You are on page 1of 20

AA Transdisciplinaridade

Transdisciplinaridade como
como
Base Epistemológica
Base Epistemológica para
para oo
Estudo do
Estudo do Rosacrucianismo
Rosacrucianismo ee da
da
Psicologia na
Psicologia na URCI
URCI

Prof. Dr. Luiz Eduardo V Berni – berni@usp.br

Esquema da Apresentação
• AMORC: Uma Tradição Rosacruz
– Sobre o rosacrucianismo e a AMORC
– O sistema de educação da AMORC
– A URCI como ramo de pesquisa da AMORC

• Confronto Ciência e Tradição


– Convergência e Divergência Epistemológica
– Tentativas frustradas de reconciliação
– A TransD um caminho para reconciliação
– Eixos da Metodologia Transdisciplinar

• Abertura da TransD para o Diálogo da Tradição com a Ciência


– A Psicologia Científica e sua vocação transdisciplinar
– A TransD como base epistemológica para o estudo na URCI-PSI

Prof. Dr. Luiz Eduardo V Berni – berni@usp.br

1
AMORC
Uma Tradição Rosacruz

Prof. Dr. Luiz Eduardo V Berni – berni@usp.br

Sobre o Rosacrucianismo e a AMORC

• Rosa-cruz (esoterismo ocidental)

• Esôterikos (grego) “conhecimento


interior ou daquilo que pertence ao
místico”

Fonte: Dicionário Michaelis

Prof. Dr. Luiz Eduardo V Berni – berni@usp.br

2
Origens
• História Tradicional
 Escolas de Mistério Egípcias
 Movimento Rosacruz (Séc. XVII)
• História Cronológica
 Sec. XX H.S. Lewis
Estados Unidos Egito
(Antiguidade)
(Contemporaneidade)

Europa
(Modernidade)

Fonte: Domínio da Vida (AMORC)

Prof. Dr. Luiz Eduardo V Berni – berni@usp.br

Missão AMORC
“O despertar do potencial interior do ser humano,
auxiliando-o em seu desenvolvimento, em espírito
de fraternidade, respeitando a liberdade individual,
dentro da Tradição e da Cultura Rosacruz”

Fonte:www,amorc.org.br

Prof. Dr. Luiz Eduardo V Berni – berni@usp.br

3
O Sistema Educacional da
AMORC

Prof. Dr. Luiz Eduardo V Berni – berni@usp.br

Sistema Educacional da AMORC


• 1917 – Convenção Nacional Pittsburg
(USA)
• Ensinamentos pelo Correio
• Inovação (Crítica) Sistema EaD
• 12 graus ( Matéria, Energia, Consciência,
Meditação, Intuição, Cura a Distância, Alma, Morte,
Centros Psíquicos, Simbolismo, Sons Místicos, etc.)

Fonte:www, Manual Roascruz

Prof. Dr. Luiz Eduardo V Berni – berni@usp.br

4
Metodologia Iniciática
Metodologia Iniciática ER+CI
( LSP - Jurema Camargo – 1980/90) Base Piagetiana:
(1)Estimulação pelo Conhecimento
(2)Estimulação pelo Desenvolvimento de Habilidades
(3)Estimulação Emocional
(4)Estimulação Metafísica
(5)Estimulação Social
(6)Estimulação Simbólica
(7)Didática da Iniciação

Prof. Dr. Luiz Eduardo V Berni – berni@usp.br

A URCI

Prof. Dr. Luiz Eduardo V Berni – berni@usp.br

5
Universidade Rosae-Croix
• Construção – 1934 (San Jose – CA) GLE
• Inauguração – 1935
• Donativos
• COLÉGIO DE HUMANIDADES
• Belas Artes
• Artes Místicas
• Ciências Arcanas e Mundanas
• Departamento de Pesquisas
• The Rosicrucian Digest ( Relato Pesquisas)
• GLP – Coleção Homem Alfa Ômega da
Criação

Prof. Dr. Luiz Eduardo V Berni – berni@usp.br

Universidade Rosae-Croix

Dave Stein

Revista Científica
www.rosecroixjournal.org

Prof. Dr. Luiz Eduardo V Berni – berni@usp.br

6
Universidade Rosae-Croix
• Relatório de 2002 (300 membros)
• Seção 230 – Manual Administrativo
• Fundamentos Transdisciplinares
Charles V. Parucker
• Nono Grau

Seção A – Medicina e Saúde - Coordenadora: Aracy Satoe Mautari Niwa;


Seção B – Psicologia e Análise Comportamental - Coordenador: Luiz Eduardo Valiengo Berni;
Reitores Seção C – Egiptologia e História Universal - Coordenador: Ronaldo Pereira Gonçalves;
Seção D – Música - Coordenador: José Maurício Guimarães ;
Seção E – Artes em Geral - Coordenador: José Eliézer Mikosz;
Seção F – Ciências Exatas: Física, Química e Astronomia - Coordenador: Carlos Alberto Ferrari;
Seção G – Biologia Ecologia e Meio Ambiente - Coordenador: Francisco Antonio Zpevak;
Seção H – Tradições e Filosofias Místicas - Coordenador: Vinicius Branco Freire Silva;
Seção I – Educação e Ensino - Coordenador: Paulo R. Paranhos da Silva;
Seção J - Ciências Sociais Aplicadas - Coordenador: Aluisio Ferreira Gomes;
Seção K - Literatura - Coordenadora: Elisa Fernandes de Sousa da Rocha
Seção L – Tecnologias e Gestão de Conhecimentos -Coordenador: Mário Lúcio de Lima Nogueira

Helio M. e Marques

Prof. Dr. Luiz Eduardo V Berni – berni@usp.br

CONFRONTO CIÊNCIA
E TRADIÇÃO

Prof. Dr. Luiz Eduardo V Berni – berni@usp.br

7
Convergência Epistemológica
Epistemologia (estudo de como se produz o conhecimento)
Espírito
•Grande Cadeia do Ser (Huston Smith)
Alma • Holarquia (Inteiro-partes)
(Holon Arthur Koestler)
Mente
• Vários sistemas (Diferentes Tradições)
Vida
Vida
• Várias disciplinas
Matéria • Desvantagens (invasão de
Físico esferas)
Biológico • Julgamentos nivelcentrado
Psicológico • Galileu (fogueira)

Teológico

Misticismo

Ken Wilber, 1998 A União da Alma e dos Sentidos, São Paulo: Cultrix

Prof. Dr. Luiz Eduardo V Berni – berni@usp.br

Grande Cadeia e Tradição AMORC


“Para o Ser nunca houve começo, pois o nada não pode LUZ
dar origem a alguma coisa. Tudo era treva antes de surgir
a luz. A luz, porém, não veio das trevas, pois as trevas
são a ausência de luz. A luz é um atributo do Ser, uma VIDA
vez que o Ser é sempre luminoso na irradiação de sua
energia, causada por seus ininterruptos esforços para
existir. A luz não tinha calor, e assim o ser era insensível.
A luz não tinha reflexo, e assim o ser não tinha forma. O AMOR
Ser, em seu eterno movimento e progresso, expandiu-se.
Inúmeras tornaram-se suas formas e complexa sua
natureza. A complexidade da evolução do Ser deu origem
à densidade. E a densidade produziu o calor da luz.
Então, surgiram os seres viventes. Com a vida, veio a
sensibilidade do Ser, transformando-se na magnificência
da percepção do Eu. Na consciência humana foram
refletidas as glórias do universo. Em profundeza o ser
tomou forma sensível e a mente lhe conferiu amplitude.
Então a luz brilhou, pois ela refletia pela primeira vez a
sua própria natureza” (ARDUÍNO, A. M., 1987, pág. 41-
59).

Prof. Dr. Luiz Eduardo V Berni – berni@usp.br

8
Diferenciação Dialogal - Modernidade

• Modernidade (1600)
• Diferenciação (Dialogal)
• Max Weber – Três Grandes
• BOM
• BELO
• VERDADE
• Liberdade – Vantagens
• Democracias
• Libertação dos Escravos
• Sucesso Medicina

Adaptação do autor

Prof. Dr. Luiz Eduardo V Berni – berni@usp.br

Divergência Epistemológica
• Supremacia da Ciência
• Monismo lógico
• Redução da sondagem da Grande Cadeia ao Nível Físico
• Cientificismo
• Provar estados anímicos – Nível Físico
• Freud – Marx
• Boom de Especialização
• Exploração desenfreada dos recursos

Prof. Dr. Luiz Eduardo V Berni – berni@usp.br

9
Crise – Ciência e Tradição
(1) Ciência nega qualquer validade à
Religião, Tradição (Cientificismo)
(2) A Religião nega qualquer validade à
Ciência (Fundamentalismo)
(3) A Ciência é apenas uma das diversas
modalidades válidas de
conhecimento (Pluralismo)
(4) A Ciência ou a Verdade não existe
são apenas interpretações
(Interpretacionismo)
(5) Dentro da ciência pode se encontrar
argumentos plausíveis para a
explicação do Espírito, do Sagrado
(Relativismo)

