You are on page 1of 7

Laboratório de Circuitos Elétricos 1 – 2010/2

Experiência No 02: Medidas AC

I - Objetivos

Familiarização com os equipamentos de laboratório: gerador de funções, osciloscópio e multímetro.

II - Introdução Teórica

Sinais AC
A utilização de sinais AC (alternate current, corrente alternada) se deve ao engenheiro eletricista
sérvio Nikolas Tesla. É dele o projeto e implementação das primeiras redes de distribuição AC, dos
primeiros motores AC e da rede de distribuição polifásica (como a que utilizamos hoje, que é trifásica). Na
época, se utilizava a rede de distribuição DC, muito menos eficiente.
Sinais AC são sinais cuja intensidade varia com o tempo. Um gerador de sinais ou gerador de
funções fornece um sinal de tensão AC de freqüência e amplitude ajustáveis, para uso em circuitos elétricos.
A freqüência do sinal pode ser ajustada, tipicamente, de alguns hertz a alguns megahertz e a amplitude do
sinal pode ser ajustada de alguns milivolts a alguns volts. O sinal é, normalmente, uma forma de onda
senoidal, quadrada, retangular, ou mesmo triangular. Essas curvas, com a forma e a equação que a descreve,
podem ser visualizadas na tabela 1
No caso de um sinal senoidal, ele pode ser descrito por:
v(t ) = Vm + Asin( wt ) ,
onde A é chamada amplitude da senóide; w é sua freqüência angular e Vm é o valor médio da senóide.
Como a parte senoidal varia de -A a +A, essa curva possui valor mínimo Vm - A e valor máximo Vm + A.
O valor médio de uma curva AC também é chamado seu valor DC, e pode ser calculado por:
t0 + T
1
Vm =
T ∫ v(t )dt .
t0

Chamamos de valor eficaz de uma onda periódica, o valor DC ou constante que fornece a mesma
potência média a um resistor R. O valor eficaz de uma curva (tanto tensão quanto corrente) pode ser
calculado por:
t0 + T
1
∫v
2
Vef = (t )dt .
T to

deixando uma amostra do sinal que é aplicado aos terminais de entrada. Tabela 1 . No caso do sinal senoidal descrito acima e supondo Vm = 0. analógicos ou digitais. outros para fornecer medidas de sinais de tempos de duração muito curtos. . 2 Osciloscópio e multímetro na medição de sinais AC O osciloscópio de raios catódicos (ou osciloscópio analógico) fornece uma representação visual de qualquer forma de onda aplicada aos seus terminais de entrada. quadrada e retangular Gráfico da Curva Equação Símbolos v(t) Vm A v(t ) = Vm + Asin( wt ) A T t v(t)  T T  A. o osciloscópio proporciona a forma real da onda a ser mostrada.Onda senoidal. semelhante a um tubo de televisão. adequados para medir sinais abaixo de uma freqüência especifica. ≤ t < t  4 4 T T T 4 4 2 v(t) A A v(t ) = t T t T O valor eficaz também é chamado valor RMS (root means square). Um tubo de raios catódicos. Enquanto multímetros fornecem informação numérica de um sinal aplicado. Um osciloscópio pode ser construído para operar desde alguns hertz até centenas de megahertz.− 4 < t ≤ 4 A v(t ) =  T 3T  0. já que seu cálculo envolve a determinação da raiz quadrada do valor quadrático médio. o valor eficaz é igual a: A Vef = . Existe uma ampla gama de modelos de osciloscópios. fornece uma tela de visualização mostrando a forma do sinal aplicado à face do tubo. osciloscópios podem também ser usados para medir larguras de tempo de frações de nanossegundos a vários segundos.

De fato. em particular para o efeito da freqüência sobre as medidas de tensão AC e DC.quadrada – 15 kHz 1 2 C2 . Tabela 2 – Ajustes do gerador de funções para o procedimento a. A faixa de freqüência em que um equipamento de medida fornece resultados corretos é um parâmetro importante não só para um osciloscópio mas para outros equipamento como. por exemplo. Ajuste amplitude conforme indicado na tabela 2. A partir dessas duas medidas. Esta experiência também procura chamar a atenção para as limitações dos multímetros.5 C3 .triangular -2 kHz 0 2.senóide . é possível reconstruir o sinal senoidal medido. na maioria das vezes esta resistência de entrada está longe desta condição ideal. A experiência procura mostrar não somente o efeito resistivo mas também o efeito capacitivo de carregamento do canal de entrada do osciloscópio sobre o circuito em estudo. para determinadas condições. valor eficaz ou AC. o circuito de entrada de um canal do osciloscópio pode ser modelado por um circuito contendo um resistor (de valor de 1 MΩ para o osciloscópio do laboratório) em série com um capacitor (de valor de 25 pF para o mesmo caso). um multímetro. A limitação de freqüência é um dos parâmetros que deve ser considerado e que deve orientar a escolha por um determinado equipamento. em geral tem influência sobre o custo de um equipamento. entretanto.80 Hz 0.Procedimento Experimental Realize o seguinte procedimento experimental: a) Ajuste a curva de saída do gerador de funções nas seguintes situações. Será então possível observar como. geralmente senóides. Para cada curva. O multímetro também se presta a medida das características de sinais AC. o osciloscópio pode alterar o próprio valor que se deseja medir. Não esqueça que o valor AC medido pelo multímetro é o valor eficaz. Curva Valor Médio(V) Amplitude(V) C1 . Um osciloscópio ideal deveria apresentar uma resistência de entrada infinita. III – Pré-relatório Deve conter cálculos teóricos que possibilitem a obtenção dos resultados pedidos na folha de respostas. visualizando-a no osciloscópio. IV .5 5 . devido às características do seu circuito de entrada. meça com o multímetro os valores de tensão AC e DC. A chave AC/DC do multímetro permite escolher o tipo de medida a ser realizada: valor médio ou DC. conforme ajustes dados na tabela 2.

d).c) e IV. altere a freqüência para 100kHz e meça novamente com o multímetro os valores AC e DC da tensão. Registre os resultados da simulação usando a opção de impressão da tela do EWB. vizualize a tensão sobre o resistor. Com o osciloscópio. Meça a tensão sobre um dos resistores conforme mostrado na figura. d) Ajuste o gerador de função para última curva do item a). V . Utilize os modelos dos circuitos a seguir: .Parte Computacional (Caso prefira pode-se usar outro simulador) Usando o programa EWB faça a simulação do procedimento experimental descrito no itens IV. Monte o circuito abaixo utilizando resistores de 1MΩ. Para melhorar a definição dos sinais na tela do osciloscópio trabalhe com pelo menos 400 pontos por ciclo (no menu “Circuit” ative a caixa de diálogo “Analysis Options” e em “Points per cycle” selecione pelo menos 400 pontos).b) Utilizando a última curva ajustada. c) Ajuste o gerador de função para a última curva do item a). Monte o circuito abaixo utilizando um resistor de 100Ω.

Resultados Experimentais: c) Os valores de tensão medidas nos ítens IV.Introdução teórica a) Calcule os valores médio e eficaz das curvas solicitadas no item IV.d) VI . Compare com os valores medidos no laboratório.a).Item IV. b) Cálcule os valores médio e eficaz da curva utilizada no item IV.c) e IV.Relatório No seu relatório inclua os seguintes itens: I . II . os resultados podem ser explicados? . Os valores medidos correspondem aos valores teóricos? Explique em termos da limitação de medida do multímetro para altas freqüências.b).d) estão de acordo com a lei de Ohm? Considerando que o gerador de função possui resistência interna pequena e em série enquanto o osciloscópio possui resistência interna grande e em paralelo.c) Item IV.

5) III – Conclusões (1. Avaliação: I – Introdução (4.0) II.d) Calcule os valores das resistências internas do gerador de função e do osciloscópio.Resultados Experimentais (4. III – Conclusões f) Faça conclusões a respeito do experimento realizado.5) . e) Justifique os modelos dos circuitos utilizados na simulação computacional e compare os resultados experimentais que você obteve com os resultados das simulações.

triangular – 2 kHz C3 . Laboratório de Circuitos Elétricos 1 .Experiência Nº 02: Medidas AC .senóide – 80 Hz Procedimento (b) Tensão DC (V) Tensão AC (V) Procedimento (c) Procedimento (d) .quadrada – 15 kHz C2 .2010/2 Turma: __________ Data: __________ Alunos: Matrícula: Matrícula: Matrícula: Procedimento (a) curva Tensão DC (V) Tensão AC (V) C1 .