Aula 1 de auxiliar de departamento pessoal.

02 Documentos para admissão
Cópias solicitadas para admissão: 1 ou 2 retratos 3x4; y y y y y y y y y y y CTPS (Carteira de Trabalho e Previdência Social); Cópia da carteira de identidade; Cópia do CPF (Cadastro de Pessoas Físicas); Cópia do título de eleitor; Cópia do certificado de reservista para os homens; Cópia do PIS (Programa de Integração Social); Cópia da certidão de casamento ou nascimento; Cópia da certidão de filhos menores de 14 anos; Caderneta de vacinação dos filhos menores de 5 anos; Comprovante de endereço; Comprovante de escolaridade

03 Cadastro Geral de Empregados e Desempregados
Toda empresa tem que informar ao CAGED (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) todas as informações de entrada e saída de empregados. Para ver um modelo de CAGED clique aqui. O prazo é sempre o dia 07 do mês subsequente ao mês de competência informado, conforme Medida Provisória n.º 2076-33 de 26 de Janeiro de 2001. Ex.: Informações sobre o mês de janeiro devem ser entregues no dia 07 de fevereiro. De acordo com a Portaria n.º 561, no artigo 1º, parágrafo 2º, os documentos devem ser guardados por 36 meses a contar da data de postagem do mesmo. A declaração do CAGED pode ser enviada das seguintes maneiras y y y y y Via CAGED Web (www.caged.gov.br/cagedweb/); Por meio do aplicativo CAGED Net: (Para fazer o download clique aqui); Também está disponível opção de declaração On-line, através do Formulário Eletrônico do CAGED - FEC no endereço (https://www.caged.gov.br/formulario). Se gravado em disquete, pode ser entregue em qualquer Delegacia ou Sub-Delegacia do Trabalho. Como última opção, pode ser enviado via Correios para: "SISTEMA CAGED INFORMATIZADO - Rua Teixeira de Freitas 31 / 11º andar - Lapa Rio de Janeiro/RJ - CEP 20021-350."

A omissão ou atraso da declaração sujeita o estabelecimento ao recolhimento da multa automática. Neste caso, é necessário preencher o Documento de Arrecadação de Receitas Federais - DARF, em duas vias, da seguinte forma: Para ver um modelo de DARF clique aqui. Abaixo do campo 01: "Multa Automática Lei Nº 4923/65"; No campo 04 (Código da Receita): "2877"; No campo 05 (Número de Referência): "3800165790300843-7" A multa é calculada de acordo com o tempo de atraso e a quantidade de empregados omitidos. Para encontrar o período de atraso, iniciar a contagem a partir da data máxima permitida para a postagem das informações, ou seja, o dia 07 do mês subsequente à movimentação não declarada.
Período de Atraso Valor por Empregado (R$)

até 30 dias

4,47

de 31 a 60 dias

6,70

acima de 60 dias

13,40

Para calcular a multa você deve multiplicar o número de funcionários pelo valor referente aos dias de atraso de entrega.

número de funcionários x valor referente aos dias de atraso = valor da multa
Agora, é hora de você começar praticar. Responda as atividades na caixa de comentário e não se esqueça de guardar sua resposta para poder pedir seu certificado ao final do curso. 1) Uma empresa admitiu 20 funcionários, transferiu 5 funcionários para o Paraná e atrasou a entrega do CAGED em 61 dias. Quanto pagará de multa? R: número de fundionários (25) x valor referente aos dias de atraso (61 dias / R$13,40) = valor da multa (R$335,00)

25 x 13,40 = 335,00

é necessário que você saiba quanto vale cada hora trabalhada.00 R:4 hora: 555. Se você trabalha 4 horas por dia. a lei arredonda para um total de 220 horas.00 / 220 = R$ 3.2) Uma empresa demitiu 10 funcionários.58 p/hora 790. no final do mês você trabalhou 180 horas.00 790.62p/hora c) R$ 689. demitiu 20 funcionários.38 p/hora 790. transferiu 3 funcionários para São Paulo e atrasou a entrega do CAGED em 29 dias.00/120= R$ 4.00 / 180 = R$ 4. Quanto pagará de multa? 04 Hora Salário Para calcular quanto você deve receber (ou pagar) de hora extra.00 R: 4 horas 6 horas 8 horas b) R$ 555.59 p/hora .00 d) R$ 1. A lei diz que a carga horária semanal é de no máximo 44 horas por semana. Quanto pagará de multa? 3) Uma empresa admitiu 10 funcionários. no final do mês você trabalhou 120 horas.00 / 120 = R$ 6. O cálculo então é o seguinte: o valor do salário dividido pela quantidade de horas trabalhadas (120. 180 ou 220) salário / horas trabalhadas = hora salário Atividades (Não esqueça de guardar suas respostas!) Calcule o valor da hora salário para as jornadas de 4 horas. Se você trabalha 8 horas por dia. 6 horas e 8 horas de trabalho para os seguintes salários: a) R$ 790. admitiu 5 funcionários e atrasou a entrega do CAGED em 41 dias.200. Se você trabalha 6 horas por dia.

45 (hora salário) + 2.00 e carga horária de 8 horas de trabalho 2) 4 horas extras num domingo e 4 horas num feriado para salário de R$ 780.00 f) R$ 1.72 (50%) = 8.224.200. Vamos começar pela que beneficia o funcionário.. Digamos que o salário de um trabalhador seja R$ 1.200.45 (valor da hora salário) 5. mas uma porcentagem de no máximo 6% é descontada do salário do trabalhador. você precisa ter entendido bem a aula sobre hora salário. 8.17 (valor de cada hora extra) x 3 horas= 24.00 05 Horas Extras Para calcular quanto você deve ganhar (ou pagar) de hora extra.00 e carga horária de 8 horas de trabalho 3) 6 horas extras numa terça-feira e 1 hora extra numa quarta-feira para salário de R$ 620. Isto é o que chamamos "Banco de Horas".00.00 (salário) / 220 (carga horária de 8 horas) = 5..e) R$ 833. Cada hora a mais trabalhada vale o valor da hora salário + 50% em dias normais ou + 100% aos domingos e feriados.51 (total do valor das horas extras) Salário final = R$ 1.17 (valor de cada hora extra) Já que foram 3 horas extras.00 e carga horária de 6 horas de trabalho 06 Desconto do Vale Transporte Fornecer vale transporte NÃO é benefício e sim uma obrigação da empresa. sua carga horária é de 8 horas por dia e ele trabalhou 3 horas extras numa terça-feira.51 Lembre-se! A empresa pode decidir pagar as horas extras em folgas.500. (Só conta os dias úteis) . Uma beneficia o funcionário e a outra beneficia a empresa. 1. Calcule o valor da hora extra: (Guarde seus cálculos!) 1) 2 horas extras num feriado para salário de R$ 850. Existem duas formas de se calcular o desconto no salário do vale transporte.

e o cálculo que beneficia a empresa o desconto seria R$ 46. .00 (salário p/ dia) 26.00 (valor do salário apenas dos dias úteis) 572.salário / 30 dias = quanto o funcionário ganha por dia quanto o funcionário ganha por dia x número de dias trabalhados = valor do salário dos dias trabalhados valor do salário dos dias trabalhados x 6% = valor do desconto no salário Ex. o desconto seria de R$ 34.00 (salário) / 30 (dias do mês) = 26.00 (valor do salário dos dias trabalhados) x 6% = R$ 34.32 Vamos ver como fazemos o cálculo que beneficia a empresa (Esta é a forma mais utilizada.) salário x 6% = valor do desconto no salário Ex.80.: Salário R$ 780.80 Note que pelo cálculo que beneficia o funcionário.00 x 6% = R$ 46.00 e 22 dias úteis 780.00 780.: Salário R$ 780.00 (salário p/ dia) x 22 (dias trabalhados) = 572. pois o cálculo é muito mais fácil.32.

na forma da lei. tendo que assinar um documento de comprovação. o adicional de remuneração para as atividades penosas. insalubres ou perigosas.00 e 20 dias trabalhados 3) Salário R$ 640.00 e 22 dias trabalhados 07 Adicional de Insalubridade A Constituição Federal assegura aos trabalhadores urbanos e rurais. Se o desconto do vale transporte for igual ao valor total da passagem.A empresa pode optar por não descontar o vale transporte do salário de seus funcionários. dentre outros.00 e 22 dias trabalhados 2) Salário R$ 520. insalubres ou perigosas. Calcule o valor do desconto do vale transporte das duas formas: (Guarde seus cálculos!) 1) Salário R$ 930. XXIII) O artigo 189 da CLT prescreve: . Do Adicional De Insalubridade Por: Adriano Martins Pinheiro A Constituição Federal assegura aos trabalhadores urbanos e rurais. o funcionário pode optar por não receber o vale transporte. dentre outros. o adicional de remuneração para as atividades penosas. (Art 7º.

Limites de Tolerância para Radiações Ionizantes. exponham os empregados a agentes nocivos à saúde. Radiações Não Ionizantes. Agentes Químicos cuja Insalubridade é caracterizada por Limite de Tolerância e Inspeção no Local de Trabalho."Serão consideradas atividades ou operações insalubres aquelas que. por sua natureza. condições ou métodos de trabalho. Agentes Biológicos. Trabalho sob Condições Hiperbáricas." Incumbe à NR-15 regular as atividades e operações insalubres. Limites de Tolerância para Ruídos de Impacto. Agentes Químicos. . Os limites estabelecidos regulam principalmente: Tolerância para Ruído Contínuo ou Intermitente. acima dos limites de tolerância fixados em razão da natureza e da intensidade do agente e do tempo de exposição aos seus efeitos. Limites de Tolerância para Exposição ao Calor. Limites de Tolerância para Poeiras Minerais. comprovadas através de laudo de inspeção do local de trabalho.

20% para insalubridade de grau médio e 10% para insalubridade de grau mínimo. prêmios ou participações nos lucros da empresa. Frio. Pode o empregado optar pelo adicional de insalubridade que porventura lhe seja devido. A atividade em condições insalubres proporciona ao obreiro o adicional de insalubridade que incide sobre o salário base do empregado ou previsão mais benéfica em Convenção Coletiva de Trabalho. durante a sua vida laboral. Umidade. aquelas que. (Art. Acrescenta ainda que o trabalho em condições de periculosidade assegura ao empregado um adicional de 30% sobre o salário sem os acréscimos resultantes de gratificações. impliquem o contato permanente com inflamáveis ou explosivos em condições de risco acentuado. . O Limite de Tolerância refere-se à concentração ou intensidade máxima ou mínima. O percentual equivale a: 40% para insalubridade de grau máximo. atinente à natureza e o tempo de exposição ao agente.Vibrações. que diminuam a intensidade do agente agressivo aos mencionados limites. por sua natureza ou métodos de trabalho. 194 CLT) A CLT faz ressalva de que são consideradas atividades ou operações perigosas. na forma da regulamentação aprovada pelo Ministério do Trabalho. com a utilização de equipamentos de proteção individual ao trabalhador (EPI). que não causará dano à saúde do trabalhador. A eliminação ou a neutralização da insalubridade ocorre no momento que o empregador adota medidas que conservem o ambiente de trabalho dentro dos limites de tolerância.

