You are on page 1of 5

Produção e propagação de um sinal sonoro

- É o resultado de uma vibração. Tem origem na vibração de um meio elástico;


- Propaga-se em meios sólidos, líquidos ou gasosos e em todas as direcções;
- A propagação do som ocorre devido às sucessivas compressões e rarefacções.

Nas compressões verifica-se um aumento da pressão ou da massa volúmica do meio


e nas rarefacções verifica-se uma diminuição da pressão ou da massa volúmica do meio⌦
onda longitudinal - as sucessivas compressões e rarefacções ocorrem na direcção das sua
propagação.
Nos gases, é habitual caracterizar a onda sonora pelas variações de pressão uma
vez que é ela que determina a resposta de importantes receptores de som (ouvido ou o
microfone).

Som como onda mecânica


A velocidade de propagação do sinal sonoro depende do meio elástico em que se propaga,
sendo mais elevada nos sólidos (devido a estes possuírem uma maior elasticidade) e mais
baixa nos meios gasosos. No ar, para qualquer frequência, depende das condições
atmosféricas, da temperatura e da humidade.
Embora as partículas do meio oscilem, transmitindo a vibração sonora,
elas não se deslocam acompanhando a propagação do som. Como em
qualquer propagação ondulatória, não há transporte de matéria na
propagação do som mas há transferência de energia entre as partículas
do meio. O ar que vibra junto da boca de quem fala não chega aos
ouvidos de quem escuta.

Espectro Sonoro
O espectro sonoro é o conjunto das frequências de todas as ondas sonoras que podem
ser infra-sons, sons audíveis ou ultra-sons.

Os sons audíveis, para o ouvido humano, têm frequências compreendidas entre 20 e 20000
Hz.

Os sons são caracterizados através de:


Intensidade - é a energia que atravessa, na unidade de tempo, uma área unitária
perpendicular à direcção de propagação (W.m-2)
- está associada à amplitude da onda sonora.
- quanto maior a amplitude da onda mais intenso é o som e é designado por som
forte. O som fraco tem pequena amplitude de onda e consequentemente
intensidade reduzida.
Altura - está associada à frequência da onda sonora.
- quanto maior a frequência mais alto é o som. O som baixo apresenta menor
frequência.
Timbre - está associado à complexidade do som.
- maior ou menor número de harmónicos.

Todos os sons, graves e agudos (de baixa ou alta frequência), propagam-se no ar à mesma
velocidade - ar ⌦ meio não dispersivo.
Sons harmónicos e sons complexos

Os sons harmónicos são sons simples ou puros, isto é, na onda só se consegue identificar um
único comprimento de onda que tem uma frequência bem definida. A frequência de um som
harmónico é um múltipo inteiro da frequência de um som fundamental.

A- som emitido por um diapasão B- sons emitidos por um violino – as frequências são
múltiplos de fo.

Os sons complexos resultam da sobreposição de sons harmónicos.

Sobreposição - combinação de duas ou mais ondas num mesmo meio, produzindo uma onda
complexa.
Numa onda que resulta da sobreposição de várias ondas, cada partícula do meio oscila com
uma elongação que é a soma dos deslocamentos correspondentes a cada uma das ondas
componentes.

Microfone e Altifalante
microfone - transforma um sinal sonoro numa corrente eléctrica de baixa frequência,
corrente alternada

altifalante - transforma uma corrente eléctrica num sinal sonoro.

Os microfones sem fios conseguem transformar o sinal sonoro em electromagnético, que


será novamente transformado em sinal sonoro através dos altifalantes.

O funcionamento dos altifalantes e dos microfones baseia-se em fenómenos


electromagnéticos.

r r
CAMPO ELÉCTRICO, E CAMPO MAGNÉTICO, B
O que é? É uma grandeza vectorial que se O que é? É uma grandeza vectorial que se
manifesta através da acção que se exerce manifesta através da acção que exerce
sobre cargas eléctricas. sobre ímanes e correntes eléctricas.
Origem? Cargas eléctricas e campos Origem? Cargas em movimento, a nível
magnéticos variáveis. macro ou microscópico e ímanes naturais
Como se detecta? Como se detecta?
Pela acção que exerce sobre cargas Pela acção que exerce sobre imanes naturais,
eléctricas. correntes eléctricas e materiais
ferromagnéticos.
Unidade SI? V.m-1 (volt por metro) Unidade SI? T (tesla)
Linhas de campo? Linhas de campo?
Campos uniformes e não uniformes – a figura representa um campo eléctrico criado
por duas barras paralelas electrizadas com cargas diferentes ( encontram-se a diferentes
potenciais.