You are on page 1of 8

AMERICAN ASSOCIATION

OF SCHOOL LIBRARIANS

PARÂMETROS PARA O

APRENDIZ DO
SÉCULO 21
CONVICÇÕES COMPARTILHADAS A leitura é uma janela
para o mundo.
A investigação proporciona uma
estrutura para a aprendizagem.
A leitura é uma competência fundamental Para se tornarem aprendizes independentes,
para a aprendizagem, o aprimoramento os estudantes precisam adquirir não apenas
pessoal e o lazer. O nível no qual os estudan- competências mas, também, disposição para
tes são capazes de ler e compreender o texto utilizá-las, assim como o entendimento de
em todos os formatos (i.e., imagem, vídeo, suas responsabilidades e das estratégias de
impresso) e em todos os contextos é um autoavaliação. Combinados, estes quatro
indicador-chave de sucesso, tanto na escola elementos formarão um aprendiz capaz de
quanto na vida. Competência a ser utilizada alcançar sucesso no complexo ambiente de
durante toda a vida, a leitura vai além da informação em que vivemos.
decodificação e da compreensão,
abrangendo a interpretação A atitude ética no uso da
e o desenvolvimento de informação deve ser ensinada.
novos entendimentos. Neste mundo de informação cada vez
mais globalizada, os estudantes devem ser
ensinados a buscar diferentes perspectivas,
a coletar e usar informação eticamente e a
utilizar ferramentas sociais de forma
responsável e segura.

As competências tecnológicas são


cruciais para as futuras exigências
do mercado de trabalho.
Os estudantes de hoje precisam desen-
volver competências informacionais
que lhes permitam fazer uso da
tecnologia como importante
ferramenta de aprendizagem no
presente e no futuro.

O acesso democrático é um
componente-chave
na educação.
Todas as crianças mere-
cem acesso democrático
aos livros e à leitura, à
informação e à tecno-
logia da informação,
em ambiente seguro
e convidativo ao
aprendizado.
APRENDIZES UTILIZAM
A definição de capacitação informacional tem COMPETÊNCIAS, RECURSOS
se tornado cada vez mais complexa à medida
que recursos e tecnologias se transformam. E FERRAMENTAS PARA:
A noção de capacitação informacional evoluiu da
simples definição “uso de fontes de referência para loca- Investigar, pensar
lizar informação”. Competências múltiplas, inclusive a
digital, a visual, a textual e a tecnológica, juntaram-se à
capacitação informacional como competências cruciais
1 criticamente e adquirir
conhecimento.
para este século.

A contínua expansão da informação


demanda que todos os indivíduos Tirar conclusões,
adquiram a capacidade de pensar, a qual
possibilitará autonomia na aprendizagem.
O volume de informação disponível aos nossos apren-
2 tomar decisões
embasadas, aplicar
dizes exige que cada indivíduo adquira as competências
necessárias para selecionar, avaliar e usar a informação
o conhecimento
de forma correta e eficaz. adquirido a novas
situações e gerar
Aprender implica um contexto social.
O processo de aprendizagem é ampliado pelas opor-
novos conhecimentos.
tunidades de compartilhar e aprender com os outros.
Os estudantes precisam desenvolver as competências
necessárias para compartilhar conhecimento e aprendi-
Compartilhar
3
zagem, tanto em situações presenciais quanto por meio
do uso de tecnologia. conhecimento e
As bibliotecas escolares são essenciais ao atuar de modo
desenvolvimento de competências de aprendizagem. ético e produtivo
As bibliotecas escolares oferecem acesso democrático,
tanto f ísico quanto intelectual, aos recursos e ferramen-
como membros
tas necessários para que a aprendizagem ocorra num de uma sociedade
ambiente acolhedor, estimulante e seguro. Os bibliotecá- democrática.
rios escolares colaboram
com outros educadores
ao oferecerem ins-
Buscar aprimoramento
4
trução, estratégias de
aprendizagem e prática
na utilização das com- pessoal e estético.
petências essenciais de
aprendizagem exigidas
no século 21.
APRENDIZES UTILIZAM COMPETÊNCIAS, RECURSOS E FERRAMENTAS PARA:

1 Investigar, pensar
criticamente e adquirir
conhecimento.

1.1 Competências 1.1.7 Analisara informação  emonstrar segurança


D
1.2.2 1.3 Responsabilidades
coletada em diversas e foco, fazendo escolhas 1.3.3 Respeitar copyright /
1.1.1 Seguir
um processo de
fontes, identificando independentes na seleção direitos de propriedade
investigação na busca de
conceituações errôneas, de recursos e informação. intelectual de autores e
conhecimento sobre os
ideias principais e de produtores.
conteúdos curriculares e 1.2.3 Demonstrar criatividade,
apoio, informações
aplicar este processo em utilizando vários recursos 1.3.2 Buscar variedade de
conflitantes e pontos de perspectivas durante
sua própria vida, fazendo e formatos.
vista ou tendências. o processo de busca e
conexão com o mundo 1.2.4 Manter postura crítica, avaliação da informação.
real. 1.1.8 Demonstrar domínio
questionando a veraci- 1.3.3 Seguir preceitos éticos e
no uso de ferramentas
1.1.2 Usar
conhecimentos dade e a precisão de toda legais ao acessar e usar
tecnológicas para acessar
anteriores como contexto informação. informação.
informação e desenvolver
para novos aprendizados. 1.3.4 Contribuir com o com-
investigação. 1.2.5 Demonstrar flexibilidade
1.1.3 Elaborare refinar uma ao mudar o foco da partilhamento de ideias
1.1.9 Colaborar com outros junto à comunidade de
série de perguntas para investigação, das per-
para ampliar e aprofundar aprendizagem.
estruturar a busca de guntas, dos recursos ou
entendimento. 1.3.5 Usar a tecnologia da infor-
novos entendimentos. das estratégias, quando
mação responsavelmente.
1.1.4 Encontrar,
avaliar e necessário para alcançar
selecionar fontes apro- sucesso. 1.4 Estratégias para
priadas para responder às 1.2.6 Mostrar resistência
Autoavaliação
perguntas. emocional frente aos 1.4.1 Monitorar os processos
1.1.5 Avaliar a informação desafios, persistindo na próprios de busca da
encontrada em fontes busca de informação. informação com base na
selecionadas com base eficácia e desenvolvimen-
1.2.7 Mostrar persistência, to do trabalho, fazendo
na precisão, validade, insistindo na busca de adaptações quando
pertinência em relação às informação para obter necessário.
necessidades, importân- uma perspectiva mais 1.4.2 Utilizar
a interação
cia, e contextos social e 1.2 Disposição para Agir
ampla. com os professores e o
cultural.
1.2.1 Mostrar iniciativa e feedback oferecido por
1.1.6 Ler, assistir e ouvir a envolvimento, elaborando eles e pelos colegas para
informação apresentada perguntas e investigando direcionar o processo de
em qualquer formato (i. respostas além do conjun- investigação.
e., textual, visual, mídia, to de fatos superficiais. 1.4.3 Monitorara informação
digital) para fazer inferên- coletada, avaliando-a
cias e coletar significado. para detectar lacunas ou
pontos fracos.
1.4.4 Procurar
ajuda apropria-
da quando necessário.
APRENDIZES UTILIZAM COMPETÊNCIAS, RECURSOS E FERRAMENTAS PARA:

2 Tirar conclusões, tomar


decisões embasadas, aplicar conhecimento adquirido
a novas situações e gerar novos conhecimentos.

2.1 Competências 2.1.6 Aplicaras habilidades de 2.2.2 Usar pensamento 2.3 Responsabilidades
escrita, visual e de outras divergente e convergente 2.3.1 Conectar entendimento e
2.1.1 Continuar o processo
mídias, assim como para formular conclusões mundo real.
de pesquisa baseado
competências na área alternativas e testá-las
em investigação, apli- 2.3.2 Considerar perspectivas
de tecnologia, para criar frente à evidência.
cando o pensamento diferentes e globais para
produtos que expressem 2.2.3 Adotar postura crítica
crítico (análise, síntese, tirar conclusões.
novos entendimentos. para tirar conclusões, de-
avaliação, organização)
2.3.3 Usar informação válida
à informação e conheci- monstrando que o padrão
2.2 Disposição e conclusões funda-
mento para desenvolver da evidência leva a uma
para Agir mentadas para tomar
novos entendimentos, decisão ou conclusão.
decisões éticas.
tirar conclusões e gerar 2.2.1 Demonstrar flexibilidade 2.2.4 Demonstrar produtivida-
novos conhecimentos. no uso de recursos, de pessoal , elaborando 2.4 Estratégias para
2.1.2 Organizar
o conhecimen- adaptando estratégias de produtos que evidenciem Autoavaliação
to de modo a torná-lo útil. informação a cada um aprendizado. 2.4.1 Determinar a maneira
2.1.3 Adotarestratégias para deles e buscando novos de agir com a informa-
tirar conclusões sobre recursos quando não for ção (aceitar, rejeitar,
a informação e aplicar possível chegar a conclu- modificar).
conhecimento adquirido sões claras.
2.4.2 Refletir
sobre a meto-
às áreas curriculares, a dologia empregada para
situações da vida real e a avaliá-la em relação ao
outras investigações. grau de perfeição da
2.1.4 Utilizar
a tecnologia e investigação.
outras ferramentas de 2.4.3 Reconhecer
novos
informação para analisar conhecimentos e
e organizar informação. entendimentos.
2.1.5 Colaborarcom outros no
2.4.4 Definir
estratégias para
compartilhamento de
investigações futuras.
ideias, desenvolvimento
de novos entendi-
mentos, tomada de
decisão e resolução de
problemas.
APRENDIZES UTILIZAM COMPETÊNCIAS, RECURSOS E FERRAMENTAS PARA:

3 Compartilhar conhecimento
e atuar de modo ético e produtivo como membros
de uma sociedade democrática.

3.1 Competências 3.1.3 Usar competências orais 3.2 Disposição para Agir 3.3.4 Criar produtos que se
e escritas para comunicar apliquem a contextos
3.1.1 Concluir o processo de
novos entendimentos de 3.2.1 D  emonstrar liderança e
autênticos e reais.
pesquisa baseado em forma eficaz. segurança, compartilhan-
investigação, compar- do ideias em situações 3.3.5 Contribuir para o inter-
3.1.4 Utilizar tecnologia e
tilhando novos entendi- formais ou informais. câmbio de ideias dentro e
outras ferramentas de in- além da comunidade.
mentos e refletindo sobre formação para organizar 3.2.2 Mostrar responsabilidade
o aprendizado. e exibir o conhecimento e social, participando 3.3.6 Usar informação e

3.1.2 Participar e colaborar o entendimento de modo ativamente de situações conhecimento a serviço


como membro de redes a serem vistos, utilizados de aprendizagem em dos valores democráticos.
de relacionamento social e avaliados por outros. grupo e contribuindo com 3.3.7 Respeitar os princípios de
e intelectual. 3.1.5 Conectar o aprendizado perguntas e ideias. liberdade intelectual.
realizado aos assuntos
3.2.3 Demonstrar capacidade
de interesse para a 3.4 Estratégias para
de trabalhar produtiva-
comunidade. Autoavaliação
mente em equipe.
3.1.6 Usar informação e
3.4.1 Avaliar o processo através
tecnologia de modo ético
3.3 Responsabilidades do qual se chegou ao co-
e responsável.
3.3.1 Solicitar e respeitar nhecimento para revisar
diferentes perspectivas estratégias e aprender
durante a busca de de forma mais eficaz no
informação, colaborando futuro.
com outros e atuando na 3.4.2 Avaliar qualidade e
comunidade. eficácia do produto de
3.3.2 Respeitar variados aprendizado.
interesses e experiências 3.4.3  valiar a própria
A
alheios, buscando capacidade de trabalhar
diversidade de pontos de em equipe, analisando
vista. diferentes funções, lide-
3.3.3  sar conhecimento,
U rança e demonstrações
competências informa- de respeito por diferentes
cionais e disposição para pontos de vista.
se envolver em conversas
e debates públicos sobre
assuntos de interesse
comum.
APRENDIZES UTILIZAM COMPETÊNCIAS, RECURSOS E FERRAMENTAS PARA:

4 Buscar aprimoramento
pessoal e estético

4.1 Competências 4.2.4 Valorizar


a literatura, 4.4 Estratégias para
fazendo a opção de ler Autoavaliação
4.1.1 Ler,
assistir e ouvir por
por prazer e mostrando 4.4.1 Identificar
áreas de
prazer, ou aprimora-
interesse por vários interesse pessoal.
mento pessoal.
gêneros literários.
4.1.2 Lerde forma abran- 4.4.2 Reconhecer
os limites
gente e fluente para do conhecimento
fazer conexões consigo pessoal.
4.3 Responsabilidades
mesmo, com o mundo e
com leituras anteriores. 4.3.1 Participar
de redes
4.2 Disposição para Agir sociais, presenciais ou
4.1.3 Responder à literatura e
4.2.1 Mostrarcuriosidade, eletrônicas, para com-
à expressão criativa de
buscando informação partilhamento de ideias.
ideias.
de interesse em várias 4.3.2 Reconhecerque os re-
4.1.4 Buscarinformação
fontes. cursos são criados para
voltada para o aprimo-
4.2.2 Demonstrar motivação, diversos propósitos.
ramento pessoal em
buscando informação 4.3.3 Buscaroportunidades
diversos formatos e
para responder a 4.4.3 Constatar
como
gêneros. que proporcionem
perguntas de cunho concentrar esforços na
aprimoramento pessoal
4.1.5 Conectar ideias a pessoal, utilizando aprendizagem pessoal.
vários tipos de formatos e estético.
interesses próprios
4.4.4 Interpretar
novas
e a conhecimento e e gêneros, e demons- 4.3.4 Praticar
comportamen-
trando interesse em informações com base
experiências anteriores. tos seguros e éticos ao
ir além das exigências em contextos culturais e
interagir pessoalmente
4.1.6 Organizar conhecimen- sociais.
acadêmicas. com os meios eletrôni-
to pessoal adquirido de
4.2.3 Manter a mente cos de comunicação. 4.4.5 Desenvolver critérios
maneira a recuperá-lo
aberta para novas pessoais para avaliar a
rapidamente.
ideias, levando em eficácia da expressão das
4.17 Utilizarredes sociais consideração opiniões próprias ideias.
e ferramentas de divergentes, mudando
4.4.6 Avaliar
a capacidade
informação para coletar opiniões ou conclusões
pessoal para selecionar
e compartilhar informa- quando a mudança for
embasada em evidência recursos atraentes e
ção.
e buscando informação apropriados aos inte-
4.1.8 Usar formatos criativos resses e necessidades
sobre novas ideias en-
e artísticos para expres- contradas ao vivenciar pessoais.
sar aprendizado pessoal. experiências pessoais ou
acadêmicas.
American Association of School Librarians
50 E. Huron St., Chicago, IL 60611
Publicado em 2007 pela American Library Association.
Permissão para usar, reproduzir e distribuir este documento
é concedida apenas para fins particulares, não comerciais e
educativos.
ISBN (pacote com 12) 978-0-8389-8445-1
Permissão para traduzir este documento para o português
concedida pela ALA ao Conselho Regional de Biblioteconomia
do Estado de São Paulo – CRB/8 – http://www.crb8.org.br
Tradução de Rosana F. Telles
Revisão de Lúcia Paranhos
Esta publicação (original em inglês ou tradução para o
português) pode ser obtida no site: http://www.ala.org/
aal/standards
Cópias em quantidade podem ser compradas na loja da ALA,
no endereço http://www.ala.org, ou pelo telefone
+ 1 866-SHOP ALA.

APRENDIZES
DO SÉCULO 21
Disposição Estratégias
Competências Responsabilidades
para Agir de Autoavaliação

Habilidades-chave Convicções e atitudes Comportamentos Reflexões sobre o


necessárias para permanentes que comuns apresenta- processo de apren-
entender, aprender, orientem o pensamen- dos por aprendizes dizagem individual
pensar e aperfeiçoar to e a postura intelec- independentes nos para definir a eficácia
assuntos. tual e que possam ser processos de pesquisa, das competências,
medidos por meio de investigação e resolu- disposições e respon-
ações adotadas. ção de problemas. sabilidades.

Pergunta-chave Pergunta-chave Pergunta-chave Pergunta-chave


O estudante possui as O estudante está propenso O estudante tem consciência O estudante é capaz de
competências adequadas a um nível mais elevado de de que as características fun- reconhecer seus pontos
para explorar mais a fundo pensamento e ativamente damentais para a aprendi- fortes e fracos e, com o
o tópico ou assunto? envolvido com o pensamento zagem no século 21 envolvem tempo, tornar-se um
crítico para buscar e um compromisso pessoal que aprendiz cada vez mais
compartilhar conhecimento? vai além das competências e forte e independente?
da disposição?