You are on page 1of 10

ESCOLA SECUNDÁRIA DE EMÍDIO NAVARRO – VISEU

PLANO DE ACTIVIDADES DE OCUPAÇÃO
PLENA DOS TEMPOS ESCOLARES (OPTE)

PLANO DE ORGANIZAÇÃO, GESTÃO E AVALIAÇÃO

Conselho Executivo

Ano lectivo 2007/2008
ÍNDICE

Pag.

Nota Introdutória ……………………………………………………......... 3

1. Permutas de Aulas …………………………………………………......... 4

2. Regras a Observar na Gestão do Serviço Docente de Substituição .......... 5

3. Plano Organizativo das Actividades Educativas de Substituição ............. 6

4. Organograma das Estruturas/Agentes Envolvidos no Planeamento,

Execução e Avaliação das Actividades Educativas de Substituição …......... 9

5. Plano Anual de Distribuição de Serviço Docente das Actividades

Educativas de Substituição………………………………………………….. 10

2
NOTA INTRODUTÓRIA

A apresentação do presente Plano de Actividades de Ocupação Plena dos Tempos
Escolares (OPTE) dos alunos enquadra-se no estipulado no despacho n.º 13599/2006, de 07
de Junho de 2006, com as alterações introduzidas pelo despacho nº 17860/2007, de 28 de
Junho.
Visa criar as condições necessárias para a ocupação plena dos alunos dos ensinos básico
e secundário, durante o seu horário lectivo, na situação de ausência do docente titular de
turma/disciplina.
Pretende-se que a operacionalização deste plano de actividades de OPTE dos alunos seja
um instrumento organizativo capaz de contribuir para “assegurar o aproveitamento eficiente e
racional dos recursos humanos existentes nas escolas, garantindo o acompanhamento
educativo dos alunos durante o período de permanência no espaço escolar”.
Aos diversos intervenientes da comunidade escolar são solicitadas diferentes formas de
participação, para que os resultados a atingir sejam os mais profícuos para o ensino-
aprendizagem.
O documento, que se apresenta, é o resultado de uma proposta de plano aberta à
discussão dos/nos órgãos competentes integrando, por isso, as alterações/ ajustamentos
aconselhados, sempre com vista a uma aplicação mais eficaz e eficiente e à elevação dos
níveis de satisfação dos diversos intervenientes.
Este plano de actividades de OPTE estrutura-se em duas grandes modalidades que se
enumeram:
1- Permuta de aulas (entre professores do Conselho de Turma, cujas normas estão
definidas no ponto 1 desta Proposta);
2- Actividades educativas de substituição, que podem revestir duas formas distintas:
2.1. Actividades lectivas (aulas de substituição);
2.2. Actividades de enriquecimento e complemento curricular (componente não lectiva);
O planeamento das actividades constantes do ponto dois encontra-se definido nos pontos
2, 3, 4 e 5 deste plano de actividades de OPTE dos alunos.

3
1. PERMUTAS DE AULAS

Será permitida a permuta, como estratégia propiciatória do cumprimento do currículo e
dos programas de cada disciplina/área, na observância das seguintes normas:

a) No início do ano lectivo, os directores de turma devem informar os alunos e os pais
e/ou encarregados de educação sobre a possibilidade de ocorrerem permutas.

b) A iniciativa da permuta deve partir do professor cuja ausência seja previsível.

c) Com antecedência, o docente deve contactar com outro professor do Conselho de
Turma, que com ele possa permutar.

d) Confirmada a possibilidade de permuta, o docente deve informar os alunos –
directamente ou através do director de turma ou do delegado de turma – até ao início
do último tempo lectivo da turma no dia anterior.

e) O mesmo docente deve confirmar, com 48 horas de antecedência, no mínimo, a
exequibilidade da permuta e outra informação relevante sobre a mesma,
preenchendo uma ficha própria da escola que será entregue no Conselho Executivo.

f) As aulas permutadas devem ser sumariadas no livro de ponto na hora em que
efectivamente decorreram, respeitando a numeração sequencial. Por debaixo do
nome da disciplina substituída, deve ser registada a disciplina efectivamente
leccionada, seguida da menção “permuta”.

g) A permuta nunca poderá representar alteração da mancha horária semanal dos
alunos.

h) A permuta não representa qualquer falta para o docente.

