You are on page 1of 2

LUKES, Steven.

A curiosa iluminação do
professor Caritat: uma comédia de idéias.
Trad. Sônia Torres. Revisão da tradução e
notas, Celia de Andrade Lessa. 2. reimpressão
Rio de Janeiro: Revan, 2000.
Resenhado por: Marcos Roberto Rosa
(Administração – FMP)

1º) O livro conta as aventuras e desventuras do professor Nicholas Caritat, estudioso


do Iluminismo que residia e trabalhava em Militária onde, após ser preso pelo Governo
local, recebe dos rebeldes que o libertaram a missão de encontrar fundamentos para o
Otimismo em um modo de vida que dê esperança ao povo oprimido de Militária,
partindo, desta forma, em uma peregrinação à diversos países próximos ou imaginários.
2º) No decorrer do texto encontramos vários conceitos de vários autores da Ciência
Política, clássica e moderna, destacados a seguir.
3º) O conceito de facções visto em O Federalista pode ser observado em Militária,
como o movimento guerrilheiro Mão Visível, e em Utilitária, com os Botafogos.
4º) Em Utilitária o professor Caritat depara-se com os conceitos de Stuart Mill sobre
o princípio distributivo, que visa atender igual aos desiguais, e de que toda liberdade
deve ser imposta.
5º) As idéias de Maquiavel sobre a ética política, que se define pela eficácia prática
e pela utilidade social também podem ser destacadas em Utilitária, onde o Governo
busca, mesmo interferindo na vida dos cidadãos, as formas de maximizar os resultados
visando o bem estar do maior número possível de pessoas.
6º) O contrato social defendido de formas distintas, porém objetivando fins
semelhantes, por Hobbes, Rousseau e Locke apresenta-se em praticamente todos os
“mundos” visitados pelo professor Caritat, porém esta idéia é profundamente marcante
em Comunitária, onde se acreditava e pregava o ‘multiculturalismo’ e a ‘política da
diferença’.
7º) Em Comunitária observamos os conceitos de Povo, enquanto entidade jurídica, e
Nação, grupo de indivíduos que se sentem unidos pela origem e interesses comuns,
abordados por Azambuja no texto “A População do Estado”.
8º) Enquanto viajava para Liberdade, capital de Libertária, Nicholas sonhou com
um lugar chamado Proletária, onde toda a teoria de Karl Marx era aplicada na prática.
Ali foi possível identificar o resultado da luta revolucionária do proletariado. O Estado
foi extinto e o governo dos homens foi substituído pela administração das coisas, o
trabalho era desempenhado como forma de humanização (integração) e não de
alienação, a extinção das classes possibilitando a igualdade e, por fim, a idéia de
emancipação humana.
9º) O individualismo, defendido por Locke, é apresentado de forma extremada em
Liberdade, onde o Governo local busca acabar com a idéia de sociedade, deixando
apenas o indivíduo e sua liberdade crescente.
10º) A densidade dos conceitos abordados no livro deixa margem a outras
interpretações, sendo recomendado um aprofundamento do trabalho.
11º) Lukes leva o leitor a uma viagem através do emaranhado de conceitos sobre
sociedade e política de forma suave e agradável. Escrito de forma acessível a
praticamente todos os leitores a obra contribui substancialmente para a fixação dos
conceitos estudados na Ciência Política, constituindo-se, desta forma, em leitura
recomendada aos interessados no assunto.

1
Resumo dos conceitos por autor - Tabela 1
O Federalista 1. Facções
Stuart Mill 2. Princípio distributivo
3. Toda liberdade deve ser imposta
Maquiavel 4. Ética política
Hobbes, Rousseau e Locke 5. Contrato social
Azambuja 6. Povo e Nação
Karl Marx 7. Luta revolucionária do proletariado
8. Governo dos homens substituído pela
administração das coisas
9. Trabalho desempenhado como forma de
humanização e não de alienação
10. Extinção das classes possibilitando a igualdade
11. Emancipação humana.
Locke 12. Individualismo