A PREGAÇÃO DO “ÓBVIO”

:
MORTE E RESSURREIÇÃO DE CRISTO

A palavra “óbvio” diz respeito a algo evidente e claro. Muitos pregadores deixaram de pregar a mensagem da cruz, a morte e ressurreição de Jesus Cristo, com a justificativa que isso é óbvio e todos conhecem ou já ouviram falar, e que os mesmos precisam pregar outras coisas. Porém o óbvio não é quando eu sei, é quando eu vivo e pratico! Interessante olharmos ao nosso redor e analisarmos a situação em que as pessoas se encontram, os acontecimentos, o que as pessoas buscam, seus interesses pessoais e o que elas são capazes de fazer para a realização dos mesmos. Certa vez participávamos de um grupo na Alemanha que se denomina cristão, mas nunca foi pregado e enfocado em nenhuma mensagem a Pessoa e a Obra de Cristo. E o tal “pastor” nos deu a desculpa que não daria para pregar a Cristo e este crucificado, pois no grupo haviam pessoas analfabetas e vinda de seitas! Ora, então o que é e pra quem é o Evangelho puro e simples de Cristo? O que é ser cristão e discípulo de Cristo? O que é ser um pastor e servo segundo o coração de Deus? Diante de todas as pessoas do mundo que se professam serem cristãs, não era para o mundo ser diferente? Então a pregação do “óbvio” já foi pregada o suficiente como alegam certos “pregadores”?

A Bíblia nos diz: “Porque a palavra da cruz é loucura para os que perecem; mas para nós, que somos salvos, é o poder de Deus. (I Co 1:18). E porque a palavra da cruz é loucura para o ser humano? Qual é a mensagem que todos nós precisamos ouvir segundo a palavra de Deus? O que devemos pregar a todos? Porque a cruz representa o fim de nós mesmos, o fim do nosso eu, do nosso ego obeso, das nossas vontades egoístas e carnais, pela substituição da vida de Cristo Jesus. E enquanto o nosso velho homem não morrer, não tem como Cristo viver em nós. A palavra nos fala que “Não há um justo, nem um sequer.” (Rm 3:10) e “Porque todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus”. (Rm 3:23). Diante disso, o Senhor Deus com seu amor grandioso e incondicional por nós, enviou Jesus Cristo para nos dar vida abundante e eterna: “Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que Nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.” (Jo 3:16). “Uma pessoa louca no mundo é aquela que crê na cruz de Cristo.”

Agora analisemos o que o apóstolo Paulo nos diz com relação à pregação da palavra de Deus:
“Porque NADA decidi saber entre vós, senão a Jesus Cristo, e este crucificado.” (I Co 2:2); “Mas nós pregamos a Cristo crucificado, que é escândalo para os judeus, e loucura para os gregos.” (I Co 1:23); “Porque não nos pregamos a nós mesmos, mas a Cristo Jesus, o Senhor; e nós mesmos somos vossos servos por amor de Jesus.” (2 Co 4:5); “Mas longe esteja de mim gloriar-me, a não ser na cruz de nosso Senhor Jesus Cristo, pela qual o mundo está crucificado para mim e eu para o mundo.” (Gl 6:14); “Porque Cristo enviou-me, não para batizar, mas para evangelizar; não em sabedoria de palavras, para que a cruz de Cristo se não faça vã.” (I Co 1:17); “Mas faço-vos saber, irmãos, que o evangelho que por mim foi anunciado não é segundo os homens.” (Gl 1:11); “Porque ninguém pode pôr outro fundamento além do que já está posto, o qual é Jesus Cristo.” (I Co 3:11); “Sede meus imitadores, como também eu de Cristo.” (I Co 11:1). “Sede também meus imitadores, irmãos, e tende cuidado, segundo o exemplo que tendes em nós, pelos que assim andam.” (Fp 3:17);

CONTINUANDO:
“Já estou crucificado com Cristo; e vivo, não mais eu, mas Cristo vive em mim; e a vida que agora vivo na carne, vivo-a na fé do Filho de Deus, o qual me amou, e se entregou a si mesmo por mim.” (Gl 2:20); “E os que são de Cristo crucificaram a carne com as suas paixões e concupiscências.” (Gl 5:24) ; “E ele morreu por todos, para que os que vivem não vivam mais para si, mas para aquele que por eles morreu e ressuscitou.” (II Co 5:15); “Como, pois, recebestes o Senhor Jesus Cristo, assim também andai Nele.” (Cl 2:6); “E toda a língua confesse que Jesus Cristo é o Senhor, para glória de Deus Pai.” (Fp 2:11); “E todos os dias, no templo e nas casas, não cessavam de ensinar, e de anunciar a Jesus, o Cristo.” (At 5:42); “Porque a vós vos foi concedido, em relação a Cristo, não somente crer Nele, como também padecer por Ele.” (Fp 1:29); “Porque Dele e por Ele, e para Ele, são todas as coisas; glória, pois, a Ele eternamente. Amém.” (Rm 11:36); “Entristecidos, mas sempre alegres; pobres, mas enriquecendo a muitos; nada tendo, mas possuindo tudo.” (II Co 6:10); “Cristo é tudo e em todos.”(Cl 3:11b);

CONTINUANDO: “Sabendo isto, que o nosso velho homem velho foi com Ele crucificado, para que o corpo do pecado seja desfeito, para que não sirvamos mais ao pecado.” (Rm 6:6). Interessante que não se lê neste versículo sabido, souberam, sei... E sim sabendo, que é um verbo contínuo: sabendo, sabendo, sabendo, sabendo, e isto significa que menos eu serei, e mais Ele se manifestará em mim. “Trazendo sempre por toda a parte a mortificação do Senhor Jesus no nosso corpo, para que a vida de Jesus se manifeste também nos nossos corpos”. (II Co 4:10); “Também vos notifico, irmãos, o Evangelho que já vos tenho anunciado; o qual também recebestes, e no qual também permaneceis. Pelo qual também sois salvos se o retiverdes tal como vo-lo tenho anunciado; se não é que crestes em vão. Porque primeiramente vos entreguei o que também recebi: que Cristo morreu por nossos pecados, segundo as Escrituras, E que foi sepultado, e que ressuscitou ao terceiro dia, segundo as Escrituras.” (I Co 15:1-4). Ainda há mais alguma dúvida do que devemos pregar como Evangelho de Cristo? O QUE ESTÁ FORA DISSO NÃO É EVANGELHO DE CRISTO!

“Se você quer ter uma vida fácil e todos os seus desejos satisfeitos, então não se torne um cristão. Quando você vive em Cristo, talvez as circunstâncias não mudem, mas você mudará”. (John Mac Arthur Jr). “Não mais eu, mas Cristo vive em mim”! Vida cristã é vida de RENÚNCIA! E o que disse Jesus? “E dizia a todos: Se alguém quer vir após mim, negue-se a si mesmo, e tome cada dia a sua cruz, e siga-me.” (Lc 9:23). Há uma frase fantástica de Oswald Chambers: "Quando você se achar face a face com uma pessoa com um problema espiritual, lembre-se de Jesus Cristo na cruz. Se aquela pessoa puder chegar a Deus de qualquer outro modo, então a cruz de Jesus Cristo é desnecessária. Se você puder ajudar outros com a sua compaixão ou compreensão, você é apenas um traidor de Jesus Cristo.” “Disse-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim.” (Jo 14:6).

Qualquer assunto que for pregado dentro da palavra de Deus; perdão, amor, relacionamento, comunhão, dízimos, finanças, servir a Deus e ao próximo, dons espirituais, etc., não tem como desvincular a cruz! Precisa ser falado de Cristo e da cruz, pois o que adianta falar destes assuntos na carne? “Não mais eu, mas Cristo vive em mim”. É fé e não sentimentos ou emoções! O justo viverá pela fé! Aí então poderemos viver a verdade do Evangelho buscando e agradando a Deus e não a nós mesmos. Tem pregadores que só ficam no velho testamento, pregando somente para o “reino do “Eu”, minha benção, minha vitória, minha autoridade, meu poder...”, mas e Cristo? Cristo é o Alfa e o Ômega, o Princípio e o Fim! Quem não enxergar a Cristo em toda a Bíblia que é a Palavra de Deus, não teve a revelação do Pai do que é a verdade do Evangelho (CRISTO)! Quem pregar algo diferente do que o Senhor nos ordenou, POR FAVOR, não use o nome do Senhor Jesus e o nome de Deus em vão! E ponto final!
QUE OBEDEÇAMOS A PALAVRA DE DEUS! PREGAR A CRISTO E ESTE CRUCIFICADO. LOUCURA PARA O MUNDO, MAS O PODER DE DEUS PARA A SALVAÇÃO DE TODO AQUELE QUE NELE CRER!

Analisemos agora o que o Senhor nos fala a respeito do Evangelho pregado fora disto: “Jesus, porém, respondendo, disse-lhes: Errais, não conhecendo as Escrituras, nem o poder de Deus.” (Mt 22:29).

Amado em Cristo, como você tem estudado a Bíblia? Todos os dias pedindo sabedoria e o entendimento do Senhor? “E, se algum de vós tem falta de sabedoria, peça-a a Deus, que a todos dá liberalmente, e o não lança em rosto, e ser-lhe-á dada.” (Tg 1:5). Enquanto não tivermos um novo coração, jamais poderemos compreender a revelação da verdade da Palavra de Deus. Aos sábios e entendidos deste mundo, os ensoberbecidos, os cheios de si mesmos, fariseus, os mestres da lei, CUIDADO pois os primeiros serão os últimos e os exaltados serão humilhados! “Naquele tempo, respondendo Jesus, disse: Graças te dou, ó Pai, Senhor do céu e da terra, que ocultaste estas coisas aos sábios e entendidos, e as revelaste aos pequeninos (humildes). (Mt 11:25).

CONTINUANDO: “Todavia falamos sabedoria entre os perfeitos; não, porém, a sabedoria deste mundo, nem dos príncipes deste mundo, que se aniquilam; mas falamos a sabedoria de Deus (Cristo), oculta em mistério a qual Deus ordenou antes dos séculos para nossa glória; a qual nenhum dos príncipes deste mundo conheceu; porque, se a conhecessem, nunca crucificariam ao Senhor da glória.” (I Co 2:6-8). Que “sabedoria” mundana é esta? E quantos preferem seguí-la do que a Deus? E o Senhor nos ensina: “Examinai-vos a vós mesmos, se permaneceis na fé; provai-vos a vós mesmos. Ou não sabeis quanto a vós mesmos, que Jesus Cristo está em vós? Se não é que já estais reprovados.” (II Co 13:5). Atentemo-nos ao alerta quanto aos falsos profetas e adoradores de si mesmos: “Porque MUITOS há, dos quais muitas vezes vos disse, e agora também digo, chorando, que são inimigos da cruz de Cristo.” (Fp 3:18);

CONTINUANDO: “E graças a Deus, que sempre nos faz triunfar em Cristo, e por meio de nós manifesta em todo o lugar a fragrância do seu conhecimento. Porque para Deus somos o bom perfume de Cristo, nos que se salvam e nos que se perdem. Para estes certamente cheiro de morte para morte; mas para aqueles cheiro de vida para vida. E para estas coisas quem é idôneo? Porque nós não somos, como muitos, falsificadores da palavra de Deus, antes falamos de Cristo com sinceridade, como de Deus na presença de Deus.” (II Co 2:14-17). “Por isso, tendo este ministério, segundo a misericórdia que nos foi feita, não desfalecemos; antes, rejeitamos as coisas que por vergonha se ocultam, não andando com astúcia nem falsificando a palavra de Deus; e assim nos recomendamos à consciência de todo o homem, na presença de Deus, pela manifestação da verdade. Mas, se ainda o nosso evangelho está encoberto, para os que se perdem está encoberto. Nos quais o deus deste século cegou os entendimentos dos incrédulos, para que lhes não resplandeça a luz do evangelho da glória de Cristo, que é a imagem de Deus. Porque não nos pregamos a nós mesmos, mas a Cristo Jesus, o Senhor; e nós mesmos somos vossos servos por amor de Jesus.” (II Co 4:1-5).

“Maravilho-me de que tão depressa passásseis daquele que vos chamou à graça de Cristo para outro evangelho; o qual não é outro, mas há alguns que vos inquietam e querem transtornar o Evangelho de Cristo. Mas, ainda que nós mesmos ou um anjo do céu vos anuncie outro evangelho além do que já vos tenho anunciado, seja anátema (maldito). Assim, como já vo-lo dissemos, agora de novo também vo-lo digo. Se alguém vos anunciar outro evangelho além do que já recebestes, seja anátema. Porque, persuado eu agora a homens ou a Deus? ou procuro agradar a homens? Se estivesse ainda agradando aos homens, não seria servo de Cristo. Mas faço-vos saber, irmãos, que o Evangelho que por mim foi anunciado não é segundo os homens. Porque não o recebi, nem aprendi de homem algum, mas pela revelação de Jesus Cristo.” (GL 1:6-12).
“E surgirão MUITOS falsos profetas, e enganarão a MUITOS.” (Mt 24:11). “Acautelai-vos, porém, dos falsos profetas, que vêm até vós vestidos como ovelhas, mas, interiormente, são lobos devoradores.” (Mt 7:15);

CONTINUANDO: “Mas temo que, assim como a serpente enganou Eva com a sua astúcia, assim também sejam de alguma sorte corrompidos os vossos sentidos, e se apartem da simplicidade que há em Cristo. (II Co 11:3). “Porque se levantarão falsos cristos, e falsos profetas, e farão sinais e prodígios, para enganarem, se for possível, até os escolhidos.” (Mc 13:22). “Amados, não creiais a todo o espírito, mas provai se os espíritos são de Deus, porque já MUITOS falsos profetas se têm levantado no mundo.” (I Jo 4:1). “E também houve entre o povo falsos profetas, como entre vós haverá também falsos doutores, que introduzirão encobertamente heresias de perdição, e negarão o Senhor que os resgatou, trazendo sobre si mesmos repentina perdição.” (II Pe 2:1). “Entrai pela porta estreita; porque larga é a porta, e espaçoso o caminho que conduz à perdição, e MUITOS são os que entram por ela; e porque estreita é a porta, e apertado o caminho que leva à vida, e POUCOS há que a encontrem.” (Mt 7:13 e 14).

Amado em Cristo, estes são alguns dos versículos que nos falam à esse respeito! E o que tem acontecido com as igrejas que se professam cristãs? Com os servos, discípulos, evangelistas e pregadores do Senhor Jesus?

E Ele já nos disse: “Para que não sejamos mais meninos inconstantes, levados em roda por todo o vento de doutrina, pelo engano dos homens que com astúcia enganam fraudulosamente.” (Ef 4:14). “Porque virá tempo em que não suportarão a sã doutrina; mas, tendo comichão nos ouvidos, amontoarão para si doutores conforme as suas próprias concupiscências.” (II Tm 4:3). Paremos e analisemos quantas doutrinas tem se levantado a cada novo dia, quantas seitas, heresias e engano atrás de engano! Ora, se a palavra de Deus já nos revelou a Cristo, o tudo que precisamos para esta vida e a eterna, fica no ENGANO quem quer! O nosso Senhor Deus já nos disse: “Porque pela graça sois salvos, por meio da fé; e isto não vem de vós, é dom de Deus.” (Ef 2:8). Agora, vamos dar ouvidos a Palavra de Deus ou a palavra de homens e de falsos profetas que servem o sistema (mamom)?

A verdade é que se fala muito de religião e doutrinas humanas e pouco da verdade do Evangelho de Cristo. Religião é o homem tentando alcançar a Deus pelos seus esforços; Evangelho é o homem sendo alcançado por Deus pela sua graça. Como bem colocou M. Lloyd-Jones: “Tudo é pela graça do princípio ao fim.” Na graça você tem gratidão, louvor, adoração diante de tão grande salvação, enquanto que na obra do homem, você quer pódio, visibilidade! É gente que quer mérito na sua fé, na sua santificação, nos seus prestígios! John Osteen, pastor da maior igreja dos EUA e uma das igrejas que mais cresce neste país, prega os sermões “sentir-se bem”. Osteen é transmitido aos domingos em todo o mundo de seus 43 mil membros da Igreja Lakewood, em Houston. Ele é popular por sua mensagem simples, facilmente adotado pelos cristãos e não cristãos: “Deus está aqui para recompensar a humanidade, não para nos punir.” Será ele um guru de auto-ajuda rentável? Imaginem ele pregando sobre a ira, condenação e o juízo de Deus, sobre pecado, morte e renúncia do meu eu, do meu ego, dos prazeres da carne e do mundo, do arrependimento dos nossos pecados e sobre a verdadeira vida cristã?

Mas a quem devemos agradar? A Deus ou aos homens? Porque cada um prestará contas de si mesmo a Deus!

Não obstante disso, olhemos o nosso país! Porém, não nos esqueçamos que o mundo jaz no maligno, e que o nosso Deus não é Deus de confusão e nem de mentira! É movimento da fé e confissão positiva, humanismo, mercantilismo, entretenimento, $how gospel, espiritismo, gnosticismo, numerologia, antropocentrismo, auto-ajuda, pro$peridade, minha benção, minha vitória, minha autoridade, meu poder, meu EU, meu EGO, minhas vontades, batalha espiritual, batalha financeira, curandeirismo, macumbaria, gente caindo pra lá e pra cá, profecias e profetadas a gosto do freguês, dons espirituais ou humanos? unção do riso, unção do leão e por aí vai...! Mas, e Cristo e o evangelho da cruz? Do que valeu o sacrifício de Cristo e seu precioso sangue derramado por nós? Cristo é suficiente para nós e não precisamos de mais nada fora Dele e além Dele! E Ele nos disse: “A minha graça te basta, porque o meu poder se aperfeiçoa na fraqueza. De boa vontade, pois, me gloriarei nas minhas fraquezas, para que em mim habite o poder de Cristo”. (II Co 12:9). Este foi o grito de Cristo triunfante na cruz: “Está consumado!” (Jo 19:30). E ponto final! E quem fizer algo a mais, está anulando a pessoa e a obra de Cristo! Quem teria tal coragem? Misericórdia de nós Senhor!

E o Senhor já nos disse o que é que nos importa: “Jesus respondeu e disse-lhe: Na verdade, na verdade te digo que aquele que não nascer de novo, não pode ver o reino de Deus.” (Jo 3:3).

O novo nascido de verdade pensa nas coisas que são do alto e não nas daqui da terra! O verdadeiro discípulo é um seguidor de Jesus Cristo que passou pela cruz; e não seguidor de homens e doutrinas humanas! “E dizendo: O tempo está cumprido, e o reino de Deus está próximo. Arrependei-vos, e crede no evangelho.” (Mc 1:15). Agora precisamos nos arrepender, crer e confessar Cristo como nosso suficiente Senhor e Salvador. Ora, se tudo já foi feito por nós através de Cristo Jesus na cruz, isto significa que devemos descansar no Senhor, ou ainda temos que fazer algo? Ahhhh, pela graça de Deus sois salvos, diz a minha Bíblia!!

