You are on page 1of 12

Diocese de Santos Paróquia Nossa Senhora das Graças Comunidade: São José Operário - Jd.

Anhanguera Produção: Alan Queiroz

A Paixão de Cristo
Narrador : Quando chegou o tempo da páscoa, Jesus foi, com seus discípulos para Jerusalém, a fim de participar da grande festa da Páscoa. Os judeus vinham de todas as partes, a fim de participar desta festa. Durante a festa comiam juntos e relembravam como Deus tirara os seus antepassados do Egito. Na Quinta-feira à noite, Jesus também se reuniu com os seus discípulos num grande Cenáculo, para juntos comer a Ceia Pascal. Ali, durante a ceia é que Jesus institui a Santa Ceia. CENA I Cena (mesa grande, Jesus na ponta, João do seu lado e Judas do outro, mais os dez discípulos. Todos estão comendo;): Narrador: antes da festa da páscoa, sabendo Jesus que chegará sua hora de passar deste mundo para o Pai, tendo amado os seus que estavam no mundo, amou-os até o fim. (Jesus começa a lavar os pés de seus discípiulos, para quando chega a Pedro). Pedro: Mestre, Tu vai lavar os meus pés? Jesus: o que faço agora não sabes, mas em breve saberás. Pedro: Tu nunca hás de lavar os meus pés.

além de lavar meus pés. pois conheço os meus escolhidos. realmente tens razão. lave também minhas mãos e minha cabeça. mas é preciso que se cumpra o que diz as escrituras: “Aquele que comigo come. Eu lhes garanto. Pedro: Mestre. quem recebe meu enviado recebe a mim. tu nunca terás parte alguma comigo. Jesus: compreenderam o que os fiz? Vós dizeis que sou mestre e senhor. levantou-se contra mim”. Cena II Jesus : Em verdade. Jesus: aquele que se lavou não tem a necessidade de lavar se não os pés. portanto eu Mestre e Senhor lavei os vossos pés deveis também vós lavar-vos uns aos outros porque Eu lhes dei o exemplo. recebe aquele que eu envio. Discípulo I : Acaso sou eu Mestre? Discípulo II : Serei eu o traidor? (Pedro faz um sinal para João) . nem o mensageiro maior do que aquele que o enviou. Digo-vos estas coisas antes que aconteçam para que quando acontecer acreditem que eu o Sou. porém nem todos estão. (continua a lavar os pés de seus discipulos). e devem também vós fazer a mesma coisa. Portanto Eu vos digo: O servo não é maior do que seu Senhor.Jesus: Se eu não lavar-te e não cingir-te. Sendo. e quem me recebe. em verdade vos digo que um dentre vós me trairá (todos ficam perturbados. pois eu o Sou. Se vocês compreenderam isso serão felizes se o puserem em prática. vós tendo se lavado estais limpos. Não digo a todos. começam a falar entre si).

Melhor lhe fora. Tiago e João em outro e Jesus em outro). para remissão dos vossos pecados. Nisto conhecerão todos que sois meus discípulos. Chegou a hora em que o Filho do Homem será glorificado por Deus e que a glória de Deus é revelada por meio dele. fazei isto. E Deus o fará agora mesmo. Pedro.João : Quem é Senhor? Jesus : É aquele a quem eu der um pedaço de pão molhado (molha e entrega a Judas). Judas : Acaso sou eu Mestre? Jesus : Tu o disseste! O que pretendes fazer faça-o depressa. porque isto é o meu sangue. Em verdade vos digo que. desta hora em diante. não beberei deste fruto. Este é o cálice da nova aliança no meu sangue. (Toma o cálice. oferecido por vós. até aquele dia em que hei de beber de novo. Amai-vos uns aos outros do mesmo modo com que Eu os tenho amado. Por isso. Bebei dele todos. em memória de mim (e acrescentou). logo eu deixarei vocês. (Judas sai). Levantai-vos. mas ai daquele por intermédio de quem o Filho do Homem for traído. derramado em favor de vós. vamos para o Getsêmani! CENA III Local : Getsêmani (Alguns discípulos (7) ficam num lugar. pelo amor que tendes uns com os outros (Jesus toma o pão. se jamais tivesse nascido. Meus queridos discípulos. O Filho do Homem vai. Tomai. comei. no Reino de Deus. como está escrito a seu respeito. fazei isto em memória de mim. isto é o meu corpo. deixo para vocês este mandamento. todas as vezes que o beberdes. dá graças e distribui aos discípulos que bebem dele). abençoa parte na metade e dá aos discípulos que o repartem entre si). .

CENA IV . O espírito está pronto. mas o que tu queres. s possível. ajoelha-se e ora em alta voz. estive convosco no templo. vai até os discípulos e diz:) Vocês ainda estão dormindo e descansando? Olhem. enquanto isso. não seja feito o que eu quero.. chegou a hora. (se levanta. (há um grande tumulto entre os guardas e os discipulos). Jesus : (orando) Meu Pai. os discípulos fogem). se é possível. para que você veio? Com um beijo você trai o Filho do Homem? (Jesus é preso pelos soldados e fala:) Diariamente. Jesus : Meu Pai. (Jesus vai até os discípulos. porém. Vejam. lanças. mas a carne é fraca. os discípulos ficam orando e durante o transcorrer da cena deitam-se para dormir). tochas). para que não sejam tentados. (levam-no com violência. é a vossa hora e o poder das trevas..) Meu Pai. (Vai até os discípulos) Será que vocês não podem vigiar comigo nem ao menos uma hora? Vigiem e orem. (Jesus se afasta. se este cálice de sofrimento não pode ser afastado de mim sem que eu o beba. Judas : (aproxima-se para beijar a Jesus) Salve Mestre! Jesus : Amigo. e o Filho está sendo entregue nas mãos dos pecadores.Jesus : Fiquem aqui e vigiem comigo em oração. mas seja feita a tua vontade. Soldado : Vamos levá-lo até os somos sacerdotes. mas estes estão dormindo novamente. e não pusestes as mãos sobre mim. vigiem para que não entrem em tentação. passa de mim este cálice. Esta. seja feita a tua vontade. afasta de mim este cálice de sofrimento. (volta para o lugar de oração). aí vem chegando o que está me traindo (chegam Judas e os soldados armados com paus. Porém.

mas de agora em diante o filho do Homem estará sentado a direita do Deus todo poderoso. que era sogro de Caifás. Sumo sacerdote: tu és. nada falei as escondidas por tanto por que me interrogas? Perguntem aos que Eu ensinei. o tribuno. Guarda: é assim que responde ao Sumo sacerdote? Com arrogância? (da uma bofetada em Jesus). filho de Deus vivo? Jesus: se eu disser vocês não acreditaram. mas se não falei. .(Jesus perante Anás e Caifás) Narrador: Então a coorte. estes sabem o que Eu disse. e se eu fizer uma pergunta não me responderam. Caifás fora o que aconselhara aos judeus: “É melhor que um só homem morra pelo povo”. Conduziram-o primeiro a Anás. mostre-me qual foi. o sumo sacerdote daquele ano. portanto o filho de Deus? Jesus: Eu o sou. Jesus: se falei algum mal. e os guardas dos judeus prenderam Jesus e o ataram. tu és o messias. Sumo sacerdote: Jesus queremos que explique a esta assembléia que doutrina é essa que você e seus discipulos estão espalhado pela Judéia? Jesus: eu falei abertamente nas sinagogas e no templo onde reunem-se todos os judeus. por que me bates? Sumo sacerdote: Dize-nos.

Soldados.. nós mesmos ouvimos de sua própria boca. Morte. O que parece a vocês? Todos: (gritando em forma de alvoroço) Morte. (todos começam a cuspir e a esbofetear Jesus). Que necessidade ainda há de testemunhas. Começou na Galiléia e agora chegou aqui. Herodes deve julgá-lo. Cena V (Jesus perante Pilatos. Pilatos : O que vocês querem? Sumos sacerdotes: Pegamos este homem fazendo subversão entre o nosso povo. Foi para anunciar a verdade que eu vim ao mundo. blasfêmia. dizendo e incitando o povo a não pagar impostos ao imperador. Pilatos : Se este homem é da Galiléia. levem-no até Herodes. Pilatos : Você é o Rei dos Judeus? Jesus : Tu o dizes. um novo Rei. os meus seguidores lutariam para eu não ser entregue aos judeus. Não. Se ele fosse deste mundo. .. há bastante confusão...Sumo sacerdote: (rasgando a túnica) blasfêmia. Pilatos : Não vejo nenhum motivo para condenar este homem. todos se acomodam. Ele também disse que é o Messias. Quem é da verdade ouve a minha palavra.. Sumos sacerdotes: Ele está causando desordem entre o povo de toda a Judéia.). O meu reino não é deste mundo.. o meu reino não é deste mundo.

Soldados ponham nele uma capa de luxo e o mandem de volta para Pilatos. faça algum milagre para eu também crer em ti! (Jesus calado). .. Pilatos : Como é o costume do vosso povo. vou prová-lo . Vocês me trouxeram este homem. Assim. nenhum mal fez! O que farei com ele? . E este Jesus. Pilatos : Aproximem-se os líderes.Quem é você? Você tem poder? Pode fazer milagres? Conheceu João Batista? Você é filho de Deus? Você não responde.. Aqui tendes Jesus e Barrabás! A quem quereis que eu vos solte? Sumos sacerdotes: Nos solta Barrabás! (todos) Barrabás!.CENA VI Herodes : (cheio de satisfação) Finalmente terei oportunidade de ver este homem. Vou mandar castigá-lo com chicotadas e o deixarei ir embora. um assassino... não és amigo de César. Sumos sacerdotes: Se soltas a este.. é claro que este homem não fez nada que mereça a pena de morte. Agora.. e disseram que estava fazendo subversão.Ei. Herodes também não encontrou nada contra ele. Faz muito tempo que tenho vontade de vê-lo fazer um espetáculo com um dos seus milagres... CENA VII (Jesus perante Pilatos). Pilatos : Mas Barrabás é um criminoso. Pois eu já lhe fiz perguntas diante de todos vocês e não encontrei nele nenhuma culpa disso de que vocês o acusam. devo soltar um prisioneiro por ocasião da festa. e por isso o mandou de volta para nós.

os amigos choram e Jesus fala): Narrador : assim Jesus começa sua caminhada rumo a sua morte. (soldados batem em Jesus. não profere uma so palavra.. Jesus é levado a Pilatos e é apresentado à multidão. cospem. a não ser para o perdão de seus filhos. Depois peguem a Jesus e o castiguem bastante.). Porque não sabem o que fazem! . colocam coroa. estou inocente deste sangue. façam dele o que vocês quiserem! (o povo vibra.Sumos sacerdotes: Crucifica-o! Crucifica-o! Crucifica-o! Crucifica-o! Pilatos : Mas que crime fez ele? Não vejo nele nada que mereça a pena de morte! Vou mandar castigá-lo com chicotadas e depois o soltarei. Colocam a cruz sobre Jesus e começa a caminhada para o Gólgota). talvez assim o povo tenha pena dele e o deixe ir em paz. Sumos sacerdotes: Este sofrimento não basta! Queremos vê-lo crucificado! Crucificao! Pilatos : (Lava as mãos) Bom. CENA VIII (Jesus é crucificado. entregando-se pelo perdão de nossos pecados o filho único de Deus vai a morte como um cordeiro conduzido a um matadouro e mesmo diante de tantas dores e agonia. perdoa-lhes. Jesus : Pai. Sumos sacerdotes: Nada disso! Crucifica-o! Crucifica-o! Crucifica-o! Crucifica-o! Pilatos : Soldados! Quero que soltem a Barrabás. o povo e líderes se alegram....

Jesus : Deus meu. o escolhido. Soldado : Tens sede? Tu já vais beber. eis aí o teu filho.. 2º DIA DE ENCENAÇÃO Cena I Narrador: no primeiro dia da semana Maria Madalena foi ao túmulo de Jesus bem de madrugada. . (toma um pouco de vinagre. Deus meu. quando ainda estava escuro. (saem Maria e João. Ela viu que a pedra tinha sido retiradado túmulo. Até domingo. (barulho) Narrador : Assim se cumpre a profecia. Jesus : está consumado! Pai.) Tenho sede. nas tuas mãos entrego o meu espírito. Jesus de Nazaré o filho de Deus morre em um madeiro para a remissão dos pecados de todo o mundo. tantos milagres e tantos prodigios o povo o entrega a morte. Jesus rejeita). se coloca em recesso esperando que se cumpra a profecia. Jesus : Mulher. porque me desamparaste? (. fundo musical). Esperamos agora que se cumpra a outra parte da profecia que nos diz que o filho de Deus ressucitará ao terceiro dia. Povo : Salvou os outros. vamos lançar sortes para ver quem vai ficar com a túnica (fazem sorteio). se de fato é Cristo de Deus. junto com João).Soldados : A roupa dele é nossa. (virando-se para João) Eis aí tua mãe.. (silêncio.. Maria se aproxima chorando.. Mesmo depois de tantos ensinamentos. mas. Esta apresentação não termina hoje.. a si mesmo se salve.

após os dois sairem Maria se conserva do lado de fora do tumulo chorando). meu Deus que também é vosso Deus. não me toques por que ainda não voltei para o Pai.. Subo para o meu Pai que também é vosso Pai. Jesus: Maria.. Cena III (Jesus sai e Maria vai correndo até os discipulos). (sai Pedro e outro discipulos para o local. Cena II Anjo: mulher por que choras? Maria Madalena: por que levaram meu Senhor e não sei onde o puseram. Maria Madalena: Rabuni.Maria madalena: tiraram o Senhor do sepulcro e não sabemos onde o colocaram. Jesus: por que está chorando? Quem é que procuras? Maria Madalena: Senhor se foi tu que O levaste diga-me onde o colocou que eu irei buscá-lo. ... Maria Madalena: Eu vi o Senhor. Jesus.. mas vá e diga aos meus irmãos..

Ao anoitecer desse dia. Tendes fé. Jesus: a paz esteja convosco. os pecados daqueles que vocês perdoarem serão perdoados. pois eu estarei com vocês todos os dias até o fim dos tempos. Jesus entrou e ficou no mei deles. estando fechadas as portas do lugar onde se achavam os discipulos por medo das autoridades dos judeus. Recebam o Espirito Santo. . A paz esteja convosco. e prossigam em meu caminho. assim como o Pai me enviou Eu também envio a vocês. os pecados daqueles que vocês não perdoarem estes não serão perdoados.Narrador: era o primeiro dia da semana.

: As demais pessoas podem estar incluidas nos grupos de soldados. • Mínimo de 50 pessoas para completa encenação.Personagens: Narrador: Jesus: 09 discipulos: Pedro: Judas: Soldado: Sumo sacerdote: Guarda: Pilatos: Herodes: Povo: Maria Madalena: Anjo: Maria: João: Obs. povo e a coorte de sacerdotes. .