Direito Coletivo do Trabalho

Aula 1 ‐ Direito Coletivo do Trabalho
UMA BREVE INTRODUÇÃO AO DIREITO COLETIVO DO TRABALHO  CONCEITO DE DIREITO COLETIVO DO TRABALHO: O Direito do Trabalho engloba dois segmentos, um individual e outro coletivo, cada um deles composto de regras, institutos e princípios próprios. O Direito Individual do Trabalho constrói‐se a partir da constatação fática de diferenciação social, econômica e política entre os dois sujeitos do pacto de emprego, o empregado e o empregador.

Curso online disponível em www.unieducar.org.br

Aula 1 ‐ Direito Coletivo do Trabalho
UMA BREVE INTRODUÇÃO AO DIREITO COLETIVO DO TRABALHO  A flagrante hipossuficiência do empregado é que fez despontar o Direito Individual do Trabalho, largamente protetivo, caracterizado por princípios e regras que buscam aproximar, juridicamente, a relação desigual mantida entre o obreiro e o empregador. Já o Direito Coletivo do Trabalho é construído a partir de uma relação jurídica entre pessoas teoricamente equivalentes, de um lado, envolvendo os empregadores diretamente ou por meio dos respectivos sindicatos patronais e, de outro, os empregados, representados pelos sindicatos da categoria profissional (sindicato dos trabalhadores). Curso online disponível em www.unieducar.org.br

Aula 1 ‐ Direito Coletivo do Trabalho
UMA BREVE INTRODUÇÃO AO DIREITO COLETIVO DO TRABALHO  Impende destacar que o Direito Coletivo atua intensamente sobre o Direito Individual do Trabalho, pois por intermédio dele se produzem várias regras jurídicas, em especial, o acordo coletivo, a convenção coletiva de trabalho (estes dois frutos da autocomposição), e a sentença normativa (heterocomposição). Portanto, o Direito Coletivo do Trabalho tem como objeto de estudo as organizações sindicais, as negociações coletivas, os instrumentos normativos correlatos, em especial a Convenção Coletiva, o Acordo Coletivo de Trabalho, a sentença normativa (prolatada nos autos de um Dissídio Coletivo) e a arbitragem, além do estudo do fenômeno da greve e do lockout e suas repercussões nos vínculos de emprego. Curso online disponível em www.unieducar.org.br

Aula 1 ‐ Direito Coletivo do Trabalho
SUJEITOS DAS RELAÇÕES COLETIVAS DE TRABALHO As relações individuais de trabalho têm como sujeitos apenas o empregado e o  empregador, ninguém mais. A relação é individual, cada empregado com o seu  empregador, obedecidas as normas legais. A existência da presença dos sindicatos  nas homologações das rescisões não os transforma em sujeitos ativos. Nesta  situação, agem apenas como fiscais, por determinação legal.

Curso online disponível em www.unieducar.org.br

Aula 1 ‐ Direito Coletivo do Trabalho
SUJEITOS DAS RELAÇÕES COLETIVAS DE TRABALHO Encontrando‐se o empregado movido por interesses comuns a outros empregados, numa dada relação de emprego, ocorre a motivação para agir de forma coletiva. De modo semelhante, os empregadores, coletivamente, agem em busca de seus interesses. Mudam, portanto, os sujeitos quando as relações de trabalho passam do âmbito individual para o da coletividade com interesses comuns. Sujeitos das relações coletivas, portanto, são os empregados, de um lado, e os empregadores, de outro, reunidos em seu grupo respectivo. A seguir, falaremos dos sujeitos coletivos admitidos no nosso ordenamento jurídico.

