AGRUPAMENTO DE ESCOLAS INFANTE D. HENRIQUE Escola básica dos 2º e 3º Ciclos Infante D.

Henrique

Guião do Director de Turma

Guião Director de Turma

ANO LECTIVO 2009 / 2010

ÍNDICE

1. Introdução 2. Dossiers de Apoio à Direcção de Turma 2.1. Impressos de Apoio à Direcção de Turma 3. Proposta de Constituição do Dossier de Direcção de Turma 4. Competências 4.1. 4.2. Do Conselho de Turma Competências e Funções do Director de Turma

2 3 5 6 7 7 8 8 9 10 12 14 16 17

4.2.1. Na Generalidade 4.2.2. Outras Actividades a desenvolver pelo Director de Turma 4.2.3. Director de Turma/Alunos 4.2.4. Director de Turma/Professores da Turma 4.2.5. Director de Turma/Encarregados de Educação 4.2.6. Tarefas Organizativas/Administrativas 5. Sugestões para a Primeira Reunião com os Alunos Educação 7. Guião para a Primeira Reunião de Conselho de Turma 8. Guião para a Elaboração do Projecto Curricular de Turma Turma 10. Avaliação do Projecto Curricular de Turma

6. Sugestões para a Primeira Reunião com os Encarregados de 18 20 22

9. Guião para a Elaboração do Relatório Final da Direcção de 24 27

Escola Básica dos 2º e 3º Ciclos Infante D. Henrique

2

Guião Director de Turma 1. INTRODUÇÃO Este guião pretende ser um apoio no trabalho de Direcção de Turma. Pretendemos disponibilizar neste documento. algum material de apoio produzido bem como a indicação de toda a documentação existente para os Directores de Turma. Escola Básica dos 2º e 3º Ciclos Infante D. Henrique 3 . Contamos com toda a preciosa colaboração no sentido de nos ajudar a disponibilizar materiais produzidos ou “descobertos” e que a todos possam ser úteis. além da principal legislação de interesse para o Director de Turma. Este é um documento necessariamente incompleto que não dispensa consultas adicionais e serão sempre bem-vindas as partilhas de informação.

Declaração de Rectificação nº10/2008 de 7 de Março – Alterações ao artigo 32 do Decreto-Lei 3/2008.Guião Director de Turma 2. . organizado por ordem cronológica e âmbito: Aluno .Decreto-Lei 6/2001 de 18 de Janeiro – Estabelece os princípios orientadores da organização e da gestão curricular do Ensino Básico.Decreto-Lei 209/2002 de 17 de Outubro – Altera o Decreto-Lei 6/2001 Autonomia. .Decreto-Lei 3/2008 de 7 de Janeiro – Define os apoios especializados a prestar a alunos com NEE.Lei 3/2008 de 18 de Janeiro – Estatuto do Aluno do Ensino Básico e Secundário .Decreto-Lei 75/2008 de 22 de Abril – Aprova o regime de autonomia. Acompanhamento e Desenvolvimento . Organização e Gestão Curricular . Legislação Conteúdos Contem o suporte legislativo de apoio ao Director de Turma. .Despacho Normativo 7/2006 de 6 de Fevereiro – Normas e procedimentos a ter em conta para o ensino da Língua Portuguesa como língua não materna Alunos com Necessidade Educativas Especiais .Lei 21/2008 de 12 de Maio – Altera o Decreto-Lei 3/2008.Despacho Normativo 50/2005 de 9 de Novembro – Define as normas de implementação e acompanhamento dos Planos de Recuperação. bem como da avaliação das aprendizagens. . . administração e gestão dos estabelecimentos de ensino.Despacho Normativo 18/2006 de 14 de Março – Altera o Despacho Normativo 1/2005. Escola Básica dos 2º e 3º Ciclos Infante D. Henrique 4 .Declaração de Rectificação Nº12/2008 – Rectifica o nº5 do artigo 22 da Lei 3/2008 Avaliação .Despacho nº1/2005 de 5 de Janeiro – Estabelece os princípios e procedimentos a ter na avaliação das aprendizagens e competências dos alunos. Administração e Gestão dos Estabelecimentos de Ensino . Dossiers de apoio à Direcção de Turma Dossier 1.

Regulamento Interno apoio 2. Henrique 5 . Notas Informativas / Memorandos das reuniões de CDT 10. Outros documentos Escola Básica dos 2º e 3º Ciclos Infante D. Lista dos Delegados e Subdelegados de Turma 7. Lista dos Representantes dos Encarregados de Educação 6. Competências do Director de Turma 4. Projecto Educativo 3. Modelos de Fichas 11. Formação Cívica – Linhas orientadoras por ano de escolaridade 3. Projectos / Divulgação 12. Coordenação 1. Calendário Escolar 4. Outros 3. Convocatórias 8. Regimentos: Dos Conselho de Turma Do Conselho de Directores de Turma 2. Lista de Directores de Turma com dia e hora de atendimento 5. Documentos de 1. Actas das reuniões de Conselho de Directores de Turma 9.Guião Director de Turma 2.

igualmente. Proposta de Constituição do Dossier de Direcção de Turma Lista com dois contactos telefónicos dos Encarregados de Educação dos alunos (conforme o previsto na Plano de Contingência para a Gripe A) Calendário escolar Lista dos alunos da turma Escola Básica dos 2º e 3º Ciclos Infante D.Guião Director de Turma 2. Henrique 6 .1 IMPRESSOS DE APOIO À DIRECÇÃO DE TURMA Impressos Descrição 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 Ficha biográfica (para caracterização da Turma) Ficha de recolha de informação para a caracterização da Turma Registo dos atendimentos aos Encarregados de Educação Ficha Registo de Progressão Escolar Comunicação aos Encarregados de Educação do horário de atendimento Plano de Recuperação Plano de Acompanhamento Avaliação do Plano de Recuperação Avaliação do Plano de Acompanhamento Convocatória para reunião com Encarregados de Educação Acta para Conselhos de Turma Acta da eleição do Delegado e Subdelegado de Turma Acta da eleição do Representante dos Encarregados de Educação Comunicação ao Director de Turma de falta de material Informação aos Encarregados de Educação sobre assiduidade dos alunos (pode. ser utilizado o impresso do programa alunos) Participação disciplinar Registo de ocorrências diversas Ficha de Monitorização das actividades de recuperação 3.

no início de cada ano Escola Básica dos 2º e 3º Ciclos Infante D. Planos de Acompanhamento. Educação Convocatórias das reuniões de Conselho de Turma (quando convocadas pelo DT) Planos de Recuperação. Competências 4. Análise da avaliação da Turma e do Projecto Curricular 4.Guião Director de Turma Fotografias dos alunos Horário da turma Horário de atendimento aos Enc. Educação Ficha Registo de Faltas Fichas de Progressão Escolar Fichas Registo da Auto-Avaliação do Aluno Ficha da Avaliação do Enc. Educação Acta da eleição do Delegado e Subdelegado de Turma Acta de eleição do Representante do Encarregado de Educação Planta dos alunos na sala de aula Projecto Curricular de Turma Competências e critérios de avaliação das várias disciplinas Conteúdos e aulas previstas por período das várias disciplinas Ficha biográfica de cada um dos alunos Ficha dos contactos havidos com os Enc. nomeadamente através da elaboração de planos de trabalho. Planos de Desenvolvimento e Planos de Avaliação Extraordinária dos alunos Actas (cópias) e/ou informações relevantes de alunos em situação especial. Henrique 7 .DO CONSELHO DE TURMA: • Assegurar a organização das actividades a desenvolver com os alunos.1.

propostas relativas a estratégias e procedimentos pedagógicos. • Dar parecer sobre todas as questões de natureza pedagógica e disciplinar que à turma digam respeito. nomeadamente com a Área de Projecto.COMPETÊNCIAS E FUNÇÕES DO DIRECTOR DE TURMA 4. • Elaborar. acompanhar e avaliar as estratégias/actividades a desenvolver em Estudo Acompanhado. • Prever estratégias que contribuam para o desenvolvimento das competências da oralidade. nos alunos. • Acompanhar e avaliar todas as actividades desenvolvidas na e pela turma. 4. • Estabelecer no início de cada ano lectivo regras claras relativas ao comportamento dos alunos da turma. relacionamento entre professores/alunos da turma. • Operacionalizar os critérios de avaliação.2. • Planificar. Henrique 8 . acompanhar e avaliar o Projecto Curricular de Turma.Guião Director de Turma lectivo.1. • Planificar as articulações possíveis entre as TIC’s e as diferentes áreas curriculares. • Discutir e propor estratégias/ actividades a desenvolver na Formação Cívica. onde se incluem para além dos projectos a desenvolver pela turma.família. • Promover a interdisciplinaridade entre as diferentes disciplinas. ao Director de Turma compete: Escola Básica dos 2º e 3º Ciclos Infante D. • Colaborar nas acções que favoreçam a inter-relação da escola com a comunidade.2. leitura e escrita.Na generalidade: Sem prejuízo de outras competências fixadas na lei e no Regulamento Interno. • Formular ao Director de Turma e aos órgãos de gestão da escola pareceres e propostas visando a melhoria das aprendizagens. Formação Cívica e Estudo Acompanhado. a integração dos alunos. bem como o reforço da articulação escola .

Outras actividades a desenvolver pelo Director de Turma 1.2. as disposições legais. Apresentar ao órgão de gestão da escola um relatório crítico final. a adequação de actividades. Garantir aos professores da turma a existência de meios e documentos de trabalho. bem como a orientação necessária ao desempenho das actividades próprias da acção educativa. Articular as actividades da turma com os pais e encarregados de educação promovendo a sua participação.Guião Director de Turma  Assegurar a articulação entre os professores da turma. Cumprir a lei. Garantir uma informação actualizada junto dos pais e encarregados de educação acerca da integração dos alunos na comunidade escolar.2. Coordenar. do aproveitamento escolar. Analisar os Registos Biográficos dos alunos da turma ou outro material disponível. as atribuições de competências e a estrutura hierárquica. para que em Conselho de Turma possa informar os docentes da situação Escola Básica dos 2º e 3º Ciclos Infante D. conteúdos.          4. os normativos. Coordenar o processo de avaliação dos alunos garantindo o seu carácter globalizante e integrador. Promover a comunicação e formas de trabalho cooperativo entre professores e alunos. das faltas a aulas e das actividades escolares. Henrique 9 . do trabalho desenvolvido. os alunos e os pais/encarregados de educação. Desenvolver acções que promovam e facilitem a correcta integração dos alunos na vida escolar. em colaboração com os docentes da turma. anual. estratégias e métodos de trabalho à situação concreta do grupo e à especialidade de cada aluno.

Guião Director de Turma de cada aluno. Informar e acautelar para que os testes sejam ser marcados no livro de ponto. Escola Básica dos 2º e 3º Ciclos Infante D. 7. 5. e dos alunos cujo historial se mostre comprometedor para o prosseguimento de estudos. por período. aos alunos e Encarregados de Educação. Relembrar aos docentes que têm de cumprir rigorosamente as competências e os critérios de avaliação definidos em Departamento e em Conselho Pedagógico. relativamente ao seu percurso no ano anterior. Iniciar ou dar sequência ao Projecto Curricular de Turma. o horário de atendimento. bem como os conteúdos programáticos e as aulas previstas. entregar as suas propostas de avaliação ao respectivo Director de Turma para que este possa lançá-las no programa de alunos. 2. definir um plano de trabalho que integre estratégias diferenciadas e de adequação curricular. Entregar ao Delegado de Turma com toda a informação pertinente sobre o funcionamento da Escola. Receber afectuosamente os alunos no início do ano lectivo.Director de turma / alunos: 1. 3. 4.3. Henrique 10 . Caberá. Eleger os Delegado e Subdelegado de Turma e os representantes dos Encarregados de Educação. Entregar. 6. Os docentes deverão no final de cada período e com a necessária antecedência. ao Conselho de Turma. a fim de colmatar as dificuldades diagnosticadas. 4. 8. depois.2.

Preparar um atendimento especial aos alunos que integram de novo a turma. Informar a turma sobre as finalidades e possibilidades do exercício da actividade do Director de Turma. as orientações da Escola. Escola Básica dos 2º e 3º Ciclos Infante D. 8. envolvendo os professores e os colegas da turma. Identificar os alunos com dificuldades e que exigem um acompanhamento especial e participar na elaboração de um programa de apoio no domínio pedagógico e/ou psicológico. à dinâmica do grupo. à proveniência dos alunos. em conjunto com o Conselho de Turma. Identificar necessidades. os resultados das reuniões de avaliação. Conhecer as características da turma relativamente: ao rendimento escolar.Guião Director de Turma 2. 7. familiar e social. bem como a forma como se organizam na turma para melhor compreender e acompanhar o seu desenvolvimento intelectual e socio-afectivo. sugerindo metodologias de estudo. Henrique 11 . 4. 6. ao contexto socioeconómico. 5. 3. ao desenvolvimento pessoal e social. a situações de conduta. Conhecer os alunos individualmente. à atitude da turma perante o trabalho escolar. Analisar os problemas de inadaptação de alunos e apresentar propostas de resolução. 9. 10. em conjunto com o Conselho de Turma. e aplicação e desenvolvimento do Projecto Curricular de Turma. Conhecer o passado escolar dos alunos. a situações graves de aproveitamento escolar. interesses e hábitos de trabalho. Apoiar o desenvolvimento de iniciativas e projectos que respondam aos interesses dos alunos e que favoreçam a sua integração escolar. contribuindo para a valorização do Aluno e promovendo a sua participação no Plano de Actividades da Escola.

Director de turma / professores da turma: No domínio específico da relação com os professores.2. 16. analisar e fundamentalmente evitar situações de inadaptação e de marginalização dos alunos. Desenvolver a consciência cívica dos alunos através de actividades de participação na vida da escola. Preparar e organizar assembleias de turma quando surjam problemas entre alunos e alunos e/ou professores de forma a resolver os conflitos e a favorecer o seu desenvolvimento pessoal e social. 15.4.Guião Director de Turma 11. Solicitar a participação dos alunos no cumprimento do Regulamento Interno da Escola e em todas as determinações da escola. Sensibilizar os alunos para a importância do delegado e subdelegado de turma e organizar a sua eleição. 14. Detectar. Desenvolver estratégias que contribuam para o trabalho em equipa. a cooperação e a solidariedade. compete ao Director de Turma: Escola Básica dos 2º e 3º Ciclos Infante D. 13. Henrique 12 . 4. 12.

Coordenar as relações interpessoais e intergrupais dos professores entre si e dos professores e alunos.Guião Director de Turma 1. Participar na elaboração e supervisão das propostas de apoio pedagógico dos alunos com NEE. Estimular e colaborar em actividades que promovam a relação escola meio. 9. Caracterizar a turma no início do ano a partir dos dados recolhidos na ficha biográfica do aluno e de outros meios de informação. Favorecer a coordenação interdisciplinar dos professores da turma no âmbito dos diferentes projectos. recolher informações de anteriores Directores de Turma e dos professores da turma do ano lectivo anterior. 5. 2. 6. 7. Promover o trabalho de equipa entre os professores. 8. Analisar com os professores os problemas dos alunos com dificuldades de integração. bem como as questões que surjam no relacionamento entre alunos e/ou alunos e professores. Fornecer aos professores da turma as informações consideradas relevantes sobre os alunos e suas famílias. 10. 4. quer na resolução de conflitos e problemas. comportamento e aproveitamento dos alunos. Henrique 13 . 11. 3. nomeadamente. quer ao nível do desenvolvimento de projectos. Escola Básica dos 2º e 3º Ciclos Infante D. Colaborar na elaboração do programa educativo individual dos alunos com Necessidades Educativas Especiais. Recolher e fornecer informações sobre assiduidade. Discutir e definir com os professores estratégias/regras de actuação na sala de aula.

. deixando identificados os alunos mais problemáticos e as propostas de metodologias a aplicar. Estimular e coordenar a participação de professores na resolução de problemas e no desenvolvimento de projectos. tendo em conta as características da turma. no final do ano lectivo.O planeamento da leccionação dos conteúdos curriculares das disciplinas. Propor e discutir com os professores formas de actuação que favoreçam o diálogo entre a escola e os pais. 18. Henrique 14 .Os momentos de reuniões de avaliação ou outras. 16.2. 13. Proceder como seu respectivo Conselho de Turma. Discutir e definir com os professores estratégias de ensino-aprendizagem. Elaborar com o Conselho de Turma o Projecto Curricular. 14. as actividades extra-curriculares e as medidas de apoio pedagógicas. Contribuir para um bom ambiente de grupo entre os professores da turma.5. garantido a interdisciplinaridade e a articulação curricular. Coordenar com os professores da turma: . as actividades de recuperação.Guião Director de Turma 12. 15. Informar os encarregados de educação das regras de funcionamento global da escola e da legislação em vigor. Director de turma / encarregados de educação: 1. Escola Básica dos 2º e 3º Ciclos Infante D. a uma rigorosa avaliação do trabalho realizado e efectuar o planeamento do ano lectivo seguinte. 17. 4.

das competências. conteúdos. do Regulamento Interno e de todas as disposições e normativos legais. critérios de avaliação e aulas previstas para cada período de cada disciplina. Definir estratégias específicas que possibilitem uma aproximação aos encarregados de educação. carta e/ou telefone. Henrique 15 . Fornecer aos pais. 5. com regularidade. nomeadamente através da caderneta escolar. informações sobre assiduidade. da hora de atendimento aos Pais/Enc. todas as actividades da Escola e. 4. do comportamento dos alunos. que raramente ou nunca. das decisões do conselho de turma e das aplicações do Projecto Curricular de Turma. . . . contactam com a escola.Guião Director de Turma 2. Implicar os Pais/Enc. 9. 6. em especial. do aproveitamento escolar e de sugestões para melhorar o seu percurso escolar. Propor e planificar com os encarregados de educação formas de actuação que permitam uma relação mais estreita entre a família e a escola. . Envolver os pais na realização de actividades educativas com os professores da turma no âmbito dos diferentes projectos. comportamento e aproveitamento escolar dos alunos. 7. Informar os encarregados de educação sobre o funcionamento das estruturas de apoio existentes na escola. Orientar os pais no acompanhamento dos seus educandos. de Educação na colaboração com a Escola tendo em vista: Escola Básica dos 2º e 3º Ciclos Infante D. Informar os encarregados de educação de: . de Educação. 8. . nomeadamente os Serviços de Psicologia e Orientação (SPO) e o Serviço de Assistência Social Escolar (ASE). da actividade do Director de Turma. 3.

2. . a colaboração com os professores na criação de auto-imagem positiva do aluno e na educação para a saúde (alimentação adequada.Tarefas organizativas / administrativas: No domínio específico das matérias administrativas. uma acção conjunta na procura de soluções que melhorem o aproveitamento e a integração do aluno na escola através de contactos individuais frequentes com o Director de Turma.6.Guião Director de Turma . hábitos de higiene. . 16 Escola Básica dos 2º e 3º Ciclos Infante D.). a justificação por escrito das faltas do seu educando. compete ao Director de Turma:  Organizar o Processo Individual do aluno. a verificação do caderno diário. a verificação constante da caderneta escolar e acompanhamento permanente do decorrer do trabalho do seu educando. . 4. Henrique . . do trabalho de casa e das fichas de avaliação. etc.

Henrique .E.  Preparar e presidir às reuniões do Conselho de Turma e organizar as actas das mesmas.    Orientar a eleição do Delegado e Subdelegado de Turma. Convocar os representantes dos E. Sugestões para as primeiras reuniões com os alunos   Apresentação livre de cada aluno e do Director de Turma. Preenchimento da Ficha de Registo Biográfico.E.Guião Director de Turma   Organizar o dossier do Director de Turma. 17 Escola Básica dos 2º e 3º Ciclos Infante D.E. Acompanhar a assiduidade dos professores da turma e informar-se junto do Conselho Executivo das razões e das medidas a adoptar nos casos de ausência prolongada de um professor. Orientar a eleição dos Representantes dos E. para reuniões ordinárias e extraordinárias   Verificar pautas e fichas de registo de auto avaliação dos alunos. Controlar a assiduidade dos alunos através do registo das faltas e comunicar ao respectivo E.   Coordenar o Projecto Curricular de Turma Realizar um relatório final da Direcção de Turma 5.

6. Orientar os alunos sobre as regras básicas de evacuação em caso de incêndio. multa.    Informar sobre o cartão magnético e seu carregamento. Informar de todos os serviços disponíveis na escola. Informar sobre as senhas de almoço: preço por escalão. etc.Guião Director de Turma  Elucidar os alunos acerca do procedimento a ter com a justificação de faltas. colocada na contra capa do livro de ponto. e seus efeitos. Sugestões para a primeira reunião com os Encarregados de Educação Escola Básica dos 2º e 3º Ciclos Infante D. Informar sobre a necessidade de criar hábitos / métodos de estudo.   Obrigatoriedade das aulas de substituição e formas de conduta. Testes: marcação em folha própria. critérios na sua marcação e procedimentos disciplinares.    Sensibilizar para a participação activa na vida e enriquecimento da escola. Henrique 18 .

periodicamente.  Alertar para que sejam fornecidos ao Director de Turma todos os elementos que considerem úteis e que facilitem a integração do aluno na escola. quer a nível de aproveitamento.  Destacar a necessidade de incutir no educando respeito pela escola e pelo material. Realçar a necessidade de se criarem hábitos de trabalho e de disciplina.Guião Director de Turma  Apresentação do Director de Turma.  Solicitar para que. aproveitamento e comportamento do aluno. A escola não se responsabiliza por qualquer roubo que aconteça.  Responsabilizar os Enc.  Salientar a necessidade do interesse pela vida escolar do educando. venham à escola recolher informações sobre a assiduidade.  Alertar para quer se evite que os educandos tragam para a escola objectos pessoais caros. 19 Escola Básica dos 2º e 3º Ciclos Infante D. informando sobre a hora de atendimento. pois podem perdê-los. Educação no sentido de que o aluno traga o material escolar necessário.  Referir as vantagens do diálogo Encarregado de Educação – Director de Turma.   Dar conhecimento de possíveis actividades extracurriculares. Informações a prestar:  Calendário escolar e interrupções previstas das actividades escolares. quer de comportamento. Henrique .

Condições gerais de transição de ano. Henrique 20 .  Pedido de sugestões que tendem a ajudar o aluno e a facilitar o seu sucesso escolar.Guião Director de Turma  Entrega das competências.   Estruturas de apoio e respectivo horário de funcionamento.  Aulas de Apoio Pedagógico Acrescido e Serviços Especializados de Apoio Educativo. De Educação na semana que antecede o final de cada período de aulas. Ateliers de recuperação e como vão funcionar. critérios de avaliação.    Aulas de substituição e sua obrigatoriedade. O Director de Turma não recebe os Enc. 7.  Apelar para a sua participação na Associação de Pais. conteúdos e aulas previstas das disciplinas da turma (se possível). regime de faltas e sua justificação. Guião para a 1ª reunião de Conselho de Turma Escola Básica dos 2º e 3º Ciclos Infante D.

comportamento indisciplinado. sendo as de natureza disciplinar distinguidas por participação escrita. Coordenação de actividades: Escola Básica dos 2º e 3º Ciclos Infante D. . num clima de adaptação. comunicação de situações que se pautem pela irregularidade como falta de assiduidade e/ou pontualidade. recusa sistemática ao trabalho. marcação atempada das faltas presenciais no livro de ponto.  actuação de acordo com atitudes e linguagem adequadas a um contexto educativo. . falta de material.  comparência nas aulas com o material devido.   princípio de assiduidade e de pontualidade para todos. Conjugação de atitudes relativamente ao trabalho a desenvolver com a turma. Apresentação de uma cópia da lista e das fotografias dos alunos. sendo de comunicar situações contrárias. nomeadamente:  distribuição dos alunos pela sala. etc. construção de consensos e resolução inicial de problemas.  princípio do diálogo professoralunoencarregado de educação. Henrique 21 . Circuitos de comunicação formal (dossier de turma. por ordem numérica ou por outro critério estável.).Guião Director de Turma    Apresentação do DT e dos docentes que compõem o Conselho de Turma. Orientações para os tipos de comunicação a desenvolver:   Contactos de natureza informal.

8. Guião para a elaboração do Projecto Curricular de Turma Escola Básica dos 2º e 3º Ciclos Infante D.  Cada um dos docentes entegrarem. Responsabilização pelo material e património escolar. Marcação atempada de testes no livro de ponto. as suas propostas de avaliação. Entrega da avaliação intermédia quando solicitada. Henrique 22 . Elaborar Testes Diagnósticos com o objectivo de serem detectadas as possíveis lacunas ou uma eventual reorientação dos alunos  Relembrar aos docentes que têm de cumprir rigorosamente os critérios de avaliação definidos em Departamento e aprovados em Conselho Pedagógico. Sensibilização dos professores para:        Trabalho da língua materna como tarefa de todos. no final de cada período e com a antecedência necessária.Guião Director de Turma   Apresentação genérica dos princípios programáticos a trabalhar. Registo de faltas. Registo de sumário com o respectivo número de aula no livro de ponto. Interdisciplinaridade se possível? e em que áreas/temas? .

Casos Especiais (identificação de problemas/dificuldades.Competências Essenciais / Critérios de Avaliação das Áreas Curriculares não Disciplinares [O Conselho de Turma.Identificação de Delegado e Subdelegado 1.1.3. acordará nas áreas curriculares não disciplinares os objectivos e/ou actividades a desenvolver no sentido de ajudar à sua prossecução] 2.Horário da turma 1.2. 1.Lista dos alunos 1.3.5. deverão especificar-se itens relativos a competências.9. identificação dos alunos que merecem um atenção especial – NEE ou outros)) 1.Aspectos que podem ser considerados constrangimentos (em geral) 1.Competências Essenciais / Critérios de Avaliação das Áreas Curriculares Disciplinares – indicadores de sucesso 2.Gerais/Transversais e possíveis estratégias para as desenvolver 2.8.Caracterização dos alunos com base nos dados constantes no Registo Biográfico.4.] 2.Orientações gerais de trabalho a desenvolver com a turma [Identificação de problemas e definição de prioridades.5 .2.Caracterização da Equipa Pedagógica 1.6.Medidas de reforço curricular para alunos com dificuldades de aprendizagem/ especificação de formas de diferenciação [face à eventual existência de ritmos ou subgrupos diferenciados na turma.4.1. de modo a proporcionar ao conselho de turma um conhecimento mais alargado da turma.Critérios/perfil de avaliação/indicadores de sucesso Escola Básica dos 2º e 3º Ciclos Infante D. Consiste na definição de uma estratégia global para a turma e de metodologias mais adequadas.Caracterização da turma [Neste ponto pretende-se uma caracterização da turma. Estabelecimento de estratégias.Aspectos fortes da turma (em geral) 1.] 1. Henrique 23 .Competências / Medidas a adoptar 2.7. englobando os diversos itens que abaixo se apresentam. com óbvia incidência nos alunos com NEE.Guião Director de Turma 1. consoante as várias competências acordadas para a turma e tendo em conta as situações referidas no ponto 1. enquadramento socioeconómico e percurso escolar dos alunos. contextos/estratégias de aprendizagem e actividades de avaliação a considerar no âmbito das diferentes disciplinas/áreas onde tal sucede] 2.

o Conselho de Turma deverá fazer uma reflexão final. 3. a fim de se estabelecerem critérios comuns de actuação consistentes com as competências curriculares valorizadas pelo Conselho de Turma. no caderno diário ou no manual. a matéria essencial a tratar.Participação da turma nas actividades do Plano Anual de Actividades 4 – Avaliação das Estratégias/Metodologias Adoptadas [Com base nas dificuldades diagnosticadas e nas consequentes estratégias adoptadas. onde eventualmente. formas comuns e/ou complementares de actuação Exemplos: privilegiar o trabalho de grupo. sugestões. poderão ser focados os seguintes aspectos: pertinência do PCT. etc. preponderância da produção escrita ou oral dos alunos. dificuldades detectadas ao longo da sua elaboração. Henrique 24 . sempre que possível.Projectos de Natureza Transdisciplinar e/ou outros . em conjunto. discriminar entre as ideias principais dos assuntos e as acessórias. avaliação do PCT. usar ou não mapas conceptuais na organização dos conhecimentos. Guião para a elaboração do Relatório Final da Direcção de Turma Escola Básica dos 2º e 3º Ciclos Infante D. recorrer a transparências para conteúdos novos.] 5.Guião Director de Turma [Reflectir.Reflexão Final do Projecto Curricular de Turma [Na última reunião do ano. uso de fichas de trabalho. …] 9. realização de relatórios de aprendizagens feitas. sobre os instrumentos de avaliação que cada professor utiliza no seu quotidiano. ou de pares.] Tentar encontrar. avaliar da necessidade ou não da respectiva reformulação. selecção dos indicadores significativos e pertinentes que os professores devem observar para avaliar os alunos. passar videogramas para resumo das unidades didácticas. demarcar.

• Nomear as experiências em que surgiram questões de ordem disciplinar e o modo como geriu o conflito. • Enumerar as visitas de estudo/intercâmbios escolares ou outros que organizou ou em que participou. Número de alunos Média de idades Número de alunos retidos no ano anterior Caracterização socioprofissional dos pais Alunos que beneficiaram de Acção Social Escolar Alunos com necessidades educativas especiais Apoios educativos Situações especiais (referir as situações que afectaram de algum modo a Apreciações quanto ao comportamento e aproveitamento registadas em Aproveitamento final da turma (transições / retenções / admissões a turma: alunos transferidos.Identificação do Director de Turma • • • Nome Grupo disciplinar Direcção de turma. • Mostrar de que modo a sua prática como Director de Turma favoreceu a formação pessoal e social dos alunos. • Indicar de que modo detectou dificuldades de aprendizagem e/ou adaptação nos alunos e que estratégias utilizou para superar as dificuldades diagnosticadas. ano / turma 1 .Guião Director de Turma 0 . etc.) 2 . Henrique 25 . que anularam a matrícula.Caracterização da turma • • • • • • • • • • exame) (A partir da caracterização da turma poderá ser feita uma reflexão crítica.) acta de Conselho de Turma Escola Básica dos 2º e 3º Ciclos Infante D.Director de Turma / Alunos • Referir o tipo de relação que estabeleceu com os alunos ao longo do ano.

• Indicar se contactou.) 5 . comunicações escritas e/ou outras.Questões organizativas / administrativas Referir se: Escola Básica dos 2º e 3º Ciclos Infante D. • Enumerar as iniciativas que promoveu para envolver os EE em actividades da escola. informação sabre assiduidade.Relação Director de Turma / Professores • Indicar de que modo manteve os professores da turma informados sobre a situação da turma em geral (assiduidade. • Referir se forneceu aos pais. com regularidade e respeitando as normativas em vigor. os EE dos alunos que apresentaram problemas ao nível da assiduidade.) 3 .Guião Director de Turma • Descrever as actividades que promoveu ou em que participou que considere relevantes para a formação integral dos alunos. aproveitamento e comportamento das alunos. Henrique 26 . (Fazer uma reflexão crítica sobre o modo como decorreu a sua relação com as Encarregados de Educação. (Fazer uma reflexão crítica sobre o modo como decorreu a sua relação com os professores da turma.Relação Director de Turma / Encarregados de Educação • Indicar os contactos estabelecidos com os EE: reuniões. • Nomear as iniciativas que promoveu/participou na realização de experiências interdisciplinares com os professores da turma. aproveitamento e comportamento) e sobre os alunos em particular. • Referir as estratégias a que recorreu para aproximar os EE que nunca ou raramente contactam a escola. atendimento individual. pelos meios disponíveis. aproveitamento e comportamento. (Fazer uma reflexão crítica sobre o modo como decorreu a sua relação com os alunos referindo as circunstâncias que condicionaram ou favoreceram essa relação.) 4 .

Quanto à manutenção do grupo Turma. • Organizou e manteve organizado o dossier da turma. Henrique 27 . • Entrega da documentação pedida e cumprimento das obrigações administrativas junto dos serviços da escola. 6 . Outras sugestões. Avaliação do Projecto Curricular de Turma – Sugestões Escola Básica dos 2º e 3º Ciclos Infante D. são actividades do Director de Turma: • Entrega da documentação correcta e atempadamente ao órgão de gestão de escola (de avaliação.Sugestões • • • Quanto à sua manutenção como Director de Turma no próximo ano. • Participação Pedagógico.) entretanto solicitada.Guião Director de Turma • Efectuou/verificou o registo das faltas dos alunos • Preparou e coordenou as reuniões de conselho de turma.Junto dos Órgãos da Escola: • No relacionamento com os diversos órgãos da escola. e cumprimento das determinações do Conselho 10. • Participação e colaboração com os vários órgãos e estruturas de orientação e acompanhamento educativos. etc. de recolha de dados. de informação. 7 . de inquérito.

Henrique 28 . O uso de inquérito por questionário terá como objectivo auscultar as opiniões dos alunos. sugestões) _ Actividades de Enriquecimento Curricular _ Outros Escola Básica dos 2º e 3º Ciclos Infante D. já que são eles os principais visados de todo este processo de mudança.Guião Director de Turma Num modelo de avaliação preferencialmente qualitativo importa saber: _ Como foi feito? _ Com que impacto? _ Com que resultados? _ O que aferir/ melhorar? Para tal pode-se fazer uso de várias técnicas de investigação: _ Análise documental _ Entrevistas de grupo _ Entrevistas individuais _ Inquérito por questionário. sugestões) _ Estudo acompanhado (objectivos. etapas de trabalho de projecto. sugestões) _ Formação Cívica (Objectivos. relativamente a um conjunto de itens. Na construção dos instrumentos deverá ter em atenção os seguintes elementos: _ Estratégias propostas _ Organização (calendário escolar e horários) _ Definição de competências _ Área de projecto (objectivos.