WWW.DEUSEMDEBATE.BLOGSPOT.

COM

OVNIs
WILLIAM LANE CRAIG
Esse é o programa Fé Racional, conversas com o Dr. William Lane Craig. Eu sou o Kevin Harris e quero dar as boas vindas aos nossos ouvintes em rádio ou podcast. Esperamos que você ache os tópicos que discutimos nesse show fascinantes e enriquecedores, onde você estiver em sua jornada pessoal. William Lane Craig é um notável filósofo, estudioso, teólogo e palestrante e, no Fé Racional, ele lida com as grandes questões da vida. E, enquanto você escuta, deixe-me lembrarlhe dos excelentes recursos disponíveis no ReasonableFaith.Org. Lá você encontrará os artigos e livros do Dr. Craig, áudio e vídeo de debates e discursos do Dr. Craig em universidades em todo o mundo e uma seção apresentando respostas às perguntas que você nos envia. Você também encontrará outros podcasts, um fórum de discussão e áudios das aulas Defensores do Dr. Craig. Tudo e mais no ReasonableFaith.Org. Confira hoje! Kevin Harris, anfitrião do podcast Fé Racional

Kevin: "Vida extraterreste é possível," diz um astrônomo do Vaticano. Isso significa que você pode ser um cristão e acreditar que pode haver vida em outros planetas. Essa é uma questão que nos tira o sono às vezes, Dr. Craig. Eu não acho que isso seja uma bula papal da igreja católica. Mas o astrônomo do Vaticano comentou que é compatível ser cristão e acreditar em vida em outros planetas. Isso apareceu muito na mídia ultimamente. Craig: Sim. Bem, eu acho que é possível. Podemos argumentar que, se há vida em outros planetas, teria que ser criada por Deus. Porque, numa base naturalista, eu acho que diríamos que a evidência contra haver vida extraterrestre inteligente em qualquer lugar do Universo observável é extremamente grande. Que, as probabilidades naturalistas de que haja vida extraterrestre são virtualmente nulas. De forma que, na verdade, ser um teísta seria a melhor base para pensar que seria possível. Porque, como teísta, você pensa que Deus criou a vida aqui nesse planeta e, então, você pode dizer que talvez Deus tenha também criado vida em

algum outro planeta do Universo. Então, é o teísta que está bem mais aberto para a possibilidade de vida extraterrestre do que o não-teísta. Kevin: Isso é porque a vasta maior parte do Universo é hostil à vida? É isso o que você está dizendo? Que esse Universo não parece ser muito apropriado para o desenvolvimento da vida? Craig: Isso é verdade. Apesar da fina sintonização do Universo para a vida, a fina sintonização fornece apenas condições necessárias para a vida, mas não condições suficientes. Em adição a isso, há toda uma conspiração de fatores adicionais que precisam entrar em jogo para que a vida se origine e se desenvolva em algum lugar do Cosmos. E a própria origem da vida, sem mencionar seu desenvolvimento e evolução, é tão improvável que o falecido Fred Hoyle uma vez comentou que, mesmo que todo o Universo conhecido fosse cheio de sopa primordial, é improvável que a vida viesse a existir em algum lugar do Cosmos conhecido. Kevin: Isso traz a questão de OVNIs e alienígenas invadindo a Terra e outras coisas que estão na cultura popular hoje em dia. Fenômenos de disco voador e coisas assim. Embora o astrônomo do Vaticano tenha dito, "pode ser, você pode tomar sua própria decisão sobre isso," parece, Dr. Craig, que a bíblia é bastante silenciosa sobre essa questão. Craig: Eu acho que ela é silenciosa, Kevin. As Escrituras são dadas a seres humanos como a revelação de Deus para pessoas nesse planeta. E, por isso, não há razão para pensar que não poderia haver pessoas que Deus criou em alguma galáxia desconhecida, de quem não temos idéia e que Ele deu uma revelação Dele para eles também. Eu acho que seria presunçoso dizer que sabemos que Ele não fez isso. Kevin: Ele diz que a possibilidade de vida extraterrestre não contradiz nossa fé. Em outras palavras, se um disco voador aterrissar na Casa Branca hoje, ninguém vai dizer, "Oh! O Cristianismo é falso!"

Craig: Isso é verdade, acho que você está certo. E fico impressionado com pessoas que pensam que, se vida inteligente fosse descoberta em outro lugar ou viesse aqui, que de alguma forma, isso seria uma refutação do Cristianismo. Isso me parece ser um completo non sequitur [não se segue], porque o Cristianismo simplesmente não fala sobre a questão de Deus ter criado ou não vida em outro lugar do Universo. Kevin: Uma objeção que muitas pessoas fazem a isso é, "Deve haver vida em outros planetas, senão Deus desperdiçou muito espaço." Porque Deus faria o Universo tão grande, e nós somos os únicos? Craig: Esse é um argumento que frequentemente ouço na boca de naturalistas que dizem que deveria haver vida lá fora senão, haveria muito espaço desperdiçado. Essa fala teve um papel importante no filme Contato, talvez você lembre. Mas, me parece que essa é uma conclusão completamente enganada. Para o Universo ter os seus elementos pesados, como o Carbono, do qual formas de vida inteligente como nós são formadas, o Carbono teve que ser sintetizado no interior de estrelas e então espalhado pelo Universo por explosões estelares, ou supernovas. Isso significa que o Universo precisa existir por tempo suficiente para que estrelas se formem e supernovas aconteçam e para que a poeira e os detritos sejam disseminados e agregados em galáxias, sistemas solares e planetas. Agora, devido ao fato de que o Universo está expandindo enquanto tudo isso acontece, nós não deveríamos ficar surpresos por ver o Universo do tamanho que é. Na verdade, para que formas de vida baseadas em Carbono como nós existam, em um Universo governado por essas leis da natureza, o Universo deve ser grande como é, porque precisa ser velho como é, para que o Carbono seja formado e formas de vida como nós venham a existir. Então, a idéia de que "é todo esse espaço desperdiçado", eu acho que é uma falha em entender os pré-requisitos necessários para a vida baseada em Carbono. Então, quando você vê quem está envolvido na busca pela inteligência extraterrestre, o chamado projeto SETI, as pessoas envolvidas nisso não são biólogos evolucionistas. Os

biólogos evolucionistas entendem que as chances da evolução de formas de vida inteligentes, processadoras de informação e com complexidade como a nossa são tão remotas que é improvável que tenha ocorrido em qualquer outro lugar no Universo observável. As pessoas envolvidas no SETI são astrônomos, que dizem, "Oh! Todo esse espaço desperdiçado! Certamente deve haver vida em outro lugar." Mas os biólogos evolucionistas, que realmente estudaram como a vida vem a existir, não são geralmente defensores da vida extraterrestre. Eles entendem que as chances contra ela são tão enormes que é altamente improvável que esteja lá fora. E por isso eu disse que acho que o teísta tem melhores bases que o naturalista para pensar que existe vida extraterrestre inteligente. Agora, se você disser, "Porque Deus não faria algo com todo esse espaço?" Essa é uma questão adicional e acho que eu diria que, para um Deus que transcende o Universo, um Universo que é vazio em sua maior parte é apenas uma trivialidade para Ele! É como um grão, é como nada, para Deus o Universo ter espaço sobrando. E eu acho que, se Ele escolheu criar vida apenas na Terra essa é Sua prerrogativa e expressa Seu cuidado e interesse pelos seres humanos, o fato de Ele nos separar para cuidado e, ainda mais, ir ao ponto de se tornar encarnado e entrar na nossa vida aqui na Terra para nos redimir. Kevin: Você mencionou outro aspecto filosófico disso: tentar impor eficiência em um Deus que não precisa de eficiência. Eficiência é nada para Ele! Craig: Certo! Eficiência tem apenas valor para quem tem ou tempo limitado, ou recursos limitados, ou ambos! Mas para alguém que tem tempo ilimitado e recursos ilimitados, a duração de tempo que leva para o Universo existir, o tamanho do Universo, isso se torna apenas trivialidades! Kevin: Deus não está dizendo, "Oh, rapaz! Eu tenho que fazer isso antes que fique com esse tamanho!"

Craig: Sim! Eu tenho que economizar meus recursos, posso ficar sem!

Kevin: Sim, é isso o que você está dizendo, quando diz, "Deus desperdiçou espaço." Então, você tem um verdadeiro problema aí. Bem, e você sabe... As pessoas estão pensando agora... É incompatível, então, está okey para um cristão especular e pensar "okey, pode ser, pode não ser..."? Nós parecemos ser os únicos, de acordo com o testemunho das Escrituras, mas... isso não é perigo para a fé cristã? Craig: Eu nem diria, Kevin, que parecemos ser os únicos, de acordo com as Escrituras. Porque as Escrituras são dirigidas apenas para vida na Terra. Então, não falam nada sobre haver vida extraterrestre. Então, eu diria que, teologicamente, é apenas uma questão aberta, cientificamente, a evidência é contra. Mas, como cristãos, acho que precisamos estar abertos para a possibilidade de que Deus, de forma especial e miraculosa, fez algo que, cientificamente, seria altamente improvável de ocorrer: criar vida em algum outro lugar no Cosmos. Kevin: O astrônomo do Vaticano até diz que, talvez, se houver seres inteligentes em outro sistema solar, eles não precisem de salvação, não precisem da expiação de Cristo. Eles podem ter permanecido em plena amizade com o Criador. Craig: Essa é uma especulação teológica muito interessante! Se há vida inteligente, feita à imagem de Deus, em algum outro lugar do Universo, será que eles caíram em pecado, ou essa foi uma civilização, ou cultura, na qual a Queda não aconteceu, Adão não tomou a maçã, ou Eva não tomou o fruto da árvore? Será possível que haja uma raça de seres inteligentes que não tenha caído em pecado? Bem, me parece que isso é possível! C.S. Lewis imaginou isso em suas trilogias de ficção científica. E é possível, eu acho, que Adão não tinha que pecar, Eva não tinha que pecar, nem seus descendentes. Então, é possível, poderia haver tal população. Nesse caso, eles não cairiam em pecado e não necessitariam de redenção.

Talvez a questão mais interessante seja: suponha que eles caíram em pecado, e Deus os ama. Então, Deus vai dar-lhes também uma espécie de redentor. Isso significaria que Cristo também se tornou encarnado nesses mundos? Poderia haver múltiplas encarnações da segunda pessoa da Trindade? Nesse planeta, como um ser humano. E em outro planeta, como um klingon, seja o que eles forem! Kevin: E ainda seria a segunda pessoa da Trindade. Jesus. Craig: Certo. Ainda seria a mesma pessoa, mas ele teria múltiplos corpos. Kevin: Que tal isso? Bem, você lembra Larry Norman, nos anos 70... O cristão conhecido como o padrinho da música cristã, rock cristão, que recentemente morreu. Ele tinha uma música chamada OVNI, que dizia: "Se há vidas em outros planetas, tenho certeza que Ele sabe. E Ele já esteve lá uma vez e morreu para salvar suas almas." Então, embora seja uma canção popular, isso me fez pensar muito. Craig: Oh, eu acho que é um pensamento profundo e tem implicações para a natureza da encarnação e assim por diante. Eu acho que temos que dizer que, se houvesse tais pessoas, Deus não as deixaria abandonadas. Ele tentaria dar-lhes um plano de salvação. Kevin: Há uma possibilidade em Romanos 8, que parece indicar que o Universo inteiro está caído e que, "a criação toda geme esperando os filhos de Deus." Então, se isso está ou não falando da nossa situação local, não sei, mas parece indicar que toda a criação tem esse problema da queda. Então essa seria uma consideração. Craig: Esse seria um fator que sugeriria que o pecado afetou toda a ordem criada. Kevin: Então, essa é uma passagem para estudar quando aparecem questões sobre isso.

Nós precisamos explorar um pouco que... isso é relacionado ao fenômeno dos OVNIs. Será que há seres extraterrestres visitando esse planeta, e estamos vendo eles no céu à noite? O maior especialista em OVNIs, Jacques Vallee, disse que essas abduções e aliens não parecem ser interplanetários, parecem ser interdimensionais. Então, poderia haver um componente espiritual nisso. É apenas algo que devemos manter em mente. Craig: Sim, eu prefiro não entrar por esse caminho, porque eu vi o que aconteceu com o pobre do Norman Geisler, no Julgamento de Arkansas sobre Criacionismo onde ele me contou que, em vez de examinar o testemunho que ele deu lá, os advogados da ACLU pescaram dos seus escritos... em algum lugar ele disse que pensava que, talvez, os OVNIs fossem manifestações demoníacas, porque eles podiam fazer coisas fisicamente impossíveis. E o advogado da ACLU veio a Geisler, na interrogação, e não disse nada sobre seu testemunho, apenas disse: "É verdade que você acredita que OVNIs são manifestações de Satã?" E Geisler tinha sido instruído pelo seu advogado a simplesmente responder "sim" ou "não." Então, ele apenas disse sim. E, nas notícias da CBS, naquela noite, só se dizia: "Testemunha da defesa afirma que OVNIs são manifestações de Satã!" E isso simplesmente fez ele parecer um idiota! Kevin: Não foi uma representação da visão dele. Craig: Não, foi apenas uma tentativa de atacar a credibilidade da testemunha nesse caso, sem atacar o que a testemunha disse. Então, eu prefiro pessoalmente não fazer especulações sobre OVNIs. Perceba que, acreditar que existem OVNIs não é acreditar em vida extraterrestre. Um OVNI é um Objeto Voador Não Identificado. Kevin: Não é identificado!

Craig: Sim! Não é identificado! Então poderiam ser balões meteorológicos, raios globulares... Então, dizer que você acredita em OVNIs, é dizer que você acredita que houve objetos voadores que ninguém conseguiu identificar ainda. E eu acho que qualquer um acredita nisso! Isso claramente existe. Há cerca de 1% dessas visões que resistiu a qualquer explicação e são as visões realmente difíceis que ninguém sabe realmente explicar. Kevin: Dr. Craig, me parece que precisamos ser cuidadosos ao interpretar certas passagens das Escrituras como indicativas de vida alienígenas. Como, "Ezequiel viu uma roda no céu," quando a passagem claramente fala sobre... se refere ao Espírito Santo nessas passagens da visão. E, há uma ou duas outras passagens que as pessoas usam... Eu acho que você precisa realmente distorcer elas para concluir isso. Craig: Precisa mesmo. Quando eu estava no colégio, como um jovem não-cristão, eu gostava muito de OVNIs e lia muito a literatura sobre isso. Allen J. Hynek, da Northwestern University, na época, era o principal pesquisador sobre fenômenos de OVNIs. E eu lembro ter visto um artigo numa revista popular de ciência que afirmava que as visões de Ezequiel eram de seres extraterrestres em uma espécie de aerodeslizadores e usando capacetes e coisas assim, que ele descreveu em sua forma primitiva como tendo o rosto de um boi, o rosto de uma águia, e coisas assim. E, para mim, como um jovem adolescente colegial na época, isso me pareceu muito convincente. Mas, quando você se torna um pouco mais sofisticado e entende literatura apocalíptica e simbolismo judaicos, eu acho que é altamente improvável que seja isso o que Ezequiel estava vendo, mas que isso era, na verdade, uma típica visão apocalíptica judaica que ele descreve e que você tem também em outros lugares da Escritura, como o livro de Apocalipse, e assim por diante. Então, eu acho que devemos ser extremamente cuidadosos ao ler nas entrelinhas. Kevin: Estou feliz por estarmos falando sobre isso, Bill. Porque, não só a imprensa deu bastante atenção ao que o astrônomo do Vaticano disse mas, também surgem várias outras questões. Uma delas é transpermia. É o que Richard Dawkins diria: que nossa vida terrestre foi

semeada por outra vida... E isso nem mesmo leva ao ateísmo, porque, como você disse em outro podcast, isso apenas leva o problema um passo para trás. Craig: Certo! Isso é o que Francis Crick realmente acreditava! Ele realmente pensava, aparentemente, que a vida na terra, a sua origem, era tão improvável, a ponto de ser literalmente miraculosa. E que, por isso, deveria vir de outro planeta. De alguma forma, a Terra foi semeada com a vida primitiva, que veio a evoluir com toda a complexidade que conhecemos hoje. Então, é claro, a questão surge, "De onde veio essa outra forma de vida?" Como ela chegou aqui? Isso apenas empurra a pergunta um pouco para trás. Um bom número de pessoas tem dito que, se há vida inteligente em outros planetas, então deveria estar já aqui, já deveria ter chegado, deveríamos estar em contato com eles agora, deveríamos ver as suas espaçonaves claramente aqui, e assim por diante. E o fato de que isso não aconteceu, de que nós só temos esses relatórios incertos de OVNIs, sugere, de fato, que eles não estão realmente lá fora, que nós estamos sozinhos. E eu acho que esse é um pensamento muito sério, Kevin... No grande esquema existencial das coisas, pensar que, nesse vasto Cosmos, com todas suas trevas e todo seu vazio, que nós apenas somos conscientes, que nós somos as únicas formas de vida auto-conscientes nesse inteiro Cosmos! Esse é um pensamento incrivelmente assustador que deve nos levar a pensar profundamente no propósito da vida e existência. E porque estamos aqui? É tudo para nada? Ou estamos destinados a simplesmente perecer na morte incandescente do Universo e voltar ao esquecimento, escuridão e decomposição? Ou estamos aqui para uma razão, fomos criados? Acho que isso levanta profundas questões existenciais.

Kevin: Obrigado, Dr. Craig, por estar um tempo conosco e obrigado a você, ouvinte, por estar aqui conosco hoje. Esse podcast está disponível no ReasonableFaith.Org, assim como uma riqueza de áudio, vídeo e escritos de William Lane Craig. Pessoas do mundo todo têm sido beneficiadas pelas idéias do Dr. Craig e nós convidamos você a explorar nossos recursos no ReasonableFaith.Org¹. E quando você doa para o Fé Racional

ou compra nossos recursos, você nos ajuda a expandir-se em mídia e em eventos de discussão, levando Cristo a um mundo de grandes perguntas. Então, visite-nos no ReasonableFaith.Org. Eu sou Kevin Harris. Obrigado novamente por estar conosco e nos vemos na próxima no Fé Racional com Willliam Lane Craig.