Curso online disponível em www.unieducar.org.br

Aula 1 ‐ Direito Coletivo do Trabalho
SUJEITOS COLETIVOS DE TRABALHADORES Os sujeitos coletivos de trabalhadores admitidos em nosso ordenamento são: Sindicatos dos trabalhadores; Federação de sindicatos; Confederações; Delgados sindicais; Comissões de representantes de trabalhadores nas empresas, se por acaso  existirem; Representantes eleitos pelos trabalhadores no âmbito interno do empregador. Estão excluídos dessa qualificação os grupos não formalizados que, de modo  independente, representam trabalhadores numa greve e em negociações  coletivas eventuais, quando não são conduzidas por inércia das organizações  sindicais legítimas. A via legal exige legitimidade e representatividade, como se  verá mais adiante. Curso online disponível em www.unieducar.org.br

Aula 1 ‐ Direito Coletivo do Trabalho
SUJEITOS COLETIVOS DE EMPREGADORES Os sujeitos coletivos de empregadores admitidos são: Empresas, sem intermediação sindical patronal; Sindicato dos empregadores; Federações de sindicatos patronais; Confederações.

Curso online disponível em www.unieducar.org.br

Aula 1 ‐ Direito Coletivo do Trabalho
ORGANIZAÇÃO SINDICAL NO BRASIL  INTRODUÇÃO Os sindicatos, especialmente os  sindicatos de empregados,  representam um papel central no  Direito Coletivo do Trabalho. Uma vez que o Direito do Trabalho  constitui um ramo do Direito Privado,  é notoriamente desejável que os  empregados logrem obter condições  satisfatórias de trabalho e  remuneração condigna com a menor  intervenção estatal possível. 

Curso online disponível em www.unieducar.org.br

Aula 1 ‐ Direito Coletivo do Trabalho
ORGANIZAÇÃO SINDICAL NO BRASIL  INTRODUÇÃO Sindicato é a associação de pessoas físicas ou jurídicas que exercem atividade profissional econômica, para a defesa dos direitos e interesses coletivos ou individuais da categoria, inclusive em questões judiciais e administrativas. Assim, sindicato é pessoa jurídica de direito privado, em face de garantia de ausência de interferência estatal nas suas atividades e na administração. A Constituição Federal, nos arts. 8º a 11, estabelece os princípios que fundamentam a criação, a organização e as atividades dos sindicatos. A CLT trata, nos arts. 511 a 625, da organização sindical e das convenções coletivas de trabalho. Curso online disponível em www.unieducar.org.br

Aula 1 ‐ Direito Coletivo do Trabalho
ORGANIZAÇÃO SINDICAL NO BRASIL  PRINCÍPIOS DO DIREITO COLETIVO DO  TRABALHO O art. 8º da CF disciplina alguns princípios aplicáveis ao Direito Coletivo do Trabalho, que podem ser assim enumerados: a) Princípio da auto‐organização limitada pela unicidade sindical: é livre a fundação de sindicatos, independentemente de prévia autorização do Estado, ressalvado o registro no órgão competente, não sendo possível, no entanto, a criação de mais de um sindicato da mesma categoria profissional ou econômica, na mesma base territorial, sendo esta, no mínimo, equivalente à área de um município. Curso online disponível em www.unieducar.org.br

Aula 1 ‐ Direito Coletivo do Trabalho
ORGANIZAÇÃO SINDICAL NO BRASIL  PRINCÍPIOS DO DIREITO COLETIVO DO TRABALHO b) Princípio confederativo: significa que as formas de entidades sindicais são previstas em lei, dispondo‐se verticalmente, em uma estrutura piramidal em três níveis: sindicatos, federações e confederações. Cabe ainda ressaltar que, embora não reguladas, existem no Brasil e são indiretamente admitidas pela lei, as centrais sindicais. As centrais sindicais não são entes sindicais, não possuem o status de sindicato, não fazem parte da estrutura sindical brasileira, conforme veremos mais adiante.

Curso online disponível em www.unieducar.org.br

Aula 1 ‐ Direito Coletivo do Trabalho
ORGANIZAÇÃO SINDICAL NO BRASIL  PRINCÍPIOS DO DIREITO COLETIVO DO TRABALHO c) Princípio da representatividade direcionada: significa que a lei indica os grupos ou interesses representados e que dois: as categorias profissionais ou econômicas e as categorias diferenciadas. Não são previstos sindicatos por empresa, muito comuns em outros países. d) Princípio da liberdade sindical individual relativa: é livre a inscrição de alguém em um sindicato, mas só é possível no sindicato único da sua categoria profissional.

Curso online disponível em www.unieducar.org.br

Aula 1 ‐ Direito Coletivo do Trabalho
ORGANIZAÇÃO SINDICAL NO BRASIL  PRINCÍPIOS DO DIREITO COLETIVO DO TRABALHO e) Combinação estatal e não‐estatal das fontes de receitas para a manutenção dos sindicatos: significa que as receitas para manutenção dos sindicatos são provenientes de uma combinação sindical tributária oficial, prevista em lei, e de outras contribuições fixadas pelas assembleias sindicais ou negociadas em convenções coletivas de trabalho. f) Princípio da negociação coletiva: como forma de composição dos conflitos, sem exclusão de outras, e de ajuste de condições de trabalho que normativamente se refletirão sobre toda a categoria, atingindo filiados e não filiados do sindicato.

Curso online disponível em www.unieducar.org.br

Aula 1 ‐ Direito Coletivo do Trabalho
ORGANIZAÇÃO SINDICAL NO BRASIL  PRINCÍPIOS DO DIREITO COLETIVO DO TRABALHO g) Direito de greve: como exercício de uma atuação legítima das forças sindicais, cabendo aos trabalhadores decidir sobre a oportunidade de exercê‐lo e sobre os interesses que devem por meio dele defender. h) Representação dos trabalhadores: ocorre nas empresas com mais de 200 empregados, objetivando promover o entendimento direto entre eles e os empregadores. i) Garantias especiais conferidas aos dirigentes sindicais: destinadas a evitar conduta anti‐sindical da empresa, como a estabilidade especial, a inamovibilidade e o direito de exercício das funções na empresa, estas últimas recepcionadas por meio do art. 543, da CLT.

Curso online disponível em www.unieducar.org.br

Aula 1 ‐ Direito Coletivo do Trabalho
Você pode obter certificação neste  curso. Acesse  www.unieducar.org.br e inscreva‐se. You can get certification in this course. Go to  www.unieducar.org.br and sign up. Usted puede obtener la certificación en este curso. Visite el sitio www.unieducar.org.br y registrase.
Curso online disponível em www.unieducar.org.br

Aula 1 ‐ Direito Coletivo do Trabalho
Esse é o final de nossa Demonstração. Espero que tenha gostado do que viu até agora. Neste curso você aprenderá ainda mais sobre: ‐ Contribuições sindicais, confederativas,  assistenciais e mensalidades sindicais; ‐ Greve: conceito, atos preparatórios, garantias dos  grevistas, lockout, greve em serviços essenciais,  dispensa e contratação; ‐ Convenção e acordo coletivo de trabalho; ‐ Solução dos conflitos coletivos por autotutela ou  autodefesa, por autocomposição e por  heterocomposição; ‐ Arbitragem no Direito do Trabalho;  ‐ Dissídios coletivos.  Inscreva‐se e garanta sua certificação! Esperamos por você! atendimento@unieducar.org.br www.unieducar.org.br Curso online disponível em www.unieducar.org.br

Aula 1 ‐ Direito Coletivo do Trabalho
Atenção!
A primeira fase foi superada. Parabéns! Avance agora para a próxima etapa. Acabamos de apresentar um resumo do conteúdo abordado no presente curso. Para visualizar o conteúdo complementar do curso você deverá acessar a “Biblioteca” e a “Videoteca” na área do curso para aprofundar seus estudos e pesquisas sobre o assunto. ATENÇÃO! Verifique se a prova on‐line já está liberada!

Curso online disponível em www.unieducar.org.br

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful