NBR ISO9OO1 Sistemasde gestãoda qualidade Requisitos

ABNT - Associação Brasileirade Normas Técnicas
Sede: Rio de JaneìÍo Av. Treze de Maio, 13 28e andar CEP 20003-900 - Caixa Postal 1680 Rio de Janeiro - RJ Tel.: PABX (O21\ 210-3122 Fax: (02 1) 220-1 7 621220-6436 Endereço elelrônico: M.abnt.org.br

Copyright@ 2000, ABNT-Associação Brasileira de Normas Técnicas Printed in BÍazil/ lmpresso no Brasil Todos os direitos reseruados

NBRISO9001:2000 Origem: Projeto da ABNT/CB-2SComitêBrasileiro Qualidade da de CE-25:002.18Comissão EstudoSistemas Qualidade systems Requirements management NBR ISO9001- Quality assurance assu rance. Descriptors : Quality management. Quality Quality system. Quality à EstaNormaé equivalente ISO 9001:2OO0 e as cancela substitui NBRISO9002:1994 NBR ISO9003:1994 e EstaNorma substitui NBRISO9001:1994 a EstaNorma de Válida paftir 29.01.2001 a
Palavras-chave Gestão da qualidade.Garantiada qualidade.Sistemade garantiada ualidade.Qualidade 21 páginas

Sumário PreÍácio 0 Introdução 'l Objetivo 2 Referência normativa 3 Termose deÍinições 4 Sistemade gestãoda qualidade da 5 Responsabilidade direção 6 Gestãode recursos 7 Realização produto do a I M e d i ç ã o , n á l i s ee m e l h o r i a ANEXOS : e A C o r r e s o o n d ê n cea t r eN B R I S O 9 0 0 1 : 2 0 0 0 N B R I S O 1 4 0 0 11 9 9 6 in : e B C o r r e s o o n d ê n cea t r eN B R I S O 9 0 0 1 : 2 0 0 0 N B R I S O9 0 0 1 1 9 9 4 in BibliograÍia PreÍácio cujo As de de Brasileira NormasTécnicas- é o Fórum Nacional Normalização. Normas Brasileiras, A ABNT - Associação dos Comitês Brasileiros(ABNT/CB) e dos Organismosde NormalizaçãoSetorial conteúdo é de responsabilidade delas dos por Comissões Estudo(CE),Íormadaspor representantes setoresenvolvidos, (ABNT/ONS), de são elaboradas laboratórios outros). e e consumidores neutros(universidades, Íazendoparte:produtores, circulampara ConsultaPúblicaentre no elaborados âmbitodos ABNT/CBe ABNTiONS, de Os Projetos Norma Brasileira, os associadosda ABNT e demais interessados. Esta Norma possuios anexos A e B, de caráterinÍormativo. 0 Introdução 0.1 Generalidades O de seja uma decisãoestratégica uma organização. projeto Convémque a adoçãode um sistemade gestãoda qualidade por são inÍluenciados váriasnecessidades, de de e a implernentação um sistemade gestãoda qualidade uma organização Não é intenda e produtos empregaoos o tamanhoe estrutura organização. Íornecidos, processos os especiÍicos, objetivos da ou de de na desta NormaimporuniÍormidade estrutuÍa sistemas gestãoda qualidade uniformidade documentação. ção para proaos nesta Normasão complementares requisitos especificados do Os requisitos sistemade gestãoda qualidade ou como "NOTA' se destinama orientaro entendimento esclarecero requisito dutos. As inÍormaçõesidentificadas associado. para avaliara capaciorganismos certiÍicação, de Esta Norma pode ser usada por partes internasou enernas, incluindo e os do de dade da organização atenderaos requisitos cliente, regulamentares os da própriaorganização.

NBRISO 9O01:2000
Os princípiosde gestão da qualidadedeclaradosnas NBR ISO 9000 e NBR ISO 9004 Íoram levadosem consideraçãodurante o desenvolvimento desta Norma. 0.2 Abordagem de processo Esta Norma promovea adoção de uma abordagemde processopara o desenvolvimento, implementação melhoriada eÍie cácia de um sistema de gestão da qualidade para aumentar a satisfaçãodo cliente pelo atendimentoaos requisitosdo cliente. Para uma organização Íurrcionarde maneiraeÍicaz,ela tem que identiÍicar gerenciardiversasatividadesinterligadas. e Uma atividadeque usa recursos e que é gerenciadade Íorma a possibilitara transformação entradas em saídas pode ser de a consideradaum processo.Freqüentemente saída de um processoé a entradapaÍa o processoseguinte. junto.com.aidentiÍicação, A aplicação de.um sistema,de.processos-em organização,. uma interações desses processos e de sua gestão,pode ser considerada como "abordagem processo". Uma vantagemda abordagemde processoé o controlecontínuoque ela permitesobre a ligação entre os processosindividuaisdentro do sistemade processos,bem como sua combinaçãoe interação. de Quando usada em um sistemade gestão da qualidade,esta abordagemenÍatizaa importância a) entendimento atendimento requisitos, e dos b) necessidade considerar processos termosde valoragregado, de os em c) obtençãode resultadosde desempênhoe eÍicáciade processo, contínua processos de baseadaem medições objetivas. d) melhoria baseadoem processo mostradona Íigura 1, ilustraas ligaçõesdos proO modelode um sistemade gestáoda qualidade, um na mostra que os clientesdesempenham papel significativo nas seções 4 a B. Esta ilustraçáo cessos apresentadas relaA da dos clientesrequera avaliação inÍormações de dos requisitos como entradas. monitorização satisfação deÍinição pelos clientesde como a organização do tem atendidoaos requisitos cliente.Este modelomostradona tivas à percepção processos um níveldetalhado. em desta Norma,mas não apresenta figura1 abrangetodosos requisitos paratodosos prrcessos. mo(PDCA) pode conhecida O a como'Plan-Do-Check-Act' NOTA- Adicionalmente, ser aplicada metodologia pode descrito como ser resumìdamente segue: deloPDCA Plan(planejar): Do(Íazer)'. Check(checar):
Áct (agiQ:

para com os requisitos cliente e e necessários Íomecer resultados acordo de do os estabelecer objetivos processos pol íticas organização; da os implementar pÍocessos; para processos produtos relação políticas, objetivos aos requisitos o produto relae e aos e monitorar medìr e em às
tar os resultados: do a executarações para promovercontinuamente melhoriado desempenho processo.

Clientes

Clientes

I

Satisfação

t----------------

R;q;l;it;;

Ì

Legenda: ------)

que agregam valor Atividades F l u x od e i n Í o r m a ç á o

Figura 1 - Modelo de um sistema de gestão da qualidade baseado em Processo

4 Compatibilidadecom outÍos sistemas de gestão da das para aumentara compatibilidade duas normas em benefício Esta Norma Íoi alinhadacom a NBR lso 14001:1996 de comunidade usuários.g.recomendacomo toda norma estavaem vigoÍ no momentodestapublicação. requisitos que cumpracom os ira de gestãoda qualidade 1 Objetivo 1 . NBRISO Entrecontínuade desempenho. ma.mas também podem ser usadas de gestão da qualidade. 3 Termos e deÍinições da os Para os eÍeitosdesta Norma. especificamente cuja Alta para organizações gOO+ recomendada como uma orientação é A ciência. usados nesta NBR lso vocabuláriousado atualmente: Íornecedor ----) organização -----> cliente "Íornecedor" à e refere-se unidadepara a qual esta o termo o termo..gestão de segurançae saúúe ocupacional. termo "serviço".t"r.estãoamEsta Norma não inclui requisitosespecíÍicospara outros sistemasde gestão..Nesta 1 .organização.que tange à melhoriacoÀtínua desempenho NBR ISO 9001.Ela está Íocada na eÍicáciado sistema de gestão da para aplicaçãointerna. Emboraas duas indãpendentemente. 2A p l i c a ç ã o sem levarem a que sejamaplicáveis todas as organizações.assim como à sua eÍicácia.tais como Norma possibilitaa uma gestão Íinanceiraou de risco. constituem a A norma relacionada seguircontémdisposição está sujeitaa revisão..NBRISO9001:2000 0. requisitos Esta NormaespeciÍica do que atendamaos requisitos cliente para Íomecerde forma coerenteprodutos sua capacidade demonstrar a) necessita e aplicáveis.as quais Íoram projetadaspara se complementarem elas têm estruturassimilarespara auxiliarna sua normastenham objetivosdiferentes. melhoria na estabelecidos NBR lSo 9001.'esta biental.sistemas gestão existentespara estabelecerum sisteÉ tuttao relacionados.3 Relaçãocom a NBR ISO 9004 gOO4 como um par coerentede normas de sistema Íoram desenvolvidas As atuais ediçõesdas NBR lso gool e NBR ISO mutuamente. 2 BeÍerêncianormativa para esta Norprescrições que.A ABNTfrossui e Sistemasde gestãoda qualidade Fundamentos vocabulário' NBR ISO 9000:2000.não tem propósitos certiÍicaçáo Íinalidade 0. ou de tantó. Ìermo NOTA. mais amplos do que a A NBR ISO 9OO4Íornece orientaçãopara um sistema de gestão da qualidadecom objetivos e globalde uma organizaç-ão sua efido no."ri. aplicação que podgm ser usadospelas organizações para um sistemade gestãoda qualidade requisitos A NBR ISO 9001 especiÍica quapara cediÍicaçãoou para Íins contraiuais. com esta Norma não será aceitável'a não ser que as de reivindicação conÍormidade exclusóes. regulamentares e requisltos para melhoria processos incluindo do do b) pretendeaumentara satisÍação clientepor meio da eÍetivaaplicação sistema. aplicáveis' regulamentares do com requisitos clientee requisitos garántia conÍormidade da contínuado sistemae a "produto" pelo ou intencional requerido cliente' paraproduto apenas aplica-se o Norma. como um par coerente.substitui "Íornecedor" usadona NBR lso 9001:1994 "subcontratado".aplicam-se termose deÍinições NBR lso 9000' foram alteradospara refletiro gool para descrevera cadeia de fornecimento. Entretanto. "produto". de gestáo da qualidadecom outros requisitosde sistemas de integraçãode seu organizaçãoo alinhamentoo.tamanhoe produtoÍornecido' e de devidoa natureza uma organização seus ser desta Norma não puder(em) aplicado(s).buscando dos requisitos Direçãodesejair além contratual.ã oig"nizaçâo destaNorma. " de adaptal seuõ. 1G e n e r a l i d a d e s quandouma organização para um sistemade gestãoda qualidade. ao seremcitadasnestete)Ío. A ediçãoindicada de se usar a edição mais recenteda a se àquelesque realizamacordoscom base nesta que veriÍiquem conveniência das normasem vigorem um dado momento' a inÍormação normacitadaa seguir. possívela . euando Íorem efetuadas ou não aÍetema capacidade responcontìdosna seção 7 e que tais exclusões aos requisitos Íiquem limitadas exclusões aplicáregulamentares e dos clientes requisitos que atendamaos requisitos de da sabilidade organização Íomecerprodutos veis. dos lidadeem atenderaos requisitos clientes. estetambémpode significar o Ao lonoodo te)Ío desta Norma.onde aparecer termo . o agorasubstitui termo o Norma"" afili"a.lgualmente. e desta Normasáo genéricos se pretende Todos os requisitos o consideração tipo. requisito(s) Quandoalgum(ns) para exclusão' iõsopode ser considerado produtos. aqueles especíÍicosà. os seguintestermos.

para apoiara operaçãoe o monitoramento d) assegurar disponibilidade recursose informações a de necessárias desses processos.NBRISO9001:2000 4 Sistema de gestão da qualidade 4. e para atingiros resultados planejados a melhoria Í) implementar açõesnecessárias contínua dessesprocessos. e Esses processosdevem ser gerenciadospela organização acordocom os requisitos desta Norma.2.2.Ondeo termo documentado" aparecer nestaNorma.2). antesda sua emissão. exclusões incluindo e detalhes justiÍicativas a) o escopodo sistemade gestãoda qualidade.3 Controle de documentos de pelo sistemade gestãoda qualidade Registros são um tipo especial devemser controlados. significa o procedimentoestabelecido. 1G e n e r a l i d a d e s deve incluir A documentação sistemade gestãoda qualidade do da da e da a) declarações documentadas política qualidade dos objetivos qualidade. e ao e dos e b) à complexidade processos suasinterações. e) registros "procedimento que documentado. criticamente atualizar. c) a descrição interação da 4. operaçãoe o controleeÍicazesde seus proo a d) documentos necessários organização à cessos. reÍerência eles. requeridos Os documentos em apresentados 4. para o sistemade gestãoda qualidade. c) procedimentos documentados para assegurar planejamento.2.Convém os processos de da acimareferenciados provisão recursos. e b) analisar . 2 ) . do pode Íormaou tipode meiode comunicação. implementado e mantido.4. de algum processoque aÍete a conÍormidade produto em relação do Quando uma organizaçãooptar por adquirirexÍernamente aos requisitos. para processos paraativique necessários o sistema gestão qualidade incluam NOTA. A organização deve a) identificaros processos necessáriospara o sistema de gestão da qualidadee sua aplicação por toda a organização ( v e r1 . l por requeridos esta Norma. paÍa podediÍerir umaorganização outradevido: do de da de NOTA .e por requeridos esta Norma(ver 4.2Requisitos e documentação d 4 . reaprovar e documentos.e ou a estabelecidos b) os procedimentos documentados do entreos processos sistemade gestãoda qualidade.A abrangência documentação sistema gestão qualìdade 2 da da a) ao tamanho organização tipode atividades.A documentaçáo estarem qualquer 3 4. para assegurar que a operaçãoe o controledesses processossejam efic) determinar critériose métodosnecessários cazes.2. e) monitorar. medire analisar essesprocessos. a) aprovardocumentos quandonecessário. é NOTA1 .1 Requisitos gerais A organizaçãodeve estabelecer.documentar. b) determinara seqüênciae interaçãodesses processos. 2 . b) manuada qualidade.4). organizaçãodeve asseguraro controledesses processos. de e documento devemser controlados acordocom os requisitos para para definiros controles necessários deve ser estabelecido documentado Um procedimento quantoà sua adequação.implementar manter um sistemade gestão da qualidadee melhorar contie nuamentea sua eÍicáciade acordo com os reouisitosdesta Norma. NOTA . dades gestão. c) à competência pessoal.2Manual da qualidade que inclua e A organização deve estabelecer manterum manualda qualidade para quaisquer (ver 1. de de do e 4.O controlede tais processosdeve ser identifia cado no sistemade gestãoda qualidade. realização produto medição.

da 5 Responsabilidade direção 5.4. legíveis.4. contínuada eÍicáciado sistemade gese aos requisitos com a melhoria com o atendimento b) incluium comprometimento tão da oualidade.NBRISO90O1:2000 c) assegurarque alteraçõese a situaçãoda revisãoatual dos documentossejam identificadas.5 Responsabilidade.2 Foco no cliente com o propósitode aumentara e do A Alta Direçãodeve assegurarque os requisitos clientesão determinados atendidos ( e a s t i s Í a ç ãd o c l i e n t e v e r 7 . nos locaisde uso. 4.4Planejamento 5.5.2.Í Responsabilidadee autoridade na são e que as responsabilidadesautoridades deÍinidas comunicadas organização. tempo de retençãoe descartedos registros. proteção.e b) a integridadedo sistema de gestão da qualidadeé mantida quando rnudançasno sistema de gestão da qualidadesao planejadas implementadas. d) a conduçãode análises de e) a garantiada disponibilidade recursos. o 5 . e A Alta Direçãodeve assegurar . 2 . e críticaspelaAlta Direção.1. 1 8 . da para estabelecimento análisecríticados objetivos qualidade.1Objetivos da qualidade do para atenderaos requisitos aquelesnecessários incluindo gue os objetivos qualidade.1 a)]. da os c) a garantiade que são estabelecidos objetivos qualidade. de criticamente e) é analisada 5. armazenaUm procedimentodocumentadodeve ser estabelecidopara deíiniros controlesnecessáriospara identiÍicação. e uma estrutura c) proporciona e d) é comunicadae entendidapor üodaa organizaçâo. 3 P o l í t i c ad a q u a l i d a d e que a política qualidade da A Alta Direçãodeve assegurar a) é apropriadaao propósitoda organização.1 Comprometimentoda direção do e com o desenvolvimento com a implementação sisdo A Alta Direçãodeve Íornecerevidência seu comprometimento mediante contínua sua eÍicácia de e tema de gestãoda qualidade com a melhoria dos clientes. e vem ser mensuráveis coerentes 5. bem como aos objetivosda qualidade. são estabeiecidos Íunçõese nos nÍveispertinentes organização.e e Í) assegurarque documentosde origem e)Íerna sejam identiÍicados que sua distribuição adequadanos casos em que Íorem retidos g) evitar o uso não intencionalde documentosobsoletose aplicaridentiÍicação por qualquerpropósito. que os documentos legíveis prontamente e e) assegurar seja controlada.recuperação. Registros devem ser mantidos cazdo sistemade gestãoda qualidade. 5.4Controle de registros Registrosdevem ser estabelecidose mantidospara prover evidênciasda conÍormidadecom requisitose da operação eÍiprontamente e identiÍicáveis recuperáveis. estejamdisponíveis de d) assegurarque as versões pertinentes documentosaplicáveis permaneçam identiÍicáveis. 5. mento. 1 ) .como também aos requisitosreguem a) a comunicaçãoà organizaçãoda importância atenderaos requisitos e lamentares estatutários. 2 . da A Alta Direçãodeve assegurar deda Os da nas produto[ver 7. objetivos qualidade da com a política qualidade.2Planejamentodo sistema de gestão da qualidade A Afta Direçãodeve assegurarque do a) o planejamento sistema de gestãoda qualidadeé realizadode Íorma a satisfazeraos requisitoscitados em 4. da da b) o estabelecimento política qualidade. e autoridade e comunicação 5. para manutenção sua adequação.

5.adequação eÍicácia..para a assegurarsua contínua pertinência.2 Representante da díreção A Alta Direçãodeve indicarum membro da organização que.incluindo a política. do NorA . Essa análise crítica de-veincíuir e a avaliação d'e opártunidades para melhoriae necessidadede mudançasno sistema de gestão da qualidade.3Comunicaçãointerna A Alta Direçãodeve assegurarque são estabelecidos organizaçãoos processosde comunicação na apropriadose que seja realizadacomunicaçãorelativaà eficáciado sistema de gesìãoda qualidade.2 Recursos humanos 6. a de o aos 6.2Competência. e g) recomendações para melhoria.6 Análise crítica pela direção 5. da 5.5.habilidade experiência e apropriados.2 Entradaspara a análise crítica As entradas para a análisecríticapela direçãodevem incluir informações sobre a) resultados auditorias. de c) desempenho processo conformidade produto. independente outras responsabilidades. de .A responsabilidadeum representante diÍeção de da podeincluir ligação a com partes e):ternas assuntos em relativos sistema ao de gestão qualidade. sua e b) aumentar satisfação clientesmediante atendimento seus requisitos. do fornecer treinamento tomar outrasaçõespara satisÍazer ou essasnecessidades competência.2.2. 6.3Saídasda análise crítica As saídasda análisecríticapela direçãodevemincluirquaisquer decisões açõesrelacionadas e a a) melhoria eÍicácia sistemade gestãoda qualidade de seus processos.1 Provisão de recursos A organização deve determinar provérrecursos e necessários para a) implementar mantero sistemade gestãoda qualidade melhorar e e continuamente eÍicácia.1Generalidades o pessoalque executaatividadesque aíetam a qualidadedo produtodeve ser competente. 5.e c) assegurara promoçãoda conscientização sobre os requisitos clienteem toda a organização. do do e c) necessidade recursos. de e de d) situação das açõespreventivas corretivas e e) acompanhamento açõesoriundas análises das de críticas peladireção.6. anteriores Í) mudanças que possamafetaro sistemade gestãoda qualidade.5. implementados e mantidos.treinamento.6. Devemser mantidosregistros das análises pela Alta Direção(ver4. intervalosplanejados.6.1Generalidades A Alta Direçãodeve analisarcriticamenteo sistema de_ gestão da qualidadeda organização. da do e b) melhoria produtoem relaçãoaos requisitos cliente.2.4). de b) realimentação cliente. de 6 Gestão de recursos 6. com base em educaçáo. b) relatarà Alta Direçãoo desempenhodo sistema de gestãoda qualidadee qualquernecessidade de melhoria. críticas 5.daqualidadee os objetivosda qualidade.NBRISO 9001:2000 5.conscientizaçãoe treinamento A organização deve determinar competências as necessárias para o pessoalque executatrabalhos que aÍetama qualidade produto. de deve ter responsabilidade e autori<ladepara a) assegurarque os processosnecessáriospara o sistemade gestão da qualidadesejam estabelecidos.

.A organização também duto.a organização a do para o produto. processos documentos proverrecursos especíÍicos e e b) a necessidade estabelecer de para o produto. aceitaçãode contratosou pedidos. ou mas necessários b) os requisitos não declarados relacionados produto. c) a organização tem a capacidade da Devemser mantidosregistros dos resultados análise críticae das açõesresultantes dessaanálise(ver 4. de e e b) equipamentos processo(tantomateriais equipamentos de e c) serviços apoio (taiscomo transporte comunicação). Ao planejar realização produto. a Oualidade. de 6.N B RI S O9 0 0 1 : 2 0 0 0 c) avaÍíara e(ícácía das ações executadas.2.4). onde conhecido. infra-estrutura A a) ediÍícios. (ver4.quandoaplicável tos do produto. d) assegurarque o seu pessoal está conscientequantoà pertinência impoftânciade suas atividadese de como elas cone da e tribuempara atingiros objetivos qualidade.espaço de trabalhoe instalaçõesassociadas. 7. apresentaçãode propostas. A saídadesteplanejamento (incluindo processos realização prodo que os de da do de NOTA1 . do podeaplicar requisitos de dos apresentados 7. de monitoramento.e ao e c) requisitosestatutários regul. do mo os critérios atendemaos para Íornecerevidência que os processos realização o produtoresultante de e de d) registros necessários (ver 4.2. do previamente maniÍestados e estão resolvidos.2 Processos relacionadosa clientes 7. habilidade experiência e e) manterregistros apropriados educação.2.prover e manter a inÍra-estrutura inclui. de incluindo requisitos os a) os requisitos especiÍicados para o uso especiÍicado intencional.Um documento especifica processos sistema gestão qualidade os podeser referenciado comoum planoda ou especíÍico.Esta análisecríticadeve ser realizada A organização deve analisarcriticamente requisitos tes da organizaçãoassumir o compromissode Íornecerum produto para o cliente (por exemplo.3 lnÍra-estrutura necessáriapara alcançara conÍormidadecom os requisiA organizaçãodeve determinar. requisitos da ao deve ser de Íorma adequada métodode operação organização. treinamento. determinado d) qualquer requisito adicional 7 . e a) objetivos qualidade requisitos da para o produto.3no desenvolvimento pÍocessos realização proem os NOTA2 . c) veriÍicação.1 Planejamentoda realizaçãodo produto para a realizaçãodo produto. com os requisitos outrosprocessos sistemade gestãoda qualidade de do lizaçãodo produtodeve ser coerente quandoapropriado: o deve determinar seguinte.bem coespecíÍicos inspeçãoe atividades ensaiorequeridos.4). validação. pelo cliente.4).O planejamentoda reaA organizaçãodeve planejare desenvolveros processosnecessários (ver 4. b) os requisitos contratoou de pedidoque diÍiramdaqueles de para atenderaos requisitos definidos. quantoprogramas computador).aceitaçãode alteraçõesem contratosou pedidos)e deve assegurarque a) os requisitos produtoestãodefinidos.4 Ambiente de trabalho para alcançara conÍormidade necessárias e as do A organização deve determinar gerenciar condições ambiente trabalho de com os requisitos produto.2 Análisecrítica dos requisitos relacionadosao produto anao os relacionados produto. do 7 Realizaçãodo produto 7.2. organização a deve conÍirmaros requisitos Quandoo clientenão forneceruma declaração clienteantesda aceitaÇão.amentares pela organização.1). de 6. para a aceitação produto. a empreendimento contrato duto)e os recursos seremaplicados um produto. pelo cliente.1 Determinaçãode requisítos relacionadosao produto A organização deve determinar paraentregae paraatividades pós-entrega.2. do documentada dos requisitos.

incluindo do suas reclamações. e b) a análisecrítica.Essas ena de Entradas relativas requisitos produtodevem ser determinadas registros tradasdevemincluir e a) requisitos Íuncionamento de desempenho.4). produção parafornecimento serviço. análise crítica as ao tais ou de @e compreender informações 7.2.3Saídasde projeto e desenvolvimento de devem ser apresentadas uma Íorma que possibilitea verificaçãoem relação às As saídas de projetoe desenvolvimento antesde seremliberadas. de aplicáveis. inÍormações originadas projetos para projetoe desenvolvimento.3Comunicaçãocom o cliente A organizaçãodeve determinare tomar providênciaseíicazes para se comunìcarcom os clientes em relaçãoa a) informações sobre o produto. 2E n t r a d a sd e p r o j e t oe d e s e n v o l v i m e n t o e devem ser mantidos(ver 4. 7 . b) identiÍicar de Entre os parlicipantesdessas análises críticas devem estar incluídosrepresentantes funções envolvidascom o(s) estádos reDevem ser mantidosregistros que está(ão)sendo analisado(s) criticamente. gio(s)do proletoe desenvolvimento (ver4.2. para aquisição. criticamente Requisitos Essasentradasdevemser analisadas entresi. e de entradas projetoe desenvolvimento devemser aprovadas devem As saídasde projetoe desenvolvimento de a) atenderaos requisitos entradapara projetoe desenvolvimento. comovendas umaanálise crítica Íormal é Nesses casos.1 disposições ) e em do e dos resultados projeto desenvolvimento atenderaos requisitos. de a Duranteo planejamento projetoe desenvolvimento organização do deve determinar a) os estágiosdo projetoe desenvolvímento.e c) realimentação cliente. NOTA.contratosou pedidos. acordocom em Devemser realizadas.verificaçãoe validaçãoque sejam apropriadas para projetoe desenvolvimento. sem ambigüidadevemser completos. açõesnecessárias crÍticas de quaisquer e das análises sultados .3. situações.NBR ISO9O01:2000 Quardo os reguisítosde produto Íorem aÍterados. do as d) especiÍicar características produtoque são essenciais 7. 7. medidaque o projetoe o desenvolvimento As saídasdo planejamento direm.3. c) as responsabilidadesautoridades e para asseguA organizaçãodeve gerenciaras interfacesentre diferentesgrupos envolvidosno projeto e desenvolvimento. c) onde aplicável. des e não conÍlitantes 7. c) conterou referenciar paraseu uso seguroe adequado. planejadas (ver 7. b) requisitos estatutários regulamentares e e de anteriores semelhantes.a organizaçãodeve assegurar que os documentos pertínentessão cornpftementadosque o pessoalpertinenteé alertadosobre os requisitos e alteracios. a) avaliara capacidade qualquer problemae proporas açõesnecessárias. 3 . de e inÍormações apropriadas b) Íornecer e de do critérios aceitação produto.4Análise crítica de proieto e desenvolvimento de de análisescríticassistemáticas projetoe desenvolvimento. para cada Íase do projetoe desenvolvimento. fases apropriadas.1Planejamentodo proieto e desenvolvimento A organização deve planejare controlaro projetoe desenvolvimento produto.3.2.4). paracadapedido impraticável.Em algumas pelainternet.incluindoemendas. comocatálogos material propaganda.3. clarade responsabilidades.3 Projeto e desenvolvimento 7. rar a comunicação eÍicaze a designação progrena devem ser atualizadas apropriadamente.a pertinentes produto. d) outrosrequisitos essenciais quantoà adequação. b) tratamentode consultas.

em Íornecedores com base na sua capacidade fornecerprodutosde acordocom deve avaliare selecionar A organização Devemser mantidos paraseleção. quandonecessário. ser analisadas criticamente.'l Controle de produção e Íornecimento de serviço de A organizaçãodeve planejare realizara produçãoe o fornecimento serviço sob condiçõescontroladas.2.4).2.2. devemser estabelecidos.5 Produção e Íornecimento de serviço 7.3. da oriundas avaliação e açõesnecessárias. de As inÍormações aquisição processos equipamento.4. análise e e como apropriado. ou ser úeriÍicaâa tenhasido entregue. das avaliações de quaisquer registros dos resultados 7.5Verificaçãode projeto e desenvolvimento A verificaçãodeve ser executadaconÍormedisposiçõesplaneladas(ver 7. e a) aprovação produto.N B RI S O9 0 0 1 : 2 0 0 0 7. c) sistemade gestãoda qualidade.4). organização executar veriÍicação a ou Quandoa organização seu clientepretender de pretendidas o métodode liberação produto. para assegurarque as saídas do projeto e Devem ser mantidos registros desenvolvimento estejamatendendoaos requisitosde entradado projetoe desenvolvimento. depoisque o produtoesteiaem uso ou o serviço aparentes planejados. validaçãodeve ser concluída (ver açõesnecessárias 4.3. ou onde conhecido. aprovadas veriÍicadas validadas. (ver açõesnecessárias 4.1). adequado.3. pós-entrega. de e de b) qualiÍicação pessoal. procedimentos.5. açõesnecessárias e da críticade alterações de quaisquer dos resultados análise Devemser mantidosregistros 7. ao antes da sua comunicação Íorneespecificados de a dos requisitos aquisição A organização deve assegurar adequação cedor. a o devemdescrever produto ser adquirido incluir.3. 7. e de as de declarar.6Validaçãode projeto e desenvolvimento (ver 7.1 Processo de aquisição O de especiÍicados aquisição. nas inÍormações aquisição. de de b) a disponibilidade instruções trabalho.4Aquisição 7.2lnÍormações de aquisição para requisitos e onde apropriado.1). os de dessesprocessos alcançar resultados a deve demonstrar capacidade A validação .4). do de a) a disponibilidade inÍormaçàesque descrevamas características produto. (ver 4. deve incluira avaliaçãodo efeito das alteraçõesem partes compode críticadas alterações projetoe desenvolvimento nentese no produtojá entregue.Devem ser mantidos a Onde Íor praticável. tipo que o produtoadquirido com os requisitos está conforme deve assegurar A organização e extensão do controle aplicado ao Íornecedore ao produto adquiridodevem depender do eÍeito do produto adquiridona do realização subseqüente produtoou no produtoÍinal.3Verificaçãodo produto adquirido paÍa assegurarque o produto necessárias inspeçãoou outrasatividades e deve estabelecer implementar A organização especiÍicados. (ver 4. alterações As e devemser identiÍicadas registros de As alterações projetoe desenvolvimento A antesda sua implementação. que o produto resultanteé capazde atenderaos requisitos do antes da entregaou implementação produto.2Validação dos pÍocessos de produção e Íornecimentode serviço não possa processos produção Íornecimento serviçoonde a saída resultante de e de deve validarquaisquer A organização só processos onde as deficiências Íiquem lsso incluiquaisquer por monitoramento mediçãosubseqüente. e dos resultados verificação de quaisquer da 7.Condiçõesconquandoaplicável troladasdevem incluir.4). avaliação reavaliação e Critérios da os requisitos organização. de atendeaos requisitos aquisição adquirido deve a do nas instalações Íornecedor. da í) a implementação liberação.7Controle de alteraçõesde proieto e desenvolvimento devem devemser mantidos. e de registros dos resultados validação de quaisquer 7.2.entregae atividades 7.4.5. c) o uso de equipamento para monitoramento medição' e e d) a disponibilidade uso de dispositivos e de e) a implementação mediçãoe monitoramento. providências verificação 7.4.para assegurar planejadas disposições deve ser executada conÍorme A validação projetoe desenvolvimento do para aplicaçãoespeciÍicada uso intencional.3.

