You are on page 1of 8

Ano I - Nº 163

12 de Fevereiro 2020
Fundador/Diretor : Fernando de Abreu
Periodicidade: Diária dias úteis
Gratuito

PCP lamenta que ecopontos florestais


de Viseu estejam "às moscas"
PCP lamenta que ecopontos florestais Ficha técnica:

de Viseu estejam "às moscas" Inscrição:127288


Propriedade: Nodigráfica- Infor-
mação e Artes Gráficas Lda
Periodicidade: Diária dias úteis
NIF : 501511784
Diretora Adjunta: Anabela
Abreu
Morada : Av. do Convento nº 1 -
Orgens - 3510-674 Viseu
Sócios gerentes :
Graça Maria Lourenço de Abreu
Anabela Lourenço de Abreu
Sede /Redação : Complexo
Conventurispress - Av. do Con-
vento nº 1 - Orgens - 3510 -674
Viseu
Detentores do capital social
com mais de 5 %:
Fernando Mateus Rodrigues de
Abreu
Graça Maria Lourenço de Abreu
Anabela Lourenço de Abreu
Estatuto editorial : http://viseu-
global.pt/sobre-mim/

O PCP lamentou hoje que não adesão ao projeto está rela- presidente da Câmara, Almeida
os ecopontos florestais criados cionada com o facto de os Henriques (PSD).
no concelho de Viseu para rece- agricultores e os produtores flo- No entender do PCP, os
berem resíduos resultantes da restais não terem “recursos para ecopontos encontram-se nesta
limpeza de matos e florestas es- transportarem até lá os restos situação porque “não foram ouvi-
tejam “às moscas” e se tenham das podas e limpezas de ter- dos os diretamente interessados
transformado em “ilegais lixeiras renos e florestas, mesmo que o (agricultores/produtores flo-
a céu aberto”. presidente da câmara os queira restais) e apenas se pensou nos
“O que prometia ser uma obrigar”. benefícios financeiros da central
medida inovadora e ecologica- Contactada pela agência de biomassa”.
mente avançada transformou-se Lusa, a autarquia optou por não “Sabendo-se dos mil-
num grave atentado ambiental”, comentar as críticas do PCP. ionários subsídios que a central
refere o PCP em comunicado, Em julho do ano passado, de biomassa está a receber do
mostrando fotografias de móveis o concelho de Viseu passou a Estado e da União Europeia, é
partidos, eletrodomésticos, cha- dispor de dois ecopontos flo- sua obrigação organizar a
pas de alumínio, telhas e sacos restais, em Bodiosa e Cepões, recolha dos sobrantes até os
plásticos, entre outros objetos onde poderiam ser depositados ecopontos e daí para a central,
que foram depositados naqueles resíduos resultantes da limpeza sem custos para os produtores
locais. de matos e florestas, para poste- florestais e agricultores”, de-
Segundo o PCP, “tirando riormente serem utilizados numa fende.
o material vegetal resultante da central de biomassa. Neste âmbito, considera
limpeza do espaço onde foram “A nossa ideia é a de que “impreterível que os serviços do
implantados os ecopontos, sus- possamos cobrir o concelho todo Ministério do Ambiente fiscalizem
peita-se que pouco ou nenhum com seis ecopontos”, que repre- estes ecopontos, cuja utilização
outro material receberam”. sentam um investimento de 27 atual não foi licenciada”.
O partido considera que a mil euros cada, disse na altura o
Centro hospitalar averigua morte de homem em
Lamego após espera na urgência
O Centro Hospitalar de alta, quando comparada com O jornal Correio da
Trás-os-Montes e Alto Douro os dias anteriores”. Manhã refere que o homem,
(CHTMAD) vai averiguar as cir- O doente “teve um que tinha uma doença pul-
cunstâncias em que morreu um agravamento do estado clínico” monar, “morreu nos braços da
homem de 65 anos, na se- e foi “assistido no local e en- mulher depois de ter estado
gunda-feira, depois de ter es- caminhado para a sala de seis horas à espera para ser
perado seis horas para ser emergência”, tendo acabado atendido por um médico na
atendido no Hospital de por morrer, acrescenta. urgência do Hospital de
Lamego. O CHTMAD refere que Lamego”, no distrito de Viseu.
Em comunicado, o CHT- nesse dia, entre as 08:00 e as “A família está revoltada
MAD explica que, na segunda- 20:00, foram atendidos 128 e acusa a unidade de saúde de
feira, “a afluência ao serviço de doentes, sendo que 116 rece- negligência médica”, acres-
urgência da unidade de beram a pulseira amarela ou a centa.
Lamego foi excecionalmente laranja na triagem.

