You are on page 1of 2
ASSOCIAÇÃO NACIONAL DAS EMPRESÁRIAS MÓDULO: STC 6 – Urbanismo e Mobilidade – DR 2 FORMADORA: Dra.

ASSOCIAÇÃO NACIONAL DAS EMPRESÁRIAS

MÓDULO: STC 6 – Urbanismo e Mobilidade – DR 2 FORMADORA: Dra. Irina e Dr. Nuno TRABALHO: Vida Rural vs Vida Urbana – Vantagens e desvantagens

VIDA RURAL vs VIDA URBANA

Onde se vive actualmente melhor, nas cidades ou nas aldeias?

Vou começar por falar das vantagens e desvantagens da opção pela vida rural.

Vantagens:

Paisagens menos tocadas pela mão humana; Sentido de comunidade mais alargado (convivência mais pessoal com vizinhos); Menos stress (tudo se faz a um ritmo menos acelerado); Mais saúde (derivado de um controlo mais pessoal da alimentação, e de um ar efectivamente menos

poluído); Terrenos mais baratos (o que permite um espaço pessoal maior, e mais luxos).

Desvantagens:

Deslocação à cidade mais demorada, ou a povoação mais próxima para necessidades do dia-a-dia (bens

alimentares, farmácia, correios, hospitais, escolas, etc.); Falta de cuidados de saúde permanentes e urgentes; Meios pequenos propiciam menos privacidade pois as pessoas apoiam-se mais umas nas outras, contam mais uns com os outros; Falta de meios culturais (cinema, teatro, exposições, bibliotecas, etc.); Falta de outras formas de lazer (discotecas, bares, etc.);

CONCLUSÃO:

Gosto muito da vida rural e identifico-me perfeitamente a viver no campo, gosto da calma do pouco ruído, gosto do contacto puro e simples com as pessoas que lá habitam, gosto do contacto com a natureza e com os animais. Nesta fase da minha vida, e se já não tivesse filhos dependentes, se arranjasse uma actividade que me levasse ate à aldeia, seria a minha opção de vida. Para os meus filhos isto já não seria viável, tendo em conta as escolhas académicas e profissionais que fizeram. Viver na aldeia já não é o desterro, o isolamento, pois também lá existem os meios de comunicação, talvez mais lentos e não tão evoluídos mas os necessários para nos mantermos actualizados/informados. Também as infra-estruturas criadas e relacionadas com os acessos às Vilas e Cidades mais próximas ajudam-nos nas deslocações, o que dantes era longínquo, é hoje bem mais perto. Há, no entanto algo que não abdicaria, o meu carro, que no contexto da ruralidade seria um bem comum. Se contrariar algumas das desvantagens que enunciei a aldeia passa a Vila ou Cidade. Evoluir, sim, mas sem alterar os contrastes entre Urbanismo e Ruralidade.

ASSOCIAÇÃO NACIONAL DAS EMPRESÁRIAS MÓDULO: STC 6 – Urbanismo e Mobilidade – DR 2 FORMADORA: Dra.
ASSOCIAÇÃO NACIONAL DAS EMPRESÁRIAS MÓDULO: STC 6 – Urbanismo e Mobilidade – DR 2 FORMADORA: Dra.
ASSOCIAÇÃO NACIONAL DAS EMPRESÁRIAS MÓDULO: STC 6 – Urbanismo e Mobilidade – DR 2 FORMADORA: Dra.
ASSOCIAÇÃO NACIONAL DAS EMPRESÁRIAS Passo agora a falar das vantagens e desvantagens da opção pela vida

ASSOCIAÇÃO NACIONAL DAS EMPRESÁRIAS

Passo agora a falar das vantagens e desvantagens da opção pela vida urbana.

Vantagens:

Oferta de bens de consumo;

Vida cultural (concertos, museus, etc.);

Outros eventos que necessitam de um grande mercado para se realizarem;

Proximidade a grandes eixos/vias de comunicação (aeroportos, portos, caminhos de ferro,

etc.); Oferta de lazer;

Proximidade de postos de venda, e de serviços burocráticos;

Oferta de habitação muito mais variada;

Maior comunicação com o mundo exterior;

Desenvolvimento económico;

Desvantagens:

Stress (devido à agitação/corre-corre do dia-a-dia);

Transito (engarrafamentos, ruído, poluição…)

Criminalidade:

Grande fosso entre a população rica e pobre;

Poluição;

Impessoalidade, e menor sentido de comunidade;

Automatismos, e dia a dia excessivamente mecanizado, tornado os seres humanos menos humanos.

CONCLUSÃO:

Embora adepta da vida no campo não posso deixar de dizer que a vida na cidade dá-me mais em termos de comodismo. Tenho todos os serviços perto de mim, dá-me opção de escolha porque a oferta é muita e diversificada, os meus filhos têm poder de escolha em relação às escolas que querem frequentar, deslocam-se com mais rapidez devido à diversidade de meios de transportes públicos, tornam-se mais autónomos. Tecnologicamente a cidade está melhor fornecida através de redes de comunicação mais potentes, o que me facilita a comunicação e passagem de informação bem como a procura e escolha de trabalho. Culturalmente a escolha é tanta e tão diferente que o meu tempo livre não chega para ver ou ir a todos os locais e eventos. Os serviços de primeira necessidade como, hospitais, centros de saúde, escolas, serviços públicos…que se encontram espalhados pela cidade permitem-se o seu uso fruto em tempo útil. Rapidamente encontro tudo o que preciso sem necessidade de grandes deslocações, senão vejamos o que de uma só vez posso encontrar num centro comercial ou hipermercado. O que mais me assusta numa cidade é a indiferença cada vez mais presente no rosto e atitudes das pessoas, é a diferença entre pobres e ricos, é o receio de poder ser assaltada a qualquer momento. Devido à velocidade que a vida em cidade exige, existem mais problemas de saúde, são cada vez mais os casos de alergias respiratórias e dermatológicas devido à poluição, o stress leva a depressões e embora no meio de uma multidão sinto que as pessoas se sentem sós, isolam-se, desconfiam de tudo e de todos. As pessoas tornam-se cada vez mais egoístas e cruéis.

ASSOCIAÇÃO NACIONAL DAS EMPRESÁRIAS Passo agora a falar das vantagens e desvantagens da opção pela vida
ASSOCIAÇÃO NACIONAL DAS EMPRESÁRIAS Passo agora a falar das vantagens e desvantagens da opção pela vida
ASSOCIAÇÃO NACIONAL DAS EMPRESÁRIAS Passo agora a falar das vantagens e desvantagens da opção pela vida
ASSOCIAÇÃO NACIONAL DAS EMPRESÁRIAS Passo agora a falar das vantagens e desvantagens da opção pela vida