quando aplicável a) critériosdefinidospara análisecrítica e aprovaçãodos processos. isso deve ser inÍormado clientee devemser mantidos propriedade podeincluir intelectual. c) identificado que e o da contraa. para ou inadequada do ou incorporação produto. de 7.41.Se qualquerpropriedade clienteÍor perdida. d) requisitospara registros(ver 4. base usadapara calibração veriÍicação deve ou a ou mediçãointernacionais nacionais. I M e d i ç ã o . A organizaçãodeve tomar as providênciasnecessárias incluindo. 4 ) . armazenamento proteção. e Quando a rastreabilidadeé um requisito. a extensão seu uso. b) aprovaçãode equipamentoe qualiÍicação pessoal. 7.Registros dos resultados calibração veriÍicação de deve ser conÍirmadaa capacidadedo softwarede de Quando usado na medição e monitoramento requisitosespeciÍicados.danificada considerada no (ver4. também deve preservação embalagem.4Propriedadedo cliente A organizaçãodeve ter cuidado com a propriedadedo cliente enquanto estiver sob o controle da organizaçãoou sendo veriÍicar.5. para satisÍazer aplicação lsso deveser Íeitoantesdo uso iniciale reconÍirmado necessário. organização que o dispositivonão está conÍorme com os requisitos.jar implementar processos A organização do a a) demonstrar conformidade produto.justes possaminvalidar resultado medição. a organização deve controlar e registrar a identificaçãoúnica do produto ( v e r4 .protegere salvaguardar propriedadedo cliente Íornecidapara uso a usada por ela. c) melhorar de e estatísticas.4).4) e e) revalidação.A preservação deve incluiridentiÍicação. de os e deve plane. e manuseio.2. b) ajustado reajustado.5Preservaçãodo produto Esta a do A organização deve preservar conformidade produtoduranteprocessointernoe entregano destinopretendido. e NOTA Emalguns a de é são setores atividade. NOTA Propriedade cliente do 7.2.1 Generalidades para medição. ou que para possibilitar a situação calibração da seja determinada. incluindo técnicas dos lsso deve incluira determinaÇão métodosaplicáveis.A organizaçãodeve tomar ação apropriada no dispositivoe em (ver 4. dispositivo medição o de deve ser assegurar QuandoÍor necessário ou a) calibradoou verificadoa intervalosespeciÍicados antes do uso.6 Controle de dispositivos de medição e monitoramento e de as a deve determinar mediçõese monitoramentos serem realizados os dispositivos mediçãoe monitoA organização (ver 7. devemser mantidos e qualquer produtoaÍetado. de c) uso de métodose procedimentos especíÍicos. gestão conÍiguraçãoummeiopeloquala identificaçãorastreabilidade mantidas. e do a continuamente eÍicácia sistemade gestãoda qualidade. e cutadosde uma maneiracoerente resultados válidos. ser registrada.NBR ISO9001:2O00 para esses processos.5. A organizaçãodeve identiÍicar. do Quandoapropriado. de às ser aplicada partesconstituintes um produto. análisee melhoria necessários monitoramento. 2 .1).2. organização de A organização deve identiÍicara situaçãodo produtono que se reÍereaos requisitos monitoramento de medição. se pretendida. d) protegido manutenção armazenamento. a computador 'a o 1 N O T A V e rN B RI S O1 0 0 1 2 -e N B RI S O1 O O 1 2p2 r a r i e n t a ç ã o . para evidenciar conformidade produlocom os requisitos determinados do a ramentonecessários podemser realizados são exepara assegurar que mediçãoe monitoramento processos e A organização deve estabelecer de com os requisitos medição monitoramento. do a b) assegurar coníormidade sistemade gestãoda qualidade.3 ldentiÍicação e rastreabilidade o ao a deve identificar produtopor meiosadequados longoda realização produto.5.a n á l i s e e m e l h o r i a 8. . de e) protegido dano e deterioração quandoconstatar de a dos resultados medÇõesanteriores deve avaliare registrar validade a Adicionalmente.2. 7. quandonecessário. contra padrõesde medição rastreáveisa padrões de quandoesse padrãonão existir. e duranteo manuseio. registros ao uso.

corn os requisitosdesta Norma e com os requisitosdo sistema a) .lsso deve ser realizado estágios s c i a sp l a n e j a d a ( v e r7 .2.Os registros com os cÍitériosde aceitação A evidênciade conÍormidade a autorizada(s) liberaro produto(ver4.a organizaçãodeve monitoraÍ informações atendeuaos requisitosdo cliente. menosque aprovado outramaneirapor uma autoridade tenhamsido satisÍatoriamente pelo cliente. a do como apropriado.4Medição e monitoramento de produto do se do as A organização deve medire monitorar características produtoparaverificar os requisitos produtotêm sido atendo de de do em apropriados processo realização produto. está.1Satisfaçãodos clientes 11 Como uma das mediçõesdo desempenhodo sistema de gestão da qualidade. nentes. de a concluídas.4 Análise de dados para demonstrar adequaçãoe eÍicáciado sistema a coletare analisardadosapropriados deve determinar.4) devem ser deÍinidosem um procedimento O responsávelpela área a ser auditada deve assegurarque as açóes sejam executadas. originais.N B RI S O9 0 0 1 : 2 0 0 0 8. Quando os resultados para assegurar conÍormidade produto. para lidarcom produtosnão-conÍormes em devemser definidos um procedimento por Íormas: A organização deve trataros produtosnão-conformes uma ou maisdas seguintes detectada.sem demora indevida. para demonstrara conÍormidadecom os requisiQuando o produto não-conformeÍor corrigido.Os critériosda auditoria.2). ações subseqüentes e sobre a naturezadas não-conÍormidades quaisquer Devem ser mantidosregistros cluindoconcessõesobtidas (ver 4.1) até A liberaçãodo produtoe a entregado serviçonão devem prosseguir que todas as providências pertinente quane.Os auditoresnão devem auditaro seu própriotrabalho. A organização do da contínuas eÍicácia sistemade gestãoda qualidadepodemser e de gestãoda qualidade para avaliaronde melhorias e do lsso deve incluirdados geradoscomo resultado monitoramento das mediçõese de outras Íontes pertirealizadas.conÍorme.2. devem indicara(s) pessoa(s) deve ser mantida. e.2.3 Controle de produto não-conforme e A organizaçãodeve assegurarque produtosque não estejamconÍormescom os requisitosdo produtosejam identificados relacionadas e para evitarseu uso ou entreganão intencional.4).para eliincluir a veriÍicaçãodas detectadase suas causas.2Auditoria interna para determinarse o sistema de gestão da qualiA organizaçãodeve executar auditoriasinternasa intervalosplanejados.2. a organizaçáodeve tomar as eÍeitos. e estabelecidos de gestãoda qualidade eficazmente. do aplicável. 8.Os métodospara obtençãoe uso relativasà percepçãodo clientesobre se a organização devemser determinados. As atividadesde acompanhamento"devem minar não-conÍormidades (ver 8. de e açõesexecutadas o relatodos resultados veriÍicação orientação.4).2. ou c) execução ação para impediro seu uso pretendido aplicação de inexecutadas.disposições"planejadas 7"'l). devem ser eÍetuadasas correçõese executadas não são alcançados.com pela organização. deve aplicarmétodosadequados A organização em os dos processos alcançar resultados a gestãoda qualidade. b) está mantidoe implementado a Um programade auditoriadeve ser planejado.2. acordocom as providêndidos.esse deve ser reveriÍicado tos. 1-2 1 1-1 NOTA VerNBRISO1001 . açõescorretivas. da ou em açõesapropriadas relaçãoaos eÍeitos.A seleçáo dos auditorese a execução das auditoriasdevem assegurar objetividadee imparcialidade do processode auditoria. . a a) execução açõespara eliminar não-conÍormidade de pelo pedinentee.2. e e As responsabilidades os requisitospara planejamento para execuçãode auditoriase para relataros resultadose manudocumentado. onde aplicável. NBRISO1001 e NBRISO1001 -3 para 8. polenciais 8. dessasinÍormações 8.5. Essesmétodos devemdemonstrar capacidade sistemade as planejados planejados.bem como os resultadosde auditoriasanteriores.2 Medição e monitoramento 8.escopo. não-conÍormidade.3Medição e monitoramento de processos para mediçãodos processos do para monitoramento quandoaplicável. sob concessãopor uma autoridade b) autorização seu uso. dade (ver as. tenção dos registros(ver 4.levandoem consideração situaçãoe a impodânciados processos'eáreas a serem auditadas. controles as responsabilidadesautoridades Os e controlados documentado. planejadas(ver 7. 8. do Quando a não-conformidade produto Íor detectadaapós a entregaou início de seu uso. liberaçãoou aceitação do cliente. Íreqüênciae métodos devem ser definidos. 1) .

açõescorretivas preventivas análisecrítie e ca peladireção.2. de b) conÍormidade com os requisitosdo produto (ver 7. ção. e) análisecríticade açõespreventivas /ANEXO A .e de de d) registros resultados açõesexecutadas executadas. objetivos qualidade. a) análisecríticade não-conÍormidades de b) determinação das causas de não-conformidades. Íorma a evitarsua ocorrênde as A organização deve deÍiniraçõespara eliminar causasde não-conformidades devem ser apropriadasaos eÍeitosdos problemaspotenciais.'l). forma a evitar sua repetide encontradas.2.1Melhoriacontínua por meio do uso da políticada A organização deve continuamente melhorara eÍicáciado sistemade gestãoda qualidade qualidade.1). para ações preventivas.5. As ações corretivasdevem ser apropriadasaos efeitosdas não-conformidades para deÍiniros requisitos para documentadodeve ser estabelecido Um procedimento (incluindoreclamações clientes). (ver4. de e dos resultados açõesexecutadas e) registro executadas.incluindooportunidades e d) fornecedores.2. de c) avaliação necessidade açõespara asseguÍar da de d) determinação implementação açõesnecessárias. As ações preventivas para deÍiniros requisitos para documentado deve ser estabelecido Um procedimento potenclais de suascausas. e de a) definição não-conÍormidades de de b) avaliação necessidade açõespara evitara ocorrência não-conÍormidades.5.3Ação preventiva potenciais. Í) análisecríticade açõescorretivas 8. e (ver4.NBR ISO9001:2000 A análisede dados deve ÍornecerinÍormaçõesrelativasa a) satisíação clientes(ver 8.5 Melhorias 8.5. 8. que aquelasnão-conÍormidades ocorrerão não novamenie.2Ação corretiva A organizaçãodeve executarações corretivaspara eliminaras causas de não-conÍormidades. 8. resultados auditorias.2. c) características tendêrrcias e dos processose produtos.4). da de análisede dados.41. da e de c) deÍinição implementação açõesnecessárias. cia.

6.6 Treinamento.4.2 Política ambiental 4.3 6 6.1 4.3.2.1 +.3 4.2 Aspectos ambientais Requisitos legaise outrosrequisitos Política ambiental Planejamento Programa(s) gestãoambiental de gerais Requisitos Estrutura responsabilidade e Comunicação Análisecríticapela administração 5.6 5.4.Z 4.1 I.2.4.1 5.4.ó 0.1 ReÍerências normativa Definlções Requisitos sistema gestãoambiental do de gerais Requisitos Documentação sistemade gestãoambiental do Documentação sistemade gestãoambiental do Controle documentos de Reoistros Estrutura responsabilidade e 4.2 +.1 .1 0.4 5.2 u.4 4.4 1 t .4.6 3.O.1 Estrutura resoonsabilidade e 4.3. e conscientização treinamento 4.6.2 5.4 1 4 + .2.3.NBRISO90O.5.2 4.3 5.1:2000 Anexo A (inÍormativo) Correspondênciaentre NBR ISO 9001:2000e NBR ISO 14001 :1996 Tabela 4.3 5.2 6.5.4 7 7.1 Estrutura responsabilidade e 4.3.2.1 4.J 4.4.4.4 4. l 1 Objetivo 1.3 Objetivose metas 4. I 2 3 4 4.4 +-2.4.+ .1 4.1 5.1 4.2 4.5 5.3 4.5.'l 6. J 4.4 4.4.2 2 3 4 4. conscientização competência e Estrutura responsabilidade e l m p l e m e n t a ç ã oo p e r a ç ã o e Controle operacional Controle operacional InÍra-estrutura Ambiente trabalho de Realizaçãodo produto Planejamento realizaçãodo produto da Processos relacionados clientes a .4 5 q 1 4.Correspondência entre NBR ISO 9001:2000 NBR tSO 14001:1996 e N B R I S O9 0 0 1 : 2 0 0 0 Introdução Generalidades Abordagem processo de Relação com a NBR ISO 9004 Compatibilidade outrossistemas gestão com de Objetivo Generalidades Aplicação Referêncianormativa Termos e deÍiniçóes Sistema de gestão da qualidade gerais Requisitos Requisitos documentação de Generalidades Manualda qualidade Controle documentos de Controle registros de R e s p o n s a b i l i d a dd a d i r e ç ã o e Comprometimento direção da Foco no cliente NBRISO14001:1996 Introdução 0.4 4.6 4.| Política qualidade da Planejamento Objetivos qualidade da Planejamento sistemade gestãoda qualidade do Fìesponsabilidade.4.4.2 5.2 5.1 6.3 6.5. autoridade comunicação e Responsabilidadeautoridade e Representante direção da C o m u n i c a ç ãio t e r n a n Análisecríticapela direção Generalidades Entradaspara a análisecrítica Saídas da análisecrítica Gestão de recursos Provisãode recursos Recursoshumanos Generalidades Competência.5 4.4.2 5.2.

4.2.5.3.4 7.5.1 t.c.2 8.3.6 Controle ooeracional 4.1 (conclusão) N B R I S O9 0 0 1 : 2 0 0 0 Determinação requisitosrelacionados produto de ao 7.2.2 4.5 4.6 4.4.3.4.7 7.2 7.5.5. 7.2.5.6 Controle operacional 7. I 4.2.'l 4.1 8.3 7E.3 Á4 .3 7.6 Análisecríiicados requisitosrelacionados produto ao Comunicação com o cliente Projetoe desenvolvimento Planejamento proletoe desenvolvimento do Entradasde projetoe desenvolvimento Saídasde projetoe desenvolvimento Análisecríticade projetoe desenvolvimento VeriÍicação projetoe desenvolvimento de Validação projetoe desenvolvimento de Controlede alteraçõesde projeto e desenvolvimento Aquisição Processo aquisição de Informações aquisição de VeriÍicação produtoadquirido do Produção Íornecimento serviço e de Controle produção Íornecimento serviço de e de Validação dos processos produçãoe Íornecimento de de serviço ldentificação rastreabilidade e Propriedade cliente do Preservação produto de 7.3.4.2.5.2.3 4.5. n á l i s ee m e l h o r i a a Generalidades Mediçãoe monitoramento SatisÍação clientes dos Auditoria interna Mediçãoe monitoramento processos de Mediçãoe monitoramento produto de Controle orodutonão-conÍorme de 8.3.1 4.3 4.1 4.1 8.4.3. O 7. +.2 7.1 Monitoramento medição e Verificação açãocorretiva e Monitoramento medição e I 8.2 4.2 8.5.5 4. 6 de de M e d i ç ã o .5 8.J .4.3 7.4 8.3.2.3 / .5 4.NBR ISO9001:2000 Tabela 4.1 4.2 7.4 8.4.1 4.z 7.4 7. J .5.2 .3.5.1 .4 4.4 4.Z N B R I S O1 4 0 0 1 : 1 9 9 6 Aspectos ambientais Requisitos legaise outrosrequisitos Controle operacional Controle operacional Aspectos ambientais Comunicação Controle ooeracional 4. I Controle dispositivos mediçãoe monitoramento 7 .4 7.2 ó.3 8.1 7.3 7.5.7 Auditoriado sistemade qestão ambiental Monitoramento medição e Não-conformidade ações corretivase e preventivas Preparação atendimentoa emergências e Monitoramento medição e Política ambiental Programa(s) gestão ambiental de Não-conformidade ações corretivae e preventiva' Análisede dados Melhorias Melhoria contínua Ação corretiva Ação preventiva 8.4.5.5.5.4.

'l 5.1 Objetivos metas e Programa(s) gestãoambiental de 4.2 4.C o r r e s p o n d ê n c i a n t r e N B R I S O 1 4 0 0 1 : 1 9 9e N B R I S O 9 0 0 1 : 2 0 0 0 e 6 NBR ISO14001:1996 lntroducão 0 0.1 2 3 4 4.4 Objetivo 1 NBR ISO9001:20ü) lntrodução Generalidades Abordagemde processo Relação com a NBR ISO 9004 Compatibilidade com outros sistemasde gestão Objetivo Geneialidades Aplicação ReÍerêncianormativa Termos e deÍinições Sistema de gestão da qualidade 1 1.5.4.2 Controlede documento 4.3 5 .2.5. 4 .4.3.2 6 6.2 Planejamento Asoectosambientais 4.3 4.2 7.4 5.4 5.| 4.4.3 7.1 t.2.1 Política ambiental 4. l 5 5.1 lmplementação operação e Estrutura resDonsabilidade e 4.1 5.4 4.1 6.2 8.2.2 gerais Requisitos autoridade comunicação Responsabilidade.5 4.4.2 +. ' l 4.2 7.3 8.2.2 6.1 7. Comunicação interna Comunicação com o cliente Requisitos documentação de Generalidades Manualda qualidade Controle documentos de 5.3 4.1 Ã q 5.1 5. e Responsabilidade e autoridade da Comprometimento direção Política qualidade da Melhorias Planejamento Foco no cliente Determinaçãode requisitos relacionadosac produto Análise crítica dos requisitosrelacionados ac produto F o c on o c l i e n t e Determinaçãode requisitos relacionadosac produto Objetivos qualidade da Planejamento sistemade gestãoda do qualidade Melhoria ontínua c Realizaçãodo produto Planejamenlo realização produto do da R e s p o n s a b i l i d a dd a d i r e ç ã o e Comprometimento direção da Responsabilidadeautoridade e Representante direção da Gestão de recursos Provisão recursos de Recursos humanos Generalidades InÍra-estrutura Ambientede trabalho conscientizacão treinamento e Comoetência.5 5.3 4.4 6.2.1 0.5.3.1 7 1 1 t .3 0.2.1 o.5.4.+ e Treinamento.2 0.2 5.2.z ReÍerênciasnormativas DeÍinicões Requisitos do sistema de gestão ambiental gerais Requisitos 2 3 4 4.1 Requisitos legaise outrosrequisitos 4.2. conscientização competência Comunicação Documentaçãodo sistemade gestão ambiental 4.2 5.5.3.4.2. 2 .3 .N B RI S O9 0 0 1 : 2 0 0 0 T a b e l a4 .3.

5.2 I -.jeto desenvolvimento Saídasde projetoe desenvolvimento Análise críticade projetoe desenvolvimsnto VeriÍicação projetoe desenvolvimento de Validação de.5.4 7.6.2.2.5.5.2 8.4 e Não-conÍormidadeaçõescorretivas preventivas e 4.5.ó.2.6.monitoramento processos Mediçãoe monitoramento produto de Análisede dados Controlede orodutonão-conÍorme 8.1 7.3 /ANEXO B .4 4.3 7.4.6.2 5.3.2.4.3.5.1 8.7 4.4 8.+.1 t.6 7 1 4 I .t 7.3 I /.3 7.4 8.5.projeto desenvolvimento e Controlede alteraçõesde projeto e desenvolvimento Aquisição Processo aquisição de lnÍormações aquisição de VeriÍicação produtoadquirido do de Produção Íornecimento serviço e de Controle produção Íornecimento serviço de e Validação dos processos produçãoe de Íornecimento serviço de ldentiÍicação rastreabilidade e do Propriedade cliente Preservação produto de de Controle produtonão-conÍorme Medição.4 7.5.2 (conclusão) NBR ISO14001:1996 Controle operacional 4.o 8.2.5 7.3 Ações corretivas Ações preventivas Controlede registros interna Auditoria Análisecríticapela direção Generalidades para a análisecrítica Entradas Saídasda análisecrÍtica 7.6 5.5 a Preparação atendimento emergências e VeriÍicação ação corretiva e e Monitoramento medição 4.5 7.4.2 7.2.1 7.6 I.3.3.análise e melhoria de Controlede dispositivos mediçãoe monitoramento Generalidades Mediçãoe monitoramento SatisÍaçãode clientes de Mediçãoe.5.5.5 4.5.6 4.1 8.3 8.3.2 7.2 7.3 4.2 Registros Auditoria sistemade oestãoambiental do Análisecríticapela administração 4.+ 7.NBRISO9001:20O0 Tabela 4.1 8.2.2 7.3 I -.2 5.1 7.4.2 8.1 5.5.5 7.l N B R I S O9 0 0 1 : 2 0 0 0 Realizaçãodo produto Planejamento realizaçãodo produto da Processosrelacionados clientes a Análise crítica dos requisitos relacionados ac oroduto Análise crítica dos reouisitosrelacionados ac produto Projeto desenvolvimento e Planejamento projetoe desenvolvimento do e Entradasde pro.

1 4.1 + 5 .correspondência entreNBRlso 9001.3.2 7. 2 .3. 1G e n e r a l i d a d e s 4. 4 + 7 . 2+ 7 .3 Representante Administração da 4.1994 NBRlso 9001 e :2(Xlo N B R I S O9 0 0 1 : 1 9 9 4 1 Objetivo 2 Referêncianormativa 3 DeÍinições 4 Requisitos do sistema da qualidade [apenas título] 4. 1+ 7 .1.4. 2R e c u r s o s 4.2.3 +.'l + 6.t 4. I 7.6.6 Aquisição [apenastítulo] 4.5.2.5. 2 .6.4.1+ 4.2.2.5 Controle documentos de dados[apenastítulo] de e 4 .3 Dados para aquisição 4.1.5.6Análisecríticade projeto 4.4 Verificaçãodo produto adquirido 4.5Saídade projeto 4.7 Controlede produtoÍornecidopelo cliente 4.1 Responsabilidade administração da título] [apenas 4 . 4R e g i s t r o s 4. 1G e n e r a l i d a d e s 4. 2 + 7 .+ 7 .1 /.2.4.1 Responsabilidadeautoridade e 4 .1 5.6 |. 6 .4 Enlrada de projeto 4.J 7.1 . 1 5.4 Controle projeto[apenastítulo] de 4 .ó.2.8Validação projeto de 4.6.N B RI S O9 0 0 1 : 2 0 0 0 Anexo B (informativo) Correspondência entre NBB ISO 9001:2000e NBR ISO 900.2 7.2 í. 1+ 5 . 5 . 2 .5.4.2-ó 4. 3P l a n e j a m e n td a q u a l i d a d e o 4.3.3Alterações documentos dados em e 4.2 Procedimentos sistemada qualidade do 4 .1. 1G e n e r a l i d a d e s 4.3.1.J.3 Interfaces técnicase organizacionais 4.5 7. 3 -70c 7.4 7. 2 1 . 5 .2. ' lP o l í t i c a a q u a l i d a d e d 4.8 ldentificação rastreabilidade produto e de 4.4. 2 .9 Controlede processo 7. 3E m e n d a u m c o n t r a t o a 4 .3. 4 .2 Sistemada qualidade [apenastítulo] 4 .2 4. 5 .3. 1.1 Generalidades 4.4. 3 .6.J NBRlSO9001:2000 1 2 3 5 .3 Análisecríticade contrato[apenastítulo] 4 .3 7.J. 3 .4.1+7.2Análisecrítica 4 . 1+ 8 .2 5 . 2 .2.3.4.2 Avaliaçãode subcontratados 4. 3 + 5 .2 Planelamento proteto de desenvolvimento de e 4.4.4 7. 2 .1 5.9Alterações projeto de 4.1 :1994 Tabela8. 3 .2.4.2. 4 .2 Organização[apenastítulo] 4. 1 .1 7.2 /. 1G e n e r a l i d a d e s 4. 5 .7 Verificaçãode projeto 4.4. Análisecríticapela Administração 4.5.4.5.3 6 .2Aprovação emissãode documentos daoos e e 4.1 6. 3 + 6 .

ldentiÍicação necessidade 1 da 4.2.1 4.5Registros inspeção ensaios de e medição ensaios 4. 4 + 8 .1 (conclusão) N B R I S O9 0 0 1 : 1 9 9 4 4. 2 .2.5.2 7. 15 .4 8.6 ntrega E 4.5.2. 3+ 8 .20 T écnicas estatísticas [apenastítulo] 4.2.20.2. Iapenastítulo] 4 . 4 /-o 7. 19 Serviços associados N B R I S O9 0 0 1 : 2 0 0 0 7 .5.3 8. 1 5 .15 Manuseio.14.2+4.5. 4 4.3 + 4.10. 3+ 8 .13.5.4 Controlede registros +. 15 .1Generalidades 4.6 7.3 8 . 1 4 . 2 .2. 4 B . 1 7 . 2+ 8 .5.12 Situação inspeção ensaios de e 4.2 N B R I S O9 0 0 1 : 1 9 9 4 1 2 3 4.3Controle documentos 4.1 4.2 .4 7 .10. 1 7A u d i t o r i ais t e r n a s a o u a l i d a d e d 4 . 1+ 8 .NBR ISO9001:2000 Tabela 8.10.2 8.4 8.10. 1 G e n e r a l i d a d e s 1 .2.2Manualda qualidade de 4.2.5 7.10. 2 .2 8.3 + 6.5. 3 + 8 .1 8 . 2 . armazenamento. 1G e n e r a l i d a d e s 4.4Inspeção ensaiosÍinais e 4.16 Controle registros qualidade de da n 4 .14 Açáocorretivae ação preventiva[apenastítulo] 4. 1 G e n e r a l i d a d e s 4 . 3 + 8 . 2 M a n u s e i o 4.Correspondênciaentre NBR ISO 9001:2000 NBR ISO 9001:1994 N B R I S O9 0 0 1 : 2 0 0 0 1 Objetivo 1. e 4.2 Requisitos documentação de [apenastítulo] 4. 5 .4 mbalagem E 4 .1 eneralidades G 4.2.5.13. 5 .16 .2Análisecríticae disposição produtonão-conÍorme de 4.20. 4 + 8 .1Ohspeções e ensaios[apenastítulo] 4.1 eneralidades G 4.1 Generalidades 4. 11 .'13Controlede produtonão-conÍorme [apenastítulo] 4.2Procedimentos e Tabela 8.1 Requisitos 4. 2 .2.15.11 Controle equipamentos inspeção.5 7.5. 2 .5 7. 5P r e s e r v a ç ã o 4.2 Inspeçãoe ensaiosno recebimento ' 4.1 4.14.2Açáocorretiva 4 . 3 8.2 Procedimento controle de 4.5.11.2. de de e título] [apenas 4 .15.2. 2A p l i c a ç ã o 2 ReÍerêncianormativa 3 Termos e deÍinições 4 Sistema de gestão da qualidade [apenastÍtulo] gerais 4. 5 . 3 ç ã op r e v e n t i v a A preservação entrega embalagem. 4 8.3 8.3 7. ' f+ 8 . 4 .1 4.2.3 rmazenamento A 4.15.3 Inspeçãoe ensaiosdurante o processo 4. 1+ 8 . 1 8T r e i n a m e n t o 4.5.