Faculdade de Medicina Dentária da UCP Viseu


vence 4ª edição do Prémio Rui Osório de Castro
No passado dia 8 de
fevereiro, uma equipa de médi-
cos e investigadores da Facul-
dade de Medicina Dentária da
Universidade Católica Por-
tuguesa -Viseu ganhou a 4ª
edição do Prémio Rui Osório de
Castro / Millennium BCP. O pro-
jeto, intitulado “Perceber para
Prevenir a Mucosite Oral em
Crianças com Doença Oncoló-
gica”, pretende estudar a saúde
oral das crianças em tratamento
antineoplásico e contribuir para
a prevenção da Mucosite Oral,
um efeito secundário muito fre-
quente e debilitante destas ter-
apias. O projeto é liderado por
Patrícia Nunes Correia e conta
com a colaboração de Raquel
Silva e Carla Gonçalves, da
Universidade Católica Por- principal apoiar e proteger as sobre questões relacionadas
tuguesa, Filipa Leite do IPO- crianças com cancro e seus fa- com o cancro infantil e PRO-
Porto e Luísa Azevedo do miliares concentrando a sua MOVER a INVESTIGAÇÃO
IPATIMUP/i3S. atividade em duas grandes contribuindo assim para o
A Fundação Rui Osório áreas: INFORMAR, esclare- avanço da medicina nesta área.
de Castro tem como objetivo cendo os pais e as crianças
Especialistas debatem em Coimbra projetos e
investigação sobre combate a incêndios

Investigadores vão de- coordenador da Associação cursos foram lançados em


bater, na sexta-feira, em Coim- para o Desenvolvimento da 2017, Domingos Xavier Viegas,
bra, projetos de investigação Aerodinâmica Industrial (ADAI), um dos organizadores do 'work-
em curso na área da prevenção e tem como parceiros o Instituto shop', entende que “é impor-
e combate a incêndios florestais Português do Mar e da Atmos- tante iniciar um ciclo de
e “novos caminhos de investi- fera (IPMA), a Universidade de eventos” que permita “discutir
gação” nesta temática, anun- Aveiro e o Instituto de Engen- assuntos de interesse comum”.
ciou hoje a Universidade de haria Mecânica do Instituto Su- Em particular, sustenta o
Coimbra (UC). perior Técnico (IST), de Lisboa. investigador, citado pela UC, é
Resultados de “18 proje- Liderado por uma equipa necessário “pensar em formas
tos de investigação em curso do Instituto de Sistemas e de colaboração para maximizar
na área da prevenção e com- Robótica do IST, o FIRE- quer os resultados dos projetos,
bate a incêndios florestais”, fi- FRONT, que tem como par- quer os serviços” que possam
nanciados pela Fundação para ceiros o Instituto de ser prestados à comunidade.
a Ciência e a Tecnologia (FCT), Telecomunicações, a ADAI, a Nos dois concursos (em
vão ser apresentados na Facul- Força Aérea Portuguesa, a em- 2017 e 2018) promovidos pela
dade de Ciências e Tecnologia presa UAVision e o Aeroclube FCT, verifica-se que “há muita
da UC (FCTUC) durante o de Torres Vedras, é outro dos complementaridade entre os
“primeiro workshop sobre inves- projetos a ser apresentado. vários projetos de investi-
tigação científica e desenvolvi- No âmbito daquele es- gação”, por isso, acrescenta
mento tecnológico na área da tudo, está ser desenvolvida Domingos Xavier Viegas, se
prevenção e combate a incên- “uma solução de apoio ao com- propõe que “haja aproveita-
dios florestais”. bate a fogos florestais através mento de recursos e de con-
O encontro pretende da deteção e seguimento em hecimentos e partilha de
“maximizar os resultados dos tempo real das frentes de in- informação entre os investi-
projetos em curso e promover cêndio e eventuais reacendi- gadores”, para que possa haver
sinergias entre os vários grupos mentos”, com recurso, “continuidade nos financiamen-
de investigação a trabalhar designadamente, a veículos tos, mas com equipas e proje-
nesta área”, afirma a UC, numa aéreos tripulados e a drones. tos mais robustos”.
nota enviada hoje à agência Destaque também para
Lusa. o McFIRE, projeto que, tendo O catedrático da FCTUC
Um dos projetos – por base o modelo usado para realça ainda que se pretende
FIRESTORM – está a estudar o cálculo do Índice Meteo- identificar “os grandes proble-
“a dinâmica dos grandes incên- rológico de Risco de Incêndio, mas” e onde “há capacidade
dios florestais, nomeadamente visa desenvolver um modelo de para explorar e trabalhar, para,
as condições associadas a previsão do risco de incêndio posteriormente, se desenvolver
eventos extremos em incêndios face à nova realidade climática. projetos de maior dimensão”.
florestais, com o objetivo de Coordenado por Jorge
melhorar a compreensão do Raposo, da ADAI, o McFIRE No fundo, sintetiza,
seu comportamento e evolução, conta com a participação da procura-se, de algum modo,
e a capacidade de os prever”, Universidade do Algarve e dos “ajudar a FCT a encontrar
refere a UC. institutos politécnicos de Viana novos caminhos de investi-
Esta investigação é lider- do Castelo e de Viseu. gação na temática dos incên-
ada por Domingos Xavier Vie- Após um ano de exe- dios florestais”.
gas, catedrático da FCTUC e cução dos projetos cujos con-
Linha aérea Bragança-Portimão encerrada
“temporariamente" a partir de dia 22

