Pratica 1

Codificadores e Decodificadores

Projeto de um Subsistema Digital Codificador / Decodificador: Objetivo: Desenvolver um subsistema digital que permita mostrar em um mostrador
(display) de 7 segmentos os valores numéricos decimais de 0 a 9, a partir da condição de que tais valores são selecionados por pressionar uma tecla em um teclado numérico decimal.

Tecnologia em Foco:

Circuitos Codificadores e Decodificadores.

Diagrama de Blocos do Sistema Pretendido:
1 2 3 4

0 1 4 7 2 5 8 3 6 9
10 Vias

DEC BCD

4 vias

BCD

7 SEG

7 vias

1. 2. 3. 4. (1) (2)

Teclado numérico decimal; DEC/BCD - Codificador de Código Decimal para Código BCD (1) ; Decodificador de Código BCD para Código de 7 Segmentos; Mostrador de LEDS em 7 Segmentos.

BCD (binary code decimal); Podemos definir codificação como sendo a modificação de um dado de um tipo de código trivial para um tipo de código não trivial para uma pessoa leiga. Já o inverso disso é decodificação.

O Teclado Numérico:
Trata-se de um conjunto de 10 chaves do tipo push-button simples, cada uma representando um valor decimal de 0 a 9 no teclado. Trata-se de um conjunto de 10 chaves do tipo push-button simples, uma para cada valor decimal de 0 a 9 que se deseja representar no teclado. SENAI Rua Jaguaré Mirim, 71 - Vila Leopoldina” 66
Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial NAI ESCOLA SENAI “MARIANO FERRAZ"
CEP: 05311-020 - São Paulo - SP Fone/Fax: (011)3641-0024 E-Mail: ahp106@sp.senai.br

Obtenção das expressões algébricas a partir da tabela verdade. Porém. seguindo os passos tradicionais de um projeto de circuito eletrônico de lógica combinatória: ü ü ü ü ü Definição de uma tabela verdade para a funcionalidade desejada. ou uma ou a outra versão de teclado poderá vir a ser mais vantajosa. Desenho do circuito lógico equivalente. ou seja. Simplificação das expressões algébricas.br . a utilização de CIs de família TTL para o projeto do circuito deste bloco. buscando a solução mais barata e simples possível. nós deveremos estar procurando aplicar a cada decisão do projeto uma análise do custo. o que significa que pressionando um botão.SP Fone/Fax: (011)3641-0024 E-Mail: ahp106@sp. mais do que simplesmente seguirmos tecnicamente estes passos de projeto. como veremos mais adiante. impõem nível lógico 0 à correspondente linha de saída. porém não obrigo.Podemos optar em fazer o teclado de duas maneiras diferentes. por cada aluno. A seguir representamos essas duas versões: uma versão ativa em 1 e outra versão ativa em 0: ü Na versão da esquerda temos o teclado ativo em 1. ao pressionarmos uma tecla o botão irá impor nível lógico 1 à linha de saída correspondente a este botão. Montagem e testes do circuito. Dependendo de questões que envolvem o tipo de tecnologia construtiva do circuito do codificador DEC/BCD. pois os botões estão ligados em comum ao GND.Vila Leopoldina” 67 Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial ESCOLA SENAI “MARIANO FERRAZ" NAI CEP: 05311-020 .São Paulo . Recomendo. SENAI Rua Jaguaré Mirim. 71 . ü Já versão da direita o teclado é ativo em 0. O Codificador Decimal / BCD: Este circuito é o foco principal do projeto e deverá ser desenvolvido individualmente. pois os botões estão ligados em comum ao Vcc.senai.

f. d. O Decodificador BCD / 7 Segmentos: Diagrama da Ligação de um Mostrador Numérico de LEDs de 7 Segmentos: Muitos mostradores (displays) numéricos usam a configuração de sete segmentos: Segmentos a.Uma condição a ser adotada para definição da tabela verdade é a de que “Apenas uma (ou nenhuma) tecla estará pressionada de cada vez” Outra questão que poderá nos ajudar a obter uma ótima minimização de circuito é com referência aos aspectos construtivos dos CIs TTL disponíveis. Cada segmento é composto por um LED (light emitter diode . Tipicamente. a corrente deve ser limitada para que a junção não seja danificada.br .6 a 3. g. os LEDs grandes (de aproximadamente 5 mm de diâmetro. quando redondos) trabalham com correntes da ordem de 10 a 20 mA e os pequenos (com aproximadamente 3 mm de diâmetro) operam com a metade desse valor (de 5 a 10 mA). b.diodo emissor de luz). ou o fato que entradas de circuitos TTL em aberto correspondem a níveis lógicos 1.senai. Nos displays de cátodo comum. por exemplo. Os 8 LEDs contidos no display podem estar dispostos nas configurações de ânodo comum ou de cátodo comum. o cátodo comum deve ser SENAI Rua Jaguaré Mirim.Vila Leopoldina” 68 Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial ESCOLA SENAI “MARIANO FERRAZ" NAI CEP: 05311-020 . é um diodo (junção P-N) que quando energizado emite luz visível Em geral. A potência necessária está na faixa típica de 10 a 150 mW.3V (depende do material do cristal e da dopagem). como o próprio nome já diz. 71 . o uso de um resistor limitador em série com o LED é comum nos circuitos que o utilizam.000 ou mais horas. sendo compatíveis com os circuitos de estado sólido. e. O nome “display numérico” é por que o arranjo de 7 segmentos foi inicialmente desenvolvido para representar apenas os algarismos numéricos de 0 a 9. O LED não pode receber tensão diretamente entre seus terminais. Assim. os LEDS operam com nível de tensão de 1.SP Fone/Fax: (011)3641-0024 E-Mail: ahp106@sp. c. com um tempo de vida útil de 100.São Paulo . Podemos explorar as possibilidades de aproveitamento de recursos que o emprego de portas lógicas com características de saída em coletor aberto. para propiciar minimização de circuitos lógicos.

também via um resistor limitador de corrente. 10. Tal tensão deve ser aplicada através de um resistor para limitar a corrente. Podem também aparecer em diversas cores como vermelho. A figura a seguir ilustra o aspecto de um display de 7 segmentos: Pino Nº 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 FND 560 (ou similar de catodo comum) Vista Frontal Descrição e d GND c pd (ponto decimal) b a GND f g Catodo Comum Anodo Comum SENAI Rua Jaguaré Mirim. mas sim do dígito!). No mercado. Estes estão disponíveis de 1 até 4 displays.ligado ao GND e para que os LEDs acendam. 20 ou 25mm. 71 . estão disponíveis displays com tamanho de 7. laranja e verde.senai. que corresponde à altura do display propriamente dito (não do encapsulamento.São Paulo . A maneira mais simples de alimentar um display é utilizando um ‘display driver’. 14. Já nos displays de ânodo comum conecta-se o ânodo comum ao Vcc e acendem quando se aplica um nível lógico zero aos cátodos respectivos.Vila Leopoldina” 69 Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial ESCOLA SENAI “MARIANO FERRAZ" NAI CEP: 05311-020 .SP Fone/Fax: (011)3641-0024 E-Mail: ahp106@sp.br . O tamanho do display é medido em milímetros. é preciso aplicar uma tensão positiva aos respectivos ânodos (1 lógico ).

ou de cristal líquido. C e D. SENAI Rua Jaguaré Mirim. mostradores. e em muito datasheets são denominados A.SP Fone/Fax: (011)3641-0024 E-Mail: ahp106@sp.). em arquitetura de modo par-complementar (C-MOS) e com transistores bipolares NPN como drivers de saídas. um decodificador 8421BCD para sete segmentos. O circuito provê as funções de uma memória retentiva de 4-bits (latch).Vila Leopoldina” 70 Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial ESCOLA SENAI “MARIANO FERRAZ" NAI CEP: 05311-020 . faz acender todos os segmentos para teste do display. diretamente ou indiretamente. Tensão de Alimentação mínima 3v. etc. fluorescente. Corrente máxima por saída 15mA. A entrada LT (lamp test). As entradas A0 até A3 são entradas de dados BCD. driver de display de computadores / calculadoras. podendo servir também para controle de brilho por velocidade de chaveamento.br . Máxima velocidade de operação 5MHz. A entrada BL (blanking) por sua vez desliga todos os segmentos do display. e uma capacidade de driver para as saídas com boa capacidade de corrente. driver de display de instrumento de painel de veículos. memoriza ou “congela” o último valor enviado para o display. por descarga de gás.O CI C-MOS Decodificador BCD / 7 Segmentos CD 4511: O decodificador CD4511BC BCD para sete segmentos é construído com transistores MOS (metal-oxide-silicium) do tipo enriquecimento. • • • • • O CI CD 4511 é um CI de tecnologia C-MOS. Aplicações incluem driver de display de instrumentos (por exemplo. B. isso tudo em uma única estrutura monolítica. contador. quando ativada. 71 . Tensão de Alimentação máxima 15v.São Paulo . no exato instante em que é ativada.senai. etc. Pode ser usado em displays de sete segmentos de diodos emissores de luz (LED). cronômetro. em estágios de leitura incandescente. A entrada LE (latch enable). DVM. e usos em relógios.

São Paulo . 1). montaremos um estágio. 71 .Diagrama do Circuito do Decodificador BCD/7 Segmentos com Display de LEDs: Para mais detalhes ver o datasheet do CD 4511 na coletânea de datasheets que se encontram disponíveis aos alunos no laboratório de Eletroeletrônica II. o mesmo será imediatamente testado.SP Fone/Fax: (011)3641-0024 E-Mail: ahp106@sp. em cada etapa.Vila Leopoldina” SENAI 71 Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial ESCOLA SENAI “MARIANO FERRAZ" NAI CEP: 05311-020 . Montar primeiro o último estágio: Além de ser de menor complexidade. Montagem e Testes do Protótipo do Projeto: Vamos proceder de uma maneira sistemática para montar o protótipo do projeto em protoboard. Rua Jaguaré Mirim. § § § Montar por etapas: nosso sistema é composto de 4 estágios (ver figura na pag.senai. Testar cada etapa da montagem: tendo concluido a montagem de um estágio. o estágio do display (display mais resistores de limitação de corrente) podem ser montados e testados primeiro.br .

O que ocorreu? _________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________ SENAI Rua Jaguaré Mirim. com ligações ao GND e ao VCC.São Paulo . remova a ligação do pino 5 (Latch Enable) do CI C -MOS 4511 que está ligada ao 0V e. Teste do Codificador 10 linha/BCD: Verificação de Niveis Lógicos e tensões: Com os resultados obtidos na prática. lembrando que o CD4511 é um C-MOS tomar o cuidado para que.Vila Leopoldina” 72 Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial ESCOLA SENAI “MARIANO FERRAZ" NAI CEP: 05311-020 . 71 . devendo efetivamente estar definido o nível lógico 0 ou o nível lógico 1. respectivamente.SP Fone/Fax: (011)3641-0024 E-Mail: ahp106@sp.IMPORTANTE: Ao testar o estágio do decodificador BCD/7 Segmentos. mantendo a tecla ainda pressionada.senai. Todas as entradas devem estar ligadas. Por fim solte a tecla e observe o display. preencha os campos vazios da tabela: TECLA # 0 1 2 3 4 5 6 7 8 9 SAÍDAS BCD Níveis Lógicos D C B A A3 A2 A1 A0 D A3 Tensão (v) C B A2 A1 A A0 Teste do Decodificador BCD/7 Segmentos: Verificação da retenção de dados: Pressione uma tecla qualquer. nenhuma entrada deste CI fique em aberto. observe seu valor no display e mantendo-a pressionada.br . mude a ligação deste pino para 5V.

São Paulo . Explique com suas palavras: _________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________ Verificação do controle de brilho do mostrador: Mude a ligação do pino 4 do CI 4511 para o desenho a seguir: Ligue o terra da protoboard ao terra do Treinador de Lógica. O que você você vê no display? __________________________________________ Agora pressione algumas teclas.senai. 71 .SP Fone/Fax: (011)3641-0024 E-Mail: ahp106@sp. Agora volte a ligação do pino 5 do CI 4511 para 0V (mas não precione nenhuma tecla).br .Tente pressionar outras teclas. Que tipo de sinal fornece o módulo CL-11 nestya saída? __________________________________ __________________________________ Compare a intensidade luminosa do display com essa ligação e com a ligação anterior (pino 4 ligado em nível 1). Explique com suas palavras: _________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________ SENAI Rua Jaguaré Mirim. Ligue a saída de 100 Hz do Módulo CL-11 do Treinador de Lógica ao ponto de entrada denominado controle.Vila Leopoldina” 73 Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial ESCOLA SENAI “MARIANO FERRAZ" NAI CEP: 05311-020 .

SENAI Rua Jaguaré Mirim.Vila Leopoldina” 74 Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial ESCOLA SENAI “MARIANO FERRAZ" NAI CEP: 05311-020 . 71 .senai.SP Fone/Fax: (011)3641-0024 E-Mail: ahp106@sp._________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________ André Luis Lenz março/2004.br .São Paulo .

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful