UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ – UFPI CENTRO DE TECNOLOGIA – CT DEPARTAMENTO DE RECURSOS HÍDRICOS E GEOLOGIA APLICADA DISC.: SANEAMENTO II PROF.

: CARLOS ERNANDO DA SILVA

DIMENSIONAMENTO DE LAGOAS DE ESTABILIZAÇÃO (ANAERÓBIA + FACULTATIVA + MATURAÇÃO)

Grupo 04: Rafael Castelo Hylton Gomes Fagner Constantino Júnior Mauro Jonas

TERESINA-PI - JUN /2009

10 d Q 12 .9 x 107 NMP/100mL MEMORIAL DE CÁLCULO: 1.d • Cálculo do tempo de detenção resultante: t= V 37 .70 x 130 + 0.40 kg / d 1000 g / kg • Taxa de aplicação volumétrica: L v = 0.944 m³ Lv 0.240 m 3 / d = 3.DIMENSIONAMENTO: Dimensionar um sistema de lagoas de estabilização (anaeróbia + facultativa + maturação) para tratar o esgoto de uma cidade com as seguintes características:      População: 90.25 x 160 + 0.240 m 3 / d .794 . Lagoa Anaeróbia: • Vazão média afluente Q = população x carga per capita Q = 90.794 . mês mais frio) Concentração do esgoto: 310 mg/L Concentração de coliformes fecais: 2.05 x 100) Q = 12.944 m 3 = = 3.10 kg / m ³. médio: 70%.000 x (0.240 m³/d • Cálculo da carga afluente de DBO L = concentraç ão × vazão = 5 (L): 310 g / m 3 ×12 .10 kgDBO / m ³. baixo: 5% Temperatura média: 20º C (líquido.d (adotado ) • Cálculo do volume requerido para a lagoa: V = 3.40 kg / d L = = 37 .000 habitantes Nível sócio-econômico: alto: 25%.

41m C prim om ent o : 116 .50 ha → 7.ha A = 37 .57 B = 46.20 kg / d L = = 7.420.50 m ( adotado ) • Cálculo da área resultante: A= V 37 .50 ÷ 2 = 3.897 .002 x 20)(20 – 25) Ls= 253.841 .5m • Adotamos 2 lagoas em paralelo com áreas iguais a 10.07 kg/d.5B ⇒ 2.50 m N erode úm de lagoas = 2 • Cálculo da eficiência na remoção da DBO: Remoção de DBO: 50.75 ha (por lagoa) Ls 253 .57 L = 2.002 x T)(T – 25) Ls = 350 x (1.14 m ² H 3.841.41 m L arg ura : 46.420.107 – 0.240 m 3 / d =1. • Lagoa Facultativa: Taxa de aplicação superficial (Ls): Ls = 350 x (1.07 kg / d .ha • Cálculo da carga afluente de DBO L = concentraç ão ×vazão = 3 5 (L): 155 g / m ×12 .944 m 3 = =10 .897 .56m L = 116.00 mg/L 2.57m².107 – 0.20 kg / d 1000 g / kg • Cálculo da área requerida para a lagoa: A= 1. L x B = 5.• Adoção de um valor para a profundidade: H = 3.56 m Pr ofundidade : 3.14 / 2 = 5.5B x B = 5.00% de eficiência (tabelado) DBO efluente: 155.500 m ² .420.

K 20 : coeficient e deremoção da DBO emtemperat ura do líquido de 20 º C .750 m 3 = =15 .30 ×1.30 deve − se adotar θ = 1. para K = 0.500 x 2.50 m N erode úm de lagoas = 2 • Estimativa da concentração efluente de DBO: Adotou-se o sistema de Fluxo Disperso.5B ⇒ 2.19 m C prim om ent o : 306 .120 m 3 / d • Adotamos 2 lagoas em paralelo com áreas iguais a 37. Sendo assim: So = concentração de DBO total afluente (mg/L) S = concentração de DBO solúvel efluente (mg/L) t = tempo de detenção total (d) d = número de dispersão D = coeficiente de dispersão longitudinal (m2/d) U = velocidade média de percurso no reator (m/d) L = comprimento do percurso longitudinal no reator (m) K T : coeficient e deremoção da DBO emtemperat ura do líquido qualquer ( d −1 ). K T = K 20 ×θ (T −20 ) = 0.750m³ (volume por lagoa) • Cálculo do tempo de detenção resultante: t= V 93 .5B x B = 37.500 L = 2. L x B = 37.47 m L = 306.50 m (adotado ) • Cálculo do volume resultante: V = A x H = 37.• Adoção de um valor para a profundidade: H = 2.05 . θ : coeficient e de temperatur a.05 ( 20 −20 ) = 0.30 × d −1 .50 V = 93.500 m².500 B = 122.32 d Q 6.47 m P ofundidade r : 2.19 m L arg ura : 122 . por ser o mais adequado à situação.

