Programa, o que você ira aprender: Passos básicos de como criar um bonsai Estilos básicos de bonsai Cuidados a ter

com um bonsai Técnicas a aplicar ao design de bonsai: podar e aramar Ferramentas auxiliares às técnicas supra-citadas

Introdução ao Bonsai Definição e explanação das diferentes fases de bonsai. Passos fundamentais a ter em conta na criação de um bonsai. Objectivos Diferenciar as duas fases da Arte de Bonsai Identificar passos básicos para criar um bonsai

Bonsai O Bonsai é a arte oriental de miniaturizar e modelar árvores de forma harmoniosa e artística. A palavra japonesa "bonsai" poderá ser traduzida pela expressão "árvore plantada num tabuleiro", devido à forma do vaso que suporta a planta. Com uma tradição de quase 2 000 anos no Oriente, este hobby está intimamente ligado ao amor e à observação da Natureza. Uma árvore só se transforma num bonsai através da conjugação do elemento natural com a técnica.

No bonsai distinguem-se duas fases: 1ª - " Bonsai em treino " ou fase "pré-bonsai". Fase inicial onde a forma da planta é disciplinada através da aplicação da técnica. 2ª - " Bonsai perfeito " ou "bonsai acabado". Corresponde à fase de maturidade, que implica anos de treino e de restyling da forma. Um bonsai acabado apresenta: um tronco grosso um estilo definitivo, com todos os ramos no local correcto e no tamanho ideal as folhas estão tão pequenas quanto possível o vaso condiz perfeitamente com o estilo e cor da árvore Os bonsais são árvores em miniatura, esculpidos de forma a manter um rigoroso equilíbrio e proporção de formas entre a copa e as raízes. O controlo das condições de crescimento permite atribuir aos bonsais uma das suas mais apreciadas características: o tamanho em pequena escala. Este processo implica uma dedicação, cuidado, paciência e vigia constantes, em especial às condições e necessidades básicas do vegetal, matéria-prima do bonsai. Só a manutenção do bom estado de saúde da planta permite a aplicação da técnica,onde a maturidade e o carácter da árvore são tão apreciados. Para o aspecto envelhecido, adquirido ao fim de longos anos de trabalho, contribuem vários factores como:

perca algum tempo a observar a sua forma e inclinações naturais. que engloba: Poda Aramar 3. Poda das raízes 4. Esta planta. detentora de duas fases distintas no crescimento. Objectivos Diferenciar cinco estilos básicos de bonsai Estilos básicos de bonsai Após adquirir a sua árvore. Selecção da árvore 2. conjugada com . Estilos básicos de bonsai Através da sua forma e inclinação. Estilo . Esta observação. encontram-se patentes cinco estilos básicos de bonsai. Passos básicos para criar um bonsai: 1.o calibre e grau decrescente do diâmetro do tronco. da base para o topo o aspecto rugoso das raízes as curvas graciosas dos ramos Nunca coloque o seu bonsai directamente no chão. A posição ideal é ao nível dos olhos onde há boa circulação do ar e onde pode ser devidamente apreciado. Tratamento : Rega Fertilização Luz solar Controle de doenças e pestes Treino Armazenagem hibernal Síntese Bonsai pode ser traduzido como "árvore plantada numtabuleiro". Plantio 5. carece de uma manutenção cuidada para preservação do seu bom estado de saúde.

O primeiro ramo. deslocando-se. Síntese Num bonsai são diferenciados cinco estilos bases: Erecto formal ( Chokkan ). a contar da base. apresenta-se mais desenvolvido e deve posicionar-se a um terço da altura da árvore. tal como no estilo anterior. Cuidados a ter com um bonsai Para um bom desenvolvimento do bonsai. Erecto formal (Chokkan) Árvore com tronco perfeitamente recto. Podem definir-se cinco estilos base num bonsai: 1. Semi-cascata Estilo onde grande parte da copa da árvore está na periferia do vaso ou ligeiramente abaixo do nível da base do tronco. atendendo à sua forma e inclinação natural. posiciona-se a um terço da altura do tronco da árvore. Para desenvolver este estilo o tipo de árvore mais aconselhado é a de folha caduca. embora assimétrica (o objectivo desta arte não é transformar o bonsai num arbusto). por vezes. terá que observar determinados cuidados básicos tendo sempre presente a satisfação das necessidades e condições de sobrevivência da planta. com a técnica que atribui o verdadeiro significado de bonsai à base vegetal. permitir-lhe-á definir o melhor design a atribuir à planta. Tronco inclinado ( Shakan ). 5. é necessário ter em consideração três condições básicas: rega. com uma equilibrada distribuição dos ramos em ambos os lados do tronco. 3. alimento e luz solar. semi-cascata e cascata ( Kengai ). Erecto informal (Moyogi) O design da árvore segue o arco natural do tronco. Erecto informal ( Moyogi ). 2. A composição artística final resulta harmoniosa. . 4. da base ao topo. Tronco inclinado (Shakan) Inclinação acentuada do tronco para um dos lados. Objectivos Identificar e diferenciar cuidados básicos a ter com um bonsai. para o nível abaixo da base de um vaso alto. sendo por isso a forma mais comum. O primeiro ramo. Cascata (Kengai) O corpo da árvore está acima da periferia do vaso. Cuidados básicos Para ser bem sucedido na Arte do Bonsai. Este estilo é mais indicado para as árvores coníferas.a sua própria sensibilidade individual e o modo como observa e interpreta a Natureza.

O tamanho do vaso. 2. resguardar a planta da luz directa do sol evitando que as folhas se queimem. com gotículas. . à mesma hora todos os dias. imitando a água da chuva. de madrugada ou no final do dia. 2.Como qualquer planta. Quanto mais pequeno for o vaso maior deverá ser o cuidado com o nível de humidade do solo. suporte e fonte de alimento da planta. Uma boa mistura do solo optimiza a fertilização e a recolha de nutrientes. O toque do solo pode ser um excelente meio auxiliar para determinar a periodicidade da rega. diariamente.O Alimento A composição do solo é um dos aspectos mais importantes para o saudável desenvolvimento da árvore. A formação de pequenas poças de água à superfície é um indicador de que a rega foi em excesso. Não molhar as folhas durante a noite porque poderão não secar o que proporciona o desenvolvimento de caruncho Em períodos de ausência prolongada. Deve ter em conta -se que: 1. devem estar bem nutridas. O nível de retenção de água pelo solo. Regra geral. O grau de humidade do solo. 3.A rega Para determinar a periodicidade da rega observe os seguintes sinais indicativos: 1. As raízes. Enquanto não se familiarizar com o seu bonsai deve verificar. Durante a rega: Cuidar para que seja moderada. o nível de humidadedo solo. Durante o banho. há três condições básicas a garantir para que o seu bonsai seja saudável: Rega Alimento Luz Solar 1. banhar as folhas. o bonsai é regado diariamente ou de dois em dois dias. pode deixar um recipiente com água por baixo do vaso Como qualquer planta. variável de acordo com a constituição orgânica do mesmo. As condições atmosféricas. provoca o escoamento acelerado dos elementos nutritivos do solo e o gradual apodrecimento das raízes Após a rega das raízes. 4. as folhas devem manter-se limpas 2. Quando em demasia. oxigenadas e húmidas.

o nitrogénio. O solo seco dificulta a recolha e absorção dos nutrientes Durante a estação de crescimento. para o desenvolvimento e regeneração normal de qualquer planta. A luz solar é essencial para o processo de fotossíntese e. A periodicidade da fertilização da planta varia de espécie para espécie e depende do estado do solo. Regras básicas para a correcta fertilização do bonsai: Regra geral. Permite a drenagem de água em excesso obstando ao apodrecimento das raízes. evitando excessos prejudiciais para o seu desenvolvimento. À medida que a familiarização com a árvore vai aumentando. normal para aumentar a superfície de exposição. a rega e a circulação de ar.3. o período entre fertilizações deve ser alargado para trinta dias. a correcta exposição solar. A inspecção das folhas e das raízes no momento da rega e a manutenção do bom estado geral de saúde da planta. o fósforo e o potássio. Estes podem ser encontrados em fertilizantes químicos ou orgânicos. actuam como medidas preventivas contra o aparecimento de insectos e doenças. o ferro e o magnésio. Para além destes. são também importantes o cálcio. a divisão mais importante a considerar é a categoria das plantas de interior e de exterior. é mais fácil determinar as suas necessidades e agir de acordo. O equilíbrio entre a capacidade do vaso e o estádio de desenvolvimento da planta obriga àconservação e renovação periódica do solo. A quantidade e qualidade da luz solar variam de acordo com as características de cada espécie de árvore. Insectos e doenças O bonsai pode ser tratado com fungicidas e insecticidas próprios com a salvaguarda de não serem demasiado agressivos. evitando o desenvolvimento excessivo da planta Não adubar durante a estação de Inverno Não adubar após transplante de vaso durante um período mínimo de três a quatro semanas Não alimentar plantas doentes 3. através dos cuidados com o solo. Como na rega. Neste caso.Luz solar Essencial para o saudável desenvolvimento da planta. o que poderá ser desastroso para o design do bonsai. As árvores necessitam de três nutrientes básicos. Março/Junho e Setembro/Outubro. por isso. Síntese . o factor principal é o equilíbrio. a planta é fertilizada de quinze em quinze dias A rega precede sempre a operação de adubagem. Quando insuficien as folhas tendem a crescer mais do que o te. 4.

deverão ser assegurados cuidados básicos. alimento e luz solar. Estes três cuidados conciliados com uma boa circulação do ar e uma correcta inspecção das folhas e raízes aquando da rega. Variedade Bonsai de interior Os bonsai de interior necessitam de um período médio de exposição solar indirecta de quatro a cinco horas diárias. quando a temperatura é amena.De forma a preservar o desenvolvimento saudável do bonsai. Não devem ser colocadas em casa por um período superior a um dia por mês. Durante esta estação do ano. No Verão. atenções inerentes ao seu desenvolvimento. Os raios solares poderão ser filtrados através de uma janela. com o cuidado de rodar o vaso periodicamente para que a planta receba luz de forma homogénea. de exterior. e se a . assim como. afastando-o de fontes de calor indirecto como lareiras e fogões de sala que provocam um ressequimento excessivo do solo e da folhagem. quer de interior quer de exterior. deve ser em local parcialmente abrigado da luz directa do sol. e por isso. nomeadamen te rega. Em casa. auxiliam a prevenção do aparecimento de insectos e doenças. Verão Durante o Verão regar de acordo com as condições climatéricas e grau de humidade do solo. por exemplo. quando colocada no exterior. Objectivos Apartar bonsai interno e externo. É aconselhável submeter a planta à luz solar directa durante um período de três a quatro horas por semana durante o período da manhã. Variedade de bonsais Procedimentos a ter em relação ao bonsai. As plantas de exterior necessitam de uma exposição directa ao sol de quatro a cinco horas diárias. o vaso deve ser colocado num local fresco e arejado. Inverno O período de invernação é fundamental para o bem-estar do bonsai de exterior. Bonsai de exterior A grande maioria das plantas usadas para a arte do bonsai são árvores.

nem mesmo para as tratar. poda de ramos e de folhas e aramar. Técnicas a adoptar com um bonsai Tendo em conta que o design do bonsai deve ser elaborado (nomeadamente para exposições). deve transferir o seu bonsai para um local fresco.temperatura descer abaixo dos 7ºc. regar. escuro e abrigado. Este facto torna o início da estação da Primavera muito problemático exigindo atenção redobrada às nece ssidades e estado geral da planta. O estado de entorpecimento do bonsai é quebrado quando a tem peratura sobe acima dos 10ºc durante vários dias consecutivos. gradualmente. o tempo de exposição solar diário por forma a climatizar progressivamente a planta à mudança de temperatura. como uma garagem. durante pelo menos 4horas por dia. inicia-se o processo de adaptação da árvore ao aumento da temperatura. Primavera Com a chegada da Primavera. Síntese O bonsai pode ser de interior ou de exterior. que recorrem às reservas de água da planta para se desenvolverem. enquanto que as raízes permanecem congeladas impossibilitando a compensação da perda de humidade. implicando a possibilidade de queimaduras pelo frio dos ramos e raízes. quando necessário. Caso as raízes não estejam congeladas. implicando diferentes comportamentos com os mesmos consoante as estações do ano. Isso poderá romper o ciclo de invernação e causar danos fatais à planta. por exemplo. A não ser que a raiz esteja congelada. Objectivos Conhecer técnicas para elaboração de design adequado ao bonsai: podar e aramar. . coloque o vaso no exterior em dias temperados. Vá aumentando. recorre a três técnicas -se específicas nesse sentido: poda da raiz. O aumento da temperatura faz despontar as folhas. podem tornarse num sério problema. A oscilação da temperatura durante o Inverno ou a variação brusca das condições climatéricas. Não transportar o vaso para o interior de casa no Inverno ou no início da Primavera. é necessário vigiar o estado de humidade do solo e.

recomenda-se o uso de tesouras de tamanhos diversos e isto por duas ordens de razões. de três actividades: Poda da raiz Poda de ramos e de folhas Aramar 1. é visionado sempre pelo mesmo ângulo.Técnicas a aplicar ao design Existem determinadas características muito apreciadas num bonsai que devem ser salvaguardadas na sua composição artística: Aspecto envelhecido. prevenindo o aparecimento de doenças e causando o menor dano possível à planta.Poda da raiz A poda da raiz ajuda a controlar o crescimento da planta e a manter o equilíbrio entre a copa e a base. . a disposição dos ramos e a densidade da copa Aspecto natural. facto a ter em consideração quando se está a trabalhar a forma. já que a essência da arte bonsai é ser uma criação da Natureza em miniatura Aparência saudável Forma. Esta observação ajuda a detectar sinais de doença e a corrigir maus procedimentos na rega e na adubação. Todos os ramos supérfulos ao design do bonsai devem ser retirados. cresce e a folhagem é mais abundante. basicamente. Esta actividade deve ser realizada periodicamente. Dependendo da espessura da raiz. equilíbrio e harmonia da linha do tronco Sobriedade do vaso. quando a árvore está inactiva ou no Verão altura em que se renova. Verificar o estado dos ramos e da raiz regularmente. quando em exposição. 2. que não deve desviar a atenção da árvore O bonsai. O design da árvore depende. independentemente da verdadeira idade da árvore Equilíbrio entre a espessura do tronco.Poda de ramos e folhas A altura ideal para a poda é no Inverno. por uma questão de manutenção das ferramentas e por motivos de eficácia do corte e cicatrização do mesmo.

2. 4. desde que não sejam um elemento figurativo. quando efectuada periodicamente.Os frutos. Controlar o crescimento da árvore. Arejar a folhagem. são cortados. A inspecção às folhas. Promover a oxigenação da terra e da raiz da planta. -se 3.Aramar O uso do arame. é necessário proceder a um desvaste periódico das folhas com uma tesoura de pontas finas e com pinças de diversos tamanhos e formatos. O corte dos ramos cumpre vários objectivos: 1. Auxiliar a renovação e o arejamento da folhagem. 4. simultaneamente. acelera a renovação das folhas. Encorajar o nascimento de ramos novos noutros pontos do tronco. A poda da folhagem permite controlar o tamanho. Estes cuidados de rotina facilitam a detecção de doenças ajudando a árvore a manter saudável. É uma operação extremamente delicada uma vez que pode asfixiar e danificar os ramos caso não seja realizada com os devidos cuidados. Mudança de vaso . a forma e. O arame é cuidadosamente retirado ao fim de seis meses com o auxílio de um alicate de corte. evitando que asfixie. preferencialmente de cobre. 3. Verificar se há alteração na cor e detectar doenças. Remover as folhas mortas dos ramos. quando o seu crescimento ou quantidade são excessivos pondo em causa o equilíbrio da árvore. 5. permite: 1. Limpar a árvore de elementos mortos. É o treino dos ramos que atribui valor ao bonsai e contribui para o aspecto envelhecido tão apreciado. Antes de fazer novo uso do arame deixar a árvore recuperar durante alguns meses. Limpar a terra das folhas que caiem naturalmente. 3. A planta não deve ser regada no dia anterior e após esta operação deve ser mantida à sombra durante um período mínimo de duas semanas. permite moldar e disciplinar a forma do tronco e dos ramos mais grossos ao longo do seu crescimento. Em determinadas espécies de plantas. Controlar o crescimento da árvore. 6. 2.

A mudança de vaso permite refrescar e enriquecer o solo com novos nutrientes e adaptar o recipiente ao desenvolvimento da planta. de acordo com as técnicas expostas na aula anterior. A sua função básica é a . Síntese De forma a obter um crescimento saudável e um design natural. Para um manuseamento eficaz das mesmas. Não se deve alimentar as árvores após o transplante até os rebentos despontarem.Poda de ramos e de folhas.Poda da raiz. todos os dois/três anos. de acordo com o crescimento da planta. tesoura côncava e alicate de corte. regando bem quando terminado. 2 Tesoura Côncava É uma ferramenta essencial. são necessárias várias ferramentas de auxílio. . a parte interna das lâminas de corte deve ser amolada perio dicamente. Durante o transplante as raízes devem manter-se húmidas. e talvez a mais importante. .O bonsai deve ser transplantado no início da estação da Primavera. Objectivos Definir ferramentas auxiliares ao esculpir da forma de bonsai: tesouras e alicates Ferramentas Para esculpir a forma de bonsai. Esta tesoura deve ser afiada e usada exclusivamente para trabalhar o bonsai. para a produção e manutenção do bonsai. considerando-se três delas essenciais: Tesoura de Poda Tesoura Côncava Alicate de Corte 1 Tesoura de Poda Ferramenta básica que permite fazer o delicado trabalho de rebarbação num espaço lim itado. não se pode omitir a sua boa manutenção. deve atender-se a três técnicas fundamentais: . Pode usar-se para a poda de raízes e ramos muito finos.Aramar. Para garantir toda a sua eficácia de corte e precisão. Ferramentas para esculpir a forma do bonsai São necessárias ferramentas de auxílio às actividades para obtenção de um design adequado do bonsai: tesoura de poda.

4 Outras Se desejar diversificar a sua gama de ferramentas. que se processa das extremidades para o centro. com a máxima precisão.remoção de ramos deixando um corte de forma côncava o que facilita a rápida cicatrização do corte. De facto. encontra uma grande oferta no mercado. A tesoura de oito polegadas é o tamanho mais versátil.) Alicate de Corte Lateral Alicate para Raiz Alicate para Jin Espátula Serrote pequeno Rake (rastelo) Desfolhador Pinças Arame Será necessário adquirir anilhas de arame de cobre de diversas espessuras. . depois disso. Manutenção das ferramentas A manutenção das ferramentas permite: 1 Manter a eficácia de corte. imediatamente acima da casca da árvore. sem causar qualquer dano à planta. Este fio é muito flexível enquanto não for torcido. Este alicate permite fazer o corte. Redondo. 2 Evitar danos na planta. imped indo o aparecimento de doenças. nomeadamente: Alicate Esférico (Bola. etc. a forma côncava da lâmina de corte respeita o modo natural de cura dos ramos. Esta tesoura não deve ser utilizada para o corte de ramos grossos e duros sob pena de comprometer a sua funcionalidade. 3 Alicate para cortar arame Ferramenta para o corte do arame utilizado para desenhar e disciplinar a forma do tronco e dos ramos da árvore. Côncavo. impedindo a formação de uma lomba no local de corte. manterá a forma moldada. que se torna praticamente imperce ptível quando feito com sucesso. A forma das lâminas de corte permite usar a ponta da tesoura para remover ramos muito finos e folhas dispersas.

As ferramentas devem ser lavadas. Depois de cuidadosamente secas. quer no corte quer na duração das mesmas.3 Aumentar a longevidade das ferramentas. a tesoura de poda. . após cada utilização. a tesoura côncava e o alicate de corte. como sejam. para evitar ferrugem. Síntese Às técnicas de poda e de aramar são imprescindíveis três ferramentas base. são oleadas. Os restos de seiva das árvores retiram-se com produto próprio. Estas ferramentas deverão ser submetidas a cuidados de manutenção específicos. de forma a permitirem uma utilização eficaz. com sabão e água e esfregadas com álcool.