S I M U L A D Ã O

Com base nessas informações, em qual alternativa ocorre a ordem correta de formação embriológica? a) Bulbo, medula, cerebelo e cérebro b) Medula, bulbo, cérebro e cerebelo c) Cérebro, cerebelo, bulbo e medula d) Medula, bulbo, cerebelo e cérebro e) Medula, cerebelo, cérebro e bulbo Podemos concluir que a) a taxa metabólica é inversamente proporcional à massa do animal; b) a RMB é função crescente da massa do animal; c) um camundongo se alimenta com freqüência muito maior que um cavalo, porque tem uma RMB muito maior que a do cavalo; d) um elefante tem RMB maior do que um cavalo; e) um elefante tem taxa metabólica menor do que a de um cavalo. Com base no texto, são feitas as seguintes afirmações: I) O controle das armas, da Polícia e das Forças Armadas em sua totalidade é um dos ingredientes constitutivos de um Estado totalitário. II) A liberdade de expressão e da produção cultural é a base do conceito de Estado totalitário. III) O Estado totalitário controla a totalidade da informação, da repressão e da economia. Está correto o que se afirma apenas em a) I e II. b) II e III. c) Todas. d) Todas incorretas. e) I e III. Sobre o texto apresentado, assinale a alternativa correta. a) O autor elogia a capacidade dos brasileiros de, mesmo à custa de esperteza ou malandragem, resolverem alguns de seus mais graves problemas, como o das crianças e velhos miseráveis. b) Para o autor, desde que apareceram os meninos de rua e foi instituída a terceira idade, desapareceram as “multidões de garotos miseráveis”, as “crianças traídas” e os velhos. c) Segundo o autor, as expressões meninos de rua e terceira idade são “neologismos espertos” ou “malandragens semânticas” para designar, respectivamente, menores abandonados e velhos. d) O autor nega que o problema da miséria no Brasil decorra dos menores abandonados e dos velhos, pois esses foram beneficiados pela instituição da “terceira idade” e aqueles foram substituídos pelos meninos de rua. e) O autor acredita que a novilíngua inventada por George Orwell, adaptada à situação de pobreza dos países tropicais, resulta em multidões de garotos miseráveis e velhos da terceira idade.

Conceitua-se taxa metabólica de um organismo como a energia produzida por unidade de tempo (potência) em uma dada atividade física. A taxa metabólica basal é a potência necessária para manter as atividades vitais de um organismo em uma situação de repouso. A razão metabólica basal (RMB) de um dado animal é definida como o quociente entre sua taxa metabólica basal e sua massa.
(RMB) = taxa metabólica basal massa

17

Analise o gráfico e a tabela apresentados a seguir.

18 Uma certa fazenda, localizada numa planície de um grande estado brasileiro, tem frente para uma estrada retilínea, cuja conservação é feita pelos próprios funcionários. O escritório-sede fica a 480 metros de distância dessa estrada e, à beira da estrada, a 800 metros de distância desse escritório, foi construída uma guarita de concreto com vidros à prova de tiros, onde seguranças contratados pelo fazendeiro fazem o trabalho diuturno de guardar a propriedade. Com o objetivo de servir alimentação ao pessoal que trabalha tanto no escritório quanto na guarita, o proprietário contratou a construção de um refeitório também à beira da estrada, localizado a igual distância da guarita e do escritório.
Assim sendo, a distância, em metros, do refeitório ao escritório é igual a a) 400. b) 500. c) 540. d) 600. e) 640.

20

[Retórica do Cinismo]

Brasileiro é craque em neologismos espertos e malandragens semânticas. Menores abandonados, por exemplo, não existem mais. Sim, multidões de garotos miseráveis seguem pedindo esmolas nas esquinas do país, mas crianças traídas já não há. Rebatizou-se o painel de horrores, e hoje só existem meninos de rua. Como a velhice foi revogada pela instituição da terceira idade, também desapareceram os velhos. Em sua vertente tropical, a novilíngua de George Orwell transformou-se num dialeto muito adequado à retórica do cinismo.
(Augusto Nunes, NoMínimo, 7/5/2003)

Vocabulário Retórica: a arte do bem dizer, a arte da eloqüência; oratória. Cinismo: atitude ou caráter de pessoa que revela descaso pelas convenções sociais e pela moral vigente; impudência, desfaçatez, descaramento (Dicionário Houaiss). Neologismo: 1. palavra ou expressão nova numa língua; 2. sentido novo atribuído à palavra ou à expressão já existente na língua. Semântico: relativo à semântica, ou seja, à significação das palavras. Novilíngua: a língua oficial do poder, no país totalitário imaginado por George Orwell em seu romance satírico 1984 (concluído em 1948). O dicionário da novilíngua, no romance, é diminuído a cada edição. Dialeto: variedade regional ou social de uma língua; variedade de uma língua que não impossibilita a compreensão por parte do falante de outra variedade (dialeto caipira, dialeto gaúcho, dialeto paulista).

Taxa metabólica comparada para alguns animais homeotérmicos. WILLIAM D. McARDLE, FRANK I. KATCH e VICTOR L. KATCH. Fisiologia do Exercício. Brasil, Guanabara Koogan, 1998.

Razão metabólica basal para alguns animais homeotérmicos. WILLIAM D. McARDLE, FRANK I. KATCH e VICTOR L. KATCH. Fisiologia do Exercício. Brasil, Guanabara Koogan, 1998

No Dicionário de Política, organizado pelo pensador italiano Norberto Bobbio, um dos próceres da esquerda, o regime totalitário é resultado da união de seis pontos: - Uma ideologia oficial que abrange todos os aspectos da atividade e da existência do homem, que critica, de modo radical, o estado atual das coisas e dirige a luta pela sua transformação. - Um partido único de massa dirigido por um ditador e que se mistura com a burocracia do Estado. - Um sistema de terrorismo policial. - O monopólio da direção de todos os meios de comunicação de massa. - O monopólio de todos os instrumentos de luta armada. - O controle e direção central de toda a economia.
(Veja, 7 de maio, 2003)

19

Durante uma viagem de exploração pela floresta, um dos participantes desse passeio ecológico encontrou uma pequena pedra de formato irregular e se interessou em avaliar a densidade do material do qual era composto o objeto. Para isso usou uma pequena balança de dois pratos a fim de avaliar a massa do material e, na tentativa de calcular o volume dessa pequena rocha, não conseguiu encontrar nenhum modelo matemático que se adaptasse ao cálculo. Assim sendo, teve a seguinte idéia: cortou a parte superior da garrafa plástica de água que transportava durante o passeio, conservando apenas sua parte cilíndrica, deixou certa quantidade de água no seu interior e, em seguida, mergulhou a pequena pedra no interior do líquido remanescente e percebeu que a pedra ficou totalmente submersa, sem transbordar. Pelas marcas que fez com caneta na superfície lateral externa da garrafa, pôde perceber que, mantendo a garrafa na posição vertical, a introdução da pedra no seu interior fez com que o nível da superfície da água se elevasse de 16 milímetros. Na seqüência, teve o cuidado de medir o diâmetro interno da parte cilíndrica da garrafa e encontrou para essa medida o valor de 10 centímetros. Finalmente, considerando π = 3,14, pôde então calcular o volume, em milímetros cúbicos, da referida pedra, que é igual a

21

72 ENEM 2007 | GUIA DO ESTUDANTE

GUIA DO ESTUDANTE | ENEM 2007 73

ENEM_SIMULADAO_01.indd 72-73

4/19/07 6:31:43 PM