79 4ae 1 / 2 d (1 + a ) 2 × e a / 2 d − (1 − a ) 2 × e −a / 2 d 4 × 2.79 / 2×0.79 ) 2 × e −2.79 ) 2 × e 2.254 × ( L / B) + 1.3 0 1 2 7 a = 2.19 / 122 .3 × 5 .37 a = 1 + 4 k ×t × d a = 1 +4 ×0.79 × e 1 / 2×0.08% SO 155 • Estimativa de concentração efluente de coliformes: No = contagem de coliformes afluente (NPM/100 mL) N = contagem de coliformes efluente (NPM/100 mL) Kb = constante de decaimento bacteriano (d-1) No = 2.261 + 0.72 × 100 = × 100 = 93.37 (1 + 2.47 ) 2 d = 0.261 + 0.72 mg/L • Cálculo da eficiência na remoção da DBO: E= SO − S 155 − 10.d= ( L / B) − 0.3 ×0.90 x 107 NMP/100mL Kb = 0.47 ) − 0.37 − (1 − 2.19 / 122 . 79 / 2×0.254 × (306 .014 × ( L / B) 2 (Yanez) d= (306 . 37 S = S0 × S = 155 × S = 10.37 a = 1 + 4k b ×t × d .47 ) + 1.30 (adotado) d = 0.19 / 122 .014 × (306 .

90 ×10 7 − 2.01 ×10 6 ×100 = ×100 = 93.79 / 2×0.79 ) 2 × e −2.07 % NO 2.01 x 10 6 NMP/100mL • Cálculo da eficiência na remoção de coliformes: E= NO − N 2.a = 1 +4 ×0.79 4ae 1 / 2 d (1 + a ) 2 × e a / 2 d − (1 − a ) 2 × e −a / 2 d 4 × 2.120 x 3 V = 18.37 − (1 − 2.37 N = N0 × N = 2.400 m² H 0. 79 / 2×0. com um tempo de detenção de 12dias.360 m 3 = = 20 .90 m • Adotamos uma área para cada lagoa de 20. 37 (1 + 2.360 m³ • Adoção de um valor para a profundidade: H = 0. Logo teremos 3 dias em cada lagoa.3 0 1 2 7 a = 2.90 ×10 7 3.79 ) 2 × e 2.79 × e1 / 2×0.3 × 5 .3 ×0.90 m ( adotado ) • Cálculo da área resultante: A= V 18 .400 m².9 ×10 7 × N = 2. . Lagoa de Maturação: Adotamos 4 lagoas em série. • Cálculo do volume requerido para a lagoa: V = Q x t = 6.

83 ) +1.83 ) − 0.72 • Estimativa de concentração efluente de coliformes: kb=1.30 x d-1 d = (142 .82 mg / L • Cálculo da eficiência na remoção da DBO: E= SO − S 10.01 x 106 NMP/100mL NO t  1 + Kb ×  n  n N= = 2.83 / 142 .99 SO t  1 + K ×  n  n S= = 10.20 ×10 3 NMP / 100 ml • Cálculo da eficiência na remoção de coliformes: E= NO − N 2.5d-1 N0 =2.014 × (142 .30 ×  4  4 = 0.01 ×10 6 .20 ×10 3 ×100 = ×100 = 99.83 ) 2 d = 0.89 % NO 2.72 − 0.72 12   1 + 0.L x B = 20.254 × (142 .83 m • Estimativa da concentração efluente de DBO: K = 0.83 / 142 .01 ×10 6 12   1 + 1.5 ×  4  4 = 2.82 × 100 = × 100 = 92.400 L = B = 142.83 / 142 .01 ×10 6 − 2.261 + 0.35% SO 10.

82 × 100 = × 100 = 99.90 x 107 NMP/100mL N = 2.90 × 10 7 .4.20 ×10 3 × 100 = × 100 = 99. Cálculo da eficiência total do sistema: DBO S0 = 310mg/L S = 0.90 ×10 7 − 2.99 % NO 2.74% SO 310 Coliformes Fecais No = 2.82 mg/L E= SO − S 310 − 0.20 x 103 NMP/100mL E= NO − N 2.

ESQUEMA: ³/dia .5.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful