You are on page 1of 1

REDAÇÃO Glovanna Vlelra faz caligrafia para melhorar a letra

Segundo estudos recentes das Universidades de Indiana e Washington, nos Estados Unidos, a atitude de Giovanna não só ajudará a melhorar sua letra como também poderá garantir a saúde de seu cére- substituí-Ia", acredita ele, que tem cerca CompOrtamento bro. Utilizando um de mil alunos matriculados no curso. aparelho de resso"Coma maior exigênciados vestibulares nância magnética, os e concursos, os estudantes de hoje têm pesquisadores do de- procuradomelhorarsua escrita", afirma. partamento de psico- A maioria dos alunos de sua escola é logia e neurociência composta de jovens a partir dos 11 da Universidade de anos, a idade em que a letra da pessoa Indiana detectaram amadurece, segundo De Franco. maior atividade neuCuriosamente, os eletrônicos moral no cérebro de dernos também podem, de forma crianças que haviam inesperada, ajudar a perpetuar a calipraticado a escrita à grafia. No mercado americano já estão mão, em comparação disponíveis aplicativos como o "w ritecom aquelas que ape- Pad". Ao custo de US$ 3,99, o prograA ciência comprova que redigir nas observavam letras ma transforma palavras escritas na tela, textos de próprio punho melhora o numa tela. Já as ima- com o dedo ou caneta, em textos digigens de cérebros de tais, que podem ser usados em mensaraciocínio, a linguagem e a memória adultos analisadaspe- gens e e-mails. Outro aplicativo, chaPauta Rocha la Universidade de mado "abc PocketPhonics", de US$ Washington indica1,99, funciona como um jogo, que esestudante de aviação civil Gioram que os movimentos sequenciaisdas timula as crianças pequenas a desenhar vanna Vieira faz parte da ge- mãos necessários para a escrita, ativam letras com os dedos na tela. É a caligraração que já nasceu conectada. as áreas cerebrais responsáveis pelo fiaa serviço dosnovostempos. . Aos 19 anos de idade, ela passa pelo raciocínio, linguagem e processamenos duas horas por dia na frente do mento da memória. computador e carrega para cima e Com a popularização dos para baixo seu celular com tela sensínotebooks, smartphones e vel ao toque. Mesmo declarando-se tablets, era de se esperar uma adepta das mensagens de texto e que a escrita à mão caísse , e-mails como forma de comunicação, em desuso, mas o profesFacilitao aprendizado de letras e formas . Giovanna matriculou-se há um mês e sor Antonio De Franco Aprimora as habilidades motoras ............................................................................... Neto - há 45 anos no meio na Escola de Caligrafia De FranAjuda a criança a se expressar melhor , co, uma das mais antigas de São Pauensino da caligrafia, oficio herdado do pai e do lo. "Decidi fazer caligrafia porque ............................................................................................... avô - diz não temer os achava minha letra muito feia", conta .~~~~~~!.~.~.T..:.T.~.~~~~~~~.9.~.~~~~~:.~~.~~~?~.~.~~~~~E~~ ela. "No começo, meus amigos disseavanços da tecnologia. "O Melhora o desenvolvimento de ideias ............................................................................................... ram que isso era coisa de velho, mas computador surgiu para Estimula o raciocínio rápido por mais tempo ........................................................................... hoje eles até elogiam meu avanço." auxiliar a escrita, não para

OS BENEFíCIOS

DE ESCREVER

ÀMÃO

A

?~.~

c~~

;.

76

ISTOÉ2136 20/1012010

FOTO: JULlA MORAESI AG. ISTO~

-----..