Daqui aproximadamente um mês você estará escolhendo o candidato que cuidará da sua vida pelos próximos 4 anos, como

também os vereadores que votarão leis para melhorar ou piorar a sua vida no dia-a-dia, não dá pra dar mole. Escolher o melhor candidato é praticamente questão de honra, ou você tá disposto a agüentar mais 4 anos de trânsito ruim, poluição, buracos nas calçadas ou qualquer outro problema que te afete diretamente? Mas por outro lado você pode votar nulo como uma forma de protesto contra o sistema. Aqui você vê as melhores fontes de informação na internet sobre o assunto. Como escolher um candidato Você prefere que sua cidade invista nas empresas e no desenvolvimento econômico ou no transporte público? Os candidatos estão fazendo promessas infinitas nestas épocas de eleição, é uma festa; Inaugurações aqui, festas pra levantar doações acolá, mas planos que é bom, nada. Primeiramente procure saber qual partido se encaixa melhor nas suas ideologias. A super Interessante do mês de Agosto na última página tem um infográfico que torna a escolha muito simples. IIMAGEM DO INFOGRAFICO AQUI Depois de escolher o seu partido, veja qual o candidato a prefeito que está concorrendo pelo partido e os candidatos a vereadores. É bem provável que eles já defendam seus ideais “automaticamente” (daí que é bom escolher muito bem um partido político). Por exemplo o PT tem uma fama de partido mais agressivo nas suas idéias, enquanto o PMDB já prefere o diálogo e medidas menos drásticas. Sites de partidos (descubra com qual você se identifica mais): • PT • PMDB • PSOL • PC do B • PPS • PV • PSDB • DEM • PR Caso o partido de algum candidato não seja um dos anteriores, tente descobrir se eles são afiliados ou apóiam um destes. Eu não apóio esta idéia de escolher partido se você não é muito engajado na política, porque são muitos partidos (9 citados aqui e mais centenas, senão milhares), nos EUA por exemplo só existem democratas e republicanos e em outros países a regra é quase a mesma: esquerda e direita. Então veja quais são os candidatos de sua cidade sem levar em conta o partido caso achar muito complicado. Você pode consultar quais candidatos estão concorrendo para vagas de prefeitos e vereadores no site do Tribunal Superior Eleitoral aqui. Lá você encontra informações sobre • Aptidão de um candidato para concorrer ao cargo. • Nome na urna e nome completo (você vai precisar dele pra conferir se ele está respondendo algo judicialmente). • Partido e coligação (que são partidos que apóiam). • Número. • Data de nascimento.

Escolaridade. • Estado Civíl. • Nacionalidade e Naturalidade. • Atual profissão. • Declarações de bens do candidato (casas, carros, ações, poupanças, etc. e quanto cada um custa). • Depois que as eleições acabarem, os doadores de campanha terão seus nomes divulgados no site (como empresas que doaram muito dinheiro). Vale lembrar que a vaga é do partido e não do candidato para vereadores, caso ele renunciar, quem vai colocar alguém no lugar é o partido (pro caso de vereadores) e no caso do prefeito quem vai assumir é o vice (e o novo vice vai ser escolhido pelo partido). Depois de escolher o partido ou candidato, pesquise o passado dos seus candidatos: Quais cargos ele já ocupou, que leis ele votou, que promessas ele tem para a próxima eleição (os sites dos partidos tem informações a respeito e alguns candidatos também tem seus próprios sites), procure mais informações sobre os projetos dos candidatos também porque só prometer todo mundo consegue. Candidato sério não diz que vai melhorar o transito, apresenta detalhamento sobre recursos que vai investir no transito e como vai melhorá-lo. Saiba o que Um Candidato Pode Fazer De pouco adianta um prefeito prometer que vai acabar com algum problema se ele não pode acabar com ele. Os poderes são bem separados no Brasil. Principais funções de um prefeito: • Fiscaliza o trabalho dos vereadores. • Sanciona ou revoga leis que a câmara de vereadores criou. Sejam elas inconstitucionais ou sem interesse público. • Zela pelo bem estar da cidade que administra (por exemplo, decretar estado de calamidade pública pra utilizar verbas especiais no caso de uma enchente). • Usar seu lobby para conseguir verba estadual ou que empresas se instalem no município. Principais funções de um vereador: • “Sugerir” uma lei para que a casa (câmara dos vereadores) vote. • Fiscalizar as contas municipais. • Liberar verba municipal (dinheiro de imposto vai pra educação? Eles quem decidem e o prefeito que aprova). • Dar nomes a ruas avenidas (ok, não é tão importante assim). O prefeito não pode chegar prometendo que vai investir em educação ou no setor industrial porque sozinho ele não pode, depende de seus aliados partidários. Ele chama um vereador e conta a proposta, o vereador sugere pra casa e assim que a roda gira. Parece “fútil”, mas o prefeito tem muita influência diante de seus companheiros administrativos. Investigando o Passado Negro do Seu Candidato A Associação de magistrados brasileiros (AMB) sugeriu faz um mês aproximadamente que todos os candidatos que respondessem por improbidade administrativa (quando um prefeito/vereador abusa do poder ou comete algum crime enquanto está no poder) ou eleitoral como também crimes penais fossem considerados inelegíveis. O supremo Tribunal Federal decidiu que nenhum candidado deve ser julgado inelegível sem antes ter passado por todos os processos e apelações possíveis julgadas. Então se você mora numa capital, a AMB já juntou todos os processos dos candidatos que estão respondendo judicialmente, você pode acessar clicando aqui (só para capitais!) Caso você não esteja em uma capital a consulta é um pouco mais complicada, você precisa ir até o

site do poder judiciário do seu estado, procurar pela sua comarca (que é sua cidade em lingüagem jurídica) e lá fazer uma busca por processos referentes ao nome completo do candidato. Para ir ao site do poder judiciário vá em www.tj.XX.gov.br e substitua XX pela sigla do seu estado (fica www.tj.sc.gov.br pra Santa Catarina, por exemplo), lá procure pela consulta processual, consulta de processos ou algo parecido (cada site tem um layout diferente, então não tem como enviar links nem instruções detalhadas) e depois faça a consulta por nome usando o nome completo do candidato como explicado acima. Anarquista? Votar Nulo ou em Branco? Se você realmente não achou nenhum candidato bom para o seu gosto, não quer votar em ato de protesto ou simplesmente é blasé, então a melhor opção pra você é votar em branco ou nulo. No caso do voto nulo, você joga seu voto fora, não vai mais valer pra nada. É a melhor forma de protesto contra o sistema. "Poucos vão se impressionar, tal o nível de desapreço à opinião do eleitor, que se mede pelo cinismo com que políticos trataram os recentes episódios de corrupção", diz Claudio Weber Abramo, diretor-executivo da organização Transparência Brasil, entidade que reúne organizações não-governamentais de combate à corrupção. "O voto de protesto chegou a fazer sentido na ditadura. Hoje, não." (via) Um voto nulo é acarretado quando você digita um número errado na urna (tipo 00), estima-se que aproximadamente 2/3 destes votos são decorrentes de erro e desinformação. Um voto em branco diz: “To nem aí, pode eleger qualquer um”. Daí o candidato que tiver mais votos no último turno que fica com os votos. Quer dizer que você vota no candidato que a maioria votar (nota que não vale o mesmo para eleições presidenciais). Lembre-se que um voto faz toda a diferença sim (perdão pelo clichê a la propaganda eleitoral). E não esqueça, que se você, com acesso a internet e informação votar nulo ou deixar seu voto de lado, uma pessoa com menos informação vai votar em um candidato que ela “gostou da cara” ou porque fez promessas nulas, faça seu voto valer seja nulo ou não. (obrigado especial pra Têmis)

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful