You are on page 1of 166

Relatório Final do Workshop de 

p
Planeamento Estratégico e Operacional

Instituto Comercial de Maputo

7 a 9 de Dezembro de 2009

Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional

Í di
Índice
0 Introdução 3

1 Resultados do Workshop
Resultados do Workshop 6

2 Avaliação do Workshop pelos Participantes 148

3 Anexos 163

Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto
2
Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010

Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional

0. Introdução 

Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto
3
Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010

Instituto Agrário g de Chimoio e Instituto Industrial e Comercial de Pemba. Metodologia do Workshop e Lista de Participantes apresentam-se em Anexo. Para a implementação das acções de Desenvolvimento Institucional previstas na Extensão da Assistência Técnica ao PIREP foi programada a realização do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional e Processo de Melhoria Contínua a ser realizado em 4 escolas piloto. Este Workshop foi realizado no Instituto Comercial de Maputo no período de 7 a 9 de Dezembro de 2009. O objectivo bj ti e resultados lt d esperados d d do W Workshop k h fforam d definidos fi id como: Objectivo: • Elaborar os Planos Estratégico e Operacional na base da filosofia do processo de melhoria continua Resultados Esperados: • Plano Estratégico da Escola elaborado • Plano Operacional da Escola elaborado • Processo de melhoria continua alinhado com os planos elaborados • Mecanismos de prestação de contas definidos Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto 4 Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010 . Instituto Comercial de Maputo. nomeadamente Instituto Industrial de Maputo.Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional 0 Introdução 0. As Actividades realizadas.

Resultados da Validação do Paradigma de Gestão do Instituto 1. Níveis de Proficiência 1.4.2.1.1. Resultados da Definição de Metas 1 1 7 Resultados da Definição de Estratégias e Validação de Resultados Esperados 1.1. Responsáveis.2.3. Lista de Participantes Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto 5 Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010 .2. Avaliação do Workshop pelos participantes 3. 1.2.1.2. Resultados da Validação de Indicadores 1. Resultados da Definição de Actividades.1.Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional Este relatório tem o objectivo de: Informar sobre os resultados obtidos no âmbito da realização das actividades do Workshop.1. Resultados da Validação das Dimensões de Planeamento 1.1. Resultados da Definição de Iniciativas Estratégicas 1.1.1.1. 1.7. Resultados da elaboração do Plano Estratégico 2010 – 2013 1.1.8.5.1. Prazos e Custos 2.2.1. Resultados da Autoavaliação da Gestão do Instituto – Níveis de Proficiência 1. Actividades realizadas no Workshop 3.1. Metodologia do Workshop 3.2. Resultados da Validação de Objectivos 1. Resultados Globais dos Níveis de Proficiência 1.1.6.3. O conteúdo do relatório consta dos seguintes capítulos: 1 Resultados do Workshop 1. Resultados da elaboração do Plano Operacional 2010 1. Anexos 3.

 Resultados do Workshop Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto 6 Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010 .Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional 1.

Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional 1.1 Resultados da Validação do Padigma de Gestão do ICM  Novo Paradigma Novo Paradigma de  de Gestão do Instituto Comercial de  Maputo Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto 7 Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010 .1.

59 EIC.2.52 1.1.1 Resultado Geral da Autoavaliação da Qualidade de Gestão do ICM AA.2 Resultados da Autoavaliação da Qualidade de Gestão do ICM – Níveis de Proficiência  1.28 R. Receptividade EA. Envolvimento da  L.38 1. Gestão de recursos GP.00 1.1. Gestão de pessoal Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto 8 Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010 . Currículo estudante 3 1. Ensino e Aprendizagem 1.30 1.86 2 1.Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional 1. Ambiente de  aprendizagem 4 SEE. Liderança Indústria / Comunidade GR. Sucesso escolar do  C.47 1 1 00 1.

Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional

1.1.2 Resultados da Autoavaliação da Qualidade de Gestão do ICM – Níveis de Proficiência 
1.1.2.2 Nível de Proficiência – Liderança 

Área de Avaliação 1:  Liderança
Estabelecer uma direcção e metas para a instituição de ensino profissional e por no lugar os mecanismos e estratégias 
Estabelecer uma direcção e metas para a instituição de ensino profissional e por no lugar os mecanismos e estratégias
necessários para se atingir os resultados de aprendizagem pretendidos para os estudantes
1: Insuficiente 2: Suficiente 3: Bom 4: Muito Bom

Resultados 
Padrão 

Auto‐avaliação
A direcção geral da instituição de ensino profissional está clara e é apoiada pelos 
L.1 1,40
estudantes, professores, pais, empregadores e outros intervenientes
L.2 A liderança educativa é evidente
A liderança educativa é evidente 1
L.3 A mudança é gerida efectivamente 1
L.4 Processos de avaliação claros e efectivos são implementados 1,67

Resultado da Auto-avaliação: 1,30

Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto
9
Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010

Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional

1.1.2 Resultados da Autoavaliação da Qualidade de Gestão do ICM – Níveis de Proficiência 
1.1.2.2 Nível de Proficiência – Liderança 

1: Insuficiente 2: Suficiente 3: Bom 4: Muito Bom
•   Não há sentido de 
Nã há id d •Alguns professores e 
Al f •Muitos professores e 
M i f •Todos os professores e 
T d f
propriedade pelos  estudantes têm sentido de  estudantes têm sentido de  estudantes tem sentido de 
professores ou estudantes  propriedade de visão e  propriedade de visão e de  prioridade de missão e visão da 
da missão e visão da IEP. missão da IEP. missão da IEP. IEP.
•   A direcção da IEP não está  •A direcção geral da IEP não  •A direcção geral da IEP está  •A direcção geral dos IEP é clara e 
claramente definida e é
claramente definida e é  está clara para muito
está clara para muito  clara e é apoiada por muitos
clara e é apoiada por muitos  é apoiada pelos professores
é apoiada pelos professores, 
muito confusa para os  pessoal, estudantes e pais. professores, pais e  estudantes e o Conselho Escolar.
professores, pais   e  •O IEP tenta estabelecer  estudantes. •O IEP estabelece padrões altos 
estudantes. padrões de sucesso escolar •O IEP estabelece somente  de sucesso escolar que são 
•   Não existem padrões de  •Poucos professores e  alguns padrões de sucesso  aceitáveis para todos
sucesso escolar
sucesso escolar  inter enientes são
intervenientes são  escolar
escolar. •A  tomada de decisão 
A tomada de decisão
estabelecidos pelo IEP.. consultados no processo de  •Somente alguns professores e  consultativas são utilizadas em 
• Não há consulta feita para  tomada de decisão intervenientes na educação  todas as actividades da 
a tomada de decisão •Poucos professores estão  são consultados na tomada  instituição de ensino profissional
• Não há medidas  cientes dos procedimentos  de decisão. • As relações de trabalho 
disciplinares postas e
disciplinares postas e  disciplinares •Medidas disciplinares
•Medidas disciplinares  harmonioso são primordiais e o
harmonioso são primordiais e o 
observadas no devido  moderadas são observados  pessoal e outros intervenientes 
lugar no IEP são consultados nas decisões
• Não há dinamismo entre  • As medidas disciplinares tem 
os professores e  um foco no melhoramento de 
estudantes. aprendizagem e o bem estar dos
aprendizagem e o bem estar dos 
estudantes

Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto
10
Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010

Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional

1.1.2 Resultados da Autoavaliação da Qualidade de Gestão do ICM – Níveis de Proficiência 
1.1.2.2 Nível de Proficiência – Sucesso Escolar do Estudante  

Área de Avaliação 2:  Sucesso Escolar do Estudante
A aprendizagem do estudante é dependente da abordagem holística que tomam em consideração as suas capacidades de 
A aprendizagem do estudante é dependente da abordagem holística que tomam em consideração as suas capacidades de
apreender e de atingir ao alto padrão. O foco do sucesso escolar está nos resultados de aprendizagem melhorados 
conduzindo ao emprego
1: Insuficiente 2: Suficiente 3: Bom 4: Muito Bom

Resultados
Padrão 
Auto‐avaliação
SEE.1 Os estudantes ganham acesso ao emprego  1,00
SEE 2
SEE.2 Resultados de aprendizagem em resultados melhorados
Resultados de aprendizagem em resultados melhorados  1 17
1,17
SEE.3 A participação do estudante e o comportamento pessoal está a um nível alto 1,50
Os estudantes ocupam se em relações saudáveis com os seus professores, pares e 
SEE.4 1,25
outros significantes para promover a sua aprendizagem

Resultado da Auto-avaliação: 1,28

Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto
11
Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010

é evidente na instituição de ensino  • PERÍODO MAIS LONGO: Poucos  estudante é satisfatório. cooperativamente um com  cooperativamente um com outro.2 Nível de Proficiência – Sucesso Escolar do Estudante  1: Insuficiente 2: Suficiente 3: Bom 4: Muito Bom • A A instituição de ensino profissional  i tit i ã d i fi i l • A instituição de ensino profissional  A i tit i ã d i fi i l • A instituição de ensino de  A i tit i ã d i d • Há níveis muito altos de sucesso  Há í i it lt d tem níveis pobres de sucesso escolar  tem somente níveis moderados de  profissional mantém níveis altos  escolar de estudantes mantidos  de estudante sucesso escolar de estudante de sucesso escolar do estudante num período de tempo longo • Há poucas expectativas de sucesso  • Há expectativas moderadas de  • Há altas expectativas de sucesso  • Há expectativas muito altas de  escolar. culturais e  espirituais altos.3 ou 3) profissional (na TM 1. para  sucesso escolar. cooperativamente um com outro.  académicos. culturais e  cultural e espiritual espirituais em desenvolvimento. • Há muitos problemas disciplinares e  Há muitos problemas disciplinares e • A instituição de ensino profissional  A instituição de ensino profissional espirituais razoáveis espirituais razoáveis.3 ou 3) depois de saírem da instituição de  instituição de ensino profissional  de saírem da instituição de ensino  ensino profissional (na TM 1. numa base holística. numa base holística. • Taxa muito alta de pontualidade e  Taxa muito alta de pontualidade e taxa de pontualidade dos  tem uma taxa de pontualidade  • A taxa de pontualidade e de  estudantes bastantes disciplinados  estudantes é pobre.2. para  sucesso escolar.2 Resultados da Autoavaliação da Qualidade de Gestão do ICM – Níveis de Proficiência  1. físico.  escolar. culturais e  • Os estudantes ostentam valores  académicos. estudantes ganham emprego  • PERÍODO MAIS LONGO: Menos de  metade de estudantes ganham  • PERÍODO MAIS LONGO: Muitos  (incluindo auto – emprego) depois  metade dos estudantes ganham  emprego (incluindo auto – estudantes ganham emprego  de saírem da instituição de ensino de saírem da instituição de ensino  emprego (incluindo auto – emprego)  emprego (incluindo auto  emprego) emprego) depois de saírem da emprego) depois de saírem da  (incluindo auto – emprego) depois  (incluindo auto  emprego) depois profissional (na TM 1.1. académicos. moderada e o comportamento do  disciplina de estudantes é alta. na base holística. para cada estudante • Os estudantes raramente trabalham  Os estudantes raramente trabalham • Os estudantes as vezes trabalham  Os estudantes as vezes trabalham • Os estudantes trabalham  Os estudantes trabalham • Os estudantes trabalham  Os estudantes trabalham colaborativamente e  colaborativamente e  colaborativamente e  colaborativamente e  cooperativamente um com outro. • PERÍODO MAIS LONGO: Mais de  profissional. físicos. físicos. numa base  cada estudante para cada estudante cada estudante holística.1.3 ou 3) Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto 12 Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010 .Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional 1.3 ou 3) (na TM 1. físicos. • Os estudantes ostentam valores  nenhum valor académico. • Os estudantes ostentam pouco ou  • Os estudantes ostentam valores  outro.

2.83 profissional GP.00 área de disciplina para qual foram designados área de disciplina para qual foram designados Os professores são membros valiosos da equipa  da instituição do ensino profissional e  GP.5 O Trabalho em equipa é a característica da instituição do ensino profissional 1.1.3 Existem duas linhas claras de comunicação 1.2 1.1 1.40 Resultado da Auto-avaliação: 1 1.38 38 Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto 13 Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010 .00 trabalham para metas partilhadas GP.2 Nível de Proficiência – Gestão de Pessoal   Nível de Proficiência  Área de Avaliação 3: Gestão de Pessoal Área de Avaliação 3:  Gestão de Pessoal A Gestão efectiva dos membros de pessoal mantém e melhora os resultados e garante profissionalismo na leccionação  efectiva de formação de qualidade e educação para os estudantes 1: Insuficiente 2: Suficiente 3: Bom 4: Muito Bom Resultados  Padrão  Auto‐avaliação Os professores são qualificados e propriamente formados para ensinar na turma ou  GP.Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional 1.4 1.1.40 Os professores são dados uma oportunidade para optimizar o seu desenvolvimento  Os professores são dados uma oportunidade para optimizar o seu desenvolvimento GP.2 Resultados da Autoavaliação da Qualidade de Gestão do ICM – Níveis de Proficiência  1.

2 Nível de Proficiência – Gestão de Pessoal   1: Insuficiente 2: Suficiente 3: Bom 4: Muito Bom • O O IEP nunca atribui  IEP nunca atribui •O O IEP as vezes atribui aos  IEP as vezes atribui aos •O O IEP usualmente atribui  IEP usualmente atribui •O O IEP sempre atribui os  IEP sempre atribui os professores a suas áreas de  professores as suas áreas de  aos professores ás suas  professores para as suas  competências conhecimento áreas de conhecimento e  áreas de conhecimento  • Os professores nunca são  •Os professores as vezes são  de interesse •Os professores sempre são  dados oportunidade de  dados uma oportunidade de  •Os professores são  dados uma oportunidade  adicionar o seu  adicionar o seu  usualmente dados uma  para adicionar o seu  p desenvolvimento profissional. •Há boa comunicação entre  de pessoal no IEP professores não é a  p o esso es ão é a •O trabalho de equipa dos  O t aba o de equ pa dos os membros de pessoal •O Trabalho em equipa é  O aba o e equ pa é característica da IEP professores as vezes é a  •O trabalho em equipa dos  sempre uma característica da  característica da IEP professores é usualmente  IEP uma característica da IEP Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto 14 Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010 .1.Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional 1.1.2 Resultados da Autoavaliação da Qualidade de Gestão do ICM – Níveis de Proficiência  1.2. desenvolvimento profissional oportunidade de adicionar  desenvolvimento profissional • A comunicação entre os  •Há somente um nível baixo de  o seu desenvolvimento  •Há uma comunicação  membros de pessoal é pobre comunicação entre os  profissional excelente entre os membros  • O trabalho em equipa dos  membros de pessoal no IEP.

33 1 da comunidade e do sector produtivo da comunidade e do sector produtivo C.2 Resultados da Autoavaliação da Qualidade de Gestão do ICM – Níveis de Proficiência  1. Uma variedade de estratégias instrucionais é usada para a leccionação do currículo 2.75 2 satisfazer as necessidades de emprego dos estudantes C.  2. O Currículo é flexível.00 4 estudantes C.Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional 1.33 3 C.1. relevante e corresponde às necessidades e expectativas do estudante.2.1.86 Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto 15 Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010 . A combinação de unidades nos programas direccionando à qualificação é optimizada para  1.00 5 opções pós‐escolares Resultado da Auto-avaliação: 1.2 Nível de Proficiência – Currículo   Nível de Proficiência  Área de Avaliação 4: Currículo Área de Avaliação 4:  Currículo O currículo é receptivo para as necessidades dos estudantes e relevante para a indústria e das necessidades sócio – económicas da sociedade onde eles vivem 1: Insuficiente 2: Suficiente 3: Bom 4: Muito Bom Resultados  Padrão  Auto‐avaliação C. Co‐currículos e as disciplinas não‐ académicas apoiam o desenvolvimento holístico dos  1. Os relatórios de estudantes permitem aos pais fazer escolhas informadas em relação as  1.

O comunidade e da indústria sejam estudante. apoio do interveniente para o colaborativamente e • Muitos intervenientes trabalham • Todos os intervenientes trabalham desenvolvimento do currículo e cooperativamente em apoio ao cooperativamente e cooperativamente e de leccionação.. de conhecimentos e habilidades. da que as necessidades do que as necessidades do estudante. Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto 16 Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010 .. O currículo oferecido pela incluía oportunidades para • O currículo oferecido pelo IEP • O currículo oferecido pelo IEP instituição de ensino profissional. com alguma combinação especializada e dos módulos oferecidos dentro extra curriculares e das especialização.2 Resultados da Autoavaliação da Qualidade de Gestão do ICM – Níveis de Proficiência  1. da comunidade e da da comunidade e da indústria sejam currículo oferecido pelo IEP não satisfeitas.1.Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional 1. curriculares e disciplinas não actividades extra-curriculares e • O currículo inclui actividades extra académicas limitadas disciplinas não académicas para curriculares e actividades não apoiar o desenvolvimento dos académicas para apoiar o estudantes. da que as necessidades do aluno. independência. os intervenientes. IEP. em relação a • Consulta limitada ocorre na fase • Muitos intervenientes são • Todos os intervenientes são planificação das prioridades da inicial de planificação das consultados na fase inicial de consultados na fase inicial de IEP. na combinação • Inclusão limitada das actividades módulos.2. de conhecimento e • A falta de consulta ocorre com de independência. de conhecimentos e aplicações práticas de para as aplicações práticas de oportunidades práticas de de independência. aplicações práticas de inclui poucas oportunidades para inclui algumas oportunidades inclui muitas oportunidades para as habilidades. currículo.1. indústria sejam satisfeitas. desenvolvimento holístico dos estudantes. prioridades de IEP. conhecimentos e habilidades. satisfeitas. dé i pelos estudantes estudantes. necessidades de estudantes a módulos e pouca especialização • O currículo permite uma • O currículo providencia amplitude e serem tomados em disponível para os estudantes. habilidades. planificação para as prioridades planificação para as prioridades de • O IEP tem falta significativa de • Poucos intervenientes trabalham de IEP. combinação equilibrada de aprofundamento e permite uma consideração.2 Nível de Proficiência – Currículo   1: Insuficiente 2: Suficiente 3: Bom 4: Muito Bom • O IEP tem falta de foco nas • Poucos p professores asseguram g • Muitos pprofessores asseguram g • Todos os p professores asseguram g necessidades do estudante. a ser escolhida equilibrada de módulos a serem do currículo di i li disciplinas não ã – académicas. currículo de IEP. escolhidos para satisfazerem as • Não há actividades extra • O currículo incluí algumas necessidades dos estudantes. colaborativamente em apoio ao colaborativamente no apoio ao • Não há evidência das • Há combinações limitadas de currículo. independência. comunidade e da indústria.

2 É realizada uma avaliação efectiva dos estudantes  1.3 1.2.1.1.4 ‐ em instruções apropriadas.5 Programas de recuperação efectivos são implementados 1.83 EA. avaliação e feedback EA.2 Resultados da Autoavaliação da Qualidade de Gestão do ICM – Níveis de Proficiência  1.2 Nível de Proficiência – Ensino e Aprendizagem   Nível de Proficiência  Área de Avaliação 5: Ensino e Aprendizagem Área de Avaliação 5:  Ensino e Aprendizagem A planificação efectiva e a leccionação de ensino é evidente através dos resultados de aprendizagem melhorados e de  aquisição de habilidades por estudantes 1: Insuficiente 2: Suficiente 3: Bom 4: Muito Bom Resultados  Padrão  Auto‐avaliação EA.6 Carga de trabalho professor estudante 1.50 A monitoria efectiva da planificação e da leccionação conduz  a um  ensino e  EA.47 Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto 17 Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010 .00 aprendizagem positivos O  desenvolvimento efectivo das habilidades genéricas dos estudantes ocorre com base  EA 4 EA.1 Boa planificação e preparação efectiva do ensino e aprendizagem 1.50 Resultado da Auto-avaliação: 1.00 EA.Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional 1.

1.2 Nível de Proficiência – Ensino Aprendizagem   1: Insuficiente 2: Suficiente 3: Bom 4: Muito Bom • A A planificação e  planificação e •Os planos e preparação de  •Os planos e preparação de •O IEP tem programas de  •O IEP tem programas de •O IEP tem um programa de  •O IEP tem um programa de preparação geralmente  ensino existem em  preparação e de planificação bons  preparação e de planificação  não existem algumas áreas de IEP. •O IEP tem um bom programa de  e está em uso semestrais e anuais •As avaliações são feitas  avaliação.2. •O programa de recuperação  • Não há programas de  sem uma programação  •Os programas de recuperação são  altamente sucedido é  recuperação de  apropriada realizados por muitos professores  realizado pelo IEP e por todos  estudantes existentes •Há falta de trabalho de  na instituição de ensino  os professores recuperação feito. para o ensino e aprendizagem.Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional 1.2 Resultados da Autoavaliação da Qualidade de Gestão do ICM – Níveis de Proficiência  1. profissional altamente  • A leccionação do  •A leccionação de do  •O sistema de leccionação do  sistemático para ensino e  currículo depende dos  método curricular nas  currículo é efectivo e a  aprendizagem sistemático professores individuais professores individuais aulas é inconsistente e aulas é inconsistente e  implementação centrada no implementação centrada no  •Os Os professores usam dados  professores usam dados • Os professores as vezes  inclui práticas pouco  estudante e estratégias de  para ajustar as suas instruções  ajustam as suas  efectivas aprendizagem cooperativa estão  baseadas no desempenho dos  instruções baseados no  •Os professores as vezes  em operação. desempenho do estudante. estudantes desempenho de  ajustam as suas instruções  •Os professores as vezes ajustam a  •O IEP tem um sistema de  estudante p baseadas no desempenho  ç suas instruções baseados no  monitoria altamente efectivo  • Não há um feedback  de estudante. assegurando um feedback  apropriado providenciado  •O sistema de monitoria e  •A boa monitoria e o sistema de  muito bom para os estudantes  aos estudantes nos seus  avaliação é inconsistente  avaliação asseguram bom  no seu desempenho. desempenhos em providenciar feedback  feedback para os estudantes no  •Um programa de avaliação  ç • As avaliações e os testes  para os estudantes nos  seu desempenho efectiva e excelente que existe  são confinados a exames  seus desempenhos.1. profissional Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto 18 Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010 .

00 A direcção está comprometida com a prestação de contas e transparência em termos de  GR.Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional 1.2 Resultados da Autoavaliação da Qualidade de Gestão do ICM – Níveis de Proficiência  1.1.60 recursos e finanças da instituição de ensino profissional Resultado da Auto-avaliação: 1.00 pessoal no fornecimento de ensino e aprendizagem de qualidade GR.1 2.1.2 A direcção está comprometida em melhorar a infra‐estrutura do ensino profissional 1.2.3 1.2 Nível de Proficiência – Gestão de Recursos  Nível de Proficiência  Área de Avaliação 6: Gestão de Recursos Área de Avaliação 6:  Gestão de Recursos A atribuição eficiente e efectiva e da gestão de recursos (humanos / física /financeira) assegura que o IEP atinja as suas metas educacionais para os estudantes 1: Insuficiente 2: Suficiente 3: Bom 4: Muito Bom Resultados  Padrão  Auto‐avaliação A gestão de IEP está comprometida a trabalhar em parceria com o Ministério de Educação e  GR.59 Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto 19 Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010 .

2.2 Resultados da Autoavaliação da Qualidade de Gestão do ICM – Níveis de Proficiência  1.Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional 1.2 Nível de Proficiência – Gestão de Recursos  1: Insuficiente 2: Suficiente 3: Bom 4: Muito Bom • O O IEP tem estruturas e  IEP tem estruturas e •O O IEP tem estruturas e  IEP tem estruturas e •O O IEP tem estruturas e  IEP tem estruturas e •O O IEP tem estruturas e construções  IEP tem estruturas e construções facilidades muito pobres  construções médias que  construções de padrão alto  de qualidade muito alta que tem  que não cumprem com os  cumprem principalmente  que cumprem com os  instalações que cumprem com os  requisitos de segurança  com os padrões de  padrões de segurança  padrões de segurança • O IEP não tem pessoal  segurança •O IEP tem muito do pessoal  •O IEP tem um complemento  qualificado adequado para  q q p •Os membros de pessoal  p requerido que são  q q recheado de pessoal altamente  p leccionar a gama variada de  têm formação adequada  propriamente qualificados qualificado programas disponíveis mas básica •O pessoal e a direcção tem  •O pessoal e a direcção têm um  • Não há um foco evidente  •O pessoal e a direcção  alguns valores em comum e  conjunto de valores comuns que se  pelo pessoal e direcção nas  mostram pouco respeito  são geralmente apoiantes  traduzem num foco de  estratégias de  para as estratégias de  no melhoramente de IEP melhoramento de IEP melhoramento de IEP melhoramento de IEP  •A AGM é realizada em  •A Assembleia‐geral Anual (AGM) é  • A AGM não se realiza  •A AGM realiza se  muitas ocasiões conforme  realizada regularmente conforme  regularmente ocasionalmente e não de  os requisitos da constituição os requisitos da constituição • Os registos de rendimento e  acordo com a constituição •Todos os registos de  •Todos os documentos de  de despesas estão cheios de  •Os registos de rendimento  rendimento e de despesas  rendimentos e de despesas são  anomalias e de despesas tem  são adequadamente  preparados duma maneira  • Não há relatório financeiro  algumas anomalias  justificados profissional  escrito que é apresentado a  •O relatório financeiro  •O relatório financeiro anual  •Os relatórios financeiros anuais são  AGM na base anual anual foi apresentado  é usualmente auditado e  feitos auditorias por um  com erros apresentado para AGM contabilista credenciado e é  apresentado na AGM Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto 20 Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010 .1.1.

2.3 O ambiente de IEP promove crescimento e desenvolvimento intelectual 1.00 Resultado da Auto-avaliação: 1.1.Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional 1. físicas. emocionais. culturais e morais do estudante para  maximizar a aprendizagem 1: Insuficiente 2: Suficiente 3: Bom 4: Muito Bom Resultados Padrão  Auto‐avaliação AA.1 O ambiente físico de aprendizagem é amigável para o aluno.2 Nível de Proficiência – Ambiente de Aprendizagem  Nível de Proficiência  Área de Avaliação 7: Ambiente de Aprendizagem Área de Avaliação 7:  Ambiente de Aprendizagem O IEP endereça as necessidades intelectuais.50 AA.2 Resultados da Autoavaliação da Qualidade de Gestão do ICM – Níveis de Proficiência  1.52 Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto 21 Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010 .2 O ambiente de IEP reconhece a necessidade de promover o bem‐estar de todos os estudantes 1.1. sociais.14 AA.30 AA.4 Uma cultura de aprendizagem positiva é estabelecida 1. espirituais. 2.

1. • Os estudantes e o pessoal não  • Alguns estudantes e o  •Muitos estudantes e o  •Todos estudantes e o  têm o mesmo conjunto de  pessoal têm um conjunto de  pessoal têm um conjunto de  pessoal têm um conjunto de  valores comuns valores comuns valores comuns valores em comum • O IEP nunca reconhece a  •O IEP as vezes reconhece a  •O IEP usualmente reconhece  •O IEP sempre reconhece a  diversidade das necessidades  diversidade das necessidades  a diversidade das  diversidade das  dos estudantes através de  dos estudantes e por  necessidades dos estudantes  necessidades dos  respostas apropriadas conseguinte responde a elas e por conseguinte dá  estudantes e por  • Não há material ou  •Pouco material de  respostas conseguinte dá respostas equipamento de  aprendizagem e  •Alguns materiais de  •Uma gama variada de  aprendizagem disponíveis e  equipamentos estão  aprendizagem e  materiais de aprendizagem  usados para o apoio aos  disponíveis e usados para  equipamento mantido  e de equipamento bem  programas de ensino  apoiar os programas de  razoavelmente estão  mantido estão disponíveis e  aprendizagem ensino e aprendizagem disponíveis e usados para  usados para apoiar os  • A gestão do comportamento  •A gestão do comportamento  apoiar os programas de  i d programas de ensino  d i dos estudantes não constitui  dos estudantes é as vezes  ensino aprendizagem aprendizagem preocupação da IEP uma preocupação de IEP em  •A gestão do comportamento  •Gerir o comportamento dos  parceria com os pais dos estudantes é usualmente  estudantes é sempre uma  a preocupação da IEP em  preocupação da IEP em  parceria com os pais parceria com os pais parceria com os pais parceria com os pais Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto 22 Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010 .2 Nível de Proficiência – Ambiente de Aprendizagem  1: Insuficiente 2: Suficiente 3: Bom 4: Muito Bom • As expectativas dos  •As expectativas dos  As expectativas dos  •As expectativas do estudante  As expectativas do estudante  •As expectativas dos alunos  As expectativas dos alunos  estudantes não são satisfeitas  estudantes são parcialmente  são usualmente satisfeitas  são completamente  pelo IEP satisfeitas pelo IEP pelo IEP satisfeitas pelo IEP.2.2 Resultados da Autoavaliação da Qualidade de Gestão do ICM – Níveis de Proficiência  1.Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional 1.1.

2 Resultados da Autoavaliação da Qualidade de Gestão do ICM – Níveis de Proficiência  1.2.3 O IEP tem um Conselho Escolar activo 1.00 EIC.2 Nível de Proficiência – Envolvimento da Indústria / Comunidade  Nível de Proficiência  Área de Avaliação 8: Envolvimento da Indústria / Comunidade Área de Avaliação 8:  Envolvimento da Indústria / Comunidade O IEP interage com a indústria e com a comunidade em geral na realização das suas metas combinadas para os seus  estudantes 1: Insuficiente 2: Suficiente 3: Bom 4: Muito Bom Resultados  Padrão  Auto‐avaliação EIC.Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional 1.00 Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto 23 Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010 .00 Resultado da Auto-avaliação: 1.2 O IEP O IEP promove a unidade de apoio dentro da comunidade id d d i d d id d 1 00 1.1 As indústrias locais tomam um interesse activo no IEP 1.00 EIC 2 EIC.1.1.

2 Resultados da Autoavaliação da Qualidade de Gestão do ICM – Níveis de Proficiência  1.1.1.2 Nível de Proficiência – Envolvimento da Indústria / Comunidade  1: Insuficiente 2: Suficiente 3: Bom 4: Muito Bom • Não Não há evidência de  há evidência de •Pouco Pouco esforço está a ser  esforço está a ser •A A parceria industrial é  parceria industrial é •O O IEP estimulou uma parceria  IEP estimulou uma parceria envolvimento da indústria no  empreendido para envolver a  evidente com algum  de indústria activa que inclui  IEP  indústria e os assuntos de IEP envolvimento nos assuntos  o envolvimento de muitos  • Não há envolvimento  • Algum envolvimento  da IEP aspectos da operação de IEP comunitário é evidente comunitário é evidente  •A maioria da comunidade  • O compromisso do  • A comunidade raramente é  A comunidade raramente é •A comunidade é •A comunidade é  está envolvida  envolvimento comunitário é  envolvida na angariação de  parcialmente envolvida na  •A comunidade está  evidente fundos e nos projectos de  angariação de fundo e nos  envolvida na angariação de  •A comunidade está  desenvolvimento projectos de  fundos e nos projectos de  activamente envolvida na  • A comunidade nunca presta  desenvolvimento  desenvolvimento angariação de fundos e nos  auxílio ao IEP no  au o ao o •A comunidade raramente  co u dade a a e te •A comunidade as vezes  co u dade as e es projectos de  apetrechamento dos  presta auxílio ao IEP no  presta auxilio ao IEP no  desenvolvimento  programas educacionais apetrechamento dos  apetrechamento dos  •A comunidade presta auxílio  • Os professores nunca visitam  programas educacionais programas educacionais ao IEP no apetrechamento  as indústrias e a comunidade •Os professores raramente  •As vezes os professores  dos programas educacionais visitam a indústria e a  interagem com a indústria e  •Os professores interagem  comunidade com a comunidade. com a indústria e com a  comunidade numa base  regular. Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto 24 Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010 .Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional 1.2.

2 Resultados da Autoavaliação da Qualidade de Gestão do ICM – Níveis de Proficiência  1.2.2 Nível de Proficiência – Receptividade Nível de Proficiência  Área de Avaliação 9: Receptividade Área de Avaliação 9:  Receptividade O IEP responde as iniciativas do sistema e adapta programas para as necessidades em mudança 1: Insuficiente 2: Suficiente 3: Bom 4: Muito Bom Resultados  Resultados Padrão  Auto‐avaliação As iniciativas de PIREP e da DINET são incorporadas nos planos  e nos relatórios da instituição  R.1.3 ‐ indústria e a comunidade em geral Resultado da Auto-avaliação: - Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto 25 Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010 .  R.Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional 1.1.2 ‐ apoio para reformas administrativas O IEP é proactivo na promoção da apresentação de novos programas para os estudantes.1 ‐ de ensino profissional Os sistemas administrativos são estabelecidos dentro da IEP para providenciar direcção e  Os sistemas administrativos são estabelecidos dentro da IEP para providenciar direcção e R.

recebem nenhuma atenção do  e prioridades •Os novos programas  •Novos programas são  pessoal e da comunidade que  •Novos programas recebem  recebem atenção razoável  abraçados pelo pessoal e  não fizeram nenhuma  pouca atenção do pessoal e  do pessoal e comunidade  comunidade que são  tentativa para assegurar  da comunidade que somente  que tenta providenciar  activamente envolvidos em  benefícios para estudantes é minimamente focalizada  benefícios para os  assegurar benefícios para os  • Os progressos sobre a  nos benefícios de estudantes  estudantes  estudantes. PIREP) na sua  planificação anual e no ciclo  (ex. i l implementação das iniciativas  ã d i i i i •O progresso sobre a  b •O progresso sobre a  b •O progresso sobre a  b é rara ou nunca é reportada  implementação de iniciativas  implementação de  implementação das  para ninguém ou para poucos  é ocasionalmente reportado  iniciativas é reportado em  iniciativas é amplamente e  intervenientes para alguns intervenientes muitas ocasiões para a  frequentemente reportado  maioria dos intervenientes para todos os intervenientes Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto 26 Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010 .PIREP) na sua planificação  alguma atenção para a  planificação anual e no seu  de leccionação anual e no ciclo de  planificação e leccionação  ciclo de leccionação.2 Nível de Proficiência – Receptividade 1: Insuficiente 2: Suficiente 3: Bom 4: Muito Bom • O Plano Anual de Actividades  •O Plano Anual de Actividades  O Plano Anual de Actividades  •O Plano Anual de Actividade  O Plano Anual de Actividade  •O Plano Anual de Actividades  O Plano Anual de Actividades  inclui as iniciativas do nível de  faz pouca referência para as  inclui as iniciativas de nível  inclui iniciativas de nível de  sistema (ex. •Uma estratégia de monitoria  avaliação para apoiar a  •A estratégia de monitoria e  •A estratégia de monitoria e  e avaliação para apoiar a  implementação das reformas e  avaliação providencia poucos  avaliação providencia alguns  implementação das reformas  prioridades não é evidente detalhes sobre a  detalhes na implementação  e as prioridades da IEP é  • Os novos programas não  implementação de reformas  de reformas e prioridades  desenvolvido e operacional.1.1.2.Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional 1. PIREP) na sua  iniciativas de nível de sistema  de sistema (ex. • A estratégia de monitoria e  leccionação das iniciativas. PIREP) com  sistema (ex.2 Resultados da Autoavaliação da Qualidade de Gestão do ICM – Níveis de Proficiência  1.

 espirituais. físicas.Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional 1. emocionais. sociais. O foco do sucesso  2 Estudante escolar está nos resultados de aprendizagem melhorados conduzindo ao emprego A Gestão efectiva dos membros de pessoal mantém e melhora os resultados e garante  3 Gestão de Pessoal profissionalismo na leccionação efectiva de formação de qualidade e educação para os  estudantes O currículo é receptivo para as necessidades dos estudantes e relevante para a indústria e das  4 Currículo Currículo  necessidades sócio – id d ó i económicas da sociedade onde eles vivem ó i d i d d d l i A planificação efectiva e a leccionação de ensino é evidente através dos resultados de  5 Ensino e Aprendizagem aprendizagem melhorados e de aquisição de habilidades por estudantes A atribuição eficiente e efectiva e da gestão de recursos (humanos / física /financeira) assegura  6 Gestão de Recursos  que o IEP atinja as suas metas educacionais para os estudantes que o IEP atinja as suas metas educacionais para os estudantes Ambiente de  O IEP endereça as necessidades intelectuais. culturais e  7 Aprendizagem morais do estudante para maximizar a aprendizagem Envolvimento com  O IEP interage com a indústria e com a comunidade em geral na realização das suas metas  8 Indústria / Comunidade combinadas para os seus estudantes O IEP responde as iniciativas do sistema e adapta programas para as necessidades em mudança 9 Receptividade  Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto 27 Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010 .3 Resultados da Validação das Dimensões de Planeamento  Dimensão de Planeamento Definição  Estabelecer uma direcção e metas para a instituição de ensino profissional e por no lugar os  1 Liderança  mecanismos e estratégias necessários para se atingir os resultados de aprendizagem  pretendidos para os estudantes A aprendizagem do estudante é dependente da abordagem holística que tomam em  Sucesso Escolar do  consideração as suas capacidades de apreender e de atingir ao alto padrão.1.

 espirituais. psico pedagógicas e comportamentais dos professores e  e comportamentais dos professores e 3 Gestão de Pessoal da equipa de gestão e administrativa por forma a prestar um serviço escolar de qualidade  Aumentar o número de qualificações baseadas em padrões de competência e de estudantes  4 Currículo  inscritos nas qualificações por forma a facilitar a empregabilidade dos graduados Melhorar o planeamento. controle e condições de ensino aprendizagem por forma a assegurar  5 Ensino e Aprendizagem Ensino e Aprendizagem as competências dos graduados e professores Aumentar a eficiência na utilização dos recursos do Instituto por forma a melhorar a  6 Gestão de Recursos  sustentabilidade financeira da Instituição Criar um ambiente escolar que endereça as necessidades intelectuais. sociais.1 Plano Estratégico 2010‐2013  1. físicas. culturais e morais para facilitar a aprendizagem dos estudantes i i i it i lt i i f ilit di d t d t Aumentar a interacção com representantes da indústria e da comunidade por forma a  Envolvimento com Indústria  8 aproveitar oportunidades da envolvente e melhorar o nível de resposta às necessidades do  / Comunidade sector produtivo Garantir a existência de mecanismos de interacção e implementação da Reforma com a DINET  Garantir a existência de mecanismos de interacção e implementação da Reforma com a DINET 9 Receptividade  e PIREP/COREP para assegurar a resposta às necessidades destes em tempo útil e com a  qualidade requerida Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto 28 Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010 .4 Resultados da Validação de Objectivos Dimensão de Planeamento Objectivos A Aumentar a eficácia da liderança da equipa de gestão para assegurar o compromisso de todos  t fi á i d lid d i d tã i d t d 1 Liderança  os intervenientes no alcance da missão e visão da IEP Sucesso Escolar do  Assegurar alto nível de competências técnicas e comportamentais nos estudantes para facilitar  2 Estudante a inserção no mercado laboral (emprego ou auto‐emprego) Melhorar as competências científicas psico‐pedagógicas Melhorar as competências científicas.Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional 1.1.  7 p g Ambiente de Aprendizagem emocionais.

1 Plano Estratégico 2010‐2013 1. funcionários. professores  6 e estudantes que tem conhecimento da e estudantes que tem conhecimento da  reforma e suas implicações Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto 29 Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010 . DDECM.  Aumentar a eficácia da liderança da  3 Comissão de Pais) que recebem os  equipa de gestão para assegurar o equipa de gestão para assegurar o  relatórios de prestação de contas uma relatórios de prestação de contas uma  1 Liderança  compromisso de todos os  semana depois de elaborado  intervenientes no alcance da missão  # reuniões de discussão dos relatórios  e visão da IEP 4 de prestação de contas com professores  p e comunidade escolar por ano # de reuniões do conselho escolar por  5 ano % de gestores. PIREP.5 Resultados da Validação de Indicadores Dimensão de  Objectivos Indicadores Planeamento Existência de um Plano Estratégico  1 actualizado  Existência de um Plano Operacional de  2 acordo com a metodologia definida acordo com a metodologia definida % de destinatários (DINET.  DECCM.Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional 1. Sector Produtivo.1.

5 Resultados da Validação de Indicadores Dimensão de  Objectivos Indicadores  Planeamento Taxas de Aprovação de Estudantes nos  1 módulos das qualificações Taxa de Conclusão por Nível de  2 Qualificação Assegurar alto nível de  Taxa de Retenção (Probabilidade de um  competências técnicas e  membro de uma coorte de 1.1.Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional 1.000  Sucesso Escolar  3 alunos concluir um determinado grau  do Estudante comportamentais nos estudantes  2 de ensino ) (baseline = média de 61%  )( para facilitar a inserção no para facilitar a inserção no  mercado laboral (emprego ou  em 2007) 1 auto‐emprego Tempo médio (em dias) para os  graduados das qualificações de nível 5  4 encontrarem emprego ou criarem seu  próprio emprego após o término dos  estudos (baseline = média de 206 dias  em 2007) 2 Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto 30 Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010 .1 Plano Estratégico 2010‐2013 1.

1 Plano Estratégico 2010‐2013 1.1.2% dos graduados) 2 competências técnicas e  Salário médio dos graduados das  Sucesso Escolar  comportamentais nos estudantes  qualificações de nível 5.1% dos  graduados) 1 % de mulheres inscritas por nível de  8 qualificação Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto 31 Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010 .5 Resultados da Validação de Indicadores Dimensão de  Objectivos Indicadores  Planeamento Percentagem de graduados das  qualificações de nível 5 em postos de  5 trabalho directamente relacionados com  a sua formação (baseline = média de  Assegurar alto nível de  41.861 MT em 2007) 3 2007) 3 auto‐emprego) Grau de Satisfação de Empregadores  7 (baseline = média de 94.Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional 1. um ano após o  2 do Estudante para facilitar a inserção no  6 término dos estudos (baseline = média  mercado laboral (emprego ou mercado laboral (emprego ou  d 4 861 MT de 4.

1.1 Plano Estratégico 2010‐2013 1. psico‐pedagógicas e  Gestão de  comportamentais dos professores e  % de pessoal corpo de gestão e  3 3 Pessoal da equipa de gestão e administrativa  administrativo âmbito de formação por forma a prestar um serviço  Índice de satisfação de professores e  escolar de qualidade  4 corpo administrativo corpo administrativo % de mulheres que fazem parte do  5 quadro de pessoal de professores  1 # de qualificações implementadas Aumentar o número de qualificações  q ç baseadas em padrões de  % de estudantes da Escola inscritos nas  competência e de estudantes  2 qualificações baseadas em padrões de  4 Currículo  inscritos nas qualificações por forma  competências a facilitar a empregabilidade dos  # de propostas de revisão submetidas à  graduados 3 DINET (RET) por Qualificação Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto 32 Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010 .5 Resultados da Validação de Indicadores  Dimensão de  Objectivos Indicadores  Planeamento % de professores  do quadro âmbito de  1 formação (professores do quadro 22) % de professores  em tempo parcial  Melhorar as competências  2 âmbito de formação ç científicas psico pedagógicas e científicas.Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional 1.

1.1 Plano Estratégico 2010‐2013 1.Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional 1. controle e  % de módulos com verificação interna e  condições de ensino aprendizagem  3 Ensino e  externa realizada 5 por forma a assegurar as por forma a assegurar as  Aprendizagem competências dos graduados e  % de estudantes com fraco desempenho  professores 4 que são abrangidos por programas de  recuperação 5 # médio de estudantes por turma # médio de estudantes por turma % de módulos por qualificação com  6 manual do professor  7 % de módulos com manual do Aluno Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto 33 Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010 .5 Resultados da Validação de Indicadores   Dimensão de  Objectivos Indicadores  Planeamento % de professores utilizando as  1 metodologias de avaliação previstas no  currículo % de professores utilizando um plano  p p 2 analítico para implementação dos  módulos Melhorar o planeamento.

Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional 1.1 Plano Estratégico 2010‐2013 1.5 Resultados da Validação de Indicadores  Dimensão de  Objectivos Indicadores  Planeamento % de aumento das receitas próprias do  1 ICM (base = 200 000 MT) Aumentar a eficiência na utilização  % de implementação do plano de  2 Gestão de  Gestão de dos recursos do Instituto por forma dos recursos do Instituto por forma  investimentos da Escola investimentos da Escola 6 Recursos  a melhorar a sustentabilidade  Orçamento por estudante por ano (base  financeira da Instituição 3 = 4 140 MT por estudante) # de infracções na execução orçamental  4 (pela inspecção da educação) (pela inspecção da educação) Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto 34 Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010 .1.

  7 Aprendizagem emocionais.5 Resultados da Validação de Indicadores  Dimensão de  Objectivos Indicadores  Planeamento Criar um ambiente escolar que  Índice de satisfação dos estudantes com  responde as necessidades  1 o ambiente de aprendizagem Ambiente de  intelectuais. físicas.Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional 1.1 Plano Estratégico 2010‐2013 1. culturais e  morais para facilitar a aprendizagem  ## de novas iniciativas para melhorar o  de novas iniciativas para melhorar o 2 dos estudantes ambiente de aprendizagem Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto 35 Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010 . sociais. espirituais.1.

1 Plano Estratégico 2010‐2013 1.  2 necessidades destes em tempo útil  procedimentos e metodologias de ensino  e com a qualidade requerida e com a qualidade requerida aprendizagem) Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto 36 Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010 . políticas.Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional 1.1.5 Resultados da Validação de Indicadores  Dimensão de  Objectivos para Validar Indicadores  Planeamento Existência e funcionamento de parcerias  1 entre a Escola e o sector produtivo Aumentar a interacção com  representantes da indústria e da  # de encontros formais realizados com o  2 EEnvolvimento  l i comunidade por forma a  id d f sector privado por ano sector privado por ano 8 com Indústria /  aproveitar oportunidades da  # de encontros realizados com os pais por  Comunidade envolvente e melhorar o nível de  3 ano resposta às necessidades do sector  produtivo p # de modificações realizadas ao Currículo  4 resultado da interacção com a Indústria /  Comunidade (por qualificação) Garantir a existência de  % de implementação dos subsistemas da  1 mecanismos de interacção e  Educação CBT implementação da Reforma com a  9 Receptividade  DINET e PIREP/COREP para  % de instrumentos de gestão  assegurar a resposta às  implementados (normas.

Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional 1. funcionários. funcionários.1 Plano Estratégico 2010‐2013 1. funcionários.  aspectos da reforma / # de gestores aspectos da reforma / # de gestores.  % de gestores.6 Resultados da Definição de Metas Liderança  Meio de  D fi i ã Definição  Fó Fórmula  l 10 11 12 13 Verificação Existência de um Plano  até  até  até  até  Versões actualizadas do  1 Estratégico actualizado ‐ Dez Dez Dez Dez Plano Estratégico Existência de um Plano  até  até  até  até  2 O Operacional de acordo com a  i ld d ‐ Dez Dez Dez Dez Pl Plano Operacional O i l metodologia definida % de destinatários que  recebem os relatórios de  Notas de Recepção  3 prestação de contas uma  ‐ 85 90 95 100 (Protocolo) semana depois de elaborado semana depois de elaborado  # reuniões de discussão dos  relatórios de prestação de  4 contas com professores e  ‐ 2 2 2 2 Actas das Reuniões comunidade escolar por ano ## de reuniões do conselho  d iõ d lh 5 escolar por ano ‐ 2 2 2 2 Actas das Reuniões # de gestores.  professores e estudantes que  Pesquisa anual sobre a  professores e estudantes que  6 tem conhecimento da reforma  afirmam conhecer os diferentes  gestores.  professores e estudantes professores e estudantes e suas implicações pesquisados Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto 37 Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010 .1.

1 Plano Estratégico 2010‐2013 1. Este é um dos indicadores do PAD do PIREP.1% em  Registo  2007) 1 Académico) 1 Comparável com os resultados obtidos no indicador do baseline: “Taxa de Aprovação de Estudantes nas Instituições Target e Não Target” (com base no número de inscritos). O valor baseline acima é dos graduados das instituições target. Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto 38 Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010 .Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional 1.6 Resultados da Definição de Metas Sucesso Escolar do Estudante Meio de  Meio de Definição  Fórmula 10 11 12 13 Verificação Relação entre o número  Relatórios da  Taxas de Aprovação  de aprovados e o  Escola de Estudantes nos de Estudantes nos  número inscritos nos número inscritos nos  número de aprovados 1 x100 80 85 90 90 (Dados do  módulos das  módulos (baseline =  número de inscritos qualificações média de 62.1. nível médio.

7%  em 2007)  )1 1 Comparável com os resultados obtidos no indicador do baseline: “Taxa de Conclusão dos Estudantes das Instituições Target e Não Target”.  relação entre o  N3 80 80 85 90 número de  aprovados e o  Relatórios da  Taxa de  número  Escola (# de graduados no nível de  Conclusão  inscritos (em  2 por Nível de  todos os  qualificação / # de inscritos no nível  N4 80 85 90 (Dados do  de qualificação) x 100 g Registo  Qualificação módulos desse módulos desse  nível de  Académico) qualificação)  (baseline =  N5 85 90 média de 56. nível médio.1 Plano Estratégico 2010‐2013 1. O valor baseline acima é dos graduados das instituições target. Este é um dos indicadores do PAD do PIREP.1.Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional 1.7% do baseline refere-se apenas ao último ano dos cursos das instituições Target. Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto 39 Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010 .6 Resultados da Definição de Metas Sucesso Escolar do Estudante Meio de  Meio de Definição  Fórmula 10 11 12 13 Verificação Por nível de  qualificação. (atenção que o 56.

1.Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional 1. Este é um dos indicadores do PAD do PIREP. nível médio. O valor baseline acima é dos graduados das instituições target. nível médio.  Escola 3 de 1. Este é um dos indicadores do PAD do PIREP. comparado com o tempo médio do grupo de controlo”. 90 90 90 90 Contas. O valor baseline acima é dos graduados das instituições target.1 Plano Estratégico 2010‐2013 1.6 Resultados da Definição de Metas Sucesso Escolar do Estudante Meio de  Meio de Definição  Fórmula 10 11 12 13 Verificação Taxa de Retenção  (Probabilidade de um  Relatórios da  membro de uma coorte  Através de indicadores intermédios.se ou auto .  75 80 85 85 (Dados do  um determinado grau de  de Repetição e de Abandono Registo  ensino ) (baseline = média  Académico) de 61% em 2007) 1 Tempo médio (em dias)  para os graduados das  Relatórios de  qualificações de nível 5  Um ano após a conclusão dos estudos Prestação de  encontrarem emprego ou  4  criarem seu próprio  ∑ Dias p/ empregar .emp. Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto 40 Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010 . emprego após o término  # de graduados pesquisados Relatórios de  dos estudos (baseline dos estudos (baseline =  Avaliação do  ç média de 206 dias em  PIREP 2007) 2 1Comparável com os resultados obtidos no indicador do baseline: “Taxas de Retenção de Estudantes nas Instituições Target”. 2Comparável com os resultados obtidos no indicador do baseline: “Tempo médio (em dias) para os graduados encontrarem emprego ou criarem seu próprio emprego depois da sua formação nas de instituições alvo.000 alunos concluir  nomeadamente: Taxas de Promoção.

6 Resultados da Definição de Metas Sucesso Escolar do Estudante  Meio de  Meio de Definição  Fórmula 10 11 12 13 Verificação Percentagem de  graduados das  Relatórios da  qualificações de nível 5 Escola em postos de trabalho  Um ano após a conclusão dos estudos (Dados do  5 directamente  # empregues na área de formação x 100 65 70 Registo  relacionados com a sua  # de graduados pesquisado s Académico) formação (baseline =  média de 41.2% dos  d d )2 graduados)  Relatórios de  Relatórios de Prestação de  Salário médio dos  Contas graduados das  qualificações de nível 5.  Um ano após a conclusão dos estudos Relatórios de  6 um ano após o término  dos estudos (baseline =  ∑ Salários mensais individuais ‐ ‐ 7. por ramos nas instituições alvo que se empregaram ou criaram seu próprio emprego.1 Plano Estratégico 2010‐2013 1.Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional 1. O valor baseline acima é dos g graduados das instituições target.000 Avaliação do Avaliação do  # de graduados pesquisados PIREP média de 4. ç ) Este é um dos indicadores do PAD do PIREP. nível médio. Este é um dos indicadores do PAD do PIREP. Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto 41 Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010 . O valor baseline acima é dos graduados das instituições target. nível médio. 3 Comparável com os resultados obtidos no indicador do baseline: “Salário dos graduados das instituições alvo comparado com o do grupo de controlo”.1. em p postos de trabalho directamente relacionados com a sua formação)”. p g .000 8.861 MT em  2007) 3 2 Comparável com os resultados obtidos no indicador do baseline: “Percentagem de graduados.

Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional 1. Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto 42 Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010 . nível médio.6 Resultados da Definição de Metas Sucesso Escolar do Estudante Meio de  Meio de Definição  Fórmula 10 11 12 13 Verificação Relatórios de  Número de empregadores que dizem  Prestação de  que os seus trabalhadores recém Contas Grau de Satisfação de  Grau de Satisfação de graduados nas Qualificações de Nível 5  Empregadores (baseline  7 = média de 94. Grau de Satisfação de Empregadores”. O valor baseline acima é dos graduados das instituições target. Este é um dos indicadores do PAD do PIREP.1 Plano Estratégico 2010‐2013 1.1% dos  têm competências relevantes para o  90 90 mercado de trabalho comparativamente  Relatórios de  graduados) 1 Avaliação do  à totalidade de empregadores  pesquisados PIREP Relatórios da  Escola (Dados do  Número de mulheres inscritas por  Registo  % de mulheres inscritas  % de mulheres inscritas A dé i ) Académico) 8 por nível de qualificação qualificação / Número total de alunos  lifi ã / Nú ld l 35 40 45 50 inscritos x 100 Relatórios de  Prestação de  Contas 1Comparável com os resultados obtidos no indicador do baseline: “9.1.

Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional 1.1 Plano Estratégico 2010‐2013 1.1.6 Resultados da Definição de Metas Gestão de Pessoal Meio de  Meio de Definição  Fórmula 10 11 12 13 Verificação Relatórios da  Académica 45 26 26 16 Escola % de professores   (Dados do Registo  do quadro  Académico) Psicopedagógica (# de professores que receberam  (# de professores que receberam 35 20 15 6 âmbito de  1 formação /  # de professores da  formação  Escola) x 100 Relatórios de  (professores do  quadro 31) Técnica de curta  Prestação de  48 32 32 32 Contas duração  Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto 43 Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010 .

6 Resultados da Definição de Metas Gestão de Pessoal Meio de  Meio de Definição  Fórmula 10 11 12 13 Verificação Relatórios da  Académica ‐ ‐ ‐ ‐ Escola % de professores   (Dados do Registo  em tempo parcial  Académico) Psicopedagógica (# de professores que receberam  (# de professores que receberam 35 30 15 15 âmbito de  2 formação /  # de professores da  formação  Escola) x 100 Relatórios de  (professores em  tempo parcial 1) Técnica de curta  Prestação de  25 25 20 15 Contas duração  Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto 44 Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010 .1 Plano Estratégico 2010‐2013 1.1.Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional 1.

1.Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional 1.6 Resultados da Definição de Metas Gestão de Pessoal Meio de  Meio de Definição  Fórmula 10 11 12 13 Verificação Académica 2.1 Plano Estratégico 2010‐2013 1.5 5 5 5 Relatórios da  Escola % de pessoal corpo de  Psicopedagóg (# de funcionários que recebeu  (Dados do Registo  ‐ ‐ ‐ ‐ gestão e  iica formação /  # de funcionários da  Académico) 3  Escola) x 100 administrativo âmbito  Técnica de  de formação (40) 25 25 25 25 curta duração  Relatórios de  Prestação de  Ensino Médio 10 10 12 15 Contas Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto 45 Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010 .

 salários e benefícios.1. relações  Relatório de  do do  Mais  Mais Mais  Mais Mais  Mais 4 professores e corpo  com as chefias.1 Plano Estratégico 2010‐2013 1.  de Satisfação Base comunicação e qualidade de vida no  trabalho) Relatórios da  Escola (Dados do  Registo  Académico) % de mulheres que fazem  Numero de Professoras do quadro  /  5 parte do quadro de  Número Total de Professores do quadro  35 35 35 35 Relatório de  pessoal de professores  x 100 Prestação de  Contas Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto 46 Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010 .Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional 1. trabalho em  Estu Índice de satisfação de  equipa. condições de trabalho. relações entre  Inquérito Anual  de  10% 10% 10% administrativo companheiros.6 Resultados da Definição de Metas Gestão de Pessoal Meio de  Meio de Definição  Fórmula 10 11 12 13 Verificação Índice de Satisfação (média de satisfação  nas dimensões: liderança.

6 Resultados da Definição de Metas Currículo  Meio de  Meio de Definição  Fórmula 10 11 12 13 Verificação Guias  1 1 1 Turísticos Nível 5  Contabilida 1 1 1 de Guias  Relatórios de  1 1 1 1 Prestação de  Turísticos # de qualificações  Nível 4 Contas 1 i l implementadas t d Contabilida 1 1 1 1 de Relatórios da  Guias  Escola 1 1 1 1 Turísticos Nível 3 Contabilida 1 1 1 1 de Total  4 6 6 6 Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto 47 Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010 .Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional 1.1.1 Plano Estratégico 2010‐2013 1.

6 Resultados da Definição de Metas Currículo  Meio de  e o de D fi i ã Definição  Fó Fórmula l 10 11 12 13 Verificação Guias  Turísticos 24 21 Nível 5 Contabilidade 23 21 Guias  Turísticos 30 24 22 Relatórios da  Nível 4 Escola Contabilidade 28 24 22 (Dados do  % de estudantes da  (# de estudantes Registo  Guias  Escola inscritos nas Escola inscritos nas  inscritos nas Turísticos 37 30 25 25 Académico) 2 qualificações baseadas  qualificações / # de  Nível 3  em padrões de  estudantes da Escola) x  Contabilidade 34 30 25 25 competências 100 Relatórios de  Total de estudantes  Prestação de  inscritos nas novas  71 118 145 136 Contas qualificações lifi õ % estudantes nas novas  5% 8% 11% 11% Qualificações  Total de Estudantes da  1521 1451 1350 1250 Escola Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto 48 Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010 .Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional 1.1.1 Plano Estratégico 2010‐2013 1.

1.Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional 1.1 Plano Estratégico 2010‐2013 1.6 Resultados da Definição de Metas Currículo  Meio de  e o de D fi i ã Definição  Fó Fórmula l 10 11 12 13 Verificação # de propostas de  Relatórios de  revisão submetidas à  3  DINET (RET) por  1 1 1 1 Prestação de  contas Qualificação Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto 49 Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010 .

1.Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional 1.1 Plano Estratégico 2010‐2013 1.6 Resultados da Definição de Metas Ensino e Aprendizagem Meio de  Meio de Definição  Fórmula 10 11 12 13 Verificação % de professores  utilizando as  1 metodologias de  # professores utilizando a metodologia 100 100 100 100 x100 avaliação previstas avaliação previstas  # de professores da Escola no currículo % de professores  Relatório de  utilizando um plano  Prestação de  # professores utilizando plano analítico 2 analítico para  x100 100 100 100 100 Contas implementação dos  implementação dos # de professores da Escola módulos Relatórios da  % de  Escola módulos  Interna 100 100 100 100 com  # modulos com verificação feita 3  verificaçã x100 o interna  # modulos d l durante d t o ano e externa  externa 100 100 100 100 realizada Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto 50 Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010 .

6 Resultados da Definição de Metas Ensino e Aprendizagem Meio de  Meio de Definição  Fórmula 10 11 12 13 Verificação % de estudantes com  fraco desempenho  # estudantes abrangidos pelos programas Relatório de  4 que são abrangidos  x100 100 100 100 100 Prestação de  por programas de por programas de  # estudantes com fraco desempenho p Contas recuperação Relatórios da  # médio de  Escola 5 estudantes por  18 18 18 18 turma Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto 51 Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010 # estudantes inscritos 100 .Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional 1.1 Plano Estratégico 2010‐2013 1.1.

1.6 Resultados da Definição de Metas Ensino e Aprendizagem Meio de  Meio de Definição  Fórmula 10 11 12 13 Verificação % de módulos por  Número de módulos por qualificação com  qualificação com  6 manual do professor / numero de módulos por  20 50 80 100 manual do  Relatório de  qualificação x 100 qualificação x 100 professor  Prestação de  Contas Número de módulos por qualificação com  % de módulos com  7 manual do aluno / numero de módulos por  20 50 80 100 manual do Aluno qualificação x 100 Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto 52 Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010 .Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional 1.1 Plano Estratégico 2010‐2013 1.

366.Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional 1.6 Resultados da Definição de Metas Gestão de Recursos Meio de  Meio de Definição  Fórmula 10 11 12 13 Verificação % de aumento das  Receita anual do ano /receita anual do  1 receitas próprias do ICM  ano anterior  x 100 20% 20% 20% 20% (base = 200 000 MT) Relatórios da  Relatórios da Escola % de implementação do  # de actividades implementadas 100 100 100 100 2 plano de investimentos  x100 % % % % da Escola # de actividades previstas para o ano Relatórios de  Prestação de  Orçamento por  Orçamento por C t Contas estudante por ano (base  Orçamento total (interno e externo) 14.00 por ano para  3 = 99.400.1.000 MT por   x100 146 estudantes  # médio estudantes inscritos no ano estudante) # de infracções na  Relatórios de  execução orçamental execução orçamental  4 (pela inspecção da  ‐ 0 0 0 0 Inspecção de  Educação educação) Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto 53 Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010 .1 Plano Estratégico 2010‐2013 1.

1.6 Resultados da Definição de Metas Ambiente de Aprendizagem Meio de  Meio de Definição  Fórmula 10 11 12 13 Verificação Índice de satisfação dos  Estud Relatórios do  Mais  Mais  Mais  1 estudantes com o ambiente de  ‐ o de  inquérito anual  10% 10% 10% aprendizagem Base de satisfação de satisfação # de novas iniciativas para  melhorar o ambiente de  Relatórios da  2 aprendizagem ‐ 2 2 2 2 Escola 2 2 2 2 Relatórios de  3 # de alunos por computador ‐ Prestação de  19 21 24 27 Contas 4 # de livros adquiridos por ano ‐ 20 17 12 10 Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto 54 Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010 .1 Plano Estratégico 2010‐2013 1.Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional 1.

1 Plano Estratégico 2010‐2013 1.Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional 1.6 Resultados da Definição de Metas Envolvimento Indústria / Comunidade Meio de  Meio de Definição  Fórmula 10 11 12 13 Verificação Acordos de  Existência e funcionamento de parcerias  Número de parcerias  Parceria entre a Escola e o sector produtivo  estabelecidas formalmente  1 10 7 5 5 (memorandos de entendimento (memorandos de entendimento  com o sector produtivo (em com o sector produtivo (em  formalizados ) cada ano) Relatórios da  Escola Actas dos  # de encontros formais realizados com o  2 ‐ 2 2 2 2 encontros sector produtivo por ano sector produtivo por ano Relatórios da  # de pais participantes /  Escola 3 % de pais que participam nas reuniões  total de pais convidados  50 60 80 90 X100 Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto 55 Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010 .1.

1 Plano Estratégico 2010‐2013 1.Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional 1.1.6 Resultados da Definição de Metas Envolvimento Indústria / Comunidade Meio de  Meio de Definição  Fórmula 10 11 12 13 Verificação # de representantes do  Relatórios da  sector produtivo  % de representantes do sector produtivo  Escola 4 participantes / total de  60 60 70 70 que participam nas reuniões que participam nas reuniões  representantes do sector  produtivo  convidados X100 Actas dos  Encontros # de encontros realizados com os pais por  5 ‐ 2 2 2 2 ano # de modificações realizadas ao Currículo  Relatórios de  6 resultado da interacção com a Indústria /  ‐ 1 1 1 1 Prestação de  Comunidade (por qualificação) Contas Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto 56 Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010 .

1 Plano Estratégico 2010‐2013 1. procedimentos e  x100 70 100 100 100 # instrumento previstos pela reforma Contas metodologias de ensino  aprendizagem) Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto 57 Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010 .Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional 1.1.6 Resultados da Definição de Metas Receptividade Meio de  Meio de Definição  Fórmula 10 11 12 13 Verificação % de implementação dos  # subsistemas implementados 1 subsistemas da Educação CBT x100 70 100 100 100 # subsistemas do CBT Relatórios da  Relatórios da Escola % de instrumentos de gestão  implementados (normas.  Relatórios de  # de instrumentos implementados Prestação de  2 políticas.

 pais. A ã d L.4 Processos de avaliação claros e efectivos são implementados Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto 58 Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010 .Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional 1. Liderança  Aumentar a eficácia da liderança da equipa de gestão para assegurar o compromisso de todos os  Objectivo Objectivo  intervenientes no alcance da missão e visão da IEP Indicadores  1 Existência de plano estratégico actualizado e 1 plano operacional anual de acordo com a metodologia definida 2 Existência de um Plano Operacional de acordo com a metodologia definida 3  % de destinatários que recebem os relatórios de prestação de contas uma semana depois de elaborado  4 # reuniões de discussão dos relatórios de prestação de contas com professores e comunidade escolar por ano 5 # de reuniões do conselho escolar por ano Estratégias g Resultado Esperado p A direcção geral da instituição de ensino profissional está clara e é apoiada  1. Governo e Conselho  L. Divulgar planos  e relatórios (especialmente para  sector produtivo.1 pelos estudantes. professores.2 A liderança educativa é evidente Escolar) 3 Assegurar a prestação de contas   3. parceiros.1 Plano Estratégico 2010‐2013  1.1. empregadores e outros intervenientes 2.3 A mudança é gerida efectivamente 4. Reforçar e assegurar a comunicação com todos os  intervenientes (especialmente sector produtivo e  parceiros) L.7 Resultados da Definição de Estratégias e Validação de Resultados Esperados  1. Promover fóruns de discussão L.

1 Os estudantes ganham acesso ao emprego  2. Capacitar os professores e melhorar a planificação das aulas SEE.1% dos graduados)  8 Número de mulheres inscritas por nível de qualificação Estratégias Resultado Esperado 1.Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional 1. um ano após o término dos estudos (baseline = média de 4.1.1 Plano Estratégico 2010‐2013  1.000 alunos concluir um determinado grau de ensino ) (baseline = média de  3  61% em 2007) 1 Tempo médio (em dias) para os graduados das qualificações de nível 5 encontrarem emprego ou criarem seu próprio emprego após o término dos  4 estudos (baseline = média de 206 dias em 2007) 2 Percentagem de graduados das qualificações de nível 5 em postos de trabalho directamente relacionados com a sua formação (baseline = média de  5 41.2% dos graduados) 2 6 Salário médio dos graduados das qualificações de nível 5. Melhorar a qualidade do ensino aprendizagem e do currículo SEE.3 alto 5. Fortalecer a interacção com o sector produtivo SEE. Vender a imagem da Escola e dos graduados A participação do estudante e o comportamento pessoal está a um nível  4 4.4 pares e outros significantes para promover a sua aprendizagem Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto 59 Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010 .  6. Sucesso Escolar do Estudante Assegurar alto nível de competências técnicas e comportamentais nos estudantes para facilitar a  Objectivo  iinserção no mercado laboral (emprego ou auto‐emprego ã d l b l( t Indicadores  1 Taxas de Aprovação de Estudantes nos módulos das qualificações 2 Taxa de Conclusão por Nível de Qualificação Taxa de Retenção (Probabilidade de um membro de uma coorte de 1. Fortalecer e direccionar o processo de estágios Fortalecer e direccionar o processo de estágios SEE.2 Resultados de aprendizagem em resultados melhorados  3.861 MT em 2007) 7 Grau de Satisfação de Empregadores (baseline = média de 94.7 Resultados da Definição de Estratégias e Validação de Resultados Esperados  2. Monitorar os indicadores de sucesso  escolar Os estudantes ocupam se em relações saudáveis com os seus professores.

 Gestão de Pessoal Melhorar as competências científicas. Formar professores nos módulos gerais e vocacionais.7 Resultados da Definição de Estratégias e Validação de Resultados Esperados  3.5 O Trabalho em equipa é a característica da instituição do ensino profissional do professor da Educação técnico Profissional do professor da Educação técnico Profissional.4 desenvolvimento profissional 6. Reforçar a biblioteca da Escola GP. Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto 60 Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010 . Criar incentivos baseados na produção do instituto.  Os professores são qualificados e propriamente formados para ensinar na  GP.1 Plano Estratégico 2010‐2013  1. Formar os funcionários do instituto para aumentar o  Os professores são membros valiosos da equipa  da instituição do ensino  desempenho do trabalho em  equipa GP.2 profissional e trabalham para metas partilhadas 3. quer psicopedagógicos turma ou área de disciplina para qual foram designados 2. Propor ao MEC a  modificação da carreira profissional  GP. 7. corpo professor e administrativo 5 % de mulheres que fazem parte do quadro de pessoal de professores  Estratégias para Validar Resultado Esperado 1. psico‐pedagógicas e comportamentais dos professores e da equipa  Objectivo  j d de gestão e administrativa por forma a prestar um serviço escolar de qualidade  tã d i i t ti f t i l d lid d Indicadores  1 % de professores  do quadro âmbito de formação (professores do quadro 22) 2 % de professores  em tempo parcial âmbito de formação 3  % de pessoal corpo de gestão e administrativo âmbito de formação 4 Índice de satisfação de professores .3 E it Existem duas linhas claras de comunicação d li h l d i ã 4. Contratar professores e um técnico de informática para  completar o quadro tipo da instituição l t d ti d i tit i ã GP 3 GP.1 quer em aspectos técnicos.Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional 1. Criar condições para auto‐formação Os professores são dados uma oportunidade para optimizar o seu  5.1.

Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional

1.1 Plano Estratégico 2010‐2013 
1.1.7 Resultados da Definição de Estratégias e Validação de Resultados Esperados 
4. Currículo 
Aumentar o número de qualificações baseadas em padrões de competência e de estudantes inscritos nas 
Objectivo
Objectivo 
qualificações por forma a facilitar a empregabilidade dos graduados
f f f
Indicadores 
1 # de qualificações implementadas
2 % de estudantes da Escola inscritos nas qualificações baseadas em padrões de competências
3  # de propostas de revisão submetidas à DINET (RET) por Qualificação
d d i ã b id à ( ) lifi ã
Estratégias  Resultado Esperado
O Currículo é flexível, relevante e corresponde às necessidades e expectativas do 
C.1
estudante, da comunidade e do sector produtivo
1. Conhecer sempre as necessidades do mercado A combinação de unidades nos programas direccionando à qualificação é optimizada 
ç p g q ç p
C2
C.2
2. Capacitar a escola para receber as qualificações através da  para satisfazer as necessidades de emprego dos estudantes
formação de professores e aquisição de recursos 
C.3 Uma variedade de estratégias instrucionais é usada para a leccionação do currículo
(equipamento)
3. Aumentar a exposição dos estudantes aos sector  Co‐currículos e as disciplinas não‐ académicas apoiam o desenvolvimento holístico dos 
C.4
produtivo estudantes
Os relatórios de estudantes permitem aos pais fazer escolhas informadas em relação as 
Os relatórios de estudantes permitem aos pais fazer escolhas informadas em relação as
C.5
opções pós‐escolares

Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto
61
Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010

Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional

1.1 Plano Estratégico 2010‐2013 
1.1.7 Resultados da Definição de Estratégias e Validação de Resultados Esperados 
5. Ensino e Aprendizagem
Melhorar o planeamento, controle e condições de ensino aprendizagem por forma a assegurar as competências dos 
Objectivo
Objectivo 
graduados e professores
f
Indicadores 
1 % de professores utilizando as metodologias de avaliação previstas no currículo
2 % de professores utilizando um plano analítico para implementação dos módulos
3 % de módulos com verificação interna e externa realizada
d ód l ifi ã i li d
4 % de estudantes com fraco desempenho que são abrangidos por programas de recuperação
5 # médio de estudantes por turma
6 % de módulos por qualificação com manual do professor 
7 %d
% de módulos com manual do Aluno
ód l l d Al
Estratégias  Resultado Esperado

1. Actualizar os gestores e professores nas matérias de  EA.1 Boa planificação e preparação efectiva do ensino e aprendizagem
planificação analítica, avaliação (verificação interna e 
EA.2 É realizada uma avaliação efectiva dos estudantes 
externa)
2. Assegurar uma boa articulação com a DPEC‐RET e PIREP A monitoria efectiva da planificação e da leccionação conduz  a um  ensino e 
A i i f i d l ifi ã d l i ã d i
EA.3
3. Dimensionar  as entradas de estudantes (número de  aprendizagem positivos
alunos por turma) O  desenvolvimento efectivo das habilidades genéricas dos estudantes ocorre com 
4. Garantir a existência de manuais para o professor e os  EA.4
base em instruções apropriadas, avaliação e feedback
estudantes.
EA.5 Programas de recuperação efectivos são implementados
5. Programar as aulas de recuperação de acordo com os 
resultados da avaliação formativa. EA.6 Carga de trabalho professor estudante

Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto
62
Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010

Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional

1.1 Plano Estratégico 2010‐2013 
1.1.7 Resultados da Definição de Estratégias e Validação de Resultados Esperados 
6. Gestão de Recursos
Aumentar a eficiência na utilização dos recursos do Instituto por forma a melhorar a sustentabilidade financeira da 
Objectivo
Objectivo 
Instituição
Indicadores 
1 % de aumento das receitas próprias do ICM (base = 200 000 MT)
2 % de implementação do plano de investimentos da Escola
3 Orçamento por estudante por ano (base = 4 140 MT por studante)
d (b d )
4 # de infracções na execução orçamental (pela inspecção da educação)
Estratégias  Resultado Esperado

1. ç
Melhorar a relação entre receitas e custos A gestão de IEP está comprometida a trabalhar em parceria com o Ministério de 
GR.1
Educação e pessoal no fornecimento de ensino e aprendizagem de qualidade
2. Aumentar a fiabilidade da informação financeira
3. Melhorar a atribuição de custos para as actividades
4. Conhecer o custo por ano do processo de ensino 
GR.2 A direcção está comprometida em melhorar a infra‐estrutura do ensino profissional
aprendizagem.
5. Rentabilizar a infra‐estrutura da escola
6.
6 R li
Realizar a prestação de contas.
ã d
A direcção está comprometida com a prestação de contas e transparência em termos 
7. Melhorar a responsabilização dos funcionários. GR.3
de recursos e finanças da instituição de ensino profissional

Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto
63
Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010

1 Plano Estratégico 2010‐2013  1. sociais.7 Resultados da Definição de Estratégias e Validação de Resultados Esperados  7. culturais e morais para facilitar a aprendizagem dos estudantes Indicadores  1 Índice de satisfação dos estudantes com o ambiente de aprendizagem 2 # de novas iniciativas para melhorar o ambiente de aprendizagem Estratégias  Resultado Esperado 1.  Objectivo Objectivo  emocionais.1 O ambiente físico de aprendizagem é amigável para o aluno.2 estudantes professores AA.1. Melhorar o acesso a livros e internet para estudantes e  AA. 2. físicas. Aumentar fóruns de discussão O ambiente de IEP reconhece a necessidade de promover o bem‐estar de todos os  3. espirituais.3 O ambiente de IEP promove crescimento e desenvolvimento intelectual O ambiente de IEP promove crescimento e desenvolvimento intelectual 4. Ambiente de Aprendizagem Criar um ambiente escolar que endereça as necessidades intelectuais.4 Uma cultura de aprendizagem positiva é estabelecida Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto 64 Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010 . Mobilizar meios para obtenção de equipamento.  mobiliário e sua manutenção AA.Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional 1. Reforçar e melhorar os espaços verdes AA.

Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional 1.1 Plano Estratégico 2010‐2013  1. Aumentar a representatividade do sector produtivo no  EIC. Apresentar projectos ao sector produtivo 3. Envolvimento Indústria / Comunidade Aumentar a interacção com representantes da indústria e da comunidade por forma a aproveitar oportunidades da  Objectivo Objectivo  envolvente e melhorar o nível de resposta às necessidades do sector produtivo í à Indicadores  1 Existência e funcionamento de parcerias entre a Escola e o sector produtivo 2 # de encontros formais realizados com o sector privado por ano 3  # de encontros realizados com os pais por ano d li d i 4 # de modificações realizadas ao Currículo resultado da interacção com a Indústria / Comunidade (por qualificação) Estratégias  Resultado Esperado 1.3 O IEP tem um Conselho Escolar activo conselho escolar Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto 65 Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010 . Abrir espaços de discussão com o sector produtivo.1 As indústrias locais tomam um interesse activo no IEP p comunidade e os pais 2. a  EIC. Informar o sector produtivo sobre o desempenho da  EIC.1.2 O IEP promove a unidade de apoio dentro da comunidade escola 4.7 Resultados da Definição de Estratégias e Validação de Resultados Esperados  8.

 Receptividade  Garantir a existência de mecanismos de interacção e implementação da Reforma com a DINET e  Objectivo Objectivo  PIREP/COREP para assegurar a resposta às necessidades destes em tempo útil e com a qualidade requerida Indicadores  1 % de implementação dos subsistemas da Educação CBT 2 % de instrumentos de gestão implementados (normas. O IEP é proactivo na promoção da apresentação de novos programas para os  R.Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional 1. Garantir a informação das iniciativas de reforma do PIREP  para todos os intervenientes. Elaborar o relatório de acordo com as normas definidas R. políticas.1.3 estudantes. indústria e a comunidade em geral Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto 66 Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010 . procedimentos e metodologias de ensino aprendizagem) Estratégias  Resultado Esperado As iniciativas de PIREP e da DINET são incorporadas nos planos  e nos relatórios da  R. Assegurar mecanismo de monitoria e avaliação do plano Os sistemas administrativos são estabelecidos dentro da IEP para providenciar direcção  Os sistemas administrativos são estabelecidos dentro da IEP para providenciar direcção 3.1 instituição de ensino profissional 1.1 Plano Estratégico 2010‐2013  1. Melhorar a metodologia de planificação estratégica 2.7 Resultados da Definição de Estratégias e Validação de Resultados Esperados  9.2 e apoio para reformas administrativas 4.

1 Plano Estratégico 2010‐2013 1.  1 1 1 1 professores e Conselho Escolar) Criar e fixar  um quadro contendo a Missão e a Visão da  4 criar e fixar criar e fixar i i i ã instituição Elaborar e Publicar o Estatuto Orgânico e Regulamento  5 elaborar Interno Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto 67 Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010 . professores.1 empregadores e outros intervenientes Elaborar e  Elaborar e implementar uma Estratégia de Comunicação  iniciar  Implemen‐ Implemen‐ Implemen‐ 1 interna e externa (L.3) implemen‐ tação tação tação tação 2 Criar o Conselho de Escola Criar o Conselho de Escola Realizar   um Workshop anual de revisão do Plano  3 Estratégico e revisão do Plano Operacional (gestão.  RE L.Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional 1.1. pais.8 Resultados da Definição de Iniciativas Estratégicas  Liderança Quantidade / Tempo Quantidade / Tempo  Iniciativas Estratégicas 2010 2011 2012 2013 A direcção geral da instituição de ensino profissional está clara e é apoiada pelos estudantes.2 e L.

 sector produtivo e outros  intervenientes) Realizar sessões de capacitação da equipa de gestão do Realizar sessões de capacitação da equipa de gestão do  2 1 1 1 1 Instituto em Gestão Escolar 3 Elaborar e publicar a estrutura organica elab/public Realizar uma reunião mensal para monitoria do  4 12 12 12 12 processo de gestão do Instituto Elaborar o quadro de honra do ICM para funcionários e Elaborar o quadro de honra do ICM para funcionários e  5 elab imp imp imp estudantes  Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto 68 Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010 .8 Resultados da Definição de Iniciativas Estratégicas  Liderança Quantidade / Tempo Quantidade / Tempo  Iniciativas Estratégicas 2010 2011 2012 2013 RE.Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional 1. pais. CE.1 Plano Estratégico 2010‐2013 1. gestão da  escola. Visão e Valores e informar sobre a  1 1 1 1 1 implementação da Reforma (estudantes.2 A liderança educativa é evidente Realizar um Workshop anual com todos os  intervenientes para reforçar o compromisso com a intervenientes para reforçar o compromisso com a  Missão. professores.1.L.

 professores.3 A mudança é gerida efectivamente Realizar reuniões específicas (apresentar projectos e angariar  1 2 2 2 2 recursos)com o sector produtivo. parceiros e doadores Realizar intercâmbio com outras escolas piloto ou escolas do  2 1 1 1 1 estrangeiro (professores) RE. estudantes e  Realizar uma reunião com a equipa de gestão professores estudantes e 3 sector produtivo para analisar os resultados da autoavaliação e  1 1 1 1 avaliaçao externa do Instituto Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto 69 Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010 .8 Resultados da Definição de Iniciativas Estratégicas  Liderança  Quantidade / Tempo Quantidade / Tempo  Iniciativas Estratégicas 2010 2011 2012 2013 RE.1 Plano Estratégico 2010‐2013  1.1.L.4 Processos de avaliação claros e efectivos são implementados Realizar reuniões de discussão dos Relatórios de Prestação de Contas  1 2 2 2 2 com professores e estudantes Realizar reuniões de discussão dos Relatórios de Prestação de Contas  2 2 2 2 2 com o Conselho Escolar Realizar uma reunião com a equipa de gestão.Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional 1.L.

2 Resultados de aprendizagem em resultados melhorados  Actualizar o Plano de Formação dos professores e funcionários administrativos  1 de longo prazo (também para GP.3) Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto 70 Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010 .1 Os estudantes ganham acesso ao trabalho Estabelecer memorandos / acordos formalizados com o sector produtivo para  1 10 7 5 5 realizar estágios e absorver graduados 2 Realizar um estudo sobre o grau de satisfação dos empregadores  1 1 1 1 Realizar um estudo do grau de empregabilidade dos graduados do ICM  3 1 1 1 1 (graduados do novo) Estabelecer um sistema informatizado de monitoria e avaliação dos  4 indicadores de sucesso escolar (ter como base os questionários do Estudo de  d d d l ( b á d d d Base 2007 do PIREP) RE.SEE.8 Resultados da Definição de Iniciativas Estratégicas  Sucesso Escolar do Estudante  Quantidade / Tempo  Iniciativas Estratégicas é 2010 2011 2012 2013 RE.SEE.1.1 Plano Estratégico 2010‐2013  1.Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional 1.1) 2 Elaboração de Manuais para o professor elaborar 3 Elaboração de Manuais para o estudante elaborar Realizar sessões de capacitação (formação de curto Prazo)dos professores com  4 2 2 2 2 base no Plano Formação 5 Implementar a metodologia de avaliação interna e externa (também para SEE.

 pares e outros significantes para promover a  RE.4 sua aprendizagem 1 Promover actividades extra curriculares 2 2 2 2 Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto 71 Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010 .8 Resultados da Definição de Iniciativas Estratégicas  Sucesso Escolar do Estudante  Quantidade / Tempo Quantidade / Tempo  Iniciativas Estratégicas 2010 2011 2012 2013 RE:SEE.3 A participação do estudante e o comportamento pessoal está a um nível alto Elaborar um plano de apresentação de projectos.  trabalho de pesquisas  Elaborar um plano de apresentação de projectos trabalho de pesquisas 1 1 1 1 1 dos estudantes no fim de curso Realizar  um questionário de avaliação do professor no fim de cada módulo  2 pelos estudantes Os estudantes ocupam se em relações saudáveis com os seus professores.1 Plano Estratégico 2010‐2013  1.Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional 1.1.SEE.

1.GP.1 Os professores são qualificados e propriamente formados para ensinar na turma ou área de disciplina para qual foram  designados Elaborar  e  Impleme Impleme Impleme 1 Elaborar um plano de contratação de professores iniciar  ntação ntação ntação impleme ntação RE.2 Os professores são membros valiosos da equipa  da instituição do ensino profissional e trabalham para metas partilhadas 1 Manter a estrutura organizacional e descrição de funções actualizada  RE.3 Existem duas linhas claras de comunicação Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto 72 Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010 .GP.Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional 1.8 Resultados da Definição de Iniciativas Estratégicas  Gestão de Pessoal Quantidade / Tempo Quantidade / Tempo  Iniciativas Estratégicas 2010 2011 2012 2013 RE.GP.1 Plano Estratégico 2010‐2013  1.

Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional 1.1 Plano Estratégico 2010‐2013  1.4 Os professores são dados uma oportunidade para optimizar o seu desenvolvimento profissional Angariar fundos junto de parceiros para implementar o plano de formação  1 dos professores dos professores 2 Tornar a instituição num centro de prestação de serviços 3 Participação dos professores em acções de formação 4 Reforçar e actualizar a biblioteca do Instituto 5 Estudar o sistema de segurança da biblioteca e da sala de informática RE.GP5 O Trabalho em  equipa é a característica da instituição do ensino profissional Endereçado na liderança Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto 73 Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010 .8 Resultados da Definição de Iniciativas Estratégicas  Gestão de Pessoal Quantidade / Tempo Quantidade / Tempo  Iniciativas Estratégicas 2010 2011 2012 2013 RE.1.GP.

5 Os relatórios de estudantes permitem aos pais fazer escolhas informadas em relação as opções pós‐escolares Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto 74 Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010 .C. identificando oportunidade de  eventos e  2 parceiros  Realizar um estudo sobre as opções para integrar os estudantes em actividades  3 1 1 1 1 de geração de receitas financiados externamente Introduzir palestras feitas pelo sector produtivo sobre os diferentes sectores de  4 2 2 2 2 actividade.2 estudantes  Elaborar anualmente propostas de revisão do Currículo com base nas sessões  1 1 1 1 1 específicas com stakeholders RE.C. para orientar os estudantes sobre as opções pós‐escolares RE.Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional 1.1 Plano Estratégico 2010‐2013  1.1 O Currículo é flexível.4 Co‐currículos e as disciplinas não‐ académicas apoiam o desenvolvimento holístico dos estudantes Fazer uma proposta para a introdução de módulos electivos vocacionais ou  1 genéricos  é RE:C.3 Uma variedade de estratégias instrucionais é usada para a leccionação do currículo 1 Capacitar os professores em novas metodologias de ensino aprendizagem 1 1 1 1 Prestar serviços de hotelaria e turismo. da comunidade e do sector produtivo Organizar excursões ao sector produtivo destinadas a dar a conhecer as opções de  1 2 2 2 2 emprego aos estudantes finalistas  A combinação de unidades nos programas direccionando à qualificação é optimizada para satisfazer as necessidades de emprego dos  RE. relevante e corresponde às necessidades e expectativas do estudante.C.C.1.8 Resultados da Definição de Iniciativas Estratégicas  Currículo Quantidade / Tempo  Iniciativas Estratégicas Iniciativas Estratégicas 2010 2011 2012 2013 RE.

1 Boa planificação e preparação efectiva do ensino e aprendizagem Realizar sessões de capacitação dos formadores e gestores na elaboração de  1 1 1 1 1 planos analíticos dos módulos planos analíticos dos módulos  Implementar um procedimento de observação de metodologias de ensino  2 elaborar implem Implem. Implem.EA.4 feedback  1 Formar os professores em habilidades genéricas RE:EA.1.6 C Carga de trabalho professor estudante d t b lh f t d t Elaborar um mapa de distribuição de carga horária de acordo com os  1 2 2 2 2 parametros definidos  Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto 75 Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010 . avaliação e  RE. ment RE EA 6 RE:EA.5 Programas de recuperação efectivos são implementados elab/imple 1 Elaborar um plano de recuparação para estudantes  implem Implem.3 A monitoria efectiva da planificação e da leccionação conduz  a um  ensino e aprendizagem positivos 1 Capacitação para introduzir novas metodologias de ensino aprendizagem 1 1 1 1 O  desenvolvimento efectivo das habilidades genéricas dos estudantes ocorre com base em instruções apropriadas. Implem.EA.EA.EA.2 É realizada uma avaliação efectiva dos estudantes  Realizar sessões de capacitação dos formadores e gestores nos processos de   1 1 1 1 1 avaliação interna avaliação interna RE. aprendizagem (entre professores) RE.8 Resultados da Definição de Iniciativas Estratégicas  Ensino e Aprendizagem Quantidade / Tempo Quantidade / Tempo  Iniciativas Estratégicas 2010 2011 2012 2013 RE.Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional 1.1 Plano Estratégico 2010‐2013  1.

GR.GR.GR. Implem.1.2 A direcção está comprometida em melhorar a infra‐estrutura do ensino profissional Analisar e implementar iniciativas para rentabilizar as infra estruturas do Analisar e implementar iniciativas para rentabilizar as infra‐estruturas do  1 Instituto elab/imple 2 Elaborar o Plano de Investimentos e implementar implem Implem.1 Plano Estratégico 2010‐2013  1. ment 3 Actualizar o inventario e efectuar o abate dos bens patrimónias 1 1 1 1 4 R bilit Reabilitar os portões do ICM tõ d ICM Elaborar e implementar um plano de Manutenção de Infra‐estruturas e  5 Equipamentos A direcção está comprometida com a prestação de contas e transparência em termos de recursos e finanças da instituição de ensino RE.8 Resultados da Definição de Iniciativas Estratégicas  Gestão de Recursos  Quantidade / Tempo Quantidade / Tempo  Iniciativas Estratégicas 2010 2011 2012 2013 A gestão de IEP está comprometida a trabalhar em parceria com o Ministério de Educação e pessoal no fornecimento de ensino e  RE.Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional 1.3 profissional 1 Elaborar Relatórios Semestrais de Prestação de Contas 2 2 2 2 2 Implementar um sistema informatizado de gestão financeira Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto 76 Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010 .1 aprendizagem de qualidade 1 Melhorar as descrições de funções de todos os funcionários do Instituto lh d i õ d f õ d d f i ái d i Elaborar um plano de necessidades e aquisição de material didáctico para  2 2 2 2 2 ensino‐aprendizagem RE.

 etc.AA.AA.AA. cultura.1.1 O ambiente físico de aprendizagem é amigável para o aluno. Implem. convidando palestrantes do sector produtivo e comunidade 2 O Organizar feira da Cultura e Desporto i f i d C lt D t 1 1 1 1 3 Organizar a Feira da Semana do Ensino Técnico 1 1 1 1 RE:AA. processo de ensino aprendizagem processo de ensino aprendizagem Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto 77 Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010 .  1 5 5 5 5 filosofia.3 O ambiente de IEP promove crescimento e desenvolvimento intelectual Promover palestras mensais sobre diversos temas da vida profissional.4 Uma cultura de aprendizagem positiva é estabelecida Realizar um questionário anual para perceber a satisfação dos estudantes com o  1 elaborar Implem. 1 Criar um jardim e melhorar o parque arbóreo criar manter manter manter Elaborar um plano de aquisição de equipamento e mobiliário para  Elaborar e  2 adquirir adquirir adquirir implementação de novas metodologias de ensino ( incluido no investimento) ter fundos RE.Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional 1.8 Resultados da Definição de Iniciativas Estratégicas  Ambiente de Aprendizagem Quantidade / Tempo Quantidade / Tempo  Iniciativas Estratégicas 2010 2011 2012 2013 RE.1 Plano Estratégico 2010‐2013  1. Implem.2 O ambiente de IEP reconhece a necessidade de promover o bem‐estar de todos os estudantes 1 Promover actividades desportivas  Estabelecer registos completos do histórico do aluno para conhecimento e  Estabelecer registos completos do histórico do aluno para conhecimento e 2 acompanhamento dos professores RE.

3 O IEP tem um Conselho Escolar activo Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto 78 Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010 .8 Resultados da Definição de Iniciativas Estratégicas  Envolvimento Indústria / Comunidade Quantidade / Tempo Quantidade / Tempo  Iniciativas Estratégicas 2010 2011 2012 2013 RE.Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional 1.1.EIC.1 As indústrias locais tomam um interesse activo no IEP 1 Promover encontros de confraternização com o sector produtivo 1 1 1 1 RE.1 Plano Estratégico 2010‐2013  1.2 O IEP promove a unidade de apoio dentro da comunidade 1 Promover actividades desportivas 1 1 1 1 RE.EIC.EIC.

1 Plano Estratégico 2010‐2013  1.3 geral Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto 79 Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010 .EIC.8 Resultados da Definição de Iniciativas Estratégicas  Receptividade  Quantidade / Tempo Quantidade / Tempo  Iniciativas Estratégicas 2010 2011 2012 2013 RE. professores e  3 2 2 2 2 administrativos) sobre os sistemas e a Reforma Os sistemas administrativos são estabelecidos dentro da IEP para providenciar direcção e apoio para reformas  RE R 2 RE.2 administrativas O IEP é proactivo na promoção da apresentação de novos programas para os estudantes. indústria e a comunidade em  RE.1 As iniciativas de PIREP e da DINET são incorporadas nos planos  e nos relatórios da instituição de ensino profissional Pedir apoio a DINET e PIREP para as acções de Desenvolvimento  1 Institucional 2 Adequar o Modelo de Relatório de Prestação de Contas Realizar reuniões semestrais do pessoal da escola (gestão.Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional 1.R.1.R.

 Prazos e Custos  Resultado  A direcção geral da instituição de ensino profissional está clara e é apoiada pelos estudantes.000.Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional 1. pais. Responsáveis.1 Esperado professores.2.2 Plano Operacional 2010 1.  Liderança  L.1 Resultados da Definição de Actividades. empregadores e outros intervenientes IE1 Elaborar e implementar uma estratégia de comunicação interna e externa  Prazo Actividades  Responsável  1  2  3  4  Trimestre Trimestre Trimestre Trimestre  Trimestre Nomear uma equipa responsável pelo Planeamento e  1 Direcção Controle do Instituto Equipa de  2 Elaborar a proposta de estratégia de comunicação planeamento e  controle 3 Aprovar a proposta pela DINET DINET 4  Iniciar a implementação Direcção Custo das Actividades 50.00 MT Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto 80 Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010 .

  Liderança  L.2 Plano Operacional 2010 1.Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional 1. Prazos e Custos  Resultado  A direcção geral da instituição de ensino profissional está clara e é apoiada pelos estudantes.1 Esperado professores.000.00 Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto 81 Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010 .2. empregadores e outros intervenientes IE2 Criar o Conselho de Escola Prazo Actividades  Responsável  1 Trimestre 2 Trimestre 3 Trimestre  4 Trimestre Equipa de  Equipa de Preparar o processo de criação/renovação de acordo  P d i ã / ã d d 1 Planeamento e  com  os procedimentos estabelecidos pelo MEC Controlo Equipa de  Preparar documentos necessários para a instalação  2 planeamento e  do Conselho Escolar controle Equipa de  Preparar a agenda da reunião de nomeação do  3 planeamento e  Conselho Escolar controle 4  Nomear o Conselho Escolar Direcção Custo das Actividades 7. Responsáveis. pais.1 Resultados da Definição de Actividades.

 empregadores e outros intervenientes Realizar um Workshop anual de revisão do Plano Estratégico e revisão do Plano Operacional (Gestão. Responsáveis.00 Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto 82 Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010 .  Liderança  L.2 Plano Operacional 2010 1. pais.1 Esperado professores. Professores e Conselho  IE3 Escolar) Prazo Actividades  Responsável  1  2  3  4  Trimestre Trimestre Trimestre  Trimestre 1 Preparar agenda e documentos  2 Preparar a logística do Workshop 3 Convidar os participantes Convidar os participantes Equipa de  quipa de Planeamento e  4 Solicitar apoio de facilitação Controle Realizar o workshop (Introduzir observações de  5 stakeholders na elaboração do plano operacional  anual) Custo das Actividades 300.Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional 1. Prazos e Custos  Resultado  A direcção geral da instituição de ensino profissional está clara e é apoiada pelos estudantes.000.1 Resultados da Definição de Actividades.2.

Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional 1.1 Resultados da Definição de Actividades.2. empregadores e outros intervenientes IE4 Criar e fixar um quadro contendo a Missão e Visão da Instituição Prazo Actividades  Responsável  1  2  3  4  Trimestre Trimestre Trimestre Trimestre  Trimestre 1 Preparar especificações e termos de referência 2 Pesquisar fornecedores de serviços Equipa de  Planeamento e  3 Negociar e contratar Controle 4  Implementar Custo das Actividades 30.  Liderança  L.00 Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto 83 Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010 . pais.1 Esperado professores.000.2 Plano Operacional 2010 1. Prazos e Custos  Resultado  A direcção geral da instituição de ensino profissional está clara e é apoiada pelos estudantes. Responsáveis.

1 Esperado professores.1 Resultados da Definição de Actividades. Prazos e Custos  Resultado  A direcção geral da instituição de ensino profissional está clara e é apoiada pelos estudantes.000.2 Plano Operacional 2010 1.Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional 1. Responsáveis.  Liderança  L.2. empregadores e outros intervenientes IE5 Elaborar /Rever e Publicar o Estatuto Orgânico e Regulamento Interno Prazo Actividades  Responsável  1  2  3  4  Trimestre Trimestre Trimestre Trimestre  Trimestre Preparar o draft do Estatuto Orgânico e Regulamento  1 Interno Equipa de  2 Contratar de serviços legais para revisão Planeamento e  3 Aprovar pela DINET Aprovar pela DINET Controle 4  Publicar  Custo das Actividades 20.00 Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto 84 Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010 . pais.

 Prazos e Custos  Resultado  Liderança  L.Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional 1. encarregados de  educação. Visão e Valores e  IE1 informar sobre a implementação da Reforma (estudantes. professores.00 Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto 85 Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010 . gestão da escola. Responsáveis.1 Resultados da Definição de Actividades.2.000.2 Plano Operacional 2010 1.2 A liderança educativa é evidente Esperado Realizar um Workshop anual com todos os intervenientes para reforçar o compromisso com a Missão. sector produtivo e outros intervenientes) Prazo Actividades  i id d Responsável  á l 1  2  3  4  Trimestre Trimestre Trimestre  Trimestre 1 Preparar agenda e documentos para reunião Direcção 2 Convidar os intervenientes Direcção 3 Preparar a logística da reunião Direcção 4  Realizar a reunião e elaborar o relatório Direcção Custo das Actividades 25. Conselho Escolar.

2 Plano Operacional 2010 1.2 A liderança educativa é evidente Esperado IE2 Realizar sessões de capacitação da equipa de gestão do Instituto em Gestão Escolar Prazo Actividades  Responsável  1  2  3  4  Trimestre Trimestre Trimestre Trimestre  Trimestre Definir as necessidades da Escola: objectivos. Responsáveis.1 Resultados da Definição de Actividades.2. Prazos e Custos  Resultado  Liderança  L.Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional 1.000.00 Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto 86 Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010 .  1 Direcção conteúdos e participantes da formação 2 Definir a comparticipação da Escola Direcção Elaborar uma proposta argumentada para obter o  p p g p 3 Di Direcção ã apoio técnico do PIREP (formadores) 4  Realizar a formação Direcção Custo das Actividades 25 000 00 25.

00 Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto 87 Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010 .1 Resultados da Definição de Actividades.2 Plano Operacional 2010 1. Responsáveis.Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional 1.2.000. pais.1 Esperado professores. Prazos e Custos  Resultado  A direcção geral da instituição de ensino profissional está clara e é apoiada pelos estudantes. empregadores e outros intervenientes IE3 Elaborar e publicar a estrutura orgânica Prazo Actividades  Responsável  1  2  3  4  Trimestre Trimestre Trimestre Trimestre  Trimestre 1 Preparar o draft da Estrutura orgânica 2 Aprovar o draft Equipa de  Preparar em formato de publicação para a  Planeamento e  3 Controle comunidade escolar 4  Publicar Custo das Actividades 5.  Liderança  L.

2 Plano Operacional 2010 1.000. Prazos e Custos  Resultado  Liderança  L.00 Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto 88 Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010 .2 A liderança educativa é evidente Esperado IE4 Realizar uma reunião mensal para monitoria do processo de gestão do Instituto Prazo Actividades  Responsável  1  2  3  4  Trimestre Trimestre Trimestre Trimestre  Trimestre 1 Preparar agenda e documentos  Equipa de  2 Convidar os participantes  Planeamento e  3 Preparar a logística  Controle 4  Realizar a reunião Custo das Actividades 20. Responsáveis.2.1 Resultados da Definição de Actividades.Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional 1.

2 Plano Operacional 2010 1.000.Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional 1.00 Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto 89 Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010 . Responsáveis.2. Prazos e Custos  Resultado  Liderança  L.2 A liderança educativa é evidente Esperado IE5 Elaborar o quadro de honra do ICM para funcionários (docentes e não docentes) e estudantes Prazo Actividades  Responsável  1  2  3  4  Trimestre Trimestre Trimestre Trimestre  Trimestre 1 Definir o regulamento do quadro de honra Aprovar o quadro pela equipa de gestão e Conselho  Equipa de  2 Escolar Planeamento e  Controle 3 Divulgar o regulamento do quadro honra Divulgar o regulamento do quadro honra 4  Implementar o quadro Custo das Actividades 20.1 Resultados da Definição de Actividades.

 agenda.2. parceiros e doadores Prazo Actividades  Responsável  1  2  3  4  Trimestre Trimestre Trimestre Trimestre  Trimestre Preparar.000.1 Resultados da Definição de Actividades.3 A mudança é gerida efectivamente Esperado IE1 Realizar reuniões específicas (apresentar projectos e angariar recursos) com o sector produtivo. parceiros e  Equipa de  doadores para obtenção de apoios Planeamento e  Controle 2 Preparar a logística 3 Convidar os participantes Direcção  4  Realizar a reunião e preparar um relatório Custo das Actividades 20 000 00 20. documentos de suporte e propostas  1 específicas a fazer ao sector produtivo. Responsáveis.00 Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto 90 Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010 .Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional 1.2 Plano Operacional 2010 1. Prazos e Custos  Resultado  Liderança  L.

 local e participantes Planeamento e  Definir a comparticipação da Escola (ex: ajudas de  Controle 2 custo) Elaborar uma proposta argumentada para obter o  3 apoio do PIREP Direcção  4  Realizar o intercâmbio Custo das Actividades 100. Prazos e Custos  Resultado  Liderança  L.2.Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional 1.000.2 Plano Operacional 2010 1.  1 Equipa de  conteúdos.1 Resultados da Definição de Actividades.00 Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto 91 Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010 .3 A mudança é gerida efectivamente Esperado IE2 Realizar intercâmbio com outras escolas piloto ou escolas do estrangeiro (professores) Prazo Actividades  Responsável  1  2  3  4  Trimestre Trimestre Trimestre Trimestre  Trimestre Definir as necessidades da Escola: objectivos. Responsáveis.

00 Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto 92 Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010 .2.2 Plano Operacional 2010 1.1 Resultados da Definição de Actividades.3 Processos de avaliação claros e efectivos são implementados Esperado IE1 Realizar reuniões de discussão dos Relatórios de Prestação de Contas com professores e estudantes Prazo Actividades  Responsável  1  2  3  4  Trimestre Trimestre Trimestre Trimestre  Trimestre Preparar uma apresentação sobre o Relatório de  1 Prestação de Contas Equipa de  Planeamento e  2 Convidar os participantes Controle 3 Preparar a logística p g 4  Realizar a reunião e preparar um relatório Direcção  Custo das Actividades 10.000.Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional 1. Prazos e Custos  Resultado  Liderança  L. Responsáveis.

 Prazos e Custos  Resultado  Liderança  L.Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional 1.2.3 Processos de avaliação claros e efectivos são implementados Esperado IE2 Realizar reuniões de discussão dos Relatórios de Prestação de Contas com o Conselho Escolar Prazo Actividades  Responsável  1  2  3  4  Trimestre Trimestre Trimestre Trimestre  Trimestre Preparar uma apresentação sobre o Relatório de  1 Prestação de Contas Equipa de  Planeamento e  2 Convidar os participantes Controle 3 Preparar a logística p g 4  Realizar a reunião e preparar um relatório Direcção  Custo das Actividades 5. Responsáveis.1 Resultados da Definição de Actividades.000.2 Plano Operacional 2010 1.00 Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto 93 Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010 .

 Prazos e Custos  Resultado  Liderança  L. Responsáveis. estudantes e sector produtivo para analisar os resultados da autoavaliação e avaliaçao  IE3 externa do Instituto Prazo Actividades  Responsável  1  2  3  4  Trimestre Trimestre Trimestre  Trimestre Preparar uma apresentação sobre o Relatório de  1 Prestação de Contas Equipa de  Planeamento e  2 Convidar os participantes Controle 3 Preparar a logística 4  Realizar a reunião e preparar um relatório Direcção  Custo das Actividades 5 000 00 5.3 Processos de avaliação claros e efectivos são implementados Esperado Realizar uma reunião com professores.00 Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto 94 Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010 .Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional 1.2 Plano Operacional 2010 1.1 Resultados da Definição de Actividades.000.2.

1 Resultados da Definição de Actividades.2 Plano Operacional 2010 1. Responsáveis.2.000. Prazos e Custos  Sucesso Escolar  Resultado  SEE.00 Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto 95 Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010 .Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional 1.1 Os estudantes ganham acesso ao emprego do Estudante Esperado IE1 Estabelecer memorandos / acordos formalizados com o sector produtivo para realizar estágios e absorver graduados Prazo Actividades  Responsável  1  2  3  4  Trimestre Trimestre Trimestre Trimestre  Trimestre Identificar potenciais parceiros do sector produtivo e  1 fazer uma primeira aproximação para determinar  necessidade e potenciais áreas de parceria Departamentos Elaborar as propostas de memorandos / acordos  2 (incluindo propostas concretas de apoio) (incluindo propostas concretas de apoio) 3 Validar as propostas e a assinar os acordos Direcção  Introduzir um mecanismo para acompanhamento e  4  Departamentos avaliação dos memorandos / acordos Custo das Actividades Custo das Actividades 20.

Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional 1.1 Os estudantes ganham acesso ao emprego do Estudante Esperado IE2 Realizar um estudo sobre o grau de satisfação dos empregadores Prazo Actividades  Responsável  1  2  3  4  Trimestre Trimestre Trimestre Trimestre  Trimestre 1 Formar a equipa para a realização do estudo Criar instrumentos de recolha de dados                              Direcção e  2 ( questionário/inquérito) Departamentos 3 Seleccionar a amostra 4  Recolha de dados Departamentos 5 Compilação e análise dos dados Departamentos 6 Divulgação do relatório Direcção Custo das Actividades Custo das Actividades 20.2 Plano Operacional 2010 1.1 Resultados da Definição de Actividades.00 Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto 96 Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010 . Responsáveis.2.000. Prazos e Custos  Sucesso Escolar  Resultado  SEE.

Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional

1.2 Plano Operacional 2010
1.2.1 Resultados da Definição de Actividades, Responsáveis, Prazos e Custos 
Sucesso Escolar  Resultado 
SEE.1 Os estudantes ganham acesso ao emprego
do Estudante Esperado
IE3 Realizar um estudo do grau de empregabilidade dos graduados do ICM (graduados das novas qualificações)
Prazo
Actividades  Responsável  1  2  3  4 
Trimestre Trimestre Trimestre
Trimestre  Trimestre
1 Formar a equipa para a realização do estudo Direcção e 
Criar instrumentos de recolha de dados                              Departamentos
2
( questionário/inquérito/telef./ e‐mail)
3 Recolha de dados Departamentos
p
4  Compilação e análise dos dados Departamentos
5 Divulgação do relatório Direcção

Custo das Actividades
20.000,00

Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto
97
Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010

Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional

1.2 Plano Operacional 2010
1.2.1 Resultados da Definição de Actividades, Responsáveis, Prazos e Custos 
Sucesso Escolar  Resultado 
SEE.1 Os estudantes ganham acesso ao emprego
do Estudante Esperado
Estabelecer um sistema informatizado de monitoria e avaliação dos indicadores de sucesso escolar (ter como base os 
IE4
questionários do Estudo de Base 2007 do PIREP)
Prazo
Actividades  Responsável  1  2  3  4 
Trimestre Trimestre Trimestre  Trimestre
1 Definir as necessidades da Escola
2 Definir comparticipação do Instituto Equipa de 
Planeamento e 
Elaborar uma proposta argumentada para obter o 
laborar uma proposta argumentada para obter o Controle e
Controle e 
3
apoio técnico do PIREP Departamentos
4 Implementar o sistema informatizado

Custo das Actividades
100 000 00
100.000,00

Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto
98
Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010

Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional

1.2 Plano Operacional 2010
1.2.1 Resultados da Definição de Actividades, Responsáveis, Prazos e Custos 
Sucesso Escolar  Resultado 
SEE.2 Resultados de aprendizagem em resultados melhorados
do Estudante Esperado
IE1 Actualizar o Plano de Formação dos Professores e Funcionários Administrativos de longo prazo
Prazo
Actividades  Responsável  1  2  3  4 
Trimestre Trimestre Trimestre
Trimestre  Trimestre
Fazer encontros individuais com os professores para 
1 determinar necessidades individuais de formação de  Direcção
acordo com as área de leccionação de cada professor
Direcção e 
2 Elaborar o plano de formação para cada área
p ç p
Departamentos
3 Consolidar o plano e enviar para RET, DINET e PIREP Direcção
Implementar um mecanismo eficaz de articulação 
4 com a DPEC‐RET para formação académica dos  Direcção
professores da Escola

Custo das Actividades
50.000,00

Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto
99
Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010

00  MT Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto 100 Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010 . fabricantes) Professores 3 Elaborar o Manual  Departamentos 4 A Aprovar o manual l DINET 5 Formar os docentes para a implementação do Manual DINET/PIREP Custo das Actividades 1000.2. Responsáveis.2 Resultados de aprendizagem em resultados melhorados do Estudante Esperado IE2 Elaboração de Manuais para o professor Prazo Actividades  Responsável  1  2  3  4  Trimestre Trimestre Trimestre Trimestre  Trimestre 1 Definir a metodologia de trabalho Direcção 2 Pesquisa bibliográfica (livros. Prazos e Custos  Sucesso Escolar  Resultado  SEE.2 Plano Operacional 2010 1.1 Resultados da Definição de Actividades.Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional 1.000. internet.

00 Mt Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto 101 Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010 .000.2 Resultados de aprendizagem em resultados melhorados do Estudante Esperado IE3 Elaboração de Manuais para o estudante Prazo Actividades  Responsável  1  2  3  4  Trimestre Trimestre Trimestre Trimestre  Trimestre DINET/Direcção/ 1 Definir a metodologia de trabalho PIREP 2 Pesquisa bibliográfica (livros.2.2 Plano Operacional 2010 1.Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional 1. fabricantes) Professores 3 Elaborar o Manual  Departamentos p 4 Aprovar o manual DINET/PIREP 5 Formar os docentes para a implementação do Manual DINET/PIREP Custo das Actividades 1000. internet.1 Resultados da Definição de Actividades. Responsáveis. Prazos e Custos  Sucesso Escolar  Resultado  SEE.

 Responsáveis.2 Resultados de aprendizagem em resultados melhorados do Estudante Esperado IE4 Realizar sessões de capacitação (formação de curto Prazo) dos professores com base no Plano Formação Prazo Actividades  Responsável  1  2  3  4  Trimestre Trimestre Trimestre  Trimestre Determinar as prioridades para 2010 e solicitar apoio  1 Direcção da DPEC‐RET.2 Plano Operacional 2010 1.2. Prazos e Custos  Sucesso Escolar  Resultado  SEE.Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional 1.1 Resultados da Definição de Actividades. DINET e PIREP Coordenar com a DPEC‐RET. DINET e PIREP no sentido  de enviar professores para formações que já estejam  2 Direcção calendarizadas ou desenhar programas de formação  específicos de acordo com as prioridades Direcção/PIREP/ 3 ç p Realizar a formação ou enviar os professores DINET Custo das Actividades Esta formação deverá ser financiada pela DINET ou PIREP Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto 102 Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010 .

 com as datas para  Departamentos verificação interna e externa.1 Resultados da Definição de Actividades. Responsáveis.2 Plano Operacional 2010 1. para cada módulo Preparar toda a documentação e condições  2 Departamentos p necessárias (incluindo amostra de estudantes) necessárias (incluindo amostra de estudantes) 3 Informar / Convocar os envolvidos  Direcção 4 Realizar as verificações interna e externa Direcção Custo das Actividades 50.00 Mt Esta formação deverá ser financiada pela DINET ou PIREP Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto 103 Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010 . de acordo  1 com as recomendações do PIREP. Prazos e Custos  Sucesso Escolar  Resultado  SEE.Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional 1.000.2.2 Resultados de aprendizagem em resultados melhorados do Estudante Esperado IE5 Implementar a metodologia de avaliação interna e externa  Prazo Actividades  Responsável  1  2  3  4  Trimestre Trimestre Trimestre Trimestre  Trimestre Preparar um plano de trabalho detalhado.

000.1 Resultados da Definição de Actividades.3 A participação do estudante e o comportamento pessoal está a um nível alto  do Estudante Esperado IE1 Elaborar um plano de apresentações de projectos.Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional 1. Responsáveis.2. trabalhos de pesquisa dos estudantes no fim de curso Prazo Actividades  Responsável  1  2  3  4  Trimestre Trimestre Trimestre Trimestre  Trimestre Identificar os estudantes para realizar as  1 Departamentos apresentações  2 Elaborar o programa de apresentações   Departamentos 3 Preparar condições logísticas para a implementação p ç g p p ç Departamentos  p 3 Definir e convocar os participantes  Direcção 4 Realizar as apresentações  Direcção Custo das Actividades 50.2 Plano Operacional 2010 1. Prazos e Custos  Sucesso Escolar  Resultado  SEE.00 Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto 104 Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010 .

00 Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto 105 Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010 . Prazos e Custos  Sucesso Escolar  Resultado  SEE.3 A participação do estudante e o comportamento pessoal está a um nível alto  do Estudante  Esperado IE2 Realizar um questionário de avaliação do professore no fim de cada módulo pelos estudantes Prazo Actividades  Responsável  1  2  3  4  Trimestre Trimestre Trimestre Trimestre  Trimestre Preparar os questionários de acordo com as normas  Direcção  1 do PIREP Pedagógica Direcção  2 Aplicar os questionários e processar informação Pedagógica Direcção  3 Elaborar um relatório de avaliação de cada professor Pedagógica Realizar encontros de feedback.1 Resultados da Definição de Actividades.2 Plano Operacional 2010 1.2. incluindo  Direcção  4 recomendações a cada professor Pedagógica Custo das Actividades Custo das Actividades 15.000.Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional 1. Responsáveis.

Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional

1.2 Plano Operacional 2010
1.2.1 Resultados da Definição de Actividades, Responsáveis, Prazos e Custos 
Sucesso Escolar  Resultado  Os estudantes ocupam se em relações saudáveis com os seus professores, pares e outros 
SEE.4
do Estudante  Esperado significantes para promover a sua aprendizagem
IE1 Promover actividades extra‐curriculares
Prazo
Actividades  Responsável  1  2  3  4 
Trimestre Trimestre Trimestre
Trimestre  Trimestre
Direcção 
1 Identificar actividades sociais, desportivas  e culturais 
Pedagógica
Direcção 
2 Elaborar o plano para a realização das actividades
Pedagógica
3 Executar as actividades planificadas Professores
Realizar encontros de feedback, incluindo  Direcção 
4
recomendações com cada professor Pedagógica

Custo das Actividades
30.000,00 Mt

Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto
106
Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010

Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional

1.2 Plano Operacional 2010
1.2.1 Resultados da Definição de Actividades, Responsáveis, Prazos e Custos 
Gestão de  Resultado  Os professores são qualificados e propriamente formados para ensinar na turma ou área de 
GP.1
Pessoal Esperado disciplina para qual foram designados
IE1 Elaborar um plano de contratação de professores
Prazo
Actividades  Responsável  1  2  3  4 
Trimestre Trimestre Trimestre
Trimestre  Trimestre
Actualizar o quadro de pessoal e o número de 
1 Direcção
funcionários a serem contratados
Elaborar um plano de contratação de acordo com 
2 Direcção
prioridades
3 Enviar plano para aprovação da DPEC‐RET Direcção
Articular com a DPEC‐RET para assegurar as 
4 Direcção
contratações durante o ano

Custo das Actividades
10.000,00 Mt

Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto
107
Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010

Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional

1.2 Plano Operacional 2010
1.2.1 Resultados da Definição de Actividades, Responsáveis, Prazos e Custos 
Gestão de  Resultado  Os professores são membros valiosos da equipa  da instituição do ensino profissional e 
GP.2
Pessoal Esperado trabalham para metas partilhadas 
IE1 Manter a estrutura organizacional e descrição de funções do Instituto actualizada 
Prazo
Actividades  Responsável  1  2  3  4 
Trimestre Trimestre Trimestre
Trimestre  Trimestre
Realizar o diagnóstico do estado actual da estrutura 
1 Direcção
organizacional
Elaborar propostas sobre mudanças na estrutura 
2 organizacional e dotação de pessoal incluindo a  Direcção
actualização da descrição de cargos
actualização da descrição de cargos 
DINET/DDECC
3 Aprovar as propostas 
/DECM
4 Implementar as propostas  Direcção

C t d A ti id d
Custo das Actividades
1.000,00

Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto
108
Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010

 Prazos e Custos  Gestão de  Resultado  Os professores são dados uma oportunidade para optimizar o seu desenvolvimento  GP.1 Resultados da Definição de Actividades.Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional 1. Responsáveis.000.00 Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto 109 Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010 .2.4 Pessoal Esperado profissional  IE1 Angariar fundos junto de parceiros para implementar o plano de formação dos professores Prazo Actividades  Responsável  1  2  3  4  Trimestre Trimestre Trimestre Trimestre  Trimestre Direcção/Depart Identificar potenciais parceiros (para financiamento  1 amentos/profes ou para formação) sores Preparar propostas concretas para parceiros de  2 acordo com o plano de formação de professores e de acordo com o plano de formação de professores e de  Direcção acordo com a área de intervenção dos parceiros Submeter propostas e realizar encontros com  3 Direcção potenciais parceiros Fazer o acompanhamento para assegurar a obtenção  4 Direcção de apoio Custo das Actividades 30.2 Plano Operacional 2010 1.

 Responsáveis.1 Resultados da Definição de Actividades.4 Pessoal Esperado profissional  IE2 Tornar a Instituição num Centro de Prestação de Serviços Prazo Actividades  Responsável  1  2  3  4  Trimestre Trimestre Trimestre Trimestre  Trimestre Direcção/Depart 1 Identificar as oportunidades amentos Elaboração do plano de formação para cursos de curta  2 duração Direcção/Depart Di ã /D t Implementar cursos de curta duração  ligados a  3 amentos missão da Instituição 4 Custo das Actividades ‐ Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto 110 Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010 .2 Plano Operacional 2010 1.2.Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional 1. Prazos e Custos  Gestão de  Resultado  Os professores são dados uma oportunidade para optimizar o seu desenvolvimento  GP.

Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional 1.4 Pessoal Esperado profissional  IE4 Reforçar e actualizar a biblioteca do Instituto Prazo Actividades  Responsável  1  2  3  4  Trimestre Trimestre Trimestre Trimestre  Trimestre Identificar as necessidades de livros de acordo com os  1 Departamentos  módulos Pesquisar existência e preços dos livros junto dos  2 fornecedores  Direcção  ç 3 Elaborar proposta e aprovar  Pedagógica 4 Realizar a compra  Custo das Actividades 300 000 00 Mt 300.1 Resultados da Definição de Actividades.2.00 Mt Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto 111 Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010 .000. Prazos e Custos  Gestão de  Resultado  Os professores são dados uma oportunidade para optimizar o seu desenvolvimento  GP.2 Plano Operacional 2010 1. Responsáveis.

00 Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto 112 Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010 .Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional 1.4 Pessoal Esperado profissional  IE5 Estudar o sistema de segurança da biblioteca e da sala de informática Prazo Actividades  Responsável  1  2  3  4  Trimestre Trimestre Trimestre Trimestre  Trimestre 1 Contratar um técnico de informática   Direcção 2 Contratar um bibliotecário permanente 3 Instalar alarme anti‐furto Direcção 4 Custo das Actividades 50.2 Plano Operacional 2010 1. Responsáveis.1 Resultados da Definição de Actividades. Prazos e Custos  Gestão de  Resultado  Os professores são dados uma oportunidade para optimizar o seu desenvolvimento  GP.2.000.

00 Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto 113 Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010 . relevante e corresponde às necessidades e expectativas do  Currículo C.1 Resultados da Definição de Actividades.Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional 1.2 Plano Operacional 2010 1.2. da comunidade e do sector produtivo IE1 Organizar excursões ao sector produtivo destinadas a dar a conhecer as opções de emprego aos estudantes finalistas  Prazo Actividades  Responsável  1  2  3  4  Trimestre Trimestre Trimestre Trimestre  Trimestre 1 Seleccionar empresas e instituições a envolver Departamentos  Departamentos  2 Fazer propostas e formalizar junto das empresas /Direcção Elaborar e validar o plano de excursões e preparar a  p p p 3 D Departamentos t t logística (com ênfase nas novas qualificações) Departamentos/ 4 Implementar as excursões professores  Custo das Actividades 90. Responsáveis.1 Esperado estudante. Prazos e Custos  Resultado  O Currículo é flexível.000.

2 Esperado satisfazer as necessidades de emprego dos estudantes  IE1 Elaborar anualmente propostas de revisão do Currículo com base em sessões específicas com stakeholders  Prazo Actividades  Responsável  1  2  3  4  Trimestre Trimestre Trimestre Trimestre  Trimestre Sistematizar propostas feitas nos encontros com  1 Departamentos  professores. DPEC‐RET e PIREP Direcção Articular com DINET. Prazos e Custos  Resultado  A combinação de unidades nos programas direccionando à qualificação é optimizada para  Currículo C. Responsáveis.00 Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto 114 Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010 .2.2 Plano Operacional 2010 1.1 Resultados da Definição de Actividades.  Departamentos/  2 por qualificação Direcção  3 Envio das propostas à DINET.000. DPEC‐RET e PIREP / assegurar  4 Direcção  acompanhamento e feedback Custo das Actividades 30.Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional 1. estudantes e conselho escolar Elaborar propostas concretas de revisão do currículo.

Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional 1.000. DPEC‐RET e PIREP Departamentos A ti l Articular com DINET.2.1 Resultados da Definição de Actividades.00 Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto 115 Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010 .2 Plano Operacional 2010 1.3 Uma variedade de estratégias instrucionais é usada para a leccionação do currículo Esperado IE1 Capacitar os professores em novas metodologias de ensino aprendizagem Prazo Actividades  Responsável  1  2  3  4  Trimestre Trimestre Trimestre Trimestre  Trimestre 1 Sistematizar propostas de necessidades de formação Departamentos  2 Elaborar propostas concretas de por qualificação Departamentos  3 Envio das propostas à DINET. Prazos e Custos  Resultado  Currículo C. Responsáveis. DPEC‐RET e PIREP / assegurar  DINET DPEC RET PIREP / 4 acompanhamento e feedback para implementação da  Direcção  capacitação 5 Implementar a capacitação Departamentos  Custo das Actividades 20.

 Prazos e Custos  Resultado  Currículo C.2 Plano Operacional 2010 1.1 Resultados da Definição de Actividades. Responsáveis.3 Uma variedade de estratégias instrucionais é usada para a leccionação do currículo Esperado IE2 Prestar serviços de hotelaria e turismo.Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional 1.2. identificando oportunidades de eventos e parceiros Prazo Actividades  Responsável  1  2  3  4  Trimestre Trimestre Trimestre Trimestre  Trimestre Identificar  empresas que promovem eventos onde os  1 Departamentos estudantes podem prestar serviço 2 Estabelecer parcerias com as empresas identificadas Direcção 3 Elaborar um plano de actividades p Departamentos p 4 Aprovação do plano Direcção 5 Implementação Departamentos Custo das Actividades Custo das Actividades ‐ Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto 116 Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010 .

2.2 Plano Operacional 2010 1.3 Uma variedade de estratégias instrucionais é usada para a leccionação do currículo Esperado IE3 Realizar um estudo sobre as opções para integrar os estudantes em actividades de geração de receitas financiados externamente Prazo Actividades  Responsável  1  2  3  4  Trimestre Trimestre Trimestre Trimestre  Trimestre Identificar opções de integração de estudantes em  1 Departamentos  actividades de geração de receitas  Direcção/Depart 2 Pesquisar sobre opções de financiamento amentos  3 Elaborar propostas  Departamentos Articular com DINET. Prazos e Custos  Resultado  Currículo C.Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional 1. DPEC‐RET e PIREP para  4 Direcção  aprovação 5 Implementar as propostas  Departamentos  Custo das Actividades 20.00 Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto 117 Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010 .1 Resultados da Definição de Actividades.000. Responsáveis.

2. Prazos e Custos  Resultado  Currículo C. Responsáveis.00 Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto 118 Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010 .000.1 Resultados da Definição de Actividades. para orientar os estudantes sobre as  IE4 opções pós‐escolares Prazo Actividades  Responsável  p 1  1 2  2 3  3 4  4 Trimestre Trimestre Trimestre  Trimestre Seleccionar potenciais áreas de emprego para realizar  1 Departamentos  palestras Fazer propostas e formalizar junto de potenciais  2 Departamentos Departamentos  palestrantes de diversas áreas de negócio Elaborar e validar o plano de palestras (com ênfase  3 Departamentos nas novas qualificações) 4 Implementar as palestras Direcção  Custo das Actividades 20.Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional 1.2 Plano Operacional 2010 1.3 Uma variedade de estratégias instrucionais é usada para a leccionação do currículo Esperado Introduzir palestras feitas pelo sector produtivo sobre os diferentes sectores de actividade.

2. Responsáveis.4 Esperado estudantes IE1 Fazer uma proposta para a introdução de módulos electivos vocacionais ou genéricos  Prazo Actividades  Responsável  1  2  3  4  Trimestre Trimestre Trimestre Trimestre  Trimestre Seleccionar áreas do conhecimento para a proposta  1 Departamentos  de módulos electivos 2 Fazer propostas para aprovação junto DINET/PIREP Departamentos  3 Elaborar unidades de competência e módulo Elaborar unidades de competência e módulo Departamentos 4 Articular com PIREP para aprovação pela COREP Direcção  Custo das Actividades 20.00 Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto 119 Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010 .1 Resultados da Definição de Actividades. Prazos e Custos  Resultado  Co‐currículos e as disciplinas não‐ académicas apoiam o desenvolvimento holístico dos  Currículo C.Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional 1.000.2 Plano Operacional 2010 1.

 DINET e PIREP Coordenar com a DPEC‐RET.2 Plano Operacional 2010 1.00 Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto 120 Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010 . Prazos e Custos  Ensino e  Resultado  EA.1 Resultados da Definição de Actividades.Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional 1. Responsáveis.000. DINET e PIREP no sentido  de enviar professores para formações que já estejam  2 Direcção   ç calendarizadas ou desenhar programas de formação calendarizadas ou desenhar programas de formação  específicos de acordo com as prioridades 3 Realizar a formação ou enviar os professores Direcção Custo das Actividades 100 000 00 100.2.1 Boa planificação e preparação efectiva do ensino e aprendizagem Aprendizagem Esperado IE1 Realizar sessões de capacitação dos formadores e gestores na elaboração de planos analíticos dos módulos Prazo Actividades  Responsável  1  2  3  4  Trimestre Trimestre Trimestre Trimestre  Trimestre Determinar as prioridades para 2010 e solicitar apoio  1 Direcção   da DPEC‐RET.

000.00 Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto 121 Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010 . Prazos e Custos  Ensino e  Resultado  EA. Responsáveis.1 Resultados da Definição de Actividades.1 Boa planificação e preparação efectiva do ensino e aprendizagem Aprendizagem Esperado IE2 Implementar um procedimento de observação de metodologias de ensino aprendizagem (entre professores) Prazo Actividades  Responsável  1  2  3  4  Trimestre Trimestre Trimestre Trimestre  Trimestre Direcção  1 Definir objectivos e elaborar procedimento Pedagógica 2 Aprovar o procedimento Direcção 3 Elaborar o Plano de Observações ç Departamentos p 4 Implementar o Plano de Observações  Departamentos  Departamentos/ 5 Elaborar Relatório Professor  Custo das Actividades 20.2 Plano Operacional 2010 1.Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional 1.2.

2. Responsáveis.1 Resultados da Definição de Actividades.Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional 1.2 Plano Operacional 2010 1. Prazos e Custos  Ensino  Resultado  EA.00 Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto 122 Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010 . DINET e PIREP no sentido  de enviar professores para formações que já estejam  2 Direcção Direcção  calendarizadas ou desenhar programas de formação  específicos de acordo com as prioridades 3 Realizar a formação ou enviar os professores Departamentos 4 Elaborara Relatório sobre a formação Professores   Direcção  5 Distribuir documentos pelos outros professores  Pedagógica Custo das Actividades 50.000.2 É realizada uma avaliação efectiva dos estudantes  Aprendizagem Esperado IE1 Realizar sessões de capacitação dos formadores e gestores nos processos de  avaliação interna Prazo Actividades  Responsável  1  2  3  4  Trimestre Trimestre Trimestre Trimestre  Trimestre Elaborar lista de docentes com necessidades de  Direcção  1 formação Pedagógica Coordenar com a DPEC‐RET.

Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional 1. Responsáveis.2.1 Resultados da Definição de Actividades. Prazos e Custos  Ensino e  Resultado  A monitoria efectiva da planificação e da leccionação conduz  a um  ensino e aprendizagem  EA.000.2 Plano Operacional 2010 1.00 mt Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto 123 Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010 .3 Aprendizagem Esperado positivos IE1 Capacitação para introduzir novas metodologias de ensino aprendizagem Prazo Actividades  Responsável  1  2  3  4  Trimestre Trimestre Trimestre Trimestre  Trimestre Identificar professores que necessitem de formação  Direcção  1 em novas metodologias pedagógica Elaborar um plano de formação em novas  Direcção  2 metodologias pedagógica 3 Formar professores em novas metodologias PIREP/DINET Elaborar relatórios da formação em novas  Direcção  4 metodologias pedagógica 5 Custo das Actividades 50.

  2 Direcção  DINET e PIREP Coordenar com a DPEC‐RET. DINET e PIREP no sentido  de enviar professores para formações que já estejam  3 Direcção  calendarizadas ou desenhar programas de formação  específicos de acordo com as prioridades Pedagógica 4 Realizar a formação ou enviar os professores Custo das Actividades 50.4 Aprendizagem Esperado instruções apropriadas.Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional 1.2 Plano Operacional 2010 1.00 Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto 124 Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010 . Responsáveis. avaliação e feedback  IE1 Formar os professores em habilidades genéricas Prazo Actividades  Responsável  1  2  3  4  Trimestre Trimestre Trimestre Trimestre  Trimestre Determinar as prioridades para 2010 e elaborar  Direcção  1 proposta  Pedagógica Aprovar  proposta e Solicitar apoio da DPEC‐RET. Prazos e Custos  Ensino e  Resultado  O  desenvolvimento efectivo das habilidades genéricas dos estudantes ocorre com base em  EA.000.1 Resultados da Definição de Actividades.2.

00 Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto 125 Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010 . Prazos e Custos  Ensino e  Resultado  EA.5 Programas de recuperação efectivos são implementados Aprendizagem Esperado IE1 Elaborar um plano de recuperação para estudantes de acordo com os resultados de avaliações formativas  Prazo Actividades  Responsável  1  2  3  4  Trimestre Trimestre Trimestre Trimestre  Trimestre Elaborar as listas de estudantes com necessidades de  1 Departamentos  recuperação 2 Elaborar o Plano de Recuperação Departamentos  Direcção  ç 3 A Aprovar o Plano de Recuperação Pl d R ã pedagógica Implementar o Plano de Recuperação e elaborar  4 Departamentos  Relatório Custo das Actividades 20.Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional 1.2. Responsáveis.1 Resultados da Definição de Actividades.000.2 Plano Operacional 2010 1.

000.6 Carga de trabalho professor estudante Aprendizagem Esperado IE1 Elaborar um mapa de distribuição de carga horária de acordo com os parâmetros definidos  Prazo Actividades  Responsável  1  2  3  4  Trimestre Trimestre Trimestre Trimestre  Trimestre Recolher informação sobre listas de estudantes e  Direcção  1 disponibilidade do professor  Pedagógica Direcção/  Elaborar o proposta de Mapa de Distribuição de Carga  2 Direcção Horária pedagógica Direcção  3 Aprovar o Mapa de Distribuição de Carga Horária  pedagógica 4 Implementar o Mapa de Distribuição de Carga Horária  Departamentos  Custo das Actividades Custo das Actividades 20.2 Plano Operacional 2010 1. Responsáveis.00 Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto 126 Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010 . Prazos e Custos  Ensino e  Resultado  EA.2.1 Resultados da Definição de Actividades.Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional 1.

2.Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional 1. divulgar e assegurar que todos  4 os funcionários conhecem as descrições de funções C t d A ti id d Custo das Actividades 20.1 Recursos  Esperado pessoal no fornecimento de ensino e aprendizagem de qualidade IE1 Melhorar as descrições de funções de todos os funcionários do Instituto Prazo Actividades  Responsável  1  2  3  4  Trimestre Trimestre Trimestre Trimestre  Trimestre Fazer um levantamento de todas as funções  Direcção  1 necessárias na escola Administrativa Analisar o trabalho realizado (por cada função) e  Direcção  2 descrever Administrativa Sistematizar com detalhe as funções e validar com os  3 funcionários Direcção Comunicar.1 Resultados da Definição de Actividades. Responsáveis. informar.2 Plano Operacional 2010 1. Prazos e Custos  Gestão de  Resultado  A gestão de IEP está comprometida a trabalhar em parceria com o Ministério de Educação e  GR.000.00 Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto 127 Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010 .

000.Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional 1.2.00 Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto 128 Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010 .1 Resultados da Definição de Actividades.2 Plano Operacional 2010 1.500.1 Recursos  Esperado pessoal no fornecimento de ensino e aprendizagem de qualidade IE2 Elaborar um plano de necessidades e aquisição de material didáctico para ensino‐aprendizajem Prazo Actividades  Responsável  1  2  3  4  Trimestre Trimestre Trimestre Trimestre  Trimestre Direcção  1 Determinar necessidades de material didáctico Administrativa Direcção  2 Pesquisar fornecedores e preços Administrativa Direcção/  3 Elaborar proposta de plano e aprovar  Direcção Administrativa  Angariar fundos do Instituto. Responsáveis. Prazos e Custos  Gestão de  Resultado  A gestão de IEP está comprometida a trabalhar em parceria com o Ministério de Educação e  GR. do Governo e de outros  4 Direcção  parceiros  Direcção  5 Implementar o Plano Administrativa Custo das Actividades 1.

00 Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto 129 Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010 .2. Responsáveis.Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional 1.2 A direcção está comprometida em melhorar a infra‐estrutura do ensino profissional Recursos  Esperado IE1 Analisar e implementar iniciativas para rentabilizar as infra‐estruturas do Instituto Prazo Actividades  Responsável  1  2  3  4  Trimestre Trimestre Trimestre Trimestre  Trimestre 1 Identificar iniciativas  de negócio potencial Direcção  Elaborar Plano de Negócio para avaliar a viabilidade  Direcção  2 dos negócios /Departamentos 3 Elaborar planos de implementação Elaborar planos de implementação Departamentos Departamentos  4 Implementar os planos de negócios Departamentos Custo das Actividades 30. Prazos e Custos  Gestão de  Resultado  GR.1 Resultados da Definição de Actividades.2 Plano Operacional 2010 1.000.

1 Resultados da Definição de Actividades. Responsáveis.Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional 1.2 A direcção está comprometida em melhorar a infra‐estrutura do ensino profissional Recursos  Esperado IE2 Elaborar o Plano de Investimentos e implementar Prazo Actividades  Responsável  1  2  3  4  Trimestre Trimestre Trimestre Trimestre  Trimestre Direcção/  1 Elaborar lista de necessidades de investimentos  Direcção Administrativa Direcção  2 Pesquisar fornecedores e preços q p ç Administrativa d 3 Elaborar proposta de plano de investimentos  Direcção Aprovar o plano de investimentos  DINET 4 Implementar os planos de investimentos  p p Direcção  ç Custo das Actividades 1.000.500.2 Plano Operacional 2010 1.2. Prazos e Custos  Gestão de  Resultado  GR.00 Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto 130 Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010 .

1 Resultados da Definição de Actividades.00 Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto 131 Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010 .2 Plano Operacional 2010 1.2 A direcção está comprometida em melhorar a infra‐estrutura do ensino profissional Recursos  Esperado IE3 Actualizar o inventario e efectuar o abate dos bens patrimoniais Prazo Actividades  Responsável  1  2  3  4  Trimestre Trimestre Trimestre Trimestre  Trimestre Informar sobre o procedimento  para realizar o  Direcção  1 inventario Administrativa Direcção  2 Elaborar cronograma para realizar o inventario Administrativa 3 Implementar o cronograma  Direcção Direcção  Elaborar lista de abate de bens Administrativa Direcção  ç 4 Realizar o abate Realizar o abate  Administrativa Elaborar listas de inventario e informar os  Direcção  5 responsáveis pelos bens Administrativa Custo das Actividades 20.000. Responsáveis.Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional 1.2. Prazos e Custos  Gestão de  Resultado  GR.

1 Resultados da Definição de Actividades.2 A direcção está comprometida em melhorar a infra‐estrutura do ensino profissional Recursos  Esperado IE4 Reabilitar os portões do Instituto Comercial Prazo Actividades  Responsável  1  2  3  4  Trimestre Trimestre Trimestre Trimestre  Trimestre Direcção/  1 Lançar concurso público para execução das obras Direcção Administrativa Direcção/  2 S l i Seleccionar a melhor proposta  lh t Direcção Administrativa Direcção/Direcç 3 Contratar o empreiteiro  ão Administrativa Direcção  Controlar a execução da obra Administrativa Direcção  4 Pagar o trabalho realizado Administrativa 5 Custo das Actividades 75. Prazos e Custos  Gestão de  Resultado  GR.2 Plano Operacional 2010 1. Responsáveis.2.000.00 Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto 132 Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010 .Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional 1.

1 Resultados da Definição de Actividades.2 Plano Operacional 2010 1.2. Prazos e Custos  Gestão de  Resultado  GR.Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional 1. PIREP ou financiadores para assegurar os  Direcção recursos financeiros necessários 4 Aprovar plano DINET/PIREP 5 Implementar plano Direcção 6 Elaborar relatórios de fiscalização Direcção  Custo das Actividades 500 000 00 500.2 A direcção está comprometida em melhorar a infra‐estrutura do ensino profissional Recursos  Esperado IE5 Elaborar e implementar um plano de Manutenção de Infra‐estruturas e Equipamentos Prazo Actividades  Responsável  1  2  3  4  Trimestre Trimestre Trimestre Trimestre  Trimestre Direcção/Direcç 1 Identificar necessidades de manutenção ão Administrativa Direcção  2 Pesquisar custos com fornecedores de serviços  q ç Administrativa d Elaborar proposta de plano incluindo a negociação  3 com DINET. Responsáveis.000.00 Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto 133 Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010 .

1 Resultados da Definição de Actividades.2 Plano Operacional 2010 1.00 Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto 134 Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010 .2.Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional 1.000. Prazos e Custos  Gestão de  Resultado  A direcção está comprometida com a prestação de contas e transparência em termos de  GR. Responsáveis.3 Recursos  Esperado recursos e finanças da instituição de ensino profissional IE1 Elaborar Relatórios Semestrais de Prestação de Contas Prazo Actividades  Responsável  1  2  3  4  Trimestre Trimestre Trimestre Trimestre  Trimestre Identificar necessidades de informação de acordo com  Direcção  1 as normas definidas Administrativa Elaborar proposta de Relatório de Prestação de  Direcção  2 Contas  Administrativa 3 Aprovar Relatório de Prestação de Contas  Direcção 4 Distribuir o Relatório de Prestação de Contas  Custo das Actividades 90.

1 Resultados da Definição de Actividades.Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional 1. Prazos e Custos  Gestão de  Resultado  A direcção está comprometida com a prestação de contas e transparência em termos de recursos e  GR.2 Plano Operacional 2010 1.2.000.3 Recursos  Esperado finanças da instituição de ensino profissional IE2 Implementar um sistema informatizado de gestão financeira Prazo Actividades  Responsável  1 Trimestre 2 Trimestre 3 Trimestre  4 Trimestre Direcção  ç 1 L Levantar requisitos para o sistema t i it i t Administrativa Direcção  2 Elaborar caderno de encargos  Administrativa Direcção  3 Pesquisar preços junto de fornecedores de sistemas  Administrativa Direcção  4 Determinar contribuição do Instituto Administrativa Articular com DINET /PIREP ou outros financiadores para  5 Direcção  obtenção de fundos 6 Analisar propostas e selecção de fornecedor Direcção 7 Realizar o Contrato com o fornecedor Direcção  Direcção  8 Implementar o sistema Administrativa C t d A ti id d Custo das Actividades 200.00 Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto 135 Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010 . Responsáveis.

) Administrativa Atribuir prémios às melhores turmas (na reunião do  4 2º semestre com professores e estudantes) Custo das Actividades 90.000.00 Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto 136 Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010 .Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional 1.2 Plano Operacional 2010 1.1 Resultados da Definição de Actividades.1 O ambiente físico de aprendizagem é amigável para o aluno Aprendizagem Esperado IE1 Criar um jardim e melhorar o parque arbóreo Prazo Actividades  Responsável  1  2  3  4  Trimestre Trimestre Trimestre Trimestre  Trimestre Direcção  1 Elaborar um plano com o layout do jardim Administrativa Comunicar e informar os professores e estudantes o  plano para o jardim e atribuir turmas que ficam  Direcção  2 responsáveis pela criação e manutenção de responsáveis pela criação e manutenção de  Ad i i t ti Administrativa determinadas áreas do jardim Criar o jardim (a Escola deve assegurar o máximo  Direcção  3 apoio na limpeza das áreas. Responsáveis.2. Prazos e Custos  Ambiente de  Resultado  AA. etc.

2.000. Responsáveis.Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional 1.000.1 O ambiente físico de aprendizagem é amigável para o aluno Aprendizagem Esperado IE2 Elaborar um plano para aquisição de equipamento e mobiliário para implementação de novas metodologias de ensino Prazo Actividades  Responsável  1  2  3  4  Trimestre Trimestre Trimestre Trimestre  Trimestre Identificar os equipamentos necessários para as novas  1 Direcção  metodologias de ensino Elaborar plano de aquisição dos equipamentos e  2 Direcção  solicitar o financiamento 3 Enviar o plano para aprovação pela DINET Direcção  Direcção  4 Lançar o concurso para aquisição de equipamentos Administrativa Direcção/Direcç 5 Seleccionar o fornecedor do equipamento Seleccionar o fornecedor do equipamento ão Administrativa Direcção  Comprar o equipamento  Administrativa Custo das Actividades 2. Prazos e Custos  Ambiente de  Resultado  AA.00 Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto 137 Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010 .2 Plano Operacional 2010 1.1 Resultados da Definição de Actividades.

2.2 Plano Operacional 2010 1.Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional 1. Prazos e Custos  Ambiente de  Resultado  O ambiente de IEP reconhece a necessidade de promover o bem‐estar de todos os  AA. Responsáveis.000.2 Aprendizagem Esperado estudantes  IE1 Promover actividades desportivas e de lazer Prazo Actividades  Responsável  1  2  3  4  Trimestre Trimestre Trimestre Trimestre  Trimestre Direcção  1 Identificar actividades a serem promovidas  Administrativa/ departamentos  Direcção  2 El b Elaborar plano para a implementação l i l t ã Administrativa/ d / departamentos 3 Aprovar o plano  Direcção  4 Implementar o plano Departamentos  C t d A ti id d Custo das Actividades 90.1 Resultados da Definição de Actividades.00 Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto 138 Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010 .

2 Plano Operacional 2010 1.2.1 Resultados da Definição de Actividades.Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional 1. Responsáveis.2 Aprendizagem Esperado estudantes  IE2 Estabelecer registos completos do histórico do aluno para conhecimento e acompanhamento dos professores Prazo Actividades  Responsável  1  2  3  4  Trimestre Trimestre Trimestre Trimestre  Trimestre Solicitar ao PIREP para instalação da base de dados já  Direcção  1 desenvolvida para registo do histórico pedagógico do  Administrativa estudante Direcção  Implementar a base de dados e assegurar formação  p g ç 2 Administrativa/ d / dos utilizadores professores Custo das Actividades 90. Prazos e Custos  Ambiente de  Resultado  O ambiente de IEP reconhece a necessidade de promover o bem‐estar de todos os  AA.00 Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto 139 Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010 .000.

 Prazos e Custos  Ambiente de  Resultado  AA.000. filosofia. Responsáveis. cultura. convidando palestrantes do  IE1 sector produtivo e comunidade Prazo Actividades  Responsável  1  2  3  4  Trimestre Trimestre Trimestre  Trimestre Seleccionar potenciais temas para palestras e elaborar  1 Direcção um plano anual (1 palestra por mês) Fazer propostas e formalizar junto de potenciais  2 Direcção  ç palestrantes l t t Consolidar o plano de palestras e reajustar  3 Direcção mensalmente. etc.1 Resultados da Definição de Actividades. professores e estudantes Custo das Actividades 90.3 O ambiente de IEP promove crescimento e desenvolvimento intelectual  Aprendizagem Esperado Promover palestras mensais sobre diversos temas da vida profissional.2 Plano Operacional 2010 1. se necessário Implementar as palestras articulando adequadamente  Direcção 4 com os palestrantes.2.Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional 1.00 Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto 140 Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010 .

00 Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto 141 Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010 . Responsáveis.3 O ambiente de IEP promove crescimento e desenvolvimento intelectual  Aprendizagem Esperado IE2 Organizar feira da Cultura e Desporto Prazo Actividades  Responsável  1  2  3  4  Trimestre Trimestre Trimestre Trimestre  Trimestre Direcção/depart 1 Identificar áreas de actividade para a feira amentos  Direcção  Consultar intervenientes para informação de custos e  2 /Direcção p disponibilidade Administrativa Direcção/depart 3 Elaborar proposta  amentos 4 Aprovar de proposta  Direcção 5 I l Implementar a proposta  t t D Departamentos  t t Custo das Actividades 150.Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional 1.1 Resultados da Definição de Actividades.2 Plano Operacional 2010 1.2.000. Prazos e Custos  Ambiente de  Resultado  AA.

000.00 Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto 142 Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010 .2 Plano Operacional 2010 1. Responsáveis.2.3 O ambiente de IEP promove crescimento e desenvolvimento intelectual  Aprendizagem Esperado IE3 Organizar a Feira da Semana do Ensino Técnico Prazo Actividades  Responsável  1  2  3  4  Trimestre Trimestre Trimestre Trimestre  Trimestre Identificar áreas de actividade para a feira da Semana  1 Direcção de Ensino Técnico Consultar intervenientes para informação de custos e  2 Direcção  disponibilidade 3 Elaborar proposta  Direcção 4 Aprovar a proposta  Direcção 5 Implementar a proposta  Custo das Actividades Custo das Actividades 100.Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional 1.1 Resultados da Definição de Actividades. Prazos e Custos  Ambiente de  Resultado  AA.

Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional 1.1 Resultados da Definição de Actividades.3 Uma cultura de aprendizagem positiva é estabelecida  Aprendizagem Esperado IE1 Realizar um questionário anual para perceber a satisfação dos estudantes com o processo de ensino aprendizagem Prazo Actividades  Responsável  1  2  3  Trimestre Trimestre Trimestre Trimestre  Identificar áreas de actividade para a feira da Semana  1 Direcção de Ensino Técnico Consultar intervenientes para informação de custos e  2 Direcção  disponibilidade 3 Elaborar proposta  Direcção 4 Aprovar a proposta  Direcção 5 Implementar a proposta  Custo das Actividades Custo das Actividades 90.000.2 Plano Operacional 2010 1.2. Responsáveis. Prazos e Custos  Ambiente de  Resultado  AA.00 Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto 143 Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010 .

2 Plano Operacional 2010 1.2.1 As indústrias locais tomam um interesse activo no IEP com a I/C Esperado IE1 Promover encontros de confraternização com o sector produtivo Prazo Actividades  Responsável  1  2  3  4  Trimestre Trimestre Trimestre Trimestre  Trimestre 1 Identificar principais parceiros do sector produtivo Direcção  Elaborar um plano de confraternização e angariação  2 Direcção  de fundos 3 ç Formular convites de confraternização Direcção ç Direcção  4 Contratar serviços de catering Administrativa Direcção  5 Confraternizar com o sector produtivo Administrativa Custo das Actividades 150.Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional 1. Responsáveis.1 Resultados da Definição de Actividades. Prazos e Custos  Envolvimento  Resultado  EIC.00 Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto 144 Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010 .000.

Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional 1.00 Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto 145 Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010 .1 Aprendizagem Esperado instituição de ensino profissional IE1 Pedir apoio a DINET e PIREP para as acções de Desenvolvimento Institucional Prazo Actividades  Responsável  1  2  3  4  Trimestre Trimestre Trimestre Trimestre  Trimestre Identificar necessidades na área e Desenvolvimento  1 Direcção Institucional 2 Elaborar uma proposta para apoio pela DINET/PIREP Direcção  3 Negociação com  a DINET/PIREP Direcção 4 Implementar a proposta  Direcção  Custo das Actividades 1.2.000. Responsáveis.1 Resultados da Definição de Actividades. Prazos e Custos  Ambiente de  Resultado  As iniciativas de PIREP e da DINET são incorporadas nos planos  e nos relatórios da  R.000.2 Plano Operacional 2010 1.

000. Prazos e Custos  Ambiente de  Resultado  As iniciativas de PIREP e da DINET são incorporadas nos planos  e nos relatórios da  R.2.Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional 1.00 Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto 146 Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010 .2 Plano Operacional 2010 1.1 Aprendizagem Esperado instituição de ensino profissional IE2 Adequar o Modelo de Relatório de Prestação de Contas Prazo Actividades  Responsável  1  2  3  4  Trimestre Trimestre Trimestre Trimestre  Trimestre 1 Analisar o modelo de relatório actual Direcção 2 Elaborar proposta com modificações Direcção  3 Consulta interna sobre as modificações  Direcção 4 Actualizar a proposta  Direcção 5 Implementar Custo das Actividades 90.1 Resultados da Definição de Actividades. Responsáveis.

2.00 Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto 147 Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010 . Responsáveis.Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional 1.1 Resultados da Definição de Actividades. PIREP Direcção Custo das Actividades 10. DINET.2 Plano Operacional 2010 1. compreensão e implementação dos  1 sistemas definidos pela Reforma (por parte da gestão.000.1 Aprendizagem Esperado instituição de ensino profissional IE3 Realizar reuniões semestrais do pessoal da escola (gestores. professores e administrativos) sobre os sistemas e a Reforma Prazo Actividades  Responsável  1  2  3  4  Trimestre Trimestre Trimestre Trimestre  Trimestre Realizar uma avaliação semestral sobre o grau de  entendimento.  Direcção professores e administrativos) e identificar aspectos  que necessitam de melhor discussão e compreensão Realizar reuniões semestrais para discussão e reforço  2 Direcção  da compreensão  Elaborar de relatório com dúvidas persistentes e  3 Direcção recomendações de melhoria na implementação 4 Divulgar do relatório para DPEC‐RET. Prazos e Custos  Ambiente de  Resultado  As iniciativas de PIREP e da DINET são incorporadas nos planos  e nos relatórios da  R.

Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional 2. Avaliação do Workshop pelos  Participantes  Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto 148 Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010 .

Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional Resultados da avaliação do Workshop pelos Participantes Apresenta‐se nas páginas seguintes os resultados da avaliação do Workshop na perspectiva dos participantes relativamente às seguintes dimensões: 1 Importância do workshop 1. Organização do Workshop a) Moderação/facilitação b) Discussões c)) D Desenho h dos d Conteúdos C t úd d) Logística e) Alimentação Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto 149 Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010 . a) Grau de Satisfação de Expectativas b) Nível de Interesse Mantido pela Dinâmica do Workshop c) Expressão de Opiniões e Contribuições d) Alcance de Objectivos e Lições Aprendidas e) Importância dos Assuntos Discutidos no Workshop f) Relevância do workshop para a Função ou Interesse dos participantes 2.

6. 25% • De uma maneira geral. 75% Escala: • Totalmente Satisfeito • Satisfeito • Insatisfeito • Totalmente Insatisfeito Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto 150 Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010 .1. 2.Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional 1 1 Avaliação da Importância do Workshop 1. as expectativas foram alcançadas como pode ser observado na base das seguintes apreciações: – 6 participantes (75%) mostram-se totalmente satisfeitos com o workshop p – 2 participantes (25%) também fizeram uma Totalmente apreciação positiva do workshop Satisfeito.1 Grau de Satisfação de Expectativas Gráfico de Avaliação Interpretação do Gráfico Satisfeito. os participantes estão satisfeitos.1 1.

3. decorrer do workshop 5. conforme as estatísticas abaixo: – 3 participantes (38%) estão muito satisfeitos com a dinâmica do workshop. 38% • Todos os participantes fizeram uma avaliação positiva em relação a dinâmica mantida durante o workshop. workshop – 5 participantes (62%) mostram-se satisfeitos com o Satisfeito.Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional 1 1 Avaliação da Importância do Workshop 1.1 1.1.2 Nível de Interesse Mantido pela Dinâmica do Workshop Gráfico de Avaliação Interpretação do Gráfico Totalmente satisfeito. 62% Escala: • Totalmente Satisfeito • Satisfeito • Insatisfeito • Totalmente Insatisfeito Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto 151 Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010 .

25% • A avaliação feita durante ao workshop foi muito boa. mostrando-se satisfeitos Escala: • Totalmente Satisfeito • Satisfeito • Insatisfeito • Totalmente Insatisfeito Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto 152 Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010 . 6.1. 75% opinião.Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional 1 1 Avaliação da Importância do Workshop 1. 2. boa todos os participantes mostram-se satisfeitos e são da opiniãi que houve espaço e abertura suficiente para exporem as sua opiniões e contribuições. como se pode observar nos seguintes termos: – 6 participantes i i (75%) consideram id que os resultados l d foram excelentes Totalmente – 2 participantes (25%) também são da mesma satisfeito.3 Expressão de Opiniões e Contribuições Gráfico de Avaliação Interpretação do Gráfico Satisfeito.1 1.

75% são da mesma opinião Escala: • Totalmente Satisfeito • Satisfeito • Insatisfeito • Totalmente Insatisfeito Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto 153 Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010 .1 1.1. • De um modo geral a avaliação feita pelos participantes em 2. como se pode observar nos seguintes termos: – 6 participantes (75%) mostram mostram-sese totalmente satisfeitos com o workhop e concordam que se alcançou os objectivos pretendidos Totalmente satisfeito.Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional 1 1 Avaliação da Importância do Workshop 1. 25% relação aos objectivos alcançados foi bastante positiva. visto que os objectivos foram atingidos com sucesso e contribuirá para um maior desempenho.4 Alcance de Objectivos e Lições Aprendidas Gráfico de Avaliação Interpretação do Gráfico Satisfeito. – 2 participantes (25%) também estão satisfeitos e 6.

1 1.5 Importância dos Assuntos Discutidos no Workshop Gráfico de Avaliação Interpretação do Gráfico Satisfeito. importantes 7.1.Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional 1 1 Avaliação da Importância do Workshop 1. como mostram os dados a baixo: – 7 participantes (87%) consideram que os assuntos discutidos di id fforam d de extrema importância i â i – 1 participantes (13%) consideram que os assuntos Totalmente discutidos durante o Workshop foram também satisfeito. 13% • A maior parte dos participantes mostram-se totalmente satisfeitos e são da opinião que os assuntos levantados são de grande importância para a escola e contribuirão para o aumento do desempenho. 87% Escala: • Totalmente Satisfeito • Satisfeito • Insatisfeito • Totalmente Insatisfeito Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto 154 Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010 . 1.

Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional 1 1 Avaliação da Importância do Workshop 1. Em baixo são apresentadas as estatísticas : – 7 participantes (87%) consideram que foram abordados b d d assuntos t relevantes l t e de d muito it interesse i t e mostram-se totalmente satisfeitos. 87% Escala: • Totalmente Satisfeito • Satisfeito • Insatisfeito • Totalmente Insatisfeito Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto 155 Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010 . também estão satisfeitos 7. Totalmente – 1 participantes (13%) são da mesma opinião e satisfeito.6 Relevância do workshop para a Função ou Interesse dos participantes Gráfico de Avaliação Interpretação do Gráfico Satisfeito. 13% workshop e seu conteúdos pois contribuirá para alcance dos objectivos que a escola pretende e também para solucionar problemas do dia a dia. • Grande parte dos participantes esta muito satisfeito com o 1.1.1 1.

13% De acordo com a leitura do gráfico. 25% satisfeito. como pode ser observado na estatística abaixo: – 5 participantes (62%) estão totalmente satisfeitos com a moderação – 2 participantes (25%) estão satisfeitos Satisfeito. gráfico em geral.2. 5. geral os participantes mostram-se satisfeitos com a Moderação dos facilitadores.Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional 1 2 Avaliação da Organização do Workshop 1.2 1. 62% Escala: • Totalmente Satisfeito • Satisfeito • Insatisfeito • Totalmente Insatisfeito Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto 156 Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010 .1 Moderação /Facilitação Gráfico de Avaliação Interpretação do Gráfico N/R. 1. – 1 participante não respondeu a esta questão Totalmente 2.

Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional 1 2 Avaliação da Organização do Workshop 1. mostrando-se todos totalmente satisfeitos com os conteúdos das discussões durante o workshop Totalmente satisfeito.2 Discussões Gráfico de Avaliação Interpretação do Gráfico N/R. 7. 1.2 1. 13% • Todos os participantes responderam a esta questão de maneira bastante positiva. 87% Escala: • Totalmente Satisfeito • Satisfeito • Insatisfeito • Totalmente Insatisfeito Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto 157 Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010 .2.

os participante em N/R.2 1. responderam todos de maneira positiva e estão satisfeitos 1. Satisfeito.2. 25% a esta questão.3 Desenho dos conteúdos Gráfico de Avaliação Interpretação do Gráfico • Como pode ser observado no gráfico. satisfeito. 62% Escala: • Totalmente Satisfeito • Satisfeito • Insatisfeito • Totalmente Insatisfeito Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto 158 Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010 . 5. 13% com o desenho dos conteúdos. – 1 participante correspondente a 13% não respondeu Totalmente 2.Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional 1 2 Avaliação da Organização do Workshop 1. conteúdos – 62% dos participantes responderam que estão totalmente satisfeitos com os Desenhos dos conteúdos – 25% dos participantes também mostram-se satisfeitos.

satisfeito.2. 3. 13% • Em relação a logística do workshop. 49% Escala: • Totalmente Satisfeito • Satisfeito • Insatisfeito • Totalmente Insatisfeito Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto 159 Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010 . 4.2 1. 1. como pode ser lido no gráfico ao lado: – 49% dos participantes responderam que estão totalmente satisfeitos com a logística – 38% mostram-se satisfeitos com a Logística durante Totalmente o workshop Satisfeito.Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional 1 2 Avaliação da Organização do Workshop 1. os participantes demonstrarem satisfação e somente um participante não respondeu a esta questão. 38% – 13% não respondeu.4 Logística Gráfico de Avaliação Interpretação do Gráfico N/R.

Escala: • Totalmente Satisfeito • Satisfeito • Insatisfeito • Totalmente Insatisfeito Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto 160 Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010 . 62% – 1 participante (13%) não respondeu a questão.Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional 1 2 Avaliação da Organização do Workshop 1.5 Alimentação Gráfico de Avaliação Interpretação do Gráfico Totalmente N/R. 13% 2. 1.2 1. alimentação 5. com base nas seguintes apreciações: – 2 participantes (25%) estão totalmente satisfeitos com a alimentação servida durante os dias que decorreu o workshop – 5 participantes (62%) são estão satisfeitos com a Satisfeito.. os satisfeito. 25% participantes de d um modod gerall não ã mostram insatisfação f ã em relação a alimentação oferecida nos intervalos do workhop.2. • De acordo com a leitura feita do gráfico ao lado.

fácil pois exigia muito esforço mental mental” Dinâmica do Workshop • “Não totalmente. pois aprendi novas metodologias de elaboração de planos estratégicos” Grau de Satisfação de • “ Satisfeito. agora tenho que aplicar e alterar o que for necessário” Objectivos e Lições Aprendidas • “Aprendi bastante sobre a planificação” Importância dos • “Totalmente dirigido g para p os assuntos mais importantes” p A Assuntos t Discutidos Di tid no Workshop • “Sempre focalizado na planificação” Relevância do workshop para a • “Deu uma visão completa de como organizar um plano” Função ou Interesse dos p participantes p Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto 161 Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010 . muita produção em pouco tempo” Expectativas • “Os temas/ matérias abordados são de extrema importância” Nível de Interesse • “ Manteve o meu interesse.3 Apresenta-se abaixo os comentários dos participantes relativamente às seguintes dimensões: Dimensão Comentários • “Satisfeito.Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional 1 3 Comentários dos Participantes 1. pois nunca tinha elaborado um plano do género” Mantido pela • “Não Não foi um trabalho fácil. Somente pelo período de exames que obrigou a interrupções constantes” Expressão de • “Houve sempre espaço para expor as contribuições” Opiniões e • “Todas as ideias foram colocadas à discussão” Contribuições • “A discussão no grupo foi boa” Alcance de • “Bastante positivo.

Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional 1 3 Comentários dos Participantes 1.3 Apresenta-se abaixo os comentários dos participantes relativamente às seguintes dimensões: Dimensão Comentários Moderação • “ Bem moderado” /Facilitação Discussões • “As discussões foram francas e abertas” Alimentação • “Houve problema somente no primeiro dia” Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto 162 Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010 .

Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional 3. Anexos Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto 163 Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010 .

 Dia 3.   Reunião com Stakeholders para Apresentação do Novo Paradigma de Gestão do Instituto 1.4.Dia 1.4.9. 9 de Dezembro de 2009 1.1.5.2. 8 de Dezembro de 2009 1.   Plenária: Apresentação do conceito de Dimensão de Planeamento 1.   Plenária: Validação das Dimensões de planeamento  1.   Plenária: Apresentação do conceito de objectivos e indicadores   1.   Plenária: Validação dos objectivos e indicadores   ç j 1. Actividades Realizadas no Workshop 1.   Plenária: Apresentação do Conceito de Iniciativas estratégicas   1.   Plenária: Definição de Iniciativas Estratégicas 3.3.6.1.   Plenária: Definição de Iniciativas Estratégicas   1.Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional 3. Horário 08:30 ‐17:00.7. Anexos  3. Plenária. Horário 08:30 ‐16:00.   Plenária: Elaboração do plano Operacional para 2010 Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto 164 Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010 .   Plenária: Apresentação do conceito de planeamento estratégico escolar 1 2 Plenária: Apresentação do Nível de Proficiência 1.2.   Plenária: Discussão dos Resultados do Nível de Proficiência do Instituto  1.1.   Plenária: Calculo dos indicadores  1.   Plenária: Apresentação dos conceitos de Estratégia e Resultados Esperados  1.8. Definição de Estratégias e Validação de Resultados Esperados   2.3.10.   Plenária: Apresentação do Nível de Proficiência  1. 7 de Dezembro de 2009 1. Horário 08:30 ‐16:00.Dia 2.1.

Anexos  3. Metodologia do Workshop Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto 165 Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010 .2.Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional 3.

Lista de Participantes Lista de Participantes Instituto Comercial de Maputo Assiduidade  Nome  Instituição  Função  Contacto  7 8 9 1 Maria Elisa  ICM DAP 2 Elisa  ICM Professor  3 Vasco Malate  ICM Professor  4 Arlindo Langa  ICM Professor  Implementação das Actividades de Desenvolvimento Institucional nas Escolas Piloto 166 Relatório Final do Planeamento Estratégico 2010‐2013 e Planeamento Operacional 2010 .3. Anexos  3.Relatório Final do Workshop de Planeamento Estratégico e Operacional 3.