You are on page 1of 12

LAUDO PERICIAL CONTÁBIL

Peritas Contadoras Oficiais:


Vanessa de Fátima Silva CRC/MG XXX.XXX/0-0
Maria Ivone Santos Silva CRC/MG YYY.YYY/0-0

Ação: Trabalhista
Processo: 2010-158-03
Vara: do Trabalho de Ponte Nova
Reclamante: Roberto
Reclamada: Associação

Assistentes Técnicos:
Reclamante: Mario Souza
Reclamada: Wagner Santos

VIÇOSA – MG
Abril de 2011
I-CONSIDERAÇÕES PRELIMINARES
O presente trabalho tem como objetivo Apuração da remuneração paga ao
reclamado no período de 02/08/2004 a 16/03/2009; Apuração das diferenças salariais
pagas ao reclamado com relação ao piso salarial no período de 02/08/2004 a
16/03/2009; Apuração dos reflexos da diferença salarial natalina apuradas no período de
02/08/2004 a 16/03/2009; Apuração dos reflexos da diferença salarial sobre 1/3 das
férias proporcionais apuradas no período de 02/08/2004 a 16/03/2009; Apuração dos
reflexos da diferença salarial no FGTS mais 40% no período de 02/08/2004 a
16/03/2009; Apuração do aviso prévio indenizado no período de 02/08/2004 a
16/03/2009; Apuração dos valores devidos ao reclamado atualizado
Constituindo-se do conjunto de procedimentos técnicos necessários destinados a
levar à instância decisória elementos de prova necessários à solução do litígio, na forma
de Laudo Pericial, em conformidade com as normas aplicáveis e a legislação específica
pertinente.
Na realização do trabalho, o planejamento envolveu o estudo prévio do processo,
tomada de ciência do conteúdo, permitindo e facilitando o exame dos documentos
necessários.
O autor alegou que no período de admissão até a demissão exerceu a função de
viveirista e a reclamada não pagava corretamente o piso salarial da categoria. Das CCTs
de 2004, 2005, 2006, 2007 e 2008 o descumprimento se deu também em relação às
natalinas e às férias e demais verbas trabalhistas.
A reclamada, alegou que observou o piso salarial e concedeu os reajustes
convencionais, sendo indevidas quaisquer diferenças salariais.

2
II-DESENVOLVIMENTO DA PERICIA
Em analise aos autos verificou-se as folhas 28 a 75 dos autos o piso salarial da
categoria, juntamente com os documentos que comprovam o valor recebido pelo
reclamante no período de maio de 2005 a fevereiro de 2009. Com o intuito de facilitar a
visualização dos cálculos elaborou-se uma planilha apresentada no anexo um da
presente lide, que trata-se de uma simples disposição dos valores correspondentes ao
piso salarial da categoria e o valor recebido pelo reclamante de maio de 2005 a fevereiro
de 2009.
Este Laudo Pericial será parte integrante e probante nos autos de ação ordinária
número 2010-158-03, em trâmite na Vara do trabalho de Ponte Nova-MG.

3
II - CONCLUSÃO:
Dado o estudo do processo, este Perito conclui que houve equívoco por parte do
reclamante e também por parte da reclamada, pois através dos cálculos devidamente
atualizado com base na tabela única para atualização de débitos trabalhistas a reclamada
tem um saldo a pagar junto ao reclamante no valor de R$719,87.
Por este motivo, considera-se a delimitação indicada como “OBJETO DA PERÍCIA” e
passa a concluir que o valor apurado de acordo com o que foi determinado pelo
Meritíssimo juízo é de R$ 719,87 (setecentos e dezenove reais e oitenta e sete
centavos ). O processo de apuração do referido valor encontra-se detalhadamente
apresentado nos anexos constantes deste laudo pericial.
Nos termos da Resolução 1.243/09 do Conselho Federal de Contabilidade e da
NBC TP 01, item 46, apresenta-se a conclusão do presente trabalho, ressalvando que
estão sendo consideradas as limitações desse profissional contábil quanto a não
interpretar a legislação ou qualquer norma firmada entre as partes.

4
III - ENCERRAMENTO:
Tendo encerrado os trabalhos periciais, lavro o presente Laudo Pericial
que contém 3 páginas, numeradas seqüencialmente, impressas e rubricadas no
anverso, com 5 (cinco) anexos abaixo relacionados, também devidamente
rubricados em todas as páginas.
São anexos deste Laudo:
Anexo I: Apuração da diferença salarial de dezembro de 2005 a março
de 2009.
Anexo II- Apuração dos reflexos nas ferias.
Anexo III- Apuração da diferença no 13° salario.
Anexo IV- Apuração da diferença nas verbas rescisórias.
Anexo V- Resumo dos proventos.

Firmo o presente,

Viçosa, 30 de Abril de 2011

VANESSA DE FÁTIMA SILVA MARIA IVONE S. SILVA


Perita Contadora Oficial Perita Contadora Oficial
CRCMG: XXX.XXX/0-0 CRCMG: YYY.YYY/0-0

5
Anexo I - Diferenças Salariais

Índice de Valor
Diferença Atualizaç Atualiza
Mês Ano s Salariais ão do FGTS 40% INSS
cx8%=
a b axb= c d dx40% cx%
Dezemb R$ 1,0681262 R$ R$ R$ R$
ro 2005 5,00 51 5,34 0,43 0,17 0,41
R$ 1,0656475 R$ R$ R$ R$
Janeiro 2006 5,00 55 5,33 0,43 0,17 0,41
Fevereir R$ 1,0648755 R$ R$ R$ R$
o 2006 5,00 20 5,32 0,43 0,17 0,41
R$ 1,0626726 R$ R$ R$ R$
Março 2006 5,00 00 5,31 0,43 0,17 0,41
Dezemb R$ 1,0467953 R$ R$ R$ R$
ro 2007 7,00 58 7,33 0,59 0,23 0,56
R$ 1,0445089 R$ R$ R$ R$
Janeiro 2007 7,00 28 7,31 0,58 0,23 0,56
Fevereir R$ 1,0437563 R$ R$ R$ R$
o 2007 7,00 80 7,31 0,58 0,23 0,56
R$ 1,0418019 R$ R$ R$ R$
Março 2007 7,00 59 7,29 0,58 0,23 0,56
R$ 1,0404784 R$ R$ R$ R$
Abril 2007 17,00 70 17,69 1,42 0,57 1,35
R$ 1,0387240 R$ R$ R$ R$
Maio 2007 17,00 65 17,66 1,41 0,57 1,35
R$ 1,0377340 R$ R$ R$ R$
Junho 2007 17,00 67 17,64 1,41 0,56 1,35
R$ 1,0362118 R$ R$ R$ R$
Julho 2007 17,00 72 17,62 1,41 0,56 1,35
R$ 1,0346950 R$ R$ R$ R$
Agosto 2007 5,00 09 5,17 0,41 0,17 0,40
Setembr R$ 1,0343309 R$ R$ R$ R$
o 2007 5,00 25 5,17 0,41 0,17 0,40
R$ 1,0331510 R$ R$ R$ R$
Outubro 2007 5,00 66 5,17 0,41 0,17 0,40
Novemb R$ 1,0325418 R$ R$ R$ R$
ro 2007 5,00 66 5,16 0,41 0,17 0,39
Dezemb R$ 1,0318814 R$ R$ R$ R$
ro 2007 6,00 62 6,19 0,50 0,20 0,47
R$ 1,0308403 R$ R$ R$ R$
Janeiro 2008 6,00 13 6,19 0,49 0,20 0,49
Fevereir R$ 1,0305898 R$ R$ R$ R$
o 2008 6,00 80 6,18 0,49 0,20 0,49
R$ 1,0301685 R$ R$ R$ R$
Março 2008 15,00 41 15,45 1,24 0,49 1,24
R$ 1,0291856 R$ R$ R$ R$
Abril 2008 15,00 69 15,44 1,24 0,49 1,24
R$ 1,0284287 R$ R$ R$ R$
Maio 2008 15,00 40 15,43 1,23 0,49 1,23

6
R$ 1,0272515 R$ R$ R$ R$
Junho 2008 15,00 15 15,41 1,23 0,49 1,23
R$ 1,0252891 R$ R$ R$ R$
Julho 2008 15,00 12 15,38 1,23 0,49 1,23
R$ 1,0236778 R$ R$ R$ R$
Agosto 2008 15,00 43 15,36 1,23 0,49 1,23
Setembr R$ 1,0216651 R$ R$ R$ R$
o 2008 15,00 62 15,32 1,23 0,49 1,23
R$ 1,0191112 R$ R$ R$ R$
Outubro 2008 15,00 70 15,29 1,22 0,49 1,22
Novemb R$ 1,0174650 R$ R$ R$ R$
ro 2008 15,00 11 15,26 1,22 0,49 1,22
Dezemb R$ 1,0152831 R$ R$ R$ R$
ro 2008 40,00 68 40,61 3,25 1,30 3,25
R$ 1,0134184 R$ R$ R$ R$
Janeiro 2009 40,00 78 40,54 3,24 1,30 3,24
Fevereir R$ 1,0129616 R$ R$ R$ R$
o 2009 15,00 32 15,19 1,22 0,49 1,22
R$ R$ R$ R$
Total 395,06 31,60 12,64 31,09

7
Anexo II- Diferenças nas Férias

PA: 02/08/2004 a 01/08/2005 - PG: 03/2006


Referência Valor FG
Salário de Férias R$ 340,00 R$ 340,00
1/3 de Férias R$ 113,33
Total da remuneração de Férias R$ 453,33
Valor Pago R$ 446,67
Diferença paga R$ 6,66
Índice de atualização 1,064875520
Valor da diferença atualizada R$ 7,10 R$

PA: 02/08/2005 a 01/08/2006 - PG: 04/2007


Referência Valor FG
Salário de Férias R$ 405,00 R$ 405,00
1/3 de Férias R$ 135,00
Total da remuneração de Férias R$ 540,00
Valor Pago R$ 516,09
Diferença paga R$ 23,91
Índice de atualização 1,041801959
Valor da diferença atualizada R$ 24,91 R$

PA: 02/08/2006 a 01/08/2007 - PG: 02/2008


Referência Valor FG
Salário de Férias R$ 431,00 R$ 431,00
1/3 de Férias R$ 143,67
Total da remuneração de Férias R$ 574,67
Valor Pago R$ 566,67
Diferença paga R$ 8,00
Índice de atualização 1,030840313
Valor da diferença atualizada R$ 8,24 R$

PA: 02/08/2007 a 01/08/2008 - PG: 02/2009


Referência Valor FG
Salário de Férias R$ 480,00 R$ 480,00
1/3 de Férias R$ 160,00
Total da remuneração de Férias R$ 640,00
Valor Pago R$ 563,33
Diferença paga R$ 76,67
Índice de atualização 1,013418478
Valor da diferença atualizada R$ 77,70 R$
Anexo III - Diferenças no 13° salário

8
Ano: 2005
Referência Valor FGTS + 40% I
13° Salário R$ 340,00 R$ 340,00
13° Pago ao reclamente R$ 350,00
Valor da Diferença -R$ 10,00
Índice de Atualização 1,070549829
Valor da Diferença Atualizado -10,71

Ano: 2006
Referência Valor FGTS + 40% I
13° Salário R$ 395,00 R$ 395,00
13° Pago ao reclamente R$ 388,00
Valor da Diferença R$ 7,00
Índice de Atualização 1,048388580
Valor da Diferença Atualizado R$ 7,34 R$ 0,82

Ano: 2007
Referência Valor FGTS + 40% I
13° Salário R$ 431,00 R$ 431,00
13° Pago ao reclamente R$ 389,58
Valor da Diferença R$ 41,42
Índice de Atualização 1,032541866
Valor da Diferença Atualizado R$ 42,77 R$ 4,79

Ano: 2008
Referência Valor FGTS + 40% I
13° Salário R$ 465,00 R$ 465,00
13° Pago ao reclamente R$ 425,00
Valor da Diferença R$ 40,00
Índice de Atualização 1,017465011
Valor da Diferença Atualizado R$ 40,70 R$ 4,56

9
Anexo IV- Diferenças das Verbas Rescisórias

Aviso Prévio
FGTS +
Valor 40%
R$
Valor do aviso prev. Remunerado 480,00
R$
Valor do aviso prev. Pago na Recisão 465,00
R$
Diferença 15,00
1,012961632
Índice de atualização 0
R$ R$
Valor da diferença atualizado 15,19 1,70

Apuração da Diferença do Saldo de Salário


FGTS +
Valor 40%
R$
Saldo de salário apurado 256,00
R$
Saldo de salário pago na recisão 248,00
R$
Diferença 8,00
1,012961632
Índice de atualização 0
R$ R$
Valor da diferença atualizada 8,10 0,91

Dias de trabalho no mês 03/2009 16

APURAÇÃO DA DIFERENÇA DO 13°

REFERENC. N° MESES

Saldo do 13° salario apurado 480 4

Saldo do 13° salario pago 465 4


10
Anexo V- Resumo

RESUMO VALOR
Diferenças Salariais durante o período imprescrito
Diferenças das Férias com P.A. 02/08/2004 a 01/08/2005
Diferenças das Férias com P.A. 02/08/2005 a 01/08/2006
Diferenças das Férias com P.A. 02/08/2006 a 01/08/2007

11
Diferenças das Férias com P.A. 02/08/2007 a 01/08/2008
Diferença de 13º Salário de 2006
Diferença de 13º Salário de 2007
Diferença de 13º Salário de 2008
Diferença de Aviso Prévio Indenizatório
Diferença de Férias + 1/3 da Rescisão
Diferença de 13º Salário da Rescisão
Diferença do Saldo do Salário da Rescisão
FGTS + 40%
Total dos Proventos

Descontos
INSS - Reclamante
IRRF
Total dos Descontos

Total

Juros de Mora conforme Súmula 200 do TST - 03/05/2010 a


29/04/2011 - 11,8667%

Encargos
Base de Cálculo
INSS Patronal - 20%
SAT - 2%
Terceiros - 5,8%
Total da Contribuição Previdenciária Reclamado
Total da Contribuição Previdenciária Reclamante
Total da Contribuição Previdenciária a Recolher
Valores Apurados
Valor Apurado pela reclamada R$ 683,11
Valor Apurado pelo reclamante R$ 1.679,98
Valor Apurado pela Lide R$ 718,17

12