You are on page 1of 4

Filosofia processual.

O Processo de desenvolvimento Holístico Sistemático Ambiental Mandalla é um dos exemplos de integração permacultura orientado pela busca da Qualidade de Vida aliada a Produtividade Econômica e ao Equilíbrio Ambiental com Qualidade, produtividade,responsabilidade social e exercício da cidadania. O sistema Mandalla de cultivo busca contribuir para o resgate da dignidade das famílias facilitando ações necessárias a uma melhor oportunidade de vida em, seu habitat. Através do trabalho, da educação, de alimentação e da renda, esses pessoas podem perfeitamente viver e produzir da sua terra como seus antepassados faziam. Com base em um criterioso planejamento de uso de recursos, em obediência aos princípios universais da permacultura, a racional distribuição das fontes energéticas possibilita através de um atendimento educativo - produtivo – sistêmico, o desenvolvimento orgânico de auto suficiência alimentar das mais diversificadas culturas, vegetais, e animais além da reorganização orientada do conhecimento e tradições, já existentes a nível ambiental da localidade geográfica, como forma de aproveitamento de suas potencialidade, direcionando-as , em um primeiro plano, para a auto suficiência alimentar da família rural envolvida, tornando cada UPFR – Unidade de Produção Familiar Rural – peça fundamenta da estruturação de uma arquitetura sistêmica universal de resgate da dignidade humana, através do trabalho organizado em cada ambiente de sua convive. Esta sistemática de trabalho, devidamente motivada pelo conhecimento, conduz ao raciocínio de que a desinformação é a maior da pragas até então já existentes, única responsável pelos processos crescentes de pobreza, a escravizar e condenar, cada dia mais e mais populações em peso, desestabilizando economias, tradições e costumes, desertificando campos e desestruturando sociedades. O manejo capacitivo e profissionalizado de uma área semente produtiva “SPIN, de baixo custo operacional é validado pela adequação de conhecimentos técnicos – científicos disponibilizados, aliados que estão as praticas decorrentes de tecnologias apropriadas, em respeito aos usos, costumes e tradições de cada ambiente na melhor definição de: Sabedoria. Satisfazendo as necessidade básicas alimentares de uma família rural, normalmente constituída por seis pessoas, nossos processos viabilizam o surgimento alternativo de uma infinidade de empreendimentos produtivos e interativos ambientai

resultantes do exercício organizando desta produção. através do racional emprego e da correta utilização maximizada dos potenciais e tradições econômicas incidentes: TERRA. . de uma forma satisfatória de crescimento concêntrico. contribuem para a inserção mercadológica das famílias envolvidas e associadas . o inicio de um sistema de organização produtivo familiar. evoluindo com o tempo. minimiza substancialmente os gastos inerentes ao item alimentação. onde são criados peixes. Todo este processo pode ser iniciado a partir de uma área semente de apenas 10m x 20m ou 50m z 50m. na forma de potencialidades adormecidas e já existentes. proporcionando a reestruturação de inúmeras oportunidades produtivas. facilitadora desta implementação processual. predispondo todos os integrantes da família. A possibilidade de uma melhor forma de aproveitamento destas oportunidades por processo de desenvolvimento.geradores de emprego e renda em comunidades interioranas. na melhor utilização dos conceitos permaculturais em sua integração produtiva. é a estruturação capacitiva de profissionalização de habilidades ambientais decorrentes. A ação plena. no orçamento familiar. tornando-as assim. as principais responsáveis diretas pela alavancagem da reestruturação econômica do comercio local. a baixo custo. a um processo crescente e educativo ao inicio de uma ação de empreendedorismo familiar associativa e multiparticipativa.85m e cerda de 27 a30m³ de armazenamento. na forma de sua semente SPIN. culminando com o envolvimento de volumes e vizinhanças. O que é o Processo Permacultural Mandalla ? Uma pequena área possibilita. patos e marrecos. profundidade central de 1. liderados pela figura matriarcal. a partir da evolução multiplicativa dos seus nove círculos de distribuição de água. Os excedentes. com 6m de diâmetro. e como melhor forma de atingir resultados compensatórios para continuidade de cada processo a custos mínimos. organizados ao redor de um reservatório central de características côncavas. TRABALHO. CAPITAL e CONHECIMENTO. em cada cultura. A produção de parte dos itens necessários a satisfação das necessidades alimentares diária de uma família de 5 pessoas. a partir do próprio quintal de residência. contribuindo para a diminuição de êxodos rurais.

. cada um amo final das 6 linhas centrais de distribuição. Nestas linhas de distribuição. com 4 metros de comprimento cada. isentos de agrotóxicos e produtos químicos tão nocivos a saúde e inacessíveis aos populações urbanas de baixa renda. originadas pela inserção de um vértice piramidal. codornas. e derivados. a exemplo de : peixe. patos. frutas. sistêmico produtivo e agropecuário de multiplicação concêntrica e multiparticipativa em volumes de adesão. marrecos. peixe. já também responsáveis pela implantação de 120 pés de mamão. cabras. uma lâmpada fica ligada ao entardecer.Por sua vez. a semente “Mandalla – M 60” em área de 50m x 50m ou seja de ¼ de hectare. Uma estrutura de vértice piramidal. constituída por 6 caibros. a partir de ângulos concêntricos de 60º. A estrutura di nosso sistema solar é o sol. que ao invés de irem para as plantas. ao ponto de alavancar a estruturação de uma rede de gerenciamento social de mercado justo e da implementação futura de 6 agroindústrias diversificadas. com produtos de baixo custo e origens essencialmente naturais. cansado e caindo na água para alimentação do peixe. Alem da inserção da floricultura e da utilização plantas medicinais diversas. ovos. carne. servindo como armadilha para insetos. este centro energético esta irradiado na forma de uma água organicamente enriquecida pela criação de patos marrecos e peixes e oportunamente distribuindo entre as culturas por meio de uma pequena bomba sapo submersa. através da implementação da excelência de um processo compacto simplificado e ausente de desperdícios. os quais são irrigadas por ocasião das limpezas programadas destas linhas de 22m compostas por 6 mangueiras plásticas de 16 mm de diâmetro por 22m de comprimento. estarão distribuídos 120 pontos de gotejamento. cada qual alimentando um pé de mamão. Pendente em uma das pernas do vértice central da estruturação encontra-se a “armadilha luminosa”. coelhos. formador de massas produtivas em grupo. é a porta de entrada para um processo crescente de redenção social. minhocas e um mínimo de 450 fruteiras variadas trazendo para mesa da família rural leite. Nesta área de 50 x 50m são plantados 6 pés de coqueiro. garantindo o sustento da Unidade familiar com produtos essencialmente orgânicos e contribuindo de forma significativa para o abastecimento do mercado local urbano. Na Mandalla. a partir de pequenas criações de animais domésticos. serão atraídos pela luminosidade. guinés.

.Com sua auto-sustentação alimentar. as UFPR´s evitam a saída de dinheiro para fora da região. criando novas oportunidades de empreendimentos urbanos. proporcionando alimentos sadios para a população em cada município. com um possível fortalecimento ascendente no comercio. o que contribuirá em muito para a reabilitação da economia local.