You are on page 1of 4

PCMAT Modelo Simplificado

PROGRAMA DE CONDIÇÕES E MEIO AMBIENTE DE TRABALHO NA INDÚSTRIA DA
CONSTRUÇÃO CIVIL

CONJUNTO RESIDENCIAL:

MARÇO/ 03 RESPONSÁVEIS PELA ELABORAÇÀO DO PCMAT: CREA RESPONSÁVEL PELA
OBRA: CREA

OBS.: O procedimento realizado no primeiro bloco é o mesmo a
ser realizado nos blocos restantes.
1

1 - IDENTIFICAÇÃO 1.1 – D.M.O. ENGª E EMPREENDIMENTOS COMERCIAIS E IMOBILIÁRIOS
LTDA. Av.: XXXXXXXX, nº 1X, cjto 4X, 0º Andar - Jardim xxxxxxo - São Paulo CEP: 01 xxx - 001 C.G.C.:
x Responsável Técnico: Engenheiro XXXXXXXXXXXXXXXX XXXXXXXXXXXXXXXXXX fone: (011)
xxxxx / x – fone/fax: (xxxxxxxxx

2 - DESCRIÇÃO DA OBRA A empresa acima citada tem por finalidade construir prédios em condomínio
fechado denominado Conjunto Residencial xxxxx, sito à Av. xxxxxxxx nº3.xxx - Bairro do xxxxx – Jundiaí –
SP. A obra consiste na construção de 26 (vinte e seis) prédios residenciais de quatro pavimentos e 32 (trinta e
dois) apartamentos cada, envolvendo todo o processo de infraestrutura e urbanização para o conjunto
residencial, totalizando uma área de 128.272,96 metros quadrados destinados à área já construída e para a
realização de todo o processo restante da obra. As etapas da obra realizadas e previstas consistem em:
Terraplanagem; Execução de Rede de Água e Esgoto; Canteiro de Obras; Gabaritos; Perfuração de Estacas;
Concretagem das Estacas; Viga Baldrame; Embasamento e Impermeabilização; Alvenaria Estrutural; Forma de
Laje e Rampa (madeira); Armação de Laje e Rampa (aço);

Concretagem de Laje e Rampa; Nivelamento e Acabamento de Laje; Distribuição Hidráulica; Distribuição
Elétrica; Emboço para Azulejo; Esquadria Metálica; Guarda Corpo; Azulejo; Piso Cerâmico; Revestimento de
Gesso; Cobertura do Telhado; Revestimento de Fachada; Enfiação; Colocação das Portas; Bancada de
Mármore; Pintura Interior; Pintura Externa; Louças e Metais; Colocação de Vidros; Limpeza Geral; Para Raios;
Plantio de Grama Batatais; Pavimentação; Rede Elétrica.

3 - LOCALIZAÇÃO E CROQUIS

4 - CRONOGRAMA PREVISTO DAS ETAPAS DA OBRA Conforme anexo 1 ( adicionar conforme
estabelecido pela engenharia e incorporação)

5 - ÁREAS DE VIVÊNCIA

(?)

O número de operários que trabalham para a construtora (item 1) é em torno de 94 pessoas, sendo que, 2 destes
ficam alojados no canteiro de obras. ( alojamentos, sanitários, lazer, conveniências sociais e etc...)

RECOMENDAÇÕES PARA AS ÁREAS DE VIVÊNCIA

5.1 - Instalações Sanitárias: Recomendamos que para manter em condições de higiene e a limpeza das
instalações sanitárias, seja necessário lavar os vasos, mictórios e lavatórios duas vezes por dia.

5.2 - Vestiário: Instalar junto as paredes do vestiário bancos de madeira para atender os usuários, e manter a
porta fechada com chave só abrindo antes do início e término da jornada de trabalho.

Os andaimes devem ser. deve ser feito o asseio corporal com água em abundância e posterior troca de roupa.A operação com máquinas e equipamentos que exponham o operador ou terceiros a risco só pode ser feito por trabalhador qualificado e treinado. 2 .Devem ser tomadas precauções especiais. . danificadas ou improvisadas. movimentação e execução de trabalhos. os andaimes de madeira devem ser confeccionados somente por carpinteiros.Toda máquina e equipamento deve estar localizada em ambiente com iluminação natural e/ou artificial adequada à atividade. 1 . a área deve ser isolada.Nas operações de manuseio e dobramento de vergalhões da aço é obrigatório o uso de luvas de raspa de couro e óculos de segurança.O dimensionamento dos andaimes.A dobragem e o corte de vergalhões de aço em obras devem ser feitas sobre bancadas ou plataformas apropriadas e estáveis. transmissões e partes perigosas. 1 . serra circular. 4 . 2 . desmontagem. proibindo-se o emprego das defeituosas.PROCEDIMENTOS DE SEGURANÇA 6.1 . 6.É necessário precaver-se quanto a queda de materiais.ESTABELECER MEDIDAS DE SEGURANÇA NOS SERVIÇOS COM FERRAMENTAS.4 .3 . 3 . 2 . 1 . 1 . diariamente.ESTABELECER MEDIDAS DE SEGURANÇA NOS SERVIÇOS COM ANDAIMES. 3 . durante o levantamento de paredes. sua estrutura de sustentação e fixação. em andaimes próximos às redes elétricas. sendo proibido seu porte em bolsos ou locais inapropriados. quando da montagem.As ferramentas devem ser portadas em caixas. 4 .Junto a bancada da máquina ou equipamento devem ser mantidos os equipamentos de proteção individual indispensáveis a sua operação.Não é permitida a improvisação de andaimes (caixotes de madeira) para a execução de arremates de paredes de alvenaria. 2 .ESTABELECER MEDIDAS DE SEGURANÇA NOS SERVIÇOS COM MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS. 6. como: policorte. 1 .Durante a descarga de vergalhões de aço. devido o contato com cimento. 6.Após o término da jornada de trabalho.2 . inspecionados quanto às exigências de segurança pertinentes.As ferramentas elétricas devem estar devidamente aterradas.ESTABELECER MEDIDAS DE SEGURANÇA NOS SERVIÇOS DE ARMAÇÃO DE AÇO. 6.As ferramentas devem ser apropriadas ao uso a que se destinam. solda e demais máquinas e equipamentos que exponham o operador a riscos de acidentes. bolsas ou cintos apropriados.ESTABELECER MEDIDAS DE SEGURANÇA NOS SERVIÇOS DE ALVENARIA E FECHAMENTOS.6 .5 . 3 . deve ser realizado por profissional legalmente habilitado. sacolas.Devem ser protegidas todas as partes móveis dos motores. 3 . ou da execução de acabamentos. 2 .

situação de resistência do telhado.P.Após ser organizada a C.I. . no mínimo. COMISSÃO INTERNA DE PREVENÇÃO DE ACIDENTES.Somente podem ser realizados serviços nas instalações quando o circuito elétrico não estiver energizado.A. visando reduzir o máximo caminhadas sobre o telhado. em caráter extraordinário se ocorrer algum acidente grave. 2 .ESTABELECER MEDIDAS DE SEGURANÇA NOS SERVIÇOS EM TELHADOS. 6. - local de sinalização da área para içamento de e descida de materiais.Em todos os ramais destinados à ligação de equipamentos elétricos devem ser instalados disjuntores ou chaves magnéticas independente que possam ser acionados com facilidade e segurança.P. ser sobrepostas em 0. rachaduras ou defeitos que diminuam sua resistência.7 .. planas. defeitos que comprometam a sua resistência.É proibido a existência de partes vivas expostas dos circuitos e equipamentos elétricos. deve ser escolhido de modo a não comprometer a estabilidade e segurança do andaime. 6. 5 . 4 . 4 .Os cabos guias devem ter suas extremidades fixadas à estrutura definitiva da edificação por meio de suporte de aço inoxidável ou outro material de resistência e durabilidade equivalente. . . 2 . 6.dispositivos que permitam a movimentação segura dos trabalhadores. 7 . 2 .A.ESTABELECER MEDIDAS DE SEGURANÇA NOS SERVIÇOS DE INSTALAÇÕES ELÉTRICAS.Na confecção de andaime é proibido o uso de madeira que não seja de boa qualidade e que apresente emendas. curso de cipeiro com carga mínima de 18 horas. 6 .20 cm. verificando-se prioritariamente os seguintes itens: .É proibido o deslocamento de andaimes com trabalhadores sobre o mesmo devido o risco de tombamento. 3 .Todas as instalações elétricas nos canteiros devem ser executadas e montadas por pessoal habilitado e treinado. 4 . para todos os membros da C. até dez dias após a eleição. 3 . isentas de nós.I.Deve ser realizado.I.As tábuas utilizadas para locomoção sobre telhados.I. deve ser registrada na Delegacia Regional do Trabalho.Só pode ser ligadas máquinas ou equipamentos elétricos por intermédio de conjunto plugue e tomada. . 6.A. iluminação de emergência.trajeto. só poderão ser feitos com cabo de dupla isolação e sem emendas.A C.O ponto de instalação de qualquer aparelho de içar materiais.As extensões de máquinas e equipamentos portáteis.É proibido a instalação de chaves ou disjuntores em banheiros. deverá se reunir semanalmente e.local para fixação dos suportes e moitões (trava-quedas). 1.Todo o serviço em telhado deve ser planejado com antecedência.6 .P.8 . devem ser de boa qualidade.ESTABELECER A SISTEMÁTICA PARA ORGANIZAÇÃO DA C. bem como concentrar cargas num mesmo local. devendo a sobreposição coincidir com as terças. . 1 .instalações de cabo guia de aço para fixação do cinto de segurança.A. 5 .Não será permitido trabalho em andaime com estabilidade e/ou rigidez comprometidas que coloquem em risco a segurança dos operários. rachaduras ou.É proibido o trabalho em telhado com chuva ou vento. 3 . 1 . e em um prazo máximo de trinta dias após a eleição.P. 7 .

Implantar a todos os trabalhadores. luvas. ATIVIDADES RISCOS DE ACIDENTES E MEDIDAS PREVENTIVAS DOENÇAS TRABALHO EPI’s e EPC’s Transporte de blocos na corte.9 . sapatão. umidade poeira Capacete. poeira e Capacete. inclusive de empreiteiras. Serviços em estruturas / corte. cinto telhados lombalgia de segurança ENGENHEIRO/ TÉCNICO CREA Nº XXXXXXXX . conforme determina a NR-1 da Portaria 3214/78. 4- 7 . dos riscos de acidentes e doenças profissionais inerentes as suas atividades. sobre segurança do trabalho. protetor surdez auricular e máscara Operação com policorte contusão.Implantar reuniões “relâmpagos”. contusão. as fichas de Ordens de Serviço. avental.Treinar e conscientizar todos os trabalhadores. contusão. ruído. 3 . luvas e botas Operação com serra circular corte. 6. umidade Capacete.RISCOS DE ACIDENTES E DE DOENÇAS DO TRABALHO. lombalgia Segurança. contusão. óculos de e queimadura química lombalgia Segurança. óculos. corte. inclusive de empreiteiras. óculos. protetor auricular e máscara. que serão realizadas diariamente dez minutos antes do início dos trabalhos. ruído e surdez Capacete. óculos de e construção de paredes poeira. bota de borracha Acabamento corte.ESTABELECER MEDIDAS DE SEGURANÇA COM IMPLANTAÇÃO DE ORDENS DE SERVIÇO 1 . contusão. queda e Capacete. 2 . luvas de raspa.