You are on page 1of 7

6

boletim
novembro 2010

educação e currículo
ecos
destaques
edições
notícias das escolas

www.dgidc.min-edu.pt
Av. 24 de Julho, 140 - Lisboa

e ducação e
c urrículo

EDUCAÇÃO PARA A CIDADANIA


NAS ESCOLAS PORTUGUESAS
proposta curricular
subscrever o Boletim DGIDC

A Educação para a Cidadania é uma finalidade atribuída por lei à educação básica e
secundária. Concretiza-se transversalmente a todas as aprendizagens e disciplinas na
escola além de ter um espaço próprio na Formação Cívica.

No entanto, na realidade, quem pode dizer em que consiste a Educação para a


Cidadania praticada nas escolas?

A Proposta Curricular de Educação para a Cidadania, apresentada publicamente no dia


16 de Novembro, no grande auditório do antigo – e renovado – Liceu Passos Manuel em
Lisboa, com a presença da Ministra da Educação, clarifica quais os saberes e processos
mentais a aprender pelos alunos do ensino básico para se formarem enquanto cidadãos
de uma sociedade democrática.

A referida Proposta Curricular de Educação para a Cidadania foi apresentada por


Maria Emília Brederode Santos que coordenou o Grupo de Trabalho constituído pelos
especialistas Alexandra Marques, Carla Cibele, Filomena Matos, Isabel Menezes, Luisa
Nunes, Pascal Paulus, Paulo Nobre e Teresa Fonseca.

Consiste em três documentos: uma lista de processos-chave - Descentração e


empatia; Pensamento crítico e criativo; Comunicação e argumentação; e Participação
- e de áreas nucleares - Direito e responsabilidades; Democracia, processos e
instituições; Identidades e diversidades, Interdependência e mundialização - e sua
integração em perfis de saída apresentados sequencialmente para os três ciclos
da Educação Básica.

Para que os alunos venham a ter conhecimentos, atitudes e comportamentos


de cidadania, os professores deverão organizar situações que promovam essas
aprendizagens, quer nas diferentes disciplinas, quer na Formação Cívica, quer ainda
em actividades extra-curriculares e extra-escolares.

Insistindo na necessidade de haver coerência entre a cidadania vivida e a cidadania


aprendida explícita e formalmente, a proposta curricular inclui recomendações para a
organização da escola e criação e aproveitamento de oportunidades de participação
para os alunos.ES DO PROGRAMA

início
e cos

Recentemente realizaram-se dois eventos relacionados com as línguas estrangeiras,


em que a DGIDC esteve activamente envolvida: a celebração do Dia Europeu das
Línguas e a Expolingua – 20.º Salão Português de Línguas e Culturas.

dia europeu das línguas

Desde 2001 – Ano Europeu das Línguas, por iniciativa do Conselho da Europa,
celebra-se todos os anos, em 26 de Setembro, o Dia Europeu das Línguas (DEL),
com o objectivo de encorajar à aprendizagem de línguas e de valorizar a diversidade
linguística e cultural como um bem do património comum a preservar.

O multiculturalismo é já uma realidade que caracteriza a Europa, em 27 Estados-


Membros são já 23 as línguas nacionais, para além de muitas outras línguas
minoritárias ou regionais que são também reconhecidas. Por outro lado, muitos dos
países são fortemente marcados por diversidade cultural e linguística por via dos fluxos
migratórios, pelo que, muitas línguas não europeias são hoje faladas seja no seio da
família, seja nos espaços públicos e, mesmo, nas escolas.

Enquanto entidade do M.E. encarregue de assegurar a dinamização das celebrações


do Dia Europeu das Línguas, a DGIDC tem procurado que as escolas se empenhem
na organização de iniciativas que assinalem a data e os princípios do DEL. Assim, o
concurso As Línguas Abrem Caminhos (ALAC) tem sido, nos últimos 5 anos, um
pretexto para levar as escolas a darem visibilidade aos seus projectos interdisciplinares
em que a aprendizagem de línguas seja o pólo dinamizador. A temática enquadradora
foi, em 2010, a do Ano Europeu de Luta contra a Fome e a Exclusão Social.

À semelhança dos anos anteriores, os trabalhos premiados foram apresentados


publicamente na cerimónia de celebração do DEL, que este ano se realizou em Braga,
a convite do Colégio D. Diogo de Sousa, onde se juntaram alunos de escolas de todo
ao país. Perante uma assistência de cerca de 400 pessoas foram apresentados os
doze trabalhos que o júri decidiu distinguir, distribuídos pelos 4 escalões, do 1.º ciclo ao
ensino secundário, em vários domínios e suportes.

Foi uma festa linda, que incluiu também a actuação do grupo de flautas do colégio,
tocando e cantando músicas em várias línguas. Alunos envergando trajes tradicionais
de várias culturas diferentes receberam os convivas e distribuíram folhetos e lembranças
alusivas ao evento.

EXPOLINGUA – 20.º salão português de línguas e culturas


De 3 a 5 de Novembro realizou-se, no Centro de Congressos de
Lisboa, a Expolingua – 20.º Salão Português de Línguas e Culturas,
que teve como convidado de honra a União Europeia, assinalando a
sua diversidade linguística e cultural. A DGIDC participou nas duas
componentes do certame: na Exposição, com stand próprio, e no
Programa Cultural, com sessões sobre vários temas. Esta mostra foi
visitada por cerca de 10.000 visitantes, dos quais, 7.000 alunos e 2.000
professores.

A animação no stand foi este ano assegurada por escolas:


Na abertura os alunos do grupo de flautas do Colégio D. Diogo de Sousa
interpretaram o Hino à Alegria, adoptado como o Hino da Europa, e
entoaram o Hino Nacional, com excelente afinação, no que foram
acompanhados pela assistência.

início
Foram apresentados trabalhos premiados no âmbito do concurso As Línguas Abrem
Caminhos (ALAC), designadamente, a história Gabriel e o Cão, contada em várias
línguas e criada por alunos do 3º ciclo, que frequentam o Clube de Línguas da Escola
Básica 2,3 João de Meira, em Guimarães, e a história Um palhaço especial, da turma
do 1.º ciclo, “Os 21 Especiais”, da Escola Básica n.º 1 Conde de S. Cosme, do AE Júlio
Brandão, em Vila Nova de Famalicão, em que a língua gestual portuguesa ocupa um
lugar de destaque.

No âmbito do Programa Cultural, tiveram lugar várias sessões organizadas pela


DGIDC, bem como a apresentação de dois trabalhos também premiados no âmbito do
ALAC: o blogue as línguas abrem caminhos, de alunos da 11º ano da ES de Cacilhas
Tejo, e um trabalho no domínio das artes visuais, em torno do mito de Babel, nada se
perde, nada se cria…., da autoria de Catarina Pinheiro, aluna do 8º ano, da ES Romeu
Correia, de Almada, o qual foi editado em cartaz e constituiu a base para a concepção
do stand da DGIDC.

Jornada de reflexão sobre os TEIP início

Reunidos em Carcavelos, no passado dia 27 de Outubro, os 98 representantes dos Agrupamentos


TEIP partilharam as suas experiências sobre cinco temas-chave para o sucesso educativo:
Diversificação das Ofertas Curriculares e Aprendizagens; Articulação e Sequencialidade; Gestão e
Liderança; Participação da Comunidade Educativa; Intervenção em Situações de Risco.

Desta reflexão resultaram posters e testemunhos em vídeo que sintetizam a visão dos participantes
sobre os factores críticos de sucesso em territórios socialmente fragilizados, sistematizando
aprendizagens e lançando importantes desafios para o futuro.

Retiram-se algumas das mais relevantes mensagens deixadas pelos participantes, sobre cada um
dos temas-chave, construídas a partir da troca de experiências e da reflexão das práticas.

Gestão e Liderança:
• «se não souberes para onde ir não te admires se fores para onde não queres»
Intervenção em Situações de Risco:
•«o TEIP é: uma escola de sucesso para todos»
Participação na Comunidade Educativa:
• «escola TEIP como pólo transformador da comunidade»
Articulação e Sequencialidade:
• « O trabalho colaborativo como factor de mudança “
Diversificação das Ofertas Educativas :
•«uma escola centrada nas respostas aos alunos e à comunidade, fortalecendo parcerias»

A Senhora Ministra da Educação encerrou a Jornada sublinhando “a qualidade do trabalho


desenvolvido nos Agrupamentos de Escolas TEIP, assente na diminuição do absentismo e
do abandono escolar e na melhoria dos resultados escolares, tendo como ponto de partida as
dinâmicas criadas, facilitadoras de aprendizagens”.

Intervenção Precoce na Infância


A European Agency for the Development of Special Needs, adiante
designada por Agência Europeia, acaba de publicar um relatório sobre a
Intervenção Precoce na Infância (IPI) que faz uma síntese dos progressos e
desenvolvimentos desde 2005 nos países participantes: Alemanha, Áustria,
Bélgica (comunidade de língua francesa), Chipre, Dinamarca, Eslovénia,
Espanha, Estónia, Finlândia, França, Grécia, Holanda, Hungria, Irlanda,
Islândia, Letónia, Lituânia, Luxemburgo, Malta, Noruega, Polónia, Portugal,
Suécia, Suíça, Reino Unido e Republica Checa.
Os resultados do relatório foram apresentados em seminário promovido pela
DGIDC em parceria com a Agência Europeia, com a presença da Ministra
da Educação, no dia 12 de Novembro, em Lisboa, com a participação de
representantes dos Ministérios da Educação dos países participantes,
investigadores, representantes da Comissão Europeia e famílias.
No relatório, demonstra-se que um conjunto significativo de legislação,
regulamentação e medidas de política correlacionadas foi adoptado nos
países participantes com vista a melhorar a oferta de serviços de IPI,
existindo um grande envolvimento e compromisso por parte dos decisores
políticos.
Contudo, o estudo também demonstra a necessidade de melhorias
em termos de cooperação e coordenação intersectorial, bem como a
necessidade de criar serviços dirigidos e que respondam às famílias e às
crianças.
A mensagem principal do relatório da Agência Europeia é a de que se
verificaram esforços e progresso por parte dos países, a todos os níveis,
mas é necessário mais trabalho para se assegurar o direito de todas as
crianças e respectivas famílias ao apoio de que necessitam. As famílias
devem ter os serviços de que necessitam no momento e no local certo. início
d estaques

Aprender e Inovar Com TIC | 2010-2013


A DGIDC/ERTE lançou em Novembro a iniciativa Aprender e Inovar
Com TIC com a finalidade de promover a utilização educativa das TIC
através da rentabilização dos equipamentos disponíveis nas escolas,
com vista à melhoria das aprendizagens dos alunos.

Esta iniciativa apoiará projectos inovadores que promovam a utilização


educativa das TIC e encontra-se aberta a agrupamentos de escolas professores portugueses premiados
e escolas não agrupadas do ensino público de Portugal Continental, nos
desde o Pré-escolar ao Secundário.
eLearning Awards 2010
As escolas e agrupamentos foram convidados a elaborarem um projecto
(sujeito a candidatura) tendo em conta que esta Iniciativa Aprender e
Inovar Com TIC terá a duração de três anos (2009-2010 a 2011-2012).
Os resultados das candidaturas serão tornados públicos no dia 1 de
Fevereiro de 2011. O número de escolas/agrupamentos seleccionados
está limitado a 100.
Entre os premiados da edição 2010 dos eLearning Awards (http://
Mais detalhes acerca da candidatura, do edital e outras informações elearningawards.eun.org/), encontram-se dois projectos portugueses.
úteis podem ser consultados em João Paulo Vieira, professor na Escola Secundária D. Maria II,
http://erte.dgidc.min-edu.pt/comtic em Braga, ficou entre os 10 primeiros lugares, tendo recebido um
prémio na categoria SMART gold award for mathematics, science
and technology com o projecto Astrofísica Experimental na área
da Fotometria - Detecção de Planetas Extrasolares, disponível em
http://exoplanetas.dmaria.pt/

semana de promoção das TIC em Foi também distinguido na lista dos 50 eLearning Awards, o projecto
ambientes de educação de infância Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA) em Educação Física
de Carlos Alberto Moreira, da Escola Secundária c/ 3º Ciclo Joaquim
e de divulgação do programa de Araújo em Penafiel, que podemos conhecer em http://esjaraujo.
wordpress.com/
KidSmart
A lista dos 50 eLearning Awards está disponível em http://files.eun.
org/eminent/eminent10/eLearningAwards2010TOP50.pdf

Na semana de 22 a 26 de Novembro, decorreu no Espaço Noesis projecto ITEC innovative technologies


da DGIDC uma semana de promoção das TIC em ambientes de
Educação de Infância e de divulgação do Programa KidSmart. for an engaging classroom
Foram promovidas sessões de divulgação de projectos educativos O Ministério da Educação Português estará envolvido, nos próximos
com sucesso na Educação Pré-escolar, assim como, a apresentação quatro anos, através da DGIDC/ERTE, no Projecto ITEC - Innovative
das Metas de Aprendizagem na Educação Pré-escolar. Technologies for an Engaging Classroom. Trata-se de um projecto
em larga escala, que se iniciou em Setembro de 2010 e que reúne
No dia 23 de Novembro, contámos com a presença das crianças do decisores políticos, investigadores, fornecedores de tecnologia,
Colégio Campo das Flores, Caparica, que relataram a sua experiência outros especialistas em tecnologia avançada de aprendizagem e os
da gravação do Podcast vencedor da 1ª edição do Conta-nos uma docentes inovadores, a fim de projectar, construir e testar de forma
História. Durante a tarde, foi dinamizada uma sessão de formação abrangente cenários de ensino e aprendizagem da sala de aula do
sobre o tema Contar histórias em formato digital. futuro.

A exposição incluiu trabalhos realizados pelas crianças dos Jardins O objectivo principal é desenvolver cenários de aprendizagem na
de Infância de Fânzeres-Gondomar (JI Bela Vista e Santa Eulália). sala de aula do futuro que possam ser validados através de um piloto
Foram igualmente apresentados projectos eTwinning no âmbito da macro e, posteriormente, serem criados à escala.
Educação Pré-escolar.
Com 27 parceiros no projecto, incluindo 14 ministérios da Educação
Esteve disponível uma unidade KidSmart para utilização dos e um financiamento da Comissão Europeia de 9.450.00€, o ITEC
visitantes. está preparado para ser um projecto emblemático para a concepção
Mais informações sobre o programa: da sala de aula do futuro. Os resultados do projecto fornecerão
http://erte.dgidc.min-edu.pt/index.php?section=161 um modelo para a implantação da tecnologia de apoio ao ensino e
aprendizagem, a fim de orientar a elaboração de políticas para todas
as escolas europeias.

Mais informações estão disponíveis em: http://itec.eun.org

início
entrega dos equipa da DGIDC/ERTE esteve presente no

prémios ticEDUCA 2010

nacionais
eTwinning

No dia 13 de Novembro decorreu na Póvoa de Lanhoso o Evento


Nacional do Projecto eTwinning, que incluiu a entrega dos Prémios
Nacionais eTwinning. Foram premiados 8 projectos nas várias
categorias e 4 menções honrosas.

