You are on page 1of 2

Conselhos a serem considerados no processo de

desenvolvimento de software:

As recomendações a seguir visam acrescentar uma série de práticas aos


métodos ágeis, visando reduzir os riscos e reduzir o retrabalho.

Um dos princípios das metodologias ágeis é evidenciar, visualmente, o


andamento e a situação do trabalho. O uso de ferramentas é bem-vindo
quando significar redução no tempo perdido em reuniões e na repetição
do roteiro de testes. Mais importante que elas, entretanto, é um claro
entendimento dos objetivos e a cuidadosa condução das equipes.

Antes de começar a fazer:

A. Defina o melhor que puder o produto a ser entregue.


B. Visualize as partes do produto que serão desenvolvidas
separadamente.
C. Defina os ciclos de conclusão de cada parte.
D. Certifique-se de que todos entenderam o trabalho a ser feito.

Durante a execução:

A. Revise diariamente ou semanalmente o trabalho realizado pelos


desenvolvedores. Peça o auxílio dos especialistas no negócio.
B. Revise mensalmente os objetivos e metas do projeto.
C. Entregue semanalmente versões integradas e testadas, garantindo
que nenhuma implementação nova prejudique o que já está
funcionando.
D. Faça um gerenciamento de falhas a cada 3 ou 4 versões.
E. Revise periodicamente os requisitos técnicos.
F. Avalie periodicamente o histórico de desenvolvimento do produto.
G. Defina 6 ou 7 equipes de implementação, agrupadas por
especialidade.
H. Efetue uma avaliação automática de erros de código.

No planejamento e no acompanhamento do desempenho:

A. Utilize planilha de horas para evidenciar a estimativa de esforço e o


tempo na realização do trabalho, e não apenas para documentar as
horas despendidas pelo profissional.
B. Não considere apenas códigos e testes como atividades e tarefas,
mas também reuniões, visitas a clientes e outras demandas
relacionadas ao produto. Colocar tudo isso no “tracking” do produto
ajuda mais ao gerenciamento do que qualquer cronograma.
C. Requisições de mudança podem ser melhor suportadas se forem
vinculadas ao histórico de mudanças do produto.
D. Não tem que ser necessário um fiscal de desempenho para apontar
as falhas. Os resultados do trabalho precisam ser visíveis o suficiente
para cada participante na construção do produto, de forma que cada
um possa buscar a melhora da eficiência por conta própria.
E. Cada uma das fases do Ciclo de Desenvolvimento de Software deve
ser questionada, para ajudar a entender que tipo de valor adiciona ao
produto.

Para atingir os objetivos de forma ágil:

A. Mantenha o backlog do produto em ordem.


B. Estime o backlog do produto.
C. Planeje as entregas: esclareça os requisitos.
D. Planeje a iteração: estime as tarefas.
E. Crie um espaço de trabalho colaborativo.
F. Execute!
G. Levante-se e seja percebido.
H. Acompanhe o progresso com o gráfico diário de atividades
executadas.
I. Termine no momento que você disse que terminaria.
J. Revise, reflita, repita...