You are on page 1of 2

Morro da Fumaça

Folha da Fumaça
Morro da Fumaça, 24 de janeiro de 2011 - Sexta Feira Ano III - Edição 103 R$ 2,00 Morro da Fumaça

Enchentes causam estragos na região Obras executadas em


Morro da Fumaça foram
Pág. 04 e 05
decisivas contra enchente
Pág. 03
Embora desta feita os bém decretou estado de
prejuízos com as chu- emergência, a exemplo
vas fortes que se aba- de outros municípios da
teram por toda a região região, e que também
tenham sido de ordem causou enormes estra-
material e viária, como gos ao município. Para
queda de pontes de ma- o prefeito Baltazar Pel-
deira, estrago das estra- legrin o principal motivo
das de areão, estragos de não haver muitos es-
na agricultura e indús- tragos para as residên-
trias, principalmente cias e para o comércio,
as cerâmicas. Já com coisa que a cada enxur-
relação às moradias rada, a população do
nos bairros arredores centro e a população ri-
e centro, houve poucos beirinha, principalmen-
estragos e, principal- te do Rio Linha Torrens
mente, não houve de- entravam em pânico,
sabrigados. Devido aos foram as obras de dre-
estragos causados pelas nagem e dragagem fei-
chuvas o município de tas pela Secretaria de
Morro da Fumaça tam- Obras do município.

Mais uma vez o Sul do Estado é cas-


tigado pelas enchentes. Municípios
za dos rios e córregos, os prejuisos fo-
ram mais de ordem estrutural, como
Prefeitura vai notificar terrenos
como Criciúma, Cocal do Sul, Urus-
sanga e Siderópolis, ficaram muito
prejudicados. Morro da Fumaça tam-
estradas, pontes, e também nos ar-
rozais e cerâmicas, em função do re-
presamento do Rio Urussanga. Não
sem limpeza e sem calçadas
bém foi bastante atingido, mas pelas houve pessoas desabrigadas, nem Pág. 03
obras que foram executadas de pinpe- prejuisos materiais dentro das casas. A administração munici- das da cidade. O fato de
pal de Morro da Fumaça estarem abandonados,
irá começar a notificar, a e sem limpeza, estão

Olaria das Artes participa da II Religiosos do Maranhão


partir das próximas se- criando condições para a
manas, os proprietários criação de insetos e ani-
de terrenos baldios que mais perigosos como ra-
estão sem limpeza e que tos, aranhas, que podem
não tenham as calçadas trazer muitos problemas

Rodada de Negócios do Sebrae visitam Morro da Fumaça


devidamente construí- para a saúde. Sem con-
das. Boa parte desses tar que boa parte des-
terrenos está localiza- ses terrenos acabam
dos em áreas valoriza- sendo depósitos de lixo.
Contra-Capa Pág. 09

OFERTAS Fabio Souza toma posse em mais


Folha
um mandato de presidente da CDL
LEIA AQUI

online

Pág.08
Tomou posse neste palavras de motiva-
18/01/11, às 19:30 ho- ção e afeto como de
.com.br ras, nas dependências praxe para alcançarem
pág.10
da Sede Administrati- juntos os objetivos
va da CDL, a nova Di- da classe empresa-
retoria da Câmara de rial associada. Vários
Dirigentes Lojistas de foram os elogios e as
Morro da Fumaça, para forças positivas , no
o biênio 2011/2012 . intuito de motivação
O Presidente reeleito para uma Diretoria de
Fábio Souza Medeiros CDL que tanto traba-
cumprimentou cada lha em favor dos de-
É cooperar que nos faz crescer Urussanga Morro da Fumaça
um dos Dirigentes e mais sem querer qual-
Rua Presidente Vargas, N 221
3434 1182
Rua Vinte de Maio, N 999
48.3465. 4068 48. 3434.1717 Conselheiros , tecendo quer coisa em troca.
12 Folha da Fumaça Contra Capa 24 de janeiro de 2011

Coluna Esportiva
Antonio Ary
Deluca
antoniodelucavolei@hotmail.com

Secretaria Municipal

Sorveteria
Pillon
Sorvetes Artesanais

Olaria das Artes participa da II Rodada de Negócios do Sebrae


O Núcleo Artístico da Olaria das Ar-
tes de Morro da Fumaça estará par-
ticipando da 2ª Rodada de Negócios
de artesanato, que acontece em Flo-
rianópolis, de 20 de janeiro a 20 de
Fevereiro de 2011. A Olaria da das
Artes é subordinada ao Sindicer, Sin-
dicato da Indústria Cerâmica de Mor-
ro da Fumaça. O evento na capital
do Estado é organizada pelo Sebrae,
dentro do projeto Aroma, Sabor e
Arte Catarina, que já está na quarta
edição, e que tem por objetivo apro-
ximar o o vendedor dos artesanatos
com grandes grupos de compradores.
Neste evento estarão participando
grandes redes de empresas lojistas
como Tok & Stok, Le Lis Blanc, Grupo
Pão de Açúcar, Solidarium e Pé-do-Boi,
para comercializarem os produtos fa-
bricados pelos núcleos de artesanato.
“Isso significa que nossos produtos
cerâmicos, fabricados aqui pela Ola-
ria de Artes, poderão logo estar de-
corando lindos ambientes pelo Brasil
afora”, disse o presidente do Sindicer
de Morro da Fumaça, Sérgio Pagnan.
Além da área cerâmica, que participam
com dois núcleos, outras áreas do arte-
sanato também estarão participando.
Tudo tem que estar dentro de padrões
estabelecidos pelo Sebrae, como esta-
rem dentro das normas do Inmetro, pa-
drão de qualidade, além de capacidade
de produção para poder atender a de-
manda. “Nós vamos preparados para fe-
char negócios”, disse Paulo Fernandes,
responsável pelo núcleo fumacense.