You are on page 1of 5

Automação Industrial e Robótica IV

Nome_____________________________________________No.________ Turma_____

Setembro/2004
º
1 Lista de Exercícios de AIR IV
Responder aos seguintes exercícios, lembrando que há apenas uma resposta correta entre
as quatro alternativas. Na dúvida, assinale aquela que considerar a mais correta. Anote as
respostas no quadro da página 4. As figuras para a resolução dos exercícios estão na página 5.

1. – O princípio de funcionamento das transmissões por polias e correias é baseado em:

a. velocidade constante da correia;


b. rotação constante da polia;
c. atrito entre polia e correia;
d. eixos das polias não alinhados.

2. – Quando comparadas com as engrenagens, as transmissões por polias e correias:

a. oferecem maior custo e menores relações de transmissão;


b. oferecem menor custo e menores relações de transmissão;
c. oferecem menor custo e maiores relações de transmissão;
d. oferecem maior custo e maiores relações de transmissão;

3. – Numa transmissão por polias e correias:

a. O torque varia e a potência idem;


b. O torque varia e a potência é constante ;
c. O torque é constante e a potência idem;
d. O torque é constante e a potência é constante .

4. – Na transmissão por engrenagens, o passo das rodas engrenadas:

a. necessariamente é o mesmo;
b. necessariamente não é o mesmo;
c. pode ser o mesmo;
d. pode não ser o mesmo.

5. – Desprezando quaisquer perdas, a potência transmitida numa transmissão por


engrenagens::

a. depende do número de dentes das engrenagens ;


b. é a mesma;
c. depende dos diâmetros das engrenagens ;
d. depende do torque.

1
Automação Industrial e Robótica IV

6. Um motor elétrico de 20 cv e 900 rpm aciona um guindaste, cujo objetivo é elevar


massas (pesos), conforme o esquema mostrado na figura 1 na página 5. O cabo de
aço enrola-se sobre um tambor de diâmetro 400 mm, que é movido por um par de
polias de diâmetros 50 e 350 mm, respectivamente. O peso (massa) máximo que
poderá levantar é:

a. 546 kg;
b. 740 kg;
c. 182 kg;
d. 910 kg.

7. No problema anterior, a velocidade de ascensão do peso é :

a. 5,4 m/s;
b. 2,7 m/s;
c. 2,7 m/min;
d. 5,4 m/min.

8. O torque no eixo do tambor (figura 1) é:

a. 1.820 Nm;
b. 1.480 Nm;
c. 1.092 Nm;
d. 2.960 Nm.

9. Ainda no problema da figura 1, qual seria o peso a ser levantado se o diâmetro do


tambor fosse reduzido de 400 mm para 250 mm ?

a. 1.184 kg;
b. 341 kg;
c. 291 kg;
d. 873 kg.

10. Um sistema de transmissão usa um par de engrenagens acoplado a um par de polias


(figura 2). Qual a rotação da polia 2, quando a rotação da engrenagem 1 é 1.200 rpm?

a. 432 rpm;
b. 216 rpm;
c. 864 rpm;
d. 1.667 rpm.

2
Automação Industrial e Robótica IV

11. A relação de transmissão no sistema de transmissão da figura 2 é:

a. 1:2,7;
b. 1:5,5;
c. 1:1,38;
d. 1:0,7.

12. Se a potência do eixo na engrenagem 1 da figura 2 é de 5 cv, o torque na engrenagem


2 é:

a. 1,32 Nm;
b. 10,5 Nm;
c. 0,17 Nm;
d. 81,2 Nm.

13. Nas condições do exercício 12, o torque na polia 2 é:

a. 2,64 Nm;
b. 40,6 Nm;
c. 162,4 Nm;
d. 21 Nm.

14. A força exercida pela correia sobre as polias no exercício da figura 2 é:

a. 812 N;
b. 132 N;
c. 105 N;
d. 17 N.

15. Para que haja o perfeito engrenamento de duas rodas dentadas é necessário que:

a. ambas possuam o mesmo torque;


b. ambas possuam o mesmo número de dentes;
c. ambas possuam o mesmo passo;
d. ambas possuam o mesmo diâmetro.

16. O comportamento de uma correia dentada mais se assemelha a:

a. a uma transmissão por correias trapezoidais;


b. a uma transmissão por correias planas;
c. a uma transmissão por correntes;
d. a uma transmissão por engrenagens.

3
Automação Industrial e Robótica IV

17. Na transmissão por engrenagens a rotação é invertida na segunda roda. O melhor


comentário para esse fato é o seguinte:

a. Não há problema, desde que a transmissão aceite a inversão;


b. Não há problema, pois a rotação é re-invertida mais para frente ;
c. Tanto faz inverter, como não inverter;
d. Isso deve ser evitado.

18. Numa transmissão por correntes, se a roda motora tem um diâmetro que é a metade
da outra, o torque transmitido:

a. aumenta 50%;
b. aumenta 100%;
c. diminui 50%;
d. diminui 100%.

19. Na transmissão por rosca-sem-fim, a velocidade de deslocamento da guia roscada:

a. só depende do passo do parafuso;


b. só depende da rotação do parafuso;
c. depende do passo e da rotação do parafuso;
d. só depende do número de voltas do parafuso.

20. A utilização de engrenagens de dentes helicoidais é recomendada devido:

a. ao seu baixo ruído quando comparadas às engrenagens de dentes retos;


b. ao seu baixo custo quando comparadas às engrenagens de dentes retos;
c. ao seu baixo desgaste quando comparadas às engrenagens de dentes retos;
d. à sua alta precisão quando comparadas às engrenagens de dentes retos.

Setembro 2004

Quadro de respostas

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20
a
b
c
d

4
Automação Industrial e Robótica IV

FIGURAS para os EXERCÍCIOS

Figura 1