You are on page 1of 6

MATEMÁTICA 10

G E O M E T R IA

FICHA DE AVALIAÇÃO # 3
Condições e Conjuntos de Pontos no Plano_II
Objectivos:
 indicar condições que definam semiplanos;
 representar geometricamente num referencial o.n. oxy conjuntos de pontos
definidos por condições;

© 2007
Maximino Carvalho Leal
GEOMETRIA 10 Condições e Conjuntos de Pontos no Plano_II
FICHA DE AVALIAÇÃO #3

1.
Nas figuras estão representados um referencial o.n. oxy e conjuntos de pontos do plano.
Indica uma condição que defina cada um desses conjuntos de pontos.

1.1. y 1.2. y
(3,1)

0 x -2 0 1 x

1.3. y 1.4. y
(12,12)
(2,1)

0 x 0 x

(-4,-2)

1.5. y 1.6. y
1 1

-2 0 x -1 0 1 x
-1
-1

2.
Representa num referencial o.n. oxy o conjunto de pontos definido por:

2.1. x≤ 0 ∧ y ≤ −x; 2.2. x ≤ 2 ∨ −2 < y ≤ 0;

2.3. y< x ∧ (x ≤ 0 ∨ y ≥ 0) ; 2.4. 0≤ y < x ∨ 0≤ y < −x,

2.5. x ≤ 10 ∧ y ≤ 5 ; 2.6. x > 2 ∧ y < 1.

3.
Representa num referencial o.n. oxy o conjunto de pontos definido por:

3.1 : ( x < 10 ) ; 3.2. : ( x ≤ 12 ∧ y < 5 ) ;

3.3. : ( y > x ∨ x < − 2) ; 3.4. : ( y > 3) .

Maximino Carvalho Leal


GEOMETRIA 10 Condições e Conjuntos de Pontos no Plano_II
FICHA DE AVALIAÇÃO #3

4.
Na figura estão representados um referencial o.n. oxy e um conjunto A de pontos do plano.

0 x

P (-5,-2)

4.1. Indicar as coordenadas de um ponto que:

4.1.1. pertença a A e ao eixo das abcissas;

4.1.2. não pertença a A mas pertença ao 2º quadrante.

4.2. Definir o conjunto A por uma condição.

4.3. Consideremos o ponto Q  5 k − 1,2 − k  , k ∈ ¡ .


 3 
Determinar os valores de k de modo que o ponto Q pertença ao:

4.3.1. conjunto A;

4.3.2. conjunto A e ao eixo das ordenadas.

5.
( )
Consideremos num referencial o.n. oxy o ponto M de coordenadas M 3 − k , k − 1 , k ∈ ¡ e o
2
conjunto B definido pela condição x ≤ 12 ∧ y > − 5 .
5.1. Indicar as coordenadas de um ponto que:

5.1.1. pertença a B e ao 3º quadrante;

5.1.2. não pertença a B mas pertença ao eixo das abcissas.

5.2. Consideremos k = 10 e indica a posição do ponto M no referencial e relativamente ao


conjunto B;

5.3. Determinar os valores de k de modo que o ponto M:

5.3.1. não pertença ao conjunto B;

5.3.2. pertença ao conjunto B e à bissectriz dos quadrantes ímpares.

F I M

Maximino Carvalho Leal


GEOMETRIA 10 Condições e Conjuntos de Pontos no Plano_II
FICHA DE AVALIAÇÃO #3

PROPOSTA DE RESOLUÇÃO

1.
1.1. x ≤ 3 ∧ y ≤ 1; 1.2. x < − 2 ∨ x > 1;

1.3. − 4 ≤ x ≤ 1 ∧ − 2 ≤ y ≤ 1; 1.4. y ≥ 12 ∨ y ≥ x ;

1.5. x > − 2 ∧ y < 1 ou x > − 2 ∧ − 1 < y < 1 ;

1.6. x ≥ 1 ∧ y ≥ 1.

2.
2.1. y 2.2. y

5 -2 2
0 x 0 x
-5
-2

2.3. y 2.4. y

-1 0 x -1 0 1 x
-1
-1

2.5. y 2.6. y
(10,5)
1
0 x -2 0 2 x
(-10,-5)

3.
3.1. y 3.2. y

-7 0 x 0 10 x
-2

Maximino Carvalho Leal


GEOMETRIA 10 Condições e Conjuntos de Pontos no Plano_II
FICHA DE AVALIAÇÃO #3

3.3. y 3.4. y
3
12

0 3 x 0 x

-12

4.
4.1.1. (10 , 0), por exemplo. 4.1.2. (-10, 12) por exemplo.

4.2. x ≥ −5 ∧ y ≥ −2.

4.3.1. O ponto Q pertence ao conjunto A sse


5k − 1 ≥ − 5 ∧ 2 − k ≥ − 2
3
⇔ 5k − 1 ≥ − 15 ∧ − k ≥ − 4
⇔ k ≥ − 16 ∧ k≤ 4
5

k∈ − 16 ,4 
 5 

4.3.2. O ponto Q pertence ao conjunto A e ao eixo das ordenadas sse


− 16 ≤ k ≤ 4 ∧ 5k − 1 = 0
5 3
⇔ − 16 ≤ k ≤ 4 ∧ 5k − 1 = 0
5
⇔ − 16 ≤ k ≤ 4 ∧ k = 1
5 5
⇔ k= 1
5

5.
5.1.1. (-1 , -2) por exemplo. 5.1.2. (10 , 0) por exemplo.

5.2. Para k = 10 tem-se 3 − 10, ( 2 ) ( )


10 − 1 = − 7, 9
2
.

O ponto M pertence é um ponto do conjunto B e pertence ao 2º quadrante.

5.3.1. O ponto M não pertence ao conjunto B sse


3 − k > 12 ∨ k − 1 ≤ − 5
2
⇔ −k > 9 ∨ k − 1 ≤ − 10
⇔ k < −9 ∨ k ≤ −9
⇔ k ≤ −9
k ∈ ] − ∞ , − 9]

Maximino Carvalho Leal


GEOMETRIA 10 Condições e Conjuntos de Pontos no Plano_II
FICHA DE AVALIAÇÃO #3

5.3.2. O ponto M pertence ao conjunto B e à bissectriz dos quadrantes ímpares sse


k > −9 ∧ 3− k = k − 1
2
⇔ k > − 9 ∧ 6 − 2k = k − 1
⇔ k > − 9 ∧ − 3k = − 7
⇔ k > −9 ∧ k = 7
3
⇔ k= 7
3

FIM

Maximino Carvalho Leal