You are on page 1of 4

INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO CRISTÓVÃO DE MENDOZA

PLANO DE TRABALHO ANUAL

COMPONENTE CURRICULAR: História da Educação


PROFESSORA: Roseli M. Bergozza
TURNO: Manhã CARGA HORÁRIA: 1 hora/aula
SÉRIE: Aproveitamento de Estudos TURMA: 3107 e 3108
ANO: 2011

COMPETÊNCIAS E HABILIDADES

Analisar e interpretar dados, fatos e situações referentes à História da


Educação.

Comparar e relacionar através do reconhecimento os aspectos importantes em


cada período histórico.

Entender a evolução e a adequação da organização escolar para atender as


demandas sociais, econômicas e, sobretudo, políticas.

Reconhecer a educação como fenômeno humano por excelência, verificando


que somente ela, é capaz de promover a emancipação plena da
sociedade; bem como uma reflexão através da temporalidade dos
teóricos da educação como um processo de formação histórica e do
desenvolvimento do pensamento do homem no seu agir coletivo.
• Situar diferentes momentos do processo de constituição e instituição
dos campos de conhecimento de História da Educação;

• Proceder à análise dos diferentes significados da idéia de Educação


produzida em diferentes épocas;

• Compreender a Educação como fenômeno integrante da formação


social e constituição de saberes articulados à prática pedagógica

• Propiciar uma visão teórico–reflexiva na construção do conhecimento da


História da Educação com vistas a subsidiar a formação dos
profissionais para o exercício do magistério;

• Incentivar as atividades de pesquisa em História da Educação.


PROGRAMA
CONTEÚDOS Nº. DE AULAS
Já previsto no número de aulas as avaliações e as recuperações paralelas
Histórico da disciplina e primórdios no Brasil 04
História e Educação: Conceitos Plurais.

Educação na antiguidade contexto histórico e 04


características gerais

• As Civilizações Antigas Orientais e a


Educação.
• Educação na Grécia.
• Roma e a Educação.

Educação no medievo contexto histórico e 04


características gerais
Educação na idade moderna contexto histórico e 04
características gerais
Influência dos Jesuítas na cultura escolar 04
brasileira contexto histórico e características
gerais
Educação na renascença e influências do 04
iluminismo contexto histórico e características
gerais
Educação no século XIX contexto histórico e 06
características gerais
O Século XIX: O Século da Pedagogia: Conflitos
ideológicos, modelos normativos, Saberes da
Educação.

Educação na atualidade contexto histórico e 06


características gerais.

• Século XX (1ª metade): Escolas Novas e


Ideologias da Educação.
• Século XX (2ª metade): Ciências da
Educação e empenho mundial da
pedagogia. Idéias e ações da UNESCO.
• Contribuição de Pensadores Atuais: Morin,
Nóvoa, Coll, Hernández, Toro, Ferreiro,
Alarcão, Torres, Freire, Gramsci,
Althusser, Bordieu, Makarenko, Dewey.

História da Educação de Caxias do Sul e 04


tendências teóricas acerca da História da
Educação.

ENCAMINHAMENTO METODOLÓGICO
A construção do conhecimento se dá em três grandes momentos de acordo com a
metodologia dialética: 1º Mobilização para o conhecimento, 2º construção do
conhecimento e 3º elaboração e expressão da síntese do conhecimento. Partindo desta
premissa as aulas de História da Educação, estarão em consonância com uma
metodologia dialética libertadora. VASCONCELOS, Celso dos Santos. Construção do
conhecimento em sala de aula. Libertad: São Paulo, 2004.
AVALIAÇÃO
Avaliação é um processo abrangente e implica em reflexão crítica sobre a prática, no
sentido de captar avanços e resistências. Os avanços serão quantificados através de
provas e outros instrumentos totalizando três para obter as somas necessárias para
organização escolar, entretanto, concebo a avaliação como reflexiva, crítica e
emancipatória.
. VASCONCELOS, Celso dos Santos. Concepção Dialética-Libertadora do Processo
de Avaliação Escolar. Libertad: São Paulo, 2004.

RECURSOS TECNOLÓGICOS
Laboratório de informática, esporadicamente sala de data show, livros, giz.

REFERENCIAL TEÓRICO
O referencial teórico utilizado na construção do conhecimento em sala de aula está
relacionado à concepção dialética. O referencial teórico que embasa os diferentes textos
e documentos trabalhados em aula estão no campo da história da Educação, que por sua
vez tem seu aporte na História Cultural.
uma aprendizagem só é significativa quando se constrói um sentido próprio e pessoal
para o objeto de conhecimento.

INDICAÇÃO DE LEITURA COMPLEMENTAR


ARANHA, Maria Lúcia Arruda. História da Educação. São Paulo: Moderna, 2000.
BASTOS, M.H.C.;STPHANOU,M. Histórias e Memórias da Educação no Brasil. Vol
lII:Século XX. Rio de Janeiro:Vozes,2005.

BERGOZZA, Roseli Maria. Escola Complementar de Caxias: Histórias da Primeira


Instituição Publica para Formação de Professores na cidade de Caxias do Sul (1930-
1961) Dissertação de Mestrado. 174p. Caxias do Sul. UCS. 2010.

BRASIL. Ministério da Educação. A Educação através dos tempos .


http://www.tuneldotempo.inep.gov.br/1930/1930.htm. Acesso em: 07 de outubro de 2008.

CAMBI, Franco. História da Pedagogia. São Paulo: UNESP, 1999.

GADOTTI, Moacyr. História das Idéias Pedagógicas. São Paulo: Ática, 1997.
FARIA FILHO, Luciano Mendes; VIDAL, Diana Gonçalves. Os tempos e os espaços
escolares no processo de institucionalização da escola primária no Brasil. Revista
Brasileira de Educação. São Paulo: ANPEd/ Autores Associados, Número Especial,
mai/agos,2000.
______.Conhecimento e cultura na escola: Uma abordagem histórica. IN:
DAYRELL,Juarez (Org.) Múltiplos olhares sobre educação e cultura. Belo Horizonte:
Editora UFMG 2006.
GUIRALDELLI Junior, Paulo. História da Educação. 2ª ed. 4ª reimpressão. São Paulo:
Cortez Editora, 2000.
LOURO, Guacira Lopes. Prendas e antiprendas: uma história da educação no Rio
Grande do Sul, Tese de Doutorado em Educação. 285 p. São Paulo. UNICAMP, 1986 a.
______. Prendas e antiprendas: educando a mulher gaúcha. In: Educação e Realidade,
Porto Alegre, V.11,n.2, p.25-56. jul/dez 1986 b.
LUCHESE. Terciane ângela; BERGOZZA, Roseli Maria. Histórias da Duque a partir
dos seus impressos: a Escola Complementar Duque de Caxias 1930-1945. In:
Instituições formadoras de professores no Rio Grande do Sul. TAMBARA, Elomar;
CORSETTI Berenice (org). Pelotas: Editora UFPel, 2009.
NISKIER, Arnaldo. Educação Brasileira: 500 anos de História (1500-2000). São Paulo:
Melhoramentos.1989.
NÓVOA, António. Para o estudo sócio-histórico da Gênese e desenvolvimento da
profissão docente. Teoria e Educação. N°.4.Porto Alegre: Pannonica,1991.
______. História da Educação: Novos Sentidos, Velhos Problemas. In: MAGALHÃES,
Justino. Fazer e ensinar História da Educação em Portugal. (Actas do 20º encontro de
História da Educação Sociedade Portuguesa de Ciências da Educação/ Secção de
História da Educação). Braga: LUSOGRAFE,1998.
ROMANELLI, Otaíza de Oliveira. História da Educação no Brasil. Petrópolis:
Vozes,1998.

VEIGA, Cíntia Greive. História da Educação: São Paulo: Ática, 2007.