APOSTILA DE GRAVAÇÃO DE BATERIA

Nesta apostila iremos ver alguns itens para gravarmos vários timbres de bateria e chegar ao melhor timbre para a concepção do seu projeto. Antes de começarmos a falar de gravação e timbragem, vamos primeiro conhecer o que vem a compôr uma bateria padrão (standart). A bateria standart é composta de 5 tambores e 3 pratos.

Os tambores são dividos em: -Caixa, com o tamanho de 14”x5,5” -Tons, que são 2, com o tamanho de 12”x8” e 13”x9”

pois eles são os mais utizados durante o groove. sem esta a caixa passa a ser um tambor como os outro. com o tamanho de 20” Teremos também em muitos casos a nomenclatura standart. começando pelo tambores. só que de outra medida. pois muitas das vezes o baterista levará para a gravação seu próprio set-up de pratos. somente referindo-se aos tambores. A esteira fica localizada na parte inferior da . com o tamanho de 22”x18” E os pratos são divididos em: -Hi-hat ou contra-tempo. A caixa tem como sua característica principal ter a presença da esteira. um em cima (top) e um embaixo (bottom) -Crash ou ataque. com o tamanho de 14” com 2 pratos. todos os Os 2 tambores principais da bateria são a caixa e o bumbo.-Surdo. com o tamanho de 16”x16” -Bumbo. com o tamanho de 16” -Ride ou condução. vamos começar a detalhar componetes da bateria. Partindo deste.

e ficam geralmente posicionados ao lado do baterista. vamos passar para os pratos da bateria. Explicado a parte do tambores. caixa de metal caixa de madeira O bumbo. Eles tem tamanhos que vão desde 14” até 26”. Os surdos são como os tons mas com tamanhos maiores. Cuidado para no confundir os surdos com ton e nem com o bumbo. geralmente é o maior tambor da bateria e tocado com um pedal de bumbo que é assionado com um dos pés do baterista. Os tons são os tambores menores e medianos da bateria e geralmente fica posicionado a frente da caixa e em cima do bumbo.caixa e é feita de varios arames em espiral e fica sempre em contato com a pele de resposta da caixa. em tamanhos menores a diferença do surdo para o ton é a profundidade dele. . Possuem tamanhos que vão desde 14” até 24”. São conssiderados tons os tambores que vão de 8” até 14” de diametro. mas eles também podem ser fixados com um ton hold. vamos abordar aqui somente os pratos mais comuns e mais utilizados nas gravações. Eles podem também estar presos a um suporte que é apoiado no bumbo ou estar preso a um ton hold que vai preso a alguma estante de prato. e em tamanhos maiores a diferença dele pro bumbo é que ele não é tocado com os pés (pedal de bumbo) e sim com as mãos (baquetas). Existem hoje no mercado diverssos tipos e tamanhos de pratos. Geralmente eles possuem pés de apoio próprios.

devido a função de conduzir na música. soave até agressivo. Ele é posicionado ao lado do baterista e perto da caixa.Vamos começar pelo Hi-hat ou contra-tempo. O próximo é o Crash ou ataque. O hi-hat é mencionado sempre como se fosse um prato. . sendo os tamanhos mais comuns os de 20”. pois junto com o hihat eles formam o par de pratos de maior importancia na bateria. mas que vão desde 10” até 15”. Ele pode possuir sons diverssos. Ressaltando que os tamanhos maiores onde se igualam ao ride tem como diferença o som. 21” e 22”. que é mais expalhado. mas na verdade ele é um conjunto formado por dois pratos. fosco até brilhoso. Abordaremos agora o Ride ou condução. o ride tem o som mais preciso (o ping). O som de ping é um som dado pela a ponta da baqueta e é como o próprio nome som sugere. O ride tem como caracteristica ser grande (tamanho padão de 20”) e ter um som de ping bem presente. O crash é um prato que serve para marcações e efeitos na música. Seus tamanhos que vão de 14” até 22”. O ride tem tamanho que vai desde 18” até 24”. dependendo do seu diametro e espessura. o bottom (prato de baixo) e top (prato de cima). O hi-hat tem função de condução na música e tem seus tamanhos mais comuns de 14” e 13”.

. pos ele possui um formato um pouco diferente. geralmente. porque uma dobradura na ponta dele. que tem seus tamanhos de 6” até 12”. O som dele é geralmente explosivo e parecido com um gongo chinês. como se fossem abas. um som doce. O china por sua fez é um prato bem caracteristico. Ele possui tamanhos muito diverssos que podem ir desde 8” até 22”. são os pratos de efeito splash e china.Alguns pratos complementares que serão abordados. O splash é um prato bem pequeno. e possui. brilhante e com pouco realese.

Basicamente temos 2 tipos diferentes de peles. Iremos falar um pouco das mais usadas e alguns aspéctos delas.Os pratos são feitos de 3 diferentes composições. e os maiores fabricantes de pratos são: Paiste. ou liga de bronze B20. Sabian e Zildjian. Ela é dificil afinação sem a utilização de alguma fita para grudar na pele ou itens como uma tira adesiva de silicone. Os mais usuais e conssiderado os melhores pelos bateristas são os de liga B20. e a pele porosa ou coated. A pele lisa (clear) é feita de nylon transparente e tem espessura de 0. A pele da bateria apesar de parecer um item com pouca importancia. liga de latão.7mm à 0. a pele lisa ou clear. Possue um timbre bastante brilhoso e com uma ressonancia (release) entre mediano e longo. . A partir dessas duas pele teremos enumeras variações de diferente de pele. liga de bronze B8. O próximo item a ser abordado são as peles da bateria.10mm. pois ela junto com o tipo de madeira dos tambores é que vão lhe dar o timbre adeguado ao seu projeto. ou até mesmo um anel abafador. Lembre-se sempre do conceito da música antes de escolher os pratos a serem utilizados. é um dos itens com maior importancia.

A pele porosa (coated) é feita de nylon branco ou transparente com uma camada de tinta especial borrifada por cima dela no qual produz a porisidade da caracteristica da pele. embora qualquer apertada em algum dos parafusos possa mudar bem o som dela. Essa pele já possui uma maior facilidade de se afinar. A variação mais conhecida da pele lisa (clear) é a pele hidraulica (hydraulic). Partindo dessas duas peles veremos agora algumas de suas variações começando pela variações da pele lisa (clear). Possui a mesma espessura da pele lisa (clear) e tem um timbre mediano entre o brilhoso e o fosco e com uma ressonancia (release) longo. A pele hidraulica são duas peles lisas (clear) .

tendendo para o fosco e com uma ressonancia (release) muito curta. mais morta de ressonancia ainda na versão hidraulica. Ela também possui uma versão hidraulica onde ele é preta com o círculo branco.de 0. em contra partida ela adiciona um peso muito grande aos tambores devido ela destacar o ataque da baqueta ou maceta do bumbo. O timbre dessa pele é bem fosca e morta de ressonancia (release). que geralmente possui a cor preta. A pele ebony é feita de nylon preto e ela é toda preta.7mm. . A pele hidraulica possue um timbre mediano entre o fosco e brilhante. uma em cima da outra com um óleo entre elas preso até quase na borda dela por um círculo. Uma outra variação da pele lisa (clear) é a pele ebony.

quanto mais escuras. As variações da pele porosas (coated) são bem simples. mas com o mesmo tipo de ressonancia (release). partindo que a pele porosa é branca. elas são nítidas atravez da coloração.Veremos agora algumas variações da pele porosa (coated). que é um circulo de pele extra. Temos uma outra variação que vale tanto para pele lisa (clear) quanto pra pele porosa (coated) que é o controlled sound (controle de som). que serve pra conter um pouco a ressonancia (realese) quanto pra durabilidade da pele (vida útil). . as outras peles vão ficando mais escuras. mais vintage ficará o som. e quanto mais vintage menos brilho o som da pele terá. grudado por baixo da pele.

também devemos saber como afinar a bateria corretamente. Após colocarmos a pele colocamos o áro e apertamos os parafusos com as mãos até eles travarem e não der mais para apertar. Depois vamos precionar com a palma das mãos o centro da pele para a pele seder. O primeiro passo para afinarmos a bateria é quando colocamos a pele. vou apertar o parafuso oposto com uma virada também. No caso de números pares de parafusos vamos afinar com a chave. o seja apertamos um parafuso e depois o parafuso do lado oposto. sempre apertartando em cruz. Aí vamos começar a afinar com a chave de afinação de bateria. e continuarmos com o parafuso da transversal.Além da importância de sabermos escolher a melhor pele para cada ocasião. Quando temos números impar de parafuso vamos afinar os parafusos apertando parafuso sim parafuso não. . exemplo: apertei um parafuso com uma virada uma vez num parafuso. Sempre apertando a mesma quantidade de vezes.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful