You are on page 1of 4

Hiperidrose

HIPERIDROSE/TRANSPIRAÇÃO EXCESSIVA Renata M.G Estrella O suor na MTC, Segundo MACIOCIA (1960), é líquido do Coração. Ele é formado por destilação dos líquidos orgânicos. Os líquidos orgânicos JIN YE pertencem a natureza YIN e são produtos da essência da alimentação. O metabolismo dos líquidos é um processo complexo, que resulta da ação combinada de vários órgãos principalmente: P, BP, R e TA. O "JING" é parte leve dos líquidos e alimenta Pele e carnes, graças ao Triplo Aquecedor. O "YE" é a parte pesada dos líquidos, e é também dividido pelo TA; Circula nas articulações, cérebro, medulas, orifícios somáticos, afim de alimentar o cérebro e amedula, lubrificar os orifícios da orelha, olhos, boca e nariz. Segundo Su Wei (cap. 23) apud AUTEROUCHE (1992): há alguns tipos de líquidos 1. O suor é regido pelo CORAÇÂO 2. O “ranho” (secreções nasais), é regido pelo Fígado e Pulmão 3. Lágrimas e saliva fina = BP 4. Saliva=R Quando o Yang do Coração é vazio há abundância de suor. Quando o Yin do coração é vazio há suor noturno. Relação entre QI e JINYE: YANG = QI São provenientes da essência dos alimentos. YIN= JINYE A Formação, Distribuição e Expulsão do JINGYE dependem do QI, e em particular do P, BP, R e TA. Quando há pouco QI a atividade funcional de P, BP, R e TA estará diminuída, levando a estagnação ou acúmulo, EDEMA. Estagnação leva a diminuição de circulação de QI. Quando o Qi está vigoroso há aumento da atividade funcional do BP e E está aumentada, havendo boa produção de líquidos. · Qi vazio= Desaparecimento e não retensão dos líquidos. Pode haver transpiração profusa e poiúria. · “Perda de líquido é Perda de QI” · “Aquele que perde sangue não tem transpiração; Aquele que transpira abundantemente tem menos sangue” (LING SHU cap.18). Relação entre XUE e JINYE: Ambos provém da essência dos alimentos e são: YIN. A função de ambos é: Umedecer e nutrir. Ambos produzem-se mutuamente e reagem um sobre o outro: Xue é formado por JINYE na sua maioria. Quando há vazio ou esgotamento de líquidos, temos vazio de JINYE e de XUE e os sinais são: Transpiração profusas, diarréias importantes, vômitos, doenças febris, taquicardias, respiração curta, membros frios, pulso tenue e fino, podendo ocorrer hemorragias. Segundo AUTEROUCHE (p.188), na investigação sobre a transpiração deve-se saber o horário, localização, quantidade e sinais associados aos sintomas. Quanto aos fatores causais temos como fator principal o ataque de Qi perverso e externo, principalmente por: VENTO e VENTO-CALOR., mas podemos

boca e garganta secas. e) Fria: Vazio de yang. 3) Conforme a HORA do dia: De dia: Deficiência de YANG De noite:Deficiência de YIN MACIOCIA ( 1996) classifica a sudorese assim: COM SUDORESE: Estado de Def . com aumento da frequência do pulso. · Transpiração de fase terminal de doença garve: transpiração súbita abundante nas têmporas: Yang Vazio escapa. pouca força. É uma luta entre o perverso e o correto. respiração curta e significa Yang Qi vazio. é caso de bom prognóstico (Perverso desaparece e correto se estabiliza). e Hora em que ocorrem: 1) Quanto aos Tipos de Transpiração: a) Espontânea: ocorre após esforço físico. SEM SUDORESE: Estado de excesso CONFORME A ÁREA: Só na cabeça: Calor ou Calor-Umidade no E Oleosa na testa: Colapso de Yang Só nos Membros: Deficiência de E e do BP Só nas Mãos: Defiviência do Qi do P ou dos Nervos . fadigado. calores nas palmas e solas. pulso tênue (prestes a parar). AUTEROCCHE (1992). Neste caso se a febre baixar e o pulso acalmar.encontrar também ataque de Calor-Umidade. classifica as transpirações quanto: Ao Tipo. maças do rosto vermelhas. levando ao excesso de Yang com sinais de: insônia. Pode aparecer seguida de astenia mental. b) Durante o Sono: Yin vazio. Significa que o Yang Qi está prestes a desaparecer. d) Com calafrios: Ocorre 1º calafrios. Ex: Pingos grossos com polipnéia. sede sem agitação. TTO: dispersar e aclamar o Yang ou nutrir o Yin. Se a tranpiração for seguida de agitação. 2) Quanto a Localização da Transpiração. depois transpiração. é caso de mal prognóstico (perverso vence e correto enfraquece). pulso superficial e precipitado. JinYe escorrem em abundância. c) Profusa: Suor em grandes quantidades. È caso grave. a) Somente na cabeça: Expressa 4 estados diferentes: · Calor perverso em TA superior: febre. É chamada de “Transpiração do Fim” ou “Transpiração terminal”. caso crítico. · Calor-Umidade no Aquecedor Médio: Corpo pesado. f) Quente: Vento calor externo ou por Calor interno (aquece e expulsa o suor). membros brutalmente brutos. Insuficiência de Wei Qi (fraquesa do envólucro muscular). língua com saburra amarela.= Calor ou Calor-Umidade em E · Transpiração seguida de doença grave ou Transpiração temporal em idosos dispneicos: Sintoma de vazio. oligúria. astenia mental. opressão e calor toráxico. língua amarela. gordurosa. Localização.

· Em casos de alterações do Shen: Segundo ROSS (2003): a) Por Fogo no C: VC17. VB20 · Dispersar Vento –Umidade: E42 · Dispersar vento-Calor externo: E44 · Refrescar o calor dos Meridianos Yin (CS e R): CS5. · Em casos de distúrbios do Metabolismo das águas ou em casos de edemas. garaganta seca. podemos chegar a vários resultados. podemos usar P6. · Para Nutrir o YIN podemos usar: BP6.Torax=(“Sudorese 5 palmos”):Deficiência de Yin CONFORME A CONDIÇÃO DA PATOLOGIA: Profusa e fria e durante patologia severa:Colapso de Yang Oleosa na testa em forma de de pérolas e não fluida:Colapso de Yang .R. R6 e R3.Corpo Inteiro:Deficiência de Fei Qi (P) Palmas. · Desarmonia entre QI e XUE. BP4.R1. B13 (Assentimento do P). CS6.Eminência de morte. TA. · Dispersar vento: B12+IG4. Fase maníaca grave: VG20. Sintomas: Tranpiração nas palmas da mão e sola dos pés + boca seca. CONFORME TIPO DE SUDORESE: Oleosa:Deficiência severa de yang Amarela:Calor-Umidade. Solas. C8. P e BP = (E44. BP6 e E36 · Para acalmar o YANG podemos dar YIN com: BP6 e CS5. A escolha das combinações de pontos será de acordo com os resultados obtidos na anamnese. · Para expulsar Umidade em TR médio usa-se: E40. E42. Sup/Inf): Tem como causas: · Mucosidade do vento ou Vento Úmido obstruindo os meridianos. BP6. VC4. VC17 (faz circular o Qi do TA médio). R10. TA2. obstipação. · Acúmulo de calor nos meridianos YIN (CS e R). Em uma parte do corpo (D/E. b) Em casos de PMD (psicose maníaca depressiva): Fase maníaca: C3. · Yin (nutriente) e Wei (protetor) desregrados um em relação ao outro. TA17. há a combinação de Assentimento com Alarme (“SHU MO”): que se usa: B22 + VC5. · Tonificar ou regular BP (em casos deficiência severa de BP): BP2 + BP3 (fonte e Tonificação) . da doença. · Regular QI e XUE: B17.BP9). B20. / R10 (Ponto àgua do R). P7. TRATAMENTO DA HIPERIDROSE SEGUNDO A ACUPUNTURA SISTÊMICA: Após análise dos sinais e sintomas (estudo semiológico). R3 (em Ton). urina amarela e pulso fino · No peito ou Tórax: Por “ruminação intelectual”: Cansa ou dá insuficiência ou diminuição do Qi do BP e do C. B13 e P11. Pode-se usar também Pontos Água do Pulmão : P5 (se o paciente não tiver catarro ou secreção nasal). · Tonificar Pulmão: Se houver tristeza ou deficiência dele: P9. · Para fortalecer energia WEI e o YINQI: E40. · Para expulsar calor em TA Superior . Os pontos a seguir foram achados conforme YAMAMURA (2004) e as funções energéticas dos pontos. · Se houver deficiência de XUE podemos usar : B17. VC17.7 e 8. · Refrescar calor interno: Todos Pontos -Água de: E. . principalmente do Pulmão.

C7. Ysao. B. Supra –renal (neste caso é contraindicado em casos de hipertensão) REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS 1. 2003. Giovanni. Combinações dos pontos de acupuntura: a chave para o êxito clínico. São Paulo: Andrei. . São Paulo: Roca. O diagnóstico na medicina tradicional chinesa. Occipital. 1992. 3. 1996. & NAVAILH. YAMAMURA. 4. Jeremy. ROSS. A prática da medicina chinesa: tratamento de doenças com acupuntura e ervas chinesas.A Arte de Inserir. P. fase depressiva grave: VC4. 2. SNV (simpático).d) Em casos de PMD(psicose maníaco depressiva): Fase depressiva: E36. Acupuntura Tradicional Chinesa.R1. TRATAMENTO DA HIPERIDROSE SEGUNDO MICROSISTEMAS (AURÍCULO -ACUPUNTURA): Pontos da aurículo: C. São Paulo: Roca. 2004. São Paulo: Roca. MACIOCIA. P. AUTEROCHE.