CONCEITUAÇÃO
EXAME SISTEMÁTICO E INDEPENDENTE, PARA DETERMINAR SE AS ATIVIDADES E SEUS RESULTADOS ESTÃO DE ACORDO COM DISPOSIÇÕES PLANEJADAS, SE ESTAS FORAM IMPLEMENTADAS COM EFICÁCIA E SE SÃO ADEQUADAS À CONSECUÇÃO DOS OBJETIVOS .”

Explicando melhor :
Termo
Sistemático Independente

Explicação
• Periódico e Padronizado • Pessoal que a executa não deve ter responsabilidade direta pela atividade que será avaliada ( imparcialidade ) • Estabelecimento dos pontos a serem verificados, formas, critérios de aceitação, etc. . • Atividades em funcionamento • Atividades em funcionamento de acordo com as rotinas preestabelecidas

Disposições Planejadas Implementadas Adequadas

um fornecedor quando se pretende estabelecer uma relação contratual. Verificar. Verificar se o Sistema da própria organização continua a atender aos requisitos especificados e está sendo implementado. se o Sistema do fornecedor continua a atender aos requisitos especificados e está sendo implementado. Determinar a eficácia do Sistema implementado no atendimento aos objetivos especificados. Não verificar só os aspectos negativos.Objetivos de uma Auditoria Determinar a conformidade ou não conformidade dos elementos do Sistema com requisitos especificados. Permitir o cadastramento do Sistema da organização auditada em registro. Prover ao auditado uma oportunidade para melhorar o Sistema. Não tem caráter punitivo . Avaliar inicialmente. dentro de uma relação contratual. .

CLASSIFICAÇÃO DAS AUDITORIAS AUDITORIA DE PRODUTO Checa a adequação do produto/serviço comparando com as especificações preestabelecidas. . portanto uma auditoria direcionada para a adequação ao uso e sempre realizada no produto acabado. É.

. Deve ser dada a ênfase aos recursos tanto materiais como humanos.CLASSIFICAÇÃO DAS AUDITORIAS AUDITORIA DE PROCESSO Verifica a capacidade de um determinado processo de produzir os resultados preestabelecidos. nas diversas fases de execução do processo. comparando se com o prescrito no Sistema.

comparando com os requisitos preestabelecidos do modelo conceitual aplicável. em todas as áreas da organização.CLASSIFICAÇÃO DAS AUDITORIAS AUDITORIA DE SISTEMA Avalia a conformidade do Sistema implementado. .

AUDITORIA DE ADEQUAÇÃO É também conhecida como auditoria de documentação ou auditoria de gestão. É um exercício de escritório que determina até que ponto o sistema escrito. . representado pelos documentos a ele relacionados atendem adequadamente aos requisitos da norma aplicável.

ou seja: estão as pessoas trabalhando de acordo com o sistema? .AUDITORIA DE CONFORMIDADE Esta é a auditoria que procura estabelecer até onde o sistema documentado é implementado e observado pelos empregados.

O principal objetivo.TIPOS DE AUDITORIAS INTERNA : (Nós em Nós) É a Auditoria realizada na própria organização. é a auto-avaliação do Sistema implementado. Caracteriza-se pela integração entre auditores e auditados. Deve ser respeitada a independência dos auditores com relação às atividades avaliadas. facilitando assim a discussão dos resultados. É também conhecida como Auditoria de 1ª Parte .

TIPOS DE AUDITORIAS EXTERNA: É a Auditoria realizada por uma organização em outra. Caracteriza-se pelo fato dos auditores não estarem envolvidos diretamente com o sistema a ser auditado e a experiência transmitida pelos mesmos. a partir de uma situação contratual. .

. (Eles em Nós) É realizada por um Organismo de Certificação de Sistemas (OCS) O objetivo é avaliar e certificar (reconhecer) o Sistema implementado da organização contratante por interesse dela ou por imposições de terceiros. tendo como objetivo avaliá-los e qualificálos para situações contratuais . (Nós Neles) É realizada pela organização compradora em seus fornecedores.TIPOS DE AUDITORIAS Ela se apresenta de duas formas : Auditoria de 2ª Parte e Auditoria de 3ª Parte . Auditoria de 2ª Parte. Auditoria de 3ª Parte.

e que o auditado terá justificativas.conformidades detectadas. Auditado. passa a questionar Lembrar ao auditado os objetivos do trabalho. fazendo observações positivas até que o auditado se acalme . Salientar que a Auditoria não busca justificativas Evitar a presença de grupos numerosos durante a execução da Auditoria. procurando discutir as causas das falhas. e retomar a Auditoria Procurar conscientizar o auditado da importância Auditado mostra total indiferença em relação às das ações corretivas. e da necessidade de falhas identificadas participação de todos para o bom andamento da Auditoria . Busca também na Reunião de Abertura. altos cargos dentro da organização . em especial pessoa de Auditado fica visivelmente descontrolado.conformidades detectadas. informar que eventuais dúvidas o auditor poderão ser respondidas posteriormente. por motivos diversos. Quebrar o passando a truncar informações gelo. a oportunidade de identificar as causas posteriormente. Apontar para os culpar terceiros por falhas sob sua responsabilidade auditados que as falhas são do Sistema e que a auditoria visa Ação Corretiva e não punição de culpados Auditado passa a dar explicações excessivas sobre Esclarecer que aquele não é o momento para as não .PROBLEMAS COMPORTAMENTAIS PROBLEMA Busca de Responsáveis SINTOMAS SOLUÇÃO Busca de Justificativas Pânico Inversão da Auditoria Apatia Auditado procura identificar os responsáveis pela Esclarecer amplamente os objetivos da Auditoria não .

caso persista. sua atuação por causa destas situações. Enfatizar a necessidade da continuidade da Auditoria. a Auditoria pode ser interrompida. passa a criticar o seu próprio setor. conscientizar o auditado de que sua postura é imprópria. já que deve ser interno atacando posições quanto as metas e métodos cumprido o objetivo da Auditoria. inicialmente. Observar que a Auditado aproveitando a oportunidades da polêmica pode ser benéfica para a organização. Não entrar em polêmica e desconhecer a atitude do auditado. Citar fados e Auditado passa a boicotar.Auditoria Fazer perguntas adicionais e buscar novas tomando outras iniciativas . • Interrupções por pessoas não envolvidas cumprido integralmente. na Auditoria . e o auditor concluir que o trabalho está informações sendo prejudicado. Procurar esclarecer a natureza do trabalho. Deixar que o programa deverá ser • Almoço distante e demorados . dificultando a coleta de persista. Antagonismo Auditoria. O auditado procura interferir na Auditoria : Exercer Autocontrole. de modo a não alterar a • Mantendo o auditor em salas de reuniões . evidências. ridicularizar ou Cinismo dados objetivos que demonstrem a utilidade da questionar os objetivos da Auditoria Auditoria. mostrando ser uma ação conjunta Auditado antagoniza a Auditoria de maneira auditor/auditado visando interesse comum. Não se envolver na discussão. Caso Agressividade agressiva.PROBLEMAS COMPORTAMENTAIS PROBLEMA SINTOMAS SOLUÇÃO Procura. Caso haja persistência tomar posições mais firmes. • Selecionando as evidências objetivas e Contra . mas não naquele momento.

PERFIL DO AUDITOR Diplomático Bom Juiz / Respeitoso Trabalhador (sozinho e em equipe) Analítico Entusiasmado Paciente Auto-Disciplinado / Pontual Mentalidade aberta Inquisitivo Profissional Bom comunicador (verbal. escrita) Imparcial / Discreto / Polido Honesto / Íntegro Interessado Treinado .

Não ter medo de falar a verdade. Pesquisar. Opinar em bases éticas e de confiança.POSTURA DO AUDITOR Buscar objetividade e obter dados reais. . Mostrar ao auditado que a identificação das não conformidades tem como objetivo propiciar uma melhoria do sistema. Não atacar as pessoas e sim as não conformidades. Discutir de imediato as não conformidades.

ou a validade das solicitações feitas pelo auditor. as explicações necessárias. ter certeza que entendeu o que o auditor solicitou. No caso de qualquer dúvida em relação ao escopo da auditoria. solicitar imediatamente.DEVERES DO AUDITADO Colaborar com o bom andamento da auditoria Manter-se isento de discriminação e receios indevidos Prestar apenas as explicações que lhe forem solicitadas Não entrar em outros assuntos que forcem uma apresentação de atividades ou documentos reservados de sua organização. não se adiantar ao auditor. ou seja. Saber ouvir. . ou não ligados a auditoria. antes de partir para qualquer ação.

não se esqueça de fazer perguntas óbvias. e não a seu superior. . mostre-me onde. suponha que. e pedir para que seja explicado novamente. Faça perguntas hipotéticas: o que acontece se. peça: mostre-me como. pergunte a quem realiza a tarefa...AS TÁTICAS DO AUDITOR Aplique o 5W+1H em todas as situações. Não se preocupe em dizer que não entendeu.. mostreme o que é e quando é.. busque registros. Busque evidências objetivas em bases factuais... Peça evidências para comprovar a resposta. coloque uma pergunta de cada vez. durante a condução da Auditoria. pense cuidadosamente a respeito das perguntas. Seja sistemático: não deixe de fazer perguntas.

seja preciso. sempre que necessário. através dos requisitos especificados. esteja preparado. Use linguagem que o auditado compreenda. Volte ao local. para complementar aspectos ou informações ainda não totalmente esclarecidas.) Não jogue conversa fora.AS TÁTICAS DO AUDITOR (cont. . Conduza a auditoria buscando a rastreabilidade para frente e para traz. Use sua lista de verificação para não perder a abrangência necessária. Mostre interesse . Repita a pergunta se necessário. saiba ouvir. Fale com clareza e cuidado.

FATORES QUE INFLUENCIAM A PROGRAMAÇÃO Freqüência das auditorias Tipo de auditoria Número de Auditores (externos / internos) disponíveis Complexidade das auditorias Tempo necessário para o planejamento Tempo necessário para a realização Tempo necessário para emitir o relatório Tempo necessário para analisar respostas e verificar ações corretivas Considerações quanto a férias. . feriados e disponibilidade do auditado.

3 4. forn.2 4.13 4.3 4. não conforme Ação corretiva e preventiva Man.10 4. Sistema da Qualidade Análise Crítica de Contrato Controle de projeto Controle de Doc. prod.16 4.1 4. equip.2 4.17 4.6 4. e Rasteabilidade Controle de processo Inspeção e ensaios Cont.11 4.. e ensaios Situação de Insp.preserv.armaz.18 4. e dados Aquisição Cont. de insp.7 4.20 Nome Assinatura Data : : Horário : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : Comentários : ____/____ ____/____ ____/____ ____/____ ____/____ ____/____ ____/____ ____/____ Dia Descrição Política da Qualidade Organização Análise Crítica pela Adm. pelo cliente Identif..19 4.8 4..XPTO Tipo de Avaliação : Empresa Equipe de Avaliação PROGRAMA DE AUDITORIA Inicial Nome : Local : Auditor Líder Membros Reunião de Abertura : Dia Horário : : Avaliação : de ___/___/___ à ___/___/___ Folha __ /__ Especial Recertificação ___ Supervisão ___ /___/___ : Reunião de Fechamento : Dia ___ /___/___ Horário : Departamento Requisito 4.1.1.9 4.4 4.15 4. de prod. e ensaios Cont.5 4.12 4.e entrega Controle de Registros Auditorias Internas Treinamento Serviços associados Técnicas estatísticas ____/_____/_____ .14 4.1.

Deve ser comunicado a Equipe de Auditores.PLANO DE AUDITORIA Características: Deve ser apresentado ao cliente. Deve ter flexibilidade para ser mudado .

Objetivo e escopo da auditoria. Identificação da documentação de referência que deverá ser utilizada na auditoria. Idioma da auditoria (quando aplicável). Tempo previsto para a realização da auditoria (se for possível por planta ou por setor). Critérios de confidencialidade. Identificação do Auditor Líder e equipe auditora. endereço da organização a ser auditada. . Identificação das unidades organizacionais a serem auditadas (no caso da organização ter várias plantas).PLANO DE AUDITORIA Deve incluir: Nome. Distribuição do Relatório da Auditoria. Data e local da execução da auditoria.

Assegurar a profundidade da Auditoria. . Assegurar abrangência.LISTA DE VERIFICAÇÃO Objetivos: Assegurar a continuidade da execução dos trabalhos .

garantir que a avaliação SIM indique uma atividade executada corretamente e a avaliação NÃO. Não colocar perguntas que não avaliem conformidades. Relacionar a pergunta com o item ou sub-item do documento de referência. Fazer perguntas que. embora não constem claramente na documentação de referência. em uma não conformidade. Quando da utilização de perguntas fechadas. podem influir em um item auditado.Considerações para a sua elaboração Estudar com antecedência a documentação de referência. que recebem respostas do tipo SIM/NÃO. Conhecer o local/processo a ser auditado in locco antes da sua elaboração. .

A utilização da Lista de Verificação ajuda ao auditor na administração do tempo durante a execução da auditoria. Recomenda-se que a Lista de Verificação não seja enviada para o auditado. pois o mesmo deve conhecer o escopo da auditoria.Considerações para a sua utilização O uso da Lista de Verificação não deve limitar a atuação dos auditores. As perguntas devem ser elaboradas de maneira concisa e objetiva. A lista de Verificação pode ser utilizada como memória ou registro para as auditorias subseqüentes. .

. e têm a exata consciência do que vai ocorrer e porque vai ocorrer. Verificar se o programa e plano propostos e aprovados poderá ser desenvolvido ou ainda necessita de ajustes. face a possibilidade de ocorrência de contingências .Conduzindo a auditoria A REUNIÃO DE ABERTURA Apresentar o time de auditores e o pessoal da administração da organização auditada. Assegurar que os auditados conheçam bem os objetivos da auditoria.

Os indícios de não-conformidades devem ser anotados na Lista de Verificação e investigados. .Conduzindo a auditoria AUDITORIA DE CONFORMIDADE Ela deve ser coordenada pelo Auditor Líder Buscar evidências através de : Entrevistas. Avaliação de documentos e Registros. Observação da execução de atividades.

.Conduzindo a auditoria AUDITORIA DE CONFORMIDADE Deve ser assegurado pelo Auditor Líder: Cumprimento da abrangência da Auditoria. As não conformidades evidenciadas sejam informadas de maneira claras e objetivas. Todas as observações e discrepâncias devem ser baseadas em evidências.

reuniões com os auditores.Conduzindo a auditoria AUDITORIA DE CONFORMIDADE O Auditor Líder pode fazer durante a Auditoria. mostrando a evolução dos trabalhos. . suas funções e setores. mudança de função dos auditores e passar informações para o representante da organização. Os auditores devem anotar os nomes das pessoas auditadas.

MENORES . quando não fazemos o que dizemos.Avaliando os resultados Categorias de não-conformidades MAIORES . ou falhas ocasionais nos procedimentos auditados. quando não impacta o produto ou o processo. por não atendimento a um requisito especificado. .Indicam quebra do sistema.Falta de eventuais instruções onde se façam necessárias .

º 3 Todos os registros relativos à insp. e ensaios finais estavam sem assinatura do responsável Duas IT encontradas no setor de compras relativas à atividade de aquisições encontram-se desatualizadas O paquímetro de n.º 2233 foi encontrado com a data de calibração vencida .º 2 e a revisão atual é a de n.Avaliando os resultados Categorias de não-conformidades EXEMPLOS NÃO CONFORMIDADE A IT 5.2 foi encontrada na revisão n.

Declarar que a confidencialidade será mantida. devendo ser conduzida da seguinte forma: Agradecimento por ajuda e cooperação da organização auditada. Nela também são combinadas datas para conclusão de quaisquer ações corretivas necessárias. A reunião é dirigida pelo auditor líder. Breve resumo da abrangência da auditoria.Reunião de fechamento A reunião de fechamento encerra a auditoria de maneira conclusiva e profissional. e qualquer medida de supervisão subsequente. .

Solicitar que perguntas e discussões somente sejam feitas no final das apresentações. somente as nãoconformidades serão relatadas. embora muitas conformidades tenham sido encontradas.Reunião de fechamento Reapresentar a equipe (para informar qualquer pessoa que não tenha participado da reunião de abertura). e que nem todas as não-conformidades existentes possam ter sido identificadas durante a auditoria. Esclarecer que. Apresentar resumo das conclusões (sem enfeites). .

Reunião de fechamento Apresentar recomendações. Explicar as medidas de supervisão a serem tomadas. . Distribuir cópias dos relatórios individuais de não conformidades e do relatório final. mas poderão ser dados esclarecimentos) Acordar datas para as ações corretivas necessárias. Abertura para discussões sobre assuntos específicos (não será questionada a validade das não -conformidades.

Permanecer flexível.) Durante a Reunião de Fechamento é importante: Negociar a forma de esclarecimento de dúvidas. Estar preparado para acontecimentos inesperados. Falar de maneira objetiva relatando os fatos. quando possível para apresentação dos resultados. Lembrar que o auditor líder preside a reunião. Demonstrar calma. . Usar auxílios visuais. Administrar provocações.Reunião de fechamento (cont.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful