You are on page 1of 6

PROFESSORA

ADRIANA VINHOLI RAMPAZO

Mestre em Administração
pela Universidade Estadual de Londrina

CONTEÚDO
TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO I
• Organizações (conceito e tipologia)
• Administração
Aula 1 • Eficiência e eficácia
• Habilidades dos administradores
• Bases históricas da administração
Conceitos básicos
e Bases históricas

REFERÊNCIAS ORGANIZAÇÕES
(HALL, 2004)

Livro Texto da disciplina: • Elas estão a nossa volta.


• KOETZ, Luciane Soutello. Fundamentos da • Nascemos, vivemos e morremos em organizações.
Administração. Pearson Education do Brasil, 2009.
• Grandes transformações sociais são baseadas em
• HALL, Richard H. Organizações: estruturas, processos e organizações.
resultados. 8. ed. São Paulo: Prentice Hall, 2004.
• SILVA, Reinaldo O. da. Teorias da
administração. São Paulo: Pearson
Prentice Hall, 2008.
ORGANIZAÇÕES Vídeo
(HALL, 2004)

Alterações papéis familiares –


Homens e mulheres corporações:
http://www.youtube.com/watch?v=znU2IrYcb8g
Alterações dos padrões de
concepção e educação de crianças

Alterações nos serviços – comidas


prontas

ORGANIZAÇÕES POR QUE TEMOS ORGANIZAÇÕES?


(HALL, 2004)

São entidades que capacitam a sociedade a buscar


• São entidades sociais (ou agrupamentos humanos) realizações que não podem ser atingidas por pessoas
deliberadamente criadas e recriadas para atingir atuando individualmente (GIBSON et al., 2006).
metas específicas (ETZIONI, 1964).
• Formadas por pessoas.
• Metas

ATIVIDADE EM SALA TIPOLOGIA DAS ORGANIZAÇÕES

Uma das metas de uma organização é o lucro.


Mas ele não é o único.
Portanto, pensem em outros objetivos que as
organizações visam atingir.
TIPOLOGIA DAS ORGANIZACOES TIPOLOGIAS DAS ORGANIZAÇÕES

Mais simples:
• Lucro (Orientadas ao lucro ou Sem fins lucrativos).
• Setor (educacional, agrícola, saúde, etc).
• Tamanho (pequena, média e grande)

Mais elaboradas:
• Etzioni – Controle
• Blau e Scott – Beneficiários

TIPOLOGIA DE ETZIONI TIPOLOGIA DE ETZIONI

Classifica as organizações com base no uso e significado • Organizações utilitárias: poder baseia-se no controle dos
da obediência. incentivos econômicos – remuneração é a base do
•Organizações coercitivas: o poder é imposto pela força controle.
física ou por controles baseados em prêmios ou punições. • Organizações normativas (voluntárias): o poder baseia-se
em um consenso sobre objetivos e métodos de
organização – controle é moral.

TIPOLOGIA DE BLAU E SCOTT ATIVIDADE EM SALA

Tipologia das organizações baseada no beneficiário Como as organizações abaixo podem ser classificadas?
principal. • Um presídio
• Associação de benefícios mútuos: os próprios membros
• Uma loja de shopping
da organização;
• Uma igreja
• Organizações de interesses comerciais: os proprietários
ou acionistas; • Uma cooperativa de catadores de lixo
• Organizações de serviços: grupo • Um sindicato
de clientes;
• Organizações de Estado: em que o
beneficiário é o público em geral.
ADMINISTRAÇÃO EFICIÊNCIA E EFICÁCIA

• As organizações não podem existir sem EFICIÊNCIA EFICÁCIA


administração. Ênfase nos meios Ênfase nos resultados
• Administração é o meio para se chegar a um fim –
Fazer corretamente as  Fazer as coisas corretas
objetivos das organizações.
coisas
• Administração consiste em orientar, dirigir e controlar
os esforços de um grupo de Resolver problemas Atingir objetivos
indivíduos para um objetivo Cumprir tarefas e  Obter resultados
comum (WILLIAN NEWMAN). obrigações

ADMINISTRADORES HABILIDADES ADMINISTRATIVAS

Não basta conhecer um determinado assunto –


especialização técnica que não seja administração.

Técnica

Humana

Conceitual

ATIVIDADE EM SALA BASES HISTÓRICAS

• Pense num time que joga futebol com arte. No • A administração como ciência é bastante recente.
entanto, mesmo dando um espetáculo, este time • É uma a atividade encontrada em todos os tempos.
perdeu o campeonato. • Muitas teorias e técnicas usadas para administrar as
• Agora pense num time que é constantemente organizações da atualidade são idéias que evoluíram
criticado por não jogar um futebol bonito, mas, que no de práticas do passado.
final, é campeão. • Países, exércitos e organizações
• Qual time foi eficiente e qual religiosas vêm, há muito tempo,
foi eficaz? criando soluções para lidar com
recursos e realizar objetivos.
POVOS E CIVILIZAÇÕES Vídeo

• SUMÉRIA: Inventário; Escrita - para fins de controle.


• EGITO: Planejamento; Logística; Autoridade e Império Romano:
responsabilidade; Controle.
• GRÉCIA: Governo democrático.
• ROMA: formas eficientes de organizar e controlar o
império; Delegação de autoridade.

IGREJA CATÓLICA ORGANIZAÇÕES MILITARES

• Herdou muitas das tradições administrativas dos • Há mais de 3000 anos, os exércitos vêm criando
romanos, a começar pela administração do território. soluções para a administração de grandes
• Dioceses, províncias e vigários - copiou o tipo de contingentes de pessoas envolvidas em operações
organização geográfica dos romanos. complexas e arriscadas.
• Conceitos sobre estratégia, planejamento, logística e
hierarquia - usadas até hoje não apenas nas Forças
Armadas, mas também em todos
os tipos de empreendimentos.

SURGIMENTO DO SISTEMA FABRIL SURGIMENTO DO SISTEMA FABRIL

• Menor necessidade de servos e colonos nos castelos. Declínio das Guildas:


• Servos = habilidades em vários ofícios (carpinteiros, comércio e transporte cresceram;
ferreiros, sapateiros etc). Sistema de indústria caseira:
• Mestres – jornaleiros – aprendizes entrega da matéria-prima nas casas dos trabalhadores.
• As Guildas ofereciam benefícios de ajuda fraterna – várias empresas financiavam as operações, entregavam
proteção. a matéria-prima, recolhiam os
• As Guildas controlavam o produtos acabados e depois
mercado local. os vendiam.
SURGIMENTO DO SISTEMA FABRIL REVOLUÇÃO INDUSTRIAL

• Vantagens da produção centralizada em prédios Contextualização ambiental:


especializados. • Aumento da população urbana;
• Trabalhadores e materiais podem ser controlados. • Demanda de produtos (roupas e alimentos);
• Fábricas e equipamentos. • Grande oferta de mão-de-obra.
• A indústria caseira foi suplantada pelo sistema fabril • Revolução – substituição do trabalho humano pelo
de produção. trabalho da máquina.
• Centro – motor à vapor
(energia mais barata e eficiente).

PERGUNTAS

Bons estudos e até


a próxima teleaula.

© 2011 – Todos os direitos reservados.Uso exclusivo


no Sistema de Ensino Presencial Conectado.