You are on page 1of 8

Nota de aula: Ciclo Rankine Prof.

Antonio Moreira dos Santos 1

CICLO DE RANKINE

Caldeira
Turbina

4
2
Bomba
Condensador

Fig 1.1 – Esquema de uma usina a vapor simples que opera


segundo o ciclo de Rankine.

PROCESSOS QUE COMPÕE O CICLO DE RANKINE:


1-2: Processo de bombeamento adiabático reversível, na
bomba.
2-3: Transferência de calor a pressão constante, na caldeira.
3-4: Expansão adiabática reversível, na turbina.
4-1: Transferência de calor a pressão constante, no
condensador.

Obs: No ciclo de Rankine a caldeira pode produzir tanto vapor


saturado quanto vapor superaquecido.
Nota de aula: Ciclo Rankine Prof. Antonio Moreira dos Santos 2

T
3

1 4

s
Fig. 1.2 – Diagrama T-s do Ciclo de Rankine.

EQUACIONAMENTO DO CICLO DE RANKINE:

Compressão isoentrópica na bomba:

- Fluido operante: água, entra como líquido saturado e sai como


líquido comprimido.

Da primeira Lei aplicada a um volume de controle operando


em regime permanente:

 2− 2
q12 = w12 + (h2 − h1) +  V 2 2V 1  + g (Z 2 − Z 1) (1)
 
Desprezando-se a variação da energia cinética e potencial e
sendo o calor trocado na bomba ideal igual a zero, teremos:
w 12
= (h1 − h2 ) (2)
Nota de aula: Ciclo Rankine Prof. Antonio Moreira dos Santos 3

Aplicando na bomba a relação de propriedades deduzidas a


partir da primeira e segunda lei da termodinâmica,

Tds = dh − vdP (3)

e sendo isoentrópico o processo na bomba ideal, teremos:

ds = 0 e (4)

dh = vdP (5)

Integrando (5) entre a entrada e a saída da bomba, teremos:

(h − h ) = v (P − P )
2 1 1 2 1 (6)

Substituindo (6) em (2), teremos o trabalho da bomba:

wb = w = v1 (P1 − P 2 ) (7)
12

Obs: Na solução de problemas empregam-se diretamente as


equações (2), (6) e (7). O sinal negativo do trabalho w12 significa o
trabalho está sendo produzido por um agente externo sobre o fluido.
Nota de aula: Ciclo Rankine Prof. Antonio Moreira dos Santos 4

Adição de calor a pressão constante na caldeira:

- Fluido operante: água, entra como líquido comprimido e sai


como vapor saturado ou vapor superaquecido.
Da primeira Lei aplicada a um volume de controle operando
em regime permanente:
 2− 2
q23 = w23 + (h3 − h2 ) +  V 3 2V 2  + g (Z 3 − Z 2 ) (8)
 
Desprezando-se a variação da energia cinética e potencial e
sendo zero o trabalho na caldeira, teremos:

q = q = (h3 − h2 )
H 23 (9)

Trabalho produzido na turbina:

- Fluido operante: água, entra como vapor saturado seco ou


superaquecido e sai como vapor saturado úmido ou saturado
seco.

Da primeira Lei aplicada a um volume de controle operando


em regime permanente:
 2− 2
q34 = w34 + (h4 − h3) +  V 4 2V 3  + g (Z 4 − Z 3) (10)
 
Desprezando-se a variação da energia cinética e potencial e
sendo o calor trocado na turbina ideal igual a zero, teremos:

w =w t 34
= (h3 − h4 ) (11)
Nota de aula: Ciclo Rankine Prof. Antonio Moreira dos Santos 5

Rejeição de calor no condensador:

- Fluido operante: água, entra como vapor saturado úmido ou


saturado seco e sai como líquido saturado.

Da primeira Lei aplicada a um volume de controle operando


em regime permanente:

 2− 2
q41 = w41 + (h1 − h4 ) +  V 1 2 V 4  + g (Z 1 − Z 4 ) (12)
 

Desprezando-se a variação da energia cinética e potencial e


sendo zero o trabalho no condensador, teremos:

q =q = (h1 − h4 ) (13)
L 41

Rendimento térmico do ciclo de Rankine:

+w q +q q −q
η =w liq .
= w = t b H L
= H L
(14)
q
t
H
q q H H
q H

(h − h ) + (h − h ) (h − h ) + (h − h )
η= t (h − h ) =
3 4 1
(h − h )
2 3 2 1 4
(15)
3 2 3 2
Nota de aula: Ciclo Rankine Prof. Antonio Moreira dos Santos 6

CICLO DE RANKINE COM REAQUECIMENTO:

O ciclo com reaquecimento foi desenvolvido para tirar


vantagens do aumento do rendimento provocado pela utilização de
pressões mais altas evitando umidade excessiva nos estágios de
baixa pressão na turbina.

1
Fig. 1.3 – Ciclo ideal com reaquecimento.

O diagrama T-s mostra que a principal vantagem do


reaquecimento está na diminuição do teor de umidade nos estágios
de baixa pressão da turbina. O mesmo efeito de redução da umidade
na turbina poderia ser conseguido através do aumento do
superaquecimento do vapor na caldeira até T3’. Porém,
superaquecimento muito elevado requer material especial, projeto e
tecnologia mais avançada.
Nota de aula: Ciclo Rankine Prof. Antonio Moreira dos Santos 7

T 3’

3 5

2
4

6
1

s
Fig. 1.4 – Diagrama T-s para o ciclo com reaquecimento.

Equacionamento do ciclo com reaquecimento:

- Trabalho de bomba:

wb = w = v1 (P1 − P 2 ) (16)
12

- Calor adicionado:

q =q +q
H 23 45
= (h − h )+ (h − h )
3 2 5 4 (17)
Nota de aula: Ciclo Rankine Prof. Antonio Moreira dos Santos 8

- Trabalho de turbina:

w =w +w t 34 56
= (h − h ) + (h − h )
3 4 5 6 (18)

- Calor rejeitado:

q =q = (h1 − h6 ) (19)
L 61

Rendimento do ciclo de Rankine com reaquecimento:

+w q +q q −q
η =w liq .
= w = t b H L
= H L
(20)
q t
H
q q H H
q H

(h − h ) + (h − h ) + (h − h )
η= t
3
(h − h ) + (h − h )
4 5 6 1 2
(21)
3 2 5 4

(h − h ) + (h − h ) + (h − h )
ou η t
= 3

(h − h ) + (h − h )
2 5 4 1 6
(22)
3 2 5 4