You are on page 1of 44

joão manuel biencard cruz

NOVA FRENTE RIBEIRINHA
golfe e touring congressos

cANdIdATuRA AO qREN NO TOp muNdIAL
OBSERVATÓRIO DO TURISMO Novembro DE LISBOA Índice LISBOA
2010

TURISMO DE
1263

LISBOA
N.º 84 dEzEmBRO 2010
No Interior

IOIOIOIOIOI

2

| TURISMO DE LISBOA

DESTAQUES

Editorial

O ano que está prestes a terminar foi positivo para Lisboa em termos de actividade e resultados turísticos. Em breve será apresentado o Plano Estratégico para o Turismo de Lisboa 2011 – 2014.

4

Nacional

Lisboa é a melhor cidade do mundo para a realização de congressos e um destino turístico recomendado pela totalidade dos participantes no último Inquérito ao Congressista, realizado pelo Observatório do Turismo de Lisboa.

5

Entrevista

A intervenção na Frente Ribeirinha da Baixa de Lisboa é o tema da entrevista com o presidente do Conselho de Administração da Frente Tejo, João Manuel Biencard Cruz.

16

Tesouros

A Arte da Terra, um espaço cultural no Centro Histórico da cidade, expõe a obra de mais de 200 artistas portugueses, entre artesãos, escultores, joalheiros e designers.

20

Observatório

Os resultados estatísticos da hotelaria da Cidade de Lisboa, Grande Lisboa e Região de Lisboa no mês de Novembro de 2010. O movimento no Aeroporto de Lisboa, o Mercado de Cruzeiros e o Golfe na Região.

23

Lisboa Vista de Fora

O jornal espanhol ABC dedicou um especial à capital portuguesa, no âmbito de uma série de artigos sobre a “Gastronomia nas principais cidades da Europa”.

31

Boletim Interno

O Turismo de Lisboa e a Câmara Municipal de Sintra assinaram um protocolo com base no qual o Posto de Turismo do Centro Histórico desta vila passou a integrar a rede regional de postos sob gestão do Turismo de Lisboa.

32

Market Place

A contagem decrescente para o final do ano está prestes a terminar e são muitas e diversificadas as propostas dos associados do Turismo de Lisboa para dar as boas-vindas a 2011.

38

Tendências

Depois do Twitter ter popularizado a questão “o que está a fazer agora?”, uma outra pergunta conduz ao aparecimento de novas empresas de internet: “onde está agora?”.

49

Notas Finais

O desempenho do turismo em 2010 no que a Lisboa diz respeito, denota positivismo. Sendo 2011 um ano que se espera difícil, a atitude mais construtiva tem que ser de confiança, sobretudo confiança no produto/destino turístico que se pretende vender.
TURISMO DE LISBOA | 3

50

EDITORIAL

mário machado
Presidente Adjunto do Turismo de Lisboa

Em JEITO dE BALANÇO
O ano de 2010 está prestes a terminar e, como habitualmente, é altura de fazer um balanço sobre o trabalho realizado, bem como de partilhar, de forma mais abrangente, o plano e as estratégias definidos para que Lisboa continue a manter-se como um dos destinos turísticos mais concorrenciais do mundo. Podemos dizer que 2010 foi um ano positivo para Lisboa, ao longo do qual o destino foi premiado e referenciado por diversas das mais representativas entidades e publicações internacionais do sector do Turismo e não só. Na impossibilidade de enumerar na íntegra a lista de distinções, destaco a eleição de Lisboa como “Melhor Destino Europeu 2010 - A Escolha dos Consumidores”, através de uma votação organizada pela Associação Europeia dos Consumidores, assim como a sua eleição, pelo 2.º ano consecutivo, como “Melhor Destino para City Breaks na Europa”, no âmbito dos World Travel Awards. Em ano de crise, uma palavra que entrou no léxico de todos nós, foi com grande satisfação que constatámos que Lisboa subiu também dois lugares - em 2009 - no ranking da ICCA-International Congress & Convention Association. A capital portuguesa destacou-se como uma das cidades mais procuradas para receber congressos associativos internacionais. O acolhimento da cimeira da NATO - Organização do Tratado do Atlântico Norte confirmou, uma vez mais, que Lisboa está à altura de receber qualquer evento, independentemente da sua dimensão e especificidade. Durante dois dias, para além da capital de Portugal, Lisboa foi a capital do mundo. Três notas sobre iniciativas do Turismo de Lisboa: o evento gastronómico “Peixe em Lisboa”, realizado em Abril, deixou ainda “mais água na boca” do que as edições anteriores mais de 300 mil pessoas assistiram ao Festival dos Oceanos, na 1.ª quinzena de Agosto, e o projecto de comunicação integrada “Lisboa Convida” foi distinguido no Brasil com o Prémio Nacional de Opinião Pública, do Conselho Regional de Profissionais de Relações Públicas. Realizado em 2009, este projecto teve por objectivo mostrar aos brasileiros que Lisboa é uma cidade antiga mas não antiquada e um destino trendy e cosmopolita. E, por falar em Brasil, uma das novidades do Plano Estratégico para o Turismo de Lisboa 20112014 (TLx14), que irá ser apresentado nos primeiros dias de Janeiro, é precisamente a identificação deste país como mercado estratégico para Lisboa, a par de Espanha. Este documento anuncia também dez programas estratégicos concebidos de forma a potenciar a notoriedade e a complementaridade da oferta turística da Região de Lisboa. Um destes programas, denominado “Costumer experience: uma experiência muito pessoal”, chama-nos a atenção em particular, ao indicar que todos somos anfitriões de Lisboa. É com esta mensagem e com o desejo de ver concretizado o que nela está implícito, que a todos vós desejo um Feliz Natal e um Ano Novo cheio de venturas. Boas Festas!

“2010 FOI UM ANO POSITIVO PARA LISBOA” “LISBOA ESTÁ À ALTURA DE ACOLHER E ORGANIZAR QUALQUER EVENTO” “NOVIDADES DO TLX14” “TODOS SOMOS ANFITRIÕES DO DESTINO”

4

| TURISMO DE LISBOA

NACIONAL
1.º LUGAR

mELHOR cIdAdE pARA cONGRESSOS

Melhor cidade do mundo para a realização de congressos, Lisboa é também recomendada como destino turístico pela totalidade dos participantes no último Inquérito ao Congressista, realizado pelo Observatório do Turismo de Lisboa. O total dos inquiridos recomendou a capital portuguesa como destino de congressos (99,7 por cento no ano passado), assim como destino turístico (99,7 por cento em 2009). Lisboa ultrapassou, neste contexto, cidades como Londres, Madrid, Paris, Milão e Nova Iorque, entre outras. Quando questionados sobre qual a probabilidade do seu regresso a Lisboa – excluindo as não respostas -, 99,2 por cento dos entrevistados indicou como “provável” ou “muito provável” (92,8 por cento em 2009). Os critérios globalmente mais valorizados pelos congressistas foram a “Qualidade dos equipamentos do local do congresso” e a “Funciona-

lidade do equipamento de apoio no local do congresso” (8,2 em 10), à semelhança do que aconteceu no ano passado. A qualidade do hotel apresenta uma classificação elevada (8,1) e os congressistas que, em média, valorizaram mais a sua experiência no congresso foram os japoneses, os gregos e os holandeses. Enquanto destino de congressos, Lisboa obteve uma avaliação global superior ao valor médio das avaliações por categorias (8,4 contra 8,0). Em 2009, os valores médios encontrados foram de 8,0 e de 7,7, respectivamente. A totalidade dos entrevistados ficou alojada em estabelecimentos hoteleiros de categoria superior, destacando-se os hotéis de quatro estrelas (mais de metade das escolhas), e a estada média foi de 4,5 dias. Mais de metade dos congressistas presentes já tinha estado em Lisboa (62,2 por cento). A despesa média por participante foi de

1.656,67 euros, valor para o qual foram consideradas seis componentes: Transporte e Inscrição no Congresso, Alojamento e Deslocações, Alimentação e Outros. Quanto ao país de residência dos participantes nestes congressos, Espanha surge em 1.º lugar (em 2009 encontrava-se em 2.º), o Reino Unido em 2.º (desceu do 1.º lugar) e França em 3.º. Em termos de habilitações académicas, 56 por cento dos inquiridos possui uma pós-graduação, mestrado ou doutoramento. O Inquérito ao Congressista foi realizado nos meses de Maio, Junho, Agosto e Setembro, e foram entrevistados a 909 congressistas estrangeiros.

Despesa Média por Participante
pagamento único: Transporte Inscrição no congresso pagamento por noite:
(para uma estadia média de 3,5 noites)

317,81€ 458,39€

CIDADES ONDE SE REALIZAM OS MELHORES CONGRESSOS
11,3% 10,0% 8,4% 6,7% 5,0% 4,6% 3,4% 2,9% 2,8% 2,6% 2,4% 2,2%

Alojamento pagamento por dia:
(para uma estadia média de 3,5 noites estima-se um total de 4,5 dias)

92,65€

Alimentação Deslocações Outros TOTAL

38,35€ 31,19€ 44,86€ 1,656,67€ 4,5 dias
| 5

lisboa

londres

madrid

Paris

milão

nova iorque

munique barcelona roma

amesterdão

são Paulo

berlim

Estadia média por participantes

TURISMO DE LISBOA

GOLFE E TOURING

cANdIdATuRA AO qREN

o turismo de lisboa, enquanto agência regional de Promoção turística (arPt), aPresentou, juntamente com 15 emPresas do seu território, um Projecto de candidatura, que foi aProvada, ao quadro de referência estratégica nacional – qren, Para reforço da Promoção internacional do golfe e dos resorts do oeste e dos hotéis de fátima.

A estratégia da iniciativa visa o fomento e a diversificação do negócio internacional das empresas participantes, assim como o reforço das áreas geográficas de intervenção como destinos privilegiados no tocante aos produtos turísticos promovidos e da Região de Lisboa como destino multiproduto. Relativamente ao Golfe, o enfoque promocional será dirigido à Escandinávia, Reino Unido, República da Irlanda, Alemanha, Bélgica e Holanda, mantendo-se os mesmos mercados numa lógica de oferta conjunta com o turismo residencial. Já em relação a Fátima e no que diz respeito
6 | TURISMO DE LISBOA

ao Turismo Religioso, o número de mercados a abranger é mais vasto: França, Itália, Alemanha, Países de Leste, Brasil e Estados Unidos da América. Importa referir que este projecto de candidatura ao QREN foi elaborado pela ARPT mediante propostas das empresas, pelo que as acções previstas partem de estratégias individuais concentradas num plano conjunto. Este plano visa a promoção dos destinos específicos dos pólos do Oeste e de Leiria/ Fátima, em sintonia com a estratégia de promoção internacional para a Área Promocional de Lisboa, onde se integram.

GOLFE
Para o Golfe estão previstas, em 2011, exposições em feiras, torneios com o trade, visitas porta-aporta, um workshop, publicidade específica, materiais promocionais e uma brochura temática. No que concerne às feiras, está contemplada a participação no International Golf Trade Market (IGTM), a principal feira internacional deste produto, na qual participam 300 operadores turísticos de golfe de 65 países. Os torneios de golfe com o trade, a realizar em campos de três mercados prioritários Escandinávia, Alemanha e República da Irlanda

N AV II S Õ EA L C ON S

- têm por objectivo promover o destino, através da participação de operadores turísticos e jogadores de golfe, potenciais distribuidores e/ou clientes dos campos de golfe do Oeste. Em Fevereiro estão previstos dois torneios de golfe na República da Irlanda (Dublin e Cork), em Maio pretende-se a realização de quatro torneios na Alemanha (Hamburgo Dusselforf, Munique e Frankfurt), e em Setembro dois na Escandinávia (Suécia e Noruega). Será ainda produzida uma brochura, na qual cada uma das empresas participantes no projecto terá um espaço individual para divulgar a sua oferta.

marina Bairrão Ruivo Directora da Fundação Arpad Szenes-Vieira da Silva

O lugar de Vieira da Silva
Nascida em Lisboa, da infância de Vieira da Silva importa reter o estímulo que recebeu da sua família, que orientou o seu interesse pela pintura, pela leitura e pela música. Estudou desenho, pintura e escultura em Lisboa e, em 1928, partiu para Paris, cidade mítica da vanguarda artística que ficou ligada à sua vida e à sua pintura. Aí conheceu o pintor húngaro Arpad Szenes (1897-1985) com quem se casou em 1930, perdendo então a nacionalidade portuguesa. Inseparáveis na vida e na pintura, as suas obras – ainda que muito diferentes – são indissociáveis, alimentadas nas mesmas fontes, num diálogo artístico diário, estimulante e enriquecedor. Os anos 30 foram anos de “preparação”, com importantes contribuições para a elaboração de uma espacialidade plástica própria, que se adivinha nas estruturas que compõem as obras e que será sempre o eixo de pesquisa da sua pintura. A ameaça da II Grande Guerra trouxe o casal a Lisboa, onde tentou obter a nacionalidade portuguesa. A recusa do pedido levou-os a partir para o Brasil, em 1940. O exílio no Rio de Janeiro (1940-1947) foi, para Vieira da Silva, um período marcado pela nostalgia e pela angústia. Em 1947, o casal regressou a Paris e em 1956, Arpad Szenes e Vieira da Silva obtiveram a nacionalidade francesa. A pintura de Vieira da Silva do pós-guerra retoma temas e elementos anteriores, numa permanente actualização de problemas. O espaço continua a ser o âmago do seu trabalho. Uma nova espacialidade é experimentada em variações próprias, ritmos e cadências conjugados com referências literárias, mitos e metáforas, num labor e reflexão incessantes. Os últimos anos da sua produção apontam para um caminho único, num sentido crescente de depuração plástica. Portugal, e Lisboa em particular, tem especial importância na obra de Vieira da Silva. A paisagem urbana, a cidade, foi para ela tema de eleição. Lisboa é indissociável da sua obra: não pela “saudade” ou nostalgia, já que as suas cidades são marcadamente modernas, mas porque se impôs a todas as outras. A importância da sua pesquisa plástica e o carácter internacional da sua obra são um legado inestimável para a cultura portuguesa.

TuRISmO RESIdENcIAL
Com o objectivo de dar a conhecer in loco as potencialidades da oferta de resorts da Região Oeste, estão previstas quatro press trips para as quais serão convidados jornalistas de mercados prioritários para a zona. Neste contexto, em Fevereiro, terá lugar uma visita de jornalistas suecos, em Março de noruegueses e em Abril realizar-se-ão duas, uma das quais de alemães e outra de britânicos. Em cada uma destas press trips participarão seis jornalistas em representação de media seleccionados. Com o objectivo de promover o contacto e o negócio com operadores turísticos em mercados prioritários, serão também efectuadas visitas préagendadas aos escritórios de operadores na Alemanha, Bélgica/Holanda, Escandinávia e Polónia/República Checa. De referir, ainda, a realização de roadshows para apresentação da oferta do Oeste nos mercados alemão, holandês e espanhol. Para além do Roadshow Global Champions Tour, a efectuar na Alemanha e na Holanda, a concretização de três torneios de golfe permitirá dar a conhecer, em Fevereiro, a oferta de resorts da região em Madrid, na Extremadura e na Galiza. No que toca à produção de materiais promocionais, além de um filme e de um folheto sobre os resorts do Oeste, está considerada a edição do “Livro Bom Sucesso”, dedicado à arquitectura do resort.

TuRISmO RELIGIOSO - FÁTImA
A promoção tem enfoque na apresentação de Fátima, um dos maiores santuários Marianos do mundo, estando prevista a participação de empresas em feiras de mercados emissores como a Polónia, Hungria, Alemanha, Estados Unidos da América, Brasil e Itália. Para Fevereiro está agendada em Munique, na Alemanha, a F.RE.E, uma feira na qual o Turismo de Lisboa estará presente com um stand próprio e na qual participarão também hotéis da zona de Fátima. No mês seguinte, em Março, será a vez do mercado húngaro. Trata-se da feira Utazas, em Budapeste, e a participação seguirá os moldes já descritos (hotéis e stand do Turismo de Lisboa). A Expo Católica, em São Paulo, decorrerá em Abril dentro do mesmo modelo de participação, tal como acontecerá em Toursalon, na Polónia, e na TTG Incontri, em Rimini, em Itália, ambas em Outubro. O calendário de participação nas feiras de Turismo Religioso encerra em Novembro, com a presença na World Religious Travel Expo, no Canadá. Será ainda produzida uma brochura, na qual cada uma das empresas participantes no projecto terá um espaço individual para divulgar a sua oferta.

TURISMO DE LISBOA

|

7

EUROBEST

EScOLHE LISBOA

RYDER CUP

mOuRINHO É EmBAIXAdOR
José Mourinho é embaixador da candidatura portuguesa à Ryder Cup, associando-se à ambição de conquistar a organização da mais importante prova de Golfe em 2018 e o 3.º maior evento desportivo do mundo. “Vencer sempre, levar o nome de Portugal aos quatros cantos do mundo. Esse é o desafio a que me proponho diariamente, esse é também o desígnio com o qual a Comporta se comprometeu para ganhar a organização da Ryder Cup em 2018”, afirma o Special One. Portugal é um dos cinco países candidatos à organização desta prova, a par da Alemanha, França, Espanha e Holanda.

Lisboa acolherá a próxima edição do Eurobest, “o maior festival europeu de publicidade, comunicação e criatividade”, anunciou o CEO da MOP, a empresa de comunicação exterior e representante em Portugal da organização Cannes Lions. “A escolha coloca Lisboa no centro da indústria da publicidade e criatividade. Além de acolher o melhor trabalho criativo que se faz na Europa, iremos reunir num evento único as pessoas que mais se distinguem no sector criativo europeu”, declarou à imprensa o CEO da Multimedia Outdoors Portugal (MOP), Vasco Perestrelo. A escolha de Lisboa, adiantou, assentou em três critérios: a obtenção de “um claro apoio das instituições públicas da cidade e do país”, o “empenho e o envolvimento do sector pu-

blicitário, criativo e de comunicação” e a “cedência de locais que se ajustem às necessidades para realização do evento”. A Câmara Municipal de Lisboa, o Turismo de Portugal e o Turismo de Lisboa apoiaram a iniciativa, através da participação em reuniões com responsáveis da MOP e do festival, que se deslocaram a Portugal para analisarem a possibilidade do Eurobest se realizar na capital portuguesa, o que acontecerá em Dezembro de 2011. O Eurobest, criado em 1988, é o principal evento da indústria da publicidade e da criatividade da Europa. Organizado pelo International Advertising Festival, o Eurobest premeia 12 áreas, do cinema à televisão, da imprensa ao outdoor, da rádio ao design.

ROTA DA BIODIVERSIDADE

A pÉ Ou dE BIcIcLETA
A recém inaugurada Rota da Biodiversidade de Lisboa, que associa o conhecimento da riqueza natural ao património cultural e histórico da cidade, tem 14 quilómetros de extensão, liga a zona ribeirinha a Monsanto, e pode ser feita a pé ou de bicicleta. Trata-se de um percurso ao longo do qual é possível apreciar a diversidade de biótopos e a riqueza patrimonial em 18 pontos de interesse. Enquanto caminha ou pedala, duas opções que contribuem para a saúde e bem-estar e são amigas do Ambiente, o visitante descobrirá certamente muito mais sobre a capital portuguesa. Para além da Rota da Biodiversidade, Lis8 | TURISMO DE LISBOA

boa possui diversos outros percursos cicláveis que se estendem por algumas dezenas de quilómetros, assim como parques de estacionamento para bicicletas e transportes públicos que permitem o uso deste veículo. Em Londres, por exemplo, o sistema de “Bicicletas de Uso Partilhado” está a revelar-se de tal forma um sucesso, que há já projectos para aumentar o número destes veículos em circulação bem como de parques de estacionamento. Para além de contribuir para o bem-estar do utilizador e para a sempre desejada redução de tráfego na cidade, este sistema não é poluente, é económico e abre ainda

caminho a uma nova forma de fazer publicidade móvel. Na capital britânica, o sistema de “Bicicletas de Uso Partilhado” foi patrocinado por um banco que, em troca, tem publicidade nos milhares de bicicletas que circulam diariamente pela cidade, no vestuário dos funcionários dos parques de estacionamento para bicicletas, assim como nas carrinhas de apoio ao desenvolvimento desta actividade. São já cem as cidades que adoptaram o sistema de “Bicicletas de Uso Partilhado” e, mesmo aqui ao lado, as autoridades de Madrid estão a analisar a implementação deste sistema, já existente em diversas cidades do país.

NACIONAL

RECOLHA E ENTREGA NO AEROPORTO
RECOLHA E ENTREGA DO AUTOMÓVEL JUNTO AO AEROPORTO DE LISBOA ABERTO 24 HORAS SERVIÇO PERSONALIZADO A POUCOS MINUTOS DO AEROPORTO LAVAGEM EXTERIOR OFERECIDA*
*Excepto em feriados

DESDE

7/ 5/
€ €
dia
IP7 IP7

dia
IC17

A PARTIR DO 5º DIA

IP1

E01
O AV SEVERIANO FALCÃ

Aeroporto do Lisboa

AV

DR

ALF

RE

DO

BE

NS

DE

EIX ON -S

E01
E01

2ª Circular

E01

LISBOA 913 906 121 LISBOA 219 499 620
Av. Severiano Falcão 16 - Prior Velho, Loures

w w w. l a v a c o l l a . c o m

TURISMO DE LISBOA

|

9

LISBOA E VALE DO TEJO

pRESÉpIOS, REGISTOS E mEmÓRIAS
A Entidade Regional de Turismo de Lisboa e Vale do Tejo, juntamente com outras entidades organizadoras, inauguraram a exposição “Presépios, Registos e Memórias”, na Galeria Templários – Welcome Center, em Tomar. A mostra ficará patente até ao dia 8 de Janeiro e poderá ser visitada todos os dias – excepto nos dias de Natal e de Ano Novo –, entre as 9h00 e as 19h00. As obras expostas, da autoria de diversos artesãos/artistas, para além de visitadas podem igualmente ser adquiridas durante a exposição. A Galeria Templários – Welcome Center está instalada na Rua Serpa Pinto, n.º 1 (Corredoura), em Tomar.

ROMA

TAXA TuRÍSTIcA
A cidade de Roma, uma das mais visitadas do mundo, vai cobrar uma taxa turística municipal a partir de 1 de Janeiro, que será aplicada na melhoria dos serviços turísticos e no restauro dos mais emblemáticos monumentos da cidade. Os hóspedes dos hotéis de quatro e de cinco estrelas pagarão três euros por noite, enquanto os das outras categorias de estabelecimentos pagarão dois euros. Segundo a imprensa europeia, a autarquia romana chegou a considerar, no ano passado, a possibilidade de introduzir uma taxa até dez euros.

10

| TURISMO DE LISBOA

NACIONAL

PATRIMÓNIO

mONumENTOS NAcIONAIS
A Região de Lisboa possui quatro novos monumentos nacionais, três dos quais encontram-se situados na capital, por representarem um valor cultural de significado para o País e que deve ser objecto de especial protecção e valorização. O edifício-sede e o parque da Fundação Calouste Gulbenkian, a Igreja do Sagrado Coração de Jesus, o Jardim Botânico de Lisboa e o Campo da Batalha de Aljubarrota e área envolvente são, assim, os novos monumentos nacionais, cuja classificação foi aprovada em Conselho de Ministros.A Igreja do Sagrado Coração de Jesus, junto à Av.ª da Liberdade, é um edifício de referência da arquitectura portuguesa do século XX, Prémio Valmor de Arquitectura de 1975. Trata-se de uma obra dos arquitectos Nuno Teotónio Pereira e Nuno Portas que inova decisivamente no plano da concepção do espaço litúrgico. O conjunto do edifício-sede e parque da Fundação Calouste Gulbenkian constitui uma obra de dimensão, programa e competência técnica excepcionais, de importância e significado referenciais na arquitectura nacional e internacional. Igualmente Prémio Valmor em 1975, a sua concepção é da autoria dos arquitectos Ruy Athouguia, Alberto Pessoa, Pedro Cid, Gonçalo Ribeiro Telles e António Viana Barreto. O Jardim da Faculdade de Ciências está ligado ao desenvolvimento e ao ensino das ciências naturais, especialmente, da botânica. Inaugurado em 1878, resultando dos trabalhos iniciados em 1973 pelos professores Conde de Ficalho e Andrade Corvo e da actuação dos jardineiros-paisagistas Edmond Goeze e Jules Daveau, este jardim conta com diversas espécies tropicais, oriundas da Nova Zelândia, Austrália, China, Japão e América do Sul. Reúne uma das mais valiosas colecções botânicas em Portugal. A Batalha de Aljubarrota, travada entre portugueses e castelhanos num planalto entre a ponte do Boutaca, concelho da Batalha, a norte, e o Chão da Feira, concelho de Porto de Mós, a sul, representa um momento decisivo de afirmação de Portugal como reino independente. A batalha foi igualmente pretexto para o desenvolvimento de uma táctica militar inédita, apurada na Guerra dos 100 Anos e posta em prática por D. Nuno Alvares Pereira.

TURISMO DE LISBOA

|

11

LISBOA É PIONEIRA

pARquEAmENTO LOW cOST
A cidade de Lisboa é pioneira a nível nacional de um serviço de parqueamento de baixo custo, disponível todos os dias e a qualquer hora, junto ao Aeroporto da Portela, especialmente vocacionado para quem viaja de avião. Sem qualquer incómodo, o utilizador deste serviço da Aeroparques pode fazer a reserva prévia da recolha, estacionamento e entrega do automóvel no Aeroporto de Lisboa por telefone ou através do site, estando também disponível a aquisição integrada do serviço junto das agências de viagem. Ao chegar à porta de entrada do aeroporto, o condutor que vai viajar entrega o carro aos colaboradores da empresa, que o levam até ao parque de estacionamento e, quando regressar, o automóvel ser-lhe-á entregue lavado e à porta das chegadas. Mas o serviço da Aeroparques vai ainda mais longe para satisfação dos seus clientes: controla a hora de chegada dos aviões e, de acordo com o horário, procede à entrega do veículo. As primeiras 48 horas de estacionamento no parque - com capacidade para mil automóveis – custam 14 euros. A partir do 3.º dia

de permanência no parque, o valor é de sete euros/dia e após o 5.º dia de estacionamento são cobrados cinco euros/dia. Sobre a escolha de Lisboa para instalar este serviço, um responsável da empresa disse que a Aeroparques percebeu que havia uma área de mercado não explorada. “Não faz sentido que a viagem de avião seja mais económica que o estacionamento do automóvel. Disponibilizamos estacionamento de elevada qualidade a baixo custo e com serviços adicionais”, salientou

o director de comunicação desta empresa luso-espanhola, José Matos. O investimento inicial para a abertura da actividade em Lisboa foi de um milhão de euros e o break-even deverá ser atingido no fim do 3.º ano de actividade, quando a empresa registar uma facturação de dois milhões de euros. Inicialmente, a Aeroparques vai criar 40 postos de trabalho e no final dos primeiros 18 meses de actividade deverá ter 120 colaboradores. O estacionamento funciona 24h por dia e 7 dias por semana.

TURISMO DE PORTUGAL

EmpREENdImENTOS TuRÍSTIcOS

O prazo para reconversão de empreendimentos turísticos termina no dia 31 de Dezembro e deve ser efectuado através do site do Turismo de Portugal, em www.turismodeportugal.pt. Com vista à qualificação da oferta turística nacional, o regime jurídico dos empreendimentos turísticos - aprovado pelo Decreto-Lei n.º 39/2008, de 7 de Março - consagrou um novo sistema de classificação. Para além dos requisitos físicos das instalações, o novo sistema de classificação inclui também a qualidade dos serviços prestados.
12 | TURISMO DE LISBOA

NACIONAL

VINHOS DE LISBOA

dISTINGuIdOS Em HONG KONG
Dois vinhos da Região de Lisboa foram distinguidos com uma medalha de prata e outra de bronze no concurso da Cathay Pacific Hong Kong International Wine and Spirit Competition. A medalha de prata coube ao Sanguinhal Vinho Tinto 2008, Cabernet-Sauvignon e Aragonez, enquanto a medalha de bronze foi atribuída ao Sanguinhal Vinho Tinto 2007, CabernetSauvignon e Syrah. O concurso teve lugar em Hong Kong e os resultados obtidos confirmam, uma vez mais, a qualidade dos vinhos da Região de Lisboa.

TOMMY HILFIGHER

AGORA Em LISBOA

ESTORIL

cAmpEÕES dE mOTOcIcLISmO
O Estoril reuniu, em Dezembro, a elite do motociclismo durante a Gala dos Campeões do Mundo 2010, na qual foram entregues os prémios da FIM - Fédération Internationale de Motocyclisme. Do programa da cerimónia, realizada no Casino Estoril, constavam os 48 campeões mundiais da modalidade na época de 2010, dos quais se destacam nomes lendários deste desporto como o italiano Giacomo Agostini, 15 vezes campeão mundial. Esta foi a 2.ª edição da Gala da FIM a ter lugar no Estoril, um destino turístico com tradição no desporto de duas rodas que recebe, anualmente, o Grande Prémio de Portugal, integrado no calendário mundial da modalidade.

Lisboa continua a despertar o interesse das grandes marcas internacionais e a confirmá-lo está a inauguração oficial de uma loja da Tommy Hilfigher. Sinónimo da importância deste investimento na capital portuguesa, o designer norte-americano Tommy Hilfigher esteve em Lisboa onde, para além da inauguração da loja, participou noutras iniciativas. Do programa desta 1.ª visita de Hilfiger a Lisboa constava, nomeadamente, a presença numa conferência na Faculdade de Arquitectura, uma visita privada ao MUDE – Museu do Design e da Moda e uma festa para assinalar os 25 anos da marca, no Hotel Pestana Palace.

COSTA DO ESTORIL

GuIA YOuGO
Os visitantes do Estoril já podem aceder a todas as atracções do destino e conhecer a oferta turística da região com o guia turístico “YouGo Costa do Estoril”, disponível através do telemóvel. Produzido em parceria com a Turismo Estoril e disponível para todos os modelos de telemóvel com acesso à internet, inclusive iPhone e android, o guia permite aos utilizadores “navegar” pela Costa do Estoril e planear a visita mesmo antes de chegar ao destino. Graças às diversas funcionalidades disponibilizadas pelo guia em três línguas - português, inglês e espanhol -, o visitante tem acesso imediato a informações sobre museus, parques, praias, estabelecimentos hoteleiros, restaurantes e outras opções de entretenimento, assim como à programação dos eventos desportivos e culturais que têm lugar no Estoril ao longo do ano. O guia permite ainda partilha de informação através do facebook, Twitter e e e-mail, galeria de fotografias e vídeos, através de um sistema de navegação de topo.
TURISMO DE LISBOA | 13

NACIONAL

MÃE DAS MÃES

SINTRA muSEu dE ARTE mOdERNA
O Sintra Museu de Arte Moderna tem patente a exposição “A Mãe das Mães. Pintura e Desenho de Maria Teresa Crawford Cabral”, uma iniciativa que reúne, pela 1.ª vez, toda a produção desta artista radicada na Alemanha. “Dada a oposição, mas também a relação dos seus desenhos e pinturas, optámos pela apresentação em duas séries independentes. Uma integra os núcleos de pintura, incorporando pontualmente alguns desenhos relacionados, e outra, os restantes desenhos”, afirmou o comissário desta exposição, Rui Carita. “A Mãe das Mães”, uma exposição da Colecção Berardo, pode ser visitada até ao dia 20 de Março de 2011, no Sintra Museu de Arte Moderna, instalado na Av. Heliodoro Salgado. Contacto tel. 219 248 170 ou através do site www.berardocollection.com.

MUSEU DE ARTE POPULAR

EXpOSIÇÃO TEmpORÁRIA
O Museu de Arte Popular (MAP), recentemente reaberto, tem patente a exposição temporária “Os Construtores do MAP – Um Museu em Construção”, uma iniciativa que marca a reabertura parcial do Museu. Ilustrar a identidade temática e o trajecto histórico deste espaço de cultura é o objectivo da exposição. De base cronológica, a mostra “parte da análise dos processos artísticos que, na viragem para 900, conduziram à consolidação de um gosto simultaneamente moderno e nacionalista”. O núcleo dedicado ao Centro Regional da Exposição do Mundo Português documenta a Secção da Vida Popular e as Aldeias Portuguesas e ilustra os processos cenográficos de síntese do país de 40. O Museu de Arte Popular está instalado na Av. de Brasília, em Lisboa, e o horário de funcionamento é de quarta a segunda-feira, das 10h00 às 18h00. Encerra à terça-feira, no dia 1 de Janeiro, Domingo de Páscoa, 1 de Maio e 25 de Dezembro.

MUSEU BORDALO PINHEIRO

pINTuRA E dESENHO
O Museu Bordalo Pinheiro apresenta a exposição, de entrada gratuita, “Como hei-de encher este espaço?”, que reúne pintura e desenhos dos alunos da ArteIlimitada, Escola de Artes Visuais. A mostra, concebida em colaboração directa com o Museu, visa estimular à reflexão sobre o trabalho e a figura de Bordalo Pinheiro e a sua pertinência assenta na contemporaneidade e abrangência da obra multifacetada e prolífera deste artista. Os trabalhos expostos foram criados tendo como
14 | TURISMO DE LISBOA

pretexto e ponto de partida a colecção do Museu e são apresentados em confronto com peças escolhidas de Bordalo Pinheiro, com as quais estabelecem diálogos mais directos ou mais transversais. A exposição encontra-se patente, até 13 de Fevereiro, na galeria de exposições temporárias deste museu – situado no campo Grande, 382 - e pode ser visitada de terça-feira a domingo, das 10h00 às 18h00. Encerra à segunda-feira e aos feriados.

maria teresa crawford cabral

O VICENTE

NOVOS ÂNGuLOS dE LISBOA

antónio frasão

António Frasão é o autor da fotografia intitulada “O Vicente”, que mostra um recanto deste café lisboeta, e é uma das vencedoras do Concurso Novos Ângulos de Lisboa, uma iniciativa do Turismo de Lisboa. Sobre a fotografia que enviou a concurso, António Frasão escreveu: “O Vicente, o Vicentinho é um pequeno café situado na Rua da Voz do Operário, perto da Basílica de S. Vicente de Fora. O espaço, possivelmente

parte de um antigo palácio, encontra- se decorado com azulejo original do século XVIII. Esta imagem, de António Frasão, junta-se às fotografias vencedoras já publicadas, “O Carril”, da autoria de Ana Filipa Scarpa, e “Luzes de Natal”, de Marco Raposo. Ao longo dos próximos meses, o Turismo de Lisboa continuará a publicar as nove outras fotografias vencedoras da 1.ª edição do Concurso Novos Ângulos de Lisboa.
TURISMO DE LISBOA | 15

ENTREVISTA

JOÃO mANuEL BIENcARd cRuz Presidente do conselho de administração da frente tejo

16

| TURISMO DE LISBOA

frente ribeirinha

pORTA ABERTA AO muNdO
a intervenção na frente ribeirinha da baixa de lisboa visa recuPerar o PaPel histórico e simbólico desta área da cidade, devolver aos cidadãos um esPaço Público de qualidade e fazer da Praça do comércio/terreiro do Paço uma marca cosmoPolita. em entrevista à rtl, o Presidente do conselho de administração da frente tejo, joão manuel biencard cruz, fala do Projecto, de como está a mudar e a enriquecer a caPital Portuguesa.

qual a missão da Sociedade Frente Tejo? A Frente Tejo (FT) tem como missão um conjunto de intervenções de requalificação do espaço público que incidem particularmente em duas áreas da Frente Ribeirinha: a área de intervenção da Baixa Pombalina, que vai de Santa Apolónia até ao Corpo Santo, e a área de intervenção da Ajuda/Belém. dado tratar-se de um conjunto, foram estabelecidas prioridades? A Sociedade deu prioridade a duas intervenções âncora em cada uma destas áreas. Na Frente Pombalina privilegiámos o Terreiro do Paço e toda a sua envolvente, designadamente a Ribeira das Naus, a poente, e a estação Sul e Sueste, e o Campo das Cebolas, a nascente. Na zona da Ajuda/Belém arrancámos com o novo Museu dos Coches. A Frente Tejo concretizou também o reforço do Torreão Poente (que estava afecto ao Exército), essencial para a execução da obra integrada com a Simtejo para tirar os esgotos da Frente Ribeirinha. Concluiu ainda o projecto de requalificação do novo Terreiro do Paço/Praça do Comércio (com tudo o que isso implica, desde a rede de infra-estruturas até à execução do projecto do arquitecto Bruno Soares e arcadas da Praça. Então correu bem a 1.ª fase de intervenção no Terreiro do paço? Sim, foi exemplar a todos os níveis. Houve

uma boa articulação com a Simtejo, Epal e CML para as obras de saneamento básico no Terreiro do Paço. Terminámos a consolidação do Torreão Poente ainda antes do prazo inicialmente previsto e sem derrapagens nos custos. Foi ainda possível concluir as obras de remate na frente rio, infra-estruturas e piso térreo da praça antes do previsto. Só desta forma foi possível realizar a missa do Papa Bento XVI com o enquadramento magnífico do Terreiro do Paço. Falta fazer as infra-estruturas nos pisos térreos, a recuperação das fachadas, o remate norte e a recuperação do arco da Rua Augusta. Não vale a pena ignorar os constrangimentos orçamentais do País, por isso, vamos dar prioridade à ocupação dos pisos térreos para não adiar mais uma dinâmica turística e vivencial da praça. Este aspecto ajuda não só a dar sustentabilidade ao projecto como reduz drasticamente a desertificação, sobretudo à noite, com os inerentes problemas de segurança.

Intervenções diferentes
como foi projectada a intervenção para a Frente Ribeirinha da Baixa? Foi pensada como uma porta de entrada de excelência em Lisboa, uma vez que esta zona da capital está vocacionada historicamente para ser uma porta aberta ao Mundo e uma montra da riqueza cultural e patrimonial do País. O conjunto das intervenções tem como

objectivo recuperar o papel histórico e simbólico desta área da cidade, devolver aos cidadãos um espaço público de qualidade e fazer da Praça do Comércio/Terreiro do Paço uma marca cosmopolita. Os projectos previstos têm como matriz a valorização arquitectónica, ambiental e paisagística, a promoção da cultura e a dinamização turística. As soluções urbanísticas associadas à refuncionalização dos pisos térreos contribuem para fazer do Terreiro do Paço uma Praça para os Cidadãos. Um local onde a memória e a identidade do espaço é reforçada pela vivência das pessoas. O Projecto do Terreiro do Paço/Praça do Comércio é um exemplo de sucesso de requalificação integrada. Ao longo da sua execução articulou-se com outras intervenções que decorreram ou que se encontram em curso, sem aumento de custos nem derrapagens. Aliás, o planeamento tem permitido antecipar a conclusão das obras. Foi assim com os trabalhos de consolidação do Torreão Poente e com a conclusão das infra-estruturas e colocação do piso do novo Terreiro do Paço/Praça do Comércio. E para a Ajuda/Belém? A Área de Ajuda /Belém é uma “jóia” da identidade e do património nacional, onde se encontram localizados equipamentos, edifícios e espaços verdes de referência, seja pela sua relevância histórica e cultural, seja pela
TURISMO DE LISBOA | 17

sua qualidade arquitectónica e ambiental. Destacam-se: a Torre de Belém, o Mosteiro dos Jerónimos, o Palácio da Ajuda, a Igreja da Memória, o Museu Nacional dos Coches, o Centro Cultural de Belém, o Museu de Marinha, o Planetário Calouste Gulbenkian, o Jardim Tropical, o Jardim Botânico, o Jardim de Belém, o Padrão dos Descobrimentos, o Museu da Presidência da República, o Museu da Electricidade e, naturalmente, todo o espaço público envolvente até ao rio. de que forma será garantida a interligação da Frente Ribeirinha, já que contempla áreas com características diferentes? A missão da Frente Tejo não é trabalhar em toda a Frente Ribeirinha, mas sim concretizar um plano estratégico aprovado em Conselho de Ministros que incide em áreas cujos ter-

renos são do domínio público do Estado. No entanto, temos tido, como não poderia deixar de ser, um excelente relacionamento com a Câmara Municipal de Lisboa. O que significa que estes projectos são integrados nos instrumentos de ordenamento territorial que a CML tem para a cidade. Desta forma fica garantida a articulação e a coerência entre os vários projectos, da Frente Tejo e da autarquia previstos para a Frente Ribeirinha.

devolver a cidade às pessoas
A reestruturação destas zonas dará um novo dinamismo à cidade de Lisboa? Tanto as intervenções na frente Ribeirinha da Baixa Pombalina como na Ajuda/Belém têm como objectivo abrir a cidade ao rio e devol-

Sem derrapagenS
O Projecto do Terreiro do Paço/Praça do Comércio é um exemplo de sucesso de requalificação integrada. Ao longo da sua execução foi articulado com outras intervenções que decorreram ou que se encontram em curso, sem aumento de custos nem derrapagens.
18 | TURISMO DE LISBOA

O planeamento tem permitido, inclusivamente, antecipar a conclusão das obras. Foi assim com os trabalhos de consolidação do Torreão Poente e com a conclusão das infraestruturas e colocação do piso do novo Terreiro do Paço/Praça do Comércio.

ver a cidade às pessoas, sejam as que a utilizam no dia-a-dia para trabalhar sejam as que a visitam em turismo. A refuncionalização das arcadas do Terreiro do Paço e a transformação do actual Ministério da Administração Interna numa Pousada de Portugal vão certamente aumentar a atractividade do local e gerar um grande fluxo de turistas. Neste momento, apesar de ainda não se verificar o pleno funcionamento das lojas e restauração previstas para as arcadas, é bem visível o elevado número de turistas que todos os dias chegam ao Terreiro do Paço só para admirarem a beleza da praça e do seu enquadramento com as colinas e o rio. As pessoas estão expectantes e desejosas de usufruir na plenitude deste espaço privilegiado da cidade e esse é um bom indicador para os operadores que vierem a instalar-se no local. Esta apetência é também um sinal positivo para transformar o investimento na requalificação do espaço público num investimento “reprodutor”, isto é, com capacidade para gerar mais riqueza. quais serão os próximos passos? Neste momento, a Sociedade está em condições para lançar o concurso da 1.ª fase do

ENTREVISTA

projecto da Ribeira das Naus, bem como para lançar o concurso de ideias para o Campo das Cebolas. A FT também já enviou à Câmara Municipal de Lisboa o estudo prévio para a requalificação da estação Sul e Sueste. Este projecto, que permite uma ligação coerente da Frente Ribeirinha do Terreiro do Paço com toda a zona Nascente, teve a aprovação da autarquia. Na área da Ajuda/Belém está em curso e em bom ritmo a construção do novo Museu dos Coches. Foi anunciado um concurso público para a concessão de espaços no Terreiro do paço. pode especificar? No dia 10 de Novembro foi publicado em Diário da República o anúncio para o concurso público de concessão do Torreão Poente. O caderno de encargos para toda a ala Nascente encontra-se em fase de acabamento. No estudo prévio dos espaços do Terreiro do Paço apresentado e aprovado pela Câmara Municipal de Lisboa estão contemplados espaços para restauração, lojas, livraria, ou outros espaços de lazer. Existem outros projectos para aumentar a atractividade deste espaço e captar mais turistas/visitantes? Há seguramente da parte de entidades como a Câmara Municipal de Lisboa, do Turismo de Lisboa e até de particulares, mas não é uma área da competência da Frente Tejo. Convém não esquecer que esta sociedade tem definida uma missão e um timing para a concretizar.

tuado no espaço agora ocupado pela Marinha. O projecto prevê ainda a recuperação da Doca Seca, que se encontra enterrada, e do antigo cais da Caldeirinha. Na Zona Nascente do Terreiro do Paço, vamos realizar o projecto de requalificação da Estação Sul e Sueste, também com a criação de um confortável miradouro. A Frente Tejo está ainda em condições de lançar um concurso de ideia para a requalificação do Campo das Cebolas. E a zona da Ajuda/Belém? A intervenção emblemática na Ajuda/Belém, que está em plena execução, é como já referi a construção do novo Museu dos Coches. Um equipamento que terá um efeito potenciador num espaço já muito marcado pelo turismo associado à História e ao Património. O edifício foi pensado para dar resposta à prestação de serviços diversificados, que acrescentam valor à dinâmica turística da zona. Basta dizer que o edifício está dimensionado para poder receber um milhão de visitantes por ano. Outros projectos que estavam inicialmente previstos no Plano Estratégico tiveram de ser repensados, tendo em conta a existência ou não de fontes de financiamento. Foi o caso da Escola Portuguesa de Arte Equestre e da Rota dos Jardins Históricos.

com a sustentabilidade e o desenvolvimento turístico. E isso só é possível se não dermos às pessoas mais do mesmo. Os consumidores têm padrões cada vez mais exigentes, o que obriga a repensar os novos equipamentos culturais ou as estratégias de requalificação de modo a dar resposta a essas exigências. Neste sentido, estamos confiantes na capacidade da obra feita acrescentar qualidade e diversidade nos territórios de intervenção, com as consequências positivas que daí advêm para o desenvolvimento económico.

nOVO muSeu dOS COCheS
Partindo daquele que é o museu mais visitado do País, o Museu dos Coches, foi possível, através do apoio do Turismo de Portugal, acrescentar mais uma “jóia” ao local. O novo Museu dos Coches, concebido pelo arquitecto Paulo Mendes da Rocha, prémio Pritzker, em associação com o arquitecto Bak Gordon e a Afaconsult, do engenheiro Rui Furtado, é uma âncora da intervenção na Frente Ribeirinha da Ajuda/Belém, que trará valor acrescentado à área. Pela 1.ª vez vai ser possível ter em exposição grande parte da colecção de coches portugueses (maior do Mundo), mas não só. Os visitantes poderão assistir a operações de restauro, terão oportunidade de visitar outras exposições itinerantes, poderão participar em colóquios no auditório ou simplesmente usufruir da grande praça que será criada no local.

consumidores mais exigentes
A requalificação da Frente Ribeirinha está a tornar Lisboa num destino turístico ainda mais diferenciado? Sim. Numa sociedade global e competitiva é cada vez mais importante marcar a diferença. É essa a riqueza de cada país e de cada cidade. Todas as intervenções na Frente Ribeirinha da Baixa Pombalina e na Ajuda-Belém, promovidas pela Frente Tejo, têm sempre presente a preocupação de aliar a valorização do património, seja ele espaço público ou edificado,

praia urbana
como será requalificada a área urbana circundante do Terreiro do paço? A Frente Tejo vai realizar na Zona Poente o projecto da Ribeira das Naus, que será uma marca muito forte na Zona Ribeirinha da Baixa Pombalina. Estamos a falar de um novo Jardim. Com uma praia urbana em escadaria, si-

TURISMO DE LISBOA

|

19

TESOUROS
A ARTE DA TERRA

GENuINAmENTE pORTuGuÊS

O CHÃO DE PEDRA ROLIÇA E AS ABÓBADAS DO SÉCULO XVI TESTEMUNHAM A ANTIGUIDADE DO EDIFÍCIO NO QUAL SE ENCONTRA LOCALIZADA A ARTE DA TERRA. ANTIGAS CAVALARIÇAS DA SÉ CATEDRAL DE LISBOA, AS INSTALAÇÕES SÃO, DE HÁ QUATRO ANOS PARA CÁ, UMA MONTRA DA CULTURA PORTUGUESA PARA O MUNDO.

A Arte da Terra, um espaço que conjuga tradição e modernidade, apresenta trabalhos de mais de duas centenas de artistas portugueses, entre artesãos, escultores, joalheiros e designers, ao som da música e das palavras que marcam o universo cultural português. Foi inaugurada em 1996, em Almada,
20 | TURISMO DE LISBOA

fruto da paixão dos seus responsáveis pelas artes e ofícios tradicionais portugueses e, simultaneamente, pela constatação de que essas artes não tinham nem a divulgação nem a visibilidade merecidas junto dos grandes meios urbanos. Ao longo dos anos tem sido desenvol-

vido um trabalho de sensibilização, nomeadamente junto dos media, para a riqueza das artes portuguesas, mediante uma divulgação regular e detalhada sobre diversos temas, de que são exemplo as roupas de linho e burel, os lenços dos namorados, os bordados tradicionais ou o culto a Santo António. Em paralelo, os responsáveis de A Arte da Terra têm procurado também chamar a atenção das entidades oficiais ligadas à cultura para as questões ligadas às artes e ofícios tradicionais.

Exposições Temáticas
Quando A Arte da Terra realizou a 1.ª exposição de lenços dos namorados, em Fevereiro de 1999, poucos eram os jornalistas que conheciam o tema e apenas alguns conheciam este espaço cultural. Hoje os números falam por si: mais de 3.000 publicações nacionais e estrangeiras referenciaram já “A Arte da Terra” e mais de meio milhar de programas de rádio e televisão dedicaram trabalhos a este espaço. Até agora, A Arte da Terra organizou 50 exposições temáticas - muitas das quais visitadas por personalidades ligadas à vida política e cultural do país, bem como algumas exposições “fora de casa”, nomeadamente no Museu da Ilha de S. Jorge, nos Açores. Para além dos “Lenços dos Namorados”, foram já tema de grandes exposições, “Santo Antonio”, “Presépios”, “Maternidade”, “Arquitectura Tradicional Portuguesa”, “Fado” e “Fernando Pessoa”.

Nos últimos anos, alguns temas tornaram-se incontornáveis: “Lenços dos Namorados”, “Santo António” – este integra o Programa das Festas da Cidade de Lisboa - e “Presépios”, alvo das maiores exposições sobre o assunto, em Portugal. As duas últimas reuniram cerca de uma centena de escultores e artesãos cada. A Arte da Terra tem ainda desenvolvido parcerias culturais com museus portugueses, tendo contado – em diferentes exposições – com importantes peças dos espólios da Casa Museu José Régio de Portalegre, Museu da Olaria de Barcelos, Museu Bordalo Pinheiro de Lisboa, Fábrica de Faianças Bordalo Pinheiro das Caldas da Rainha e Museu Municipal de Estremoz, entre outros. Há quatro anos, A Arte da Terra mudouse das instalações que ocupava em Almada para Lisboa.

máticas das artes e ofícios tradicionais terem desaparecido, há novas gerações que apresentam abordagens contemporâneas muito interessantes que agradam aos jovens. Mas todas as artes e todas as peças têm uma história que se for partilhada com o público, seja ele mais ou menos jovem, permitirá que sejam olhadas e sentidas de forma diferente. Esta tem sido uma das linhas base da actuação de A Arte da Terra: explicar e contar a história de cada peça.

maiS de 100 mil ViSitanteS pOr anO
A Arte da Terra é visitada, em média, por mais de 100 mil pessoas/ano, devendo atingir, desde a sua instalação em Lisboa, o meio milhão no fim do 1.º trimestre de 2011. Quanto a nacionalidades, a maioria é de origem europeia - Espanha, França, Inglaterra, Alemanha, Itália -, mas começa a surgir um número considerável de visitantes oriundos de outros países da Europa, como Rússia, Letónia, Lituânia, Roménia e Polónia. É também bastante significativo o total de visitantes dos Estados Unidos da América e do Japão, assim como do Brasil, Canadá, México, Austrália e Nova Zelândia.

Neste espaço encontram-se representadas diversas artes, nomeadamente escultura (cerâmica, madeira, ferro), têxtil (tecelagem de linho e lã, burel), bordados (tradicionais de Viana do Castelo, Castelo Branco, Açores, Lenços dos Namorados), cortiça e azulejaria, sem esquecer a gastronomia (com um leque variado de doces, bolos e vinhos). Representando mais de duas centenas de artistas portugueses de diferentes gerações e correntes artísticas, estes trabalhos espelham a riqueza cultural portuguesa. Apesar de algumas das figuras emble-

Clara Azevedo

Artes e Ofícios

TURISMO DE LISBOA

|

21

calendário 2011
Quanto a exposições previstas para 2011, em Fevereiro os “Lenços dos Namorados de Vila Verde” estarão em grande destaque, acompanhados de peças dos estilistas Nuno Gama e Anabela Baldaque, inspirados neste exemplo da cultura portuguesa. Provavelmente em Abril, haverá uma exposição individual - ainda em fase de definição - e “Santo António” regressará em Junho. Para além de centenas de peças únicas, esta mostra incluirá importantes obras do espólio de vários museus nacionais, uma situação que deverá ocorrer também em Dezembro com a exposição “Presépios”. Entre Julho e Setembro, A Arte da Terra, em mais uma parceria com o Museu do Fado, apresenta uma grande exposição sobre a canção de Lisboa, candidata a Património da Unesco.
22 | TURISMO DE LISBOA

riqueza dO arteSanatO
A Arte da Terra oferece uma grande variedade de artigos genuinamente portugueses. Alguns dos mais apreciados são: lenços dos namorados. Estão ligados a amores e desamores e a História situa-os entre os séculos XVII e XVIII. Nestes lenços as jovens casadoiras bordavam, num trabalho que poderia levar meses, motivos que lhes eram caros como a felicidade, dedicação, amor e/ou amizade, entre outros. linhos e Burel. A cultura do linho é tão fascinante quanto complexa e o seu ciclo envolve mais de 20 fases, desde a sementeira até que chega ao tear. O burel, definido como um “tecido grosseiro de lã”, passou a ser, nos dias de hoje, tão suave quanto quente e elegante. Bordados. A cultura portuguesa é riquíssima em bordados totalmente feitos à mão. Do crivo ao richelieu, do tibaldinho ao ponto grelhão, até aos alinhavados de Nisa, entre muitos outros tipos de bordados, a dificuldade está na escolha. peças Figurativas. Esta Arte tem um lugar de relevo na cultura portuguesa, quer a abordagem seja tradicional, popular, contemporânea ou erudita. Neste espaço de cultura está representada a obra de artesãos consagrados assim como a de outros da nova geração, através de peças em cerâmica, ferro, pedra, madeira, cortiça, pasta de papel ou madeira e tecido, entre outros materiais. peças decorativas. Três elementos da Natureza conjugados - Terra, Ar e Fogo - e moldados habilmente, estão na base de atraentes peças de cerâmica e ferro. doçaria. Bolos, bolachas, compotas, chás e bebidas regionais são uma autêntica tentação a que dificilmente alguém consegue resistir.

LISBOA VISTA DE FORA
GASTRONOMIA

mELHOR A cAdA ANO
o verão é uma altura excelente Para conhecer a gastronomia de lisboa, uma cidade que melhora a cada ano que Passa e onde surgem restaurantes modernos que Procuram um esPaço PróPrio.

Sob o tema “Lisboa: triunfa a informalidade”, o Jornal espanhol ABC dedicou um especial à gastronomia da capital portuguesa, no âmbito de uma série de artigos que o jornalista Carlos Maribona escreveu sobre a “Gastronomia nas principais cidades da Europa”. A evolução gastronómica que Carlos Maribona constatou na capital portuguesa impressionou-o verdadeiramente e, dos restaurantes que visitou, frisa: “confirma-se, desde há algum tempo, que o Tavares é a melhor opção”. Instalado num edifício centenário, o Tavares

apresenta uma decoração clássica que contrasta com a cozinha “atrevida” do “grande chefe lisboeta do momento, José Avillez”, que funde a cozinha tradicional com tendências actuais. Maribona elege o menu de degustação, caracterizado por “sabores intensos e nítidos”, e elogia, nomeadamente, a garrafeira, o serviço muito profissional, a cozinha de luxo e a ementa traduzida em diversas línguas. A Tasca da Esquina, de Vítor Sobral, consta igualmente do roteiro gastronómico deste jornalista. Entre o bistrot e a “tasca” apresenta

uma ambiência actual e oferece uma cozinha tradicional mas modernizada. Refere ainda que possui vários menus, cujo preço varia consoante o tamanho da “dose”. Como novidade, destaca o Largo, que se situa no Chiado, junto ao Teatro de São Carlos. Amplo e muito fashion, numa das paredes tem embutidos aquários nos quais nadam medusas, que mudam de cor consoante a intensidade luminosa. Acrescenta que os pratos “cosmopolitas” alternam com outros da cozinha tradicional portuguesa.
TURISMO DE LISBOA | 31

marco raposo

BOLETIM INTERNO
REQUALIFICAÇÃO

pOSTO dE TuRISmO dE SINTRA

O TURISMO DE LISBOA E A CÂMARA MUNICIPAL DE SINTRA ASSINARAM, NO DIA 9 DE DEZEMBRO, UM PROTOCOLO COM BASE NO QUAL O POSTO DE TURISMO DO CENTRO HISTÓRICO DESTA VILA PASSOU A INTEGRAR A REDE REGIONAL DE POSTOS GERIDOS PELO TURISMO DE LISBOA.

Durante a sessão, na qual participaram o presidente da Câmara Municipal de Sintra e o Vereador do Turismo, Fernando Seara e Lino Ramos, e o director-geral do Turismo de Lisboa, Vítor Costa, foi também apresentado o projecto de requalificação do referido posto, que reabrirá na Páscoa do próximo ano. O conceito de requalificação deste Posto de Turismo, o 11.º a integrar a rede
32 | TURISMO DE LISBOA

regional de postos gerida pelo Turismo de Lisboa, assenta no Romantismo e na atmosfera de misticismo que envolve Sintra, associados a uma imagem de modernidade e de inovação tecnológica. Assinado pelo arquitecto Tiago Silva Dias, o projecto, concebido de modo a potenciar uma infra-estrutura dinâmica e simultaneamente histórica, divide-se em dois ambientes distintos.

O 1.º, à entrada, consiste num lounge, onde ficará instalado um Balcão de Atendimento ao Turista, uma área de descanso e leitura, com sofás, lareira e ainda um pequeno recanto onde será possível aceder à internet. No 2.º espaço funcionará uma loja ampla, cujo traçado arquitectónico da entrada sugere o conceito de construção palaciana. Para a decoração foram escolhidos elementos característicos da arquitectura sintrense,

como o pavimento de mosaico hidráulico, a madeira e a pedra Lioz. A infra-estrutura será igualmente dotada de acessos e de instalações sanitárias destinados a pessoas com mobilidade condicionada e, numa articulação entre o ambiente interior e o exterior, proceder-seá, ainda, à reabilitação do pátio interior, que passará por uma intervenção paisagística. A requalificação do Posto, no montante de 400 mil euros, decorrerá a cargo do Turismo de Lisboa, entidade que, através da assinatura deste protocolo, assumiu a respectiva gestão. Ao usar da palavra no decurso da sessão, o director-geral do Turismo de Lisboa, classificou como exemplar a relação existente entre a Câmara Municipal de Sintra e a entidade que representa, e destacou, neste contexto, a importância do “estreitamento de relações” registado nos últimos anos. “Sintra, Capital do Romantismo, uma marca lançada no final do ano passado, está a obter grande receptividade e é uma das principais marcas da Região de Lisboa”, disse Vítor Costa. Congratulando-se com a integração do Posto de Turismo do Centro Histórico de Sintra na rede regional de postos de turismo geridos pelo Turismo de Lisboa, Vítor Costa frisou que a iniciativa irá certamente “potenciar o cross selling” entre todos os postos que fazem parte da rede. Tratando-se de uma rede de interacção, permitirá aos turistas obter, por exemplo, informações sobre Sintra num dos outros dez postos e vice-versa. Todavia, acrescentou, os postos de turismo da rede têm também uma outra

função, já que prestam informações sobre a oferta turística local e contribuem para a dinamização do tecido económico local dirigido aos turistas.

Estratégias comuns
Ao referir que foi a Câmara Municipal de Sintra que propôs ao de Turismo de Lisboa integrar este posto na rede regional, Fernando Seara afirmou que “o turista de Sintra

é também um bocadinho o turista de Lisboa e de Cascais”. “Cada um de nós beneficia das estratégias comuns, que passam pela existência de uma identidade de formas de apresentação e de contacto com os turistas. Esta rede regional é coerente e tem as mesmas fórmulas e mecanismos”, frisou. O presidente da autarquia sintrense anunciou ainda a intenção de, numa data posterior, integrar o Posto de Turismo da estação ferroviária de Sintra na rede.

devido às obras, o atendimento aos turistas é feito num posto móvel instalado no exterior do posto de Turismo, dentro do horário habitual, das 10h00 às 18h00

BOLETIM INTERNO

RELATÓRIO DE ACTIVIDADES

Novembro 2010

muLTImERcAdOS Gestão da participação da ARPT Lisboa e do seu trade nos certames internacionais de 2010 e 2011, através do portal Feiras do TdP . REINO uNIdO Participação de Lisboa na feira WTM - Londres, com módulo de destino integrado no stand de Portugal. Presentes 12 empresas associadas do TL. FITuR Envio de Materiais Promocionais. BOLSA dE TuRISmO dE LISBOA Análise e comparação das propostas. Apresentadas para o stand 2011. Site www.visitlisboa.com Acompanhamento da campanha de “Palavras-Chave” no Google Actualização e manutenção de conteúdos Apreciação da proposta para remodelação dos conteúdos escritos e, eventualmente, novo layout das páginas interiores do site, e novas funcionalidades. Visitas ao site: 138.641

cITY & SHORT BREAKS
cAmpANHA dE puBLIcIdAdE ESpEcÍFIcA Acompanhamento da campanha de City Breaks no Google, display and content. pARcERIAS cOm OpERAdORES TuRÍSTIcOS mERcAdOS VÁRIOS Acompanhamento de parcerias em curso com diversos Operadores estratégicos nos mercados prioritários para o destino Lisboa. Envio de material gráfico e de informação de Lisboa. REINO uNIdO Parceria em plano de promoção de programas para Lisboa. Acção em conjunto com operador British Airways. FAm TRIpS (8 visitas - 70 participantes) FRANÇA “Estrela/ Stimulos”. Programa realizado na Cidade de Lisboa - 12 participantes. BÉLGIcA “Fête de la Musique” – TAP Bélgica. Programa realizado na Cidade de Lisboa - 2 participantes. BÉLGIcA “Melhores vendedores PT” – em colaboração com a AICEP. Programa realizado na Cidade de Lisboa - 2 participantes. HOLANdA “TUI – NL 1”. Programa realizado na Grande Lisboa (Lx, Estoril e Sintra) - 10 participantes. HOLANdA “TUI – NL 2”. Programa realizado na Grande Lisboa (Lx, Estoril e Sintra) - 10 participantes. ALEmANHA “DERTOUR”. Programa realizado na Cidade de Lisboa - 2 participantes. FRANÇA “Parfums du Monde”, em colaboração com a

AICEP. Programa realizado na Grande Lisboa (Lx, Estoril, Sintra, Sesimbra) - 12 participantes. REINO uNIdO Realizado com Agentes de Viagens em parceria com AxisTravel. Programa realizado na Cidade de Lisboa - 20 participantes. pRESS TRIpS (17 visitas - 47 participantes) BÉLGIcA Programa de TV “Les Bélges au Bout du Monde”, em colaboração com a AICEP Programa reali. zado na Região de Lisboa (Lx. e Montijo) - 4 elementos. BRASIL Revista “TRIP”. Programa realizado na Cidade de Lisboa -1 elemento. BRASIL - Revista “Isto é Gente”. Programa realizado na Grande Lisboa (Lx. e Sintra) - 12 elementos. ESpANHA Jornal “La Razón”. Programa realizado na Cidade de Lisboa - 2 elementos. ESpANHA Jornalista freelance Rafael Perez. Programa realizado na Cidade de Lisboa -1 elemento. ESpANHA Programa de TV “Valencianos por el Mundo”. Programa realizado na Cidade de Lisboa - 2 elementos. EuA Jornalista freelance Anja Mutic, em colaboração com a AICEP. Programa realizado na Cidade de Lisboa -1 elemento. EuA Jornalista freelance David Hoffmann, em colaboração com a AICEP. Programa realizado na Cidade de Lisboa - 1 elemento. EuA Jornalista freelance Michael Tulipan. Programa realizado na Cidade de Lisboa - 1 elemento. EuA Jornalista freelance Christene Meyers. Programa realizado na Cidade de Lisboa - 2 elementos.

pROduÇÃO dE mATERIAIS pROmOcIONAIS E BANcO dE ImAGENS
Edição de Materiais Promocionais. Apreciação das propostas para produção de filme da Área Promocional. Reedição da brochura light em sueco, holandês e versão portuguesa para o Brasil. Webletter Lisboa Inside - edição de Novembro Enriquecimento do Banco de Imagens - acompanhamento e aprovação de fotografias da cidade de Lisboa.

país de Origem TOTAL 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10
34 | TURISMO DE LISBOA

Visitas 138,641

páginas por visita 2.96 3.5 2.6 3.8 1.9 2.0 4.1 1.7 4.8 1.8 1.8

Tempo médio no site 00:02:08 00:02:21 00:01:37 00:03:03 00:00:59 00:01:06 00:02:52 00:00:41 00:05:33 00:00:47 00:00:47

% de novas visitas 84.35% 84.3% 87.8% 69.8% 89.3% 87.7% 84.0% 89.4% 78.0% 88.0% 90.8%

Espanha Itália Portugal Reino Unido Alemanha França Suécia Brasil Noruega Dinamarca

30,072 22,923 16,098 15,979 15,930 9,690 4,588 3,892 2,552 2,285

FRANÇA “Corinthia Hotel Press Trip”. Programa realizado na Cidade de Lisboa - 5 elementos dos seguintes meios de comunicação: revista “Cabines”; jornal “La Provence” e revista “Voyager Luxe”. FRANÇA TV “M6”. Programa realizado na Cidade de Lisboa - 4 elementos. FRANÇA Blogger Deedee de Paris, em colaboração com a AICEP - 1 elemento. JApÃO Revista “TentoMushi”. Programa realizado na Grande Lisboa (Lx. e Sintra) - 2 elementos. pOLÓNIA Portal www.onet.pl. Programa realizado na Cidade de Lisboa - 1 elemento. RÚSSIA “Gastronomia/Rússia”, em colaboração com a AICEP. Programa realizado na Grande Lisboa (Lx. e Sintra) - 6 elementos dos seguintes meios de comunicação: revista “Gastronom”, AIF “Pró Kukhnu”; revista “Vkusno i Polezno”, revista “Bread and Salt” e revista “Simple Wine News”. REINO uNIdO Revista “In Style”. Programa realizado na Cidade de Lisboa - 1 elemento.

Associações, NGO, Cadeias Hoteleiras, CVB, DMC e PCO e Imprensa. A conferência focou os seguintes temas: “100 years of civil Society Documentation (Changing the world, Paul Otlet and Henri La Fontaine, by Mundaneum head of archives dept – Mrs Stéphanie Manfroid + An Inclusive Vision of Civil Society’s Role in Humanity by Director of future Justice at the world Future Council Mrs Maja Göpel) + The Climate/Conference Equation – Responding to Ecological, Social and Economics challenges”. AcÇÕES pORTA-A-pORTA E SALES BLITz mercado Bélgica Porta-a-porta: 1 dia de visitas a 4 associações sedeadas em Bruxelas – informação sobre Lisboa como destino de congressos, apoio do LCB em futuros eventos. Presente 1 representante do LCB. Mercado Benelux - Sales Blitz em Bruxelas e Amesterdão durante 2 dias. Acção organizada em colaboração com o TdP Visitas a 9 potenciais clientes - 5 agências em . Bruxelas e 4 em Amesterdão. Presentes: 1 representante do LCB, 1 representante dos Hotel Dom Pedro Palace, Hotel Sofitel e Agência Eventivos, sorteadas a participar. FAm TRIpS (6 visitas - 82 participantes) RÚSSIA Acção iniciativa do associado Portugal Travel Team. Programa de visita realizado na Grande Lisboa (Lx, Estoril e Sintra) - 9 pax. Apoio do LCB com jantar em restaurante associado. BRASIL Acção iniciativa do associado TLC. Programa de visita realizado na Grande Lisboa (Lx, Estoril e Sintra) - 10 pax. Apoio do LCB com jantar em restaurante associado. BRASIL Acção iniciativa do associado Citur. Programa de visita realizado na Cidade de Lisboa - 10 pax. Apoio do LCB com almoço em restaurante associado. RÚSSIA Programa de visita de 3 dias realizado na Grande Lisboa (Lx, Estoril e Sintra) - 10 pax. Organização e acompanhamento da acção em colaboração com o associado Quasar. ESpANHA Acção iniciativa do TdP em colaboração com o associado Dom Pedro Palace - 7 clientes. Programa de visita de 2 dias realizado na Grande Lisboa (Lx, Estoril e Sintra) da responsabilidade do LCB. FRANÇA Acção iniciativa dos associados AIMS e Sofitel - 18 empresas. Apoio com almoço em restaurante associado - 36 pax pRESS TRIpS (1 visita – 1 participante) FRANÇA – Presente 1 jornalista MI – Meet and Travel Mag. Programa de visita de 3 dias realizado na Grande Lisboa (Cidade de Lisboa, Estoril e Sintra). Acção da exclusiva responsabilidade do LCB.

evento International Golf Travel Market (IGTM), de 15 a 18 de Novembro, em Valência. Evento destinado a profissionais. Presença de participantes do trade nacional (19), com módulos de negócio. Contactos realizados: 43. Produção de stands da IGTM, em Valência. pARcERIAS cOm OpERAdORES TuRÍSTIcOS mERcAdOS VÁRIOS Acompanhamento de parcerias em curso com diversos operadores estratégicos nos mercados prioritários para o destino Lisboa Golf Coast. ApOIO A EVENTOS ESpEcIALIzAdOS muLTImERcAdOS Gestão e organização da 2ª edição da Lisboa Golf Coast vs O Resto do Mundo, entre 1 e 4 de Novembro. O LGC vs ROW é uma Fam Trip/ Torneio na Região de Lisboa em que os operadores convidados jogam 2 dias da Fam Trip contra os directores dos campos da Região. Este ano, o torneio decorreu nos campos Oitavos Dunes e Santo Estevão. Programa realizado na Quinta da Marinha, Oitavos Dunes e Santo Estêvão. É um evento com grande visibilidade ao nível do trade de golfe internacional. Participaram 8 operadores da Holanda, Inglaterra, Alemanha, Irlanda, Suécia e Escócia. FAm TRIpS (01 visita - 10 participantes) muLTImERcAdOS Gestão e organização de uma fam trip para 9 profissionais e um operador de golfe da Noruega, Dinamarca e Finlândia. Programa realizado na Quinta da Marinha, Oitavos Dunes, Penha Longa, Quinta da Beloura, Praia d’el Rey, Campo Real e no Golden Eagle. Participaram 10 elementos.

mATERIAIS pROmOcIONAIS
Guia Follow mE - edição nº179 - Acompanhamento da produção e distribuição. mailing directo para as delegações da AICEP TAP e ou, tros. Programa de Relações Públicas junto dos Guias de Lisboa. Apreciação dos novos textos para os guias.

mAILINGS
Banco de Imagens: Cimeira da NATO, Cabines; La Provence Journal; Voyagerluxe.com; France Soir Journal; Votre Beauté Magazine; Lifestyle Writer; EMRC International ; Guincho Adventours. dVd’s: Top Atlântico; TV SWR3. Betacam: Tg2. Pedidos de informação escritos respondidos: 246

TOuRING
FEIRAS E cERTAmES ESpEcÍFIcOS muLTImERcAdOS – Organização da participação de Lisboa nas Feiras e Certames Específicos. Eventos destinados ao trade e público. FEIRAS REGIONAIS ESpANHA muLTImERcAdOS Organização da participação de Lisboa nas Feiras Regionais. Eventos destinados ao público. ESpANHA Participação da ARPT Lisboa na Feira INTUR - Valladolid. Stand próprio de Lisboa Região. Presença das ERT´s TLVT, TLF e TO. ESpANHA Participação da ARPT Lisboa na Feira FEHISPOT - Valladolid. Stand próprio de Lisboa Região. Presença das ERT´s TLVT, TLF e TO e TE. Envio de materiais promocionais. FEIRAS REGIONAIS FRANÇA muLTImERcAdOS Organização da participação de Lisboa nas Feiras Regionais. FRANÇA Participação da ARPT Lisboa na Feira de NICE com stand próprio de Lisboa Região.
TURISMO DE LISBOA | 35

mI
FEIRAS E cERTAmES ESpEcIALIzAdOS EIBTm - Feira de Turismo de Negócios realizada em Barcelona, de 30 de Novembro a 2 de Dezembro. O LCB assegurou presença com 2 representantes, tendo desenvolvido cerca de 120 reuniões com organizadores de eventos e potenciais clientes para Lisboa. Participaram 29 associados do TL, entre hotelaria, agências especializadas em eventos e equipamentos. Esta edição da EIBTM contou com a presença de 3.800 hosted buyers do mundo inteiro e com 3.300 expositores de 90 países. ORGANIzAÇÃO dE WORKSHOpS E ROAdSHOWS mercado Bruxelas Participação na Conferência da “UIA Centenary Celebration”. Presentes cerca de 80 pax, entre

GOLFE
FEIRAS E cERTAmES ESpEcIALIzAdOS muLTImERcAdOS Gestão, organização e participação no

MARKET PLACE

BOAS-VINdAS
IMAGINE MORE

AdESÃO FuNdAmENTAL
de Lisboa “torna-se fundamental para uma nova DMC que se quer impor no sector de Meetings Industry”, adianta a nota sobre a adesão divulgada pela empresa. A imagine more é constituída por quatro profissionais - nomeadamente Ana Telo, Sofia Schwarz, Rita Montarroio e Marta Telo -, com vários anos de experiência no sector, que aposta numa abordagem original e personalizada do destino, posicionando-se na área do turismo de negócios. Os mercados que lhe merecem especial interesse são os seguintes: Alemanha, França, mercados emergentes e ainda o Canadá e os Estados Unidos, onde a imagine more tem uma representação. A imagine more está situada na Rua do Embaixador, nº138 A, em Lisboa. Contacto: tel. 213 628 393 ou através do site www.imaginemore.pt.

A razão pela qual a imagine more, uma nova DMC, se tornou membro do Turismo de Lisboa deve-se ao facto “desta associação ser a entidade predominante para a divulgação de

Lisboa como destino turístico, de lazer e de turismo de negócios”. Neste âmbito, ao fomentar várias acções de cariz promocional, a adesão ao Turismo

HOTEL ESTRELA DE FÁTIMA

ALIAdO NA pROmOÇÃO
O Hotel Estrela de Fátima aderiu ao Turismo de Lisboa por reconhecer nesta entidade um forte aliado enquanto responsável pela promoção externa da região. “A grande maioria dos nossos hóspedes é estrangeira e, por esta razão, o hotel centra a sua promoção junto do público e do trade além fronteiras. Desta forma, o Turismo de Lisboa, como organização responsável pela promoção internacional da marca Fátima, apresenta-se como um forte aliado neste trabalho”, salienta o novo associado. Referência de qualidade desde os anos 50, o Hotel Estrela de Fátima beneficiou recentemente de um upgrade profundo das suas instalações, o que o converteu numa moderna unidade hoteleira de quatro estrelas. Situado mesmo junto ao Santuário, o Hotel Estrela de Fátima abriu as portas em 1954 e foi sempre gerido pelos irmãos Pedro e Alexandre Marto Pereira, respectivamente director-geral e director comercial. Sendo a localização um factor deter-

minante em todos os hotéis do mundo, “ganha ainda maior relevo em Fátima, porque o nosso cliente habitual, de idade mais avançada, valoriza o conforto de ter o Santuário literalmente à porta do hotel”, adianta a nota. Este hotel integra uma central de reservas e promoção sob a marca “Fátima Hotels”, o que

permite a optimização dos recursos de unidades com dimensões familiares nas suas vertentes de marketing, promoção e vendas. O Hotel Estrela de Fátima está situado na Rua Cónego Formigão, n.º 40, em Fátima. Contacto: tel. 249 531 150 ou através do site www.fatima-hotels.com.

38

| TURISMO DE LISBOA

MARKET PLACE

LISBOA MARRIOTT HOTEL

BARAcK OBAmA

HOTEL AVENIDA PALACE

cHÁ REquINTAdO

O Lisboa Marriott foi o hotel escolhido para receber o Presidente norte-americano, Barack Obama, durante a 1.ª visita que efectuou a Portugal, para participar na cimeira da NATO, que decorreu em Novembro na capital portuguesa. Obama mostrou-se um excelente comunicador, simpático e afável e manifestou a sua satisfação pelo acolhimento e serviço que lhe foram prestados no Lisboa Marriott Hotel. No final, Obama assinou o livro de honra do hotel, no qual escreveu a seguinte mensa-

gem: “muito obrigado pela maravilhosa hospitalidade”. O administrador da Sotéis, Luís Viegas, e o director-geral do hotel, Marc Cosyns, além de outros responsáveis, integraram a equipa que acompanhou a par e passo a estada de Barack Obama no Lisboa Marriott Hotel. Localizado na área financeira da cidade - entre o aeroporto e o centro -, este requintado hotel de quatro estrelas possui 577 quartos que aliam o luxo à funcionalidade. Contacto: tel. 217 235 400 ou através do site www.lisbonmarriott.com.

TIVOLI

FELIz 2011

O Hotel Avenida Palace, situado na Praça dos Restauradores, acaba de retomar o seu Serviço de Chá todas as terças e quintas-feiras, das 16h00 às 18h00, até ao próximo mês de Março. Servido no magnífico Salão Palace, o hotel apresenta um sugestivo menu de chás, acompanhado por mini-sanduiches, scones e pastelaria diversa. Com mais de cem anos de história, o Avenida Palace prima por uma construção de estilo neoclássico, com ambientes sumptuosos e um atendimento personalizado, o que o tornou, desde sempre, num hotel de preferência de figuras ilustres das mais diversas áreas. O Hotel Avenida Palace possui 82 quartos, mobilados em estilo clássico, uma suite presidencial, seis suites executivas, e 10 suites júnior, muito espaçosas e com vistas panorâmicas. Contacto: tel. 213 218 100 ou através do site www.hotelavenidapalace.pt.

A Tivoli Hotels & Resorts lançou programas irresistíveis para o réveillon, que têm por objectivo comum proporcionar uma noite fantástica a todos que queiram dar as boas-vindas ao Ano Novo de uma forma especial. Seguem-se algumas sugestões apresentadas por esta cadeia hoteleira. Tivoli palácio de Seteais. Para os mais românticos, esta é a proposta indicada, pois será uma passagem de ano digna de príncipes e princesas, num palácio encantado, tendo a Vila de Sintra como cenário. O programa inclui duas noites em quarto duplo por 785 euros, pequeno-almoço buffet no restaurante, tratamento VIP no quarto, jantar de réveillon com música ao vivo de piano e voz até à 01h00, espumante e passas no quarto e

o primeiro jornal de 2011. Tivoli Lisboa. Para quem pretenda tirar partido de toda a animação do réveillon na capital portuguesa, o Tivoli Lisboa apresenta um programa especial de três noites, com pequeno-almoço buffet e ainda duas opções para o último jantar do ano: no Restaurante Terraço, com vista privilegiada para a cidade ou na Brasserie Flo, no ambiente de uma típica brasserie francesa. Ocupação dupla por 771 euros, com jantar no restaurante e Ocupação dupla por 621 euros, com jantar na brasserie. Tivoli Jardim. Se a preferência for um hotel com estilo e personalidade no centro da cidade, o Tivoli Jardim é a escolha certa. O programa de final de ano inclui três noites de alojamento com pequeno-almoço buffet e ainda duas opções para

o jantar de réveillon: o Restaurante Terraço ou a Brasserie Flo, no Tivoli Lisboa. Ocupação dupla por 716 euros, com jantar no restaurante e Ocupação dupla por 566 euros, com jantar na brasserie. Tivoli Oriente. O renovado Tivoli Oriente, no Parque das Nações, tem uma proposta para um réveillon diferente, apresentando um programa de duas noites de alojamento com pequeno-almoço buffet no restaurante Hippopotamus, por 160 euros em quarto duplo. Para o jantar de réveillon, o hotel propõe um menu requintado, servido no Restaurante VIII Colina, com uma deslumbrante vista para o estuário do Tejo. O preço é de 130 euros por pessoa (bebidas incluídas). Contacto: através do site www.tivolihotels.com.
TURISMO DE LISBOA | 39

HOTEL MELIÃ ALDEIA DOS CAPUCHOS

SHOW pARISIENSE

GRANDE REAL VILLA ITÁLIA

FESTA EXcLuSIVA
A música dos anos 70, 80 e 90 marcará a passagem de ano no Grande Real Villa Itália Hotel & Spa, em Cascais, onde terá lugar uma festa exclusiva da M80. Para esta ocasião, o Grande Real Villa Itália Hotel & Spa preparou um programa especial, de 31 de Dezembro a 2 de Janeiro de 2011, que poderá incluir uma ou duas noites de alojamento. O Grande Real Villa Itália – um hotel de cinco estrelas - resulta da adaptação das residências do rei Humberto II de Itália, que viveu em Portugal durante o seu exílio entre os anos 50 e 80, e representa a excelência em design e o melhor em sofisticação e conforto. Graças à forma como foi projectado, é possível contemplar o Oceano Atlântico de quase todos os quartos, restaurantes, terraços e piscinas do hotel. Contacto: tel. 210 966 000 ou através do site www.realhotelsgroup.com.

O Hotel Meliã Aldeia dos Capuchos, localizado na Costa de Caparica, apresenta um pacote especial para o réveillon, sugerindo estadas de uma, duas e três noites, num ambiente elegante e requintado. Para a última noite do ano está previsto um Jantar de Gala Réveillon, com bebidas incluídas, após o qual será altura de dar as boas-vindas a 2011, com as habituais 12 passas e espumante. O “Show Paris la Fête”, ao melhor estilo pari-

siense, proporcionará ainda mais glamour a esta festa. Localizado a 20 Km a sul de Lisboa, o Hotel Meliã Aldeia dos Capuchos disponibiliza 111 apartamentos T0, 58 quartos standard, dez suites e uma suite executiva. Este hotel, de quatro estrelas, proporciona uma vista soberba sobre o Atlântico. Contacto: tel. 212 909 000 ou através do site www.meliacapuchos.com.

HOTEL QUINTA DA MARINHA RESORT

REVEILLON dE SONHO
O Hotel Quinta da Marinha Resort propõe festejar em grande a entrada em 2011, pelo que organiza um programa de reveillon inspirado no sonho e na fantasia. A decoração em tons de azul-turquesa, música chill-out e o ambiente único deste hotel, marcado pela proximidade do mar e da Serra de Sintra, proporcionam o cenário perfeito para uma noite tão especial como a da passagem de ano. O programa “2011 Dreamend By Onyria” inclui um “Cocktail de Ano Velho”, ao som da percussionista Daniela Alemão, um jantar de gala, a típica ceia da 1.ª madrugada do ano e muita animação, com música ao vivo, com a banda Discover. Quem pretender passar a noite no hotel, beneficiará de pacotes especiais para uma e duas noites. Contacto: tel. 214 860 100 ou através do site www.quintadamarinha.com.
40 | TURISMO DE LISBOA

M A R K EI T Õ E S C E V S PLA

diogo Gaspar Ferreira Presidente do Conselho Nacional da Indústria de Golfe

HOTEL CASCAIS MIRAGEM

AVENTuRA GASTRONÓmIcA
O tema “Oceanos” é o mote escolhido pelo Hotel Cascais Miragem para o réveillon deste ano, com o objectivo de proporcionar uma aventura gastronómica requintada de exóticos sabores de mar e de terras distantes. Com o toque dos chefes Peter Beckers e Elias Silva, o jantar de gala incluirá o melhor da gastronomia portuguesa. O espectáculo musical que terá lugar durante esta noite tão especial será protagonizado por Lara Afonso. O Cascais Miragem, uma moderna unidade hoteleira de cinco estrelas, possui 192 quartos (incluindo 20 suites), dois restaurantes, bar, 18 salas de reuniões, piscina exterior, SPA, parque infantil e uma galeria comercial com as melhores marcas. Com uma localização privilegiada, entre o Estoril e Cascais, o Hotel Cascais Miragem está apenas a 25 minutos do Aeroporto Internacional de Lisboa. Contacto: tel. 210 060 600 ou através do site www.cascaismirage.com.

golfe impulsiona crescimento turístico
O Golfe tem desempenhado um papel fundamental para o crescimento do turismo na Região de Lisboa, tanto mais que o perfil do golfista se identifica na generalidade com o do turista alvo da promoção internacional do destino. As novas ligações aéreas low cost, a variada oferta cultural, os novos hotéis e a tendência crescente de “Lisboa está in”, têm contribuído para o posicionamento da capital portuguesa como destino turístico, sendo que o Golfe inserese claramente nesta estratégia de captação de turistas com capacidade económica. Destaco, neste contexto, o esforço promocional que a Região tem feito neste sentido através de campanhas, eventos (como o Open de Portugal) e abertura de novos campos. Consequentemente, podemos afirmar que a Região de Lisboa é hoje um importante destino internacional de Golfe, concorrendo com outros destinos prestigiados e consolidados. Pretendendo Lisboa afirmar-se como um dos principais destinos de Golfe do mundo, é de extrema relevância a realização da Ryder Cup em Portugal. Ao ter lugar na Herdade da Comporta, no Litoral Alentejano, e dada a proximidade com a capital, este é um evento que beneficiará não só a hotelaria, como outras infra-estruturas, nomeadamente a restauração e os espaços de cultura e lazer da Região de Lisboa. A Ryder Cup, um evento de grande dimensão, só ultrapassado em visibilidade pelos Jogos Olímpicos e pelo Mundial de Futebol, será muitíssimo superior ao de qualquer outro já realizado no país, nomeadamente o Euro 2004. Para além do impacto imediato positivo a nível nacional (em 2018) a Ryder Cup influenciará, com toda a certeza, o futuro do desenvolvimento turístico em Portugal. O Conselho Nacional da Indústria de Golfe, enquanto entidade que representa os proprietários dos campos de golfe em Portugal, tudo fará para contribuir para o sucesso desta candidatura. A Federação Portuguesa de Golfe e o Governo estão de parabéns pela candidatura, ambição e por, acima de tudo, acreditarem e defenderem que Portugal reúne condições únicas para levar a bom porto um dos mais importantes e mediáticos eventos desportivos do mundo.

FREEPORT ALCOCHETE

GRANdES mARcAS
O Freeport Outlet Alcochete, com mais de 140 lojas, é um espaço privilegiado para fazer compras em qualquer altura do ano, onde se concentram produtos das principais marcas a preços reduzidos. Conciliando a realização de compras com diversão e entretenimento, o visitante tem ainda à disposição diversos restaurantes, cafés e bares, a maior sala de cinema do país, assim como o Paraíso dos Piratas, um espaço vocacionado para a realização de festas de aniversário infantis e um Centro de Exposições. Com 75.000m2 de área bruta arrendável, o Freeport é o maior Outlet da Europa e foi inaugurado em Setembro de 2004. O Freeport Outlet Alcochete está situado na Avenida Euro 2004, em Alcochete. Contacto: tel. 212 343 500/01 ou através do site www.freeport.pt.

TURISMO DE LISBOA

|

41

ADLIB

TRAdIÇÃO E REquINTE

AHRESP®

cAmpANHA dE SOLIdARIEdAdE
A Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal - AHRESP® promove a Campanha Nacional “Direito à Alimentação – DA”, dirigida às famílias e aos cidadãos carenciados de alimentação, digna e suficiente. A campanha, que decorre sob o alto patrocínio do Presidente da República, visa a congregação de esforços e de boas vontades que promovam iniciativas voluntárias no âmbito desta campanha de solidariedade. “Assumimos a responsabilidade social de criar uma Rede Nacional de Solidariedade, dirigida às famílias e aos cidadãos carenciados de alimentação, digna e suficiente, sob o desígnio do Direito à Alimentação”, lê-se numa nota divulgada por esta entidade. Pretende-se que adiram a esta iniciativa todas as empresas e instituições privadas e públicas, através de apoios, contributos e donativos. Desde a produção agro-pecuária, passando pela indústria, distribuição alimentar, estabelecimentos de hotelaria, restauração e bebidas, todas as empresas e instituições podem participar no programa, através da adesão voluntária, garantida pela operação do BUE – Balcão Único Empresarial®. Contacto: tel. 213 527 060 ou através do site www.ahresp.com.

O adLib, um restaurante situado no coração de Lisboa, sugere um final de ano e entrada em 2011 num ambiente marcado pela animação musical e champanhe, enquanto saboreia um menu requintado. “Lavagante em Duas Texturas” e “Essência de Boi com Geleia de Porto e Folha de Ouro”, servidos antes das propostas principais de peixe e de carne - como o Lombo de vitela branca sous-vide com caviar de beringela e outras surpresas destinadas a preparar o paladar para o novo ano, fazem parte deste

menu especial. O custo é de 140 por pessoa e inclui champanhe, águas minerais e café. Tradição com um toque de requinte é uma característica do adLib, onde cada refeição é preparada ao pormenor e com os melhores produtos. Este espaço, em plena Av. da Liberdade, alia um ambiente sofisticado e intimista a um serviço de excelência, oferecendo uma cozinha de aliança entre o sabor francês e a gastronomia portuguesa. Contacto: tel. 213 228 350 ou através do site www.restauranteadlib.pt.

AGÊNCIAS DE VIAGENS E TURISMO

cONGRESSO NAcIONAL
Tendo em conta as tendências de consumo nos mercados emissores tradicionais e as práticas dos destinos turísticos concorrentes, uma das recomendações indica que a oferta, embora criteriosa em termos de destinos, de unidades all-inclusive seja encarada como mais um factor de dinamização da actividade. Sustenta também que o Governo e a Administração Pública enquadrem este subsector no Plano Estratégico Nacional de Turismo. Considerando igualmente os desafios que a economia coloca às empresas, o Congresso recomenda que a gestão destas seja cada vez mais profissional, mais pró-activa, mais responsável e com maior e mais rápida capacidade de adaptação às exigências do mercado em cada momento. Contacto: tel. 21 355 30 10 ou através do site www.apavtnet.pt.

A Associação Portuguesa das Agências de Viagens e Turismo-APAVT realizou o seu XXXVI Congresso Nacional, que reuniu, no Funchal, 450 participantes, de 27 de Novembro a 2 de Dezembro. Com base nas comunicações apresentadas e nos debates realizados nas sessões plenárias, deste congresso resultaram, nomeadamente, recomendações que têm como objectivo o desenvolvimento desta área de actividade.
42 | TURISMO DE LISBOA

MARKET PLACE

CARRIS

AScENSOR dA GLÓRIA
A Carris assinalou, com diversas iniciativas, a passagem do 125.º aniversário do Ascensor da Glória, classificado como Monumento Nacional desde 2002. Produto da iniciativa da Nova Companhia dos Ascensores Mecânicos de Lisboa, o Ascensor da Glória, que estabelece a ligação entre a Praça dos Restauradores e o Bairro Alto, foi inaugurado em Outubro de 1885. Tendo igualmente utilizado o vapor como força motriz, o Ascensor da Glória foi electrificado em 1915. O amarelo como cor distintiva apenas surgiu após 1926 quando, por dissolução da sua primitiva proprietária, o ascensor se tornou propriedade da Carris. Os elevadores do Lavra e da Bica estão, tal como o Ascensor da Glória, classificados como Monumento Nacional.

MARINA PARQUE DAS NAÇÕES

cENTRO NÁuTIcO
O Centro Náutico da Marina Parque das Nações está já em funcionamento, tendo por objectivo proporcionar formação náutica, ocupação de tempos livres e promoção de eventos náuticos, ao nível particular ou empresarial. A infra-estrutura, tutelada pela Marina Parque das Nações, disponibiliza cursos de iniciação ao windsurf, vela e canoagem, cursos de navegação (Marinheiro/ Patrão Local/Patrão de Costa) e vela para adultos. A Marina Parque das Nações tem 602 postos de amarração, destinados a embarcações até 25m na Bacia Sul e cruzeiros ou mega Iates até 230m na Ponte Cais. Apresenta-se como uma marina de cariz urbano, de fácil acesso ao interior da cidade, assim como à vida cosmopolita de uma capital europeia. Possui ainda um inovador e pioneiro sistema de comportas duplas, que assegura a estabilidade das marés, correntes e assoreamentos, garantindo um porto seguro para as embarcações. Contacto: tel. 218 949 066 ou através do site www.marinaparquedasnacoes.pt.

KIDZANIA LISBOA

1.º pARquE cERTIFIcAdO

A KidZania Lisboa obteve a Certificação do Sistema de Gestão Integrado da Qualidade, Ambiente e Segurança e Saúde no Trabalho pelo Bureau Veritas Certification, tornando-se no 1.º parque temático do país e o 1.º da rede mundial da KidZania a conquistar este reconhecimento internacional. A distinção premeia o trabalho desenvolvido pela KidZania desde a inauguração, em Junho de 2009, para tornar a visita ao parque uma experiência cada vez mais agradável, através

da implementação de metodologias para satisfação do visitante, prevenção de acidentes, redução de riscos e o bem-estar dos colaboradores e visitantes. Já no início deste ano o Sistema de Gestão de Segurança Alimentar da KidZania fora distinguido internacionalmente com a certificação “Foresee Silver Certificate of Good Food Hygiene Standards”, atribuída pela LusoCristal Consulting, uma consultora internacional na área dos sistemas de gestão de segurança alimentar.

A KidZania é um parque temático dirigido a famílias, com grande carácter pedagógico e lúdico, localizado no Dolce Vita Tejo, o maior centro comercial da Grande Lisboa e da Península Ibérica. Este parque temático permite às crianças entrar no mundo dos crescidos, através do conceito “brincar aos adultos”, mas com uma forte vertente pedagógica. Contacto: tel. 21 154 55 30 ou através do site www.kidzania.pt.
TURISMO DE LISBOA | 43

RED TOUR

dESFRuTAR A cIdAdE
A Red Tour, uma empresa que organiza passeios em veículos eléctricos e silenciosos com ÁudioGuia GPS, sugere, nesta quadra festiva, a oferta/ realização de diversas actividades para desfrute da cidade. A “Caixa Presente Red Tour” constitui, por exemplo, uma sugestão para oferta a familiares e amigos, que certamente ficarão encantados com esta experiência original e eco-friendly. De buggie ou segway, num Passeio Livre ou efectuando um Tour com Monitor, esta é uma forma divertida e muito agradável de passear em Lisboa. Uma outra sugestão poderá ser um passeio de segway com monitor desde a Baixa Pombalina até ao Parque Eduardo VII. A lista de sugestões que a Red Tour propõe é vasta e pode ser consultada, mediante acesso ao site da empresa. Contacto: tel. 213 243 680 ou através do site www.redtourgps.com.

AIR NIMBUS

pRESENTE ORIGINAL
A Air Nimbus tem à disposição gift vouchers com diferentes tipos de experiências aéreas, originais e exclusivas, ideais para oferecer nesta quadra festival. Primeira companhia de turismo aéreo portuguesa, a Air Nimbus organiza experiências de natureza, de aventura, históricas, gastronómicas e de lazer em território português, aliando a comodidade do turismo aéreo à emoção da descoberta. A companhia disponibiliza experiências para empresas, vouchers oferta e realiza eventos tendo por temática o Ar. A Air Nimbus possui o Certificado de Operador Aéreo (COA), emitido pelo Instituto Nacional de Aviação Civil, com o Nº 01/09/01. Contacto: tel. 214 446 117 ou através do site www.airnimbus.pt.

VINHOS DA REGIÃO DE LISBOA

EuA, ALEmANHA E RÚSSIA
Entretanto, com o apoio logístico do Centro de Negócios em Berlim da AICEP Portugal Global, quatro empresas produtoras e exportadoras apresentaram 40 vinhos na capital alemã. Estiveram presentes 80 especialistas alemães do sector dos vinhos, importadores, distribuidores, retalhistas, jornalistas e sommeliers. A CVR de Lisboa promoveu igualmente uma prova de Vinhos da Região de Lisboa em Moscovo, na qual participaram cinco produtores/ exportadores, que apresentaram mais de 50 vinhos. De relevar o facto de os participantes russos terem ficado impressionados com a qualidade dos vinhos apresentados e com a relação preço/qualidade, o que confirma a potencialidade dos vinhos nos mercados externos. Contacto: tel. 261 31 67 24 ou através do site www.vinhosdelisboa.com.

A Comissão Vitivinícola da Região de Lisboa organizou, em Novembro e Dezembro, diversas provas de vinhos em Nova Iorque, Washington, Berlim e Moscovo, no âmbito da estratégia de internacionalização, expansão e divulgação da Região de Vinhos de Lisboa. Nos Estados Unidos estiveram presen44 | TURISMO DE LISBOA

tes sete agentes da Região e foram dados a provar mais de 85 vinhos. Uma vez mais ficou demonstrada a qualidade dos vinhos da Região de Lisboa, bem como a sua competitividade, nomeadamente nos Estados Unidos, país que representa sete por cento das exportações desta Região.

MARKET PLACE

QUINTA DE SANT´ANA

cAmpANHA dE VINHOS

MUSEU DO DESIGN E DA MODA

SEmENTES VALOR cApITAL
A Quinta de Sant´Ana, situada na aldeia de Gradil, no concelho de Mafra, está a realizar uma campanha com vinhos da sua produção, os quais constituirão certamente um excelente presente de Natal.Qualquer que seja a escolha, a qualidade dos vinhos da Quinta de Sant´Ana, já premiados internacionalmente, é sempre uma garantia de satisfação quer para quem oferece, quer para quem recebe. O clima moderado, caracterizado por nevoeiros matinais e tardes quentes, combinado com a viticultura e vinificação ambiciosa da Quinta de Sant´Ana, permite a produção de vinhos com uma complexidade aromática muito própria. Contacto: tel. 261 961 224 ou através do site www.quintadesantana.com. O Museu do Design e da Moda acolhe a exposição “Sementes. Valor Capital”, cuja inauguração marcou a abertura dos antigos cofres do Banco Nacional Ultramarino, edifício onde se encontra instalado este museu. A exposição, que ficará patente até ao dia 20 de Março, decorre em colaboração com o Banco Português do Germoplasma Vegetal, a Associação Colher para Semear e o Instituto Superior de Agronomia. Tendo por base a Colecção Francisco Capelo, adquirida pela Câmara Municipal de Lisboa, o MUDE reúne muitos dos mais emblemáticos objectos criados na área que representa entre meados da década de 1930 e a actualidade. Contacto: tel. 218886117 ou através do site www.mude.pt.

BES ARTE & FINANÇA

A VISITAR
O espaço BES Arte & Finança apresenta, até 17 de Fevereiro, a exposição “*9 – Jack presents BesArt”, que reúne um pequeno conjunto de trabalhos da Colecção BesArt, outras obras de artistas já representados na colecção, bem como de novos autores. Os trabalhos destes artistas expandem o universo da produção gráfica, num sentido estrito e na relação com outros meios. De entrada gratuita, a exposição pode ser visitada de segunda a sextafeira, das 9h00 às 21h00. O BES Arte & Finança é um espaço inovador multifunções situado no financial district de Lisboa, onde coabita a arte contemporânea com uma diversificada oferta de serviços financeiros e não financeiros do Grupo Espírito Santo. Contacto: tel. 218 839 001 ou através do site www.bes.pt.

TURISMO DE LISBOA

|

45

MUSEU DA ELECTRICIDADE

VIEIRA dA SILVA E ARpAd SzENES

MUSEU COLECÇÃO BERARDO

50 OBRAS E pOEmAS
O Museu Colecção Berardo tem patente, até ao dia 1 de Janeiro, a exposição “Paradise Motel – Obras da Colecção Berardo. Comissariada por Jean-François Chougnet, director artístico do Museu, a mostra reúne cerca de 50 obras da colecção Berardo, assim como poemas inspirados no tema do paraíso. A exposição, que ocupa quatro salas da galeria do piso zero, inclui pintura, escultura, desenho e instalação. A programação deste museu de Arte Moderna e Contemporânea é orientada pela rotação dos diversos movimentos artísticos que integram o acervo composto por 862 obras. Contacto: tel. 213 612 878 ou através do site www.museuberardo.pt.

O Museu da Electricidade acolhe, até 23 de Janeiro, a exposição “As Cidades de Vieira da Silva e Arpad Szenes”, constituída por 58 obras, muitas das quais são agora exibidas pela 1.ª vez. Trata-se de uma viagem biográfica contada através destas obras, que pertencem às colecções da Fundação Arpad Szenes Vieira da Silva, Metropolitano de Lisboa e a uma colecção particular. Cidades reais e imaginárias que, no caso de Vieira da Silva, revelam exercícios em torno da ideia de labirinto, da desmultiplicação dos espaços urbanos, enquanto em Arpad manifestam uma atenção intensa pela presença humana na sua relação com a cidade.

Esta é a 3.ª exposição com obras dos dois artistas plásticos proporcionada pela relação privilegiada entre a Fundação Arpad Szenes Vieira da Silva e a Fundação EDP, sua mecenas, e que surge agora em paralelo à Trienal de Arquitectura que é dedicada aos temas da Cidade, da qual o Museu da Electricidade é um dos anfitriões. A exposição é complementada com um ciclo de visitas temáticas dirigidas a adultos, jovens e crianças e ateliês infantis concebidos para proporcionar um contacto com as artes plásticas e estimular a criatividade dos mais novos, dos 4 aos 12 anos. Contacto: tel. 213.631.646 ou através do site www.fundacao.edp.pt.

MUSEU NACIONAL DOS COCHES

SuGESTÕES pARA pRESENTES
O Museu Nacional dos Coches oferece, até dia 31 de Dezembro, grandes promoções nos livros exclusivos do Instituto dos Museus e da Conservação e a produção clássica de colecções de joalharia, faiança, prata, têxteis e papelaria, relacionadas com as colecções dos museus e palácios nacionais. Os livros e as peças encontram-se à venda na loja do Museu, referenciado como um espaço cultural único. Entretanto, decorre a exposição temporária “Carrinhos de Passeio dos Príncipes na Corte”, da qual fazem parte, para além de
46 | TURISMO DE LISBOA

alguns exemplares de carrinhos de passeio, acessórios de equitação e trajes usados pelos príncipes da corte portuguesa no século XIX. Entre os exemplares expostos encontra-se o carrinho oferecido pelo rei de Itália Vítor Manuel II ao seu neto, o príncipe D. Carlos de Bragança. Na exposição é também apresentado um curto documentário sobre o processo de restauro de um dos carrinhos de passeio. Contacto: tel. 213 610 850 ou através do site www.museudoscoches.pt.

M A R K EI T Õ E S C E V S PLA

Ramón Ginebra Director-geral da KidZania Lisboa

MUSEU DE ARTE CONTEMPORÂNEA

cOLVmBANO
O Museu Nacional de Arte Contemporânea – Museu do Chiado apresenta a exposição “Colvmbano”, em homenagem a Columbano Bordalo Pinheiro, o maior pintor português do século XIX e uma figura incontornável da história da arte portuguesa. Inicialmente, Columbano regista os ambientes burgueses como cronista radical da vida moderna e, já na viragem do século, é testemunha atenta da sociedade portuguesa, inventariando os espíritos da intelectualidade nacional e as mais destacadas figuras. Nota, neste contexto, para alguns dos seus quadros de uma irrealidade original, desde Antero de Quental a Eça de Queirós e Fialho de Almeida, Bulhão Pato, Batalha Reis, Teixeira Gomes, Raul Brandão e Teixeira de Pascoaes. Os núcleos da exposição exibem 75 peças, referentes a estas temáticas, na maioria pertencentes a este Museu, contando ainda com a colaboração de colecções particulares, instituições nacionais e de museus internacionais - Orsay, Pitti e MNBA do Rio de Janeiro -, que apresentam pinturas de Columbano nunca expostas em Portugal. Os sete núcleos estão divididos em: Momentos de consagração”, “No centro do retrato”, “A expressão da modernidade”, “A imagem do artista. O auto-retrato”, “O intimismo”, “Pintura Decorativa” e “Estudo laboratorial da pintura de Columbano”. Esta exposição, que termina em 27 de Março, simultaneamente encerra as comemorações do Centenário da República em 2010 e inaugura as celebrações do 100.º aniversário do Museu em 2011. Contacto: tel. 213 432 148 ou através do site www.mnac-museudochiado.imc-ip.pt.

a magia do natal

MUSEU DO COMBATENTE

mOSTRA dE FOTOGRAFIA
O Museu do Combatente - Forte do Bom Sucesso, localizado junto à Torre de Belém, apresenta a exposição de fotografia “Os Combatentes na I República”, que estará patente até ao dia 13 de Fevereiro. Organizada pela Liga dos Combatentes com o apoio do Centro de Audiovisuais do Exército, esta exposição retrata os Combatentes portugueses na I República durante a I Guerra Mundial. A cobertura fotográfica dos acontecimentos no conflito apresentada nesta mostra é de autoria de dois fotojornalistas ao serviço de Portugal: Arnaldo Garcez e Joshua Benoliel. Até ao dia 30 de Janeiro, encontra-se igualmente patente a exposição de pintura de Umbelina Ribeiro. A sua obra é caracterizada por uma estética abstracta, onde o matizado de cores confere expressividade e movimento à tela. O Museu do Combatente - Forte do Bom Sucesso está aberto todos os dias, incluindo fins-de-semana e feriados, das 10h00 às 17h00. Contacto: tel. 92 738 31 39 ou através do site www.ligacombatentes.org.pt.

De todas as cidades do mundo que conheço e por onde tenho passado, seja por motivos profissionais ou apenas em lazer, Lisboa é aquela que - embora conheça há menos tempo maior curiosidade me despertou. Desde que vim para Portugal, passei a gostar cada vez mais de Lisboa, em especial da Baixa. No Natal, esta zona parece que se renova e que ganha uma nova alma. O movimento das pessoas na rua à procura da oferta perfeita para os familiares e amigos, o cheiro das castanhas assadas e o céu pontuado por iluminações de Natal dão uma magia especial a esta zona da cidade. Decorando dezenas de ruas da capital portuguesa, a iluminação convida os lisboetas a visitar o Centro Histórico. As luzes não passam também despercebidas aos turistas que as integram no roteiro de visita - ao lado dos monumentos, das praças, dos miradouros e jardins que constituem os espaços mais procurados em Lisboa. O Natal é, por excelência, o tempo das crianças. É tempo de brincadeiras, de pedir os brinquedos favoritos, de sonhar. Com o fim das aulas, o desafio para qualquer pai é manter os mais novos ocupados para cuidar dos preparativos para a Consoada. E nada melhor do que estar atento às actividades que os vários espaços de lazer para crianças em Lisboa oferecem. Para além de darem oportunidade às crianças de aprender enquanto brincam, tornam-se experiências enriquecedoras, sobretudo quando são feitas em conjunto com os adultos. A partilha de valores e das regras de cidadania é, porventura, um dos melhores ensinamentos que se pode transmitir aos mais novos no Natal. Feliz Natal a todos!

TURISMO DE LISBOA

|

47

PARQUES DE SINTRA - MONTE DA LUA

REcupERAÇÃO dE EdIFIcAdO HISTÓRIcO
As grandes obras de engenharia do Chalet da Condessa d’Edla, situado na zona oriental do Parque da Pena, sob tutela dos Parques de Sintra - Monte da Lua, terminam no final deste mês. Construído pelo Rei D.Fernando II e pela sua 2.ª mulher, Elise Hensler, entre 1864 - 1869, este chalet foi destruído por um incêndio há dez anos. Mais tarde, em 2007, na sequência de uma bem sucedida candidatura a um financiamento internacional (EEA Grants), a Parques de Sintra - Monte da Lua iniciou os trabalhos de limpeza dos escombros e selecção de salvados para posterior estudo e reconstrução. O projecto prevê a reconstrução integral do chalet com base em critérios de autenticidade histórica e material. Até Fevereiro decorrerão pequenas obras de finalização do projecto, prevendo-se a possibilidade de visitas ao edifício no início da próxima Primavera. Contacto: tel. 219 237 313 ou através do site www.parquesdesintra.pt.

PRAIA D’EL REY GOLF & BEACH RESORT

BOAS-VINdAS A 2011
O Praia D’El Rey Golf & Beach Resort propõe uma passagem de ano inesquecível e sugere o acolhedor Clubhouse ou o exclusivo Hotel Marriott para que 2011 seja recebido em ambiente de festa. O réveillon no Hotel Marriott inclui um cocktail servido ao som de violinos, opção entre Jantar de Degustação e Jantar Buffett, fogo-de-artifício, e a tradicional Ceia, sempre com muita animação e música ao vivo. Para a última noite de 2010, o Clubhouse apresenta como sugestões um Jantar empratado no Restaurante Links ou um Jantar Buffet na sua sala. A animação estará a cargo do DJ do Clubhouse. A pensar nos mais novos, foram criados menus para crianças no Clubhouse e no Hotel Marriott haverá um programa que lhes é especialmente dedicado. Contacto: tel. 262 905 100 ou através do site www.praia-del-rey.com.
48 | TURISMO DE LISBOA

TENDÊNCIAS
GEOLOCALIZAÇÃO

OpORTuNIdAdES pARA O TuRISmO
pedro mamede Pós-Graduação Marketing de Eventos e Produtos Turísticos, U.B.I.

A tendência do momento concentra-se nas redes sociais de geolocalização. Depois do Twitter ter popularizado a questão “o que está a fazer agora?”, uma outra pergunta conduz ao aparecimento de novas empresas de internet: “onde está agora?”. A ideia pode não agradar a todos, e em especial aos mais preocupados com a privacidade, mas os serviços de geolocalização, que permitem responder a essa pergunta, são apontados como o próximo grande passo das redes sociais. O crescimento esperado da venda de telemóveis e outros aparelhos equipados com GPS, ligações rápidas, tarifários acessíveis e

o aumento natural de aplicações e plataformas que agregam informações locais estão a tornar mais fácil a activação offline das marcas utilizando meios digitais. Isto quer convidando os utlizadores a entrar nas lojas ou em outros pontos de venda ou até mesmo desenvolvendo acções promocionais orientadas para um determinado espaço físico, via plataformas como o Foursquare, Gowalla e, mais recentemente, o Facebook Places. O Foursquare é a maior rede social de geolocalização. Cresceu principalmente nos Estados Unidos e atingiu este ano mais de três milhões de utilizadores em todo o mundo.

Funciona como um jogo. A cada check-in que o utilizador faça, ganha pontos para concorrer semanalmente no ranking com os seus amigos e com todos os moradores da mesma cidade. Para isso, é efectuado um levantamento automático que mostra as estatísticas de todos os competidores. O divertimento dos utilizadores é coleccionar os badges (medalhas) e quem for a algum local com mais frequência torna-se o mayor (presidente) desse mesmo lugar. O mayor ganha o direito de cuidar da localização na plataforma do Foursquare, nomeadamente editar o endereço, o local no mapa e adicionar categorias.
TURISMO DE LISBOA | 49

NOTA S FINAIS

Revista dirigida aos associados do Turismo de Lisboa, empresários, decisores e estudiosos da indústria turística. Director VÍTOR COSTA vcosta@visitlisboa.com TURISMO DE LISBOA Tel: 21 031 27 00 Fax: 21 031 28 99 www.visitlisboa.com atl@visitlisboa.com Editor Neste limiar de um novo ano que todos esperam difícil, importa fazer algumas reflexões sobre o comportamento do turismo na nossa região. O desempenho da hotelaria na Área Promocional de Lisboa em 2010 mostrou que a rentabilidade aumentou de forma interessante (cerca de 5 por cento), à custa de uma subida das taxas de ocupação, mesmo com uma descida marginal dos preços praticados (cerca de 2 porcento). Na cidade, o desempenho foi um pouco superior. São resultados positivos porque invertem a tendência negativa que se verificava no ano e meio anteriores, mas ainda não são suficientes para suprir as perdas. De qualquer forma, e atendendo a que a oferta também aumentou, há uma subida global mais acentuada das receitas do turismo, o que é positivo para a economia da região e do país. Os indícios hoje existentes apontam para que o ano de 2011 não mantenha uma curva tão acentuada de crescimento da ocupação e que os preços praticados não subam, pelo menos generalizadamente. A entrada em operação de algumas das rotas anunciadas pela TAP (não todas) pode ser um factor positivo, assim como o início da operação da base da easyJet, muito embora esta só aconteça no final do ano. A manterem-se as condições é de prever que o ano de 2012 seja, esse sim, um ano de bom crescimento. Relativamente aos produtos turísticos mais importantes não se antevê uma alteração da tendência: os produtos ligados ao lazer (City Breaks e Touring) deverão ter um maior sucesso que o Meetings Industry, na sua componente de Incentivos e Corporate (não na de congressos). A verdade é que as dificuldades que as empresas atravessam, e que se deverão acentuar, bem como o “clima” das opiniões públicas, levam a que as empresas limitem os seus gastos em viagens, reuniões e incentivos. Quanto aos nossos mercados emissores esperase que se mantenha a tendência dos espanhóis em optarem por City Breaks e viagens de proximidade, beneficiando Lisboa da imagem fortemente positiva nesse mercado. Espera-se também que o Brasil continue a crescer fortemente, mercê da sua situação económica e do forte investimento promocional que Lisboa e Portugal aí têm feito e que pretendem reforçar significativamente. É de esperar também que a Alemanha recupere significativamente, como consequência da melhoria da sua situação económica. Sendo, portanto, 2011 um ano que se espera difícil, a atitude mais construtiva tem que ser a de confiança, sobretudo confiança no produto/destino turístico que pretendemos vender. Alguns exemplos que vêm de fora são, por vezes, estímulos importantes. É o caso do anúncio feito há dias de que a maior cadeia hoteleira mundial, a Intercontinental, vai abrir um hotel da sua marca “Índigo” em plena Baixa lisboeta. Segundo esse anúncio, em 2014 o antigo Convento Corpus Cristi, uma das poucas edificações pré-pombalinas da Baixa de Lisboa, abrirá como o novo “Índigo Lisbon Old Town”, com 139 quartos. A abertura de um hotel da marca personalizada da Intercontinental terá um impacto fortemente positivo na zona. O anúncio desta decisão por parte da maior cadeia de hotéis do Mundo, numa altura de dificuldades, é uma prova de confiança que não pode deixar de nos estimular.

Vítor costa
Director-Geral do Turismo de Lisboa

resultados Positivos

cONFIANÇA NO dESTINO TuRÍSTIcO

Edifício Lisboa Oriente, Avenida Infante D. Henrique, 333 H Escritório 49 • 1800-282 Lisboa Tel. 21 850 81 10 - Fax 21 853 04 26 Email: lpmcom@lpmcom.pt Secretariado ANA PAULA PAIS anapaulapais@lpmcom.pt

Consultora Comercial SÓNIA COUTINHO soniacoutinho@lpmcom.pt Tel.: 96 150 45 80 Tel.: 21 850 81 10 FAx: 21 853 04 26

Tiragem 2500 exemplares Periodicidade Mensal Impressão RPO Depósito Legal 206156/04 Isento de registo no ICS ao abrigo do artigo 9º da Lei de Imprensa nº2/99 de 13 de Janeiro DISTRIBUIÇÃO GRATUITA AOS ASSOCIADOS DO TURISMO DE LISBOA Assinatura anual 24 euros

50

| TURISMO DE LISBOA

TURISMO DE

LISBOA

you know where to go.
Abu Dhabi, 2012 • Atlanta, 2011 • Bali Biloxi • Chicago • Dubai, 2012 • Hollywood, FL Hungary, 2012 • Las Vegas • Macau Orlando • Palm Springs, 2011 • Panama, 2011 Pattaya • Penang • San Diego Singapore, 2010 • Tampa Biloxi • Hollywood, FL • Hungary, 2012 Las Vegas • Macau • Tampa

hotels

casinos

cafes
United States
Atlanta Atlantic City Baltimore Biloxi Boston Chicago Cleveland Dallas Denver Destin Detroit Foxwoods Gatlinburg Hollywood, CA Hollywood, FL Honolulu Houston Indianapolis Key West Lake Tahoe Las Vegas Las Vegas at Hard Rock Hotel Los Angeles, 2010 Louisville Maui Memphis Miami Minneapolis Myrtle Beach Nashville New Orleans New York Niagara Falls Orlando Philadelphia Phoenix Pittsburgh Sacramento St. Louis San Antonio San Diego San Francisco Seattle, 2010 Washington, DC Yankee Stadium Fiji Guam Saipan Surfers Paradise

Pacific Rim

Europe

Amsterdam Athens Barcelona Berlin Bucharest Cologne Copenhagen Dublin Gothenburg Gran Canaria Krakow Lisbon Madrid Mallorca Malta Marbella, 2009 Moscow Munich Oslo Paris Prague Rome Stockholm Venice Warsaw

UK

Cardiff Edinburgh London Manchester

Middle East Africa

Canada

Niagara Falls Ottawa Toronto Toronto Rogers Centre

Bahrain Beirut Cairo Doha, 2010 Dubai Hurghada Kuwait Nabq, 2010 Sharm El Sheikh

Mexico Central America
Acapulco Cabo San Lucas Cancún Cozumel Mexico City Panama Puerto Vallarta

Asia

Caribbean

Aruba Cayman Islands Nassau Ocho Rios Punta Cana San Juan Santo Domingo

South America
Belo Horizonte Bogotá Buenos Aires Caracas Cartagena Margarita Island Medellin, 2010 Rio de Janeiro

hardrock.com
avenida da liberdade, 2 • 1250 - 144 lisboa • portugal
©2009 Hard Rock Cafe International (USA), Inc. All rights reserved.

Bali Bangkok Beijing Bengaluru Fukuoka Ho Chi Minh City, 2009 Hyderabad Jakarta Kuala Lumpur Macau, 2010 Makati Mumbai Nagoya Narita New Delhi Osaka Osaka, Universal Pattaya Penang Phuket, 2009 Pune Singapore Singapore Changi Airport Tokyo Tokyo, Uyeno-Eki Yokohama

lisbon

Biloxi • Hollywood, FL • Las Vegas: The Joint Mexico City • Orlando

live