4
2. REGRAS A OBSERVAR NA GESTÃO DO SERVIÇO DOCENTE
DE SUBSTITUIÇÃO

I - Quando há plano de aula (actividade de natureza lectiva)

a) A actividade educativa de substituição deve ser atribuída ao professor que tem
formação adequada (pertence à área disciplinar) e que conste do plano de distribuição
do serviço docente para o tempo previsto ou outro, por acordo formal e comunicado
ao Conselho Executivo, com a antecedência mínima de vinte e quatro horas.
b) Caso não exista nenhum professor naquela situação, deve ser contactado um professor
da área disciplinar, a fim de saber da sua disponibilidade:
 em primeiro lugar o professor em situação de horário zero;
 em segundo lugar o professor em situação de horário incompleto do quadro de
escola ou do quadro de zona pedagógica;
 em terceiro lugar um professor contratado em situação de horário incompleto;
 em quarto lugar um professor a leccionar a disciplina do ano escolar em que é
necessária a substituição;
 em quinto lugar, um outro da área disciplinar.

II - Quando não há plano de aula (actividades de complemento e
enriquecimento curricular)
Dos professores escalados para o serviço de substituição, a actividade educativa deve ser
distribuída:
 em primeiro lugar a um professor do Conselho de Turma;
 em segundo lugar a um professor do horário zero;
 em terceiro lugar a um professor com o horário incompleto do quadro de
escola ou de zona pedagógica;
 um outro professor que esteja escalado.

A aplicação destas regras será avaliada periodicamente e, caso se verifique sobrecarga de
serviço de alguns docentes, introduzir-se-ão ajustamentos de forma a assegurar uma
distribuição o mais equitativa possível.

5
3. PLANO ORGANIZATIVO DAS ACTIVIDADES EDUCATIVAS DE SUBSTITUIÇÃO

Intervenientes Funções/Competências Fonte Normativa Operacionalização
Conselho - Criar ou favorecer mecanismos de programação e Despacho nº
Executivo planeamento das actividades educativas de substituição. 17860/2007
- Providenciar os recursos humanos, físicos e materiais Artº 12º, n º3. - Reuniões do órgão.
necessários ao desenvolvimento e execução das actividades Idem.
educativas de substituição. - Entrega na sala 33, em tempo útil, de todos os documentos e
- Proceder à aprovação de um plano anual de distribuição de informações necessários à organização e gestão das actividades de
serviço docente que assegure as actividades educativas de Idem. substituição, como sejam pedidos de autorização de faltas,
substituição. professores a faltar com atestado médico por prazo inferior a um
- Submeter o projecto de organização, gestão e avaliação da mês, planos de aulas e respectivos materiais e informações e mapas
ocupação plena de tempos escolares à apreciação do Regulamentação dos recursos materiais disponíveis.
Conselho pedagógico. interna.
- Elaborar o plano anual de actividades educativas de
substituição a integrar no plano anual de actividades da Regulamentação
escola. interna.
- Elaborar o relatório anual de avaliação (processos e
resultados alcançados).

Conselho - Emitir parecer sobre o projecto de organização, gestão e
Pedagógico avaliação da ocupação plena dos tempos escolares.
- Apresentar propostas de actividades educativas de
complemento e enriquecimento curricular para o plano anual Regulamento Interno, - Reuniões do órgão.
das actividades educativas de substituição. Artº 40.
- Apreciar os relatórios trimestrais de avaliação e apresentar
propostas de reajustamentos.

Departamentos/á - Elaborar propostas de actividades educativas de
reas disciplinares complemento e enriquecimento curricular para o plano anual
das actividades educativas de substituição.
- Construir materiais pedagógicos adequados ao Regulamento Interno, - Reuniões de coordenação curricular.
desenvolvimento de actividades educativas de substituição e Artº 49º e 52º.
os respectivos instrumentos de avaliação.

. Núcleo de - Elaborar propostas de actividades educativas de
Desenvolvimento complemento e enriquecimento curricular para o plano anual
de Projectos das actividades educativas de substituição.
- Construir materiais pedagógicos adequados ao Regulamento Interno, - Entregam as propostas ao coordenado da OPTE
Educativos desenvolvimento de actividades educativas de substituição e Artº 73
. Serviços os respectivos instrumentos de avaliação.
Especializados de Artº 72
Apoio Educativo
Artº 74
. CDI-BE
. Outras estrutu.
Conselhos de - Elaborar o plano de trabalho/plano curricular a desenvolver
Turma na turma, programando actividades de enriquecimento e - Tarefas a agendar para as reuniões intercalares e de avaliação de
complemento curricular e actividades de apoio educativo em Despacho nº final de período.
articulação com a oferta das actividades educativas da escola. 17860/2007, Artº 10º
- Definir materiais pedagógicos adequados ao
desenvolvimento de actividades educativas de substituição e Regulamento Interno,
os respectivos instrumentos de avaliação. Artº 59º.
- Avaliar os resultados das actividades educativas de
substituição no sucesso educativo dos alunos.

Coordenador da - Planear e gerir os recursos Humanos, físicos e materiais. - Recebe as propostas de actividades de complemento,
OPTE - Acompanhar e apoiar a execução das actividades. enriquecimento curricular e apoio educativo e respectivos materiais
- Promover a articulação entre os vários intervenientes. e instrumentos de avaliação.
- Colabora no plano anual de actividades educativas de - Organiza e actualiza os dossiês das turmas.
substituição de complemento e enriquecimento curricular - Recebe informações das faltas previstas dos professores.
- Elaborar relatórios trimestrais de avaliação do - Recebe os planos de aulas e materiais e instrumentos de avaliação
desenvolvimento das actividades. das aulas a substituir.
Regulamentação - Procede ao contacto com professores em condições de assegurar o
interna. desenvolvimento do plano de aula, de acordo com os critérios
definidos, entregando o plano e respectivos materiais e
instrumentos de avaliação.
- Reúne para avaliação da gestão semanal das actividades
educativas de substituição e definição da programação da semana
seguinte.
- Coordena a equipa logística.
- Apresenta ao Conselho Executivo o relatório de avaliação
periódica.

Equipa logística - Está cinco minutos antes do toque de entrada para assegurar a
- Assegurar em permanência o funcionamento das actividades distribuição de serviço de acordo com as indicações deixadas pelo
de substituição. Regulamentação núcleo coordenador e garante as assinaturas das presenças dos

7
interna. professores substitutos.
- Está cinco minutos antes do toque de saída para receber os
professores que estiveram em actividades educativas de
substituição.
- Arquiva os materiais que vier a receber.
- Colabora com o núcleo coordenador na organização e gestão das
actividades educativas de substituição.

Professores - Elaborar planos de aulas e respectivos materiais pedagógicos - Entrega o plano de aula, materiais e instrumentos de avaliação ao
titulares e instrumentos de avaliação das turmas a que irá faltar. Despacho nº Conselho Executivo, com a antecedência de 5 dias.
- Considerar os elementos de avaliação proporcionados pelo 17860/06/07, Artº - Levanta na sala 33 todos os elementos devolvidos pelo professor
professor que fez a substituição. 12º, nº 4. que assegurou a substituição.

Professores 1) Caso tenha recebido plano de aula:
substitutos - Executar as actividades educativas de substituição. Despacho nº - Ao toque de entrada dirige-se à sala de aula da turma;
- Planear actividades e conceber materiais e instrumentos de 17860/2007, Artº 6º. - Executa as actividades previstas; faz o sumário de acordo com as
avaliação a implementar por si em eventuais actividades de actividades, numera a lição; marca as faltas dos alunos e assina no
substituição. local do livro destinado a esse efeito.
- no final da aula dirige-se à sala 33 onde assina a presença no livro
de actividades de substituição e deixa os materiais e instrumentos
de avaliação preenchidos.
2) Caso não tenha recebido plano de aula:
- Dirige-se à sala 33 ao toque de entrada;
- Aguarda 15 minutos para que lhe seja distribuído serviço;
- Caso não tenha serviço assina a presença no livro existente para o
efeito e pode abandonar o espaço.
- Caso tenha serviço, dirige-se à sala da turma que lhe for indicada,
desenvolve aí ou em outro espaço as actividades educativas não
lectivas, sumaria as actividades no livro de ponto da turma, não
numerando a lição e marca as faltas aos alunos; no final dirige-se à
sala 33 onde assina o livro de presença e deixa o material (caso não
seja do próprio) e os instrumentos de avaliação preenchidos.

Auxiliares da - Após cinco minutos do toque de entrada e, assegurando-se de que
Acção Educativa - Apoiar os professores substitutos, a equipa logística e o Regulamento Interno, o professor não está na escola, comunica à sala 33 a falta do
núcleo coordenador no desenvolvimento das actividades. Artº 98º. professor, turma, ano e disciplina.
- Seguidamente abre a sala e faz entrar os alunos, comunicando-lhes
para aguardarem a chegada do professor substituto, cabendo ao
delegado da turma zelar pelo correcto comportamento da turma.

8
4. ORGANOGRAMA DAS ESTRUTURAS/AGENTES ENVOLVIDOS

Assembleia
Conselho de Escola Conselho
Pedagógico Executivo

Coordenador
Dept/Áreas de DT
Disciplinares
Coordenador

Núcleos de
desenv.de Conselho
projectos de Turma
educativos
SEAE
CDI-BE Equipa
… Logística

AAE Prof. Alunos

9
5. OCUPAÇÃO PLENA DOS TEMPOS ESCOLARES ( OPTE )

HORÁRIO
Ano Lectivo 2007/2008
Horas Segunda Terça Quarta Quinta Sexta

8.25
9.10

9.10
9.55

10.15
11.00

11.00
11.45

11.55
12.40

12.40
13.25

13.35
14.20

14.20
15.05

15.15
16.00

16.00
16.45

17.00
17.45

17.45
18.30