Tangram

Ivany Aparecida Rodrigues da Motta Escola Estadual Professor Luiz Menezes Guaratinguetá – SP
ivanymotta@yahoo.com.br

Dezembro de 2006

Público Alvo: 6ª e 8ª Séries do Ensino Fundamental Pré-Requisitos (8a série): Operações com Números Naturais e Inteiros Duração: 4 aulas Palavras-Chaves: Noções de Lógica e Geometria Interdisciplinaridade: Português

Projeto TEIA DO SABER 2006 – Programa de Formação Continuada de Professores Diretoria de Ensino da Região de Guaratinguetá Secretaria de Estado da Educação, SP Metodologias de Ensino de Disciplinas da Área de Ciências da Natureza, Matemática e suas Tecnologias do Ensino Médio: Matemática I (curso inicial). Coordenador: Prof. Dr. José Ricardo de Resende Zeni UNESP – Campus de Guaratinguetá – Departamento de Matemática Homepage do curso: http://www.feg.unesp.br/extensao/teia/index.php

A partir de um quadrado. Uma Enciclopédia de Tangram foi escrita por uma mulher. ou “o quebra-cabeça de sete sabedorias”. abstratas e objetos de diversos formatos. paciência e criatividade. Segundo alguns. É composta por seis volumes e contêm mais de 1700 problemas para resolver. é conhecido por “Sete pratos da sabedoria”. juntas. Marcam-se os pontos médios. P de DC e Q de CB. mas lembre-se de que as peças não podem ser sobrepostas e todas devem ser usadas. Outros afirmam que é originária da tribo Tanka. provando que todo problema sempre tem solução. As pessoas desta tribo da China eram grandes comerciantes envolvidos no comercio do ópio e quando eram visitados pelos mercadores ocidentais eram entretidos pelas medidas Tanka com este quebra-cabeça. O importante para se jogar Tangram é possuir imaginação. Este quebra-cabeça contém sete peças. ABCD. na China. 2. Na Ásia. plástico ou metal. um pouco por todo o mundo. Desde então. pouco se sabe da verdadeira origem do Tangram. especialmente por professores no ensino de geometria. Mas ao passar por outras mais simples. cortadas a partir de um quadrado. explica um pouco a mística deste jogo. Construção do Tangram 1. A referência mais antiga é de um painel em resolver Tangram. Chegou rapidamente ao EUA e a Europa e ficou conhecido como o puzzle chinês. O nome chinês é Chi-Chiao. Marcam-se os pontos médios. há 130 anos atrás. A sua simplicidade e capacidade de representar uma tão grande variedade de objetos e.Ivany Aparecida Rodrigues da Motta Introdução Tangram é um jogo que milenar que exige astúcia e reflexão. o nome Tangram é uma corrupção da palavra inglesa obsoleta “Tangram” que significa um puzzie ou quinquilharias. Originário da China. marca-se o seu ponto médio O e traça-se uma perpendicular a DB em O passando por A. E ainda uma outra história conta que o Tangram foi inventado por um homem chamado Tan enquanto tentava consertar os pedaços quebrados de um azulejo de porcelana. Projeto Teia do Saber 2006 .Metodologias do Ensino de Matemática 2 . Traça-se o segmento PQ e marca-se o seu ponto médio R. ao mesmo tempo a dificuldade em resolvê-los. Da sua simplicidade nasce sua maior riqueza. Ainda hoje o Tangram é muito utilizado. sete peças criam. traça-se a sua diagonal DB. pelo corte de um quadrado. formas humanas. 3. M de DO e N de OB. Você pode formar milhares de formas. e anterior ao século 18. A mais antiga publicação com exercícios de Tangram é do inicio do século XIX. que significa “os sete pedaços inteligentes”. desde cartão até pedra. são criados Tangrams em todos os tipos de materiais. Reconstituir algumas formas pode parecer impossível. a solução pode aparecer.

pode-se jogar criando novas formas figurativas ou geométricas. fábrica Naturalmente. 1 médio e 2 pequenos. o jogo é tradicionalmente praticado como um solitaire.Metodologias do Ensino de Matemática 3 . A idéia é descobrir como foram criados os desenhos/sombra como representados abaixo. Traçam-se os segmentos PM. O Tangram é formado por sete peças. As peças têm que se tocar. Projeto Teia do Saber 2006 . As peças têm que estar deitadas. • 1 quadrado. • 1 paralelogramo Regras: As regras básicas são as seguintes: • • • • Tem de utilizar as 7 peças. são elas: • 5 triângulos: 2 grandes. Nenhuma peça pode sobrepor-se a outra. além de descobrir soluções para desafios já existentes.Ivany Aparecida Rodrigues da Motta 4. OR e RN. Exemplo: gato Como Jogar Embora em tempos recentes tenham sido criadas modalidades competitivas de Tangram.

a análise e síntese. Apresentação dos trabalhos na classe e exposição dos trabalhos. 8ª Série 1. 5. Com as peças do outro dois Tangrams. Contar a história das 7 peças. Colocar no caderno. Atividades e Metodologias O Tangram pode ser construído a partir de uma folha de sulfite. Tempo: 4 aulas Projeto Teia do Saber 2006 . “Cosntrução do Tangram”. Calcular a área de cada peça. As dobras (vincos) seguem o desenho da página 2. Ensinar os alunos através de historinhas a confeccionarem o Tangram. A regra básica do jogo é que cada figura formada deve incluir as sete peças. formar a seguinte figura: trapézio. 3. Com as peças de um Tangram. Familiarizar o aluno com as figuras básicas da Geometria.Metodologias do Ensino de Matemática 4 . Montar um portifólio Tempo: 4 aulas • • Confecção do portifólio (15 dias) em casa ou na Biblioteca. Podem ser criadas figuras livremente ou pode-se tentar reproduzir as figuras apresentadas nas cartelas. construir dois Tangrams 4x4. Mostrar que a Matemática pode ser divertida. 2. 2. através de dobraduras e recortes da folha. Distribuir os materiais (folhas de sulfites). Desenvolver o raciocínio lógico para a resolução de problemas. 6ª Série 1. coordenação motora e habilidades na utilização dos materiais a serem utilizados. 4. No papel quadriculado. promovendo o intercâmbio de idéias como fonte de aprendizagem para um mesmo fim. 6. 3. formar a seguinte figura: hexágono. Estimular a participação do aluno em atividades conjuntas para desenvolver a capacidade de ouvir e respeitar a criatividade dos colegas. 4. Pedir para montarem novamente o quadrado usando as 7 peças.Ivany Aparecida Rodrigues da Motta Objetivos • • • • • • Trabalhar o raciocínio espacial. Dividir a sala em grupos de 4 a 6 alunos. Pedir para escreverem uma história e construir figuras com as peças do Tangram.

Mas. pois os alunos não correspondem às expectativas por mim esperadas. incentivei os alunos. Após a aplicação das atividades. Aos poucos consegui envolver não só a sala. outros por dificuldades motoras para confeccionar o Tangram.Ivany Aparecida Rodrigues da Motta Avaliação Não foi fácil trabalhar com todas as salas (6ª série A e B). com a construção de figuras geométricas e outras figuras que conseguiram construir. apesar da relutância por parte de alguns. aos poucos os alunos foram se familiarizando com as medidas. que. como sempre. alguns relutaram em fazer atividades. uns por desinteresse. é um “bicho”. Hoje. foi mais fácil desenvolver a atividade. Consegui resgatar a auto-estima de alguns alunos. mas também a coordenadora que foi até a sala para aprender a fazer o Tangram. Com a 8ª série. quando entro na sala. verifiquei uma melhora na turma. mesmo daqueles que são apáticos que não gostam de participar das aulas (ou por dificuldade ou por desinteresse mesmo). para eles. cálculos das áreas. pois estava mostrando para eles uma maneira mais agradável de aprender a Matemática.Metodologias do Ensino de Matemática 5 . me pedem pra fazer o Tangram. Projeto Teia do Saber 2006 . pois já acham a Matemática mais agradável. passou a ser mais clara e mais concreta. medir as peças e calcular as áreas das figuras geométricas.

Metodologias do Ensino de Matemática 6 .Ivany Aparecida Rodrigues da Motta Anexo I: Trabalhos dos alunos Projeto Teia do Saber 2006 .

Ivany Aparecida Rodrigues da Motta Projeto Teia do Saber 2006 .Metodologias do Ensino de Matemática 7 .

Ivany Aparecida Rodrigues da Motta Projeto Teia do Saber 2006 .Metodologias do Ensino de Matemática 8 .

Metodologias do Ensino de Matemática 9 .Ivany Aparecida Rodrigues da Motta Projeto Teia do Saber 2006 .

Ivany Aparecida Rodrigues da Motta Projeto Teia do Saber 2006 .Metodologias do Ensino de Matemática 10 .

Ivany Aparecida Rodrigues da Motta Projeto Teia do Saber 2006 .Metodologias do Ensino de Matemática 11 .