Prof. Dr. Luiz Eduardo V Berni – berni@usp.br

Transdisciplinaridade a Busca
pela Reconciliação

Prof. Dr. Luiz Eduardo V Berni – berni@usp.br

10
Histórico do Movimento TransD
Evento Local Conquistas Observações

Ano

1970 Congresso França Definição do termo Trans Piaget


Interdisciplinar (através, entre, além) (França)
1986 Colóquio a Itália Declaração de Veneza Ubiratan
(Veneza) D’Ambrósio
Ciência nas Diálogo: Ciência – Tradição
Fronteiras do (respeito à diversidade) (Brasil)
Conhecimento novo racionalismo e nova
metafísica

Prof. Dr. Luiz Eduardo V Berni – berni@usp.br

Histórico do Movimento TransD


Evento Local Conquistas Observações

Ano
França
1991 Congresso Ciência e (Paris)
Denúncia: enfraquecimento da
Tradição: diversidade cultural pela crença na
Perspectivas existência de um único caminho de
Transdisciplinares acesso à realidade.
Desafio: Civilização Planetária
Portugal
1994 I Congresso Mundial (Arrábida)
Carta da Transdisciplinaridade
da •Contraria à ao reducionismo
Transdisciplinaridade •Complementa o disciplinar
•Multireferencial
•Diálogo
•Respeito às diferenças
•Economia a serviço do humano
•Rigor, tolerância e abertura

Prof. Dr. Luiz Eduardo V Berni – berni@usp.br

11
Histórico do Movimento TransD
Evento Local Conquistas Observações

Ano
1997 Que universidade para o Suíça •Unificação sujeito, objeto em sujeito- Semente do
amanhã? Em busca da (Locarno) conhecedor CETRANS
evolução transdisciplinar da (Brasil)
universidade
2000 Conferência Suíça Declaração de Zurique Maria Melo
Transdisciplinar (Zurique) •Reconciliação Ciência com a Arte, Américo
Internacional Espiritualidade Sommernan
•Desenvolvimento integral (interior – exterior) (Brasil)
•Intuição, imaginário, corpo
•Integração: Ciência, Economia, Democracia –
Metafísica, Epistemologia, Poesia
•Pilares da TransD: Complexidade, Dialógica,
Níveis de Realidade
2005 II Congresso Mundial da Brasil Carta de Vila Velha
Transdisciplinaridade (Vila Velha) •Apropriação maior da Carta da
Transdisciplinaridade
•Integração dos múltiplos saberes
•Ações efetivas na universidade

Prof. Dr. Luiz Eduardo V Berni – berni@usp.br

O que é Transdisciplinaridade
Conceito - Uma Abordagem Científica que afirma que
há verdades intrínsecas às Disciplinas, entre as
Disciplinas e além das Disciplinas

Nicolescu Objetivo (Pluralismo Epistemológico)


Unidade do Conhecimento
Complemento ao disciplinar
Conhecimento In Vivo
Metodologia (Pilares)
Complexidade (especialização)
Níveis de Realidade (relativização)
Lógica do Terceiro Incluído
(compreensão)

Atitude (Postura do Pesquisador)


Rigor
Tolerância
Abertura

Prof. Dr. Luiz Eduardo V Berni – berni@usp.br

12
Eixo Ontológico – Níveis de Realidade

NR n NP n

x
NR 0 NP 0

NR-n NP-n

Prof. Dr. Luiz Eduardo V Berni – berni@usp.br

Eixo Lógico – A Lógica do Terceiro Incluído


(Termo de resolução do paradoxo)
Lógica de outro nível de Realidade
T NR2

A ñ-A NR1
(Paradoxo)
Lógica intra-nível

Prof. Dr. Luiz Eduardo V Berni – berni@usp.br

13
Eixo Complexo – A Complexidade
X
Mistérico
Lógica do Terceiro (Sac – Intocável) Lógica do Terceiro
Incluído Incluído
NR2 NP2
T (boot strap – ZnR -) T
Cultura

Fragmento Sac
(sistemas Sagrado Revelado
Mito-Simbólico
Invariáveis)
Objeto Sujeito
NR1 NP1
Disciplina – Lógico-Epistêmico

A (lógica clássica) Não-A A (lógica clássica) Não-A


Leis Gerais

Fonte: Augusti N. Coll “As Culturas não são Disciplinas/ Nicolescu.”Um Novo tipo de Conhecimento”