A linha aérea regional para a libertação das verbas, quatro anos.


que liga Bragança a Portimão apesar da insistência do Gov- Este contrato resultou de
estará encerrada, "temporaria- erno. um concurso público com pu-
mente", a partir do próximo dia Segundo o ministério blicidade internacional lançado
22 de fevereiro, e a sua reati- tutelado por Pedro Nuno San- em dezembro de 2018, "após
vação está pendente da con- tos, o contrato aguarda ainda terem sido fixadas as obri-
tratação do serviço público, visto do Tribunal de Contas. gações de serviço público para
ainda não formalizada, infor- "O Ministério das In- essa rota, garantindo os
mou hoje a empresa Sevenair. fraestruturas e da Habitação es- padrões adequados de con-
“A Sevenair informa que pera que a empresa consiga tinuidade, regularidade, quali-
a partir do próximo dia 22 de tão rápido quanto possível di- dade, quantidade e preço",
fevereiro, a linha aérea regional vulgar esses relatórios de con- referia na altura, o Ministério,
entre Bragança, Vila Real, tas devidamente certificados", em comunicado.
Viseu, Cascais e Portimão está indicou. Enquanto o contrato es-
temporariamente encerrada. A A Lusa tentou ouvir o teve em processo de fiscaliza-
sua reativação está condi- grupo Sevenair, mas sem ção prévia do Tribunal de
cionada à contratação do sucesso, até ao momento. Contas, a operadora aérea con-
serviço público que ainda não Em 25 de novembro de tinuava a explorar esta rota ao
foi formalizada até à data deste 2019, o Governo anunciou o abrigo de um ajuste direto cele-
comunicado”, informa a Seve- prorrogamento por 90 dias o brado para o período "estrita-
nair numa nota publicada hoje contrato de exploração da linha mente necessário" à obtenção
na rede social Facebook. aérea Portimão/Bragança com de visto, salientava a tutela.
O grupo aeronáutico re- a empresa Sevenair SA, en-
fere ainda tratar-se “de uma quanto o contrato para os pró- O valor das indemniza-
situação externa à empresa”, a ximos quatro anos aguarda ções compensatórias ascende
qual aguarda que “seja solu- visto do Tribunal de Contas, aos 10,4 milhões de euros para
cionada a qualquer momento”. anunciou hoje o Ministério das um período de quatro anos.
“Conforme a nossa Infraestruturas.
política de Qualidade e "Desta forma está asse- Com está ligação, entre
transparência, a Sevenair es- gurada a manutenção em vigor o Norte e Sul e o Interior e o
tará sempre preocupada com por este período do atual con- Litoral é possível chegar de
os seus clientes e por isso faz trato de concessão, permitindo Bragança a Portimão em 02:35
questão de os informar a atua- a esta companhia aérea contin- com uma tarifa `discount´ de 47
lizar”, indica ainda. uar a operar normalmente a euros ou, por exemplo, ir de
Questionado pela Lusa, partir de hoje", acrescentava o Viseu a Cascais em 40 minutos
o Ministério das Infraestruturas gabinete do ministro Pedro por 35 euros.
e da Habitação esclareceuque Nuno Santos, na resposta à
o contrato de serviço público Lusa. Desde de meados de
assinado com a Sevenair para Em 21 de outubro, 2019, julho de 2019 que esta ligação
a ligação aérea regional entre a tutela anunciava que a ope- aérea não faz paragem em Vila
Bragança, Vila Real, Viseu, radora Sevenair SA, anterior- Real devido ao encerramento
Cascais e Portimão está condi- mente designada Aerovip - vai "por tempo indeterminado" do
cionado por porque a empresa manter a exploração da ligação aeródromo municipal à ope-
não enviou ainda os seus re- aérea entre Trás-os-Montes e o ração de aviões.
latórios de contas necessários Algarve por um novo período de