Observemos a vida e ministério de Jesus, que que foi fazer exclusivamente a vontade do Pai. (Mc 10:45; II Co 8:9; Fp 2:8). Cristo nasceu em uma manjedoura, foi humilde até morte de cruz, se esvaziou de sua glória, se fez pobre e sofreu por amor a nós; lavou os pés dos discípulos, não veio para ser servido mas para servir e dar sua vida em resgate de muitos e como podem ainda dar ouvidos a tal teologia da prosperidade/mamom e outras que só engrandecem e buscam os interesses do homem? Para quem é a glória? Quem é o centro? Que busquemos a Deus por amor, porque cremos Nele como nosso tudo, nossa suficiência. E é nessa busca em troca de bençãos, sensações e emoções que pode-se encontrar o engano de satanás. Já dizia Hendrik Hanegraaíl: “Muitos são atraídos para a mesa do Mestre não para ter comunhão e intimidade com Ele, mas para desfrutar do que está sobre ela.” E o Senhor nos pergunta: “Pois, que aproveitaria ao homem ganhar todo o mundo e perder a sua alma?” (Mc 8:36). Que mania o homem tem de querer ser deus, de ter glória, de ter autoridade e poder, de subir no pódio... É da cruz que precisamos!

Não nos esqueçamos que somos peregrinos nesta terra, por isso vamos buscar primeiro o Reino de Deus; buscar ao Senhor enquanto se pode achar e enquanto está perto! Atenção pregadores da Palavra de Deus: “Se alguém falar, fale segundo as palavras de Deus; se alguém administrar, administre segundo o poder que Deus dá; para que em tudo Deus seja glorificado por Jesus Cristo, a quem pertence a glória e poder para todo o sempre. Amém.” (I Pe 4:11). E a pregação do “óbvio” que tantos dizem conhecer, mas sequer nunca experimentaram verdadeiramente? “De sorte que a fé é pelo ouvir, e o ouvir pela palavra de Deus.” (Rm 10:17). Mas que palavra? E vamos repetir e confessar todos os nossos dias: “Também vos notifico, irmãos, o Evangelho que já vos tenho anunciado; o qual também recebestes, e no qual também permaneceis. Pelo qual também sois salvos se o retiverdes tal como vo-lo tenho anunciado; se não é que crestes em vão. Porque primeiramente vos entreguei o que também recebi: que CRISTO MORREU por nossos pecados, segundo as Escrituras, e que foi sepultado, e que RESSUSCITOU ao terceiro dia, segundo as Escrituras.” (I Co 15:1-4).

E vamos continuar TODOS OS NOSSOS DIAS prosseguindo no conhecimento de Jesus Cristo: “Antes crescei na graça e conhecimento de nosso Senhor e Salvador, Jesus Cristo. A ele seja dada a glória, assim agora, como no dia da eternidade. Amém. (II Pe 3:18). E Paulo disse: “Nós somos loucos por causa de Cristo”. (II Co 4:10). E a nós que professamos ser cristãos, do que está cheio o nosso coração? “Pois do que há em abundância no coração, disso fala a boca.” (Mt 12:34). Que possamos falar incansavelmente de Jesus Cristo, viver a vida de Cristo e sermos loucos por Ele! Cristo Jesus, nossa nova vida, nosso Senhor e Salvador, nosso sustento, nossa suficiência, nosso contentamento, nossa alegria, nosso tesouro, NOSSO TUDO! “Só prega a cruz quem passou por ela”. E terminamos com a pergunta de Paulo: “Fiz-me acaso vosso inimigo, dizendo a verdade?” (Gl 4:16). “E conhecereis a verdade (Cristo), e a verdade vos libertará”. (Jo 8:32). [(-) EU e (+) CRISTO]! Que o Espírito Santo de Deus nos revele e vivifique em nós Jesus Cristo a cada dia mais! Somos loucos para o mundo, mas aceitos, amados e salvos por Deus! Existe benção ou milagre maior? “CRISTO EM NÓS!” ALELUIA!