CIÊNCIAS NATURAIS 1 – No meio onde vivem, os seres vivos estão sujeitos a dois tipos de interacção. Indicaas.

2 – Com base na figura 16 A, exemplifica uma relação entre seres vivos: 2.1 – do tipo alimentar; 2.2 – do tipo não alimentar; 2.3 – da mesma espécie; 2.4 – de espécies diferentes. 3 – Refere que factores físico-químicos do meu actuam sobre os seres vivos. 4 – Com base na figura 16 A, exemplifica a influência sobre os seres vivos: 4.1 – da luz; 4.2 – da humidade.

as que são do tipo alimentar.2 – cooperação. 9 – Elabora um pequeno artigo sobre a organização social do “reino” das formigas.5 – Indica quais as relações observadas nas imagens. 7 – Das relações entre seres de espécies diferentes.3 – a que é indispensável para a sobrevivência de ambas as espécies. 6 – Com as diferentes relações observadas forma dois grupos: as que se estabelecem entre seres de espécies diferentes e as que se estabelecem entre seres da mesma espécie.1 – competição. 8.1 – as que são indispensáveis para a sobrevivência de uma espécie com prejuízo da outra. 7. 7. refere a que traduz uma relação de: 8. 8 – Das relações entre seres da mesma espécie.2 – a que é benéfica para ambas as espécies. refere: 7. .

10 – Utilizando um quadro como o que a seguir apresentamos. classifica. através de um pequeno texto de 10 linhas. as relações entre os seres vivos representados nas imagens. 12 – Justifica. 11 – Refere três aspectos da vida dos seres vivos que os factores do meio podem influenciar. utilizando os símbolos que constam da legenda. a seguinte afirmação: “O ambiente físico-químico age sobre quase todos os aspectos da vida dos diferentes seres.” .

13. 13. indica: 14.3 – qual dos dois animais. 14. apresenta maior alteração na sua cor.1 – qual é a planta que. podes considerar animal nocturno e diurno. 13. após duas semanas. respectivamente.2 – em qual dos vasos a planta cresceu mais.1 – a que horas a águia apresenta actividade máxima.4 – como explicas as alterações verificadas nas plantas B e C no fim da experiência. .3 – qual das plantas apresenta uma inclinação acentuada do caule.2 – em que momento do dia o rato do campo se encontra mais activo.13 – Em relação à actividade experimental realizada. 15 – Refere de que forma a luz influencia a distribuição dos seres vivos no meio marinho. 14 – Relativamente à observação do ritmo da actividade diária da águia real e do rato do campo. 14. indica: 13.

16 – Em relação à zona de escuridão.1 – que consequências tem para a distribuição geográfica das algas. refere: 16. .2 – que tipo de animais aí conseguem sobreviver. 16.

1 – entre que limites de temperatura a espécie A se encontra activa.4 – o valor da temperatura ideal para a actividade de cada uma das populações.17 – Em relação ao gráfico indica: 17. 17.5 – qual das espécies é mais resistente às variações de temperatura. 19 – Descreve como actua o lobo na caçada durante os invernos em que as condições de temperatura. 18 – Refere o motivo da cegonha negra partir de Portugal para outras regiões no início do Outono. 17.3 – o valor de temperatura máxima a partir do qual a actividade da espécie B é nula. 20 – Indica como é que o ouriço-cacheiro reage às condições desfavoráveis de temperatura. . 17.2 – o valor de temperatura mínima abaixo do qual a espécie B deixa de estar activa. 17.

24 – Indica porque motivo alguns animais. para poderem manter-se activos e sobreviver.21 – Refere as características morfológicas que têm alguns animais que vivem em zonas muito frias. como a raposa polar. necessitam de viver em zonas húmidas. 31 – Descreve no que consiste a evolução dos ecossistemas ao longo do tempo. 26 – Descreve as características das plantas que vivem em zonas secas e com abundância de água. 27 – Refere três características em que diferem os ecossistemas. 30 – Indica como obtêm os seres vivos os materiais de que necessitam. ao contrário das salamandras. 23 – Refere a relação existente entre a quantidade de pluviosidade e a abundância de vegetação. 25 – Explica porque razão as cobras. . podem viver em zonas secas. como a salamandra. respectivamente. 22 – Exemplifica alterações no aspecto de algumas plantas durante a estação desfavorável. 29 – Refere para que necessitam os seres vivos de energia. 28 – Enumera os três processos que são comuns a todos os ecossistemas.

50 – Enumera dois modos da água entrar na comunidade a partir do meio físicoquímico. 35 – Representa no teu caderno duas das cadeias alimentares que se intercruzam. 33 – Refere qual é a população que apresenta maior diversidade alimentar. 46 – Justifica a afirmação: “O fluxo de energia é unidireccional”. 34 – Descreve o regime alimentar da população referida na questão anterior. 41 – Na cadeia alimentar seguinte. 36 – De entre os seres representados. herbívoros e carnívoros. do grupo de seres representados. 37 – Refere quais são os consumidores herbívoros desta comunidade.32 – Indica qual é a população mais procurada como alimento. . a lagarta pertence ao grupo dos consumidores de 1ª ordem. aqueles que só são predadores. 43 – Explica por que razão só uma parte da energia luminosa é utilizada pelos produtores. 49 – Refere que transferência de materiais se faz entre os produtores. indica o número máximo de ordens que se pode encontrar nesta comunidade. respectivamente. não sendo presas. 45 – Indica por que razão vai diminuindo a quantidade de energia transferida. Indica como classificas o grupo a que pertence a doninha. enumera os que são produtores. de nível trófico para o nível trófico. 44 – Refere em que forma de energia os produtores transformam a energia luminosa. 48 – Indica os materiais que se libertam no meio físico-químico como resultado da acção dos decompositores. 47 – Refere dois materiais que os produtores retiram do meio e libertam nele. Amora-silva Lagarta pintarroxo doninha 42 – Indica qual é a fonte de energia de quase todos os ecossistemas. 39 – Designa. 40 – Chamando ordem a cada grupo de consumidores de uma mesma cadeia.

. 52 – Descreve as condições para a formação de: 52.51 – Indica que seres vivos povoam o lago em primeiro lugar.2 – vegetação emersa. 53 – Explica como é possível que uma comunidade aquática seja substituída por uma terrestre. 52.1 – vegetação submersa.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful