é uma variação em torno do tema de Dom Quixote!" Eis porque esta obra de Miguel de Cervantes é considerada não somente o início da narrativa moderna, mas também a própria concepção moderna do que seja a narrativa. Cervantes faz com que seu texto dialogue com as novelas de cavalaria, a gesta medieval, as paródias irônicas, a comédia picaresca e a novela pastoril, formas narrativas vigentes em seu tempo. Assim construído, por sua forma e temática o trabalho de Cervantes revelou-se uma motivação para a Literatura de Cordel, popularmente difundida nas nossas feiras citadinas e interioranas[...] O Brasil não ficou indiferente. E às inúmeras reedições e adaptações em língua portuguesa junta-se agora "As aventuras de Dom Quixote em versos de Cordel" de Antônio Klévisson Viana, uma co-edição da Tupynamquim Editora, Edições Livro Técnico e Editora Coqueiro. Klévisson constrói seu poema com maestria, recolhendo episódios significativos e sempre interessantes da obra cervantina, levando ao leitor o espírito irônico e o humor benevolente e prazeroso do escritor, originalmente espanhol, porém já agora pertencente à Literatura Universal." (Pedro Paulo Montenegro da Academia Cearense de Letras).