Prof. Dr. Luiz Eduardo V Berni – berni@usp.br

Transdisciplinaridade Abertura
para o Diálogo da Tradição com
a Ciência

Prof. Dr. Luiz Eduardo V Berni – berni@usp.br

14
A Psicologia Científica e sua Vocação TransD
Definições de Psicologia:
• “Ciência que trata da Mente e do Comportamento” (Michaelis, 2000)

• “Ciência que procura compreender o Homem, seu comportamento para


facilitar a convivência consigo próprio e com o outro.” (Teles, 1995)

• “Etimologicamente – Estudo da Psique, Eu, Atman, Alma, Espirito,


Subjetividade: eu superior, eu espiritual, espírito” (Wilber, 2000)

Prof. Dr. Luiz Eduardo V Berni – berni@usp.br

Uma Ciência Humana


Ciência (redução):
• Problemática própria
• Campo específico de investigação
• Por meio de métodos rigorosos
(Japiassu, 1982)

Prof. Dr. Luiz Eduardo V Berni – berni@usp.br

15
Psicologia Científica – Opção de Excluir
• Psicologia Ocidental
• Psicologia do Povos Tradicionais (excluída)

(Mueller, 1968)

Prof. Dr. Luiz Eduardo V Berni – berni@usp.br

Uma Ciência Humana


Ciência Psicológica (grande dispersão)
• Filosóficas
• Biológicas
• Sociais
• Não há unicidade de campo

Figueiredo, 2000

Prof. Dr. Luiz Eduardo V Berni – berni@usp.br

16
Potencial Humano
Movimento do Potencial
Humano (1960)
• Questiona valores da
Ciência Materialista
• Autonomia do sujeito
• Questionou as normas
rigidamente estruturadas

Prof. Dr. Luiz Eduardo V Berni – berni@usp.br

As Forças da Psicologia
1a – Força Comportamental
2a – Força Psicanálise
3a – Força Humanismo
4a – Força Transpessoal

Abrahan H. Maslow

Prof. Dr. Luiz Eduardo V Berni – berni@usp.br

17
Diálogo com Práticas Alternativas
• W. Wundt:
“Psicologia: Ciência Intermediária, entre as Ciências

(Que ocupa um espaço intermediário)

TransD

Figueiredo, 2000

Prof. Dr. Luiz Eduardo V Berni – berni@usp.br

Uma Definição para Seção B


“Psicologia é o estudo da consciência
Humana e suas manifestações no
comportamento” (Ken Wilber)
A consciência tem:
• funções (percepção, memória, inteligência)
• estruturas (corpo, mente, alma, espírito)
• estados (normal e alterado)
• modos (estético, moral, científico)
• pode ser desenvolvida

Prof. Dr. Luiz Eduardo V Berni – berni@usp.br

18
A Transdisciplinaridade como
Base para o Diálogo dos
Ensinamentos R+C com a
Ciência

Prof. Dr. Luiz Eduardo V Berni – berni@usp.br

Recapitulando
• TransD – busca a unidade do
conhecimento (pluralismo epistemológico)
• Pilares
( Níveis de Realidade, Lógica 3o Incluído, Complexidade)

• Ensinamentos AMORC (Grande Cadeia do Ser)


• Disciplina: Psicologia Transpessoal

Prof. Dr. Luiz Eduardo V Berni – berni@usp.br

19
Linhas de Pesquisa da Seção B

Linha 1: Estudo Teórico Comparado dos Ensinamentos da AMORC e


as perspectivas da Psicologia. A linha objetiva o estudo teórico de um
determinado assunto dos ensinamentos colocando-o em diálogo com
determinada escola ou teoria da Psicologia.

Linha 2: Estudo Empírico dos Ensinamentos da AMORC e as


perspectivas da Psicologia Aplicada. A linha objetiva a pesquisa de
campo de modo a demonstrar que um determinado aspecto dos
Ensinamentos da AMORC, suas injunções, encontram respaldo nas
perspectivas da Psicologia.

Linha 3: Estudo Intrínseco dos Ensinamentos Rosacruzes. A


linha objetiva pesquisar os conceitos e conteúdos intrínsecos aos
ensinamentos rosacruzes veiculados nas monografias e livros da
AMORC colocando-os em diálogo entre si.

Prof. Dr. Luiz Eduardo V Berni – berni@usp.br

obrigado

Prof. Dr. Luiz Eduardo V Berni – berni@usp.br

20