Contámos com a participação de 120 docentes e directores de


escola de todo o país, que participaram activamente nos Workshops
dinamizados por docentes experientes no projecto eTwinning.
I encontro internacional TIC e educação
O evento foi agraciado com a presença dos alunos do 12º F da Escola
Nos passados dias 19 e 20 de Novembro, a Equipa Recursos e
Secundária da Póvoa de Lanhoso, que ajudaram em toda a logística e
Tecnologias Educativas da DGIDC esteve presente com um stand no
actuaram com o seu grupo de danças.
Instituto da Educação, em Lisboa, o primeiro Encontro internacional
TIC e Educação, ticEDUCA, cujo tema central foi Inovação Curricular
Para consulta sobre os premiados:
com TIC.
http://erte.dgidc.min-edu.pt/index.php?section=339
O evento contou com especialistas convidados no campo dos
Mais informações sobre o evento:
e-portefólios e ambientes pessoais de aprendizagem tendo estimulado
http://etwinning.blog.dgidc.min-edu.pt/
a apresentação de trabalhos originais no âmbito dos seguintes tópicos:
perspectivas teóricas sobre a utilização das TIC para fins educativos;
Mais informação sobre o projecto:
projectos e práticas de integração curricular das TIC; ambientes
www.etwinning.net
virtuais de aprendizagem e comunidades de prática; competências e
desenvolvimento profissional de professores, educadores e outros
profissionais; e E-learning e aplicações educativas emergentes.

Diversos momentos do evento foram assegurados em vídeo-difusão


numa colaboração entre os Serviços Partilhados da Universidade de
Lisboa e a DGIDC-ME.

Toda a informação está disponível em: http://ticeduca.ie.ul.pt/

Actividades SeguraNet
2009/2010
entrega de prémios

O projecto SeguraNet realizou, em parceria com as Direcções Regionais de Educação, três sessões de entrega de prémios às escolas
vencedoras das Actividades SeguraNet 2009/2010.

A primeira destas sessões decorreu, no dia 29 de Setembro, no auditório da Direcção Regional do Centro. Contou com a presença de cerca de
100 alunos e professores, em representação de 40 escolas. Esteve também presente o Inspector-Chefe da Polícia Judiciária de Coimbra. Neste
encontro foram ainda premiadas as equipas vencedoras do concurso Gigabyte Seguro, promovido por esta Direcção Regional em parceria com
o projecto SeguraNet.

No dia 3 de Novembro, decorreu a sessão da região Norte, no auditório do Conservatório de Música do Porto, com a presença de cerca de 300
alunos, professores e encarregados de educação, onde esteve também presente a Inspectora-chefe da Polícia Judiciária do Porto.
A sessão da região de Lisboa-Vale do Tejo realizou-se no dia 25 de Novembro, na Escola Básica Vasco da Gama, tendo sido premiadas 23
escolas desta região na presença de cerca de 150 convidados.

Toda a informação sobre estes eventos e o projecto encontra-se disponível em http://www.seguranet.pt/blog/


festa do desporto escolar 2010

A Escola Sede do Agrupamento de Escolas de Artur Gonçalves em Torres Novas


recebeu a Festa do Desporto Escolar 2010 que anualmente distingue
aqueles que mais se notabilizaram no âmbito do Desporto Escolar durante o seu
percurso desportivo e escolar.

A festa contou com a presença da Ministra da Educação e do Secretário de


Estado Adjunto e da Educação e muitas outras personalidades ligadas ao sector
da educação e do desporto. De realçar a presença dos embaixadores do desporto
escolar Rosa Mota, Carlos Lopes, Pedro Martins, David Grachat, Daniela Costa,
João Silva, Jorge Braz e ainda o momento da assinatura de protocolos entre o
Ministério da Educação e o Comité Olímpico de Portugal, a Federação Portuguesa
de Andebol e a Escola Superior de Desporto de Rio Maior.

O evento constou ainda de animações culturais enquanto decorreu a entrega


dos prémios que, este ano, foram repartidos por nove categorias: Aluno, Espírito
Desportivo, Professor, Escola, Autarquia, Internacional, Carreira Desportiva,
Comunicação e Desporto Adaptado.

Este foi um evento organizado pela Direcção-Geral de Inovação e de


Desenvolvimento Curricular, através do Gabinete Coordenador do Desporto
Escolar, e pela Direcção Regional de Educação de Lisboa e Vale do Tejo.

início

e dições

Violência em Contexto Escolar


Referencial de apoio ao trabalho desenvolvido
pelas escolas na área prioritária da Saúde Mental e
Prevenção da Violência em Meio Escolar.

No âmbito da promoção de competências pessoais e


sociais, o referencial identifica programas e práticas,
que suportam a selecção de estratégias para a
prevenção da violência.

Este manual, editado pela DGIDC, pretende ser um


guião útil de apoio à vida na escola, e encontra-se
disponível para venda em:

http://area.dgidc.min-edu.pt/noesis/procura.aspx

Guião de Educação
Género e Cidadania – 3º Ciclo
Este guião, para professores do 3º ciclo, é composto
por 7 brochuras, e reúne conhecimentos e experiências
diversas em torno dum objectivo comum: favorecer a
aprendizagem do exercício da cidadania por parte de
raparigas e rapazes.

Esta obra é editada pela Comissão para a Igualdade de


Género (CIG) e tem como autores Teresa Pinto (coord.),
Conceição Nogueira, Cristina Vieira, Isabel Silva, Luísa
Saavedra, Maria João Silva, Paula Silva, Teresa-Cláudia
Tavares e Vasco Prazeres.

Guião disponível em: http://www.cig.gov.pt/ início


n otícias das
e scolas

actividades são constantes na


Biblioteca do Agrupamento de Escolas Dra. Laura Ayres
A Biblioteca do Agrupamento de Escolas Dra. Laura Ayres, Quarteira, continua a
mostrar o seu empenho, e actividades são constantes.

Ao longo da semana de 15 a 19 de Novembro as turmas 8º E, F, H e 9º C


desenvolveram a actividade Pinta o que Lês, integrada no Plano Nacional de
Leitura para o Ensino Básico.

As turmas do 12º F e J, Curso Profissionais de Cozinha e Fotografia,


respectivamente, dinamizaram um debate sobre a Educação, no passado dia
17 de Novembro, tendo convidado para o efeito as turmas C, D e E de 10º ano.
Estimularam-se os alunos para uma conversa informal, motivante e de abertura
de horizontes, onde a educação tomou o principal papel.

O dia 18 de Novembro foi dedicado à Filosofia, efectuando-se uma palestra no


Auditório da escola, proferida pelo professor António Justino, com a temática O
Tempo da Filosofia/ A Filosofia do Tempo. O auditório rendeu-se, por completo,
ao tempo e à palavra, bem como à linguagem audiovisual da professora Ana
Carina.

Para o mês de Dezembro estão agendados: a apresentação do Concurso


Nacional de Leitura, a nível de escola e a dinamização de um debate no âmbito
do Programa Parlamento dos Jovens.

Cristina Dias

Escola EB 2/3 Teixeira Lopes


A Escola EB 2,3 Teixeira Lopes, Vila Nova de Gaia,
participou no Prémio Boas Práticas no Sector Público,
promovido pela Deloitte, com o Projecto Boas Práticas no
Atendimento a Alunos com Necessidades Especiais
de Educação, que assenta na criação de uma unidade
de apoio a alunos com multideficiência com intervenção
especializada e personalizada, com o objectivo de garantir a
sua inclusão nas actividades curriculares e relacionamento
com os seus pares de turma. Este projecto foi seleccionado
entre cento e vinte e cinco concorrentes e recebeu o selo
que atesta as Boas Práticas praticadas nesta Escola.

início

Ministério da Educação
Direcção-Geral de Inovação
e de Desenvolvimento Curricular