A limpeza em residências e escritórios e a respectiva coleta de lixo não podem ser consideradas atividades insalubres.Ressalte-se a previsão da Súmula 47 do TST: "O trabalho executado em condições insalubres. II . ainda que constatadas por laudo pericial. . o direito à percepção do respectivo adicional. (ex-OJ nº 170 da SBDI-1 . Valentim. LIXO URBANO. por Eduardo Carrion. importante também a Orientação Jurisprudencial: I . (Nova redação em decorrência da incorporação da Orientação Jurisprudencial nº 170 da SBDI-1.São Paulo : Saraiva.11.br) ." Por fim. em caráter intermitente.30. ed.2000) ("Nº 4 ADICIONAL DE INSALUBRIDADE.inserida em 08. 2005 NR-15 (mte. só por essa circunstância. DJ 20. porque não se encontram dentre as classificadas como lixo urbano na Portaria do Ministério do Trabalho. não afasta.2005) Bibliografia: Carrion. atual. sendo necessária a classificação da atividade insalubre na relação oficial elaborada pelo Ministério do Trabalho.Não basta a constatação da insalubridade por meio de laudo pericial para que o empregado tenha direito ao respectivo adicional.04. 1931 - Comentários à Consolidação das Leis do Trabalho .gov.

adicional de 20% 3) Grau máximo .adicional de 40% Se um trabalhador ganha R$ 780.com/direito-artigos/do-adicional-de-insalubridade-793334. Técnico em Qualidade. colaborador de jornais regionais e participante em palestras e apresentações sobre temas diversos.00 (adicional) .00 x 20% = R$ 156.adicional de 10% 2) Grau médio .00 e seu emprego tem um grau de insalubridade médio.http://www.artigonal.com Perfil do Autor Estagiário em Direito.html No passado o cálculo do adicional de insalubridade era feito sobre o salário mínimo.Adriano Martins Pinheiro São Paulo/Capital adrianopinheiro. mas hoje é calculado sobre o salário base do trabalhador (sem horas extras). O cálculo é o seguinte: 780. O Perito do Ministério do Trabalho determina os graus da condição insalubre (se existente): 1) Grau mínimo .direito@gmail. escritor em diversos sites. email: adrianopinheiro.direito@gmail.com (Artigonal SC #793334) Fonte do Artigo .

00 Grau mínimo = R$ 120.000.200.00 Grau médio = R$ 240.00 4) Salário R$ 820.00 3) Salário R$ 590.00 5) Salário R$ 662. onde a natureza ou os seus métodos de trabalhos configure um contato permanente com substancias inflamáveis ou explosivos.00 2) Salário R$ 3. Exemplo: frentista de posto de combustível. em condição de risco acentuado. operador em distribuidora de gás. .00 Grau máximo = R$ 480.00 08 Adicional de Periculosidade São periculosas as atividades ou operações.00 Calcule o adicional de insalubridade para todos os graus: (Guarde seus cálculos!) 1) Salário R$ 1.salário final = R$ 936. etc.

Se um frentista tem um salário de R$ 628.00 .00 3) R$ 3.00 780 x 30% = R$ 234. Se a função do empregado for tanto insalubre quanto perigosa.00 2) R$ 1.40 Salário total = R$ 816.00 x 30% = R$ 188.40 Calcule o valor do adicional de periculosidade para os seguintes salários: (Guarde seus cálculos!) 1) R$ 780.00.200.A periculosidade é caracterizada por perícia a cargo de Engenheiro do Trabalho ou Médico do Trabalho. O valor do adicional de periculosidade é 30% do salário base (sem horas extras) do trabalhador. mas não pode receber os dois.000.00 4) R$ 820. registrados no Ministério do Trabalho. o trabalhador pode escolher qual adicional é mais vantajoso (adicional de insalubridade ou de periculosidade). o cálculo do adicional de periculosidade é: R$ 628.

