You are on page 1of 10

25/9/2010

VEGETARIANISMO

MINI-CURSO: VEGETARIANISMO
1

QUEM É VEGETARIANO???

QUEM É VEGETARIANO???

HISTÓRICO
• •

Pitágoras (séc. VI A.C.) Ocidente (séc. XIX)

igreja protestante, sociedades vegetarianas

Direitos dos animais (década de 70) Impacto ambiental e ético da dieta com carne, razões filosóficas e alegações de benefícios à saúde

1

. vigoroso. 2001) CLASSIFICAÇÃO Ovolactovegetarianismo - CLASSIFICAÇÃO Vegan .. castanhas.Dieta a base de frutas frescas e secas. hortaliças. 2005.ingestão de carne (bovina. frutas DEFINIÇÃO Vegetariano . 1996) (PHILLIPS. sementes e hortaliças (PHILLIPS. saudável.25/9/2010 DEFINIÇÃO VEGETUS Expressão latina que significa forte. MESSINA. SABATE et al. 2005. PHILLIPS. ovos. Lactovegetarianismo - Incluem leite e derivados Piscesvegetarianismo - Incluem peixe e frutos do mar castanhas... peixe e aves Base da alimentação: cereais integrais. 1996) 2 . 2009. 2005.Indivíduo que não consome carne ou DIETA VEGETARIANA Razões éticas e ecológicas Saúde Preferências sensoriais Filosóficas Custo Influência família Reações a questões de segurança alimentar: encefalopatia espongiforme bovina (vacalouca) uso de antibióticos e hormônios na produção de carne frutos do mar ou produtos que contenham esses alimentos . MESSINA.Excluem todos os alimentos Incluem ovos e leite e derivados Ovovegetarianismo - Incluem ovos de origem animal Frugivorismo ou Frutarianismo . • • DEFINIÇÃO Quantidades variadas: leite e derivados. leguminosas. MESSINA. FERREIRA et al.Comportamento alimentar variável (ADA. peixe) menor do que 1 vez / semana . MESSINA. ave. 2006.

Ingerem alimentos crus Macrobiótica . sementes.Ocasionalmente ingerem carnes.Evitam a maioria dos alimentos de origem animal com ênfase a ingestão de alimentos orgânicos não-processados Semi-vegetarianismo . alimentos preparados com óleos vegetais 3 . MESSINA.25/9/2010 CLASSIFICAÇÃO Crudivorismo . 2005. MESSINA. 1996) ONÍVORO Significado: que come de tudo Indivíduos que seguem uma dieta mista Alimentos de origem animal e vegetal Consumem de carnes. ovos. verduras. frutas. aves e peixes (PHILLIPS. leite e derivados CARNÍVORO Significado: que se alimenta exclusivamente de carne Carne da mesma espécie ou de espécies diferentes Canibal Agora eu sei porque vegetarianos são magros! PERFIL NUTRICIONAL DO VEGETARIANO Baixo peso corporal Baixos níveis de lipídios séricos Alta ingestão de fibra alimentar Alta ingestão de frutas e hortaliças Baixa ingestão de bebida alcoólica Baixo consumo de cigarro e drogas Baixa incidência de DCNT ENERGIA Vegetarianos têm ingestão energética similar ou mais baixa que onívoros Dieta vegetariana pode conter alimentos de alta densidade energética Castanhas.

1999) % saturados menor em vegan % poliinsaturados maior em vegetarianos 4 . frutas e hortaliças FIBRA ALIMENTAR Dietas com concentração muito alta de fibras pode reduzir a biodisponibilidade de minerais Fitatos Reserva energética de vegetais Liga a metais divalentes e PTN LIPÍDIOS Ingestão de gordura reflete na composição do tecido adiposo de vegetarianos (COULSTON. AA sulfurados e treonina mais baixa em proteínas vegetais Complementação de AA: combinação de proteínas vegetais em um mesmo dia (não necessariamente na mesma refeição) Qualidade da proteína similar a animal IOM (2006) – necessidade de proteína igual a onívoros CARBOIDRATOS Ingestão similar ou levemente mais alta que onívoros Especialmente em vegans Ingestão > 50% do VET Maior ingestão de carboidratos complexos FIBRA ALIMENTAR Ingestão maior do que onívoros redução da densidade energética da dieta Preferência por cereais integrais e maior consumo de leguminosas.25/9/2010 ENERGIA Dietas vegans têm valor energético mais baixo que ovolactovegetarianas Macrobióticos e crudivoristas podem ter dieta de baixa densidade energética e de alto volume Peso médio de vegetarianos menor que onívoros PROTEÍNAS Vegetarianos têm ingestão ligeiramente mais baixa que onívoros [] lisina.

leguminosas.metilmalônico Fatores de risco para DCV. folato e B1 dieta com maior quantidade de frutas. D2 (ergocalciferol) VITAMINAS Ingestão de vit. mas aceitam vit. B12 5 .25/9/2010 LIPÍDIOS Ingestão maior de linoléico (C18:2 n-6) Ingestão de ácido D-linolênico (C18:3 n-3) bastante variável Razão n-6/n-3 mais baixa em vegetarianos Ideal 4:1 a 5:1 Excesso de n-6 aumenta produção de citocinas pró-inflamatórias (prostaglandinas e leucotrienos) VITAMINAS Dietas vegetarianas têm alta concentração de carotenóides pró-vitamina A Vegans evitam alimentos fortificados com vit. hortaliças. grãos integrais. C. castanhas Ingestão adequada de vit. grãos integrais VITAMINAS Vegans e vegetarianos Sem ingestão de leite Baixos níveis séricos de Cianocobalamina Risco de deficiência Vit. fator intrínseco no estômago ou acloridria Ingestão elevada de folato mascara deficiência Aumento de homocisteína e ác. B12 não é encontrada em quantidades significativas em vegetais Vegetarianos estritos: maior risco de deficiência (anemia megaloblástica e sintomas neurológicos) DEFICIÊNCIA DE VIT. E mais elevada maior consumo de óleos vegetais. B12 na dieta. Alzheimer FONTES DE VIT. D3 (colecalciferol) derivada de animais. castanhas. B12 Depende de estoques corporais e reabsorção no intestino Principais causas: falta de vit. demência.

GIBSON. SABRY. cobre . 1999. embora a anemia não seja mais prevalente quando comparado a onívoros (JOHNSTON. C e alimentos fermentados e germinados melhoram a absorção do Fe FERRO Estoque de Fe de mulheres vegetarianas mais baixo do que onívoros → baixos níveis de ferritina sérica Concentração de hemoglobina e hematócrito normais Macrobióticos (arroz integral – base da alimentação) aumento da prevalência de deficiência de ferro FERRO Vegetarianos podem ter baixas reservas de ferro.25/9/2010 MINERAIS Vegetarianos estritos Ingestão elevada de ferro não-heme. fitato e oxalato Prejuízo da absorção de alguns minerais FERRO Vegetarianos estritos e ovolacto . 1981) Ferritina sérica . 2006) Vegetarianos podem ter mais baixas reservas de ferro que onívoros redução do estresse oxidativo geração de espécies de reativas de oxigênio (BENZIE. ANDERSON.consumo de Fe não-heme Dietas vegetarianas contêm inibidores da absorção de Fe fitato em leguminosas e cereais integrais Vegetarianos ingerem mais vit. Hm.Variações individuais . SABATE. WACHTEL‐GALOR. não reflete a deficiência vegetarianos que em onívoros - Existência de um controle adaptativo da absorção de ferro e redução das perdas (ADA.Amostras facilmente contaminadas Hemoglobina . ROUGHEAD. potássio e magnésio Ingestão baixa de cálcio e selênio Consumo excessivo de fibras.Só. HUNT. 2009) ‐ FERRO Não foi observada diferença no status de ferro entre vegetarianos e onívoros (Hg.Inflamação e infecção (BENZIE. CLFP ou saturação de Tf) Maior risco de baixo status de ferro em ÍNDICES UTILIZADOS NO DIAGNÓSTICO DE ANEMIA POR DEFICIÊNCIA DE FERRO Concentração de ferro no plasma . WACHTEL‐GALOR. 2009.Proteína de fase aguda . 2009) ‐ 6 .

2003) SER OU NÃO SER VEGETARIANO?? 7 . (2009) Taxa de mortalidade 19% menor por doenças isquêmicas cardíacas em vegetarianos do que em onívoros Relacionados diretamente com baixos valores o IMC e LDL colesterol EXPECTATIVA DE VIDA Baixa ou nenhuma ingestão de carne está associada a uma maior longevidade Duas décadas a dietas vegetarianas podem produzir um aumento de 3.25/9/2010 CÁLCIO Ovolactovegetarianos Ingestão similar ou maior que onívoros Vegetarianos que não consomem leite e derivados Ingestão mais baixa de Ca EXPECTATIVA DE VIDA Key et al.6 anos na expectativa de vida (SINGH et al..

25/9/2010 8 .

25/9/2010 9 .

C.. SHIKE. n... 111–119. R. H. cap.. Despeje em um prato levemente untado. ed. F. Deixe esfriar um pouco. 12. faça bolinhas e passe no coco ralado. M. v. London. Iron. RAUMA. p. MOLINA. M. S. 132-167. C. A. 2005. p. C. Antioxidant status in vegetarians versus omnivores.. TEIXEIRA. o amido de milho e o açúcar até que todos os ingredientes estejam incorporados. B. 131-143.25/9/2010 REFERÊNCIAS Obrigada pela atenção! PHILLIPS.. In: SHILS. COUSINS. n. p. M. Estado nutricional e estilo de vida em vegetarianos e onívoros – Grande Vitória – ES. G. Modern nutrition in health and disease. CABALLERO. E-mail: grazinutrirte@gmail. FLOR. Transfira para uma panela média. J. v. MYKKÄNEN. a água. 16. junte a margarina e leve ao fogo baixo. WOOD.. B. D. p. 249-270. 09. J.. J. ROSS. 02. M.. São Paulo. 30. 2000. 2006. E. Nutrition. 10 . RONNENBERG. MILL. Revista Brasileira de Epidemiologia. o leite em pó. Vegetarian nutrition. 01. mexendo até aparecer o fundo da panela. L. ZANDONADE. E. Nutrition Bulletin. New York. 10. A. Lippincott Williams & Wilkins. v. Com as mãos untadas. R.. R. 2006. A.com BEIJINHO DE CENOURA INGREDIENTES: 1 cenoura ralada no ralo grosso 1 xícara de chá de água ou leite 1 ½ xícara de chá de leite em pó 2 colheres de sopa de amido de milho ½ xícara de chá de açúcar 1 colher de sopa de margarina Coco ralado para cobrir Margarina para untar MODO DE PREPARO Bata no liquidificador a cenoura. A. G.