3SaÍdasde projetoe desenvolvimento 7.2.4.6 Controle dispositivos mediÇão monitoramento 4 . 1 5 .1.3.9 4.4. 9 + 4 .Z título] a relacionados clientes[apenas 7.6 Análisecríticapela direção[apenastítulo] 5.4 Planejamento [apenastítulo] 5.3 lnÍra-estrutura 6.2 4.2.4.5VeriÍicação projetoe desenvolvimento 7.1.1O. 1 .4.3.6.2 lnlormaçóes de aquislção 7. 4 . 1 5 .2 Entradas oara análisecrítica 5.4 +-'J.4.3.3.12 4.5 Preservação pÍoduto e de de 7.8 4. 4 4 .5.1.3 4.2 Foco no cliente 5.7 + 4 .NBRISO9OO1:2000 Tabela 8.3 Política qualidade da 5. 3+ 4 .1 Comprometimento direção 5.1.2+4.3 4.1.4.4 Ambientede trabalho 7 Realizaçãodo produto [apenastítulo] 7.6. 1 . t.'l Controle produçãoe Íornecimento serviço de 7. 1G e n e r a l i d a d e s e conscientização treinamento 6.4.1 Determinação requisitos ao 7.3 ldentificação rastreabilidade do 7.5 Produçãoe Íornecimentode serviço [apenastítulo] de de 7. .4 Propriedade cliente do 7.2 4.3 VeriÍicaçãodo produto adquirido 7. 5 + 5 4 .1 4.9 4.5+4. 1 11 + 4 .5.5.'l Generalidades 5.2.4. 2+ 4 . 1 5 4.'t8 4. 6.3ComunicaÇão título] 7.6.9 4.3Saídaspara análisecrítica 6 Gestão de recursos [apenastítulo] de 6.2 9 4 .1 Processo aquisição 7 .2.4Análisecríticade proietoe desenvolvimento de 7.1 Planejamento da realizaçáo do produto +.6.2 Anâlisecríticados requisitosrelacionados produto com o cliente 7.4.7Controle alterações projetoe desenvolvimento 7. 3 .2.1 4.3.1 4. [apenas e 5.5 Responsabilidade.6Validação projetoe desenvolvimento de de de 7.3Comunicacão 5. 4 4.2Entradas projetoe desenvolvimento 7.5.5.10.3 Projeto desenvolvimento e [apenas projetoe desenvolvimento do 7.1 Provisão recursos humanos[apenastítulo] 6.8+4.3+4.3.2.4. 4 .9 4.2 Planejamento sistemade gestãoda qualidade e título] autoridade comunicação 5.4 Aquisição[apenastítulo] de 7.6 4.4. 1 1 .1 + 4 .3. 6+ 4 .z.1Objetivos qualidade da do 5. 1 5 .2. 4 .2 Representante direção Interna 5.4.3 4 4.3 4.4 4.2 Competência.6. 2 4 .5 4.10.é N B R I S O9 0 0 1 : 1 9 9 4 4.1 Responsabilidadeautoridade da 5.1.+ . 2 .7 4.2 Recursos 6 . 2 .3.5.2 4.3. 3 4.3 4.5.2 (continuação) NBR ISO 9001:2000 título] 5 Responsabilidadeda direção [apenas da 5.3.2 Processos relacionados produto ao de 7.3.2.1. 2+ 4 .6.1 4.2 Validaçãodos processosde produçãoe Íornecimento serviço e 7.5.1Planejamento de 7.

20.2.4 Análisede dados 8.20.20.14. 2 0 .13. 1 7 + 4 . 1 0 .2 + /BibliograÍia .3Mediçãoe monitoramento processos de do 8.NBR ISO9001:20O0 8. 4 4 .13. 2 4 .1 4. 5 4 .+ 4 . 2 + + + + 4.'l SatisÍaçãode clientes 8.2.2Ação corretiva 8.3Ação preventiva 4.1 4.20.2 Mediçáoe monitoramento [apenastÍtulo] 8. 2 1 4 .3 + 4.5.14.2 + 4.1 4.1+ 4.17 4 .4 Mediçãoe monitoramento produto de 8.2.5 Melhorias [apenastítulo] 8 .1 Generalidades 8.1 4.14.3 Controle produtonão-conÍorme 8.5. 4. 2 0 . 1 0 . 1 O .2Auditoria intema 8.1 3 .2 + 4.2 N B R I S O9 ü ) 1 : 1 9 9 4 10+4.2. 1 0 .14. 5 . 2 0 .2 (conclusão) NBR ISO 9001:2000 8 Medição. 2 0 . 3 4 .análise e melhoria [apenastítulo] 8. 1+ 4 . ' lM e l h o r i a o n t í n u a c 8.

Guidelinesto qualityin projectmanagement [4] ISO 10006:1 para a gestão de coníiguração 996. for 999 Qualitymanagement. incluindoas notíciasde suas implementações às o r g a n i z a ç õ ed o m u n d o ) " ' s [19]Referênciadewebsites: http://www. Guidetinesfor quality and/or environmentalmanagement systemsaudìting ') A ser publicada (Revisão NBR ISO 9O00-4:1993). 997. qualidade auditores sistemade de Diretrizespara auditoriade sistemasda qualidade. para equipamento medição comprovação metrológica de para controlede Garantiada qualidadepara equipamento medição. para gestãode aspectos Diretrizes econômicos qualidade da [12] ABNT ISO/TR10014:2000.supply. da 3) Disponívelno ABNT/CB-25. a)Disponívelna SecretariaCentralda lSO.Parte 2: Diretrizes de [10] NBR ISO 10012-2:1999.Quality management and quality assurance standards . Qualitymanagement.move.Parte'l : Sistemade de de [9] NBR ISO 10012-1:1993. Geslão da qualidade.iso.Parte 3: Gestão de programasde 1-3:19931). [8] NBR ISO 1OO1 auditoria. Requisitos garantiada qualidadepara equipamento medição .Paft 3: Guídelines íor the application of ISO 9001:1994 to the development. processos medição de 'l parao desenvolvimento manuais qualidade Diretrizes de da [11] NBR ISO 0013:1995. management. Sistemas gestãoambiental EspeciÍicação diretrizes programmemanagement.1 1 9 9 3 1 ) . . i r e t r i z ep a r aa u d i t o r i a e s i s l e m a s a q u a l i d a d e P a r t e1 : A u d i t o r i a para auditoria sistemasda qualidade Parte 2: Critériospara qualiÍicação Diretrizes de de [7] NBR ISO 10011-2:1993').Guiasde técnicas para uso :1 de e [15] NBR ISO 14001 996. Dependabitity e da sobresua aplicação3). [2] NBR ISO 9004:2000 Sistemas gestãoda qualidade Diretrizes para planosda qualidade Gestãoda qualidade Diretrizes [3j NBR ISO 10005:1997. uk/iso-tc 76-sc2 1 t) A ser revisada como ISO 19011.to/cb25 http://www.Guidelínes training [13] ISO 10015:1 paraa NBR ISO 9001:1994 estatísticas [14] ABNT ISO/TR10017:2000.Diretrizes [5] NBR ISO 10007:1 D s 1 : d d t 6 l N B R I S O 1 0 0 1 . [17] Princípios gestãoda qualidade diretrizes bimestralque Íornece uma ampla coberturados desenvolvimentos [18] ISO 9000 + ISO 14000 News (uma publicação por diversas internacionais relacionados normas de gestão da lSO.Paft 1: Dependabitity :2) [16] IEC 60300-1 .org.bsi.N B RI S O9 0 0 1 : 2 0 0 0 BibliograÍia 1íl ISO 9OO0-3:1997.ch http://www. installationand maintenance of cpmputer software para melhoria desempenho de de .

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful