JESUS, O VENCEDOR "...E no mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo, eu venci o mundo" (João 16,33).

Por mais duro que seja meu coração de policial, não tenho como não me emocionar de verdade quando leio essas palavras e as passagens sobre Jesus. Ele é tudo: Rei dos reis, Senhor dos Senhores e não tem gente por maior que seja no mundo que não esteja debaixo do seus pés. Eu amo Jesus porque se fosse qualquer pessoa aí no mundo teria vencido para si mesma, mas Ele venceu por nós. Mas poucos entendem o que é isso: "Ora, o homem natural não compreende as coisas do Espírito de Deus, porque lhe parecem loucura; e não pode entendê-las, porque elas se discernem espiritualmente." (I Coríntios 2 : 14).

Antes de Jesus, era mais ou menos como hoje, para a maioria das pessoas: abandonadas à própria sorte ou destino. Não existiam curas, prosperidade ou paz, a não ser em poucos casos isolados (anjo que movia águas de cura, Jacó com o anjo, etc.). Esses milagres não aconteciam porque o povo de Deus tinha o coração muito duro e só recorriam a Ele em último caso (servidão no Egito, submissão aos romanos). Isso não quer dizer que não precisavam de ajuda: "E Jesus, saindo, viu uma grande multidão, e teve compaixão deles, porque eram como ovelhas que não têm pastor; e começou a ensinar-lhes muitas coisas." (Marcos 6 : 34). Mas Jesus veio ao mundo e venceu o que nos separava dEle e do Seu amor, trazendo esperança para um mundo cansado de sofrer. Com a própria vida pagou o preço para que pudéssemos viver e viver bem. Existe um amor maior do que esse? De alguém que deixou a sua glória e riqueza para viver no meio da plébe, e morrer por ela, e ainda chamá-los de irmãos, e ainda preparar lugar para morar junto como príncipes? Nunca teve e nunca vai ter. É por isso que Ele é vencedor: com amor e sabedoria, venceu o mundo, e com autoridade, venceu a morte e o inferno. Ele comprou a nossa briga e venceu bonito. E Deus também por amor de nós, O deixou vir quando poderia ter dito para Ele não vir. E o Espírito Santo de Deus faz nós sentirmos no coração a presença do Senhor. Os problemas do mundo não mudaram, mas por causa de Jesus, temos a condição de ter salvação em qualquer sentido hoje, e no porvir, com a vida eterna, se for da vontade de Deus que sejamos salvos:

"Os seus discípulos, ouvindo isto, admiraram-se muito, dizendo: Quem poderá pois salvar-se?

E Jesus, olhando para eles, disse-lhes: Aos homens é isso impossível, mas a Deus tudo é possível." (Mateus 19,25-26).

Mas a realidade que dizem haver hoje é que Jesus só cura algumas doenças e pouco graves e só cura através de alguns super-pastores, fora disso é morte na certa. Mas será que o sacrifício de Jesus na cruz era só para curar gripe? Será que Jesus não é mais forte que o câncer? Será que o sangue de Jesus só pode com doenças humanamente curáveis ou espirituais? Será que o sangue de Jesus vale tão pouco? Creio que vale muito, e é muito poderoso. Mais forte que qualquer doença, segundo a palavra de Deus. E será que Ele só cura por um super-pastor? A palavra dEle diz o contrário: "Disse-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim." (João 14 : 6);

"Pedi, e dar-se-vos-á; buscai, e encontrareis; batei, e abrir-se-vos-á." (Mateus 7 : 7);

"Se pedirdes alguma coisa em meu nome, eu o farei." (João 14 : 14);

"O céu e a terra passarão, mas as minhas palavras não hão de passar." (Mateus 24 : 35);

"Deus não é homem, para que minta; nem filho do homem, para que se arrependa; porventura diria ele, e não o faria? Ou falaria, e não o confirmaria?" (Números 23:19). Então, porque as coisas parecem ser assim hoje? Não sei. Só sei que esta é palavra de Deus sobre o assunto, através dos versículos acima. Ela não depende de mim ou de você, pois é promessa de Deus. E acredito que a palavra de Deus para funcionar deve ser mencionada (não cobrada), porque Deus não é mentiroso. Ele não precisa disso, pois tem todo poder nos céus e na terra, e não é covarde para "passar a rasteira" em pobres-miseráveis como nós. Tudo isso está na palavra dEle. Há porém um mistério que pode resolver esta "realidade" do Jesus quase-todo-poderoso e dos super-pastores lá no velho testamento:

"E, quando na vossa terra sairdes a pelejar contra o inimigo, que vos oprime, também tocareis as trombetas retinindo, e perante o SENHOR vosso Deus

haverá lembrança de vós, e sereis salvos de vossos inimigos." (Números 10:9). Precisamos lembrar Deus das Suas promessas. Pois havia uma promessa dEle aos judeus e o som da trombeta fazia lembrar do Seu povo e da promessa que havia feito: "O SENHOR pelejará por vós, e vós vos calareis." (Êxodo 14 : 14). Porque Deus não está à nossa disposição, Ele é Senhor e é nós que devemos serví-Lo e não Ele servir a nós. Isso não quer dizer que Deus não honra suas promessas, mas que devemos lembrá-Lo delas, com trombetas ou clamor, como faziam no Velho Testamento, ou no silêncio do pai-nosso:

"Mas tu, quando orares, entra no teu aposento e, fechando a tua porta, ora a teu Pai que está em secreto; e teu Pai, que vê em secreto, te recompensará publicamente." (Mateus 6-6).

E quanto às riquezas o Senhor disse:

"O ladrão não vem senão a roubar, a matar, e a destruir; eu vim para que tenham vida, e a tenham com abundância." (João 10-10) "E Pedro começou a dizer-lhe: Eis que nós tudo deixamos, e te seguimos. E Jesus, respondendo, disse: Em verdade vos digo que ninguém há, que tenha deixado casa, ou irmãos, ou irmãs, ou pai, ou mãe, ou mulher, ou filhos, ou campos, por amor de mim e do evangelho, Que não receba cem vezes tanto, já neste tempo, em casas, e irmãos, e irmãs, e mães, e filhos, e campos, com perseguições; e no século futuro a vida eterna."(Marcos 10;28-30); "Mas, buscai primeiro o reino de Deus, e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas." (Mateus 6 : 33). " E disse o SENHOR a Satanás: Observaste tu a meu servo Jó? Porque ninguém há na terra semelhante a ele, homem íntegro e reto, temente a Deus, e que se desvia do mal. Então respondeu Satanás ao SENHOR, e disse: Porventura teme Jó a Deus à toa? Porventura tu não cercaste de riquezas, a ele, e a sua casa, e a tudo quanto tem? A obra de suas mãos abençoaste e o seu gado se tem aumentado na terra.

Mas estende a tua mão, e toca-lhe em tudo quanto tem, e verás se não blasfema contra ti na tua face."( Jó 1;8-11). O Senhor por amor a nós fez muitos sacrifícios, e a única coisa que nos pede é que façamos a Sua vontade. Mas o que seria uma "compensação" a Cristo na verdade é um benefício muito maior a nós. A palavra de Deus nos torna pessoas melhores para os outros e para nós mesmos, pois otimiza e direciona nossos passos. E sobretudo, a bíblia pode ser considerada como um "manual do fabricante", pois Deus sabe como nos criou e sutilmente nela nos ensina a viver melhor. Muitos não gostam de ler a bíblia ou "ouvir a verdade" porque já vem na cabeça destes: "eu não vou poder fazer nada se fizer a vontade de Deus", mas não se dão nem ao menos o luxo de continuar a reflexão. Pois fazer a vontade de Deus não é "não poder fazer nada", mas substituir atitudes primárias por atitudes especializadas, que levam a uma vida de notoriedade e êxito. Isso porque analizando a vida de pessoas ímpias de sucesso foi verificado que as atitudes melhores deles eram as mesmas ensinadas na palavra de Deus. Não agem assim por causa da bíblia, mas pelo acaso, só que nós podemos agir bem para sermos bem-sucedidos, não pela sorte, mas pela palavra do Senhor. Explicando, atitudes primárias são aquelas que temos quando somos crianças ou mais novos, quando temos menos experiência de vida. Ao passar dos anos, vamos substituindo essas atitudes primárias por atitudes mais apropriadas ou melhores, e nada melhor do que novas atitudes do que as ditas pelo próprio Deus. E todo mundo quer agir do melhor jeito que se pode agir em cada situação. Acredito que ninguém quer agir de um jeito que pode levá-lo à morte ou ao fracasso conscientemente. Mas se as doenças e os problemas ainda insistirem em continuar, devemos "desafiar as doenças e os problemas", dizendo que se forem maiores do que Deus, do que o sacrifício na cruz, e mais fortes que o sangue de Jesus os problemas vão continuar, mas se o sangue de Jesus é mais fortes que eles, eles vão ter que sair! "Porque para Deus nada é impossível." (Lucas 1,37) e "Para que se cumprisse o que fora dito pelo profeta Isaías, que diz: Ele tomou sobre si as nossas enfermidades, e levou as nossas doenças." (Mateus 8 : 17) e as pessoas continuam com esses problemas agora só se quiserem. Esses são alguns exemplos de como podemos vencer com Cristo. Jesus já venceu por nós, agora devemos tomar posse do que pedimos ao Senhor. Vejam, se quiserem, meus outros artigos na categoria "polêmicos" ou no site vencernavida.zip.net . Até uma próxima oportunidade.