00 2) R$ 1. função. Então para calcular o desconto da contribuição sindical. qualquer que seja a forma de pagamento.00 . Possui natureza tributária e é recolhida compulsoriamente pelos empregadores no mês de janeiro e pelos trabalhadores no mês de abril (salário referente à março) de cada ano. As empresas deverão remeter dentro de 15 dias contados do recolhimento. a fiscalização do trabalho pode aplicar multas de 7. Para mais informações clique aqui..00 (salário) / 30 (dias do mês) = R$ 19.00 09 Contribuição Sindical contribuição sindical está prevista nos artigos 578 a 591 da CLT.: R$ 570. salário / 30 dias do mês = contribuição sindical Ex. A Contribuição Sindical dos empregados será recolhida de uma só vez e corresponderá à remuneração de um dia de trabalho. salário no mês a que corresponde a contribuição e o seu respectivo valor.565.00 (contribuição sindical) Calcule a contribuição sindical equivalente aos seguintes salários: (Guarde seus cálculos!) 1) R$ 850.5657 a 7.200..5) R$ 662. De acordo com o art. uma relação com nome.6943 Ufir pelas infrações a dispositivos relacionados à Contribuição Sindical. 598 da CLT.

: Salário R$ 3.54.000. Note que R$ 3. mas o INSS não.708. .54 x 11% = R$ 375. Para mais informações clique aqui. a contribuição será sobre o valor de R$ 3.98 a R$ 1.81 (INSS) Note que o salário aumentou.416.00 5) R$ 1.416.28 até R$ 3.024. Ex.81 (INSS) Salário R$ 4.54 é o teto máximo de INSS. mesmo assim. então você deve sempre se manter atualizado.024. Se o salário do trabalhador for maior que R$ 3.54 Alíquota 8% 9% 11% Praticamente todos os anos esta tabela muda.00 Respostas (Antes faça os exercícios!) 10 Desconto do INSS Vamos aprender como calcular o desconto do INSS (Instituto Nacional de Seguro Social).00 4) R$ 680.54.27 de R$ 1.708.00 = R$ 375.416.416.97 de R$ 1.3) R$ 2.000.416. A partir de 1o de janeiro de 2010 Salário até R$ 1.500.

.Calcule o INSS: (Guarde seus cálculos. Para mais informações clique aqui.00 4) R$ 2. considerada um adiantamento. Pode ser dividido em duas parcelas.00 5) R$ 3.00 2) R$ 900. sendo a primeira. A segunda parcela deve ser paga até o dia 20 de dezembro.) 1) R$ 520. Para mais informações clique aqui.00 6) R$ 4.000.00 11 13º Salário Ao pagamento do 13º salário faz jus o trabalhador urbano ou rural.700. o trabalhador avulso e o doméstico.100.00 3) R$ 1.500. A primeira parcela pode ser paga do 01/fevereiro a 30/novembro ou por ocasião das férias (se solicitado pelo empregado).

R$ 510.00 (valor total do 13º salário) R$ 510.00 (valor da primeira parcela) Na segunda parcela entra os descontos de INSS e de imposto de renda (se o trabalhador tiver que pagar IR) Vamos ver quanto será a segunda parcela do 13º do João. R$ 510.80 (INSS) = R$ 214.00 (valor do 13º) / 2 = R$ 255.00 (valor do 13º) .: Se João foi admitido no dia 02/01 e ganha R$ 510. Use a tabela do INSS da aula 10.00. .00 (primeira parcela do 13º) . O cálculo é o seguinte.O salário que é levado em consideração. é necessário que o trabalhador tenha sido admitido antes do dia 15. Ex.00 (salário) x 12 (meses trabalhados) / 12 (meses do ano) = R$ 510.R$ 40.R$ 255. Para o mês entrar no cálculo para o 13º.20 (valor da segunda parcela) Note que a segunda parcela é sempre menor que a primeira devido aos descontos.80 (valor do desconto do INSS) R$ 510. é o salário do mês anterior à data do pagamento da primeira parcela do 13º. Calcule o 13º em duas parcelas.00 (valor do 13º) x 8% (alíquota do INSS) = R$ 40.

99 (INSS) 1.00 (salário) x 10 (meses trabalhados) / 12 (meses do ano) = 1.500. A lei não permite que se acumule duas férias.149.1) Salário R$ 2.666.00 admitido em 20/08 4) Salário R$ 930.00 admitido em 03/07 12 Férias O trabalhador tem direito às férias após 1 ano de trabalho numa empresa.33 .666.666. É obrigatório que o trabalhador receba a notificação de férias de 30 a 15 dias antes do período.33 (primeira parcela) 1.99 = 683.666.00 admitido em 15/08 3) Salário R$ 650.00 admitido em 07/07 5) Salário R$ 1.66 .833. a empresa deve pagar as férias em dobro (em dinheiro e não em folga).66 (valor total do 13º) x 9% = 149. Se isso ocorrer.34 (segunda parcela) 2) Salário R$ 550.66 (valor total do 13º) 1.000.00 admitido em 03/03 2.66 (valor total do 13º) / 2 = 833. .000. Para mais informações clique aqui.

Calculamos assim: R$ 1.R$ 119.420.33 (salário das férias) Se o empregado recebe horas extras. adicional de periculosidade. Calcule o salário das férias.33 (valor do 1/3 das férias) = R$ 1.00 (salário total) .000. 1) Um funcionário sairá de férias. Quanto irá receber? 800. este contam para calcular o 1/3 de férias. adicional de insalubridade de 40% e R$ 300.99 (INSS) = R$ 1.333.2 dias antes das férias o trabalhador deve receber.333.00 (adicional de insalubridade) 800.00 (horas extras) = R$ 1.33 (salário + 1/3) x 9% (INSS) = R$ 119.00 de horas extras.00 (salário) / 3 = R$ 333.00 (insalubridade) + 300.33 (valor do 1/3 das férias) R$ 1. Seu salário é R$ 800.00 (salário) + R$ 333. etc.o salário referente ao mês das férias adiantado + 1/3.00.00 (salário base) + 320.33 (salário + 1/3) R$ 1.99 (desconto do INSS) R$ 1. Não podemos esquecer de descontar o INSS.00 (salário base) x 40% = R$ 320.333.000.33 (salário adiantado) .213.

00. realizou 3 horas extras num domingo e 3 horas extras numa segunda-feira.33 (1/3 de férias) 1.33 (salário + 1/3) x 11% (alíquota do INSS) = R$ 208.00 (salário) + R$ 473.200.420.00 mais adicional de periculosidade.893. carga horária de 6 horas. o trabalhdor fica 20 dias em casa e trabalha 10 dias durante as férias.893. A decisão de vender ou não os dez dias é do empregado e a empresa não pode forçar ninguém a tomar essa decisão. Quanto irá receber de férias? 13 Abono Pecuniário (Vender Férias A legislação brasileira limita a dez dias a quantidade de tempo das férias que pode ser vendida pelo funcionário à empresa.685. Seu salário é R$ 1. mas sem esquecer de que parte da quantia a que tem direito não será paga antes das férias. Quanto irá receber? 3) Um funciionário sairá de férias.33 (salário + 1/3) R$ 1.33 (salário + 1/3) . pode valer a pena vender dez dias das férias.33 (1/3 de férias) = R$ 1. Para mais informações clique aqui.1.00 (salário) / 3 = R$ 473. Para quem está endividado e precisando de dinheiro. Seu salário é R$ 1.420.R$ 208. recebe adicional de periculosidade.07 (salário das férias) 2) Um funcionário sairá de férias. Calculamos as férias normalmente que devem ser recebidas até 2 dias antes das férias .893.26 (INSS) = R$ 1.8 00.26 (desconto do INSS) R$ 1. Ou seja.

mais adicional de insalubridade de 20% e teve uma premiação de R$ 45.00 (salário) + R$ 170. o trabalhador receberá mais 10 dias trabalhados sem 1/3 R$ 510. Quanto receberá? Até 2 dias antes das férias: 1.189.40 (INSS) = R$ 625.00 (valor do 1/3 de férias) R$ 510.00 (salário) / 30 (dias do mês) = R$ 17.00 (10 dias trabalhados) Não se paga Imposto de Renda sobre a venda dos 10 dias de férias.12 (1/3) .00 (adicional de insalubridade) + 45.R$ 54.00 (salário por dia) R$ 17. Seu salário é R$ 1.38 (premiação) + 615.85 (salário total adiantado) .00 (valor de 10 dias) R$ 170.00 (salário por dia) x 10 (dias de férias trabalhados) = R$ 170. Resolva estas questões: 1) Um trabalhador sairá de férias e solicitou o abono pecuniário. Para mais informações clique aqui.65 (INSS) = R$ 2.00 (salário) / 3 = R$ 170.00.60 (salário total das férias adiantado) No dia normal do pagamento do salário.00 (salário) R$ 510.38.00 (valor do 1/3 de férias) .500.R$ 510.270.500.00 (salário) + 300.

000. a empresa faz com seus recursos próprios.10 (valor da venda dos 10 dias de férias) 2) Um trabalhador sairá de férias e solicitou o abono pecuniário. Esse dinheiro não é descontado do salário do trabalhador. Seu salário é R$ 650.51 (valor de 1 dia) x 10 (dias vendidos) = R$ 615.00 mais ad icional de insalubridade de 40%.845. o valor correspondente a 8% do salário de cada funcionário. em contas abertas na CAIXA ECONÔMICA FEDERAL em nome dos seus empregados.00 (valor mensal do FGTS) Calcule o depósito mensal do FGTS: .00. Calculamos assim: R$ 1.51 (valor de 1 dia) 61. Quanto receberá? 3) Um trabalhador sairá de férias e solicitou o abono pecuniário.00 (salário) x 8% (alíquota do FGTS) = R$ 80. as empresas depositam.No dia normal do salário: 1. Seu salário é R$ 800.38 (salário + adicional + premiação) / 30 (dias do mês) = R$ 61. Quanto receberá? 14 FGTS FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço) No início de cada mês.00 mais uma premiação de R$ 100.

74. 4.08 e 2.50 3) 147.00 4) Salário R$ 510.13 d) 10.1) Salário R$ 800.00 2) Salário R$ 1. 3. 8. 2) 100.82 e 3. b) 4.62.78 f) 12.500.45 e) 6.62 e 3. 6.94.33 e 6.52 c) 5.00 RESPOSTAS DOS EXERCICIOS Aula 03 1) Respondida na aula.81 Aula 05 .50. 3.00.00 3) Salário R$ 780.66 e 5.51 Aula 04 a) Respondida na aula.

80 2) R$ 20.44 2) R$ 56.00 / R$ 328.1) R$ 15.200.40 / R$ 264.00 4) R$ 82.64 3) R$ 36.00 5) R$ 66.00 .00 3) R$ 59.00 4) R$ 246.12 Aula 06 1) R$ 40.00 / R$ 118.00 / R$ 600.79 / R$ 31.00 / R$ 1.00 3) R$ 900.00 / R$ 164.20 3) R$ 28.80 Aula 08 1) Respondida na aula 2) R$ 360.92 / R$ 55.15 / R$ 38.00 / R$ 236.40 Aula 07 1) Respondida na aula 2) R$ 300.20 / R$ 132.

5) R$ 198.60 5) R$ 50.00 5) R$ 341.60 Aula 09 1) R$ 28.00 6) R$ 375.58 2a parcela R$ 96.33 2) R$ 40.60 2) R$ 72.00 3) R$ 66.00 4) R$ 220.66 4) R$ 22.81 Aula 11 1) Respondida na aula 2) 1a parcela R$ 114.25 .00 3) R$ 153.00 Aula 10 1) R$ 41.

33 2a parcela R$ 91.00 4) 1a parcela R$ 232.00 2) R$ 120.3) 1a parcela R$ 108.358.00 2a parcela R$ 315.94.33 3) Antes: R$ 920.40 .00 Aula 14 1) R$ 64. Depois: R$ 373.00 3) R$ 62.30 5) 1a parcela R$ 375.934.00 Aula 12 1) Respondida na aula 2) R$ 2. Depois: R$ 250.19 Aula 13 1) Respondida na aula 2) Antes: R$ 1.776.50 2a parcela R$ 195.80 3) R$ 1.00.

80 .4) R$ 40.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful